Blog do Eliomar

Categorias para Brasil

Ibope lança portal das eleições

“O Ibope Inteligência colocou no ar nesta sexta-feira (27) o seu novo portal de eleições, no endereço www.eleicoes.ibope.com.br. A iniciativa tem o objetivo de facilitar o acesso do eleitor às pesquisas de intenção de voto das eleições em curso, entre outras informações sobe a empresa e as eleições. Com um sistema de navegação mais amigável ao internauta, a nova plataforma apresenta os resultados em gráficos evolutivos, apontando o sobe e desce dos candidatos para presidente, governador e senador.

Entre outros dados, o portal reúne informações de utilidade pública, como o Guia de Leitura de Pesquisa Eleitoral, que esclarece tudo sobre a metodologia das pesquisas. Mantendo o procedimento adotado até agora, o IBOPE Inteligência esclarece que cada nova pesquisa será publicada no novo site sempre na tarde do dia seguinte à divulgação realizada pelos contratantes.”

(Assesoria de Imprensa do Ibope)

IBGE – Desnutrição em crianças até 5 anos persiste no País

“O Brasil ainda não conseguiu acabar com a desnutrição de crianças até 5 anos, embora o problema esteja diminuindo no país, destaca a Pesquisa de Orçamentos Familiares 2008-2009, do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), divulgada nesta sexta-feira. De acordo com o levantamento, que pesou e mediu moradores de 60 mil domicílios, o déficit de altura em crianças menores de cinco anos de idade, um dos indicadores da desnutrição, foi de 6,3% entre os meninos e de 5,7% entre as meninas, sendo maior no primeiro ano de vida.

O problema do déficit de altura está concentrado na Região Norte (8,5%) e Nordeste (5,9%) e em famílias com os menores rendimentos. Entre os grupos com renda igual ou inferior a um quarto de salário mínimo é de 8,2%, mas persiste em famílias com ganhos superiores a cinco salários (3,1%), onde é menor, e também nas regiões Sul (3,9%), Sudeste (6,1%) e Centro-Oeste (6,1%). A pesquisa destaca, no entanto, que a desnutrição está em queda desde a década de 80. O percentual de déficit de altura de crianças entre 5 a 9 anos é de 7,2% entre os meninos e de 6,3% entre as meninas, menor que os índices de 1974 e 1989, quando foram registrados 29,3% e 14,7%, respectivamente, entre os meninos. Entre as meninas, os índices eram de 26,7% e 12,6%.

Entre os adultos, chama atenção o percentual de 5,5% de déficit de peso de mulheres da região rural do Nordeste, de 8,3% entre as mulheres na faixa dos 20 a 24 anos, de 5,4% entre aquelas com mais de 75 anos e de 5,7% entre as de menor renda. Todos esses quadros também podem ser classificados como desnutrição. “A questão da desnutrição vem se reduzindo. Mas está coerente com outros estudos feito no país, tanto em termos da análise de idade entre os pequenos, com menos de 5 anos, quanto em déficit de peso nas outras populações por faixa etária”, afirmou a pesquisadora do IBGE, Marcia Quinstlr.

Segundo o documento, a melhoria do quadro reflete incremento do poder aquisitivo das famílias de menor renda, da escolaridade das mães e da cobertura de serviços básico de saúde, conforme constatou a última Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad). A pesquisa ainda chama atenção para o percentual de crianças entre 5 a 9 anos com excesso de peso ou obesas, 33,5% e 14,3% do total, respectivamente, que estão, em sua maioria, na Região Sudeste. O déficit de altura nessa idade é de 6,8% do total e o déficit de peso, de 4,1%. Entre os jovens de 10 a 19 anos, o déficit de peso é de 3,4% e preocupa mais o percentual de excesso, 20,5%.”

(Agência Brasil)

Um em cada 5 eleitores de Serra prefere o programa de Dilma Rousseff

“Um quinto dos eleitores de José Serra (PSDB) avalia que o melhor programa de TV é o de Dilma Rousseff (PT). Dos que declaram voto no tucano e viram o horário eleitoral, 61% afirmam que seu programa é o melhor, mas 22% preferem o de Dilma, e outros 4%, o de Marina Silva (PV). Entre os eleitores que simpatizam com o PSDB, essa proporção é ainda mais alta: 36% dos tucanos apreciam o programa de Dilma, contra apenas 48% que preferem o de Serra, e 7%, o de Marina.

