Blog do Eliomar

Categorias para Brasil

Ibope/Estadão – Dilma abre 24 pontos de vantagem sobre José Serra

83 4

“Após dez dias de exposição dos candidatos à Presidência no horário eleitoral, a petista Dilma Rousseff abriu 24 pontos de vantagem sobre o tucano José Serra. Se a eleição fosse hoje, ela venceria no primeiro turno, com 59% dos votos válidos. Segundo pesquisa Ibope/Estado/TV Globo, Dilma chegou a 51% das intenções de voto, um crescimento de oito pontos porcentuais em relação ao levantamento anterior do mesmo instituto, feito às vésperas do início da propaganda eleitoral. Desde então, Serra passou de 32% para 27%. Marina Silva, do PV, oscilou de 8% para 7%. Somados, os adversários da petista têm 35 pontos, 16 a menos do que ela.

A performance de Dilma já se equipara à de Luiz Inácio Lula da Silva na campanha de 2006. Na época, no primeiro turno, o então candidato petista teve 59% dos votos válidos como teto nas pesquisas. Geografia do voto. Dilma ultrapassou Serra em São Paulo (42% a 35%) e tem o dobro de votos do adversário (51% a 25%) em Minas Gerais – respectivamente primeiro e segundo maiores colégios eleitorais do País. No Rio de Janeiro, terceiro Estado com a maior concentração de eleitores, a candidata do PT abriu nada menos do que 41 pontos de vantagem em relação ao tucano (57% a 16%).

Na divisão do eleitorado por regiões, Dilma registra a liderança mais folgada no Nordeste, onde tem mais que o triplo de votos do rival (66% a 20%%). No Sudeste, ela vence por 44% a 30%, e no Norte/Centro-Oeste, por 56% a 24%.

A Região Sul é a única em que há empate técnico: Dilma tem 40% e Serra, 35%. A margem de erro específica para a amostra de eleitores dessa região chega a cinco pontos porcentuais. Mas também entre os sulistas se verifica a tendência de crescimento da petista: ela subiu cinco pontos porcentuais na região, e o tucano caiu nove.

RICOS E POBRES

A segmentação do eleitorado por renda mostra que a candidata do PT tem melhor desempenho entre os mais pobres. Dos que têm renda familiar de até um salário mínimo, 58% manifestam a intenção de votar nela, e 22% em Serra. Na faixa de renda logo acima – de um a dois salários mínimos -, o placar é de 53% a 26%. Há um empate entre a petista (39%) e o tucano (38%) no eleitorado com renda superior a cinco salários.

Também há empate técnico entre ambos no segmento da população que cursou o ensino superior. Nas demais faixas de escolaridade, Dilma vence com 25 a 28 pontos de vantagem.

A taxa de rejeição à candidata petista oscilou dois pontos para baixo, mas se mantem praticamente a mesma desde junho, próxima dos 17%. No caso do candidato tucano, 27% afirmam que não votariam nele em nenhuma hipótese. A disparada da candidata apoiada pelo presidente Lula disseminou a expectativa de que ela vença a eleição. Para dois terços da população, a ex-ministra tomará posse em janeiro como sucessora do atual presidente. Apenas 19% dos eleitores acham que Serra será o vitorioso.

MULHERES

Com boa parte de sua propaganda direcionada à conquista do eleitorado feminino – dando destaque à possibilidade de uma mulher assumir pela primeira vez a Presidência -, Dilma cresceu mais entre as mulheres (nove pontos) que entre os homens (cinco pontos).

Na simulação de segundo turno, a vantagem de Dilma entre as mulheres é agora praticamente a mesma que entre os homens, um fato inédito na campanha. O próprio Lula sempre teve mais votos entre os homens.

A pesquisa mostra que 57% dos eleitores já assistiram a pelo menos um programa do horário eleitoral. Segundo o Ibope, 50% dos brasileiros preferem votar em um candidato apoiado pelo presidente, e 9% tendem a optar por um representante da oposição. Do total do eleitorado, 88% sabem que Dilma é a candidata de Lula.

78% APROVAM LULA

O governo do presidente é considerado ótimo ou bom por 78% dos brasileiros. Outros 4% consideram a gestão Lula ruim ou péssima.

?(Agência Estado)

Lula e Dilma devem vir ao Ceará no dia 10

67 1

O presidente Lula e a candidata a presidente, Dilma Rousseff (PT), devem ir ao Ceará no próximo dia 10. Os detalhes da agenda – um misto de compromisso oficial e de campanha, o governador Cid Gomes, postulante à reeleição, está acertando com o Planalto e a cúpula do PT.  Na programação, um comício que deverá contar com a participação de Ciro Gomes.

