Blog do Eliomar

Categorias para Brasil

Receita libera nesta 2ª feira maior restituição da história

“A Receita Federal libera a partir das 9 horas desta segunda-feira, 9, a consulta ao maior lote de restituições do Imposto de Renda da Pessoa Física (IRPF) da história. Serão devolvidos no sexto lote, o penúltimo do ano, R$ 1,968 bilhão a 2,125 milhões de contribuintes. Neste ano, a maior devolução tinha ocorrido no segundo lote, em julho, quando foram liberados R$ 1,48 bilhão.

 

Para saber se terá a restituição liberada nesse lote, o contribuinte poderá acessar a página da Receita na internet ou ligar para o Receitafone 146, informando o número do CPF. As restituições serão corrigidas em 5,39%, correspondentes à taxa Selic do período de maio a novembro de 2009. O dinheiro será depositado na conta bancária do contribuinte no dia 16 de novembro.

Caso o valor não seja creditado, o contribuinte deverá se dirigir ou ligar para uma das agências do Banco do Brasil para agendar o crédito em conta corrente ou poupança em seu nome, em qualquer banco.

 

A restituição ficará disponível no banco por um ano. Se o contribuinte não fizer o resgate nesse prazo, deverá requerê-la mediante formulário eletrônico (pedido de pagamento de restituição), disponível na  página da Receita na internet.

 

Um novo megalote também deve ser lançado em dezembro, como já anunciou o próprio ministro da Fazenda, Guido Mantega. A liberação das restituições foi uma ordem do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, preocupado com a repercussão política da declaração de Mantega de que parte das restituições poderia ficar para 2010. 

Nesta segunda também estará disponível para consulta um lote residual de 2008 cujas restituições somam R$ 32,203 milhões. Os recursos estarão corrigidos em 17,46% (Selic de maio de 2008 a novembro de 2009). Foram contemplados 12.525 contribuintes.”

 (Agência Estado)

Universidade expulsa aluna assediada por causa de vestido curto

“A Universidade Bandeirante informou em anúncio publicado em jornais paulistas neste domingo, 8, que decidiu expulsar a aluna Geisy Arruda de seu quadro discente. A estudante do curso de Turismo sofreu assédio coletivo no último dia 22 de outubro por ir ao campus de São Bernardo do Campo da faculdade com um vestido curto. O episódio ganhou repercussão na internet após vídeos do tumulto serem postados no ‘You Tube’.
No anúncio publicitário, entitulado ‘ A educação se faz com atitude e não com complacência’ a universidade diz que tomou a decisão após uma sindicância interna constatar que a aluna teve uma postura incompatível com o ambiente da universidade, frequentando as dependências da unidade em trajes inadequados. Para a Uniban, Geisy provocou os colegas ao fazer um percurso maior que o habitual, desrespeitando princípios éticos, a dignidade acadêmica e a moralidade.

A universidade afirma ainda que foi constatado que “a atitude provocativa da aluna resultou numa reação coletiva de defesa do ambiente escolar”. Ainda assim, o conselho superior declarou na nota que suspendeu temporariamente os alunos envolvidos e identificados no incidente. A Uniban também criticou o comportamento da imprensa na cobertura do caso. Segundo a universidade, a mídia perdeu a oportunidade de contribuir para um debate ‘sério e equilibrado’ sobra ética, juventude e universidade.

Segundo as cenas e os depoimentos de presentes, o tumulto começou quando a aluna subia por uma rampa até o terceiro andar e os alunos começaram a gritar. Ela ficou trancada em uma sala e, com a ajuda de um professor e colegas, chamou a polícia, que a escoltou até a saída da universidade.

De acordo com a estudante, em entrevista concedida ao estadao.com.br no último dia 30, o episódio começou “como uma grande brincadeira”. Vestida para uma festa que iria naquele noite, ela conta que no início arrancou muitos elogios com seu visual, mas a situação aos poucos inverteu. No intervalo das aulas, um “verdadeiro coral ridículo de gritos de puta” a acompanhou até que deixasse o prédio.”

(Agência Estado)

Enade – Provas serão aplicadas neste domingo

“Apesar de já terem passado um dia por vários vestibulares, cerca de 1,1 milhão de universitários voltam a ser avaliados neste domingo (8). A vantagem é que, desta vez, não tem estresse nem concorrência por uma vaga, já que o Enade (Exame Nacional de Desempenho de Estudantes) serve para avaliar a qualidade dos cursos de graduação de todo o país.

