Blog do Eliomar

Categorias para Brasil

Ceará viaja em clima de otimismo para enfrentar o Vitória da Bahia

Dimas em papo descontraído com grupo.

O time do Ceará embarcou, no começo da tarde desta terça-feira, na rota de Salvador (BA) em clima de otimismo. A equipe enfrentará o Vitória em partida válida pela Série A, o Brasileirão, com o objetivo de, no mínimo, trazer o empate. Dimas Filgueiredo, técnico, deixou claro, no entanto, que a ordem é vencer para que o alvinegro recupere espaços perdidos na tabela de classificação.

O Ceará ocupa a 10ª posição quando, bem antes da passagem do técnico Mário Sérgio, ainda brigava para se manter no chamado G-4. Segundo Dimas, nada mais de treinamento na Capital baiana. “Vamos nos concentrar e só pensar no jogo desta quarta-feira”, disse o técnico. Entre os jogadores, muita brincadeira. Ninguém deu entrevista, mas Misael mostra-se feliz porque a partida entre alvinegros e o Vitória será transmitida pela Globo para todo o País.

DETALHE – Dimas estava mais para “irmão ais velho” do grupo. Chamava a todos pelo nome, fazia uma piada e, antes do embarque, comprou um exemplar do jornal O POVO. “Quero ler o comentário que o Alan Neto fez a meu respeito. Ainda nem tive tempo de olhar, mas o pessoal diz que ele foi muito bacana comigo”.

(Foto – Paulo Moska)

BNB é o 3º banco de grande porte que mais cresceu em 2009

173 2

O Banco do Nordeste é o terceiro maior banco de grande porte brasileiro que mais cresceu em operações de crédito, entre 2008 e 2009, tendo alcançado uma variação positiva de 46,5% no período analisado. A constatação está no ranking das 1000 maiores empresas brasileiras, promovido pelo jornal Valor Econômico, por meio do Prêmio Valor 1000, disponível na seção “prêmios” do site http://www.valoronline.com.br. A publicação considera como bancos de grande porte as intituições com ativo total igual ou superior a 0,3% do ativo total dos 100 maiores bancos.

No quesito “crescimento em depósitos totais”, o BNB ocupa o 4º lugar entre os grandes bancos. No que se refere à “rentabilidade sobre o patrimônio”, o Banco também ocupa boa posição, a 6ª, superando a de alguns dos maiores bancos privados do País. Ainda segundo a publicação, o BNB subiu duas posições no ranking dos maiores bancos brasileiros, e agora ocupa o 13º lugar. Outro destaque diz respeito à “rentabilidade operacional, sem a equivalência patrimonial”, no qual ocupa o 7º lugar entre os grandes bancos brasileiros.

Dos 10 maiores Estados do País, só Ceará, Minas e São Paulo estão adimplentes

86 1

“O governo federal reservou no orçamento pelo menos R$ 253,5 milhões para sete estados inadimplentes, selecionados dentre os dez maiores do país, onde vive 76% da população. São estados que receberam dinheiro da União para fazer obras e programas sociais, mas, de acordo com registros do Tesouro Nacional, não prestaram contas sobre se usaram corretamente os recursos, ou fizeram isso fora do prazo, ou não apresentaram documentos exigidos ou são investigados por tomadas de contas. Por regra, repasses semelhantes a esses são irregulares. De acordo com nota técnica da Câmara à qual o Congresso em Foco teve acesso, uma norma foi criada para “afrouxar” os critérios de transferência de dinheiro público.

As prestações de contas servem para, por exemplo, comprovar que os recursos foram usados corretamente e que não houve fraude ou desvio de dinheiro público. É um dos meios para se evitar e punir casos de corrupção. Constatado algum problema na prestação de contas, a regra determina a paralisação de novos repasses.

O Congresso em Foco fez um levantamento dos repasses feitos pelo governo federal nos dez maiores estados brasileiros. De janeiro a 6 setembro, eles receberam empenhos de R$ 759 milhões em convênios, segundo o Siafi (Sistema Integrado de Administração Financeira, que registra gastos da União), excluídas as áreas de saúde, educação e assistência.

