Blog do Eliomar

Categorias para Brasil

TSE registra 0,16% de substituição de urna eletrônica até agora

De um total de 22.814 urnas eletrõnicas espalhadas por todo o País, o Tribunal Superior Eleitoral fez a substituição de apenas 22, o que corresponde a um percentual de 0,16%.

A informação foi divulgada agora há pouco pela assessoria de imprensa do TSE. Não houve necessidade de uso de cédula eleitoral. Todas as substituições foram feitas com urna eletrõnica.

Serra já votou

O candidato tucano a presidente da República, José Serra, votou em seção eleitoral situado em colégio da Zona Oeste da Capital paulista. Ali, chegou acompanhado do seu vice, Índio da Ciosta (DEM/RJ), do prefeito Gilberto Kassab, de São Paulo, e do postulante a governador Geraldo Alckmin (PSDB).

Ali, Serra posou para fotos e levantou os dois  braços, fazendo com os dedos seu número de candidato, 45. O tucano Votou em 1 minuto e 20 segundos e foi o último dos candidatos a cumprir essa obrigação.

TSE já programou jantar em churrascaria para comemorar pleito

“Durante esta semana de intensa correria política e, inclusive, jurídica, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) teve um tempinho para planejar e empenhar (reservar em orçamento) R$ 7,6 mil para pagar jantar na Churrascaria Fogo de Chão, que será realizado hoje (3), entre 19h30 e 22h. A nota de empenho (documento da contratação dos serviços) informa que o evento é para quantidade estimada de 80 pessoas, “servido em espaço privativo e apropriado”.

Aliás, “o espaço deve ser separado em dois ambientes distintos, sendo um para a recepção dos convidados e outro para o jantar”. Na conta paga pelo TSE estão incluídas refeições pelo sistema de rodízio, bem como suco, água, refrigerante, sobremesa e café. Após meses de trabalho, os ministros deverão acompanhar ou já comemorar o resultado das eleições nesta noite na famosa churrascaria da capital federal…

E quem for eleito na Câmara dos Deputados, por exemplo, corre o risco de chegar e já sentar em cadeiras novas. Isso porque o órgão comprometeu R$ 75 mil para a compra de 250 poltronas giratórias. Outros R$ 2,2 mil foram reservados à aquisição de uma escada em aço inoxidável.

No Senado, os novos ocupantes deverão ser recepcionados por um novo piso flutuante. Na verdade, a Casa empenhou R$ 32 mil para a compra de carpete de madeira a ser instalado a medida que houver necessidade, durante o período de setembro a dezembro. Fora isso, a instituição faz um belo trabalho de publicidade, reservando R$ 2,5 mil para contratação de serviços de panfletagem para afixação de 2,3 mil cartazes tamanho A3 no interior dos ônibus das empresas Viplan e Grupo Amaral, com o objetivo de divulgar o III concurso de redação do órgão. Sorte aos candidatos!

Já o Supremo Tribunal Federal (STF), que não conseguiu resolver o impasse da lei da Ficha Limpa, mesmo diante da pressão de sociedade e às vésperas das eleições, parece estar com ambiente quente e com “energia fraca”. Isso porque a mais alta corte do país comprometeu R$ 8 mil para a compra de 40 umidificadores e circuladores de ar, R$ 2,7 mil com 20 ventiladores tipo torre, com baixo nível de ruído, e R$ 3,1 mil para a compra de 12 baterias de triciclo.”

Clique aqui para ver as notas de empenho citadas

Em Alagoas, Collor vota e é vaiado

“Com um adesivo da presidenciável Dilma Rousseff (PT) no peito, o senador Fernando Collor de Mello (PTB), candidato ao governo de Alagoas, votou na manhã deste domingo (3) no colégio Imaculada Conceição, em Maceió (AL), sob vaia dos eleitores que aguardavam na fila da votação.

Acompanhado da esposa Caroline Medeiros e das filhas gêmeas Cecile e Celine, Collor evitou ao máximo as perguntas dos jornalistas, especialmente às de âmbito nacional, mas afirmou que acredita em mudanças no país com as eleições 2010. “Toda eleição é muito importante, ela representa um momento único na democracia. Eu acho que essas eleições vão dar um retrato de um novo Brasil”, disse.”

(Globo Online)

TSE só proclamará votos de candidatos indeferidos depois de recursos julgados

O presidente do Tribunal Superior Eleitoral, ministro Ricardo Lewandowski, está dando entrevista coletiva em Brasília. Ele informou que uma urna eletrônica foi escolhida aleatoriamente para testes que comprovam a segurança do sistema de votação. O ministro ainda se estende na coletiva e garante que o pleito está, até o momento, tranquilo.

Sobre candidatos “ficha suja”, em situação de registro indeferido, Lewandowski informou que os votos deles serão divulgados pelos sites do TSE e dos TREs.

