Blog do Eliomar

Categorias para Brasil

Dilma: "Abrimos as portas da China para o Brasil"

“A presidente Dilma Rousseff disse nesta segunda-feira (18), em seu programa de rádio “Café com a Presidenta”, que a visita feita por ela à China na semana passada novas oportunidades para o fortalecimento da economia brasileira. “Nós alcançamos os nossos principais objetivos, o de abrir as portas para que mais produtos brasileiros”, disse.
 
“São investimentos que, além de trazer dinheiro e novas tecnologias, também vão gerar emprego para milhares de trabalhadores”, afirmou. A viagem de Dilma ao país asiático resultou na venda de 35 novos aviões e na assinatura de 20 acordos comerciais, principalmente na área de ciência e tecnologia.

Dilma também afirmou que é preciso investir em capacitação para atender às novas demandas. “Nós vamos ter muito trabalho pela frente, vamos ter de formar brasileiros e brasileiras capacitados para trabalhar nesta área de tecnologia de informação”.

A presidenta valorizou a reunião com os países que compõem o Brics, o grupo de países emergentes formado por Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul. Para ela, as discussões foram importantes na luta contra a pobreza, por um comércio mundial mais equilibrado e pelo controle da especulação financeira.

Viagem à China

A comitiva brasileira realizou uma viagem de seis dias à China. Dilma e o presidente chinês, Hu Jintao, assinaram uma série de acordos de cooperação nas áreas de política, defesa, ciência e tecnologia, recursos hídricos, inspeção e quarentena, esporte, educação, agricultura, energia, telecomunicações e aeronáutica.

Em um comunicado conjunto, Dilma e Hu Jintao reiteraram o compromisso de promover “o desenvolvimento das relações bilaterais com visão estratégica e de longo alcance”.

(Portal G1)

Secretário do Desenvolvimento Agrário do Ceará tenta acordo com MST com aval de Brasília

O secretário do Desenvolvimeto Agrário do Estado, Nelson Martins, acompanhado do secretário-executivo da pasta, Wilson brandão, e de um representante do MST do Ceará, encontra-se em Brasília nesta segunda-feira.

Ali, segundo Nelson, o objetivo é discutir com o Ministério do Desenvolvimento Agrário e com a cúpula do MST nacional o quadro de invasões registradas em prédios públicos por todo o País como a Secretaria do Desenvolvimento Agrário do Ceará, dentro do chamado “Abril Vermelho”.

“Nós vamos discutir com o MST, no que diz respeito ao Ceará, um convênio para projetos de irrigação em acampamentos. A ideia é que a União entre com 70% dos repasses e o Estado com contrapartida de 30%. Essa é uma das principais reivindicações do MST cearense, conforme o secretário que se diz otimista de um acordo.

Massacre do Rio – Escola de Realengo reabre após 11 dias da tragédia

“A Escola Tasso da Silveira, de Realengo, no Rio, reabre hoje depois de 11 dias da tragédia que matou 12 crianças. Vai reabrir com nova fachada, mas ainda com sinais do massacre: flores e cartazes permanecem no local. A Secretaria de Educação do município do Rio programou uma cerimônia denominada reinvenção da escola, reunindo alunos e suas famílias, professores e funcionários.

Os estudantes devem montar um mosaico nos muros, que já ganharam cores novas e até um aquário será instalado no colégio.Paralelamente, a secretaria e a direção da escola decidiram que as salas de aula onde ocorreram os ataques serão remodeladas. A ideia é que se transformem em salas de leitura e atividades complementares.

Desde a tragédia, alunos, parentes, professores e funcionários, segundo as autoridades do Rio, recebem atendimento psicológico na tentativa de superar o trauma. No último dia 7, no começo da manhã, Wellington de Oliveira  invadiu duas salas de aula e disparou cerca de 60 tiros usando duas armas.

