Blog do Eliomar

Categorias para Brasil

Planalto chama ministro dos Esportes de volta do Pan

210 4

“A crise em que o Ministério do Esporte está submerso desde sábado – quando chegou às bancas a edição de VEJA em que um militante do PC do B acusa o ministro Orlando Silva de envolvimento num esquema de corrupção operado na pasta – fez com que o Planalto promovesse uma reunião emergencial sobre o assunto. Para tanto, o governo determinou que Silva antecipasse seu retorno de Guadalajara, no México, onde estava acompanhando os Jogos Pan-Americanos.

De acordo com a edição desta segunda-feira do jornal Folha de S. Paulo, Orlando Silva reuniu-se na noite deste domingo com a ministra-chefe da Casa Civil, Gleisi Hoffmann, e o ministro da Secretaria-Geral da Presidência, Gilberto Carvalho. O encontro ocorreu na casa de Gleisi em Brasília.

Em entrevista a VEJA, o policial militar João Dias Ferreira, preso em 2010 ao lado de outras quatro pessoas acusadas de desviar dinheiro de um programa criado pelo governo federal para incentivar crianças carentes a praticar atividades esportivas, revela detalhes de como funciona a engrenagem que, calcula-se, pode ter desviado mais de 40 milhões de reais nos últimos oito anos.”

(Veja Online)

Fortaleza será sede de Seminário Internacional de Economia Solidária

Fortaleza será sede, a partir das 16 horas desta terça-feira, no Hotel Amuarama, do Seminário Internacional de Economia Solidária. O evento, que se estenderáaté sexta-feira, contará com a presença de representantes das instituições parceiras do Fundo de Apoio e Desenvolvimento das Organizações Comunitárias (FADOC) e entidades da América Latina, Europa e África. A abertura do seminário contará com a presença de membros da Secretaria Nacional de Economia Solidária (SENAES), da Rede Cearense de Socioeconômica Solidária, das Frentes Parlamentares de Economia Solidária além de outras organizações e participantes internacionais que farão uma análise, no primeiro painel, sobre a conjuntura e políticas públicas de economia solidária no Brasil e na Europa.

Na quarta-feira, a programação segue com um painel sobre “Comercialização e Finanças Solidárias” de 8h30min às 12 horas. À tarde, das 14 às 17h30min, seguem as oficinas temáticas sobre: bancos comunitários e moeda social (com Sandra Magalhães do Banco Palmas), sobre turismo solidário (com Maria Estrela do Ateliê mar e Marly Scharer da Prainha Canto Verde -Beberibe) e sobre comercialização nas feiras (com Maria da Glória da Caritas Regional).

Na quinta-feira, o momento é de intercâmbio. O terceiro painel, de 8h30min às 12 horas, trará o tema das “Experiências de Desenvolvimento Local e Soberania Alimentar” com a presença de moradores de Guiné Bissau e do Movimento Sem Terra (MST). À tarde, a partir das 14 horsa, teremos um momento para a troca de experiências entre os participantes com o conhecimento sobre: a festa da Carnaúba, Feira Cultural do Tapeba e Jogos Indígenas.

As atividades da sexta-feira contarão, das 8h30min às 12 horas, com Oficinas Temáticas sobre: fundos rotativos com a presença de Olivia Mende (da Citihabitar), sobre certificação da produção com Neneide Viana (da Rede Xique Xique), sobre comercialização e consumo com Cilene Sousa (da Dendê Sol) e sobre comércio justo com Victória Régia (do IMS). À tarde, a partir das 14 horas,o evento terá painel sobre Economia Solidária Feminista, fechando o evento com uma plenária final sobre os desafios e perspectivas da Economia Solidária. O evento é uma realização do Instituto Florestan Fernandes (IFF), do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra do Ceará (MST/CE), do ETAPAS/Recife, da FASE/Bahia e SOLSOC.