(Com Portal Ig)

DETALHE – O que chama a atenção é que a prefeita Luizianne Lins, coordenadora-geral da campanha dilmista no Estado, não aparece para divulgar agenda. Nem aparece na campanha pró-Cid Gomes.

(Portal Ig)

Zé Dirceu fez cateterismo

“Depois de ser submetido a um cateterismo, José Dirceu disse ao Poder Online, durante o 19º Congresso Sindical Comerciário, que acontece na Praia Grande, litoral paulista, que está bem:

– Não tenho nada, não. Fui fazer um cateterismo. Fiquei lá, evidentemente, com a perna estendida algumas horas, mas o médico viu que não tinha nada e me mandou para casa. Todo mundo sabe que eu tenho mais de 60 anos, mas, modéstia à parte, estou inteirão e charmoso!”

(Portal iG)

Dilma diz que não vai aceitar provocações dos adversários

“Ao participar de um comício em Recife, junto com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva, a candidata do PT à Presidência da República, Dilma Rousseff, disse que não vai ceder às provocações feitas pelas campanhas adversárias.

“Apesar de todas as falsidades, calúnias e mentiras, vamos seguir em frente com uma proposta muito clara de desenvolvimento do Brasil”, discursou Dilma Rousseff, durante comício no Marco Zero, no Recife Antigo.

Depois do discurso de Dilma, Lula criticou os adversários, como o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso: “As pessoas mais pobres tinham medo de mim. As pessoas pensavam assim: por que votar em um peão igual a mim? Se eu não sei governar, por que ele vai saber? Aí eu pensei: por que um cientista político, que nunca fundou um sindicato, que nunca fundou um partido, podia governar e eu, que fundei sindicato e que fundei o maior partido de esquerda da América Latina, não podia governar?”

(Agência Brasil)

Lula: "Ainda tenho mais quatro meses de mandato. Tem caneta para fazer muito estrago"

64 1

“Não vou sair triste no dia 1º de janeiro. Saio de cabeça erguida porque sei que no meu lugar, ficará uma pessoa preparada para fazer mais do que eu fiz pelo Brasil”, afirmou, nesta noite de sexta-feriza, durante comício no Marco Zero, no Recife (PE), o presidente Lula. Com ele, estavam a candidata petista à Presidência da República, Dilma Rousseff, o governador Eduardo Campos (PSB) e várias lideranças lulistas do Estado.

Lula fez um discurso contra o preconceito à mulher. Aproveitou para exaltar sua candidata e dizer que o Brasil terá, pela primeira vez, uma mulher presidente da República. Ele também fez questão de lembrar a sua trajetória política e indiretamente criticou a era dos tucanos que tinha em FHC seu maior representante. “Um torneiro mecânico sem diploma universitário foi o presidente que mais fez universidades e escolas técnicas na história desse País”.

Ele disse que quando assumiu a presidência da República foi alvo de muitos preconceitos: “Acho que sofri todos os preconceitos. Ser nordestino, não ter diploma, falar errado. Mas descobri com Paulo Freire que as pessoas entendiam o que eu falava.”

O presidente aproveitou para destacar ali o trabalho do governador Eduardeo Campos e defendeu sua reeleição: “Se eu pudesse, transferia o voto para vir votar em Eduardo Campos. Mas a dona Marisa vota em São Bernardo e eu tenho que acompanhar ela.”  Também não poupou críticas aos adversários pernambucanos como o senador Marco Maciel (DEM), que tenta novo mandato: “Desde que eu era pequeno, ele já era político. O que ele trouxe para Pernambuco?”, questionou.

Sobrou também para o candidato a governador Jarbas Bezerra (PMDB): “Tenho acompanhado as pesquisas. Do jeito que a coisa tá, o adversário de Eduardo vai ficar devendo pontos no final da eleição.”  Complementou: “É importante votar nos nossos candidatos, para que depois nenhum picareta venha querer estragar a revolução que Eduardo Campos está fazendo em Pernambuco”. 

Ao final, Lula fez uma brincadeira nada recomendável: “Ainda tenho mais quatro meses de mandato. Tem caneta para fazer muito estrago”. 

 (Com Blog da Folha/Foto – Roberto Stuckert Filho)

Corregedor da Receita identifica esquema de compra e venda de informações

“O corregedor-geral da Receita Federal, Antonio Carlos Costa D`ávila, informou há pouco que a Receita identificou o esquema de compra e venda de informações fiscais envolvendo a violação de sigilo fiscal do vice-presidente do PSDB, Eduardo Jorge, e outras pessoas ligadas ao comando do partido. Segundo ele, o esquema envolvia pagamento de propina e encomenda externa. “Há indícios de que há um esquema. Foi identificado um esquema de compra e venda”, afirmou há pouco o corregedor, em entrevista coletiva no Ministério da Fazenda.

