Blog do Eliomar

Categorias para Brasil

Atchimmm!! Vem aí o Congresso Brasileiro de Alergia

Fortaleza vai ser sede, no período de 19 a 22 de novembro, no Hotel Praia Centro, do XXXVIII Congresso Brasileiro de Alergia e Imonopatologia. A realização é da Associação Brasileira de Alergia e Imunopatologia (ASBAI), que está comemorando o centenário da imunoterapia específica, um dos principais assuntos a serem abordados na programação científica.

O congresso discutirá também temas como anafilaxia, reações adversas a drogas, imunodeficiências e alergias alimentar, respiratória e dermatológica. Paralelamente ao evento, os especialistas promoverão III Simpósio Internacional sobre Lactente Sibilante, que discutirá temas de interesse que envolvam alergia na criança.

SERVIÇO

Informações: http://www.asbai.org.br/congressos/2011/

Esporte não foi feito para enriquecimento ilícito

Com o título “Esporte é instrumento de Cidadania”, eis artigodo advogado Edson Guimarães, especialista em Direito Eleitoral. Ele enaltece o esporte como importante para o homem, mas lamenta situações de escândalo na área, como o episódio envovendo o ministro Orlando Silva, que empobrece e gera espírito nada esportivo.  

A pratica esportiva remonta aos tempos mais antigos da humanidade, os romanos, os gregos, os povos  que antecederam as civilizações modernas já tinham na prática de esportes seus momentos de lazer e instrumento de culto aos deuses.

Através das disputas se alcançavam vitórias que levavam a premiações fantásticas e se tinha muitas vezes o endeusamento dos vencedores, que eram aclamados nos coliseus e comparados as divindades, adorados como se deuses fossem.

A humanidade evoluiu, os tempos avançaram e as práticas esportivas se tornaram ainda mais intensas, dos esportes individuais evoluímos para esportes  coletivos que visam aguçar o espírito associativo. A força do trabalho em equipe e o reconhecimento das lideranças.

A cada dia mundo afora, as competições estão presentes nos mais diversos tipos de esportes,  natação, esgrima, box, basquete, tiro, saltos, atletismo, e tantos outros promovem competições especificas que buscam o aprimoramento de seus praticantes, e essa evolução é notada a cada competição realizada.

Em períodos alternados, se realizam olimpíadas em que se fazem presentes todos os esportes numa verdadeira avalanche de raças, povos, símbolos, costumes, todos unidos em nome do esporte.

A cada quatro anos, o mundo paralisa para ver e aplaudir as seleções de todos os continentes que disputam a Copa do Mundo de Futebol, as famílias se reúnem em torno da tevê para vibrar, torcer, sorrir e chorar com as jogadas mirabolantes de seus ídolos. Por toda parte os olhos estão voltados para as jogadas, muitas vezes mirabolantes, muitas vezes hilariantes, mas que despertam interesse da humanidade.

Essa febre que contagia os povos do mundo fez com que nos confins do continente africano, nas montanhas geladas, nos desertos, nos litorais, nas florestas, nas vilas, nos distritos, nos subúrbios, nas metrópoles, onde há o homem, se praticasse esporte.

No entanto, nem só de glórias e competições vive o esporte pelo mundo. Não é raro ter-se conhecimento de “jogadas” mal ensaiadas, mal produzidas e de finalizações infelizes dos senhores dirigentes e políticos inseridos no cenário esportivo, mas que não dão os melhores exemplos aos atletas uma vez que suas jogadas sempre atingem até mesmo os que deveriam ser tratados como aliados, no caso o povo.

Por ultimo, veio à tona uma jogada nada compatível com o espírito esportivo, partida de onde jamais poderia ter sido elaborada, de dentro do Ministério do Esporte. Verbas que deveriam ser destinadas a programas de formação de atletas Brasil afora, tomavam o rumo dos bolsos de testas de ferro de autoridades do governo, numa penalidade imperdoável contra a juventude brasileira, em prejuízo da formação de atletas e do futuro do desporto nacional.

A Nação não pode dar as costas a um lance tão cruel que fere as suas crianças, os seus jovens e compromete a qualidade da evolução do esporte em nosso  país. Os órgãos de fiscalização de contas e o Ministério  Publico devem agir de forma rápida e rigorosa para apuração dos abusos e punição dos infratores pois ‘Esporte é Instrumento de Cidadania” e não de enriquecimento ilícito de maus governantes e seus apaniguados.