Dos eleitores de Dilma, três quartos (77%) preferem o horário de sua candidata, ante 9% que elogiam o de Serra, e 4% o de Marina. Dos simpatizantes do PT, o programa de Dilma tem a preferência de 76%; 11% apreciam o programa tucano, e 4%, o do PV. Ao todo, o programa de Dilma (que é também o mais assistido) é aprovado por 54% dos eleitores que viram o horário eleitoral, contra 26% de Serra e 7% de Marina.

Criada pelo marqueteiro João Santana, a campanha de Dilma é considerada a melhor por 32% dos eleitores de Marina (contra 37% que preferem o programa da senadora ) e por 31% dos eleitores de Plínio de Arruda Sampaio (contra 34% que elogiam o horário de seu candidato). O programa do PT é ainda o mais elogiado entre aqueles que pretendem votar nulo ou em branco (46%).”

(Folha Online)

Ufa! STF libera sátiras contra políticos nos programas de TV e rádio

“O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Carlos Ayres Britto concedeu nesta quinta-feira (26) liminar que libera a veiculação de sátiras e manifestações de humor contra políticos durante as eleições. A liminar foi pedida pela Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e TV (Abert), que ajuizou nesta quarta-feira (25), ação questionando o artigo 45 da Lei das Eleições, segundo a qual “é vedado às emissoras de rádio e televisão, em sua programação normal e noticiário usar trucagem, montagem ou outro recurso de áudio ou vídeo que, de qualquer forma, degradem ou ridicularizem candidato, partido ou coligação, ou produzir ou veicular programa com esse efeito”.

No último domingo (22), humoristas se reuniram na Praia de Copacabana, na Zona Sul do Rio, para protestar contra uma lei eleitoral que proíbe as manifestações de humor contra candidatos durante o período de campanha eleitoral.O ministro suspendeu a eficácia do artigo e determinou que as manifestações de humor contra políticos podem ser consideradas irregulares depois de sua veiculação, caso sejam questionadas na Justiça Eleitoral. A decisão de Ayres Britto foi baseada em julgamento anterior, em que a corte decidiu que a liberdade de informar deve ser irrestrita.

Britto não analisou na decisão liminar o mérito da ação apresentada pela Abert , o que deverá ser feito pelo plenário do STF. Na ação, que questiona a norma, a Abert argumenta que a lei gera “efeito silenciador” e obriga as emissoras a evitar a divulgação de temas políticos polêmicos para não serem acusadas de “difundir opinião contrária ou favorável a determinado candidato”.

“Esses dispositivos inviabilizam a veiculação de sátiras, charges e programas humorísticos envolvendo questões ou personagens políticos durante o período eleitoral. As liberdades de manifestação do pensamento, da atividade intelectual, artística, científica e de comunicação constituem garantias tão caras à democracia quanto o próprio sufrágio”, afirma a entidade na ação.Ao final da sessão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), na noite desta quinta, o presidente da corte, Ricardo Lewandowski, informou aos ministros a decisão tomada pelo STF.”

(Globo.com)

Datafolha/O POVO – Dilma tem 47 pontos percentuais sobre Serra no Ceará

A candidata a presidente da República pelo PT, Dilma Rousseff, está 47 pontos percentuais à frente de José Serra (PSDB) na corrida presidencial no Ceará. É o que mostra pesquisa Datafolha/O POVO divulgada nesta quinta-feira pela TV O POVO. Dilma tem 63% das intenções de voto entre os cearenses, e Serra 16%. A candidata do PV, Marina Silva, registrou 5%.

Dos demais candidatos nenhum atingiu 1% das intenções de voto. De acordo com a pesquisa, brancos e nulos totalizam 4% e os que não sabem, 11%.

A pesquisa foi feita entre esta terça-feira, 24, e quarta-feira, 25, e retrata a nova realidade pós-horário eleitoral gratuito e pós-debate do Grupo de Comunicação O POVO. A margem de erro é de 2 pontos percentuais para mais ou para menos. 

