Blog do Eliomar

Categorias para Brasil

Brasil é o 76º em ranking da generosidade

“Em um ranking internacional de generosidade que avaliou o grau de envolvimento da população em ações de caridade, os brasileiros ocupam o 76º lugar. Na América Latina, o Brasil aparece atrás de 15 países, empatado com a Argentina e a Nicarágua. As informações são da agência BBC Brasil.

A liderança ficou com a Austrália e Nova Zelândia. Em segundo lugar, aparecem empatados o Canadá e a Irlanda, e em terceiro, a Suíça e os Estados Unidos. Foram analisados 153 países pela organização não governamental Charities Aid Foundation, que criou o World Giving Index (Índice da Generosidade Mundial, em tradução livre). Essas nações concentram 95% da população mundial.

Os entrevistados responderam a perguntas sobre doações para entidades beneficentes, tempo gasto em trabalho voluntário e ajuda a estranhos. Na relação dos países que integram o Bric (Brasil, Rússia, Índia e China), os brasileiros são os mais generosos. Depois vêm os indianos (134º lugar), russos (138º), e chineses (147º).

Os cincos últimos do ranking são a Grécia, Sérvia, Ucrânia, o Burundi e Madagascar. Em cada país, foram entrevistadas mil pessoas que vivem em centros urbanos. Em países mais populosos, como a China e Rússia, a amostragem foi feita com 2 mil entrevistados.

O índice leva em consideração três aspectos: doação de dinheiro para organizações, trabalho voluntário e ajuda a pessoas estranhas. No Brasil, quase metade dos entrevistados (49%) disse ter ajudado pessoas que não conheciam no último mês.

O índice no qual os brasileiros demonstram menos solidariedade é o de trabalho voluntário – 15% afirmaram ter se voluntariado em alguma organização no último mês. Em países que lideram o ranking, como a Austrália, Suíça e os Estados Unidos, o índice é mais do que o dobro do brasileiro.

No Haiti, país que atravessou crises políticas e foi atingido por um terremoto de grandes proporções em janeiro deste ano, 38% dos entrevistados disseram que fazem trabalho voluntário. Um em cada quatro entrevistados no Brasil afirmou que contribui com dinheiro para alguma organização, que inclui instituições de caridade, partidos políticos ou igrejas. Na Austrália, país que lidera o ranking ao lado da Nova Zelândia, 70% das pessoas entrevistadas afirmaram que doam dinheiro para entidades sociais.

Segundo a Charities Aid Foundation, as ações caridosas variam muito entre os países devido a diferenças culturais. Cada nação tem conceitos diferentes sobre o que é ser generoso. No entanto, a pesquisa identificou um padrão global: quanto mais velhas as pessoas, mais generosas elas costumam ser. Segundo a entidade, isso tem relação com o melhor nível econômico dos mais velhos em cada país.”

(Agência Brasil)

Brasil é o 6º país em potencial de crescimento

“O Brasil está entre os dez países emergentes com maior capacidade de acelerar seu ritmo de crescimento e se desenvolver. A conclusão é de um estudo feito por economistas do Banco Asiático de Desenvolvimento (ADB na sigla em inglês). O estudo considera quatro características principais (e algumas divisões das mesmas) na pauta de exportações: sofisticação; diversificação; características únicas e potencial de vender outros produtos com vantagem comparativa para o exterior.

Do cruzamento dessas informações, do período entre 2001 e 2007, surgiu o Índice de Oportunidades.

Segundo Jesus Felipe, economista do ADB e coordenador do estudo, os países que estão bem posicionados no índice são aqueles que conseguiram ampliar e diversificar suas pautas de exportações em produtos mais elaborados (como máquinas e químicos).”

