Blog do Eliomar

Categorias para Brasil

Entidades protestam contra aumento dos juros

137 1

“Dversas entidades de classes criticam a decisão do Banco Central de elevar pela quinta vez consecutiva a taxa básica de juros (Selic). Em nota divulgada logo após o anúncio do governo, o presidente da entidade e deputado federal Paulo Pereira da Silva (PDT-SP) afirmou que o principal beneficiado pela medida é o mercado financeiro.

O Copom (Comitê de Política Monetária) elevou a taxa de de 12,25% para 12,50%. Segundo ele, a estratégia do governo de usar o argumento de que o aumento dos juros mantém a estabilidade da economia agrada o setor. “Consideramos a inflação baixa essencial para os brasileiros. Mas repudiamos esta política que traz lucros vultosos apenas aos especuladores em detrimento da maioria. Repudiamos esta atitude do Copom de ignorar os custos desta política para a população”, afirmou Pereira.

Para Rogério Amato, presidente da ASCP (Associação Comercial de São Paulo) e Facesp (Federação das Associações Comerciais do Estado de São Paulo), a taxa básica deveria ter sido mantida, mesmo que fosse com um viés de alta. “A taxa já está muito elevada e seu impacto vem se fazendo sentir mais na produção do que no consumo, além de contribuir para uma valorização ainda maior do real”, criticou.

Para a CNI (Confederação Nacional da Indústria), o aumento de juros intensifica o uso de instrumentos monetários no combate à inflação. “O governo precisa adotar imediatamente medidas que amenizem os efeitos do aumento dos juros sobre a competitividade das empresas.Quanto mais essas ações demorarem, maiores serão os prejuízos para o país. Por isso, a indústria espera a inclusão de medidas efetivas de desoneração tributária na nova fase da política industrial”, afirmou a confederação.”

(Folha.com)

Blogs mantidos em portais são mais lidos que jornais impressos

228 1

“Você sabe a abrangência de um blog? Com 73 milhões de internautas no Brasil, em alguns casos, ela pode ser maior que a dos jornais impressos. É o caso dos blogs de Juca Kfouri (UOL), Patrícia Kogut, Fernando Moreira, Ricardo Noblat (O Globo), Ruth de Aquino (Época) e Marcelo Tas (Terra). A maioria deles supera a circulação dos dez maiores jornais brasileiros, que variam entre 295 e 125 mil exemplares diários, de acordo com dados da Associação Nacional de Jornais (ANJ).

O blog de Patrícia Kogut, que aborda cultura e televisão, atinge mais de cinco milhões de leitores por mês (visitantes únicos), com 14 milhões de páginas visualizadas.

O blog de esportes de Juca Kfouri chega a ter três milhões de visitantes únicos por mês, com quase cinco milhões de visualizações de página.

Fernando Moreira, do Page Not Found, com assuntos inusitados, se destaca com uma média de quatro milhões de páginas visualizadas mensalmente, com 1,7 milhão de visitantes únicos.

Na revista Época, o 7×7, criado por Ruth de Aquino e mantido por sete blogueiras, aborda o universo feminino e atrai mais de um milhão de leitores por mês, com mais de dois milhões de pageviews.

Ricardo Noblat, que cobre política, aparece com uma média de 257 mil visitantes únicos/mês (mais de um milhão de page views), e Marcelo Tas, apresentador do CQC, com 200 mil/mês, com picos de 300 mil.

Blogs são aliados do impresso

Apesar da diferença no número de leitores, os blogs e os jornais/portais, não aparecem como rivais, mas se complementam, já que os donos de grandes veículos mantêm as páginas hospedadas em seus sites, como é o caso do UOL/Folha, O Globo e Terra.

Mas o que leva a números tão expressivos? A gratuidade do conteúdo, discussão ou exclusividade? Para Juca, a facilidade do acesso é o principal ponto. Apesar de ser colunista da Folha de S.Paulo e da rádio CBN, o jornalista se define como blogueiro.

“Começo cedo, de manhã, com um post que considero interessante e de preferência com uma foto boa. Vou olhando o Google Analytics. Caso não esteja funcionando como quero, vou publicando outros. Até acontecer da maneira que eu gostaria. A apuração corre paralela, claro, e alimenta este processo. Sou muito ligada em audiência e trabalho muito pelo blog. O leitor de internet não é fiel. Voce tem que buscá-lo todos os dias. Uso tambem o Twitter e a coluna do papel como chamarizes.” (Patrícia Kogut).