O ataque do ex-estudante da Escola Tasso da Silveira provocou 12 mortos e 13 feridos. Ao ser cercado por um sargento da Polícia Militar, o atiradou se suicidou. Nas investigações, os policiais descobriram mensagens deixadas por Oliveira, que alegou ter sofrido bulliyng – violência ocorrida repetidas vezes – no colégio.

Parentes e conhecidos de Wellington de Oliveira informaram que ele tinha um comportamento estranho e se interessava por episódios envolvendo grandes ataques no mundo. A polícia descobriu também que desde o ano passado, o ex-aluno da escola planejava o crime em Realengo.”

(Agência Brasil)

Coordenador nacional do MST diz que movimento vai cobrar de Dilma a reforma agrária

“Coordenador nacional do Movimento dos Trabalhadores Sem Terra (MST) e responsável pela relação do movimento com o governo, José Batista de Oliveira nega que o Bolsa Família tenha sido um dos fatores que levaram à redução do número de acampamentos de sem terra, como afirmou o líder João Pedro Stédile, abrindo uma polêmica na organização. Nesta entrevista, por email, ao Poder Online, ele afirma que o efeito do programa social foi justamente o contrário: “Sem perspectiva de conquistar a terra, as famílias buscam alternativas para a sobrevivência. O Bolsa Família é um elemento pontual, que em determinadas regiões contribui com a mobilização do movimento”.

À espera de um encontro com a presidenta Dilma Rousseff, ele diz que o movimento já fez mais de 70 ocupações em mais de vinte estados para marcar a Jornada Nacional de Lutas por Reforma Agrária, o chamado Abril Vermelho. E garante que, até o fim do mês, o movimento vai intensificar suas ações.

Poder Online – O MST deve intensificar as ocupações para pressionar o governo?

João Batista de Oliveira – Já fizemos atividades em todos os estados onde estamos organizados em defesa da Reforma Agrária, como ocupações de terras, protestos no Incra e secretaria de agriculturas, marchas, audiências públicas e distribuição de alimentos sem agrotóxicos. Mais de 70 latifúndios foram ocupados, e a jornada segue até o final do mês. O 17 de Abril é dia nacional de luta pela reforma agrária, assinado em decreto pelo Fernando Henrique, que se estende pelo mês inteiro, com lutas do conjunto do movimento camponês pela reforma agrária e contra a impunidade do latifúndio e do agronegócio.

Poder Online – João Pedro Stédile avaliou que 2010 foi o pior ano para a reforma agrária e apontou o Bolsa Família como um dos fatores que levaram à redução do número de acampamentos. Concorda?

João Batista de Oliveira – O motivo central para a diminuição do número de famílias acampadas é a lentidão do processo de criação de assentamentos. Sem perspectiva de conquistar a terra, as famílias buscam alternativas para a sobrevivência. No entanto, elas continuam querendo entrar em um projeto de assentamento e vão voltar para os acampamentos se a reforma agrária avançar. O Bolsa Família é um elemento pontual, que em determinadas regiões contribui com a mobilização do Movimento. Em anos eleitorais, todos os órgãos públicos trabalham em velocidade mais reduzida. No caso da Reforma Agrária, que já anda devagar, a situação ficou pior ainda.

Poder Online – Quais são as reivindicações do movimento para 2011?

João Batista de Oliveira – O governo precisa resolver a situação das famílias acampadas. Algumas estão há mais de cinco anos vivendo embaixo da lona preta. Por isso, cobramos que o governo crie um plano emergencial para assentar as 100 mil famílias acampadas até o final deste ano. Queremos também que o governo construa um plano de reforma agrária, com metas anuais até 2014. A partir disso, deve construir as condições orçamentárias do Incra para fazer a obtenção de terras, fazer as desapropriações e criar os assentamentos. Precisamos também de políticas do governo para desenvolver os assentamentos mais novos, com política de crédito agrícola e assistência técnica, além de medidas para a construção de casas, posto de saúde, escolas, estradas para viabilizar a produção.

