Blog do Eliomar

Categorias para Brasil

Tiririca quer ser deputado federal

178 5

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=xuQy139Kg88[/youtube]

O cearense Tiririca é candidato a deputado federal por São Paulo. Com slogan brincalhão – “Vote Tiririca, pior que tá não fica” e jingle sóbrio (“É trabalho, é seriedade”), o humorista se junta a Pedro Manso e Batoré no grupo de cômicos da urna eleitoral.

MEC confirma vazamento de dados de quem fez o Enem

“O Ministério da Educação confirmou hoje (4) o vazamento de dados de 11,7 milhões de estudantes que se inscreveram no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) entre 2007 e 2009. Informações como o nome completo do aluno, o número da inscrição, a carteira de identidade, o CPF e o nome completo da mãe do candidato ficaram com acesso livre na tarde de ontem (3).

De acordo com a nota publicada hoje de manhã, os dados dos inscritos ficam armazenados em banco do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep) e são colocados em uma área reservada do site, liberada apenas para as instituições de ensino superior e secretarias de Educação que solicitarem as informações.

As instituições se comprometem a não divulgar os dados dos alunos e precisam de um nome do usuário e senha para ter acesso às informações. O acesso à área reservada do site do Inep está bloqueado e a direção do instituto informou que vai apurar as causas e as responsabilidades pelo vazamento dos dados.”

 (Agência Brasil)

Site do "Ficha Limpa" já tem 1º inscrito

“O deputado federal Chico Alencar (PSOL-RJ), candidato à reeleição, é o primeiro político de expressão nacional a filiar-se ao portal da Ficha Limpa (www.fichalimpa.org.br ou fichalimpaja.org.br), uma iniciativa da Articulação Brasileira contra a Corrupção e a Impunidade (Abracci) para criar um cadastro positivo de políticos fichas-limpas. Além dele, que se inscreveu na segunda-feira, o advogado e procurador do Distrito Federal Paulo Ramos Serejo (PMDB-DF) também fez o cadastro.

“O site equivale a colocar o guizo no pescoço do gato. Todo mundo aplaudiu, publicamente, o Ficha Limpa, quero ver agora, quando autoriza a sociedade a pesquisar suas contas”, afirmou Alencar. “Na verdade, não fiz mais que a minha obrigação, mas ouvi colegas sérios dizendo que é bobagem integrar a lista com o que, claro, não concordo e até fico constrangido em ter sido o primeiro.”

(Com Agências)

Serra abrirá a propaganda da TV

170 1

 “O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sorteou nesta terça-feira (3), a ordem de exibição das propagandas eleitorais obrigatórias dos candidatos à Presidência da República. Os programas começam a ser exibidos no dia 19 de agosto.

A ordem de exibição é a seguinte: PSDB, P-SOL, PCO, PSTU, PT, PSDC, PRTB, PV, e PCB. A ordem diz respeito somente ao primeiro dia de propaganda. No dia seguinte, a publicidade do último partido será a primeira a ser exibida e assim sucessivamente.

Segundo o presidente da corte, ministro Ricardo Lewandowski, na hipótese de haver segundo turno, os 20 minutos de propaganda serão distribuídos igualmente entre os candidatos. Ele ainda lembrou que a ordem do sorteio pode ser alterada se algum partido ou coligação deixar de ter candidato por qualquer motivo.

Também ficou acertado que a destinação das sobras de tempo de propaganda, que são segundos excedentes após a divisão do tempo entre os candidatos, também seria sorteada. “Neste ano, como temos três sobras, elas ficam com os três primeiros sorteados”, explicou Lewandowski.”

(Agência Brasil)

Punidos, mas bem pagos

“Acusados de vender sentenças para a máfia dos caça-níqueis, o ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ) Paulo Medina e o ex-vice-presidente do Tribunal Regional Federal da 2 Região José Eduardo Carreira Alvim receberam ontem a mais alta punição administrativa da magistratura: foram aposentados compulsoriamente.

No caso, com direito a salário integral, já que têm mais de 35 anos de contribuição. Medina receberá mensalmente R$ 25.386,97, enquanto Alvim se afasta com uma remuneração mensal de R$ 24.117,62. Esta foi a primeira vez que o Conselho Nacional de Justiça (CNJ), criado em 2005, julgou e condenou um ministro do STJ.