* Edson Guimarães,

Advogado especializado em Direito Eleitoral. 

PDT realiza Congresso Nordeste em Fortaleza

O presidente nacional do PDT em exercício, deputado federal André Figueiredo, abre nesta quinta-feira, a partir das 19 horas, no Hotel Luzeiros, o primeiro de uma série de três eventos regionais definidos na programação do 5º Congresso Nacional. Até sexta-feira, temas regionais estarão sendo debatidos por dirigentes de executivas dos nove estados nordestinos.

Na programação de debates, temas como “Perspectivas e Potencialidades da Região” e “Reforma Política e Organização Partidária”. O secretário da executiva nacional, Manoel Dias, e os deputados federais Paulo Rubem Santiago (PE) e Weverton Rocha (MA) participarão das atividades.

O ministro do Trabalho, e presidente licenciado do PDT nacional, Carlos Lupi, também particpará. Antes porém, às 17 horas, ele tem encontro com o presidente da Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas (FCDL), Honório Pinheiro, quando será exposto o resultado doPlanseq do Comércio, o programa de capacitação profissional desse segmento.

PCdoB investiga "armação" contra Orlando Silva

204 1

No vermelho.org.br

O PCdoB vai investigar a origem de uma “grande armação” contra o ministro do Esporte, Orlando Silva Jr., relata o presidente do partido, Renato Rabelo, em entrevista ao Terra Magazine. “É uma questão do partido, cabe a ele fazer. Vamos fazer contatos, pesquisa, avaliação. Juridicamente, podemos ver os processos contra ele. Nós temos esses meios”, conta Rabelo, que evoca a disputa política no Distrito Federal como uma das motivações da bateria contra os comunistas.

As declarações foram dadas por conta das denúncias publicadas na edição desta semana da revista Veja. Segundo a matéria, recursos do programa Segundo Tempo, que atende a crianças carentes, teriam sido desviados para o caixa das campanhas eleitorais do PCdoB.

Todas as acusações foram feitas pelo soldado da Polícia Militar do Distrito Federal João Dias Ferreira, que até agora não apresentou as provas que diz possuir. Ferreira responde por fraudes nos convênios de sua ONG com o governo federal, firmados em 2005 e 2006. Houve o pedido de devolução de R$ 3,16 milhões.

Renato Rabelo argumenta que João Dias Ferreira nunca foi militante do PCdoB, apenas filiou-se para disputar uma eleição, em 2006. “Foi um filiado muito temporário. Ele era soldado, tinha que se afastar da corporação e se filiar a um partido, para ser candidato (a deputado distrital) (…) Ele se filia por alguns meses, logo depois das eleições se desfilia. Foi uma passagem muito temporária, efêmera. Ele não foi militante do PCdoB”, diz o presidente da legenda.

Terra Magazine: Como o senhor avalia as denúncias contra o PCdoB e o ministro Orlando Silva?
Renato Rabelo: Acho que a posição do ministro tem sido sóbria, mostra que não tem vinculação com aquilo que esse soldado depõe contra ele. O problema é o seguinte: numa hora como essa, se você é sujeito a uma denúncia, a uma armação… O PCdoB acha que é uma grande armação contra o ministro e, de tabela, ao PCdoB. A reportagem da Veja é um jornalismo vulgar, com interesse político. Esse grau de denúncia é baseado em uma pessoa que ninguém sabe qual é a trajetória ou quem é… E a trajetória desse soldado é muito obscura.

Terra Magazine:
E por que ele foi filiado ao partido, se é obscura? Qual foi a trajetória dele no PCdoB?
RR: Sim, mas você veja: a denúncia é de 2005, de 2006. Foi um filiado muito temporário. Ele era soldado, tinha que se afastar da corporação e se filiar a um partido, para ser candidato (a deputado distrital). É só isso, no momento da campanha, na eleição de 2006. Ele se filia por alguns meses, logo depois das eleições se desfilia. Foi uma passagem muito temporária, efêmera. Ele não foi militante do PCdoB. O nosso estatuto tem um instrumento para não dar margem a esse tipo de interpretação. Ele distingue duas categorias: o filiado e o militante – aliás, é o único partido que faz isso. Ele foi filiado temporariamente. O militante é o que se organiza no partido e tem uma série de deveres e direitos. O filiado tem menos direitos e menos deveres.