Ministro do Trabalho visita o Ceará nesta semana

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=JHxxvFHCHbE[/youtube]

O ministro do Trabalho e Emprego, Carlos Lupi, cumprirá agenda no Ceará a partir da próxima quinta-feira. Entre várias atividades, ações da pasta como o lançamento do Pro-Jovem Trabalhador e a convenção estadual do PDT. O superintendente estadual do Trabalho, Júlio Brizzi, dá detalhes davinda do ministro.

Bolsa Família – Mais de 5 milhões já deixaram o programa

“Desde a criação do Bolsa Família, no fim de 2003, até setembro deste ano, 5,856 milhões de famílias deixaram de receber os benefícios do programa. Os motivos para a saída são diversos, mas cerca de 40% dos ex-beneficiários, ou 2,227 milhões de lares, fazem parte de núcleos familiares que aumentaram sua renda per capita e não se enquadram mais na atual faixa de pagamento do benefício – renda mensal em grupos de até R$ 70 por pessoa ou rendimento individual mensal de R$ 70 a R$ 140.

Esse universo é composto principalmente por pessoas que foram beneficiadas pela atual política de valorização do salário mínimo. Elas conseguiram emprego formal, montaram negócios próprios ou foram alcançadas pela aposentadoria rural ou Benefício de Prestação Continuada da Assistência Social, que paga um salário mínimo para ex-trabalhadores rurais, idosos e deficientes.”

(Valor Econômico)

"Leão" deposita nesta 2ª feira o quinto lote de restituições

“A Receita Federal deposita nesta segunda-feira a restituição do quinto lote do Imposto de Renda Pessoa Física 2011. A Receita também fará os depósitos referentes às restituições dos lotes de 2008,  2009 e 2010 só agora liberados da malha fina. Ao todo, são R$ 2,5 bilhões para 2.690.743 contribuintes.

O dinheiro será depositado na conta bancária informada pelo contribuinte ao fazer a declaração do Imposto de Renda. Caso o depósito não seja feito ou o declarante tenha mudado de conta, é necessário ir a qualquer agência do Banco do Brasil ou ligar para os telefones 4004-0001 (capitais) ou 0800-729-0001 (demais localidades). Deficientes auditivos têm à disposição o número 0800-729-0088 para consulta.

O quinto lote de restituição do Imposto de Renda 2011 é o maior já liberado pela Receita Federal. Serão creditadas restituições para 2.656.556 contribuintes, totalizando R$ 2.448.325.168,73, já corrigido em 5,93 %. Dos contribuintes do lote, 6.221 tiveram prioridade por estar protegidos pelo Estatuto do Idoso.

Quanto ao lote residual de 2010, serão creditadas restituições para 24.665 contribuintes, com correção de 16,08 %. Com relação ao lote de 2009, 6.491 contribuintes receberão a restituição com correção de 24,54 %. Do lote de 2008, serão creditadas restituições para 3.031 contribuintes, com correção de 36,61 %.

Com o quinto lote de 2011, a Receita Federal praticamente liberou todas as restituições dos contribuintes que enviaram a declaração deste ano dentro do prazo. Nos próximos lotes, com raras exceções, estarão apenas as declarações das pessoas que deixaram a entrega para os dois últimos dias, segundo o supervisor do Programa do Imposto de Renda, Joaquim Adir.”

(Com Receita Federal)

Bancários terão uma 2ª feira de assembleias para decidir sobre fim da greve

“Os 483 mil bancários de todo o país decidem nesta segunda-feira, em assembleias marcadas para as 18 horas, se acabam com a greve, que vai completar 21 dias – a mais longa da categoria desde 2004, quando a paralisação durou 30 dias. Na última sexta-feira (14), os representantes dos trabalhadores e a Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) chegaram a um acordo para encerrar o movimento. A proposta prevê reajuste salarial de 9%, que inclui a inflação dos últimos 12 meses até setembro último mais 1,5% de aumento real, além de outras melhorias financeiras.

Na reunião de sexta, também foi proposta a valorização do piso com correção de 12%. Com isso, ele passará para R$ 1.400 (aumento real de 4,3%). Ficou acertado ainda uma elevação do percentual para o cálculo da Participação nos Lucros e Resultados (PLR).