Em decisão unânime, os 15 conselheiros entenderam que os dois magistrados, processados no Supremo Tribunal Federal (STF) por corrupção e prevaricação, desrespeitaram a Lei Orgânica da Magistratura, que determina a manutenção de “conduta irrepreensível na vida pública e particular”. Em 2007, ambos foram investigados pela operação Hurricane (Furação) da Polícia Federal.

Segundo o Ministério Público Federal, Medina e Alvim supostamente negociaram a liberação de 900 máquinas caça-níqueis, apreendidas pela PF em Niterói, em 2005. O ministro, segundo a denúncia do MPF, teria recebido R$ 1 milhão, por intermédio do irmão Virgílio Medina, para conceder liminar liberando o equipamento.

O principal indício que levou à punição de Medina foi o recebimento de um empréstimo de R$ 440 mil, concedido pelo irmão. Virgílio também foi preso na operação da Polícia Federal, depois de ter sido contratado pelos empresários de bingos para intermediar a liberação das máquinas apreendidas pela PF.

Já o desembargador Alvim aparece em interceptações telefônicas, autorizadas pela Justiça, conversando com os beneficiários de suas decisões. Para o MP, Alvim tinha uma “relação venal” com a quadrilha.”

(O Globo e Blog do Noblat)

Senado aprova licença-maternidade ampliada

140 1

“Os senadores aprovaram nesta terça-feira (3), em segundo turno e por unanimidade, a proposta de emenda constitucional (PEC) que torna obrigatória a ampliação da licença-maternidade de quatro para seis meses. A proposta segue agora para votação na Câmara dos Deputados, antes de ser promulgada.

Atualmente, as funcionárias de empresas públicas já podem contar com 180 dias de folga pela gravidez e as que trabalham em empresas privadas têm garantia de quatro meses de licença. Aquelas que atuam em empresas que participam do Programa Empresa Cidadã contam com o benefício estendido para seis meses. Entretanto, o programa, estabelecido pela lei nº 11.770, é de adesão voluntária e as empresas podem abater a despesa do Imposto de Renda.

O projeto do Senado, que muda o artigo da Constituição, é de autoria da senadora Rosalba Ciarlini (DEM-RN) e foi aprovado hoje após passar em primeiro turno há cerca de um mês, antes do recesso parlamentar. “A criança é muito mais saudável e o custo Brasil é muito menor. A mãe volta a trabalhar mais produtiva e contribuindo muito mais para o desenvolvimento do Brasil”, disse. ”

(Portal Uol)

DETALHE – A senadora Patrícia Saboya deu tempo na campanha para deputada estadual pelo PDT e foi votar essa matéria, Bom lembrar que essa hisoria começou com um projeto da senadora cearense, a partir de sugestão da Sociedade Brasileira de Pediatria.

Qualé, mano? Netinho oferecia ingressos para shows em site de campanha

359 1

“O site de campanha do vereador e cantor Netinho de Paula (PC do B-SP), que concorre a uma vaga no Senado na chapa do PT, estava oferecendo ingressos para shows do candidato a eleitores que respondessem corretamente um quiz, espécie de jogo de perguntas e respostas, sobre a vida dele. A prática pode configurar crime eleitoral.

Pelo menos uma pessoa chegou a ser premiada. A assessoria de imprensa admitiu que o site estava oferecendo ingressos a eleitores, mas argumentou que a premiação foi colocada no ar sem o aval da coordenação da campanha. “A empresa que faz o site fez isso sem nos comunicar, sem a nossa autorização. Assim que soubemos, tiramos do ar”, afirmou a assessoria de Netinho.

O site de Netinho foi impossibilitado de receber acessos por volta das 13h de hoje, e permanecia assim até as 16h. “Vamos nos reunir com a equipe jurídica, e só então definiremos o que fazer com o site”, informou a assessoria.”

(Folha.com)

O ranking dos 10 mais da lista dos anistiados

169 1

O ranking dos 10 mais da lista dos anistiados políticos soma R$ 25.439.875,94 em indenizações. A quantia é suficiente para instalar 26 mil computadores em escolas públicas, equipar 31 hospitais com aparelhos de tomografia e distribuir exemplares do livro ‘Técnicas de interrogatório sem violência’ entre 392 mil militares. As cifras aparecem na folha de pagamento do Ministério do Planejamento. A identificação dos beneficiários exige uma demorada busca na coleção do Diário Oficial da União.