 

Para isso, o MEC (Ministério da Educação) obriga todos os calouros e os formandos de faculdades particulares e federais a fazer a prova. O exame é aplicado anualmente e avalia um determinado grupo de cursos a cada três anos – neste ano, são 22 carreiras avaliadas.

Quem não fizer a prova não receberá o diploma de conclusão de curso até regularizar sua situação junto ao ministério. O Inep, órgão que aplica a prova, colocou na internet um link para consulta de local de prova.

Ao todo, 1.103.173 de estudantes farão a prova. Destes, 681.206 são ingressantes e 421.967, concluintes. A prova será aplicada em 997 municípios e também serão avaliados 108.903 alunos irregulares, que faltaram em alguma das edições antigas da prova.”

(Com Agências)

Ceará cai para terceiro no Nordeste como destino mais lembrado para férias

A Região Nordeste foi a campeã como destino preferencial para as viagens de férias do público nacional nos próximos dois anos, segundo pesquisa feita pelo Ministério do Turismo e que queria conferir quais os Estados mais lembrados pelos visitantes.

A pesquisa foi realizada por telefone, entre os dias 17 de junho e 7 de julho deste ano, em 11 capitais do país: São Paulo (SP), Rio de Janeiro (RJ), Belo Horizonte (MG), Porto Alegre (RS), Curitiba (PR), Florianópolis (SC); Salvador (BA); Recife (PE); Fortaleza (CE); Brasília (DF) e Goiânia (GO). Foram ouvidos 2.514 brasileiros com mais de 18 anos de idade, das classes A, B, C e D.

Belezas naturais, praias e cultura local foram apontados como os principais fatores de motivação para a escolha dos destinos de férias.

Pernambuco apareceu em 11,9% das respostas, perdendo apenas para a Bahia. Em terceiro no Nordeste veio o Estado do Ceará com 9,8%. De acordo com o atual relatório, Pernambuco subiu uma posição em relação ao ranking de 2007, quando o Estado estava atrás do Ceará.

(Com JC Online)

Defensor Geral da União cumpre agenda em Fortaleza

romulo

O defensor-público geral da União, José Rômulo Plácido Sales, desembarca nesta noite de quinta-feira em Fortalza. Aqui, ele cumprirá nesta sexta-feira, a partir das 9 horas, na sede da DPU (Rua Costa Barros, 1227) agenda com o pessoal do órgão.

O objetivo é conhecer as demandas do órgão no Estadoem sua primeira visita, pois tomou posse em agosto último, informa o defensor públcio federal Carlos Eduardo Paes, chefe em exercício do órgão no Estado.

José Rômulo também conferirá, nessa mesma reunião, uma homenagem ao deputado federal Mauro Benevides (PMDB). O parlamentar foi o relator do projeto de lei de reestruturação da Defensoria Púiblica no País. A lei complementar nº 132, já sancionada pelo presidente Lula no dai 7 de outubro, padroniza o trabalho do defensor público, amplia funções da DPU, fortalece a atuação dos defensores.

No Brasil, há 1.819 pontos vulneráveis para exploração sexual infantil, diz PRF

documento

“Seja para comprar comida ou fumar crack, o fato é que milhares de crianças e adolescentes estão espalhados pelas rodovias federais brasileiras oferecendo os corpos por até R$ 2. No Brasil, há um ponto vulnerável à exploração sexual infantil a cada 26,7 quilômetros – isso considerando apenas os locais em que a Polícia Rodoviária Federal (PRF) já flagrou ou recebeu denúncia de menores de 18 anos submetidos à prostituição.

Mapeamento da PRF apontou a existência de 1.819 pontos “vulneráveis” para a exploração sexual de menores nas estradas. São postos de combustíveis, bares, boates, restaurantes ou mesmo acostamento. Trata-se da quarta edição do mapeamento feito pela PRF em parceria com a Organização Internacional do Trabalho (OIT), mas os dados gerais pouco variaram em relação à edição de 2007, com Minas Gerais e Rio Grande do Sul encabeçando a lista em número de pontos, com 290 e 217 respectivamente – os dois Estados, no entanto, têm grandes malhas viárias federais. Levando em conta quantidade e extensão das vias, os piores são Distrito Federal, Rio Grande do Norte e São Paulo.