“Seria admitir que, por um criminoso ter cometido um homicídio com as mãos, os pés poderiam ficar livres e saírem da prisão”
Nota técnica da Câmara que critica afrouxamento de regras do governo para liberar dinheiro público

O levantamento mostra que, desse montante, pelo menos R$ 253,5 milhões foram empenhados para sete estados que não estavam em dia com as suas contas. Dos sete estados inadimplentes, seis são da base aliada do presidente Lula.

O valor levantado pelo site inicialmente era de R$ 311,8 milhões. Mas, após o Congresso em Foco contatar a assessoria do governo da Bahia, registros do Tesouro mostraram que o estado sanou alguns problemas, o que reduziu o valor de recursos recebidos após a inadimplência, de R$ 75 milhões para R$ 15 milhões. Mesmo assim, significa que, no passado recente, mais convênios estavam sendo empenhados apesar de restrições.

Representantes do Ministério do Planejamento afirmam que haverá uma reunião extraordinária do colegiado responsável pelas regras do repasse de dinheiro para convênios. Só então poderão dizer por que as transferências estão sendo feitas, se elas estão dentro da legalidade e se houve “afrouxamento” de regras por parte do Executivo.

Os estados negaram qualquer irregularidade ou favorecimento por conta de ligações com o presidente Lula. E indicaram liminares judiciais para continuarem recebendo dinheiro da União

Crime com as mãos

A Nota Técnica 11/10, da Consultoria de Orçamento e Fiscalização da Câmara, diz que o governo publicou uma diretriz ilegal para tornar menos criteriosa a liberação de dinheiro público a estados com problemas na prestação de contas. Na interpretação do estudo, a Diretriz 2/10, da Comissão Gestora do Sistema de Convênios (Siconv), redigida em 2009 e aprovada em 24 de junho passado, permite que a União, em vez de checar se o estado e todas as suas secretarias, fundações e institutos estão em dia com o governo, confira apenas se o estado e a secretaria que vai receber os recursos cumprem as exigências.

“Se a Universidade de Pernambuco ou a Secretaria de Educação estiver inadimplente, isso não atinge outros órgãos”, confirma o gerente de orçamento da Secretaria de Planejamento de Pernambuco, Edilberto Xavier.

A nota critica a prática. “Seria admitir que, por um criminoso ter cometido um homicídio com as mãos, os pés poderiam ficar livres e saírem da prisão”, diz o estudo, assinado pelo consultor Francisco Lúcio Pereira Filho. Segundo ele, o procedimento do governo federal contraria a legislação vigente.

MESMO INADIMPLENTES, ESTADOS
SÃO BENEFICIADOS COM EMPENHOS

(Congresso em Foco)

CNT/Sensus – Dilma ganha no 1º turno

137 1

“Pesquisa CNT/Sensus divulgada nesta terça-feira (14) mostra vitória da candidata Dilma Rousseff (PT) no primeiro turno na disputa pela Presidência da República. A petista recebeu 50,5% das intenções de votos na pesquisa estimulada, contra 26,4% para José Serra (PSDB) e 8,9% para Marina Silva (PV).

A margem de erro é de 2,2 pontos percentuais, para mais ou para menos. Os demais candidatos, incluindo Plínio de Arruda Sampaio (PSOL), não atingiram 1% das intenções de votos. Os indecisos e votos nulos/brancos somam 12,6%. Serra caiu em relação à última edição da pesquisa, divulgada no dia 24 de agosto. Na ocasião, o tucano tinha recebido 28,1% dos votos, enquanto Dilma, 46%. A petista cresceu quatro pontos percentuais, enquanto o tucano recuou dois pontos. Marina se manteve estável. No final de agosto, a candidata do PV havia recebido 8,1% das intenções de votos.

Na pesquisa espontânea, em que a lista de candidatos não é apresentada aos eleitores, Dilma também aparece em primeiro lugar com 44,3% das intenções de votos. Ela é seguida por Serra, com 23%, e Marina Silva, com 7,1. Os demais candidatos também não somaram 1% dos votos.

SEGUNDO TURNO

Num eventual segundo turno, Dilma venceria com 55,5% contra 32,9% de Serra. Nulos, brancos e indecisos somariam 11,6%. A pesquisa CNT/Sensus foi realizada entre os dias 10 e 12 de setembro, com 2.000 pessoas em 136 municípios. A pesquisa foi registrada no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) sob o número 29.517/2010.”