Todas as indenizações foram aprovadas pela Comissão de Anistia, mas nenhum integrante do ranking recebeu integralmente o dinheiro pago em parcelas. Enquanto esperam, recebem pontualmente as pensões mensais fixadas na mesma decisão que calculou o valor da indenização. O n° 1 da lista, José Carlos Arouca, não sabe quando poderá dispor dos R$ 2,9 milhões que lhe valeram a condição de recordista. Mas os R$ 15,6 mil da pensão mensal têm sido regularmente depositados em sua conta bancária.

Aos 75 anos, instalado na banca de advogado perto do centro paulistano, Arouca foi aprovado em 1° lugar num concurso para juiz do Trabalho em 1965. Ele se inscrevera para garantir a sobrevivência financeira ameaçada pela suspensão, decorrente de pressões do governo militar, da assistência jurídica que prestava a vários sindicatos. Não só foi impedido de assumir o cargo de juiz como se viu processado com base na Lei de Segurança Nacional e passou algumas semanas na prisão.

“Eu era filiado ao Partidão”, conta em tom orgulhoso, chamando pelo apelido carinhoso o velho Partido Comunista Brasileiro. “Tinha uma militância política muito intensa junto aos sindicatos”.  Em 1999, 20 anos depois da anistia, o resultado do concurso foi formalmente reconhecido e Arouca se tornou juiz do Tribunal Regional do Trabalho de São Paulo. Aposentou-se em  2005 e, no mesmo ano, foi contemplado com a indenização milionária.

A voz parece menos afirmativa quando a conversa trata do dinheiro. “Eu tenho uma porção de opiniões, mas algumas não estão valendo nada no momento”, esquiva-se o ex-juiz, que se nega a confirmar o tamanho da pensão mensal. “Acho que o meu caso está de acordo, está na lei”, diz. “Eles não podiam dar nem mais nem menos”.

Terceiro do ranking, Paulo Cannabrava Filho conseguiu R$ 2,7 milhões, além da pensão de 15.754,80 por mês. Presidente da  Associação Brasileira da Propriedade Intelectual dos Jornalistas Profissionais, Cannabrava recebe o equivalente ao salário médio de um editor. Procurado por VEJA.com, exigiu que a pergunta fosse feita por e-mail. Atendida a exigência, respondeu com admirável concisão: “A VEJA digo: nada a declarar. Assunto encerrado”. Os beneficiários das boladas gostariam que o assunto fosse sepultado para sempre. Os brasileiros que pagam a conta discordam.

O quarto da lista, Renato Leone Mohor, também premiado com R$ 2,7 milhões, teve a reparação equiparada ao salário médio de um chefe de redação: R$ 15,3 mil. Encerrou o telefonema ao saber que conversava com um repórter de VEJA.com.  “Este número é confidencial e não vou te atender, amigo”.

Décimo do ranking, o jornalista e ex-deputado federal Hermano de Deus Nobre Alves não viveu para receber integralmente a indenização de R$ 2,1 milhões. Em julho, aos 86 anos, morreu em Lisboa, onde morava desde 1991. Segundo as regras da anistia, o direito à reparação não é transferível para algum herdeiro.

Entre os relatores, o campeão da generosidade com dinheiro alheio é o advogado Márcio Gontijo. Seis dos 10 nomes entraram no ranking graças ao parecer favorável do conselheiro perdulário. “Eu sou o conselheiro mais antigo da Comissão, muitos processos já passaram pelas minhas mãos”, desconversa Gontijo. E quais foram os critérios que ampararam a gastança?  “Eu me baseio na lei”, acredita. Ninguém sabe exatamente a que lei se refere.

1) José Carlos da Silva Arouca
Indenização: R$ 2.978.185,15

Pensão mensal: R$ 15.652,69.
Relator: Márcio Gontijo

2) Antonieta Vieira dos Santos
Indenização: R$ 2.958.589,08

Pensão mensal: R$ 15.135,65.
Relator: Sueli Aparecida Bellato

3) Paulo Cannabrava Filho
Indenização: R$ 2.770.219,00

Pensão mensal: R$ 15.754,80.
Relator: Márcio Gontijo

4) Renato Leone Mohor
Indenização: R$ 2.713.540,08

Pensão mensal: R$ 15.361,11.
Relator: Hegler José Horta Barbosa

5) Osvaldo Alves
Indenização: R$ 2.672.050,48.