Terra Magazine: O senhor falou que há uma armação contra o ministro Orlando Silva e o PCdoB. De onde partiria essa armação?
RR: Aliás, é uma boa pergunta. O pior é que a imprensa não procura apurar quem é a pessoa e qual é a motivação. O PCdoB está fazendo isso. É uma grande armação, uma armação grosseira. O tempo dirá.

Terra Magazine:
Tem a ver com as disputas em torno da Copa do Mundo?
RR: Não, porque o ministro está no centro de muitas contradições. Estão em jogo grandes eventos esportivos, mas tem outros aspectos, como as disputas no Distrito Federal.

Terra Magazine:
Envolve opositores do governador Agnelo Queiroz?
RR: Na oposição a Agnelo Queiroz. Ele (João Dias Ferreira) filiou-se através do Agnelo. O Orlando esteve uma única vez com ele, não era ministro, esteve a pedido do ministro Agnelo. E mais nada.

Terra Magazine: De qualquer forma, as denúncias contra o ministério e o PCdoB, no programa Segundo Tempo, não são graves?
RR: Sim, mas o soldado não faz nenhuma acusação contra o Segundo Tempo, o ministério é que acionou, no convênio anterior a 2006. Ele não cumpriu as exigências legais desse convênio. O ministério, através de expediente legal, encaminhou ao TCU (Tribunal de Contas da União) pra que ele devolvesse.

Terra Magazine:
Só que a revista Veja afirma que o ofício do ministério foi revisto e ganhou um tom menos acusatório.
RR: Não, não há comprovação disso. O que o ministério explica é que deu direito de defesa. Essa dívida hoje está em torno de R$ 4 milhões.

Terra Magazine: O senhor disse que o PCdoB fará uma investigação sobre uma possível armação contra o ministro Orlando Silva. Como será isso?
RR: É uma questão do partido, cabe a ele fazer. Vamos fazer contatos, pesquisa, avaliação. Juridicamente, podemos ver os processos contra ele (o partido). Nós temos esses meios.

Terra Magazine: Envolverá a esfera parlamentar?
RR: Não, não, é interna, na esfera própria ao partido. O partido tem direito a ver esses inquéritos contra ele, tem direito a examinar.

Terra Magazine: Pedirá também informações ao TCU, à Procuradoria Geral?
RR: O próprio ministro já pediu que a Polícia Federal e a Procuradoria investigassem a denúncia

Coordenador do MST lança livro em Fortaleza

209 1

O coordenador nacional do MST, João Pedro Stédile, estará em Fortaleza nesta sexta-feira. Atendendo a um convite do Sindicato dos Trabalhaores no Serviço Público Federal (Sintsef), regional do Ceará, ele lançará seu mais novo livro.

Nesse novo trabalho intitulado “Questão Agrária no Brasil”, João Pedro Stédile mostra a luta pela reforma agrária no País e novos desafios. O lançamento ocorrerá nas sede do Sintsef, a partir das 18 horas.

Brasil cai para 126º lugar em ranking para se fazer negócios

“O Brasil perdeu seis posições em um ranking sobre a facilidade de fazer negócios em 183 países, divulgado anualmente pelo Banco Mundial. O relatório Doing Business 2012 (Fazendo Negócios 2012), lançado ontem (19) em Washington, mostra que o Brasil caiu do 120º para o 126º lugar na lista que analisa os regulamentos que afetam as empresas nacionais nesses países.

O novo estudo engloba o período de junho de 2010 a maio de 2011 e aborda todo o ciclo de vida das empresas, desde a sua constituição até a resolução do processo de insolvência. As avaliações levam em conta dez indicadores específicos e se concentram especialmente no ambiente para pequenas e médias empresas.

Apesar da queda no ranking geral, o Banco Mundial destaca a melhora na área de obtenção de crédito no Brasil, na qual o país ocupa a 98ª posição. “O Brasil melhorou o sistema de informação de crédito, permitindo que agências privadas possam coletar e compartilhar informações positivas”, diz o relatório.