(Folha Online)

"Ficha Limpa" e o crivo do STF

64 2

“Depois de ser considerada aplicável nas eleições de outubro pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), agora é a vez da Lei da Ficha Limpa (Lei Complementar 135/10) passar pelo crivo da mais alta corte de Justiça do país. Dois candidatos barrados com base nas novas regras de inelegibilidade entraram, na última segunda-feira (6) com reclamações no Supremo Tribunal Federal (STF) questionando o uso da norma no pleito de 2010. Ao julgar os dois recursos, o STF vai colocar um ponto final na discussão se a Ficha Limpa é ou não constitucional.

Os casos, de acordo com o Supremo, ainda não foram distribuídos para os ministros da corte, responsáveis por cuidar da aplicação correta da Constituição Federal de 1988. Porém, já que trata de uma lei que pode alterar o resultado de eleições, existe a expectativa que a análise de casos concretos questionando a ficha limpa possam ocorrer antes de 3 de outubro. Contando com esta quarta-feira, faltam 26 dias para o brasileiro ir às urnas e escolher o novo presidente da República, governadores, senadores, deputados estaduais, distritais (no caso do Distrito Federal) e federais.

Entraram com reclamações no Supremo Joaquim Roriz (PSC), ex-governador do DF e candidato ao quinto mandato à frente do Executivo local, e Francisco das Chagas Rodrigues Alves (PSB), candidato a deputado estadual no Ceará. A história de ambos é similar. Os dois foram barrados pelas cortes eleitorais locais com base nas novas regras de inelegbilidade. Depois, ambos recorreram das decisões dos TREs no TSE. E ambos foram derrotados no Tribunal Superior Eleitoral. Agora, questionam no STF a aplicabilidade da lei para 2010.

As duas reclamações são assinadas pelos mesmos advogados. Alberto Pavie Ribeiro, Pedro Gordilho e Emiliano Alves Aguiar usaram as peças jurídicas para atacar, especialmente, o princípio da anualidade, previsto no artigo 16 da Constituição Federal. O recurso no nome de Joaquim Roriz é dedicado fundamentalmente à tentativa de desmontar o entendimento do TSE, na análise de duas consultas e de quatro casos concretos, de que a Lei da Ficha Limpa não muda o processo eleitoral e, portanto, pode ser aplicada para outubro.”

(Congresso em Foco)

"Nosso lar" bate recorde de público

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=3EcOGAxYPHo[/youtube]

Mais de meio milhão de pessoas foram aos cinemas, no último fim de semana, para ver Nosso Lar. O resultado reforça a onda de sucesso no Brasil de produtos culturais ligados ao espiritismo. Inspirado no livro homônimo de Chico Xavier, o longa-metragem que mostra a vida após a morte foi visto por pelo menos 520 mil pessoas. O dado contabiliza 100% das bilheterias de sexta e sábado e 90% das de domingo (a distribuidora Fox não tinha o resultado final até a última segunda).

Ainda que parcial, a contagem já faz de Nosso Lar, do jovem diretor Wagner de Assis, a segunda maior estreia de filmes nacionais no ano. A primeira é também espírita, Chico Xavier, de Daniel Filho, visto por 585 mil pessoas no primeiro fim de semana.

Parada Gay do Recife terá veto a políticos

“Com expectativa de atrair 200 mil pessoas, a 9ª edição da Parada da Diversidade de Pernambuco, terá o ex-BBB Serginho como a única atração nacional e a campanha política nos trios não ocorrerá durante o percurso, na orla de Boa Viagem, no próximo domingo, dia 12. Pelo menos dois blogueiros da cidade já prometeram, nos bastidores, sair do armário na festa. Um deles vem do Maranhão especialmente para o evento.

A decisão de vetar a defesa de candidatos nos trios foi das entidades que fazem parte do Fórum LGBT do Estado, responsável pela organização do evento em acordo com os donos dos carros gigantes de som. Este ano, a política não foi usada nem mesmo para patrocinar atrações de peso como acontece em cidades como Fortaleza, Salvador e, principalmente, São Paulo.