(Com Agências)

PF encontra R$ 167 mil e US$ 2,5 mil em espécie na casa do governador do Amapá

“Durante as buscas na casa do governador do Amapá, Pedro Paulo Dias (PP) – candidato à reeleição que foi preso na última sexta-feira -, a Polícia Federal encontrou R$ 167 mil e US$ 2,5 mil em espécie. Em sua declaração de bens ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE), em julho deste ano, Dias informou ter patrimônio de R$ 1,95 milhão, sendo cinco imóveis avaliados em um total de R$ 600 mil, R$ 235 mil aplicados no banco e cerca de R$ 1,1 milhão em 2.219 cabeças de gado. Ele não declarou recursos em espécie, segundom a Folha de S.Paulo.

Dias era o principal alvo das investigações da Operação Mãos Limpas, desde que foi secretário estadual de Saúde na gestão do governador anterior, Waldez Góes (PDT), que também foi preso. Ambos devem ser soltos nesta terça-feira após o término do prazo da prisão temporária. No total, a operação da PF apreendeu R$ 1 milhão em espécie. Desse valor, R$ 540 mil estavam em duas maletas encontradas no gabinete do secretário de Segurança Pública, o delegado federal Aldo Alves Ferreira. Ele foi preso na chegada a Brasília na sexta-feira passada, com mais R$ 20 mil em espécie. Além do dinheiro, cinco carros de luxo, avaliados em R$ 3 milhões, foram apreendidos na casa de praia do presidente do Tribunal de Contas do Estado, José Julio Miranda, na Paraíba.”

(Portal Terra)

Decisão liminar determina retorno ao trabalho de médicos peritos do INSS

“O ministro Humberto Martins, da Primeira Seção do Superior Tribunal de Justiça (STJ), reconsiderou decisão liminar anteriormente tomada e entendeu ilegal e abusiva a greve dos médicos peritos do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). A determinação é para que os servidores retornem ao trabalho, sob pena de multa diária de R$ 50 mil à Associação Nacional dos Médicos Peritos da Previdência Social (ANMP).

O ministro afirma, ainda, que o INSS pode adotar as medidas punitivas que entender cabíveis, previstas na Lei 8.112/1990, a contar da publicação da decisão (prevista para 14 de setembro). A liminar autoriza, também, descontar em folha de pagamento os dias parados, a contar da data da publicação desta decisão, caso persistam as faltas ao serviço dos médicos peritos.

Segundo o relator, os argumentos apresentados pelo INSS e pela União, no Mandado de Segurança n. 15.339, de que a greve é ilegal por violar preceitos formais contidos na Lei n. 7.783/1989 são suficientes para descaracterizar a “fumaça do bom direito”, que embasou, inicialmente, a concessão parcial da liminar.

“Inexiste previsão estatutária que defina as formalidades de convocação e o quorum para a deliberação, tanto da deflagração quanto da cessação da greve, conforme expressamente exigido pela Lei Geral de Greve”, assinalou o ministro.

Além disso, de acordo com o relator, a Associação Nacional dos Médicos Peritos da Previdência Social não comunicou aos usuários, com antecedência de 72 horas, a paralisação do serviço público essencial. “Descumprido esse requisito legal, não há como entender pela legalidade da greve, ainda que em juízo preliminar”.

Desconto em folha

Em sua decisão, o ministro Humberto Martins destacou, ainda, que o desconto do salário, conforme decisões do Supremo Tribunal Federal (STF), não se caracteriza como “punição”, mas como mera consequência jurídica da “suspensão do contrato de trabalho”, diferentemente das penalidades disciplinares dos servidores públicos. Assim, ele entendeu como lícito ao empregador o desconto dos dias parados em razão da greve.

Entretanto, para o ministro, a revogação da liminar inicialmente concedida não pode atingir os grevistas que aderiram ao movimento e estavam acobertados por ela, que lhes autorizava exercer o direito de greve sem o desconto em folha de pagamento, pois agiram nessa condição na mais absoluta boa-fé, devendo as relações precedentes ser preservadas. Dessa forma, os descontos deverão ser efetuados a partir da publicação desta decisão.”