Poder Online – Durante seu discurso de posse no Incra, Celso Lacerda afirmou que o governo qualificará a gestão do Incra “nos padrões da iniciativa privada, com gasto cada vez menor e produtividade cada vez maior”. O orçamento para reforma agrária caiu de R$ 600 milhões para R$ 380 milhões. Como o movimento vê esse corte?

João Batista de Oliveira – Em vez de cortar o orçamento das áreas sociais, o governo tinha que cortar o superávit primário e a taxa de juros do Banco Central, que só remuneram o capital financeiro e os bancos. Um das nossas reivindicações é a recomposição do orçamento do Incra. Se o governo quer enfrentar o problema da pobreza, precisa fazer a reforma agrária. Para isso, tem que disponibilizar recursos necessários para fazer as desapropriações e assentar as famílias acampadas, que vivem numa situação muito difícil anos e anos na beira das estradas. Em relação ao Celso Lacerda, é um homem sério, honesto e tecnicamente preparado. Esperamos que ele consiga fazer do Incra um órgão ágil e eficiente para a realização da reforma agrária.”

* Blog Poder Online, do iG, leia íntegra aqui

Anatel promete fiscalizar cobranças indevidas de chamadas por parte de operadoras

162 2

A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) está preparando uma operação nacional de fiscalização das teles fixas com o objetivo de detectar possíveis abusos na cobrança das chamadas.

A Folha apurou que esse resultado e o volume crescente de reclamações de consumidores por cobranças indevidas levou a agência a propor uma ofensiva.

OUTRO LADO

Consultada, a Oi afirmou que não iria comentar os resultados da diligência na BrT por se tratar de uma investigação preliminar sob sigilo.”

(Folha.com)

Marina e uma avaliação positiva sobre movimento dissidente no PV cearense

230 4

Marina jantou com dissidentes no Marina Park Hotel.

Eis a ex-candidata a presidente da República, Marina Silva, que deixou Fortaleza no início da madrugada deste domingo e seguiu para Brasília. Ela aqui participou de seminário de uma ala dos “Verdes do Ceará” que virou dissidência e quer renovação da cúpula partidária.

Marina, antes do embarque, jantou, no Marina Park Hotel, com a coordenação do Movimento Transição Democrática no Ceará para uma avaliação do encontro ocorrido no sábado, no auditório da Câmara Municipal.

Marina, em conversa por telefone com o Blog, disse que o contato com as bases do PV foi importante. “Não se faz política sem democracia efetiva. Aqui no Ceará o movimento está bem encaminhado, recebendo a adesão de muitos que acreditam que esse é o melhor caminho para o crescimento do PV”, afirmou. 

Paulo Sombra, conselheiro nacional do PV e membro da direção estadual, avaliou o seminário assim: “Conseguimos reunir mais de 40 comissões municipais, muitos vereadores e dirigentes. Tudo isso sem recursos, com mobilização espontânea. Cada um dos que participou foi corajoso, com destaque para o vereador Eron Moreira, que aderiu ao movimento desde o princípio e foi fundamental para a realização do encontro”.

O ex-candidato ao Senado, Polô, Dirigente Estadual do PV, afirmou que o Movimento só tende a crescer e está confiante que mais adesões vão ocorrer.

Sobre os comentários feitos pela ala do Partido que não concorda com a Transição Democrática, o conselheiro nacional Paulo Sombra foi direto: “Estão querendo dizer que o partido está dividido? Então realmente está: nós queremos democracia, inclusão, participação coletiva. E os outros?”.

(Foto – Divulgação)

* Da atual direção estadual do PV, este Blog recebeu nota que questiona o encontro:

Prezado Eliomar de Lima,

É necessário fazer algumas ponderações nas informações publicadas no Blog acerca do evento “Transição Democrática”, promovido sábado com a presença de Marina Silva. A Executiva estadual é formada atualmente por 20 membros. Ao evento, compareceram apenas quatro, representando somente 1/5 da direção estadual, longe da maioria, como alegado anteriormente.

