Blog do Eliomar

Categorias para Brasil

Marina: Brasil está sendo soterrado pela omissão e irresponsabilidade

marinasilvva

“A pré-candidata do PV à Presidência, Marina Silva, criticou neste domingo a situação emergencial no Rio de Janeiro, onde deslizamentos ocasionados pelas chuvas provocaram a morte de mais de 220 pessoas em todo o Estado. “Estamos vendo os brasileiros sendo soterrados pelo extremo da omissão e da irresponsabilidade”, afirmou.

Marina voltou criticar a polarização da campanha política em torno de nomes e não de ideias. Ela ressaltou que, entre as bandeiras do partido, estão a economia baseada na redução de emissão de carbono e na educação de qualidade, não apenas como direito. “O Brasil deve fazer jus à potência ambiental que é”, defendeu.

Em relação à política externa, a pré-candidata do PV à Presidência criticou a “audiência” dada ao o presidente do Irã, Mahmoud Ahmadinejad, e a “relativização” dos direitos humanos fundamentais, embora tenha ressaltado que “enxerga avanços no olhar para a África”.

Com a pré-convenção realizada hoje em São Paulo, o PV confirmou os nomes de Fábio Feldmann como pré-candidato do partido ao governo de São Paulo e do presidente do Instituto Ethos, Ricardo Young, como pré-candidato ao Senado. Hoje, ao todo, o partido conta com pré-candidatos em 10 Estados.”

(Agência Estado)

Violações a direitos de crianças e adolescentes ultrapassam um milhão no Brasil

“Conselhos tutelares de todo o país registraram desde 1997 no Sistema de Informação para Infância e Adolescência (Sipia) 1.002.558 violações dos direitos previstos no Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA). A alimentação do sistema é online e feita em tempo real, diretamente pelos conselhos tutelares. O total de violações, muda continuamente, o número indicado foi apurado no site http://portal.mj.gov.br/sipia/ nessa sexta-feira (9).

O Conselho Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente (Conanda) orienta que os conselhos tutelares sempre façam uso do sistema no atendimento. “A ideia é o conselheiro identificar alguma forma de violação e poder, de pronto, dentro do próprio sistema, fazer o encaminhamento correspondente”, explica Walisson Araújo, coordenador-geral do Sistema de Garantia dos Direitos da Secretaria de Direitos Humanos (SDH).

De acordo com o Sipia, a principal violação é a do direito à convivência familiar e comunitária (previsto no Artigo 16 do ECA). Mais de 467 mil ocorrências (46,66%) são relativas à falta desse direito. Além disso, o Sipia registra quase 24% de ocorrências de restrições à liberdade ou de ofensa ao respeito ou à dignidade (acima de 239 mil registros); e marca mais de 21% (acima de 212 mil registros) de desrespeito aos direitos de acesso à educação, cultura, ao esporte e lazer, obrigações do Estado.

Na semana passada, quando os registros ainda assinalavam 1.000.759 ocorrências, o perfil predominante de vítimas era do sexo masculino (53,25%) e de cor branca (62%). As ocorrências se equilibravam entre crianças de até 11 anos de idade (50,53%) e adolescentes de 12 a 18 anos (49,47%). A idade com mais registro foi de 15 anos, quase 90 mil ocorrências. Mães (256 mil registros) e pais (218 mil registros) eram, até aquele momento, os principais violadores de direitos, e a escola (46 mil registros) o local público com mais ocorrência de violações.

De acordo com Walisson Araújo, o tipo de direito violado, o perfil da vítima e dos violadores de direito não mudou desde quando o Sipia entrou no ar. “Existe aí uma rotina e constância de direitos violados e agente violador”. Nesse período, “há um número muito expressivo de violações no âmbito familiar, principalmente no que se refere a castigos corporais e negligência, ao mesmo tempo em que o Estado continua sendo um grande agente violador. Apesar da universalização do ensino fundamental, ainda há registros de falta de escola e falta de informações aos pais sobre a frequência do aluno”, exemplificou.

Para o ex-secretário executivo do Conanda e atual pesquisador da Universidade Católica de Brasília, Benedito dos Santos, é uma contradição social o fato de o Estado e a família, que deveriam proteger as crianças e adolescentes, serem os principais violadores de direitos.