(Site do STJ)

Lula, Cid, Eunício e Pimentel traçam em Brasília a arrancada eleitoral no Ceará

O governador Cid Gomes (PSB), que postula reeleição, terá audiência com o presidente Lula nesta terça-feira. Às 14 horas, em Brasília, tendo ao seu lado José Pimentel (PT) e Eunício Oliveira (PMDB), uma conversa sobre como ocorrerá por aqui a reta final da campanha.

Lula, segundo fontes, quer reforçar a dobradinha Eunício-Pimentel em todo o Estado, dentro do objetivo traçado pelo Planalto de derrotar seus adversários políticos. 

Há informações de que Lula fará nova gravação tendo agora ao seu lado os dois candidatos a senador. Vai pedir votos, buscando reverter quadro das pesquisas onde o senador Tasso Jereissati, segundo datafolha/O POVO, lidera com 48%, seguido de Eunício com 34% e Pimentel com 31%.

Copa 2014 – Crítica de Antonio Mourão aos investimentos repercute nacionalmente

85 4

Um artigo com críticas à realização da Copa 2014 em Fortaleza, veiculado neste Blog, ganhou repercussão nacional. O antropólogo e médico Antonio Mourão Cavalcante defendeu em texto que compilamos do seu Bl0g no O POVO Online, uma maior transparência nos investimentos. O fato acabou levando o Portal Terra a entrevistá-lo sobre o tema em Blog sobre o certame. Confira:

A realização do Mundial de futebol em 2014 no Brasil é exaltado por muitos como a grande chance de atrair mais investimentos ao País. E as projeções de melhorias econômicas são muitas. Segundo o “Documento Referencial Turismo no Brasil 2011/2014”, a expectativa é que até 2014 o turismo nacional tenha gerado cerca de 2 milhões de ocupações no setor, além de R$ 8,9 bilhões em divisas internacionais e 73 milhões de desembarques domésticos.

E para abordar sob outro ponto de vista a realização dessa grande competição esportiva em nosso País, este blog conversou com o antropólogo e professor universitário, Antonio Mourão Cavalcante.  Ele deu sua opinião sobre o tão esperado legado pós-Mundiial, além de avaliar a transparência nos investimentos para o evento e a participação da iniciativa privada. Confira:

Mundial em Fortaleza

Não sou contra a realização da Copa do Mundo no Brasil e mesmo que ocorram jogos em Fortaleza. Sou contra investimento público em iniciativa privada. E, mais grave ainda, gastar com o que não é prioritário. Somos um estado pobre – quase miserável – e que não pode dispensar meio bilhão de reais na simples reforma de um estádio de futebol. Existem outras prioridades bem mais graves. Tanto é verdade que este dinheiro, em parte, está saindo de empréstimos.

Legado

“No caso da África do Sul, local da última Copa, as informações são muito preocupantes. A imprensa mundial tem falado disso. Pouco retorno para a população. O mesmo teria acontecido com a Grécia e Portugal que sediaram eventos semelhantes. E, aqui no Brasil mesmo, o que foi feito e qual o resultado concreto dos Jogos Pan-Americanos, até mesmo dos locais de jogos e alojamentos? A imprensa noticia que estão praticamente abandonados, sucateados.”

População desinformada

“Penso que a maioria da população ignora o que está ocorrendo. Inclusive amigos meus, professores universitários, ficaram abismados quando abordei o assunto com os detalhes financeiros. Não acreditavam que isso fosse verdade. Imagine as pessoas que não tem um maior acesso às informações. Agora, se a gente pergunta: você é a favor ou contra a Copa do Mundo? Obviamente, todos somos a favor. Mas, precisa saber quem vai pagar a fatura, com qual recurso e quanto?”

Transparência

“Defendo, sobretudo, que haja mais transparência. Que o dinheiro público não sirva para “patrocinar” eventos privados. Fala-se, por exemplo, na privatização posterior, do Castelão. Um Governo precisa comprometer-se com prioridades sociais. Os recursos são parcos. E, finalmente, que cada centavo seja rigorosamente fiscalizado… Nesse episódio, lembrei-me de Mário Henrique Simonsen, grande economista brasileiro: “não sairia mais barato pagar logo a comissão

Expansão econômica do Brasil pode estar perdendo fôlego

“O Brasil começa a dar “sinais mais fortes” de que sua expansão econômica está perdendo o fôlego e já pode ter atingido o seu pico, afirma a OCDE (Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico), em um estudo divulgado nesta segunda-feira.