A PRF agora vai utilizar os dados do mapeamento para dividir os locais em graus de vulnerabilidade, em parceria com o Instituto WCF Brasil. O resultado, desta vez, não será divulgado. “Achávamos que o conhecimento dos locais inibiria a atuação de criminosos. Mas constatamos que não inibiu e provocou migração para outros pontos”, afirma o presidente da Comissão de Direitos Humanos da PRF-SP, Waldiwilson dos Santos. “Vamos manter sigilo para não atrapalhar as operações.”

Mesmo após constatar a situação, a conexão com outros órgãos continua falha – somente a PRF tem o levantamento, impossibilitando cruzamento de dados. Das polícias rodoviárias estaduais, apenas a de Pernambuco manifestou interesse em fazer o mapeamento.

Pontos vulneráveis
A distribuição dos pontos vulneráveis à exploração sexual infanto-juvenil expõe conexões com as rotas dos viajantes e com bolsões de pobreza pelo País. Existem 290 áreas críticas apenas em Minas, e oito rodovias federais, incluindo as de maior tráfego – como a BR-040 e a BR-381, que ligam Belo Horizonte ao Rio de Janeiro e a São Paulo, respectivamente -, estão no mapa da prostituição. Em segundo lugar no ranking por Estados vem o Rio Grande do Sul, onde a preocupação é sobretudo com os postos de combustível.

Para o promotor José Carlos Fortes, o resultado mais importante dessas ações não é “processual”. “A publicidade sobre a ação do Ministério Público (MP) inibe a prática desse tipo de crime pelos donos dos estabelecimentos e também pelos pais.” Isso porque grande parte das crianças e adolescentes é levada para o comércio do sexo pela própria mãe que, geralmente, também foi explorada quando criança.

“A exploração sexual e a miséria também estão intimamente ligadas”, destaca o promotor. “Enquanto não combatermos a miséria, que é uma questão de longo prazo, não resolveremos a questão da exploração.” Segundo ele, os 290 pontos de vulnerabilidade levantados pela PRF coincidem com as periferias de cidades mineiras de médio porte. Já os serviços de assistência social da região metropolitana de Porto Alegre detectaram casos de prostituição de crianças de bairros pobres cortados pela BR-116.”

(Agência Estado)

DETALHE – O jornal O POVO  fez caderno especial “Documento  BR” em 2006 sobre o tema. Naquela época, repórteres Cláudio Ribeiro, Luiz Henrique Camos, Felipe Araújo e Demitri Túlio (com fotógrafo Fco Fontenele) percorreram 25 cidades que cortamas BRs 116, 020 e 222 levantando quadro sobre o Ceara.

* Clique e leia Documento BR aqui.

Câmara debate piso salarial e PCCS para agentes de saúde

raimundog

A Câmara dos Deputados promove, nesta terça-feira, no auditório Nereu Ramos, seminário sobre A Política e os Agentes de Saúde. Segundo o deputado federal Raimundo Gomes de Matos (PSDB), hora de debater e trabalhar pela aprovação do piso nacional da categoria, com direito a Plano de Cargos, Carreiras e Salários (PCCS).

Raimundo Gomes, autor da matéria, explica que  seu objetivo é aprovar o projeto como saiu do Senado. No Brasil, estão atuando cerca de 300 mil agentes de saúde e, no Ceará, pioneiro nessa atividade, conforme o tucano, são mais de 11 mil na ativa.

Mega-Sena deve pagar R$ 4 milhões na 4ª feira

Ninguém acertou as seis dezenas do concurso 1.122 da Mega-Sena sorteadas na noite de sábado (31) e o prêmio acumulou. Segundo estimativas da Caixa Econômica Federal, o valor pago na próxima quarta-feira (4) deve ser de R$ 4 milhões.

Os números sorteados em Parnaíba (PI) foram: 26 – 44 – 46 – 49 – 55 – 56.

Ao todo, 20 bilhetes acertaram a quina e devem levar R$ 56.270,34, cada um. Outros 2.425 apostadores levaram a quadra e ganharão R$ 662,97 cada um.

Na última quarta-feira (28), um bilhete de São Paulo acertou sozinho as dezenas sorteadas e levou o prêmio de R$ 22 milhões. As apostas para concorrer ao próximo concurso devem ser feitas até as 19 horas (horário de Brasília) do dia do sorteio. A aposta mínima –seis números– custa R$ 2.