Ele chama a atenção para a persistência do castigo físico entre as principais formas de violação de direitos das crianças e adolescentes. “Há alguma opacidade nisso, mas a agressão física passou a compor todos os rankings de violações. Em 20 anos do ECA, o Estado enfrentou pouco a violência física dentro de casa”, lamenta.

Em termos absolutos, o Paraná é o estado com mais ocorrências registradas (mais de 422 mil). Roraima é o que tem menos registros (apenas 16). O registro depende da iniciativa dos conselheiros e da capacidade instalada nos conselhos tutelares. Para melhorar o uso do Sipia e acabar com a subnotificação, a Secretaria dos Direitos Humanos está capacitando conselheiros de 1.990 municípios do semiárido e do programa Territórios da Cidadania.

Não há informação sobre o número exato de crianças e adolescentes que tiveram seus direitos violados. Isso porque o sistema dá prioridade às ocorrências das violações. Uma criança que é explorada sexualmente tem sua ocorrência como violação à liberdade, respeito e dignidade. Se a prática implicar o afastamento da criança da escola, o conselho tutelar também vai assinalar que a criança  teve violado o seu direito à educação.

SERVIÇO

A senha de acesso ao Sipia e agendamento dos treinamentos é responsabilidade dos órgãos estaduais que lidam com a área de direitos humanos. Para localizar o contato dos administradores estaduais, os conselheiros tutelares podem ligar na SDH nos telefones (61) 2025.3961 ou 2025. 9336.”

(Agência Brasil)

Ex-presidente da Funasa e a calamidade no Rio

Eis o que escreveu em seu site – Scenarium, o ex-ministro e deputado federal Paulo Lustosa, acerca do quadro lamentável – com mortes, provocado pelas chuvas. Lustosa também presidiu a Funasa. Confira:

Uma coisa é certa. As pessoas só tendem a cuidar de um problema quando ele se tornou de tal monta, tão grande, que não há como fugir de enfrentá-lo. Se existe algo que o Brasil nunca institucionalizou foi a preocupação em definir cenários possíveis para o seu amanhã e, a partir de tais cenários, estabelecer opções de políticas públicas destinadas a criar rumos de ação e adotar medidas preventivas para problemas e dificuldades.

Falar que o Brasil, desde a época de Delfim Neto, como “tzar” da economia, abandou, de vez, qualquer veleidade de um planejamento estratégico, nem que fosse de característica indicativa, é senso comum. Recentemente, alguns estudiosos têm ousado a, pelo menos, discutir a “agenda perdida” pelo Brasil, máxime na década passada, e propor uma nova agenda para inserir o País no contexto do crescimento econômico mundial.

Para certos economistas, ditos pragmáticos, planejamento ou visão estratégica de futuro é coisa de futurologia ou exercício acadêmico de pseudo-economistas desocupados e diletantes. Mas, a tragédia do Rio, que veio após a tragédia de São Paulo; que se fez após a desgraça de Angra dos Reis e que ocorreu logo depois do que se abateu sobre Santa Catarina, mostra que as cidades brasileiras não foram preparadas para situações como as que ora atingem o Rio de Janeiro.

Até um sistema mínimo de monitoramento do clima para antecipar tempos de pluviometria incomuns e, consequentemente, permitir a evacuação de áreas de risco, inexiste. Alguém diria, mas, se por acaso, se pretendesse remover populações para novas áreas, na transição, que estrutura se teria para tanto? Ora, isto é tão fácil e as Forças Armadas mostraram como tal logística pode ser aplicada, como ela fez agora no Haiti.

O problema é outro. Não se faz planejamento urbano. Não se tem uma Defesa Civil aparelhada, não se tem coragem de retirar populações em áreas de risco e, até um programa saudado como importante de urbanização de favelas, tem como previsto, para este ano, talvez atender mais cinco favelas das mais de seiscentas existentes. E o que se faz para não permitir a expansão das mesmas? O que se tem feito em termos de transportes de massa para as populações de baixa renda? É. A agenda é extensa, a sensibilidade é pouca e o compromisso inexiste

STF decide na quinta-feira se solta Cacciola

“Se na quarta-feira a sessão plenária do STF (Supremo Tribunal Federal) deve ser tomada pela discussão da ação que questiona a Lei de Anistia, na quinta, como já é tradição, os ministros se voltam a matérias penais. Nesta semana devem ser julgados dois casos rumorosos: o pedido de libertação do ex-banqueiro Salvatore Cacciola e a possível abertura de ação penal contra o senador Mão Santa (PMDB-PI).