“Faz cinco anos que tenho o blog. Comecei com um post de um papagaio que entregou um caso de adultério e escrevi sobre outros assuntos para ver o calor do pessoal. Falo da notícia que não é encontrada na mídia comum, isso chama a atenção. É alimentado por essa sede do inusitado. A participação do leitor aumentou muito também, às vezes com comentários até mais divertidos que o post.” (Fernando Moreira)

“Aprendemos muito com a prática sobre o que significa ter um blog. Usamos hoje mais as redes sociais, aprendemos a escutar críticas, aprendemos que “o sucesso” de um post é sempre relativo, pois o melhor post é aquele que associa audiência à fidelização da comunidade e que desperta reflexões. O sucesso sempre é do coletivo, por isso festejamos sempre que uma de nós quebra um recorde. E percebemos que o mais importante – como tudo na vida – é que o blog acrescente algo à nossa vida. Não nos imaginamos hoje sem ter o 7×7 como um canal imediato e interativo para dar opiniões, provocar, transmitir reflexões. Criamos algo diferente e, este ano, renovamos o design.” (Ruth de Aquino)

“No meu caso acredito que seja pelo pioneirismo, como o primeiro blog de notícias políticas, por oferecer não só o conteúdo que eu apuro, mas também o que acho interessante, pelos furos e pelo fato de eu me dedicar exclusivamente ao blog. Só trabalho pra isso”.

Noblat revela que muitas vezes já ‘furou’ até os próprios veículos da Globo, grupo que mantém seu blog, mas que isso também é importante para a audiência. “No ano passado, eu divulgava as pesquisas de opinião de eleitores, de intenção de votos, antes da Globo e de outros veículos”. (Ricardo Noblat).

“Meu blog já existe há oito anos. Tem uma coisa de fidelidade. Eu estava no UOL e fui para o Terra e as pessoas me acompanharam. Se eu saio, as pessoas me cobram, perguntam. É bom que te obriga a escrever”.

Sobre seus leitores, Tas define como um público jovem. “O meu público é formado por estudantes que usam o material para discussão.” (Marcelo Tas).”

(Site Comunique-se)

…Ninguém sabe, ninguém viu

231 2

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=k3y_E3_ivuk[/youtube]

O presidente do Tribunal de Contas do Estado, Teodorico Menezes, tirou férias e não falou sobre o escãndalo dos banheiros, o que foi denunciado por O POVO. O filho dele, o deputado estadual Teo Menezes, também está de férias e não falou sobre o caso de convênios firmados pela Secretaria das Cidades com associações culturais para construir banheiros.

Coincidentemente, alguns desses convênios atenderam a municípios onde Teo foi bem votado. De qualquer forma, e atendendo a pedidos, eis aí o sucesso “Conceição”, na voz de Cauby Peixoto, que poderia embalar essa novela.

Dilma determina redução do custo das obras nas estradas em 20%

267 1

“A presidente Dilma Rousseff determinou a redução em 20% , o que equivale a R$ 12 bilhões , no preço das obras rodoviárias a serem executadas pelo Dnit em todo o país. Isso significa a volta ao preço estabelecido no ano passado para as obras federais. A análise da reformulação dos projetos das estradas federais é a pauta da reunião que ela terá na quinta-feira (21) com o ministro Paulo Sérgio Passos e com o diretor de Infraestrutura Rodoviária, Hideraldo Caron – um dos sobreviventes, até agora, na direção do Dnit, mas cuja demissão é pedida pelo PR, que já perdeu o ministro Alfredo Nascimento e outros funcionários do ministério e do próprio Dnit.

Há 15 dias, numa reunião com o mesmo grupo no Palácio do Planalto, Dilma constatou que as obras para construção e reforma de estradas previstas no PAC I e II haviam subido mais de 20% . Isso coincidiu com as denúncias feitas pela imprensa de superfaturamento de preços de obras de estradas. Daí, a ordem dela de se fazer uma “faxina geral” no Ministério dos Transportes, o que já derrubou mais de uma dezena de altos funcionários do ministério e do Dnit.