“O que vai se ver na avenida será aquele caranval típico de outras Paradas do país com direito a um representante nacional dos gays que conquistou a simpatia do público ao se revelar, na própria pele, um homossexual antenado com moda e comunicação na casa do Big Brother. O ex-BBB Serginho é o presente da empresária Maria do Céu para uma Parada que ela sempre apoiou desde os primeiros passos”.

De novidade, o evento traz o pequeno aumento do percurso ao sair do ponto da avenida na altura do Recife Palace Hotel e se estender até o segundo jardim da avenida beira mar.

No palco, montado na altura do edifício Acaiaca vão se apresentar atrações locais como a cantora Gerlane Lops e seu samba dançante, uma unanimidade entre o público gay local.

ENTRE A FANTASIA E A LIBERDADE

“Entre os nove trios elétricos confirmados até agora, um deles deve repetir o sucesso de outros anos. Quando a boate Metrópole aparece na avenida sobre rodas traz com ela a sua clientela vip, as fantasias de luxo, os go-go boys mais desejados e a melhor trilha sonora. O quesito som foi entregue, mais uma vez, ao Dj Paulo Pringles, o queridinho das baladas gays do país”, dizem os organizadores.

Enquanto Serginho vai reinar como estrela, outros, não tão famosos, como o cabeleirerio Bruno Stephanie, prometem chamar ainda mais a atenção com sua homonagem ao cantor Michael Jackson, tal qual Ivete Sangalo fez em Nova York, ele garante.

As fantasias no trio da Metrópole chegam a revelar poder como a que Almir Cardoso vai usar toda feita com penas de faisão. Mais atenção ainda deve chamar a própria dona da festa, Maria do Céu, na pele de Amy Winehouse, e a Dj Adriana Pax, loira e transformada na Lady Gaga nordestina. Ninguém vai escapar, entretanto, do olhar crítico do estilista pernambucano Valério Araújo, outra presença confirmada.

Pisando na avenida, quem promete chamar a atenção é o bloco dos “brothers bears”. Um time de homens, cujo perfil se enquadra nos chamados “ursos”, vai aproveitar o embalo do trio de Metrópole para dançar e mandar o recado uniformizados.

Não são apenas eles que garantem o figurino para a festa. A corrida nas lojas do bairro de São José, área central do Recife, já começou. O lugar é como a 25 de Março, em São Paulo, e tem da peruca verde à meia arrastão, além dos acessórios na base de muito brilho.

SERVIÇO

9ª PARADA DA DIVERSIDADE DE PERNAMBUCO
Data: domingo, 12 de setembro
Concentração: avenida beira mar na altura do Edifício Acaiaca
Horário: a partir das 9 horas
Saída do desfile: 12:30 de frente do Recife Palace Hotel
Número de trios: 9 confirmados até agora

(JC Online e Assessoria do Evento)

Filhos de Chico Mendes pensam em disputas futuras

“Herdeiros do legado da luta ambiental deixado por Chico Mendes, assassinado em 1988 no município de Xapuri, interior do Acre, Elenira Mendes, de 26 anos, e Sandino Mendes, de 24 anos, estudam a possibilidade de levar a causa do pai adiante como candidatos em eleições futuras. Com uma história de vida marcada pela violência no campo, os filhos do líder seringueiro cresceram ouvindo de terceiros a importância do movimento liderado pelo pai. A convivência com os companheiros de Chico Mendes e a proximidade com a política desde os primeiros dias de vida tornam a carreira pública um caminho quase inevitável para os dois.

Elenira, formada em Administração de Empresas e pós-graduada em gestão de recursos ambientais, estuda agora Direito já pensando em seu futuro político. Entre o PT, partido do qual o pai foi um dos fundadores no Acre, e o PV, Elenira optou em 2007 pelos verdes. “Na última imagem dele com vida, meu pai aparecia correndo com uma bandeira do PV no Rio. Para mim simbolizou algo muito forte”, lembra. No Acre, Elenira é uma das mais engajadas na campanha da presidenciável do PV, Marina Silva. “Marina é a melhor representante dos ideais do meu pai”, diz.