No relatório sobre o Indicador Composto Avançado (ICA, LCI na sigla em inglês), a organização também afirma que a desaceleração no ritmo de crescimento nos próximos meses é observada de maneira mais forte na maioria dos países ricos.

O ICA analisa mensalmente as tendências econômicas para os próximos seis meses.

“No Canadá, na França, na Itália, na Grã-Bretanha, na China e na Índia, uma desaceleração no ritmo de crescimento para os próximos meses é verificada de maneira mais forte em relação ao último estudo”, diz a OCDE.

“Sinais mais fortes também emergiram no Japão, nos Estados Unidos e no Brasil, mostrando que a expansão pode perder o fôlego”, afirma o relatório.

Para os cálculos do ICA, a OCDE se baseia em diferentes indicadores econômicos de curto prazo ligados ao PIB, como a produção industrial.

O nível de 100 pontos é utilizado como referência para classificar a intensidade da atividade econômica dos países.”

(BBC)

Assessor da Casa Civil deixa cargo

“O assessor da secretaria-executiva da Casa Civil, Vinicius de Oliveira Castro, pediu exoneração do cargo. Em nota divulgada nesta segunda-feira pela Casa Civil, o assessor declara que “repudia todas as acusações”.

Também nesta segunda-feira, a Comissão de Ética Pública da Presidência, instaurou um procedimento para apurar se a ministra Erenice Guerra praticou conduta contrária ao código de ética das autoridades do poder executivo. O processo foi instaurado a pedido da ministra .

– A pedido da ministra, converteu-se num processo de investigação ética – afirmou o presidente da comissão, Sepúlveda Pertence.

Reportagem da revista “Veja” publicada no sábado acusa Erenice de tráfico de influência. Já Vinícius é citado como participante do suposto esquema para beneficiar empresas em contratos do governo.

O relator do caso na Comissão de Ética será o advogado Fábio Coutinho, que terá dez dias para apresentar parecer. Ele disse que pretende concluir seu trabalho antes das eleições. Coutinho pode decidir pelo arquivamento ou pela abertura de processo de investigação ética.

Neste primeiro momento ele vai analisar documentos enviados pela própria ministra e poderá requerer mais explicações. O advogado afirmou que independentemente do pedido da ministra, a comissão deveria analisar o caso.

Na noite de domingo, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva se reuniu com Erenice no Palácio do Planalto e pediu rapidez nas suas explicações sobre o episódio de tráfico de influência envolvendo seu filho Israel Guerra. A ministra deve se reunir na tarde desta segunda com seus advogados para providenciar a quebra dos sigilos bancário, telefônico e fiscal.

Em nota divulgada nesta segunda, Erenice se diz disposta a “abrir os seus sigilos bancário, telefônico e fiscal, se necessário, bem como os sigilos de seu filho Israel”. Mais tarde, em outra nota, Erenice informou que vai processar a revista “Veja” .

Lula embarcou para Santa Catarina tranquilo, segundo fontes do Planalto. Ele quer esperar os desdobramentos do episódio, uma vez que o denunciante, o empresário Fábio Baracat, voltou atrás e negou o teor da conversa que teve com a revista “Veja”.”

(Globo)

Wagner Tiso e Márcio Malard são atrações em Fortaleza

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=qnMaFrYHbk8[/youtube]

Em sua sétima edição, a Quarta da Cultura no Centro, promoção do Instituto CDL de Cultura e Responsabilidade Social, traz em sua programação o compositor e instrumentista Wagner Tiso e o violoncelista Márcio Malard. Eles vão se apresentar nesta quarta-feira, a partir das 19 horas, no Theatro José de Alencar, com portões abertos ao público. Na apresentação, homenagens a grandes compositores brasileiros como Chico Buarque, Gilberto Gil, Dorival Caymmi e Milton Nascimento.

SERVIÇO

Theatro José de Alencar (Rua Liberato Barroso, 525- Centro).

Mais informações: (85) 3464.5538.