Na relação, pela ordem apresentada no relatório, estão Cingapura, Hong Kong, a Nova Zelândia, os Estados Unidos, a Dinamarca, Noruega, o Reino Unido, a Coreia do Sul, Islândia e Irlanda. A coordenadora da equipe que elaborou o estudo, Sylvia Solf, disse que é possível observar avanços no Brasil nos últimos seis anos. “O Brasil está na direção correta, É uma questão de tempo.”

Solf citou o indicador sobre obtenção de eletricidade – incluído este ano nas dez áreas específicas analisadas no relatório –, no qual o Brasil tem desempenho destacado, ocupando a 51ª posição. Nos rankings por área específica, a segunda melhor colocação do Brasil é relativa à proteção a investidores, com a 79ª posição.

O pior desempenho brasileiro é relativo ao pagamento de impostos, área na qual o país aparece em 150º lugar. Pela classificação do Brics (bloco que reúne o Brasil, a Rússia, China e África do Sul), a África do Sul aparece em 35º, a China em 91º , a Rússia em 120º, o Brasil em 126º e a Índia em 132º.

O Brasil também fica atrás de várias economias latino-americanas. O melhor colocado entre os países da região é o Chile, que ocupa a 39ª posição e é citado, ao lado do Peru (41º), da Colômbia (42º) e do México (53º), como destaque na implementação de melhorias regulamentares.”

(Agência Brasil)

Ministra agenda Fortaleza para falar sobre Programa de Combate à Pobreza Extrema

224 1

 

A secretária extraordinária para Superação da Extrema Pobreza, Ana Fonseca, estará em Fortaleza na próxima segunda-feira. A partir da 10 horas, no Plenário 13 de Maio, da Assembleia Legislativa,ela vai expor o Programa de Combate à Miséria Extrema, elaborado pelo Governo Dilma Rousseff.

A audiência pública é uma articulação do deputado federal Eudes Xavier (PT), com apoio do presidente do legislativo estadual, Roberto Cláudio (PSB).

Na ocasião, os secretários Evandro Leitão (Trabalho e Desenvolvimento Social) e Nélson Martins (Desenvolvimento Agrário) vão expor as ações que o governo estadual empreenderá nesse novo esforço de combate à pobreza que, desde o Governo Lula, já apresentou avanços.

Dilma passa o dia em Angola e retorna ao Brasil à noite

“A presidenta Dilma Rousseff passa o dia hoje (20) em Luanda, capital de Angola, e chega a Brasília por volta das 21h. Durante a visita, ela ressaltará que o Brasil foi o primeiro a reconhecer o governo independente do país, em novembro de 1975, e que apoiou os angolanos ao longo da Guerra Fria (1945-1991) – quando houve disputas estratégicas entre os Estados Unidos e o bloco da antiga União Soviética (URSS).

Dilma se reúne com o presidente de Angola, José Eduardo Santos, e participa de sessão solene na Assembleia Nacional (o equivalente ao Congresso Nacional).

O momento atual da política angolana é delicado. O governo de Santos (no poder desde 1979) é alvo de críticas da oposição, que o acusa de manipulação política e desrespeito à democracia. Porém, o governo brasileiro evita envolvimento com os temas internos do país e busca ressaltar o aspecto positivo da relação bilateral: o crescimento na parceria econômica e comercial.

A relação entre Brasil e Angola é intensa. De 2002 a 2008, o comércio bilateral cresceu mais de 20 vezes, atingindo US$ 4,21 bilhões. Em 2010, chegou a US$ 1,441 bilhão. Os maiores investimentos brasileiros em Angola se concentram nas áreas de construção civil, energia e exploração mineral.

Os angolanos são os principais beneficiários das linhas de crédito do Fundo de Garantia de Exportações do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

As exportações brasileiras se concentram em carnes, açúcar, máquinas, aparelhos e instrumentos mecânicos. Durante a visita da presidenta serão negociados acordos de cooperação técnica, além de parcerias para o combate ao tráfico de drogas, o desenvolvimento de pesquisas em geologia e em programas de previdência social.

A presidenta começa a visita a Luanda hoje com uma homenagem ao monumento a Agostinho Neto (1975-1979) – primeiro presidente de Angola. Por 27 anos (de 1975 a 2002), Angola viveu sob intensa guerra civil que provocou mais de 500 mil mortos no país e que ainda hoje gera inúmeros problemas, como as minas terrestres que mutilam e matam principalmente crianças.”