Também foi mínima a participação de dirigentes municipais. O PV está organizado em mais de cem municípios e a grande maioria não compareceu. Ressalte-se que nem mesmo a Executiva do PV Fortaleza, bem como três de seus vereadores, além dos deputados estaduais e suplentes, não marcaram presença.

Note-se ainda a ausência de representações de Maracanaú, Sobral e Juazeiro do Norte, maiores cidad es do Estado. 

Outro fato a ser destacado é sobre a presença do prefeito de Jaguaribara, Bacural. São estas as palavras do prefeito. “Eu fui convidado e compareci ao evento para saber do que se tratava, pois, até então, eu não tinha conhecimento. Mas não apoio este movimento, porque conheço o trabalho que o Marcelo Silva vem fazendo à frente do PV e sou solidário a ele. Estou com ele para o que der e vier”.

Entre as cerca de 150 pessoas que compareceram ao evento, a grande maioria não era filiada ao PV. Pode-se notar ainda a presença de vários militantes de outros partidos, inclusive dirigentes.

Ressaltamos que sempre serão bem-vindos às reuniões do PV, mas não é legítima a participação em discussões internas, como se propunha o evento.

Tudo isto reforça ainda mais que a grande maioria dos Verdes do Ceará está unida e empenhada na construção de um partido forte , democrático, participativo e de destacada atuação junto à sociedade cearense.

Sem mais,

Executiva Estadual do PV.

Missa em acampamento do MST em Fortaleza relembra Massacre de Eldorado dos Carajás

Com celebração de uma missa, trabalhadores do MST acampados no prédio da Secretaria do Desenvolvimento Agrário,  em Fortaleza, relembraram neste domingo os 15 anos do massacre de Eldorado dos Carajás, no Pará. Na ocasião, 19 trabalhadores morreram num confronto com policiais militares. O grupo lutava por reforma agrária.

O episódio de Eldorado dos Carajás passou a ser relembrado todos os anos, através da luta do MST. Em consequência, nasceu o Dia Internacional da Luta Camponesa – 17 de abril, reafirmado anualmente durante a Jornada de Lutas do MST.

De volta da China, Dilma tira o domingo de folga

117 1

“Após uma visita oficial de seis dias à China, a presidente Dilma Rousseff chegou a Brasília na madrugada deste domingo (17). De acordo com a assessoria de imprensa do Planalto, o avião presidencial aterrissou às 4h05 na base aérea da capital federal. Dilma deve passar o dia descansando no Palácio da Alvorada, residência oficial. Não há compromissos marcados. Para a segunda-feira (18), sua agenda inclui despachos a partir das 9h30 no Palácio do Planalto.

Ontem, em seu último dia na China, a presidente aproveitou uma brecha em sua intensa programação para conhecer o parque dos Guerreiros de Terracota na cidade de Xian. A viagem à China foi marcada por reuniões para discutir parcerias comerciais e investimentos. Dilma participou também de uma cúpula do Brics, grupo formado por Brasil, Índia, China, Rússia e África do Sul.

Durante o encontro, os países insistiram na necessidade de reformar a ONU (Organização das Nações Unidas) e seu Conselho de Segurança. Segundo a declaração final da cúpula, a reforma é necessária para que a ONU possa “tratar dos desafios globais atuais com maior êxito”.

Na entrevista coletiva conjunta realizada após a reunião, Dilma afirmou que “a reforma da ONU e de seu Conselho de Segurança são essenciais, porque não é possível iniciarmos a segunda metade do século 21 vinculados a um acordo institucional criado após a guerra”.

(R7.com)

Aécio Neves é multado por dirigir com carteira vencida

205 1

“O senador Aécio Neves (PSDB-MG) teve a Carteira Nacional de Habilitação apreendida durante uma blitz da Lei Seca, realizada na madrugada deste domingo, no Leblon.

O parlamentar foi parado por volta das 3h, na esquina das ruas Bartolomeu Mitre e General San Martin, e se recusou a fazer o teste do bafômetro. Os fiscais da blitz constataram que a carteira de Aécio estava com a data de validade vencida. O documento foi apreendido, e o senador foi multado em R$ 957,70.