– De forma muito objetiva e enérgica ela pediu a revisão do planejamento das obras – disse Caron.

Segundo ele, isso será feito com a redução das chamadas “obras de arte” nas estradas, como túneis, por exemplo. Ele disse que numa rodovia em que estariam previstos três túneis, seria feito apenas um e os outros dois ficariam para daqui a cinco anos, “quando o governo tiver mais dinheiro”.

Caron – que telefonou para registrar que não houve problemas com a BR 116, no Rio Grande do Sul, referindo-se a post anterior que tratava de obras no Estado em que Dilma morou – disse que a revisão dos projetos está sendo feita porque a presidente disse que a União não teria como bancar o aumento previsto nas obras. Anteriormente, o custo de todas as obras rodoviárias seria de cerca de R$ 60 bilhões e agora teria chegado a R$ 72 bilhões. Ele confirma que a BR 101 recebeu, de fato, centenas de aditivos, mas afirmou que isso “é absolutamente normal e previsto em lei”.

Ele voltou a negar o superfaturamento de obras rodoviárias no país e disse que os aditivos feitos em contratos são previstos em lei. Segundo ele, foi incluído no PAC um conjunto de obras rodoviárias selecionadas ainda no âmbito da crise de 2008, no conjunto de medidas anticíclicas para enfrentar a crise, e elas não tinham detalhamento do projeto – por isso, o preço estaria abaixo do que é hoje.

– Na minha diretoria, tenho hjoe 1150 contratos de obras em todo o Brasil e isso custa algumas dezenas de bilhões – disse ele, lembrando que quando assumiu o Dnit em 2003, havia 63 obras consideradas irregulares pelo Tribunal de Contas da União e um orçamento de R$ 2 bilhões; hoje, ele disse, o orçamento é de dezenas de bilhões e nenhuma obra está paralisada por determinação do TCU.

Caron evita falar na probabilidade de ser demitido, como informam fontes do Palácio do Planalto. Ele diz que tem muito o que trabalhar para entregar esse pedido de revisão do planejamento de obras à presidente Dilma, amanhã, e que não tem tempo para cuidar da pressão política para deixar o cargo. Segundo ele, até agora, ninguém falou sobre a possibilidade de se afastar da diretoria do Dnit.”

 (Blog da Cristiana Lobo)

Romário será estrela de campanha contra as drogas em Pernambuco

“O ex-jogador de futebol Romário será o garoto-propaganda da próxima campanha contra as drogas que será lançada pelo Governo do Estado. Eleito deputado federal em 2010 pelo PSB/RJ, o “Baixinho” foi recebido hoje (20) pelo presidente nacional do partido e governador de Pernambuco, Eduardo Campos.

O ex-craque de clubes como Flamengo, Vasco, Fluminense, Barcelona e Ajax e que sagrou-se tetracampeão mundial pela Seleção Brasileira em 1994 abriu mão do cachê para dar um depoimento sobre o perigo do uso de drogas em texto voltado principalmente para o público jovem. A campanha deve envolver anúncios em rádio, tv, jornais e também nas mídias sociais e ainda não tem data de lançamento definida. 

“Romário tem uma história de vida vencedora. Um garoto que conseguiu vencer a miséria para ser um dos maiores ídolos do País. Este exemplo de superação é o que queremos passar para os nossos jovens”, disse Eduardo. “O aumento do consumo do crack e a chegada do óxi têm destruído um grande número de famílias brasileiras”, disse o ex-jogador, autor de mais de mil gols em sua carreira.  

Eleito com quase 147 mil votos, Romário tem se destacado no Congresso Nacional pela defesa dos direitos das pessoas com deficiência e pelo acompanhamento das obras da Copa do Mundo de 2014 no Brasil. O deputado tem aproveitado o recesso parlamentar para visitar os seis governadores do PSB. Na segunda-feira ele esteve no Piauí com Wilson Martins. Ontem com Renato Casagrande, no Espírito Santo. De Pernambuco ele segue para audiência com Ricardo Coutinho, na Paraíba.”