(Agência Brasil)

José Linhares cobra, pela oitava vez, recuperação da BR-222

213 2

O deputado federal José Linhares (PP) ocupou a tribuna da Câmara, nesta quarta-feira, para protestar contra a demora no trabalho de restauração da BR-222. Disse ele: “Volto pela oitava vez a esta tribuna para apelar, implorar, denunciar ao Ministério dos Transportes, ao DNIT, à Presidente da República, a irresponsabilidade com que tratam a BR 222, mais precisamente o trecho Fortaleza-Sobral. É incrível a saga que vos passo a contar. Quando digo saga, quero enfatizar a maracutaia, a trambicagem, as promessas vãs, os compromissos assumidos e não cumpridos, uma odisséia que se arrasta há quase 20 anos”.

O parlamentar destacou a importância dessa rodovia para os Estados do Ceará, Piauí, Maranhão e Pará e lamentou o “pouco apreço, a ignorância que os setores do Ministério dos Transportes têm para com a indústria, o comércio, os serviços, a economia de toda esta vasta região.”

Padre Zé Linhares chegou a lembrar que há pouco mais de seis meses, a bancada federal do Ceará reclamou providências. Destacou que o governador Cid Gomes (PSB), já saturado com a situação, promoveu com toda a comunidade a montante e a jusante o célebre “Rally” da BR 222. “Até hoje, excetuando-se um pequeno trecho que vai de Umirim a Croatá, atualmente em obras, o restante é uma buraqueira de mão única”, acentuou.

O deputado alertou para o fato de que o inverno se aproxima e reiterou: “Aqui deixo um requerimento de informação ao Ministro dos Transportes. Diga-nos: O DNIT vai extinguir a BR ou que alternativas vão surgir?”

(Foto – Paulo MOska)

CGU terá dificuldades para reaver R$ 12,5 milhões

“A Controladoria Geral da União (CGU) terá dificuldades para reaver os R$ 12,5 milhões repassados à Universidade do Professor do Paraná e à ONG Instituto Rumo Certo, no Rio. As duas entidades estão com as suas atividades paralisadas.

Ambas lideram uma lista de instituições beneficiadas em convênios com o programa Segundo Tempo, do Ministério do Esporte, dos quais a CGU cobra a devolução do dinheiro.

Ao todo, a CGU quer de volta pelo menos R$ 49,19 milhões de 26 ONGs suspeitas de irregularidades no projeto .”

(Globo)

Em greve, funcionários do BNB farão ato à base de ovo de codorna

180 1
O Sindicato dos Bancários do Ceará programou para esta quinta-feira, a partir das 13 horas, na  praça principal da sede administrativa do BNB, no Passaré, um ato de avaliação do movimento grevista dos funcionários dessa Instituição.
Na ocasião, segundo comando de greve, serão feitos encaminhamentos para o fortalecimento do movimento paredista e, em clima de ironia, haverá a distribuição de ovo de codorna para protestar contra a “moleza “da direção do BNB em negociar com a categoria.

Ibope- Violência faz 80% dos brasileiros mudarem hábitos

212 1

“Mais da metade dos brasileiros (51%) reprovam as condições de segurança no país e pelo menos 80% da população já mudaram de hábitos diante da escalada da violência. Divulgada ontem pela Confederação Nacional da Indústria (CNI), a pesquisa do Ibope, “Retrato da Sociedade Brasileira: Segurança Pública”, revela ainda que 79% presenciaram algum tipo de crime ou situação de violência nos últimos 12 meses.

A maioria dos entrevistados que disse ter mudado de hábito conta que não anda com dinheiro (63%). Outros aumentaram o cuidado para sair ou entrar em casa, na escola ou no trabalho (57%) e evitam sair à noite (54%). Embora seja minoria, 2% disseram ter comprado arma por conta da violência.

— Fica muito claro que as pessoas não estão podendo circular livremente nas suas cidades. Claramente, a violência está impactanto na mobilidade e na maneira de os cidadãos se relacionar com a cidade – disse o gerente-executivo da Unidade de Pesquisa da CNI, Renato da Fonseca.