Pensão mensal: R$ 18.095,15.
Relator: Márcio Gontijo

6) José Caetano Lavorato Alves
Indenização: R$ 2.541.693,65

Pensão mensal: R$ 18.976,31.
Relator: Márcio Gontijo

7) Márcio Kleber Del Rio Chagas do Nascimento
Indenização: R$ 2.238.726,71

Pensão mensal: R$ 19.115,17.
Relator: Márcio Gontijo

8 ) José Augusto de Godoy
Indenização: R$ 2.227.120,46

Pensão mensal: R$ 12.454,77.
Relator: Sueli Aparecida Bellato

9) Fernando Pereira Christino
Indenização: R$ 2.178.956,71

Pensão mensal: R$ 19.115,19.
Relator: Márcio Gontijo

10) Hermano de Deus Nobre Alves
Indenização: R$ 2.160.794,62

Pensão mensal: R$ 14.777,50.
Relator: Vanda Davi Fernandes de Oliveira.

(Blog do Augusto Nunes – Veja Online)

Serra visita a maior favela do Brasil

“O candidato do PSDB à Presidência da República, José Serra, visita nesta terça-feira a comunidade de Heliópolis, em São Paulo, favela que ficou conhecida como a maior do Brasil. O tucano tenta vincular sua imagem a realizações para as classes mais pobres, bandeira que atualmente pertence ao PT e ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Com quase 120 mil habitantes, Heliópolis é um antigo reduto do PT. Contudo, nos últimos anos, a comunidade ganhou uma série de obras da prefeitura e do governo do Estado de São Paulo. De janeiro de 2005 a abril de 2006, Serra foi prefeito e, nos últimos três anos e meio, ocupou o cargo de governador paulista.Na caminhada que fará hoje à favela a partir das 15 horas, o tucano deverá ressaltar obras como a AME (Ambulatório Médico de Especialidades), o programa de urbanização do CDHU (Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano) e a construção de uma Escola Técnica na comunidade.

Em setembro do ano passado, quando inaugurou a escola técnica, Serra chegou a usar um jargão do presidente Lula para destacar as ações do governo de São Paulo na comunidade. “Nunca na história de Heliópolis, o poder público esteve tão presente”, disse Serra, que na oportunidade prometera criar 52 escolas técnicas no Estado.”

(IG)

Em Alagoas, surge a "Campanha Fora Collor"

“Entidades sindicais, comunitárias e estudantis vão deflagrar, no próximo dia 11, em Alagoas, a campanha “Collor Nunca Mais”. O objetivo é denunciar a forma “truculenta e arbitrária” de fazer política do ex-presidente da República cassado, o senador Fernando Collor.

Segundo o advogado Adriano Argolo, que integra o Movimento de Combate à Corrupção Eleitoral (MCCE) alagoano, mesmo sendo candidato ao governo pelo PTB, Collor fez ameaças a um jornalista, usando palavras de baixo calão, o que, segundo diz,  agride “não só a imprensa nacional, como a sociedade alagoana e fere o decoro parlamentar”.

Argolo se refere ao episódio envolvendo o parlamentar com um repórter da revista IstoÉ. No telefonema, Collor ameaçou o jornalista e o chamou de “filho da p…”. Há até página na internet com a campanha.”

(Blog da Folha)

IBGE – Produção industrial volta a cair em junho

“A produção industrial brasileira caiu 1,0% em junho deste ano, na comparação com o mês anterior. O recuo em relação a maio foi a terceira taxa negativa, o que significa uma perda acumulada de 2,0% entre abril e junho. O dado consta da Pesquisa Industrial Mensal, divulgada hoje (3) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Em relação a junho de 2009, no entanto, a produção industrial aumentou 11,1%. No primeiro semestre deste ano, o crescimento foi de 16,2% em relação ao mesmo período de 2009 e, no acumulado dos últimos 12 meses, de 6,5%.