(Blog da Folha)

BB amplia oferta do serviço de câmbio em Fortaleza

Mais cinco agências do Banco do Brasil, em Fortaleza, já estão oferecendo serviços de compra e venda de moeda estrangeira nas seguintes modalidades: Espécie; Cheques de Viagem (Travelers Cheques em Dólar e Euro) e Cartão Ourocard Visa TravelMoney – VTM (Cartão Pré-pago em Dólar e Euro).

Dessa forma, além das agências BB Aldeota, Praça do Carmo, Aeroporto e Praia de Iracema, o BB amplia os serviços de câmbio no Estado, passando a disponibilizar as agências Montese, Barão do Rio Branco, Praça dos Correios, Avenida Monsenhor Tabosa e Santos Dumont para atender com comodidade a demanda dos cearenses e de turistas.

Os serviços de compra e venda de moeda estrangeira do Banco do Brasil contam com taxas e tarifas competitivas, oferecendo segurança e agilidade no atendimento prestado pelas equipes dessas nove dependências na capital cearense autorizadas a operar com câmbio.

Podem contar com o serviço de negociação da moeda estrangeira em espécie e cheques de viagem as pessoas físicas, residentes ou não no País, e pessoas jurídicas com sede no Brasil. Já o Cartão Ourocard Visa TravelMoney – VTM é destinado a pessoas físicas residentes no País e correntistas do BB.

(Com BB)

Unilab – Nova seleção para professor visitante

“A Universidade da Integração Internacional do Lusofonia Afro-Brasileira (UNILAB) está com inscrições abertas para processo seletivo de professores visitantes brasileiros ou estrangeiros, até o dia 2 de agosto de 2011. As inscrições podem ser feitas no horário das 8 às 11 horas e das 13 às 17 horas, de forma presencial ou por procuração, no Escritório da UNILAB.

De acordo com o Edital Nº 04/2011, são três vagas distribuídas em duas coordenações, e setores de estudo como especificado no Edital. Para inscrever-se o candidato deverá preencher e entregar o requerimento dirigido à coordenação de área interessada, disponível no escritório e pelo site www.unilab.edu.br , acompanhado dos documentos requeridos no formulário. No site é possível, ainda, ter acesso à resolução que fixa as normas para contratação.”

SERVIÇO

Unilab – Pró-Reitoria de Graduação da Universidade Federal do Ceará – UFC – Avenida Mister Hull, s/n, bloco 308, em Fortaleza.

(Site Unilab)

Incor abre inscrições para curso on-line sobre coração

O Instituto do Coração do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP) promoverá dia 6 próximo, das 8 às 18 horas, gratuitamente para todo o Brasil, o curso “Como cuidar do seu coração”. O curso organizado há 22 anos na modalidade presencial, no anfiteatro do Incor, em São Paulo, também é transmitido em tempo real pela internet, através do site do Incor www.incor.usp.br.

Os participantes do curso on-line têm acesso aos mesmos conteúdos do curso presencial, inclusive com a possibilidade de fazer perguntas à distância aos professores. As inscrições do curso on-line vão até o dia 5 de agosto, pelo site do Incor – www.incor.usp.br. As inscrições para o curso presencial  – que encerram-se em 29 de julho ou até o preenchimento das 90 vagas – deve ser feita exclusivamente pelo telefone 11-3069-5428 ou pwlo e-mail: arismar.neves@incor.usp.br.

O curso “Como cuidar do seu coração” é conduzido pela equipe de médicos, nutricionistas, psicólogos e professores de educação física do Incor, em palestras e oficinas sobre os principais conceitos da alimentação saudável, prática de exercícios físicos e controle do estresse e da depressão. Como as sugestões e a linguagem utilizadas no curso são deliberadamente simples, qualquer pessoa, de qualquer idade e de qualquer nível de escolaridade, poderá colocá-las em prática.

Pelo computador, os participantes, individualmente ou em família, poderão assistir às palestras dos médicos e especialistas do Incor, com dicas preciosas sobre como driblar, de maneira descomplicada, as ameaças de doenças do coração. Para aqueles que assistirem, no mínimo, 75% das aulas, serão concedidos certificados de participação. Além da equipe do Incor, o curso “Como cuidar do seu coração” conta com um depoimento de paciente sobre sua experiência de sucesso na mudança de hábitos para uma vida mais saudável.”