Já entre os entrevistados que presenciaram alguma situação de violência ou algum crime nos últimos 12 meses, 67% disseram ter visto alguém usando drogas na rua, 51% afirmaram que presenciaram a polícia prendendo alguém e 41% viram uma pessoa sendo agredida. Segundo a pesquisa, 8% viram alguém sendo assassinado no período mencionando.”

(O Globo)

Lixo hospitalar dos EUA é vendido em Fortaleza

“A Vigilância Sanitária no Ceará apura denúncia de que um comércio atacadista em Fortaleza estaria vendendo tecido proveniente de lixo hospitalar importado dos Estados Unidos. Pelo menos duas pessoas procuraram o órgão para denunciar a suposta irregularidade.

O tecido deixado para análise na Vigilância Sanitária está com manchas e esparadrapo. O retalho também contém a inscrição do Department of Veterans Affairs (Departamento de Veteranos da Guerra, uma instituição de saúde norte-americana). No tecido, há uma advertência de venda proibida.

A inscrição é a mesma encontrada em parte do lixo hospitalar apreendido em Pernambuco pela Receita Federal, nos últimos dias. Algumas lojas que vendiam o material chegaram a ser interditadas pela Agência Pernambucana de Vigilância Sanitária (Apevisa).

Uma das pessoas que fizeram a denúncia conversou com O POVO. “Minha mãe faz pintura em tecido e uma amiga indicou que ela comprasse (os retalhos) nesse local, que era mais barato”, conta. A família foi até o comércio atacadista e comprou o tecido, vendido a R$ 3,50 o quilo. A compra foi realizada há mais de um mês.

Embora já tivesse notado as manchas, a mulher só percebeu que poderia se tratar de algo irregular ao assistir na TV uma reportagem sobre o lixo hospitalar vendido em Pernambuco. “Ela assistiu ontem (terça-feira) a matéria e a gente resolveu denunciar”, comenta o filho.

A Secretaria da Saúde do Estado (Sesa) vai encaminhar o tecido para o Laboratório Central de Saúde Pública (Lacen), que irá analisar se a mancha no retalho é sangue. “Foi aberto um processo. Vamos mandar esse material para análise e tentar saber qual a origem dele”, informa a coordenadora de Vigilância Sanitária da Sesa, Gerarda Cunha. Não há um prazo para que o laudo fique pronto.

Se for necessário, será solicitado apoio da Receita e da PF. Ontem, uma equipe da Vigilância Sanitária foi até o comércio atacadista fazer uma vistoria no local. O laudo de inspeção diz que, na loja, “não foram encontrados indícios de importação de tecidos provenientes de hospitais (lixos hospitalares) dos Estados Unidos”. Mesmo assim, as investigações continuam.

Na tarde de ontem, O POVO foi até a sede do comércio atacadista e conversou com os proprietários. Eles confirmaram que a empresa importa tecido dos Estados Unidos, mas negaram vender lixo hospitalar. “A gente importa dessa empresa (norte-americana) há 11 anos. Nunca tivemos nenhum problema”, afirma um deles.

O tecido que a importadora compra dos Estados Unidos chega ao Ceará em navios, dentro de contêineres. “Acontece de vir com mancha, mas é graxa ou um sujo que pega durante o transporte até aqui. Tem nada a ver (com lixo hospitalar”. Quando chega assim, o tecido é vendido por um valor menor.”

(OPOVO)

Sebrae vai divulgar taxas de sobrevivência de empresas no Brasil

“O Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) divulga hoje (20), em São Paulo, o estudo Taxa de Sobrevivência das Micro e Pequenas Empresas no Brasil 2011. Será às 10h30, durante entrevista coletiva do presidente do Sebrae nacional, Luiz Barretto.

O trabalho considera as empresas em atividade após os primeiros dois anos e apresenta as taxas por setores de atividade, por regiões e por unidades da Federação e compara o resultado brasileiro com o de outros países.”

(Agência Brasil)

PM diz que entregará gravação à PF que será um nocaute

“Após quase oito horas de depoimento à Polícia Federal, o soldado da Polícia Militar João Dias Ferreira disse, no início da madrugada desta quinta-feira, que entregará à PF, na próxima segunda-feira, o áudio de uma conversa que comprovará o esquema de corrupção no Ministério do Esporte denunciado por ele à revista Veja, na semana passada. Segundo Ferreira, que reafirmou as acusações contra o ministro Orlando Silva, essa gravação será um “nocaute”.