Leia mais:
Supremo nega mais um pedido de liberdade de Salvatore Cacciola
Cacciola tem pena de 13 anos mantida pela Justiça Federal
Senador Mão Santa é denunciado por contratação irregular de funcionários

No hábeas corpus levado ao Supremo, os advogados de Cacciola pedem a liberdade do ex-banqueiro, condenado em primeira e segunda instâncias por gestão fraudulenta do Banco Marka e por corrupção de servidor público (do Banco Central), que teriam causado um rombo de mais de R$ 1 bilhão.

Cacciola está preso em Bangu 8, no Rio de Janeiro, desde julho de 2008, quando foi extraditado do principado de Mônaco para o Brasil. Ele havia fugido para a Itália em 2000 -após uma liminar concedida pelo ministro Marco  Aurélio Mello- onde ficou protegido por sua dupla cidadania. Como tinha um mandado de prisão na Interpol, o ex-banqueiro foi preso em Mônaco, onde foi passar férias.

Como o processo ainda está em fase de apelação, Cacciola pede o direito de recorrer em liberdade da pena de 13 anos de prisão e multa. O pedido de HC é baseado no princípio da presunção da inocência até que a sentença transite em julgado (não exista mais possibilidade de recursos).

Apesar do histórico de fuga, a defesa do ex-banqueiro sustenta que ele preenche os requisitos para aguardar o final do processo em liberdade. Se for solto, não comprometerá a ordem pública e econômica, a instrução criminal e a aplicação da lei penal. A defesa sustenta que Cacciola teria avisado à Justiça que se mudaria para a Itália, mas 15 dias depois ele foi decretado revel no processo. O STF cassou a decisão de soltá-lo.

(Última Instância)

Rio tem 223 mortos vítimas das chuvas

“O Estado do Rio de Janeiro já tem 223 mortos vítimas das chuvas recentes, informou neste sábado o Corpo de Bombeiros, que ainda busca corpos de cerca de 200 pessoas soterradas, em meio a críticas à omissão das autoridades à construção de favelas em áreas de risco.

Os socorristas prosseguem com o trabalho de resgate no Morro do Bumba, em Niterói, onde ocorreu o pior dos deslizamentos.

No local já foram resgatados mais de 30 corpos, enquanto se aguarda notícias sobre outras 200 pessoas, que poderia estar sob toneladas de lama e escombros.

Neste sábado pela manhã, sob um sol reluzente, os trabalhos de resgate prosseguiam em Niterói, a cidade fluminense mais afetada pela tragédia, com 141 mortos até o momento. A capital do Estado registra 63 mortos.

Os moradores querem, agora, explicações das autoridades sobre um fenômeno que se arrasta há décadas: a construção de habitações precárias em áreas de risco, permitida pelos governos, e considerada a principal causa da tragédia em Niterói.

A favela do Morro do Bumba cresceu sobre um velho depósito de lixo, compactado pelo tempo, sem maiores cuidados.

O geólogo Marcelo Motta, que participou de um estudo técnico sobre as causas do deslizamento, explicou à rede de televisão Globo News que “duas fissuras no terreno estiveram na origem” do problema.

As fissuras na estrutura da montanha onde foi depositado o lixo desencadearam um movimento em massa, empurrando os resíduos, já encharcados d’água, liberando, também, gás metano.

“O material sobre o qual foram construídas as casas é pouco sólido, deslocando-se facilmente”, destacou o geólogo.

O governador do Estado, Sérgio Cabral, culpou na sexta-feira toda a sociedade por tragédias como a de Niterói.

“Fui criticado quando quis construir muros em algumas favelas para evitar que se expandissem. Os demagogos nos criticaram. E a demagogia mata”, defendeu-se.

Na cidade do Rio de Janeiro, o prefeito Eduardo Paes assinou um decreto que autoriza a remoção à força de moradores que insistirem em permanecer em casas construídas em áreas de risco.

Agora, a ameaça paira sobre outro morro vizinho ao Bumba, também ocupado por uma favela: o Morro do Céu.

O lugar, que inicialmente funcionava como fazenda, começou a ser utilizado como depósito de lixo em 1983. É lar de centenas de pessoas que se mostram temerosas de que ocorra uma nova tragédia.