(Com Incor)

Bolsa Família transfere R$ 1,4 bi aos beneficiários. No Ceará, mais de 1 milhão listados

“Um montante superior a R$ 1,4 bilhão estará à disposição de cerca de 50 milhões de brasileiros pobres de todos os municípios até 29 de julho. O valor se refere ao pagamento deste mês do Programa Bolsa Família, do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS). Metade desses recursos se destina à Região Nordeste e representa importante contribuição para a redução da pobreza.

O efeito do programa na economia do País é apontado por diversos especialistas.Estudo do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), por exemplo, mostra que, para cada R$ 1 investido pelo Governo Federal no Bolsa Família, o Produto Interno Bruto (PIB) aumenta em R$ 1,44.

A quase totalidade do dinheiro transferido é aplicado no consumo. Essa destinação movimenta a economia local, especialmente em localidades distantes dos centros urbanos.

Esses resultados confirmam que o programa, que tem por objetivo combater a fome e a pobreza, ajuda também a reduzir a desigualdade. Do total de 12,9 milhões de famílias atendidas, 1,6 milhão está na Bahia. Estados como São Paulo, Minas Gerais, Pernambuco e Ceará têm mais de um milhão de famílias beneficiadas.

A complementação de renda, com o pagamento do benefício, se alia ao cumprimento de condições nas áreas de educação e saúde. Frequência escolar abaixo dos índices exigidos, falta de acompanhamento de pré-natal e criança sem vacinar podem levar ao bloqueio e ao cancelamento do benefício. A atualização cadastral permanente, ou pelo menos a cada dois anos, é outro compromisso da população atendida. Tanto os gestores do Bolsa Fam ília nos municípios quanto os beneficiários devem ficar atentos a esses três itens para evitar o cancelamento do programa.

Toda família com renda mensal por integrante de até R$ 140 tem direito ao Bolsa Família. Quem ainda não recebe o benefício, que varia de R$ 32 a R$ 242, e se enquadra no critério deve solicitar à prefeitura de sua cidade a inscrição no Cadastro Único.

(Com MDS)

Lula ganhará medalha do TRT-7ª Região

O desembargador federal José Antônio Parente, diretor da Escola Judicial do Trabalho, do TRT-7ª Região, anunciou, nesta quarta-feira, a realização, em Fortaleza, do Congresso Brasileiro de Advogados Trabalhistas. Vai ocorrer em outubro próximo, em local ainda em acerto.

A ordem é discutir o avanço da Justiça do Trabalho no país e questões ligadas à reforma trabalhista, questão das mais polêmicas e que continua sendo mote de muito debate no ãmbito do Congresso e das entidades representativas de empregados e empresas.

José Antonio informou também que o ex-presidente Lula reeerá, no fim deste ano, do TRT-7 Região, a Medalha do Mérito do Trabalho, na categoria Grão Colar, por ter apoiado a expansão das Varas do Trabalho no TRT-7ª Região.

Pindaíba – Taxa de cheques devolvidos é a maior desde 2009

“A proporção de cheques sem fundo, no primeiro semestre deste ano, é a maior desde 2009, com 1,93% de um total de 508,8 milhões de documentos compensados. Em igual período do ano passado, a taxa havia sido 1,87% e de 2009, 2,3%. Os dados são da pesquisa Indicador Serasa Experian de Cheques Sem Fundos.

Em junho deste ano, o índice também ficou em 1,93%, resultado ligeiramente inferior ao de maio (2%), mas que supera o registrado em igual mês de 2010 (1,75%). Na análise dos economistas, esse aumento foi provocado pelo orçamento doméstico mais apertado, com a “expansão do endividamento do consumidor, a inflação reduzindo os rendimentos familiares, as altas taxas de juros, a elevação do IOF [Imposto sobre Operações Financeiras] e as restrições ao crédito”.

A maior elevação do percentual de cheques sem fundo no primeiro semestre foi constatada em Roraima (11,87%) e a menor taxa, em São Paulo (1,46%).”

Agência Brasil)

Projeto Bromélia trabalha em Fortaleza com jovens em situação de risco

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=a7kCIMoLfa0[/youtube] 

O Instituto Aliança, de Salvador, desenvolveu em Fortaleza a experiência piloto do Projeto Bromélia de educação e inserção de adolescentes vulneráveis no mundo do trabalho. Quem conta detalhes é assessora de imprensa do Instituto no Ceará, jornalista Lúcia Galvão.