Vinte dos 27 setores pesquisados pelo IBGE tiveram redução na produção de maio para junho. Os principais impactos negativos em junho vieram dos produtos químicos (-4,4%), de máquinas para escritório e equipamentos de informática (-11,6%), alimentos (-1,6%), produtos de metal (-5,2%), material eletrônico e equipamentos de comunicações (-4,9%), do setor farmacêutico (-3,4%) e de veículos automotores (-1,1%).

Entre as sete atividades que tiveram crescimento na produção, os destaques foram para produção, refino de petróleo e produção de álcool (2,6%), edição e impressão (2,9%) e bebidas (2,6%).”

(Agência Brasil)

Pros mesmos – Itaú fecha semestre com lucro de R$ 6,4 bilhões

122 1

“O Itaú Unibanco, maior banco privado brasileiro, encerrou o primeiro semestre com lucro de R$ 6,4 bilhões, com rentabilidade anualizada de 24,4% sobre patrimônio líquido médio, segundo comunicado ao mercado desta terça-feira. A carteira de crédito do Itaú Unibanco atingiu R$ 296,2 bilhões em junho 11,4% mais do que no mesmo período de 2009.

Os maiores crescimentos no crédito foram dos segmentos de financiamento imobiliário, com R$ 10,5 bilhões (47,7%), pessoa física, com R$ 107,2 bilhões (12,8%), na comparação com o ano anterior. O crédito a empresas no período foi da ordem de R$ 160,6 bilhões.”

Lucro do Santander no Brasil dobra no 1º semestre e atinge R$ 2 bi
Bradesco encerra semestre com lucro 16% maior, de R$ 4,6 bilhões

(Folha.com)

Deputado petista quer aprovação da PEC 300

O deputado federal Eudes Xavier (PT) vai ocupar a tribuna da Câmara, a partir das 14h30min, para fazer um pronunciamento em defesa da aprovação da PEC 300. Essa matéria garante isonomia salarial dos PMs de todo o País com os PMs de Brasília, os mais bem pagos do Brasíl.

Eudes Xavier disse que é a favor da PEC porque se trata de uma questão de justiça a uma categoria muito sacrificada. Ele disse que há recursos para bancar o benefício quando se prioriza segurança.

O parlamentar embarcou nesta madrugada de terça-feira para o “esforço concentrado” do Congresso, no mesmo avião que levou lideranças da Associação de Cabos e Soldados do Ceará. Esse grupo foi se juntar a caravanas de todos os Estados que pressionarão pela aprovação da PEC 300. A previsão é de que essa matéria entre em votação na quarta-feira.

(Foto – Paulo Moska)

Pilotos, co-pilotos e tripulação da Gol ameaçam paralisar atividades na sexta-feira

“Os pilotos, co-pilotos e funcionários da tripulação técnica da empresa aérea Gol convocaram paralisação de 24 horas para o dia 13 de agosto. Eles protestam contra a nova escala de trabalho implantada pela empresa no início de julho. A convocação pada a greve está sendo feita através de um blog criado pelos próprios funcionários.

Além de uma escala de trabalho mais jsuta, os tripulantes da Gol reivindicam reajuste de 25%, plano de saúde, plano de previdência privada e plano de carreira para todos os funcionários.

Segundo os trabalhadores, a nova escala criada pela Gol, chamada crew link, altera os horários de uma hora para outra e fere a lei trabalhista, que determina que as escalas sejam divulgadas com uma semana de antecedência.”

(JB Online)

POR AQUI, nenhum funcionário da Gol comenta o assunto.

No Aeroporto de Fortaleza, voos com 36,4% de voos em atraso

“No Aeroporto Internacional Pinto Martins, em Fortaleza, até as 8 horas desta terça-feira, 36,4 % dos voos estavam atrasados, ou seja, oito dos 22 voos, segundo a Infraero. Neste momento, às 08h35min, três voos (13,6%) estão atrasados. O Aeroporto Pinto Martins é o terminal com maior número de voos atrasados, ao lado de Guarulhos, em São Paulo, que também tem oito decolagens com atraso.

Os transtornos começaram senta segunda-feira, 2. De acordo com a Infraero, os atrasos estão sendo causados por um novo sistema de escala que companhia aérea Gol implantou, o que causou falta de tripulantes na empresa.

Nesta manhã, a Gol é responsável pelo atraso de 65 de 188 voos domésticos, o que representa 34,6 %. Até o momento, 14 voos da empresa foram cancelados (7,4%).”