Na próxima segunda-feira, 30, a corregedoria encaminhará duas representações para o Ministério Público contra os servidores envolvidos no esquema de quebra do sigilo fiscal. Segundo ele, as informações levantadas até agora já dão indícios suficientes sobre o envolvimento dos servidores.”

(Agência Estado)

Ibope lança portal das eleições

“O Ibope Inteligência colocou no ar nesta sexta-feira (27) o seu novo portal de eleições, no endereço www.eleicoes.ibope.com.br. A iniciativa tem o objetivo de facilitar o acesso do eleitor às pesquisas de intenção de voto das eleições em curso, entre outras informações sobe a empresa e as eleições. Com um sistema de navegação mais amigável ao internauta, a nova plataforma apresenta os resultados em gráficos evolutivos, apontando o sobe e desce dos candidatos para presidente, governador e senador.

Entre outros dados, o portal reúne informações de utilidade pública, como o Guia de Leitura de Pesquisa Eleitoral, que esclarece tudo sobre a metodologia das pesquisas. Mantendo o procedimento adotado até agora, o IBOPE Inteligência esclarece que cada nova pesquisa será publicada no novo site sempre na tarde do dia seguinte à divulgação realizada pelos contratantes.”

(Assesoria de Imprensa do Ibope)

IBGE – Desnutrição em crianças até 5 anos persiste no País

“O Brasil ainda não conseguiu acabar com a desnutrição de crianças até 5 anos, embora o problema esteja diminuindo no país, destaca a Pesquisa de Orçamentos Familiares 2008-2009, do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), divulgada nesta sexta-feira. De acordo com o levantamento, que pesou e mediu moradores de 60 mil domicílios, o déficit de altura em crianças menores de cinco anos de idade, um dos indicadores da desnutrição, foi de 6,3% entre os meninos e de 5,7% entre as meninas, sendo maior no primeiro ano de vida.

O problema do déficit de altura está concentrado na Região Norte (8,5%) e Nordeste (5,9%) e em famílias com os menores rendimentos. Entre os grupos com renda igual ou inferior a um quarto de salário mínimo é de 8,2%, mas persiste em famílias com ganhos superiores a cinco salários (3,1%), onde é menor, e também nas regiões Sul (3,9%), Sudeste (6,1%) e Centro-Oeste (6,1%). A pesquisa destaca, no entanto, que a desnutrição está em queda desde a década de 80. O percentual de déficit de altura de crianças entre 5 a 9 anos é de 7,2% entre os meninos e de 6,3% entre as meninas, menor que os índices de 1974 e 1989, quando foram registrados 29,3% e 14,7%, respectivamente, entre os meninos. Entre as meninas, os índices eram de 26,7% e 12,6%.

Entre os adultos, chama atenção o percentual de 5,5% de déficit de peso de mulheres da região rural do Nordeste, de 8,3% entre as mulheres na faixa dos 20 a 24 anos, de 5,4% entre aquelas com mais de 75 anos e de 5,7% entre as de menor renda. Todos esses quadros também podem ser classificados como desnutrição. “A questão da desnutrição vem se reduzindo. Mas está coerente com outros estudos feito no país, tanto em termos da análise de idade entre os pequenos, com menos de 5 anos, quanto em déficit de peso nas outras populações por faixa etária”, afirmou a pesquisadora do IBGE, Marcia Quinstlr.

Segundo o documento, a melhoria do quadro reflete incremento do poder aquisitivo das famílias de menor renda, da escolaridade das mães e da cobertura de serviços básico de saúde, conforme constatou a última Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad). A pesquisa ainda chama atenção para o percentual de crianças entre 5 a 9 anos com excesso de peso ou obesas, 33,5% e 14,3% do total, respectivamente, que estão, em sua maioria, na Região Sudeste. O déficit de altura nessa idade é de 6,8% do total e o déficit de peso, de 4,1%. Entre os jovens de 10 a 19 anos, o déficit de peso é de 3,4% e preocupa mais o percentual de excesso, 20,5%.”