Por ser filha do líder seringueiro e, como consequência, ter um potencial de votação expressivo, ela teve a oportunidade de lançar candidatura a prefeita de Xapuri na eleição de 2008, mas recusou o convite para não confrontar o poder hegemônico do PT no Estado. “É um poder legítimo, os petistas construíram isso. Agora nós temos de construir isso também. A alternância de poder tem de ser administrada”, justifica Júlio Pereira, presidente de honra do PV estadual.

Este ano, Elenira teve a chance de disputar pela primeira vez uma eleição para deputada federal, mas também não se sentiu à vontade. “Não aconteceu agora, mas na próxima eleição isso vai acontecer”, prevê o presidente do PV acreano. “Vai chegar o momento. E eu tenho interesse sim “, admite Elenira. A prioridade agora é construir sua carreira política e cuidar da filha de seis anos, Maria Luisa. “A gente não pode se lançar de qualquer jeito. Conto com a força extra da Marina, é bom tê-la do meu lado.”

Semelhanças

Sandino não se lembra da curta convivência com o pai porque Chico Mendes foi morto quando ele tinha dois anos de idade. Do pai ele carrega a semelhança física e o envolvimento com trabalhadores rurais – ele coordena um programa do Ministério do Desenvolvimento Agrário no Acre. Além da aparência física, Sandino ganhou do pai o nome, uma homenagem ao líder guerrilheiro nicaraguense Augusto César Sandino. O nome de Elenira também foi uma escolha do pai em homenagem à guerrilheira do Araguaia Elenira Rezende.

Consciente de que provoca um “encantamento” natural nas pessoas por ser filho de Chico Mendes, Sandino sabe que carrega nas costas a “obrigação” de ser um exemplo. “Minha missão é não deixar que a história dele se apague”, afirma.

Sandino é frequentemente questionado sobre suas intenções políticas e até sofre pressão para se filiar a um partido e se candidatar, mas diz que ainda não é o momento. “Não sei se me elegeria fácil. As pessoas perguntam, mas eu não tenho essa certeza, apesar de saber que meu nome é forte. Mas isso é para o futuro”, desconversa.

“Eu nunca pensei nisso, deixei para eles. Mas uma hora Sandino e Elenira entram na política”, acredita Ilzamar Mendes, mãe dos filhos de Chico Mendes.”

?(Agência Estado)

Serra ataca Dilma em programa eleitoral

“A chapa de José Serra (PSDB) reservou para a tarde deste Sete de Setembro novos ataques à adversária Dilma Rousseff (PT). Na propaganda de TV, o tucano deixou de fora a quebra do sigilo fiscal da filha Veronica para acusar a petista (que nega responsabilidade no caso), como vinha fazendo nos últimos dias. A estratégia da vez foi pegar imagens do próprio programa de Dilma e voltá-las contra a candidata. O “tiro pela culatra” teria sido a gravação da campanha petista numa biblioteca da Universidade de Brasília fechada há mais de seis meses.

As cenas –com atores que comparecem em todos os programas de Dilma– foram registradas no espaço que, segundo a narrativa tucana, está indisponível aos estudantes por falta de amparo federal. Outras falhas também teriam sido maquiadas pela campanha de Dilma. Ela aparece, por exemplo, fazendo promessas –não vingadas– para uma creche em Brasília. Uma mãe (não identificada, com voz distorcida) acusa Dilma: “Ela veio pra fazer propaganda, pedir voto”.