Lucia Pedrosa, uma moradora do local, contou à AFP que há alguns anos a prefeitura de Niterói afirmou que desalojaria os ocupantes, indenizando-os, mas isso não ocorreu. “Vieram avaliar. Apresentamos todos os documentos que possuíamos … mas até agora nada”, desabafou.”

(Agência Estado)

Mais de 15,1 milhões foram vacinados, diz Ministério da Saúde

“O Ministério da Saúde informa que, até as 12 horas deste sábado (10), mais de 15,1 milhões de pessoas foram vacinadas contra a nova gripe. A campanha de imunização começou em 8 de março. Neste sábado, o governo promove o chamado “Dia D” da vacinação. O objetivo é mobilizar gestantes, pessoas com doenças crônicas, crianças de seis meses a menos de 2 anos e jovens de 20 a 29 anos. Trinta e seis mil postos de saúde devem permanecer abertos.

O “Dia D” de vacinação contra a gripe para os idosos deve ocorrer em 24 de abril. A partir desta data, até 7 de maio, será realizada a Campanha Nacional de Vacinação do Idoso contra a gripe comum. Quem tiver doença crônica também deve ser vacinado contra a gripe pandêmica.

Ainda de acordo com o Ministério da Saúde, do início do ano até 3 de abril, 361 pessoas foram internadas com doença respiratória grave no país. Desse total, 56,2% dos pacientes eram da Região Norte. No mesmo período, foram confirmados 50 óbitos, sendo 25 no Pará.”

(Com Agências)

Câmara aprova concessão de 13 salário para "soldados da borracha"

“A Comissão de Finanças e Tributação aprovou nesta semana a concessão de gratificação natalina (13º salário) aos “soldados da borracha”, os seringueiros recrutados pelo governo brasileiro em 1943 para trabalhar na Amazônia, a fim de suprir a grande demanda de borracha dos países aliados durante a Segunda Guerra Mundial. O relator da matéria, deputado Paulo Maluf (PP-SP), disse que os recursos para o pagamento dos benefícios, no total de R$ 10 milhões, estão previstos no Orçamento da União.

O Projeto de Lei 932/07, do deputado Mauro Nazif (PSB-RO), altera a Lei 7.986/89, que concedeu pensão vitalícia a esses seringueiros.

Segundo o deputado Nazif, o projeto apenas iguala o benefício dos “soldados da borracha” a outros concedidos pelo Poder Público, como aposentadorias e pensões a anistiados. Atualmente, os ex-seringueiros recebem apenas pensão vitalícia mensal, no valor de dois salários mínimos.

TRAMITAÇÃO

A proposta, que tramita em caráter conclusivoRito de tramitação pelo qual o projeto não precisa ser votado pelo Plenário, apenas pelas comissões designadas para analisá-lo. O projeto perderá esse caráter em duas situações: – se houver parecer divergente entre as comissões (rejeição por uma, aprovação por outra); – se, depois de aprovado pelas comissões, houver recurso contra esse rito assinado por 51 deputados (10% do total). Nos dois casos, o projeto precisará ser votado pelo Plenário., já foi aprovada pela Comissão de Seguridade Social e Família e será encaminhada à Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania.”

(Agência Câmara)

Marco Maciel é conferencista em congresso sobre direito eleitoral em Fortaleza

maciel

Fortaleza será sede, nos dias 16 e 17 próximos, no Hotel Vila Galé, do III Congresso Norte e Nordeste de Direito Eleitoral. O evento reunirá os maiores especialistas brasileiros na área e é uma  promoção do Instituto Norte e Nordeste de Direito Eleitoral – INNDE,com o apoio do TRE-CE, Corregedoria Eleitoral, Escola Judiciária Eleitoral do Ceará, Procuradoria Regional Eleitoral e Procuradoria Geral de Justiça.

O público alvo do evento são os advogados, magistrados, membros do Ministério Público, assessores e dirigentes partidários, assessores políticos e estudantes de direito. Para o presidente do INNDE e do Congresso, advogado Leonardo Carvalho, a realização das eleições  é um acontecimento que mobiliza a opinião pública, no que exige maior conhecido da legislação eleitoral por parte de todos. Entre conferencistas, o senador Marco Maciel (DEM-PE).