Lewandowski disse ainda que está claro, até agora, que os candidatos com registro indeferido não terão proclamados oficialmente seus votos. Futuramanete, dependendo do resultado dos recursos, é que a Justiça Eleitoral examinará a situaçao de cada postulante.

Plínio: "Eu faria tudo de novo!"

O candidato à Presidência da República Plínio de Arruda Sampaio (PSOL) votou às 10h20 deste domingo (3) no Colégio Santa Cruz, em Alto dos Pinheiros, na Zona Oeste, acompanhado das netas. Antes de votar, Plínio atendeu aos jornalistas e fez um balanço da campanha.

“Eu faria tudo de novo. Segunda-feira o partido se reúne para decidir posição em caso de segundo turno. Independentemente de quem ganhar, o PSOL será oposição. Não apoiaríamos governo de direita.”

Perguntado sobre se ele vai se candidatar a uma próxima eleição, Plínio brincou: “qual é a próxima eleição?”. Plínio disse que o bom humor é a característica de sua candidatura.

(Portal G1)

Tiririca vota sem peruca e roupa de palhaço

 O candidato a deputado federal por São Paulo, Francisco Everardo Oliveira Silva, mais conhecido com o Tiririca (PR), votou neste domingo (3) em São Paulo, na região da Aclimação, por volta das 9 horas desta manhã. Sem usar os trajes característicos de seu personagem, a peruca e roupa de palhaço, o candidato tentou ser discreto, mas foi cercado por várias pessoas durante a votação.

O Ministério Público Federal apresentou denuncia sobre suposto analfabetismo de Tiririca em setembro. No entanto, de acordo com o juiz Aloísio Sérgio Rezende Silveira, não havia justa causa para a ação penal, uma vez que o TRE-SP, durante o processo de registro de candidatura, entendeu não haver qualquer causa de inelegibilidade do candidato, inclusive no que se refere à instrução mínima, ou seja, o não analfabetismo.

O promotor Maurício Antonio Ribeiro Lopes, da 1ª Zona Eleitoral de São Paulo, queria fazer um teste de escrita e leitura com o candidato, que não foi autorizado. No entanto, a Procuradoria Eleitoral anunciou que está tomando as “medidas necessárias” para apurar os indícios de que Tiririca não sabe ler nem escrever.

A Procuradoria Regional Eleitoral (PRE-SP) afirmou em setembro que iria solicitar o registro de candidatura ao TRE para examinar as informações prestadas pelo candidato sobre a sua escolaridade. “Se eleito e se for comprovada eventual irregularidade na documentação apresentada, há a possibilidade de recurso por inelegibilidade constitucional (analfabetismo, conforme artigo 14, parágrafo 4º da Constituição Federal), sem prejuízo da apuração de eventual crime de falso”.

(Com Agências)

Vice José Alencar vota e Sarney está internado

O vice-presidente a República, José Alencar, votou, nesta manhã de domingo, em Belo Horiozonte. Mesmo enfrentando um câncer, que o levou a várias cirurgias, não precisou d aajuda de ninguém.

Já o presidente do Senado, José Sarney,  não votará neste domingo em Macapá (AP). Está internado, desde ontem, no Hospital UDI em São Luís, no Maranhão. Ele teve problemas de arritmia  cardíaca.

Em março, o ex-presidente da República foi operado no Hospital Sírio Libanês, em São Paulo, para a retirada de um cisto benigno no lábio. Em novembro do ano passado, Sarney foi medicado no próprio Senado, após ter passado mal. Na ocasião, ele apresentava um quadro de gastroenterite.

Lula já votou

O presidente Lula, acompanhado da primeira dama do País, dona Marisa Letícia, votou há pouco na Escola João Firmino de Araújo, em São Bernardo do Campo (SP). Com ele, o candidato a governador de São Paulo, Aloisio Mercadante, e os candidatos a senador pelo PCdoB, o cantor Netinho de Paula e Marta Suplicy. Após votar, cumprimentou e posou para fotos com mesários

“Só lamentei que é a primeira vez que vou votar e não tenho a minha cara na tela (da urna)”, afirmou Lula, dizendo-se otimista na possibilidade da Dilma vencer no primeiro turno.

Lula seguirá para Brasília onde acompanhará toda a apuração no Palácio do Planalto.

Dilma já votou

Dilma Roussef, a candidata petista a presidente da República, votou nesta manhã na Escola Sanos Dumont, em Porto Alegre (RS). Ela demorou 46 segundo para digitar 25 vezes.

Dilma, que estava acompanhada do candidato a governador petista Tarso Genro, após a votação fez o o “v” da vitória.

* Veja quando Dilma chegava par votar aqui.