Aécio só foi liberado ao chamar um amigo para dirigir o seu carro, uma Land Rover. Procurada para comentar o caso, a assessoria de imprensa do senador ainda não foi encontrada.

Na mesma madrugada, o ex-prefeito de Magé Charles Cozzolino também foi parado pela Lei Seca. Ele se recusou a fazer o teste do bafômetro e teve habilitação e carro apreendidos, além de ter sido multado em R$ 957,70. A apreensão ocorreu na Avenida Brigadeiro Lima e Silva, no Centro de Duque de Caxias, na Baixada Fluminense.

Atualização das 15h41 – O senador Aécio Neves (PSDB-MG) divulgou na tarde deste domingo uma nota em que disse não ter passado pelo teste do bafômetro ao ser parado em uma blitz da Lei Seca no Leblon. O ex-governador confirma que, depois do ocorrido, um taxista o levou até o apartamento, localizado a pouco quarteirões do local da blitz.

Leia a íntegra da nota:

“Na noite deste sábado para domingo (17-04-11), o senador Aécio Neves jantou nas redondezas de seu apartamento no Rio de Janeiro.

“Ao retornar à sua residência, foi abordado durante blitz policial quando foi constatado o vencimento da validade do seu documento de habilitação como motorista.

“Em respeito à legislação vigente, o senador entregou a habilitação ao agente e, seguindo as orientações recebidas, providenciou um condutor habilitado – um taxista que se encontrava no local – que dirigiu seu veículo até sua residência a poucos quarteirões.

“Com relação às notícias veiculadas sobre o uso ou não do bafômetro, essa assessoria informa que, uma vez constatado o vencimento do documento de habilitação e providenciado outro motorista para condução do veículo, o mesmo não foi realizado.

“O senador cumprimentou a equipe policial responsável pelo profissionalismo e correção na abordagem feita aos motoristas durante a blitz”.

 (O Globo/Blog do Noblat)

Senado gasta mais de R$ 5 mil em copos

“Parece que as copeiras do Senado Federal andam muito distraídas nos últimos tempos, pois o órgão empenhou R$ 5.440,00 para adquirir  copos de vidro, na segunda semana de abril. A RG Distribuidora de Produtos Alimentícios é responsável pela encomenda, e terá que ficar atenta com os detalhes, pois o Senado comprará nada mais nada menos que 3.200  copos de vidro, especificamente para água, da marca Cisper.

Copos não foram a única preocupação do Senado na semana. O tema vidro parece ter sido algo muito debatido no local, pois no mesmo dia do empenho anterior também foi feito o pedido do fornecimento e instalação – por R$ 63.548,81 – de portas e painéis de vidro no complexo arquitetônico e nas residências oficiais. As instalações devem acontecer até o dia 20 de maio.

O Supremo Tribunal Federal (STF) e a Agência Brasileira de Inteligência (ABIN) também resolveram investir nos equipamentos de suas copas nessa semana, e mostraram ser tão exigentes quanto o Senado. O STF decidiu comprar 100 garrafas térmicas de 1 litro, com paredes de vidro espelhadas e separadas por alto vácuo, da marca Invicta, no valor total de R$ 1.155,00. E no dia 12, a ABIN percebeu que precisava de mais suportes para copo, e pediu 100 deles, por R$ 19,45 a unidade, feito de aço inox com a capacidade para 100 unidades, da marca JSN.”

(Contas Abertas)

Jáder omitiu da Receita e da Justiça ser dono de TV

Jader Barbalho (PMDB), que está prestes a reassumir o cargo de senador, confirmou ser dono de metade de uma TV não declarada por ele à Receita Federal e à Justiça Eleitoral.

A revelação foi feita pela revista “Veja” desta semana. Segundo a reportagem, Jader usou um cabo eleitoral como laranja para esconder a propriedade da empresa.

O acordo em que Jader garantia ser dono de metade da TV foi firmado por um contrato de gaveta, diz a revista.