“Houve avanço nos pontos que considerávamos essenciais, como aumento real, melhoria do piso e do PLR”, disse a presidenta do Sindicato dos Bancários de São Paulo, Juvandia Moreira. A entidade representa 16 municípios, com 138 mil trabalhadores.

Além de concordar em não descontar os dias parados, assinalou Juvandia, os representantes dos banqueiros assumiram o compromisso informal de ampliar o número de vagas nas agências. “No caso da Caixa Econômica Federal [CEF], tivemos a garantia de 5 mil novas contrações”. A dirigente sindical vai defender a aprovação da proposta patronal.”

(Com Agência Brasil)

TRT-7ª Região ganha novo desembargador

O plenário do Tribunal Regional do Trabalho do Ceará (TRT/CE) realiza nesta segunda-feira a posse do juiz Tarcísio Lima Verde Junior, da Vara do Trabalho de Caucaia, no cargo de desembargador. A cerimônia será realizada às 15 horas, no 4º andar do Anexo 2 do TRT/CE, localizado na Avenida Santos Dummont, 3.384. A nomeação do magistrado pela presidente Dilma Rousseff foi publicada no Diário Oficial da União de quinta-feira (13/10).

O juiz Francisco Tarcísio Guedes Lima Verde Junior foi nomeado pelo critério de merecimento. Ele ocupará uma das seis vagas criadas pela Lei Nº 11.999/2009.

Administrada pelo juiz Francisco Tarcísio Guedes Lima Verde Junior, a Vara do Trabalho de Caucaia recebeu no ano passado 1.407 reclamações trabalhistas e julgou, no mesmo período, 1.396 ações. A unidade foi escolhida pelo Tribunal Superior do Trabalho para ser uma das quatro primeiras do Brasil a receber o Processo Judicial Eletrônico, sistema criado para aprimorar a prestação de serviços oferecidos pela Justiça do Trabalho.”

(TRT-7)

STF gasta R$ 53 mil com aluguel de um carro

“A segurança pública preocupa o Supremo Tribunal Federal (STF). Por isso, o órgão alugou durante 120 dias um Ford Fusion blindado para ser usado em São Paulo. O serviço custou R$ 53 mil, R$ 435 por dia. A soma, que irá direto para a conta da Max 3 Locação de Veículos, não inclui motorista.
Além disso, a corte constitucional brasileira contratou a Empresa Pernambucana de Rastreamento para que 55 veículos possam ser seguidos via satélite (GPS).
O serviço custou R$ 29 mil e foi pago no dia sete de outubro.”
(Site Contas Abertas)

Dilma precisa combater corrupção, diz jornal

129 2

“O jornal espanhol “El Pais” publicou neste domingo uma análise sobre Dilma Rousseff, na qual diz que a presidente – que na época em que foi eleita era vista por alguns como “criação” de seu antecessor, Luiz Inácio Lula da Silva – conseguiu se firmar como líder e agora “não resta nenhuma dúvida de quem manda no Brasil”.

No entanto, de acordo com o jornal, Dilma precisa continuar a combater a corrupção no Brasil, já que apesar de “a maioria aprovar os passos que ela dá nesse sentido, como combater os supersalários dos políticos”, sabe-se que uma “ampla reforma é necessária”. “Há um ano, Dilma Rousseff era um mistério, agora é a líder indiscutível do Brasil”, aponta o jornal.

“A presidente não atenuou sua imagem nem sua maneira de trabalhar, apesar dos que argumentavam que a sociedade brasileira valoriza o carisma e a proximidade de sus líderes. Dilma continua a ter gênio forte, exigir um trabalho extenuante de seus colaboradores, calá-los com apenas um olhar e rejeitar fotos em família”, acrescenta o “El Pais”.