Ferreira afirmou que não fez nem fará acordo de delação premiada. E disse que pediu proteção à PF. Ferreira disse que compareceu espontaneamente à PF e que retomará o depoimento na segunda. Nesta quinta-feira ele irá à Procuradoria-Geral da República.

– Não tem acordo de delação. Nem agora, nem nunca – declarou.

Ferreira disse não ter apresentado à PF nenhuma gravação nesta quarta-feira, mas apenas transcrições de conversas envolvendo a cúpula do Ministério do Esporte, acerca de desvios no programa Segundo Tempo, além de documentos que comprovariam fraudes.

Ele não esclareceu se o ministro Orlando aparece ou é mencionado nas transcrições. Ferreira disse ainda que o áudio que entregará na segunda-feira está em São Paulo, motivo pelo qual não pode ser levado nesta quarta-feira à PF. O soldado não explicou por que a gravação está em São Paulo.”

(Globo)

O POVO está na final do ESSO

“Pelo sétimo ano consecutivo, O POVO é finalista do mais importante prêmio do jornalismo brasileiro: o Esso. Com a grande reportagem Santificados – Nos Altares de Beira de Estrada, os repórteres Felipe Araújo, Cláudio Ribeiro, Ana Mary C. Cavalcante, Demitri Túlio, Émerson Maranhão, Luiz Henrique Campos e Fátima Sudário (edição) chegaram à final na categoria Norte/Nordeste. Com o mesmo trabalho, o editor executivo do Núcleo de Imagem, Gil Dicelli, disputa a final nacional de Criação Gráfica.

A trilogia Santificados – Nos Altares de Beira de Estrada é uma série de cadernos especiais publicada entre abril e junho deste ano. Nas 16 páginas de cada um, os repórteres contam a história de 30 personagens contemporâneos que – martirizados -, viraram “santos” por força da vontade popular. Mesmo contrapondo as regras do Vaticano, ganham romarias e são vinculados a promessas.

Durante três meses, os repórteres do O POVO percorreram o Interior e a Capital cearense em busca das narrativas. Histórias como a de mártir Francisca, uma adolescente assassinada pelo ex-noivo em Aurora no ano de 1958. As 11 facadas e o sofrimento pelo qual passou fizeram com que o povo erguesse uma capela no nome dela e lhe rendesse devoção.”

(O POVO)

Fortaleza pode sair nesta 5ª feira como subsede da Copa das Confederações

“Hoje é o dia de saber oficialmente o que será confiado a Fortaleza na função de anfitriã da Copa do Mundo de 2014. Às 12h50min (de Fortaleza), a Federação Internacional de Futebol (Fifa) anuncia em Zurique, na Suíça, com transmissão da TV Globo, os papéis que cada sede terá no Mundial e também na Copa das Confederações de 2013. E a capital cearense vive a esperança de saltar do grupo de coadjuvantes para a elite das cidades protagonistas dos dois eventos.

Pelos prognósticos mais positivos, o estádio Castelão tem condições de ser agraciado na Copa do Mundo com jogos de primeira fase da seleção brasileira, partidas de outra seleção cabeça-de-chave e ainda uma das semifinais. Além disso, a sede cearense ainda figura como um dos prováveis cenários da Copa das Confederações, evento-teste do Mundial.

Tudo isso significa mais prestígio, mais visibilidade e mais turismo para o Ceará. “Depois da visita do Comitê Organizador no dia 28 de setembro, estou otimista de que Fortaleza possa ter todas essas oportunidades”, avalia Ferruccio Feitosa, secretário especial da Copa, que estará presente no anúncio.

Segundo informações divulgadas pelas agências Folhapress e Estado, pelo jornal O Globo e pela TV Globo, Fortaleza deve ocupar lugar na lista das quatro cidades que vão abrigar jogos da Copa das Confederações. Além dela, constam nessa relação Rio de Janeiro, Belo Horizonte e Brasília.

Além disso, as informações dão conta de que Fortaleza receberia jogos da seleção brasileira na 1ª fase do Mundial, ao lado de São Paulo e Brasília.