Antes de mostrar um hospital na Bahia “que quase não funciona”, apesar de ter servido como vitrine para Dilma, locutor diz que adversária de Serra “mais uma vez tentou confundir o eleitor”. Seriam erros da gestão de Luiz Inácio Lula da Silva –que, contudo, nunca é citado, conforme diretrizes tucanas de não bater de frente com o presidente. O resto do programa enumera feitos atribuídos a Serra, como o FAT (Fundo de Amparo ao Trabalhador), o Mãe Paulistana e o Bolsa Alimentação (“que virou Bolsa Família”).

Algumas promessas estrearam no horário eleitoral, como a de criar o Ministério da Segurança e o Cadastro Nacional de Criminosos. No discurso inicial, Serra também faz críticas indiretas a petista quando diz que alguém deve construir a sua vida pelo próprio mérito. “O sonho da independência está na cabeça e no coração de todos os brasileiros. É um sonho de um país melhor, mas também é um sonho pessoal, de construir a própria vida, progredir pelo mérito, subir passo a passo pelo próprio esforço, sem se aproveitar de ninguém”, afirmou o candidato.”

 (Folha.com)

Governadora do Pará gasta R$ 109 mil em "brindes para doação"

“O governo do Pará, da candidata à reeleição Ana Júlia Carepa (PT), fez, em agosto, uma licitação para comprar 2.360 “brindes para doação”, segundo o “Diário Oficial”.

O governo gastará R$ 109,4 mil nas aquisições de 360 liquidificadores (R$ 62 cada), 480 ferros de passar (R$ 31,2), 480 garrafas térmicas (R$ 13,3), 360 ventiladores (R$ 44,9), 480 panelas (R$ 34,3 cada) e 200 bicicletas (R$ 165 cada).

O pregão eletrônico foi vencido por duas empresas, mas, segundo a assessoria do governo, não foi homologado, o dinheiro não foi pago e os produtos não foram entregues -o que será feito só após as eleições. A compra, diz, é para um estoque para catástrofes naturais.”

(Correio Braziliense Online)

Estatais terão orçamento recorde em 2011

“As empresas estatais federais poderão investir em 2011 o maior valor da história. A proposta de Orçamento Geral da União para o próximo ano, encaminhada ao Congresso na semana passada, reserva R$ 107,5 bilhões para os investimentos das estatais. O montante é 13,3% maior que os R$ 94,9 bilhões previstos para este ano.

A maior parte dos recursos corresponde à Petrobras, que sozinha responderá por R$ 91,2 bilhões em investimentos das estatais federais. Desse total, R$ 78,7 bilhões serão aplicados no próprio país e R$ 12,5 bilhões no exterior.

Em segundo lugar, estão as empresas do Grupo Eletrobras, com investimentos estimados em R$ 8,16 bilhões. O valor, no entanto, poderia ser maior, não fosse o fato de a estatal ter de contribuir com R$ 1,9 bilhão para a meta de superávit primário – economia para pagar os juros da dívida pública – no próximo ano.

Em 2011, as estatais terão de economizar R$ 7,6 bilhões, equivalentes a 0,2% do Produto Interno Bruto (PIB), para compor a meta de superávit primário. Na verdade, apenas as empresas dos grupos Eletrobras e Itaipu (R$ 5,7 bilhões) estão obrigadas a economizar. Desde 2009, a Petrobras está dispensada do esforço fiscal.

O Orçamento do próximo ano também reserva R$ 2,2 bilhões para a Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero). Os principais investimentos são a ampliação da pista do aeroporto de Porto Alegre, com R$ 110 milhões destinados, e a reforma do segundo terminal de passageiros do Aeroporto Internacional Tom Jobim, no Rio de Janeiro, com R$ 103 milhões.

Entre as instituições financeiras federais, o Banco do Brasil terá R$ 2,17 bilhões e a Caixa Econômica R$ 951 milhões para investir na manutenção e ampliação da infraestrutura de atendimento, informática, máquinas e equipamentos.