Desde a criação da loteria, o maior prêmio saiu em 1999, quando um apostador de Salvador ganhou R$ 64,9 milhões.”

(Folha Online)

Estados com pior IDH gastam mais com o Poder Judiciário

“Um estudo divulgado pela Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB), nesta quinta-feira, informou que Estados brasileiros menos desenvolvidos gastam mais, proporcionalmente ao Produto Interno Bruto (PIB) estadual, para manter a estrutura do Judiciário.

Segundo dados da pesquisa, os Estados com menor Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) – medida comparativa que avalia riqueza, educação e esperança média de vida para determinar o grau de bem-estar de uma população – destinaram 1,19% do PIB em 2008 para sustentar a estrutura e o pessoal da área, enquanto os mais ricos consumiram apenas 0,61% dos respectivos PIBs.

A maneira como os estados utilizam o dinheiro também foi abordada no levantamento, encomendado pela AMB e feito pela professora Maria Tereza Sadek, da Universidade de São Paulo (USP), que utilizou os dados da publicação “Justiça em Números”, do Conselho Nacional de Justiça(CNJ).”

(POrtal Terra)

Feriadão pelo Dia do Servidor Público

O Ministério do Planejamento decretou ponto facultativo por causa do Dia do Servidor Público para esta segunda-feira. A data é comemorada na quarta-feira (28), mas o ministério decidiu antecipar a folga no Poder Executivo.

No Congresso Nacional, a segunda-feira também não terá expediente normal. Tanto a Câmara dos Deputados como o Senado adiantaram o ponto facultativo.

Somente o Poder Judiciário funcionará normalmente na segunda-feira. No Supremo Tribunal Federal (STF) e nos tribunais superiores, o Dia do Servidor foi transferido para sexta-feira (30).

O Governo do Ceará e as prefeituras como a de Fortaleza decretaram ponto facultativo nesta segunda-feira.

Aprovada inspeção veicular para todo o País

“O Conselho Nacional do Meio Ambiente (Conama) aprovou ontem a obrigatoriedade da inspeção veicular em todo o País. Atualmente, somente Rio e São Paulo têm programas para fiscalizar a emissão de gases dos carros, embora há 13 anos exista regulamentação que permite a instalação desse tipo de controle. Para garantir que a resolução não fique apenas no papel, o colegiado determinou que somente vão poder ser licenciados carros que passem pela vistoria ambiental, a exemplo do que já ocorre na capital paulista.  

A resolução determina que todos os Estados do País e os municípios com frota superior a 3 milhões de veículos criem Planos de Controle de Poluição Veicular (PCPV) – um projeto onde são incluídas diretrizes sobre quem vistoriar, como e com que periodicidade. O plano tem de estar pronto em 1 ano, a contar da data da publicação da resolução. A partir disso, as autoridades terão mais 18 meses para iniciar as inspeções veiculares. Aqueles que desejarem podem fazer um período de testes, com duração máxima de um ano. Nesse intervalo, avaliações podem ser limitadas ou sem penalidades para carros reprovados nas vistorias.

Os Estados também devem definir a área de abrangência do plano. Isso pode incluir cidades com frota de todos as dimensões. “Tudo vai depender das características de cada local, das prioridades das autoridades ambientais. Se a autoridade quiser, ela pode, por exemplo, instalar o plano em todo território do Estado”, explicou o assessor da secretaria executiva do Ministério do Meio Ambiente, Volney Zanardi Júnior. Os PCPVs devem ser periodicamente analisados, para se avaliar o impacto da medidas adotadas. O esperado é que, com a inspeção, haja uma melhoria na qualidade do ar.

A ideia é de que a inspeção comece por um grupo determinado de veículos, chamado de frota-alvo. “Cada local vai definir o grupo prioritário: podem ser carros de passeio, motos, veículos utilitários, caminhões”, explicou. No caso de carros de passeio, há uma obrigação: se eles estiverem incluídos na frota-alvo, será obrigatória a avaliação a partir do segundo licenciamento.

Esse prazo provocou polêmica ontem, durante a discussão da resolução. São Paulo reivindicava que o prazo mínimo fosse de 3 anos. O Rio, que fosse de 2 anos. A justificativa era a de que, embora haja carros relativamente novos, muitos apresentavam adulterações feitas pelos proprietários.