2º turno

Dilma, num segundo turno, também venceria Serra. Ela obteve 69% e o tucano, 21%. Brancos e nulos totalizam 4% e os que não sabem, 5%, segundo Datafolha/O POVO..

CGU demite servidora do Ministério da Cultura acusada de corrupção

“Foi publicada no Diário Oficial da União desta quinta-feira (26) a demissão da servidora do Ministério da Cultura (Minc) Adriana Ferraz, acusada de cobrar propina para acelerar a tramitação de projetos que buscavam incentivos fiscais decorrentes da Lei Rouanet. A demissão consta de portaria assinada pelo ministro-chefe da Controladoria-Geral da União (CGU), Jorge Hage. O crime foi descoberto em 2007, após denúncia recebida pelo Minc e encaminhada à CGU, que solicitou à Polícia Federal a abertura de inquérito, batizado de Operação Mecenas.

Vale lembrar que “demissão” no serviço público é uma penalidade aplicada ao servidor efetivo, aprovado em concurso. A demissão se dá após a realização do devido processo administrativo disciplinar em que o servidor tem todas as oportunidades para se defender.

Durante as investigações, ficou comprovado que Adriana agia em conjunto com uma empresa de consultoria, chamada Mecenas, e que, para agilizar a colocação em pauta dos projetos culturais a serem apreciados pelo Minc, cobrava comissão que variava de 1% a 5% do valor de cada projeto. Na época ela ocupava o cargo de coordenadora na Secretaria de Incentivo e Fomento à Cultura.”

(Site da CGU)

Mulheres apoiadoras de Dilma querem revisão na legislação que trata do aborto

“Ao mesmo tempo em que a candidata do PT à Presidência, Dilma Rousseff, esquiva-se de fazer compromissos sobre o tema aborto a fim de se aproximar das igrejas e cristãos, as Mulheres do PT e a comissão suprapartidária encarregada de debater o programa de governo da petista pregam mais abertamente o debate da legislação vigente e mudanças comportamentais. Para as mulheres – do PT e de partidos da coligação – envolvidas nas discussões do programa de governo, Dilma, se eleita presidente, deve “estimular a revisão da legislação que restringe a autonomia da mulher sobre seu próprio corpo, gerando problemas de saúde pública”.

A afirmação é feita em documento divulgado pela Secretaria Nacional de Mulheres do PT, elaborado após realização da plenária nacional nos dias 11 e 12 de junho. Foi divulgado na última edição do jornal Movimentos, do PT, dias depois de Dilma ter lançado sua “Carta aberta ao povo de Deus”, em que joga ao Congresso a responsabilidade de “encontrar o ponto de equilíbrio” em relação a temas como aborto e a união civil de homossexuais.

Genérico

Dirigentes da sigla negam que o documento tenha divergências em relação ao pensamento da candidata. Cuidadoso, o texto não menciona as palavras “descriminação do aborto”. “Estamos tratando isso de forma muito genérica. O governo de Dilma não vai fazer qualquer proposição nesse sentido”, afirmou a deputada Maria do Rosário (PT-RS), integrante da comissão encarregada de elaborar o programa de governo neste setor.”

(Agência Estado)

Telebrás – Seis cidades do Ceará entre beneficiadas com sistema banda larga

124 1

“O presidente da Telebrás, Rogério Santanna, anunciou nesta quinta (26) a lista das 100 primeiras cidades que serão conectadas à internet rápida pelo Plano Nacional de Banda Larga (PNBL). Os Estados com mais cidades contempladas na primeira fase do PNBL serão Bahia, Minas Gerais e Rio de Janeiro, cada um com oito municípios. Em seguida, com sete cidades, estão Espírito Santo, Paraíba, Rio Grande do Norte e São Paulo.

O Nordeste será a região com maior número de municípios atendidos, com 58 no total, seguido do Sudeste, com 30.

Os critérios de escolha da Telebrás levaram em conta municípios com menor densidade de banda larga, menor índice de desenvolvimento humano (IDH), com programas de inclusão social e distribuição por Estado.

(Folha Online)

BANDA LARGA NO CEARÁ

Na lista das 100 cidades que serão beneficiadas com a banda larga da Telebras estão seis do Ceará.

– Barreira

– Maranguape

– Russa

– São Gonçalo do Amarante

– Sobral 

– Quixadá.