PROGRAMAÇÃO

Dia 16 de abril – (Sexta-feira)

8h30min – Abertura pelo presidente do TRE/CE, desembargador Luiz Gerardo de Pontes Brígido, também presidente de honra do Congresso.

9 horas – Palestra  –  A JUSTIÇA ELEITORAL COMO INSTRUMENTO DE CONTROLE E FISCALIZAÇÃO DA LEGITIMIDADE DAS ELEIÇÕES

Palestrante: MARCELO ROSENO – Presidente da Associação Cearense de Magistrados.

10h15min – Palestra –  A AÇÃO DO MINISTERIO PUBLICO COMO FISCALIZADOR DA LEI E NO COMBATE À CORRUPÇÃO ELEITORAL

Palestrante: ALESSANDER SALES – Procurador Regional Eleitoral (CE).

11h15min – Palestra –  AÇÕES ELEITORAIS E O ABUSO DE PODER

Palestrante: MARCUS VINICIUS FURTADO COELHO – Advogado e secretário-geral do Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil (DF).

14h30min – Palestra –  MINIRREFORMA ELEITORAL: ASPECTOS ATUAIS DA PROPAGANDA ELEITORAL E OS DESAFIOS DO USO DA INTERNET NA CAMPANHA DE 2010

Palestrante: PEDRO ROBERTO DECOMAIN – Promotor de Justiça (PR).

15h30min – Palestra – AÇÕES ELEITORAIS: CAPTAÇÃO E GASTOS ILÍCITOS – A BUSCA DA EFETIVIDADE DAS DECISÕES ELEITORAIS.

Palestrante: JOSÉ JAIRO GOMES –  Procurador Regional Eleitoral e professor-adjunto na Universidade Federal de Minas Gerais (MG).

16h45min – Palestra – PRINCIPIOS CONSTITUCIONAIS ELEITORAIS – ELEGIBILIDADE X INELEGIBILIDADE

Palestrante: Jurista DJALMA PINTO – ex-procurador-geral do Estado.

17h45min – Palestra – REGISTRO DE CANDIDATURA – QUITAÇÃO ELEITORAL, DESAPROVAÇÃO DE CONTAS E DESINCOMPATIBILIZAÇÃO

Palestrante: jurista WALBER DE MOURA AGRA – (PE).

Dia 17 de abril – (Sábado)

9 h0ras – Palestra –  A PRODUÇÃO E O CONTROLE DA PROVA NO PROCESSO JUDICAL ELEITORAL.

Palestrante: FERNANDO NEVES – Advogado e ex-ministro do TSE (DF).

10h15min – Palestra –  LIMITES DA ATUAÇÃO DO AGENTE PÚBLICO NAS ELEIÇÕES DE 2010

Palestrante: Jurista EDUARDO FERRÃO – (DF).

Tema: REFORMA POLÍTICA – PARADIGMAS A SEREM ENFRENTADOS

Palestrante: MARCO MACIEL – Senador da República – (PE)

12h10min – Encerramento.

Garis não aceitam acordo com Borys Casoy

“Os garis que processaram a TV Bandeirantes por causa de um comentário ofensivo do jornalista Boris Casoy que vazou no ar não chegaram a um acordo com a emissora, em audiência realizada pela Justiça do Rio na última quarta-feira, informa o site Última Instância.

O juiz Brenno Mascarenhas, do 4º Juizado Especial Cível do Rio, marcou uma nova audiência para o próximo dia 30, quando será lida a sentença. Os cerca de 800 garis envolvidos no processo pedem indenização por danos morais pelas declarações do jornalista durante a edição do “Jornal da Band” do dia 31 de dezembro de 2009.

Sem saber que o áudio estava sendo transmitido, Casoy comentou: “Que merda: dois lixeiros desejando felicidades do alto da suas vassouras. O mais baixo na escala do trabalho”. O vídeo caiu na internet algumas horas depois e foi repudiado por internautas.

“Foi um erro. Vazou, era intervalo e supostamente os microfones estavam desligados”, disse, em conversa com a Folha Online por telefone, na mesma semana. “Errei mesmo. Falei uma bobagem, falei uma frase infeliz. E vou pedir desculpas.” Casoy é conhecido pelo bordão “Isso é uma vergonha”.