Programa de Defesa do Consumidor já gastou quase R$ 8 milhões

“Já se passaram duas décadas desde a aprovação do Código de Defesa do Consumidor no Brasil. De lá para cá, segundo organizações especializadas, o país avançou bastante, mas ainda é preciso melhorar. No Orçamento Geral da União, por exemplo, é possível verificar um crescimento progressivo nos recursos destinados ao Programa de Defesa do Consumidor. Embora em 2005 o programa tenha desembolsado apenas R$ 1,9 milhão do total de R$ 5 milhões previstos no orçamento, em 2010, até o último dia 04, quase R$ 8 milhões já foram gastos, de um total previsto de R$ 17,9 milhões.

Um dos principais objetivos do programa é aprimorar o Sistema Nacional de Informações de Defesa do Consumidor – uma rede que compartilha experiências e instrumentos de proteção ao consumidor.  Por meio dele, o Ministério da Justiça apóia a municipalização dos Procons na capacitação de técnicos de defesa do consumidor, na elaboração de material de informação, dentre outras ações.

De acordo com Leandro Lucheses, da Coordenação Orçamentária, Administrativa e Financeira da Secretaria de Direito Econômico do Ministério da Justiça, a principal razão para o aumento nos recursos previstos e gastos do Programa de Defesa do Consumidor decorre da concessão de maiores limites orçamentários para o projeto de Proteção de Direitos Difusos. Na realidade, esta é a ação responsável por 73% do total gasto pelo programa neste ano. O objetivo é apoiar iniciativas públicas e privadas de proteção dos chamados direitos difusos, como meio ambiente, patrimônio histórico, defesa do consumidor e defesa da concorrência.”

(Contas Abertas)

Estado do Amapá comemora aniversário com governador preso

“Com o governador Pedro Paulo Dias (PP) preso há três dias por suspeita de corrupção, o Amapá comemora nesta segunda-feira (13) a data em que foi desmembrado do Pará, em 1943, e se tornou território federal. A condição de estado só foi alcançada em 1988, com a promulgação da nova Constituição, dando total autonomia administrativa à região. A comemoração, no entanto, será ofuscada neste ano por um grande escândalo. Na sexta-feira (10) a Polícia Federal deflagrou a operação Mãos Limpas e prendeu o governador, seu antecessor, Waldez Góes (PDT), o presidente do Tribunal de Contas, Júlio de Miranda, e mais 15 pessoas entre políticos, secretários de estado, funcionários públicos e empresários. Outras 87 pessoas tiveram de prestar depoimento à PF ainda na sexta-feira. Entre elas o prefeito de Macapá, Roberto Góes (PDT), e o presidente da Assembléia Legislativa, Jorge Amanajás (PSDB), que é candidato ao governo.

Apesar da operação, a tradicional parada cívica para a comemoração da data foi mantida para esta tarde. Este será o primeiro evento público que será comandado pelo governador em exercício, desembargador Dôglas Evangelista Ramos, que é presidente do Tribunal de Justiça. A expectativa do governo é que cerca de 3 mil crianças de escolas da cidade participem do desfile e que milhares de pessoas acompanhem o evento.

A Operação

A Operação Mãos Limpas decorre de um inquérito no Superior Tribunal de Justiça (STJ), que tem como relator o ministro José Otávio Noronha. Na sexta-feira foram deslocados 600 policiais federais para cumprir no Amapá e em outros três estados 18 mandados de prisão, 87 mandados de “condução coercitiva”, quando a pessoa é levada a força para prestar depoimento, e 94 mandados de busca e apreensão. Durante o dia de sexta-feira os policiais entraram em diversos órgãos públicos na capital do estado. A prefeitura de Macapá e a Assembléia Legislativa foram lacradas para a realização de busca e apreensão. A sede do governo estadual, o Palácio do Setentrião, foi cercado por policiais.”

(Portal G1)

BNB prepara Mostra Independente da Canção

“A IV Mostra BNB da Canção Brasileira Independente reunirá um elenco de 36 artistas de 11 estados (Maranhão, Piauí, Ceará, Rio Grande do Norte, Paraíba, Pernambuco, Bahia, Minas Gerais, Rio de Janeiro, São Paulo e Rio Grande do Sul), no período de 15 a 30 deste mês.

Aberta ao público, essa edição ocorrerá nos três Centros Culturais Banco do Nordeste (Fortaleza; Cariri, em Juazeiro do Norte; e Sousa, no alto sertão paraibano).