(Agência Brasil)

Um em cada 5 eleitores de Serra prefere o programa de Dilma Rousseff

“Um quinto dos eleitores de José Serra (PSDB) avalia que o melhor programa de TV é o de Dilma Rousseff (PT). Dos que declaram voto no tucano e viram o horário eleitoral, 61% afirmam que seu programa é o melhor, mas 22% preferem o de Dilma, e outros 4%, o de Marina Silva (PV). Entre os eleitores que simpatizam com o PSDB, essa proporção é ainda mais alta: 36% dos tucanos apreciam o programa de Dilma, contra apenas 48% que preferem o de Serra, e 7%, o de Marina.

Dos eleitores de Dilma, três quartos (77%) preferem o horário de sua candidata, ante 9% que elogiam o de Serra, e 4% o de Marina. Dos simpatizantes do PT, o programa de Dilma tem a preferência de 76%; 11% apreciam o programa tucano, e 4%, o do PV. Ao todo, o programa de Dilma (que é também o mais assistido) é aprovado por 54% dos eleitores que viram o horário eleitoral, contra 26% de Serra e 7% de Marina.

Criada pelo marqueteiro João Santana, a campanha de Dilma é considerada a melhor por 32% dos eleitores de Marina (contra 37% que preferem o programa da senadora ) e por 31% dos eleitores de Plínio de Arruda Sampaio (contra 34% que elogiam o horário de seu candidato). O programa do PT é ainda o mais elogiado entre aqueles que pretendem votar nulo ou em branco (46%).”

(Folha Online)

Ufa! STF libera sátiras contra políticos nos programas de TV e rádio

“O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Carlos Ayres Britto concedeu nesta quinta-feira (26) liminar que libera a veiculação de sátiras e manifestações de humor contra políticos durante as eleições. A liminar foi pedida pela Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e TV (Abert), que ajuizou nesta quarta-feira (25), ação questionando o artigo 45 da Lei das Eleições, segundo a qual “é vedado às emissoras de rádio e televisão, em sua programação normal e noticiário usar trucagem, montagem ou outro recurso de áudio ou vídeo que, de qualquer forma, degradem ou ridicularizem candidato, partido ou coligação, ou produzir ou veicular programa com esse efeito”.

No último domingo (22), humoristas se reuniram na Praia de Copacabana, na Zona Sul do Rio, para protestar contra uma lei eleitoral que proíbe as manifestações de humor contra candidatos durante o período de campanha eleitoral.O ministro suspendeu a eficácia do artigo e determinou que as manifestações de humor contra políticos podem ser consideradas irregulares depois de sua veiculação, caso sejam questionadas na Justiça Eleitoral. A decisão de Ayres Britto foi baseada em julgamento anterior, em que a corte decidiu que a liberdade de informar deve ser irrestrita.

Britto não analisou na decisão liminar o mérito da ação apresentada pela Abert , o que deverá ser feito pelo plenário do STF. Na ação, que questiona a norma, a Abert argumenta que a lei gera “efeito silenciador” e obriga as emissoras a evitar a divulgação de temas políticos polêmicos para não serem acusadas de “difundir opinião contrária ou favorável a determinado candidato”.

“Esses dispositivos inviabilizam a veiculação de sátiras, charges e programas humorísticos envolvendo questões ou personagens políticos durante o período eleitoral. As liberdades de manifestação do pensamento, da atividade intelectual, artística, científica e de comunicação constituem garantias tão caras à democracia quanto o próprio sufrágio”, afirma a entidade na ação.Ao final da sessão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), na noite desta quinta, o presidente da corte, Ricardo Lewandowski, informou aos ministros a decisão tomada pelo STF.”

(Globo.com)

Datafolha/O POVO – Dilma tem 47 pontos percentuais sobre Serra no Ceará

A candidata a presidente da República pelo PT, Dilma Rousseff, está 47 pontos percentuais à frente de José Serra (PSDB) na corrida presidencial no Ceará. É o que mostra pesquisa Datafolha/O POVO divulgada nesta quinta-feira pela TV O POVO. Dilma tem 63% das intenções de voto entre os cearenses, e Serra 16%. A candidata do PV, Marina Silva, registrou 5%.

Dos demais candidatos nenhum atingiu 1% das intenções de voto. De acordo com a pesquisa, brancos e nulos totalizam 4% e os que não sabem, 11%.

A pesquisa foi feita entre esta terça-feira, 24, e quarta-feira, 25, e retrata a nova realidade pós-horário eleitoral gratuito e pós-debate do Grupo de Comunicação O POVO. A margem de erro é de 2 pontos percentuais para mais ou para menos. 

2º turno

Dilma, num segundo turno, também venceria Serra. Ela obteve 69% e o tucano, 21%. Brancos e nulos totalizam 4% e os que não sabem, 5%, segundo Datafolha/O POVO..