(Folha Online)

>> Veja o vídeo aqui

Gilmar Mendes: Intervençao no DF fica para o futuro presidente do STF

“O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Gilmar Mendes, afirmou, ensta sexta-feira, em entrevista, contrariando declaração que fizera anteriormente, que “não haverá tempo” em sua gestão, que se encerra no dia 23 de abril, de tomar uma decisão em torno do pedido de intervenção federal no Distrito Federal, feito pelo procurador-geral da República, Roberto Gurgel.

Gilmar Mendes acrescentou que a questão, de qualquer forma, “estará em boas mãos”, se referindo ao ministro Cezar Peluso, que vai assumir a presidência da Corte, e que ficará encarregado de tomar a decisão.

Gurgel, por sua vez, disse no STF, hoje pela manhã, que ainda está trabalhando no segundo pedido de informações que Gilmar Mendes fez sobre o pedido de intervenção federal no DF.”

(Agência Brasil)

CNJ doa equipamentos de informática para tribunais

“O Conselho Nacional de Justiça (CNJ) iniciou as doações de equipamentos de informática para os tribunais de justiça deste ano de 2010. Estão previstos R$ 30,2 milhões em mais de 15 mil unidades de equipamentos como microcomputadores, scanners, impressoras, aceleradores de rede, servidores, gabinetes para os servidores, aparelhos de videoconferência, licenças de softwares e certificados digitais.

O objetivo do Conselho, que anualmente faz doações deste tipo aos tribunais, é colaborar para a modernização da área de informática do Poder Judiciário e, com isso, possibilitar a melhoria do serviço da Justiça aos cidadãos. Neste ano, as doações do CNJ aos tribunais foram definidas a partir das respostas dos próprios tribunais ao questionário sobre governança de Tecnologia de Informação (TI) aplicado pelo Conselho no ano passado.

Segundo o juiz auxiliar da presidência do CNJ Paulo Cristóvão de Araújo Silva Filho, um dos objetivos da política de investimentos na área tecnológica do Conselho, é assegurar que todos os tribunais tenham pelo menos um computador por servidor. “Uma das nossas prioridades é direcionar equipamentos para a melhoria da infraestrutura de acesso”, ressaltou o juiz auxiliar. Entre os critérios utilizados para definição da política de recursos tecnológicos está a idade dos equipamentos atualmente em uso pelos tribunais. A expectativa do CNJ é concluir a entrega de todos os equipamentos aos tribunais até o final do primeiro semestre.”

(Site do CNJ)

Quer ser da Defensoria Pública da União?

Prosseguem, até o próximo dia 25, as inscrições para o concurso da Defensoria Pública da União (DPU). A seleção visa contratar 311 profissionais para vagas efetivas, além de formação de cadastro reserva, em cargos da área administrativa de nível médio e superior.

Das oportunidades, 11 são para o Ceará. E destas, 3 são para o cargo de agente administrativo (nível médio), 2 para analista técnico administrativo, e uma nas funções de bibliotecário, contador, economista, sociólogo, técnico em assuntos educacionais e técnico em comunicação social – publicidade propaganda. As remunerações dos cargos variam de R$ 2.299,42 a R$ 3.532,95,

A taxa de participação é de R$ 65, para os que optarem em concorrer nos cargos de nível superior, e R$ 50, nos cargos de nível médio.

SERVIÇO

Acesse aqui o edital do concurso

Acesse a página de informações da seleção

VAMOS NÓS – E por falar nisso, cadê a convocação de mais 30 defensores públicos aprovados em concurso realizado no Ceará ano passado? Com a palavra a defensora-pública geral Francilene Gomes.

Seriado "Malhação" entra na luta contra o "crack"

malhacas

Cena de jovem drogado em “Malhação”

Finalmente, a Rede Globo, que adora fazer a cabeça do brasileiro, engaja-se à luta contra essa droga chamada “crack”. Merece aplauso, embora que tarde, mas todo apoio é fundamental na luta contra essa praga que vem matando nossas crianças e adolescentes principalmente.

Ou alguém não se deparou em cruzamentos de Fortaleza, por exemplo, com tantos drogados roubando, matando ou querendo um “trocadim” para saciar essa sede incontrolável?

O “crack” é uma peste que vicia de imediato e que ronda nossas casas, sem que haja campanha ou ação mais ostensiva.