A favor de Fortaleza ainda há a capacidade do Castelão. Com espaço para mais de 67 mil pessoas, o estádio vai figurar como um dos quatro maiores do País, cumprindo a exigência da Fifa de ter mais de 60 mil lugares para ser ocupado por um jogo semifinal.

Anúncio da Fifa

Hoje, às 12h50min (de Fortaleza), a Fifa anuncia os calendários da Copa do Mundo de 2014 e da Copa das Confederações de 2013. Fortaleza está cotada para receber jogos da seleção brasileira na primeira fase do Mundial, partida de outra cabeça-de-chave (o que poderia garantir uma seleção campeã mundial na cidade) e uma semifinal. Além disso, seria sede da Copa das Confederações.

O cronograma de partidas considera o clima e a distância entre as sedes. As seleções disputarão partidas iniciais em cidades de uma mesma região, evitando grandes deslocamentos. Para evitar o frio, os jogos no Sul serão à tarde. Contra o calor, no Norte e no Nordeste, à noite.”

(O POVO)

Procuradoria vai pedir ao STF que abra inquérito contra ministro do Esporte

“O procurador-geral da República, Roberto Gurgel, vai pedir ao Supremo Tribunal Federal (STF) que abra inquérito contra o ministro do Esporte, Orlando Silva. “Considerando a gravidade dos fatos noticiados, deverei estar requerendo nos próximos dias a instauração de inquérito no STF”, anunciou ontem. Com isso, Orlando será o primeiro ministro a ser alvo de pedido de abertura de inquérito no governo Dilma. Nem os ex-ministros Antonio Palocci e Wagner Rossi passaram por constrangimento semelhante.

No requerimento, Gurgel requisitará a realização de diligências para apurar a veracidade das acusações feitas pelo policial militar João Dias Ferreira de que Orlando Silva teria se envolvido num esquema de corrupção. Entre as tradicionais diligências pedidas em casos semelhantes estão quebras de sigilo bancário, fiscal e telefônico.

Para Gurgel, não é possível chegar a conclusões apenas com base em um depoimento. “Nós não podemos nesse momento considerar os fatos provados apenas em razão das declarações de uma única pessoa. Nós temos que examinar isso com atenção devida, com todo o cuidado, para verificar a sua procedência e, em sendo procedentes, aí sim serem adotadas as providências que o caso requer.

O procurador-geral também avalia a possibilidade de pedir ao Superior Tribunal de Justiça (STJ) que remeta ao STF o inquérito existente naquele órgão para investigar suspeitas de envolvimento do governador do Distrito Federal Agnelo Queiroz (PT) no esquema. Se isso realmente for feito, haverá apenas um inquérito, no STF, para investigar Orlando Silva e Agnelo Queiroz. Segundo o procurador, aparentemente há “um relacionamento muito intenso entre os fatos”.

Ação protocolar?

Informado da decisão de Gurgel, Orlando saiu ontem sem falar com a imprensa da audiência realizada no Senado. O aviso da decisão do procurador foi feito pelo senador Inácio Arruda (PC do B-CE) durante a sessão. No microfone, ele tentou tratar como protocolar a ação de Gurgel. “O procurador tem que encaminhar para atender à solicitação do ministro de que tivesse a investigação. Não é o procurador que está tomando a iniciativa”.

O correligionário do ministro, porém, foi desmentido pelo senador Pedro Taques (PDT-MT), que é procurador de carreira. Taques explicou que existe uma jurisprudência no STF de que é permitido ao procurador arquivar um caso se não encontrar indícios. O pedido de abertura de inquérito só pode ser feito se houver indício de crime.”

(Com Agências)

Associação Peter Pan lança pedra fundamental de parque doado pelo empresário Eike Batista

A Associação Peter Pan lançará, nesta qunta-feira, às 17 horas, a pedra fundamental do Parque da ‘Crianxa’, que será doado pelo empresário Eike Batista, controlador da empresa termelétrica MPX, em operações no Porto do Pecém. O ato ocorrerá nos jardins do Centro Pediátrico do Câncer (CPC).

Na ocasião, a Associação Peter Pan entregará a Comenda Amigo Peter Pan a todos que colaboraram na construção do CPC. Receberão o reconhecimento algumas personalidades e empresas patrocinadoras masters que, pelo conjunto dos serviços prestados.