“Em apenas dez meses, Dilma Rousseff introduziu muitas mudanças, algumas discretas, com seu habitual estilo sério e, às vezes, inclusive, carrancudo. Ninguém mais se lembra da noite de sua vitória eleitoral, quando toda a imprensa brasileira falava da ‘vitória de Lula’, ignorando a própria vencedora”, pondera ainda o jornal.”

(Folha.com)

Ministro da Pesca cumpre agenda no Ceará

O ministro da Pesca e Aquicultura, Luiz Sérgio Nóbrega de Oliveira, profere palestra nesta segunda-feira, às 15 horas, no Plenário 13 de Maio da Assembleia Legislativa. Ele falará sobre o tema “O Desenvolvimento da Pesca e Aquicultura no Estado do Ceará”, dentro de uma promoção da Comissão de Desenvolvimento Regional, Recursos Hídricos, Minas e Pesca, atendendo a requerimento do presidente desse colegiado, deputado estadual Dedé Teixeira (PT).

Na ocasião, o secretário de Pesca e Aquicultura do Ceará, Flávio Bezerra, aproveitará para apresentar dados do setor, como também estimativas futuras para a pesca. A SPA desenvolve atualmente o I Ciclo de Encontros da Pesca e Aquicultura Familiar, que tem como objetivo conhecer os pescadores e as dificuldades da categoria.

Além da palestra na Assembleia, o ministro da Pesca e Aquicultura cumpre agenda até quarta-feira no Ceará. Ainda na manhã desta segunda-feria, Luiz Sérgio será recebido em audiência pelo governador Cid Gomes, no Palácio da Abolição. Na terça-feira, o ministro segue para o Litoral Leste. Em Cascavel, ele irá visitar o projeto Lagosta Viva. Depois, conhece o Projeto de Camarão Comunitário de Requenguela, em Icapuí, ocasião em que será assinado acordo entre o MPA e a Fundação Banco do Brasil, que financia a iniciativa. Em seguida, almoça com representantes da pesca artesanal na Praia da Redonda (Icapuí) e segue para o açude Castanhão, em Nova Jaguaribara.

Na quarta-feira, o ministro Luiz Sérgio vai aos municípios de Itarema e Acaraú (Litoral Oeste). No primeiro, pela manhã, participa da inauguração do Projeto de aproveitamento de carapaças de camarão em Itarema. À tarde, estará presente ao lançamento do Selo Verde do Camarão em Acaraú.

PCdoB diz que Orlando Silva é vítima de armação

147 1

“O presidente nacional do PC do B, Renato Rabelo, saiu em defesa do ministro do Esporte, Orlando Silva, diante das denúncias sobre suposto recebimento de propina feitas na edição desta semana da revista Veja. Rabelo afirmou que o partido se tornou alvo de uma campanha de ataques a seus representantes que ocupam cargos no governo.

“A única prova é o depoimento de João Dias Ferreira, cuja trajetória é pontuada por ações obscuras. Ele é réu em algumas ações na Justiça. Não sei se agora é revanche. Isso tudo nos causa muita estranheza”, disse Rabelo.

As denúncias tendem a tensionar ainda mais as relações do PC do B com o governo e o partido da presidenta Dilma Rousseff. Desde o início deste ano, a legenda do ministro do Esporte vem dando sinais de distanciamento em relação ao PT. Rabelo chegou a admitir em entrevista ao iG que enxerga a possibilidade de seu partido romper a aliança tradicional com o partido da presidenta.

As notícias surgem ainda num momento em que os comunistas traçam um plano ambicioso para as eleições municipais do ano que vem. Em julho, Rabelo contou ao iG que o partido trabalha com a previsão de multiplicar por oito o número de candidatos na corrida eleitoral.”

(iG)

Royalties do petróleo – Congresso tenta fechar acordo a partir desta 2ª feira

“A partir de segunda-feira (17), líderes partidários farão no Congresso Nacional um esforço concentrado para tentar fechar um acordo sobre a divisão dos recursos dos royalties de petróleo. O parecer do relator do projeto de Lei Vital do Rêgo (PMDB-PB) será apresentado no início da semana e balizará as negociações.