(Com Revista Veja)

Conselho Nacional de Saúde repudia MP-520 que trata de hospitais universitários

178 1

O Conselho Nacional de Saúde repassou para este Blog uma moção de repúdio à MP-520, que quer uma empresa pública gerindo hospitais universitários. Bom lembrar que o relator dessa MP é o deputado federal cearense Danilo Forte (PMDB), que tem simpatias por tal alternativa que o Governo Dilma quer encontrar para a crise nesse segmento. Confira:

CONSELHO NACIONAL DE SAÚDE
 
MOÇÃO DE REPÚDIO  
  
O Plenário do Conselho Nacional de Saúde, em sua ducentésima décima détima reunião ordinária, realizada nos dias 26 e 27 de janeiro de 2011, no uso de suas competências regimentais e atribuições conferidas pela Lei nº 8.080, de 19 de setembro de 1990, pela Lei nº 8.142, de 28 de dezembro de 1990 e pelo Decreto nº 5.839, de 11 de julho de 2006, e 
considerando que a Medida Provisória nº 520 desvincula na prática os Hospitais Universitários das IFES, comprometendo a formação e qualificação dos profissionais de saúde que trabalham na saúde pública, produção do conhecimento na área de saúde:

1. Considerando que fere o princípio constitucional de indissociabilidade entre ensino, pesquisa, extensão dado que os Hospitais Universitários são unidades acadêmicas;

2. Considerando que estabelece outra relação de trabalho nessas unidades e aprofunda o processo de precarização e reforça o processo de terceirização;

3. Considerando que não atende o Acórdão do TCU em relação a utilização de recursos do SUS de custeio para pagamento de pessoal; considerando que esta Empresa irá operar na lógica de mercado e portanto, tendo por princípio tão somente o cumprimento de metas, o que é danoso ao processo de busca da qualidade nos serviços públicos de saúde;

4. Considerando que a fonte de financiamento da empresa tem sua origem em recursos públicos do Tesouro Nacional onerando ainda mais o SUS;

5. Considerando ainda que o instrumento utilizado – Medida Provisória – ignora os organismos da sociedade não permitindo o debate com os agentes que construíram e sustentam o SUS, dDecide por manifestar publicamente seu repúdio à Medida Provisória nº 520/2010.   

* Plenário do Conselho Nacional de Saúde.

Dilma mantém 2º escalão quase inalterado

Há quase quatro meses no comando da caneta responsável pelas nomeações dos disputados cargos de confiança do governo federal, a presidente Dilma Rousseff só renovou de fato 9,8% do segundo escalão herdado de Luiz Inácio Lula da Silva.

Levantamento da Folha mostra que, de 457 nomeações assinadas desde 1º de janeiro por ela ou pelo ministro Antonio Palocci (Casa Civil) para os três mais altos níveis de cargos de confiança -os de natureza especial, como secretários-executivos, e os DAS 5 e 6, como assessores dos ministros-, apenas 131 são de pessoas que não participaram do governo Lula.”

(Folha.com)

Copa 2014 – Dilma vai chamar governadores e prefeitos das subsedes para cobrar celeridade

221 2

“A presidente Dilma Rousseff vai chamar nos próximos dias os governadores dos Estados e os prefeitos de cidades envolvidas com a Copa do Mundo para uma “conversinha”. Vai ouvir de quase todos palavras tranquilizadoras sobre o andamento das obras. Não acreditará, pois terá em mãos relatório encomendado ao ministro do Esporte, Orlando Silva, que traz observações preocupantes. Vai cobrar, ou melhor, exigir, balanços trimestrais sobre o que está sendo feito.

Dilma tem motivos para estar apreensiva. Na prática, pouco foi feito até agora daquilo que é necessário – ou que foi prometido -, seja no quesito estádios ou em infraestrutura. Falar em atrasos, porém, causa reações via de regra irritadas, quando não indignadas. “Está tudo dentro do cronograma”, é a frase que mais se escuta quando se questiona uma autoridade. Resposta baseada em projetos e processos de licitação em curso. Mas a realidade desmente o discurso.