Imbróglio da Ficha Limpa pode custar até R$ 842 mil ao Congresso

“A definição tardia do Judiciário em relação à validade da Lei da Ficha Limpa para as eleições do ano passado pode ter custo de até R$ 842 mil para o Congresso. Levantamento do iG revela que este é o valor gasto com verba indenizatória, até julho, por quatro deputados e três senadores empossados, mas cujos mandatos foram questionados por candidatos barrados em 2010 pela lei.

Os recursos cobrem despesas como passagens aéreas, correio, telefone, combustível e manutenção de escritórios nos Estados. Apenas com transporte aéreo, que inclui desde a compra de bilhete até o fretamento de aeronaves, os sete ex-parlamentares gastaram, juntos, R$ 198 mil. Já o custeio com a divulgação dos mandatos chegou a R$ 125 mil.

Os dados foram obtidos nos portais da Transparência das respectivas Casas. O levantamento levou em conta o ressarcimento pedido pelos parlamentares a partir de fevereiro, quando teve início a nova legislatura. A cota é disponibilizada mensalmente para custeio de atividades relacionadas ao mandato.

No Senado ela é de R$ 15 mil e na Câmara pode chegar a R$ 34,2 mil, dependendo do Estado de origem do parlamentar. O gasto dos ex-parlamentares, no entanto, não é irregular, pois se trata de benefício concedido a congressistas empossados, previsto no regimento das duas Casas.

Na Câmara, o uso dessa verba no primeiro semestre com os mandatos de Ságuas Moraes (PT-MT), Professora Marcivânia (PT-AP), Delegado Waldir (PSDB-GO) e Zonta (PP-SC) chegou a R$ 492,8 mil. A maior parte da verba indenizatória dos ex-deputados foi usada para bancar gastos com transporte, seja por meio de aluguel de veículos ou compra de combustível: R$ 180 mil.

Do total com transporte, apenas a Professora Marcivânia usou R$ 63 mil. Os ex-deputados também gastaram R$ 82,3 mil com contratação de consultorias, R$ 75,9 mil com divulgação do mandato e R$ 38,2 mil com ligações telefônicas. Zonta foi o que teve o maior gasto individual entre os quatro ex-deputados: R$ 143,6 mil.”

(iG)

Famílias do Norte e Nordeste gastam mais com impostos

“As famílias brasileiras gastaram R$ 7,77 bilhões em impostos diretos em 2008, segundo aponta um estudo inédito da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (Fecomercio) realizado a partir de dados das duas últimas Pesquisas de Orçamento Familiar (POF) do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), realizadas no País, em 2002 e 2008.

De acordo com a assessoria técnica da Fecomercio, os gastos mensais das famílias brasileiras IPTU, IPVA, ISS E IR cresceram 8% entre janeiro de 2002 e dezembro de 2008, superando o gasto das famílias com produtos essenciais como Vestuário, que foi de R$ 7,5 bilhões.

A Pesquisa também aponta que as famílias da classe “A” são as que mais gastam com o pagamento de impostos diretos, R$ 1.555,28 por mês. A distância para o gasto das famílias da classe “B” é grande, estas pagam em média R$ 334,00 por mês, ou seja, 78,52% menos que a classe “A”. Já as famílias das classes “C”, “D” e “E” despenderam mensalmente R$ 103,48, R$ 41,55 e R$ 14,27, respectivamente.

No total, as famílias das classes “A”, “B”, “C”, “D” e “E” gastaram R$ 3,43 bilhões, R$ 2,4 bilhões, R$ 920 milhões, R$ 705,19 milhões e R$ 322,01 milhões, respectivamente. Somente o gasto das famílias da classe “A” de São Paulo em 2008, que somam R$ 895,52 milhões, foi maior do que a despesa de todas as famílias do País com Arroz naquele ano, R$ 864 milhões. As despesas com tributos diretos de todas as famílias da região Sudeste equivalem a 60% do que o governo arrecada com esses tributos, R$ 4,6 bilhões. Sendo que as famílias paulistas são responsáveis por metade deste montante, R$ 2,3 bilhões.