“Segunda-feira é o dia D”, resumiu o líder do PMDB na Câmara, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), em entrevista à Agência Brasil. O parlamentar disse que, caso contrário, será praticamente impossível negociar com o governo a partilha dos royalties. “Nós já vamos nos indispor com a União por causa da redução de 50% para 40% da parte que caberá a ela receber na participação especial, por isso temos que levar para o governo uma proposta do Congresso”.

O líder destacou que se o acordo for concretizado dificilmente o governo recusará a proposta. Até o momento, a área econômica concordou em reduzir a parte que cabe à União na participação especial de 50% para 46% e, no caso dos royalties, de 30% para 20%. O relator, no entanto, alega que para fechar os números e garantir R$ 8,5 bilhões para estados e municípios não produtores a União terá que ceder ainda mais.

“Todos devem ceder para todos ganharem”, disse, na semana passada, Rêgo. Segundo ele, já foram feitos ajustes nos valores a serem recebidos pela União e o Congresso concorda com esse ajuste.

Um parlamentar que tem participado diretamente das negociações disse que o parecer do senador paraibano prevê, além da alteração nos valores recebidos pelo governo, uma redução nos percentuais repassados em royalties e participação especial para alguns municípios de estados produtores. Segundo ele, o relator constatou que existem distorções que fazem com que poucos municípios ganhem muito, seja em royalties ou em participação especial.

O senador Francisco Dornelles (PP-RJ), integrante da comissão parlamentar e representante de estado produtor, ressaltou que o Rio de Janeiro não concorda com a redução da participação especial uma vez que ela é consequência de áreas já em exploração. “Áreas já licitadas não entram na negociação”. Dornelles acrescentou que não participará de qualquer tentativa de acordo que envolva a redistribuição dos royalties pagos pela extração de petróleo na camada pós-sal, aquela em profundidades menores e acima da camada de sal do subsolo marítimo.

O parlamentar Paulo Abi-Ackel (PSDB-MG), que integra a comissão, disse que a proposta de redução maior na participação especial recebida pela União já não encontra tanta resistência no Executivo. “Na reunião de terça-feira (11) percebemos que havia uma sinalização do governo em abrir mão [nos percentuais recebidos], talvez não no percentual desejado [por eles]”, relatou o deputado. Otimista, ele acredita na possibilidade de um acordo entre o governo e estados produtores e não produtores que evite que o presidente do Congresso, José Sarney (PMDB-AP), coloque o veto do ex-presidente Lula à chamada Emenda Ibsen Pinheiro em votação.

A emenda Ibsen prevê a distribuição igualitária dos royalties entre todos os estados e municípios com base nos repasses do Fundo de Participação dos Municípios (FPM). “Acho que o Rio de Janeiro e o Espírito Santo não estão perdendo tanto [com a nova proposta] a ponto de colocá-los em confronto com a Federação”, destacou Abi-Ackel.”

(Agência Brasil)

Aos bravos mestres com carinho

Com o título “O desafio da educação”, eis artigo do advogado e psicanalista Luiz Olímpio Ferraz Melo. Ele aborda a figura do professor e a importância de se valorizar a educação como um todo. Confira:

Na Roma antiga, um gladiador ganhava numa única luta no Coliseu — Cômodo, ex-governador, cobrava por luta um milhão de sestertii do Estado —, mais do que o professor durante um ano de trabalho, daí se vê a injustiça que é feita à educação e aos professores ao longo da história. Os governos, regra geral, não morrem de amores pela educação — no sentido mais amplo da palavra —, pois sempre resistiram a instruir a população que, em sendo assim, ficaria mais vigilante e crítica em relação ao regime governamental. Do ano 27 a.C. até a Revolução Francesa em 1789, fomos governados por reis e monarcas e a liberdade de expressão e de leitura foi tolhida, pois somente assim se sustentaram os impérios.