A Aeróbica de Serra

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=fdgHP-VywZE[/youtube]

Eis vídeo disponibilizado pelo “Mobiliza PSDB”, site do Serra. Mostra o candidato a presidente descontraído ao visitar uma academia. Ele até se arriscou numa aula de aeróbica. Como está 20 pontos percentuais atrás da petista Dilma Rousseff nas pesqiuisas, o tucano vai precisar mesmo recuperar fôlego.

José Dirceu: "Não posso, não devo e não quero ocupar ministério"

181 1

“Vinte e quatro horas depois de ter estrelado a propaganda de José Serra na televisão, José Dirceu, o grão-duque do petismo, declarou: “Eu já disse que não posso, não devo e não quero ocupar um ministério. No ano que vem, tenho meu julgamento. E minha prioridade é essa”. Na peça de publicidade eleitoral de Serra, Dirceu fora apresentado numa foto cuja legenda evocava o escândalo que orna sua biografia: mensalão. Insinuara-se que a eleição de Dilma devolveria Dirceu ao governo. Além dele, voltaria Antonio Palocci, apeado do ministério de Lula pelo caso do caseiro.

A voz de Dirceu soou em Vitória. Ele fora à capital do Espírito Santo para um encontro com o petismo local. Ouviu-o o repórter Eduardo Fachetti. Previu para 2011 o julgamento do processo em que figura como réu. E disse que sua prioridade é a obtenção de um atestado de inocência, não o governo. Estrela dos autos do mensalão, Dirceu arrosta acusações pesadas. Coisas como formação de quadrilha, lavagem de dinheiro e peculato. Acha que sairá do julgamento do STF livre do fardo. Algo que, se confirmado, o tornaria um político elegível em 2014.

Expira nesse ano a privação dos direitos políticos que lhe foi imposta quando a Câmara passou na lâmina seu mandato de deputado. Embora cassado e à espera do veredicto do Supremo, Dirceu foi brindado pelo PT com a ressurreição. Desde fevereiro, voltou a envergar o título de dirigente partidário.

Candidato a vice-governador na chapa capixaba de Renato Casagrande (PSB), o petista Givaldo Vieira deu uma idéia do prestígio desfrutado por Dirceu. Givaldo chamou-o de “nosso grande líder nacional”. Acrescentou: “Esse companheiro foi perseguido politicamente e injustamente cassado”.

Diferentemente do que insinuou o tucanato na TV, é improvável que Dilma devolva Dirceu à Esplanada na hipótese de ser eleita. O “chefe da quadrilha”, como o qualificou o ex-procurador Antonio Fernando de Souza, continuará frequentando o ambiente que mais lhe apraz: o subterrâneo.”

(Blog do Josias de Souza)

Datafolha: Aprovação de Lula chega a 79%

142 1

“O presidente Luiz Inácio Lula da Silva voltou a bater um recorde de popularidade e agora seu governo é aprovado por 79% dos eleitores brasileiros, segundo pesquisa Datafolha realizada nos dias 23 e 24, com 10.948 entrevistas em todo o país. A margem de erro máxima é de dois pontos percentuais, para mais ou para menos.

Antes da atual pesquisa, o máximo de aprovação a Lula era de 78%, registrado em pesquisa dos dias 30 de junho e 1º de julho últimos. No levantamento anterior, realizado nos dias 9 a 12 deste mês, o governo do petista teve 77% de aprovação. Desde dezembro sua taxa de “bom/ótimo” está acima de 70%. Segundo o Datafolha, hoje 17% consideram a administração federal do PT “regular”. Para outros 4% o governo é “ruim/péssimo”.

(Folha.com)

Comissão da Anistia: Processo do cineasta Eusélio Oliveira está na pauta

O processo que pede indenização para a família do cineasta Eusélio Oliveira que, durante o regime militar foi preso e demitido da ECT, está na pauta de julgamento da caravana da Comissão Nacional de Anistia. Essa caravana encontra-se nesta quinta-feira em Natal (RN).

Há também processos de mais seis cearenses. Entre eles, de Gilvan Rocha, ex-presidente do pT do Ceará, e do radialista Peixoto de Alencar.