CGU demite servidora do Ministério da Cultura acusada de corrupção

“Foi publicada no Diário Oficial da União desta quinta-feira (26) a demissão da servidora do Ministério da Cultura (Minc) Adriana Ferraz, acusada de cobrar propina para acelerar a tramitação de projetos que buscavam incentivos fiscais decorrentes da Lei Rouanet. A demissão consta de portaria assinada pelo ministro-chefe da Controladoria-Geral da União (CGU), Jorge Hage. O crime foi descoberto em 2007, após denúncia recebida pelo Minc e encaminhada à CGU, que solicitou à Polícia Federal a abertura de inquérito, batizado de Operação Mecenas.

Vale lembrar que “demissão” no serviço público é uma penalidade aplicada ao servidor efetivo, aprovado em concurso. A demissão se dá após a realização do devido processo administrativo disciplinar em que o servidor tem todas as oportunidades para se defender.

Durante as investigações, ficou comprovado que Adriana agia em conjunto com uma empresa de consultoria, chamada Mecenas, e que, para agilizar a colocação em pauta dos projetos culturais a serem apreciados pelo Minc, cobrava comissão que variava de 1% a 5% do valor de cada projeto. Na época ela ocupava o cargo de coordenadora na Secretaria de Incentivo e Fomento à Cultura.”

(Site da CGU)

Mulheres apoiadoras de Dilma querem revisão na legislação que trata do aborto

“Ao mesmo tempo em que a candidata do PT à Presidência, Dilma Rousseff, esquiva-se de fazer compromissos sobre o tema aborto a fim de se aproximar das igrejas e cristãos, as Mulheres do PT e a comissão suprapartidária encarregada de debater o programa de governo da petista pregam mais abertamente o debate da legislação vigente e mudanças comportamentais. Para as mulheres – do PT e de partidos da coligação – envolvidas nas discussões do programa de governo, Dilma, se eleita presidente, deve “estimular a revisão da legislação que restringe a autonomia da mulher sobre seu próprio corpo, gerando problemas de saúde pública”.

A afirmação é feita em documento divulgado pela Secretaria Nacional de Mulheres do PT, elaborado após realização da plenária nacional nos dias 11 e 12 de junho. Foi divulgado na última edição do jornal Movimentos, do PT, dias depois de Dilma ter lançado sua “Carta aberta ao povo de Deus”, em que joga ao Congresso a responsabilidade de “encontrar o ponto de equilíbrio” em relação a temas como aborto e a união civil de homossexuais.

Genérico

Dirigentes da sigla negam que o documento tenha divergências em relação ao pensamento da candidata. Cuidadoso, o texto não menciona as palavras “descriminação do aborto”. “Estamos tratando isso de forma muito genérica. O governo de Dilma não vai fazer qualquer proposição nesse sentido”, afirmou a deputada Maria do Rosário (PT-RS), integrante da comissão encarregada de elaborar o programa de governo neste setor.”

(Agência Estado)

Telebrás – Seis cidades do Ceará entre beneficiadas com sistema banda larga

53 1

“O presidente da Telebrás, Rogério Santanna, anunciou nesta quinta (26) a lista das 100 primeiras cidades que serão conectadas à internet rápida pelo Plano Nacional de Banda Larga (PNBL). Os Estados com mais cidades contempladas na primeira fase do PNBL serão Bahia, Minas Gerais e Rio de Janeiro, cada um com oito municípios. Em seguida, com sete cidades, estão Espírito Santo, Paraíba, Rio Grande do Norte e São Paulo.

O Nordeste será a região com maior número de municípios atendidos, com 58 no total, seguido do Sudeste, com 30.

Os critérios de escolha da Telebrás levaram em conta municípios com menor densidade de banda larga, menor índice de desenvolvimento humano (IDH), com programas de inclusão social e distribuição por Estado.

(Folha Online)

BANDA LARGA NO CEARÁ

Na lista das 100 cidades que serão beneficiadas com a banda larga da Telebras estão seis do Ceará.

– Barreira

– Maranguape

– Russa

– São Gonçalo do Amarante

– Sobral 

– Quixadá.

A Aeróbica de Serra

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=fdgHP-VywZE[/youtube]

Eis vídeo disponibilizado pelo “Mobiliza PSDB”, site do Serra. Mostra o candidato a presidente descontraído ao visitar uma academia. Ele até se arriscou numa aula de aeróbica. Como está 20 pontos percentuais atrás da petista Dilma Rousseff nas pesqiuisas, o tucano vai precisar mesmo recuperar fôlego.