Na Rússia, Catarina, a Grande, dizia que era mais fácil governar com o povo ébrio, sugerindo que se pensasse sóbrio e com estudo, pouco tempo duraria seu governo. Disfarçados sob a pseudobandeira da proteção à população, regimes totalitários mandavam queimar livros e coleções inteiras em praças públicas de autores que ousavam pugnar ideias diferentes das governamentais, exemplo: nazismo, fascismo e comunismo. No regime do Vichy, na França — 1940-44 — a grade curricular foi modificada e era ensinado aos alunos somente o que interessava aos nazifascistas.

No Camboja, durante o regime do Khmer vermelho — 1975-79, do comunista Pol Pot — 80% dos professores foram barbaramente assassinados para impedir que a população pensasse diferente da ideologia dominante. Alguns pensadores desejaram colocar suas ideias sobre a educação e a sociedade em redomas, como se não existisse vida fora delas, mas isto é alienação, pois o pensamento deve ser livre.

Na África, ainda hoje, os professores são, além de heróis, devotos da educação, pois andam léguas para dar aulas diariamente e, quando muito, recebem misérias — alunos chegam a pagar as aulas com animais que carregam nas costas por quilômetros. O tema da defesa da educação é antigo e foi universalizado por Platão, mas a luta é permanente e de toda sociedade e não temos que ser apenas amigos da escola, mas também, dos bravos professores.

* Luís Olímpio Ferraz Melo é advogado e psicanalista.

Abav 2011 – Ceará aproveitará evento para divulgar projeto do Acquario

O Ceará vai participar da maior feira de turismo da América Latina: a ABAV 2011 – Feira das Américas. A feira ocorrerá de 19 a 21 deste mês, no Riocentro, no Rio de Janeiro. Com um estande exclusivo – 200 metros quadrados, a Secretaria do Turismo mostrará o que existe de melhor no Estado, divulgando a cultura, gastronomia, hotelaria, roteiros turísticos e, principalmente, a simpatia e a irreverência do povo cearense, informa o titular da pasta, Bismack Maia.
No estande, destaques nos segmentos de sol e praia, esporte, turismo de negócios, ecoturismo, turismo de aventura e compras e o projeto Acquário Ceará, empreendimento de grande porte que está sendo contruído com o propósito de qualificar o setor e atrair estrangeiros principalmente. Na Abav 2011, a Setur apoia empresas inseridas na cadeia produtiva do turístico cearense como o Ypark e Beach Park. Uma réplica da cachaçaria Ypióca realizará degustação do produto.

A FEIRA

A Feira das Américas – ABAV 2011 terá a participação de 40 países, entre os 800 expositores já confirmados numa área de 35 mil metros quadrados. Todos os países da América do Sul e os destinos mais tradicionais da América do Norte e Europa estarão representados. A estimativa é atingir 24 mil profissionais do segmento do turismo nacional e internacional nesta edição 2011.

Filme cearense é selecionado para mostra competitiva do Festival do Amazonas

Wolney Oliveira está na mostra competitiva.
Vem aí o 8º Amazonas Film Festival. Ocorrerá de 3 a 9 de novembro próximo, em Manaus. O evento traz uma novidade que muito tem a ver com o Ceará. Saiu a lista dos selecionados para a Mostra Competitiva Internacional de Longa-Metragem e nela o filme de Wolney Oliveira, diretor da Casa Amarela Eusélio Oliveira, intitulado “Os Últimos Cangaceiros”.
Além desse filme, eis outros selecionados:
A SEPARATION, de Asghar Farhadi
Irã
EL ESTUDIANTE, de Santiago Mitre
Argentina
EU RECEBERIA AS PIORES NOTÍCIAS DOS SEUS LINDOS LÁBIOS, de Beto Brant e Renato Ciasca
Brasil
LA SOURCE DES FEMMES, de Radu Mihaileanu
Bélgica, Marrocos, Itália, França
LATE BLOOMERS ̧de Julie Gavras
França
O CARTEIRO, de Reginaldo Faria
Brasil
OS ÚLTIMOS CANGACEIROS, de Wolney Oliveira
Brasil
THE FIRST GRADER, de Justin Chadwick
Reino Unido, Estados Unidos, Quênia