Que a Rede Globo, agora resolvendo abordar o problema no seriado “Malhação”, amplie essa sua atuação. Que demais meios de comunicaçaõ entrem nessa onda e cumpram seu papel social.

Livro que inspirou filme "Chico Xavier" será lançado em Fortaleza

marcellobo

Marcel e Fernando Lobo.

Já está em Fortaleza o jornalista Marcelo Souto Maior (TV Globo), autor do livro “As Vidas de Chico Xavier”, que inspirou o filme “Chico Xaveir”, sucesso de bilheteria no País.

Ciceroneado por Fernando Lobo, da ONG Estação da Luz, Souto Maior lançará a publicação nesta sexta-feira, às 19 horas, na Livraria Saraiva (Iguatemi).

(Foto – Paulo Moska)

ECT lança selo em homenagem a Zilda Arns

A Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT) lançará nesta sexta-feira, a partir as 10 horas, na Casa de Encontro Maria Auxiliadora, selo em homenagem a Zilda Arns, fundadora da Pastoral da Criança.

O ato contará com a presença de Ana Rute Goes, da coordenação nacional, e de Maria Ester Guimarãers, coordenadora estadual da Pastoral da Criança. Zilda Arns foi uma das vítimas do terremoto que abalou o Haiti.

O selo foi idealizado pela artista plástica Thereza Fidalgo e já está disponível ao preço de R$ 1,45.

SERVIÇO

LOCAL – Rua Frei Cirilo, 2915 – Bairro Cambeba

Cassino Brasil – Loterias da Caixa faturam R$ 1,44 bi no 1º trimestre deste ano

“As loterias da Caixa arrecadaram R$ 1,44 bilhão no primeiro trimestre deste ano, de acordo com os dados da Caixa Econômica Federal divulgados na manhã desta quinta-feira. O número representa um aumento de 30% em relação ao mesmo período do ano passado.

O concurso que arrecadou mais dinheiro foi a Mega-Sena, que somou R$ 886 milhões até março, um crescimento de 46% em relação ao primeiro trimestre de 2009.

Segundo a Caixa, o aumento é resultado de grandes prêmios acumulados durante período, como o de R$ 72 milhões sorteado em fevereiro, que bateu recorde. O prêmio foi o maior pago em sorteios regulares da Mega-Sena.

Mega-Sena

O concurso número 1.169 da Mega-Sena, que será sorteado no próximo sábado (10), deve pagar R$ 47 milhões para a aposta que acertar as seis dezenas sorteadas, segundo estimativas da Caixa Econômica Federal.

Ontem (7), nenhum bilhete acertou os números do concurso 1.168 e o prêmio acumulou. Os números sorteados na ocasião em Cafelândia (SP) foram: 04 – 05 – 20 – 47 – 53 – 56.

(Folha Online)

Aposentados que ganham acima do mínimo terão 7,7% de reajuste

“Os aposentados e pensionistas do INSS que recebem acima de R$ 510 poderão ter um complemento no reajuste de 6,14% dado em janeiro, para que o índice chegue a 7,72%.

Esse acordo foi fechado ontem entre representantes dos aposentados, deputados e senadores, que defendiam o aumento de 9,67%, e lideranças do Governo na Câmara e Senado.

A votação do novo aumento deve acontecer na próxima semana. O acordo prevê que Câmara e Senado irão aprovar o mesmo índice sem objeção. As emendas que preveem reajuste maior serão derrubadas. O repasse do INSS será retroativo ao mês de janeiro.
O Governo fez pressão para manter evitar o aumento extra. O líder do Governo na Câmara, deputado federal Cândido Vaccarezza (PT-SP) argumentou que o percentual de 6,14% é superior ao reajuste da maioria das categorias de trabalhadores.

“Foi uma grande vitória dos aposentados que não desistiram da luta por um aumento melhor” diz o senador Paulo Paim (PT-RS), autor da proposta de reajuste de 9,67%.
“Não conseguimos o mesmo índice do mínimo como era a reivindicação inicial, mas conquistamos um índice melhor”, diz Warley Gonçalves, presidente da Confederação Brasileira dos Aposentados (Cobap).

Os 7,7% representam 80% do crescimento do PIB de 2008 mais a inflação de 2009. Para que o aumento fosse igual ao do mínimo (9,67%), os aposentados teriam que receber 100% do crescimento do PIB.”

(Diário de São Paulo)