Como destaques da Mostra, constam nomes como Daúde, George Israel, Marku Ribas, Khrystal, Beto Brito, Criolina, Érica Machado, Marquinho Sathan, Curumin, Fhátima Santos e Nayra Costa, entre outros.

Cearense Luís Eduardo Girão, o cineasta de um outro mundo

2552 3

Eis que de repente seu nome está ao lado do de Daniel Filho, um dos mais importantes diretores de TV e cinema do país. Luis Eduardo Girão, que completará 38 anos no próximo dia 25, cuidava dos negócios da família em Fortaleza, um resort e uma empresa de segurança, e jamais sonhara se tornar cineasta. Após passar por uma síndrome do pânico, tornou-se espírita e passou a investir em peças teatrais ligadas ao tema. Até que resolveu fazer um filme com a história de um médium famoso, Bezerra de Menezes.

Com pouco dinheiro, parte dele do próprio bolso, e apenas 44 cópias, levou aos cinemas, em 2008, mais de meio milhão de pessoas e inaugurou a onda de filmes espíritas, da qual faz parte “Chico Xavier”, de Daniel Filho, com 3,5 milhões de espectadores, maior bilheteria nacional deste ano. Na semana em que “Nosso Lar”, o terceiro filme desse segmento, foi visto por mais de um milhão de pessoas, Girão concedeu à Folha a entrevista a seguir, na qual fala sobre sua conversão ao espiritismo e da abertura da produtora Estação Luz, exclusivamente voltada a obras espíritas.
O cineasta Luis Eduardo Girão, que diz ter se tornado espírita após sofrer síndrome do pânico

FOLHA – Antes do cinema, você trabalhava nos negócios de sua família. Em que ramo atuam?
LUIS EDUARDO GIRÃO – Trabalhamos com terceirização de serviços, limpeza, segurança e transporte de valores, e hotelaria, empresas que geram 8.000 empregos. Na década de 80, meu pai teve três jornais dos Diários Associados, “Correio do Ceará”, “Unitário” e “Meio Dia”. Passei a minha infância nesse clima frenético de redação.

Qual foi a sua formação religiosa? Como entrou no espiritismo?
Muito ligada à Igreja Católica. Fui batizado e fiz primeira comunhão. A minha história no espiritismo começou em 2001. Eu estava enfrentando uma crise existencial, um vazio me tomava apesar do sucesso profissional e da conquista de grande patrimônio. Tive síndrome do pânico. Um dia, estava em São Paulo e fui ver uma peça chamada “O Cândido Chico Xavier”. Chorei feito criança e minha vida mudou definitivamente. Sem nada conhecer de produção teatral, levei essa peça a Fortaleza e foi um sucesso. Mais de 4,2 mil pessoas em um final de semana. Fundei uma ONG, a Estação Luz, e criamos a Mostra Brasileira de Teatro Transcendental, evento beneficente que ocorre há oito anos em Fortaleza.

Antes de produzir “Bezerra de Menezes”, que relação tinha com o cinema? Sonhava em trabalhar com isso?
Nenhuma. Cai de paraquedas. Não sou cinéfilo e considero que não entendo quase nada de cinema ainda. Nunca sonhei em trabalhar com cinema. Quando era bem novo, cheguei a filmar e editar casamentos e a fazer uma espécie de telejornal do condomínio onde morava. Coisas de menino se apaixonando pela tecnologia.

Como surgiu a ideia de fazer “Bezerra de Menezes”?
Com o sucesso da mostra de teatro transcendental. Pensamos que, se ela já atinge 30 mil pessoas, um filme poderia atingir muito mais.

Como financiou o filme?
A produção custou R$ 1,6 milhão, a distribuição, R$ 100 mil e a divulgação, R$ 600 mil. Eu investi a metade disso, e a outra metade, consegui com patrocinadores por meio de leis de incentivo fiscal.

Enfrentou resistência de empresários pelo fato de o filme ser espírita?
Não encontramos muita dificuldade. De cada dez portas que batemos, uma se abria. Hoje, com o retumbante sucesso de “Bezerra”, “Chico Xavier” e “Nosso Lar”, será tudo mais tranquilo.