 

Datafolha – Dilma abre 20 pontos sobre Serra

“A candidata do PT a presidente, Dilma Rousseff, manteve sua tendência de alta e foi a 49% das intenções de voto. Abriu 20 pontos de vantagem sobre seu principal adversário, José Serra, do PSDB, que está com 29%, segundo pesquisa Datafolha. Os contratantes do levantamento são a Folha e a Rede Globo.

Realizada nos dias 23 e 24 com 10.948 entrevistas em todo o país, o levantamento também indica que Dilma lidera agora em segmentos antes redutos de Serra. A petista passou o tucano em São Paulo, no Rio Grande do Sul e no Paraná e entre os eleitores com maior faixa de renda.
Em São Paulo, Estado governado por Serra até abril e por tucanos há 16 anos, Dilma saiu de 34% na semana passada e está com 41% agora. O ex-governador caiu de 41% para 36%.
Na capital paulista, governada por Gilberto Kassab (DEM), aliado de Serra, ela tem 41% e ele, 35%.

No Rio Grande do Sul, a petista saiu de 35% e foi a 43%. Já Serra caiu de 43% para 39% entre os gaúchos.

A margem de erro máxima da pesquisa é de dois pontos percentuais, para mais ou para menos. Todas as oscilações nacionais se deram dentro do limite.

Dilma tinha 47% na sondagem do dia 20 e foi a 49%. Serra estava com 30% e agora tem 29% Marina Silva (PV) manteve-se em 9%. Há 4% que dizem votar em branco, nulo ou em nenhum. E 8% estão indecisos. Os demais candidatos não pontuaram.

Se a eleição fosse hoje, Dilma teria 55% dos votos válidos (os que são dados apenas aos candidatos) e venceria no primeiro turno.

Serra se mantém ainda à frente em alguns poucos estratos do eleitorado. Por exemplo, entre os eleitores de Curitiba, capital do Paraná, onde registra 40% contra 31% de sua adversária direta.”

(Folha.com)

Lula quer criar 488 cargos comissionados no Ministério da Defesa

“O presidente Luiz Inácio Lula da Silva enviou na tarde desta quarta-feira (25) ao Congresso Nacional um projeto de Lei que cria 488 cargos comissionados no Ministério da Defesa, informou a pasta. O custo da medida será de R$ 18,9 milhões anuais.

Em solenidade no Palácio do Planalto, Lula assinou diversos documentos que reformulam a pasta, sob comando do ministro Nelson Jobim. Uma das medidas foi a sanção de lei complementar que reestrutura o Ministério da Defesa e cria o Estado Maior das Forças Armadas, cujo titular será o general José Carlos de Nardi. A lei ainda dá poder de polícia à Marinha e Aeronáutica –o Exército já tinha essa prerrogativa.

Por meio de medida provisória, Lula criou duas novas secretarias e a chefia do Estado Maior. De acordo com a Defesa, essa medida não terá impacto financeiro, uma vez que cargos técnicos foram extintos para dar lugar aos novos cargos.”

(Foha.com)

"Nosso lar" tem pré-estreia em Fortaleza

O filme “O Nosso Lar”, drama espírita dirigido por Wagner Assis, fará pré-estreia em Fortaleza nesta quinta-feira, às 21 horas, no Cine do Shoppin Iguatemi. No papel principal, o ator Renato Pietro e um roteiro que procura mostrar que há vida além da morte.

A ONG Estação da Luz, que produziu os filmes “Bezerra de Menezes – diário de um espírito” e “As Mães de Chico Xavier”, apoio lançamento.

Psicólogos em clima de eleições

O Conselho Regional de Psicologia da 11ª Região (Ceará, Maranhão e Piauí) vive, nesta quarta-feira, desde cedo, um dia de votação para renovação de sua diretoria. No pleito, mais de cinco mil psicólogos aptos a votar, que sufragam a chapa única “Compromisso com a sociedade e desenvolvimento da profissão – Movimento para cuidar da profissão” apresentada e inscrita no VII Congresso Regional de Psicologia realizado nos dias 30 de abril, 1º e 2 de maio, em Fortaleza.

O processo de votação vai se estender até as 17 horas em Fortaleza e nas Capitais das demais sedes – São Luis (MA) e Teresina (PI). Na capital cearense, o psicólogo deve votar na rua Carlos Vasconcelos, 2521 – Joaquim Távora.