(POVO Online)

Prorrogada inscrição para concurso do Ministério Público da União

Prorrogado o prazo de inscrição do 6º Concurso Público para provimento de cargos de analista e técnico do Ministério Público da União (MPU). De acordo com o Edital nº 10 – PGR/MPU, já publicado no Diário Oficial da União, os interessados podem fazer inscrição até as 23 horas e 59 minutos do dia 8 de agosto próximo no endereço eletrônico http://www.cespe.unb.br/concursos/mpu2010.

A relação dos pedidos de isenção de taxa deferidos será divulgada até o dia 11, no site do Cespe. Todas as informações sobre o concurso do MPU podem ser acessadas no endereço http://www.cespe.unb.br/concursos/mpu2010/.

Eros Grau – Ficha Limpa põe em risco o estado de direito

259 7

Eros Roberto Grau deixou ontem a cadeira de ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) convencido de que a Lei da Ficha Limpa põe “em risco” o Estado de Direito. Ele acusa o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) de ignorar o princípio da irretroatividade das leis. “Há muitas moralidades. Se cada um pretender afirmar a sua, é bom sairmos por aí, cada qual com seu porrete. Estou convencido de que a Lei Complementar 135 é francamente, deslavadamente inconstitucional.

O ministro sai do Supremo, após quase seis anos na mais alta instância da Justiça, onde chegou por indicação do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, em junho de 2004. Em entrevista ao Estado, Eros Grau critica também as transmissões dos julgamentos. “Isso só vai acabar no dia em que um maluco que se sentir prejudicado agredir ou der um tiro num ministro”, afirmou.

Confira trechos da entrevista:

Estadão – O senhor deu várias demonstrações de cansaço no STF. O que o desanimou?

EG -O fato de as sessões serem transmitidas atrapalha muito, porque algumas vezes o membro do tribunal se sente, por alguma razão, compelido a reafirmar pontos de vista. Existem processos que poderiam ser julgados com maior rapidez. Muitas vezes a coisa fica repetitiva e poderia ser mais objetiva.

E – O senhor é contra as transmissões?

EG – Essa prática de televisionar as sessões é injustificável. O magistrado não deve se deixar tocar por qualquer tipo de apelo, seja do governo, seja da mídia, seja da opinião pública. Tem que se dar publicidade à decisão, não ao debate que pode ser envenenado de quando em quando. Acaba se transformando numa sessão de exibicionismo.

E – Existe a possibilidade de o tribunal deixar de exibir as sessões ao vivo?

EG – Isso só vai acabar no dia em que um maluco que se sentir prejudicado agredir ou der um tiro num ministro. Isso pode acontecer em algum momento. Até que isso aconteça, haverá transmissão. Depois não haverá mais.

E – Em algum momento o senhor foi abordado na rua dessa forma?

EG – Eu estava no aeroporto de Brasília com a minha mulher, depois do julgamento da lei de anistia, e veio uma maluca gritando, dizendo: “aí, está protegendo torturador”. Foi a única vez que me senti acossado.

E Para Eros Grau, o que é ficha limpa?

EG – “Ficha limpa” é qualquer cidadão que não tenha sido condenado por sentença judicial transitada em julgado. A Constituição do Brasil diz isso, com todas as letras.

E – Políticos corruptos não são uma ameaça aos cofres públicos e ao estado de direito?

EG – Sim, sem nenhuma dúvida. Políticos corruptos pervertem, são terrivelmente nocivos. Mas só podemos afirmar que este ou aquele político é corrupto após o trânsito em julgado, em relação a ele, de sentença penal condenatória. Sujeitá-los a qualquer pena antes disso, como está na Lei Complementar 135 (Ficha Limpa), é colocar em risco o estado de direito. É isto que me põe medo.

E – O que está em jogo não é a moralidade pública?

EG – Sim, é a moralidade pública. Mas a moralidade pública é moralidade segundo os padrões e limites do estado de direito. Essa é uma conquista da humanidade. Julgar à margem da Constituição e da legalidade é inadmissível. Qual moralidade? A sua ou a minha? Há muitas moralidades. Se cada um pretender afirmar a sua, é bom sairmos por aí, cada qual com seu porrete. Vamos nos linchar uns aos outros. Para impedir isso existe o direito. Sem a segurança instalada pelo direito, será a desordem. A moralidade tem como um de seus pressupostos, no estado de direito, a presunção de não culpabilidade.