Quem são os investidores?
Bic Banco, Leites Betânia, Capemisa, Coelce (Cia Energética do CE) e Grupo Ype são os principais. Em “As Mães de Chico Xavier”, a maior parte será das leis de incentivo e pequena parte, minha, que deve retornar com o resultado da bilheteria.

O lucro com “Bezerra” foi investido em quê?
Apesar da venda de mais de 40 mil DVDs e da bilheteria de 505.369 pessoas, o filme lucrou pouco. “Bezerra” pagou o preço por ser o pioneiro e não reclamamos disso. Ele teve o papel de despertar o mercado para a temática transcendental, que há décadas se mostrava atrativa na literatura. O que sobrou dele investimos na coprodução com Daniel Filho, em “Chico Xavier”.

Sua produtora fará apenas filmes com esse tema?
Sim. Só nos envolvemos em filmes transcendentais, algo que necessariamente traga uma mensagem transformadora para a vida das pessoas. Fiz “Bezerra” por puro idealismo. Acreditamos que filmes nessa linha constroem um mundo melhor.

Por que, em sua opinião, esses filmes estão fazendo tanto sucesso?
O inconsciente coletivo das pessoas pede isso. Ninguém aguenta mais ver na mídia tanta violência, tanta notícia ruim, corrupção, terrorismo.

Você vê interferência do plano espiritual em suas produções?
Já ouvi relatos impressionantes de nossa equipe dizendo que a ajuda espiritual foi fundamental para que o cronograma das filmagens fosse cumprido. Isso sem falar na atmosfera de paz celestial na equipe. Parece que trabalhamos no Nosso Lar [espécie de paraíso para onde vão os espíritos, segundo o livro de Chico Xavier].

Como responde a quem possa acusá-lo de explorar a fé?
Respeito o julgamento de algumas pessoas. Estamos no mundo material e somos suscetíveis a certas incompreensões. Tenho consciência das nossas reais intenções com esse movimento no cinema. Para alavancar, crescer e produzir mais e mais filmes com essa poderosa temática é preciso ter lucro. Lucro no mundo dos negócios é sinônimo de vitalidade e precisamos disso para seguir em frente. O dinheiro em si não é “do bem” nem “do mal”. O uso que se faz dele é que pode ser pernicioso ou glorificante.”

(Folha Online)

"A Cor da Cultura" em exposição em Fortaleza

  

O advogado André Costa participará, nesta manhã de segunda-feira, da aula inaugural da capacitação do projeto “A Cor da Cultura” – etapa 2 de Fortaleza, na Faculdade Marista. Ele dará palestra para cerca de 300 educadores da rede municipal de ensino das cidades de Maracanaú, Caucaia e Fortaleza sobre a Lei Federal 10.639/03, que estabelece a obrigatoriedade do ensino da história e da cultura africana e afro-brasileira, e sua aplicação na escola. O projeto “A Cor da Cultura” busca a valorização do patrimônio cultural afro-brasileiro e de reconhecimento da história e da contribuição da população negra à sociedade brasileira, que projeta a aplicação da Lei Federal 10.639/03.

Em sua primeira etapa, finalizada em agosto de 2006, o projeto buscou honrar tais compromissos por meio da produção e da exibição de séries audiovisuais, pela criação de recursos didáticos complementares às séries e pela formação de educadores das redes públicas para o uso dos produtos elaborados. Nesta segunda fase, o “A Cor da Cultura” pretende oferecer as bases para a sustentabilidade e autonomia na utilização dos materiais e metodologias para o fortalecimento das redes, através da formação de três mil educadores da rede pública de ensino nos estados do Amazonas, Ceará, Mato Grosso, Minas Gerais e Pernambuco. Para tanto, o Canal Futura credenciou sete instituições sociais (ONGs, universidades, fundações, institutos, etc.) que serão os formadores das redes de ensino utilizando o material didático do “A Cor da Cultura”.

As entidades responsáveis por organizar essa empreitada no Ceará são o Instituto de Juventude Contemporânea – IJC, de Fortaleza-CE, o Coletivo de Mulheres Negras – N’Zinga, de Belo Horizonte-MG, e o Canal Futura/Fundação Roberto Marinho, líder do projeto.

SERVIÇO

* Para saber mais: http://www.acordacultura.org.br/