As arenas são exemplo disso. A maioria das que serão reformadas ainda não superou a etapa da demolição; as que vão ser totalmente erguidas estão em fase de terraplenagem ou de fundações – isso quando nada foi feito até agora, como em São Paulo e em Natal. E há casos de estádios cujos processos de licitação são alvo de órgãos como Ministério Público e Tribunal de Contas.

Apesar disso, até a Fifa já considera que os estádios caminham bem. Pelo menos foi isso que o presidente da entidade, Joseph Blatter, disse na quarta-feira. Talvez o cartola tenha percebido que as arenas são o menor dos problemas.

Mas, na sua política do morde e assopra (há duas semanas, criticara veementemente os atrasos do País), Blatter saiu da rota. Baseado em relatório que diz ter recebido recentemente, elogiou até as obras nos aeroportos. Ou ele não entendeu o que leu ou os autores do relatório foram, digamos, fantasiosos. Isso porque, no mesmo dia em que Blatter colocou a situação dos aeroportos brasileiros em céu de brigadeiro, o Ipea (Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada) causou turbulência daquelas capazes de derrubar avião: divulgou estudo dando conta que, dos 13 aeroportos que deveriam ser modernizados, 9 não ficarão prontos até 2014. O governo reagiu: garantiu que as obras sairão. Para isso, pretende alterar a regra de licitações, a ponto de premiar construtoras que cumpram os prazos.”

(Agência Estado)

Líder do PT defende plantio de maconha em cooperativa

191 1

“Na contramão do que prega o governo Dilma Rousseff, o líder do PT na Câmara, Paulo Teixeira (SP), defende a liberação do plantio de maconha e a criação de cooperativas formadas por usuários.

Num recente debate sobre o assunto, o deputado disse que a política de “cerco” às drogas é “perversa” e gera mais violência. Dilma assumiu o governo incluindo entre suas prioridades o combater “sem tréguas” ao crime organizado e às drogas.

Em janeiro, a presidente desistiu de nomear o então secretário Nacional de Justiça Pedro Abramovay para a Secretaria Nacional de Políticas sobre Drogas depois que ele sugeriu numa entrevista a adoção de penas alternativas para pequenos traficantes.

Assim como Abramovay, o líder do PT na Câmara afirmou que a prisão de pequenos traficantes contribui para engrossar as fileiras das organizações criminosas.”

(Folha)

Assembleia Legislativa lança o "Movimento PNE Pra Valer no Ceará"

O presidente da Assembleia Legislativa, Roberto Cláudio (PSB) e a presidente da Comissão de Educação da Casa, Rachel Marques (PT), comandarão, a partir das 14 horas desta segunda-feira, no auditório Murilo Aguiar, ato em que será lançado o “Movimento PNE Pra Valer no Ceará”.

A iniciativa é resultado de uma parceria com o Fórum de Discussões do PNE Ceará, que congrega lideranças e entidades da área.

O PNE é o Plano Nacional de Educação, que chama a atenção de quem pensa num sistema educacional renovado, moderno e que coloque o País na ponta do crescimento. O PNE é alvo de discussões, o que exige a coleta de sugestões nos Estados.

Motivados por Marina Silva, "verdes" do Ceará reforçam luta por renovação na cúpula estadual

169 1

Com a presença da ex-candidata a presidente da República, Marina Silva, membros do Partido Verde do Ceará lançaram, neste sábado, durante ato na Câmara Municipal de Fortaleza, o Movimento pela Transição Democrática. O objetivo é pressionar a atual cúpula estadual dos “verdes” por mudanças de comando. O atual presidente da legenda, Marcelo Siklva, ocupa o cargo há 12 anos.

O encontro, no qual Marina Silva discursou apoiando essa estratégia, contou com a presença de quatro dirigentes da cúpula atual do PVe de representantes de 40 diretórios municipais de cerca de 60 do partido. Foram mais de 200 filiados e até um dos prefeitos do PV, no caso o de Jaguaribara, conhecido “Bacurau”.