No primeiro semestre de 2010, segundo os dados mais recentes do Ministério do Planejamento (http://agenciabrasil.ebc.com.br/home/-/journal_content/56/19523/1011191), as estatais investiram R$ 37,9 bilhões. O valor é recorde e supera em 27% o montante registrado nos seis primeiros meses de 2009, de R$ 29,7 bilhões. Em todo o ano passado, as estatais federais investiram R$ 71,1 bilhões, de um Orçamento de R$ 79,9 bilhões.

A execução está mais acelerada neste ano do que no ano passado. De acordo com o levantamento, de janeiro a junho as estatais investiram 40,1% do Orçamento de R$ 94,4 bilhões. No primeiro semestre de 2009, a execução correspondia a 37,9% da verba prevista.”

(Agência Brasil)

Anatel nega aumento de tarifas com a vinda do "Bolsa Telefone"

“O Plano Geral de Metas e Universalização (PGMU) da Anatel, pelo qual a agência pretende levar a telefonia fixa a 20 milhões de pessoas em áreas carentes do país, até 2025, não vai trazer aumento no preço de tarifas, porque será desenvolvido com o remanejamento de recursos de serviços já existentes, como orelhões e postos telefônicos que não têm mais utilidade e serão transferidos para locais onde possam atender à população que não tem acesso à telefonia.

De acordo com a conselheira da Anatel, Emília Ribeiro, o plano será baseado no cadastro do Bolsa Família, que conta com 13 milhões de pessoas inscritas e “sem condições de pagar um telefone”, e vai atender também comunidades indígenas, quilombolas, postos de saúde, áreas rurais, aeródromos e postos da Polícia Rodoviária, nos próximos 15 anos, já que se desenvolverá durante o prazo de validade das concessões do serviço, com investimentos calculados em R$ 2,1 bilhões por parte das concessionárias.

O Plano Geral de Metas e Universalização é, basicamente, um estudo realizado pela Anatel para a revisão do contrato de concessão do serviço telefônico e o objetivo será atingir a comunidades que não têm telefonia. O plano é direcionado apenas para as empresas de telefonia fixa – Embratel, Oi, Brasil Telecom, CTBC e Sercomtel e deverá vigorar a partir de 1º de janeiro de 2011.

“Esses recursos serão reinvestidos pelas empresas, conforme prevê o contrato de concessão. Não há necessidade de aportes por parte do governo federal. São investimentos que as empresas já fazem e vão apenas transferir de um serviço para outro. O Plano também não afeta os atuais consumidores, pois não cria aumento de tarifas. Vai apenas beneficiar famílias que hoje estão sem esse serviço”, disse Emília Ribeiro.

Entre os postos de atendimento que serão transferidos para esta expansão da telefonia fixa por meio do PGMU, estão os de escolas rurais, que passarão a ser atendidas pelo Programa Nacional de Banda Larga (PNBL). A conselheira explicou ainda que os contratos de concessão de telefonia fixa começaram a vigorar em 1997 e vão até 2025, mas ao longo desse tempo eles serão revistos de cinco em cinco anos, “e nós tivemos aí a coincidência de ocorrer essa revisão em 2010″. As informações são da Agência Brasil.”

(JB Online)

CNJ – Certidão de nascimento poderá ser emitida na maternidade

“A partir do mês que vem, recém-nascidos poderão receber a certidão de nascimento no momento em que a mãe deixa a maternidade, graças um sistema interligado de comunicação entre cartórios e hospitais.

A autorização foi publicada pela Corregedoria do Conselho Nacional de Justiça, prevendo a emissão gratuita do documento por meio do sistema online. Essas emissões serão feitas por cartórios de registro civil interligados a uma unidade de dentro do hospital.

Com vista à maior segurança do sistema, todo processo será feito mediante o uso de certificação digital e os hospitais terão que firmar convênios com os cartórios para oferecer esse serviço. A implantação das unidades nos estabelecimentos de saúde terá a supervisão e fiscalização das corregedorias de Justiça.