BNB promove seminário sobre políticas culturais

Essa informação é do site do Banco do Nordeste do Brasil:

O Ambiente de Gestão da Cultura do Banco do Nordeste, a Universidade Corporativa Banco do Nordeste e o Programa de Pós-Graduação em Políticas Públicas da Universidade Estadual do Ceará (UECE), por meio do Grupo de Pesquisa em Políticas de Cultura e de Comunicação (CULT.COM), realizam em conjunto o III Seminário Banco do Nordeste de Políticas Culturais, no período de 26 a 29 deste mês, nos Centros Culturais Banco do Nordeste-Fortaleza (26 e 27), Cariri (28) e Sousa (29).

Segundo a coordenadora do Seminário, Viviane Queiroz, a terceira edição do evento diferencia-se das duas anteriores “por estender o seminário até Juazeiro do Norte, no CCBNB-Cariri, e até o CCBNB-Sousa, no alto sertão paraibano, não ficando apenas em Fortaleza”. De acordo com o curador do seminário, professor Alexandre Barbalho, o objetivo do seminário é “discutir a política cultural na contemporaneidade em suas mais diversas expressões, a partir de amplas perspectivas analíticas”.

Com o tema específico “Fomento cultural e seus agentes”, a terceira edição do evento tem a finalidade de aprofundar a discussão em torno das diferentes modalidades de apoio estatal e não-estatal para a formação, a difusão, a fruição e a profissionalização no meio cultural. Podem participar do seminário os seguintes públicos: gestores públicos municipais, estaduais e federais; militantes dos movimentos sociais; pesquisadores, professores e alunos de cursos de Ciências Humanas; profissionais do campo cultural; e outros interessados na temática.

Conheça a seguir a programação do evento nas três cidades:

PROGRAMAÇÃO

FORTALEZA

Dia 26/10 – Quarta-Feira

15h – Credenciamento

15:30h – Abertura – Banco do Nordeste

16h a 18h – MESA I – O Estado e suas políticas de fomento

Expositores:

Melina de Carvalho (Banco do Nordeste – Coord. Espaços Nordeste)

Henilton Menezes (MinC – Secretaria de Fomento e Incentivo Cultural)

Luciane Gorgulho (BNDES – Dep. Cultura, Entretenimento e Turismo)

Mediador: Alexandre Barbalho (UECE)

18:30 a 20:30 – MESA II – O financiamento privado à cultura

Expositores:

Ary Scapin (Consultor Economia Criativa)

Ana Regina Rêgo (UFPI)

Manoel Marcondes (UERJ)

Mediador: Glauber Uchoa (Sebrae-CE)

Dia 27/10 – Quinta-Feira:

16h a 18h – MESA III – Redes e arranjos cooperativos da cultura

Expositores:

Ivan Ferraro (Prodisc e Coletivo Fora do Eixo)

Stefano Florissi (UFRS)

Márcio Barros (PUC-Minas)

Mediação: Kadma Marques (UECE)

18:30 a 20:30 – MESA IV – Movimentos sociais e criação cultural

Expositores:

Adelaide Gonçalves (UFC)

Ana Chã (MST)

Pedro Mendes (UFRJ)

Mediação: Alexandre Barbalho (UECE)

JUAZEIRO DO NORTE

Dia 28/10 – Sexta-Feira:

15:30h a 16h – Credenciamento

16h a 16:30h – Abertura – Banco do Nordeste

17h às 18:30h – Palestra inaugural: “Financiamento público e privado à cultura”

Expositor:

Stefano Florissi (UFRS)

Mediador: Alexandre Barbalho (UECE)

19h a 20:30h – MESA – Movimentos sociais e cooperativos na cultura
Expositores:

Márcio Barros (PUC-Minas)

Pedro Mendes (UFRJ)

Mediador: Alexandre Barbalho (UECE)

SOUSA

Dia 29/10 – Sábado:

15:30h a 16h – Credenciamento

16h a 16:30h – Abertura – Banco do Nordeste

17h às 18:30h – Palestra inaugural: “Financiamento público e privado à cultura”

Expositor:

Stefano Florissi (UFRS)

Mediador: Alexandre Barbalho (UECE)

19h a 20:30h – MESA – Movimentos sociais e cooperativos na cultura
Expositores:

Márcio Barros (PUC-Minas)

Pedro Mendes (UFRJ)

Mediador: Alexandre Barbalho (UECE).