Quanto a variação dos tributos ao longo do período analisado, os estados do Norte e Nordeste, curiosamente, foram os que apresentaram o maior aumento e a maior retração da carga de impostos diretos, sendo que no Maranhão houve aumento de 128%, na Paraíba, 110%, e no Pará, 97%. Por outro lado, no Acre houve queda de 53%, em Tocantins, de 55%, e no Ceará, de 56%.”

(Com Agências)

Coincidiências

Olha a ideia dessas duas charges: a primeira foi publicada ontem pelo chargista Duke no portal Charge Online e aqui reproduzida:

Agora eis a charge do Diário do Nordeste desta quarta-feira:

Claro que isso tudo foi pura coincidência. O importante é que o chargista tenha liberdade para criar e usar a ironia como arma de protesto.

Diário Oficial da União traz mais três exonerações no Ministério dos Transportes

“O Diário Oficial da União publica na edição de hoje (20) as portarias de exoneração de mais três funcionários dos Transportes. Uma delas é a de Eduardo Lopes, que trabalhava no gabinete do ex-ministro Álvaro Nascimento. Eduardo Lopes pediu para sair, diante da crise instalada na pasta.

As outras duas exonerações ocorreram na Valec – Engenharia, Construções e Ferrovias S.A. O diretor-presidente da Valec, Antonio Felipe Sanchez Costa, exonerou, a partir de hoje, Cleilson Gadelha Queiroz do cargo comissionado de Gerente de Licitações e Contratos.

O outro exonerado, a pedido, foi Pedro Ivan Guimarães Rogedo, do cargo comissionado de assessor. Os três fazem parte de uma lista de cerca de nove pessoas afastadas da cúpula do Ministério dos Transportes por denúncias de fraudes, que culminaram com a renúncia do ex-ministro Alfredo Nascimento.”

(Agência Brasil)

Icapuí terá seu XI Acampamento da Juventude

391 1

Será lançado nesta quarta-feira, a partir das 19 horas, no Mercado dos Pinhões, o IX Acampamento Latino-Americano da Juventude de Icapuí, cidade situada no Litoral Leste do Ceará. O evento ocorrerá nos dias 29, 30 e 31 deste mês, na praia de Tremembé e reunirá jovens de diversos estados brasileiros, de países latinos e da Europa, que terão a oportunidade de trocar ideias por meio da arte, do esporte e da música.

A organização do evento adiana que, durante o lançamento, será exibido ainda um vídeo com a trajetória das oito edições anteriores do Acampamento, seguido de um show com a Banda Acampamento, ao lado de outros artistas que também se farão presentes no evento em Icapuí.

SERVIÇO

* Mais informações pelo fone (85) 3261.2022.

*Ou mais aqui.

Dilma impõe menos leis ao Congresso que seus dois antecessores

“Embora criticada pela relação mais dura com o Congresso, a presidente Dilma Rousseff impôs menos leis à Câmara e ao Senado que os seus dois antecessores, Luiz Inácio Lula da Silva (2003-2010) e Fernando Henrique Cardoso (1995-2002), nos primeiros seis meses de mandato.

Levantamento feito pelo site R7 mostra que Dilma editou um número menor de decretos e medidas provisórias, tipos de leis que recebem pouca ou nenhuma influência dos parlamentares, a quem cabe, primordialmente, criar, analisar e mudar as leis do país. Foram 166 decretos, normas lançadas pela Presidência e que têm validade imediata a partir de sua publicação, contra 337 de Lula no primeiro semestre de 2003 (mais que o dobro) e 546 de FHC nos primeiros seis meses de 1995 (mais que o triplo).

O mesmo aconteceu com as medidas provisórias, mudanças na legislação que já passam a valer mesmo antes de passar pelo crivo da Câmara e do Senado no prazo máximo de 120 dias.

Até esta sexta-feira (15), último dia de atividades dos parlamentares antes das férias, Dilma enviou ao Congresso 17 MPs contra 24 de Lula no mesmo período de 2003 e 242 de FHC no primeiro semestre de 1995. No caso do tucano, porém, a maioria das medidas era reedição para manter em vigor as MPs antigas.”

(R7.com)