Ainda no hospital, profissionais credenciados pelos registradores enviarão aos cartórios os dados digitalizados dos documentos da criança entregues pelos pais.

Na sequência, o cartório confere e registra os dados, para o posterior envio da certidão à maternidade, onde o documento será impresso.”

(Valor Online)

Vazamentos – PT quer que a PF apure atuação de jornalista

“O presidente do PT, José Eduardo Dutra, afirmou que o partido vai pedir à Polícia Federal que investigue a participação do jornalista Amaury Ribeiro Jr. no vazamento de informações sigilosas de dirigentes do PSDB. Dutra disse que o PT vai encaminhar à PF notícias publicadas pela imprensa sobre a participação de Ribeiro Jr. em apurações envolvendo tucanos para o jornal onde trabalhava e para o livro que pretende publicar neste ano.

“O PT não desconfia de ninguém, mas queremos que seja investigado. Queremos que as pessoas envolvidas sejam ouvidas para saber quais documentos foram obtidos, de que maneira e se há alguma relação com o suposto dossiê”, disse Dutra.

“INTELIGÊNCIA”

O jornalista participou de reunião em 20 de abril deste ano, num restaurante de Brasília, do “grupo de inteligência” da pré-campanha presidencial da petista Dilma Rousseff. À época, o responsável pela comunicação da campanha era a Lanza Comunicação, de Luiz Lanzetta, que estava no encontro. “O jornalista nunca participou da campanha. É público e notório que o PT tinha um contrato com a Lanza, mas não podemos ter responsabilidade pelas relações dessa empresa com outras pessoas”, afirmou Dutra. A Folha procurou o jornalista Ribeiro Jr., mas ele não ligou de volta.

Ontem, Dutra também falou sobre o envolvimento de petistas no acesso de dados de pessoas ligadas ao principal adversário do partido na eleição presidencial, José Serra (PSDB).
“Não há nenhuma participação institucional do partido ou da campanha nesses vazamentos. Eles deverão responder na Justiça e ao partido pelos atos que cometeram”, afirmou. “Somos um partido de 1,2 milhão de filiados. Qualquer filiado que tiver agido em desacordo com os princípios éticos do PT sofrerá punição”, afirmou o presidente do partido.”

(Folha)

Planalto fará desfile mais econômico

“A Presidência da República faz hoje o desfile de Sete de Setembro mais econômico da era Lula. Por R$ 999,7 mil, contratou a mesma empresa que, em 2007, cobrou R$ 2,2 milhões por estrutura igual.

O Planalto estimava que o custo seria de R$ 3,1 milhões. Gastará um terço disso.

O que parece ser economia está ligado a uma descoberta feita pelo Tribunal de Contas da União. Auditoria do TCU concluiu que a despesa de 2007, 45% superior à de 2006, nasceu de contratação feita por um edital com itens irregulares, que deixou uma única empresa na disputa.

Questionada pela Folha em 2007, a Secretaria de Comunicação da Presidência alegou que o Pan-Americano do Rio (que acabou em julho) elevou os preços na época.

O TCU multou a coordenadora-geral de relações públicas do cerimonial da Presidência e o responsável pelo pregão.”

(Folha)

Humberto Teixeira – Acervo vem para o Ceará

“Todo o acervo do cearense Humberto Teixeira, parceiro dos grandes sucessos de Luiz Gonzaga como Asa Branca, virá para Fortaleza. A Secretaria da Cultura do Estado negociou com a família e reverteu acordo que garantiria ao Museu da Imagem e do Som do Rio de Janeiro esse direito, informa o jornalista Pedro Alvarez (Arquivo Nirez).

Pela negociação, o acervo de discos, fotografias e objetos pessoais, será acomodado no Museu da Imagem e do Som (MIS), em frente ao Palácio da Abolição.”

(Coluna Vertical, do O POVO)