Votação no Brasil começa em Fernando de Noronha

“O primeiro voto do Brasil a ser computado neste domingo (3) será em uma das urnas do arquipélago de Fernando de Noronha. A justificativa está no fuso diferenciado, uma hora a mais do que no resto do País. A ilha possui 2.102 eleitores que, além de escolher seus representantes oficiais, baseados na lista de candidatos de Pernambuco, podem participar da eleição do Conselho Distrital, uma entidade semelhante a uma Câmara de Vereadores.

O Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco (TRE-PE) disponibilizou para a 4º Zona Eleitoral seis urnas para a eleição. Existem ainda quatro pontos de justificativa de votos, por conta da grande presença de turistas no local. Na eleição anterior, pouco mais de mil pessoas justificaram o voto. A chamada eleição parametrizada (não oficial), para definir os sete membros do Conselho Distrital, também utiliza urnas eletrônicas disponibilizadas pela Justiça Eleitoral. São mais seis urnas na ilha, específicas para coletar estes votos. Nestes equipamentos, números e fotos dos candidatos são apresentados ao eleitor, como ocorre na eleição oficial.

Este ano, 18 candidatos concorrem ao mandato de quatro anos no Conselho de Fernando de Noronha. Mas a eleição possui algumas regras específicas. Não há obrigatoriedade para votar e para se candidatar, é preciso ter domicilio eleitoral e residência na ilha há mais de dois anos, além de não ser necessário ser filiado a partidos políticos.”

(Portal Terra)

Governador de PE deve atingir maior percentual de votos sobre um concorrente no País

“A última pesquisa do Ibope sobre a disputa pelo governo do Estado, divulgada pela Rede Globo nessa noite de sábado, mostra que o governador Eduardo Campos, do PSB, deve atingir o maior percentual de votos sobre um concorrente no país. A soma dos votos válidos chega a 80%.

De acordo com o instituto, o senador Jarbas Vasconcelos, do PMDB, soma 18%. Sérgio Xavier e Edilson Silva contam com 1%, cada.

A evolução das enquetes mostra que Eduardo saiu de um patamar de 60% das intenções de votos totais e chegou aos 73%, que manteve nas duas terceira e quarta rodadas da pesquisa.

Já o senador Jarbas começou com 24% e tem agora 17% das intenções de votos totais. A sequência é 24%, 20%, 17%, 16 e agora 17%.

Com margem de erro de 2%, a pesquisa, em sua quinta rodada, foi realizada entre os dias 30 de setembro e 2º de outubro, junto a 1806 eleitores no Estado. O número do registro é 50718/2010.”

(Com Agências)

Eleições 2010 – Confira o que pode e o que não pode fazer o eleitor

203 2

Nesta  véspera das eleições, confira o que é permitido e o que não é permitido a eleitores, servidores da Justiça Eleitoral, candidatos e partidos neste sábado e domingo. Isso, de acordo com o TSE.

1. Alto-falantes e amplificadores
Este sábado (2) é o último dia para a propaganda eleitoral por alto-falantes ou amplificadores de som, distribuição de material gráfico e a promoção de caminhadas, carreatas, passeatas ou carros de som que transitem divulgando jingles ou mensagens de candidatos. Essas atividades são permitidas até as 22h.

2. Propaganda
Nas seções eleitorais e juntas apuradoras, os servidores da Justiça Eleitoral, mesários e escrutinadores são proibidos de usar vestuário ou objeto que contenha qualquer propaganda de partido político, de coligação ou de candidato.

3 .Os fiscais partidários nos locais de votação também não podem usar vestuário padronizado. Eles têm o direito de usar apenas crachás com o nome e a sigla do partido político ou coligação.

4. Não é permitida qualquer espécie de propaganda de partidos políticos ou de seus candidatos no, domingo, dia 3 de outubro.

5. Até o término da votação no domingo (17h), os eleitores não podem fazer aglomeração de pessoas usando vestuário padronizado, nem bandeiras, broches, dísticos (espécie de letreiros) e adesivos que caracterizem manifestação coletiva, com ou sem utilização de veículos.

6. Neste domingo de eleições é permitida somente a manifestação “individual e silenciosa” do eleitor por partido político, coligação ou candidato, revelada exclusivamente pelo uso de bandeiras, broches, dísticos e adesivos. Os santinhos (folhetos com nome e número do candidato) não podem ser distribuídos.

7. O uso de camisetas com informações de candidatos é um ponto polêmico, segundo a assessoria do TSE. Segundo a lei, ele não é caracterizado como manifestação individual, e não é permitido ao candidato distribuir camisetas e outros brindes à população. Em tese, é possível que o eleitor tenha de explicar à Justiça Eleitoral que produziu a camisa por seus próprios meios.

8. “Lei seca” no Ceará está valendo neste domingo. Ou seja, nada de venda de bebida alcóolica, determinou em portaria a Secretaria da Seguraça Pública e Defesa Social.

(Com TSE e G1)