Segundo Paulo Eduardo, o “Polô”, que foi candidato a senador no pleito passado, o Movimento Transição Democrática do PV fará, a partir de agora, encontros regionais para ouvir as bases e reforçar a luta de olho na convenção estadual que deve ocorrer até junho próximo.

Marina Silva veio direto de Nova York para Fortaleza participar do ato. Ela vem percorrendo os Estados buscando apoio para mudar a direção nacional do PV, que está sob comando de José Luis Penna. Havia compromisso de que em seis meses viria a renovação do comando, mas a direção nacional acabou prorrogando mandato.

Marina deixa Fortaleza ainda neste sábado.

Massacre do Rio – Corpo de atirador será enterrado na próxima semana

“Mais de uma semana depois do ataque à Escola Municipal Tasso da Silveira, em Realengo, o corpo do atirador Wellington Menezes de Oliveira permanece no Instituto Médico Legal e pode ser enterrado como “corpo não reclamado”, na próxima semana, segundo informou a Polícia Civil.

A família tem até a próxima quinta-feira ( 21), fim do prazo de 15 dias contados desde a morte de Wellington, para fazer a liberação do corpo para o enterro. Caso isso não ocorra, ele será sepultado pelo estado no Cemitério de Santa Cruz, na zona oeste da capital fluminense.

Como o corpo do atirador foi identificado, ele não é considerado indigente pela Polícia Civil.

O ataque à Escola Municipal Tasso da Silveira ocorreu no último dia 7. Na ocasião, Wellington, ex-aluno da escola, entrou nas salas de aula atirando indiscriminadamente. Doze crianças foram mortas e 12 ficaram feridas. Atingido por um policial que foi socorrer as crianças, o atirador se matou.”

(Agência Brasil)

Morre filha mais velha de Roberto Carlos

Ana Paula Braga, de 44 anos, filha mais velha do cantor Roberto Carlos, foi enterrada no fim da tarde deste sábadoem São Paulo. Ela morreu de uma parada cardíaca na madrugada. Ana morava com o marido, o músico Paulinho Coelho.

Ela era enteada de Roberto e filha da primeira mulher do Rei, Nice Rossi. Mas ele sempre a considerou sua filha mais velha.

Todas as festas em comemoração aos 70 anos de Roberto Carlos – dia 19 próximo, foram adiadas.

Lula e Zapatero reafirmam amizade entre Brasil e Espanha

191 1

“O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e o presidente do governo espanhol, José Luis Rodríguez Zapatero, se reuniram neste sábado em Madri, num encontro em que reafirmaram o compromisso de manter relações de amizade “fortes e frutíferas”. Zapatero, recém-chegado de sua visita à China e Cingapura, falou também com Lula sobre os resultados da viagem, onde se encontrou com a presidente Dilma Roussef no Fórum Econômico de Boao, considerado o “Davos” asiático.

Outra das questões que Lula e Zapatero abordaram foi a agenda política na América Latina e os recentes eventos do norte da África, onde se proliferaram revoltas populares contra os regimes centralizadores. Ambos já tiveram vários encontros bilaterais quando Lula ainda era presidente da República, nos quais destacaram “a amizade” que une ambos.

Lula recebeu nesta sexta-feira o 3º Prêmio Libertad Cortes de Cádiz, concedido pelo Prefeitura da cidade espanhola de Cádiz (sul). A homenagem lhe foi concedida por “seu trabalho constante contra a pobreza e a exclusão social e seu trabalho para estender esse trabalho de paz e justiça a toda região ibero-americana”.

Sapatero recebeu Lula na porta do palácio de La Moncloa, sede oficial da presidência do governo espanhol, onde posaram para as fotos antes de sua reunião. Em seu discurso de agradecimento, Lula recordou que o Brasil se converteu na sétima potência econômica mundial, “dando um salto qualitativo em prol da justiça social”.

(Portal Terra)