?(Estadão.com)

Matéria da BBC diz que prostiturismo atinge Recife e que Fortaleza reage bem

435 4

Litoral de Fortaleza. 

“Um programa da BBC mostrou que crianças estão suprindo uma crescente demanda de turistas estrangeiros que viajam ao Brasil atrás de sexo e acompanhou as tentativas de controlar o problema. O programa Our World: Brazil’s Child Prostitutes (“Nosso Mundo: As Crianças Prostituídas do Brasil”, em tradução livre), vai ao ar no canal de TV internacional de notícias da BBC, BBC World, neste fim de semana.

A cada semana, operadores de turismo despejam nas cidades brasileiras milhares de homens europeus que chegam em voos fretados especialmente ao Nordeste em busca de sexo barato, incentivando assim a exploração sexual. O problema, que foi constatado pela BBC no Recife, já estaria levando o Brasil a alcançar a Tailândia como o principal destino mundial do turismo sexual.

De acordo com o repórter Chris Rogers, responsável pela reportagem, apesar das garantias de uma ação policial, nas ruas da Capital pernambucana parece haver poucos indícios de que a exploraão sexual está desaprecendo.

A matéria traz Fortaleza e destaca que, por aqui, a luta contra a prostituição infantil começa a dar resultados.

Antes, a maioria dos turistas sexuais costumava ir a Fortaleza. Mas não mais – no último ano, a capital do Estado do Ceará vem mandando uma clara mensagem aos turistas sexuais de que eles não são bem-vindos.

Todas as semanas, dezenas de carros com policiais federais armados com metralhadoras AK-47 patrulham as ruas das zonas de prostituição, vasculhando os motéis e bordéis, prendendo clientes e cafetões e levando meninas menores de idade para abrigos.

Eline Marques, coordenadora da Secretaria Especial de Prevenção ao Tráfico de Seres Humanos, afirma que as batidas policiais estão tendo resultado.

“Já fechamos muitos estabelecimentos em Fortaleza. Ruas inteiras estão agora livres da prostituição. Meu objetivo é intensificar essas ações antes da Copa do Mundo, tendo com alvo o próprio turismo que fomenta a prostituição infantil”, diz ela.

Outros Estados indicaram que estão acompanhando a campanha de Marques e que, se ela tiver sucesso, poderão seguir ações semelhantes.

Mas, para cada estabelecimento sexual que é fechado, para cada turista sexual preso, há também vítimas. Muitas são levadas para abrigos de instituições de caridade.”

(Com o Site da BBC)

VAMOS NÓS – E aí, você percebeu mesmo que o prostiturismo diminiu?

Serra que irritar Dilma, que ensaia "sangue-frio"

“Os principais candidatos à Presidência reduziram compromissos e vão dedicar a semana a se preparar para o primeiro confronto direto da campanha: o debate da TV Bandeirantes, quinta-feira. As estratégias de José Serra (PSDB), Dilma Rousseff (PT) e Marina Silva (PV) diferem em vários aspectos, mas têm uma preocupação em comum: passar uma imagem serena e agradável e, ao mesmo tempo, se preparar para responder a eventuais ataques dos adversários.

Em reunião com o coordenador de comunicação, Luiz Gonzalez, Serra fez, na madrugada de ontem, seu primeiro treinamento. Na pauta, a relação do PT com o MST (Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra), com as Farc (Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia) e o apoio de Lula ao governo do Irã. Para tentar provocar uma reação agressiva de Dilma, os tucanos estudam seu gestual. Acham que, diante de temas mais espinhosos, ela pode “mostrar o indicador” para o interlocutor.

Segundo articuladores da campanha, o ideal seria que esses pontos mais polêmicos fossem explorados pelos entrevistadores, de modo que Serra apenas replicasse. Dilma vai investir em saúde e segurança, considerados pelo PT pontos fracos da gestão de Serra em São Paulo. Também reuniu munição para criticar o tratamento aos professores no Estado e a suposta falta de investimentos para evitar enchentes.

Como contraponto, usará dados do governo Lula, com ênfase nos programas que coordenou, para mostrar que tem experiência de gestão e é a candidata da continuidade.”

(Folha Online)