Em 2010, Governo Federal gastou 17% só com programas como Bolsa Família

“O governo federal gastou, no ano passado, 17% do Orçamento com transferências de dinheiro à população de baixa renda ou desempregada. Foram R$ 114 bilhões repassados diretamente às mãos de 31,8 milhões de pessoas. Se forem incluídos programas de transferência de renda de menor escala, o volume de verbas repassadas atinge R$ 116 bilhões.

Isso é mais do que o dobro de todo o investimento da União somado – R$ 44,6 bilhões -, incluindo a parcela para construção de estradas e obras de infraestrutura.

O custo dos benefícios sociais em espécie reflete apenas parte da chamada rede de proteção social brasileira. Estão na lista: aposentadoria rural, Benefício de Prestação Continuada (BPC), Renda Mensal Vitalícia (RMV), seguro-desemprego, abono salarial e Bolsa Família. Eles consomem 3,1% do PIB (Produto Interno Bruto).

Os cálculos foram feitos a partir de números levantados pelo economista especializado em contas públicas Raul Velloso.

O peso dos diferentes mecanismos de transferência de renda no Orçamento federal divide opiniões entre especialistas. De um lado, há quem considere as despesas exageradas, praticamente um empecilho para o desenvolvimento, enquanto outros veem a necessidade até de aumentar gastos para reduzir a pobreza e a desigualdade.

Para Velloso, o governo gasta demais e deixa à míngua a rubrica de investimentos. Pior, repassa dinheiro a quem não está na base da pirâmide e não precisaria de tamanha ajuda governamental. A crítica não se dirige ao Bolsa Família, mas a benefícios como a aposentadoria rural e o BPC, que pagam um salário mínimo mensal. Embora atendam menos pessoas, têm orçamento maior do que o Bolsa Família.”

(O Globo)

Eleições 2012 – Presidente do PT Nacional inclui Fortaleza como um caso delicado

127 5

O presidente nacional do PT, Rui Falcão, agenda visita ao Ceará antes do dia 13 de novembro, data das eleições para prefeito em Icapuí (Litora Leste). Hora de dar apoio às bases, segundo informação da direção estadual da legenda.

Rui Falcão não vem apenas dar apoio à chapa petista, mas também manter encontro com a cúpula estadual e, também, municipal do PT para se inteirar das perspectivas eleitorais.

Neste fim de semana, ele reuniu a Coordenação Política do PT em São Paulo, ocasião que recebeu relatórios sobre o quadro eleitoral nos Estados. Do Ceará, ouviu relatos do vice-presidente estadual, o deputado federal José Guimarães, que trabalha para manter a aliança da prefeita Luizianne Lins com o governador Cid Gomes (PSB).

Fortaleza está entre as Capitais que causam certa preocupação à cúpula nacional petista sobre 2012. Luizianne quer fazer o sucesso do seu partido e da sua base de influência, enquanto Cid Gomes aceita, mas quer um nome do PT que atenda também ás suas expectativas. É nesse detalhe que aparece o impasse. Cid tem simpatias por Camilo Santana, seu secretário das Cidades, e Luizianne trabalharia por seu secretário de articulação governamental,  Waldemir Catanho, ou, em segundo hipótese, pelo deputado federal Artur Bruno.

Isso tudo ocorre em meio a outro problemão: o PSB de Fortaleza está dividido entre os cidistas, hora no comando com Karlo Kardoso, e com Sérgio Novais, ligado à prefeita e que lançou sua irmã, a deputada estadual Eliane novais , para pré0-candidata em Fortaleza.