VALORES

A inspeção pode ser feita, no máximo, uma vez por ano. Os valores devem ser cobrados dos proprietários dos veículos. Mas as taxas serão estabelecidas pelo órgão de trânsito local. Quando o carro for reprovado, ele terá de passar por ajustes e somente então será submetido a outra análise.

Além de regras para inspeção veicular, a resolução aprovada ontem tem ainda outros dois eixos: o de padrões para emissão dos veículos e padrões sonoros e um que harmoniza toda a regulamentação sobre o tema.

Para a secretária de Mudanças Climáticas e Qualidade Ambiental do MMA, Suzana Kahn, a resolução aprovada no Conama representa um instrumento importante para a melhoria da qualidade do ar no País. “De nada adianta estabelecermos padrões do Proconve (Programa de Controle da Poluição do Ar) para veículos novos, se a frota antiga continua a rodar, emitindo padrões além do que seria ideal.”

(Agência Estado)

Mesbla ressuscita via internet

“Para os saudosos da Mesbla, uma boa notícia: a marca – que pertence ao empresário Ricardo Mansur, voltará ao mercado, mas como loja online. A previsão de retorno é para o fim de novembro.

Quem já quiser matar as saudades basta acessar o site www.mesbla.com.br – que exibe um teaser anunciando o retorno da marca, além de um link com opção para cadastro de novos fornecedores.

A empresa, que fez muito sucesso na década de 80, teve sua falência decretada em 1999. Para a loja de e-commerce entrar em ação será preciso um acordo com os antigos credores.”

* Do Blog da Link

Vítimas da guerra do tráfico no Rio voltavam de festa, diz a família

“Marcelo da Costa Ferreira, 26, foi levado por três primos a uma festa a fantasia na noite de sexta, no Rio de Janeiro, para tentar sair de uma crise de depressão que quase o levou à internação na semana passada.
Por volta das 2h de anteontem, os quatro foram fuzilados na rua Torres Homem, um dos acessos ao morro dos Macacos (zona norte da cidade).
Do grupo, só Francisco Alaílton da Silva, 22, um dos primos, sobreviveu -ele foi baleado, mas conseguiu correr. Marcelo, Leonardo Paulino, 27 e Francisco Ailton da Silva, 25 -irmão de Alaílton-, morreram.

Os quatro voltavam para casa no mesmo momento em que criminosos do morro São João preparavam-se para invadir o morro dos Macacos. A guerra de traficantes culminou com oito ônibus queimados, um helicóptero da Polícia Militar abatido e 15 mortos, entre dois policiais que estavam na aeronave e os três rapazes.

A ida à festa à fantasia foi relatada ontem à tarde por familiares dos três durante o enterro de Marcelo, Leonardo e Ailton, no cemitério do Catumbi (centro do Rio).

No fim da cerimônia, 300 pessoas homenagearam os três com aplausos de cerca de um minuto. “Há 15 dias estávamos batendo palmas para o aniversário dele”, lamentou a mãe de Marcelo, Maria da Costa Ferreira, 52.
A versão da família contrastou com a do secretário de Segurança do Rio, José Mariano Beltrame, que os contabilizou como “bandidos” durante entrevista anteontem. Nenhum dos quatro tinha ficha policial, segundo a Polícia Civil, e todos eram empregados fixos.

O comandante da PM do Rio, coronel Mário Sérgio Duarte, justificou que a afirmação do secretário foi feita com base em “notícias coletadas em um primeiro momento, e não podemos sonegar”. “Temos que passar à imprensa”, disse.

“Engajados no confronto”
Segundo ele, “as informações eram de que os outros mortos seriam engajados nos confrontos. Precisamos agora verificar inclusive a identidade de cada um. Em momento nenhum disse que tínhamos o número certo de bandidos tombados”.

Marcelo Gomes era instalador de ar-condicionado. Francisco Ailton, mecânico e seu irmão, atendente da lanchonete Habib’s. Leonardo, que comemoraria anteontem o aniversário de seu filho, trabalhava havia dez anos em empresa que prestava serviço ao hospital São Victor, na Tijuca (zona norte). O hospital São Victor e a rede Habib’s confirmaram as informações da família.

Até o fim da tarde de ontem, o estado de saúde de Alaílton não era grave, mas inspirava cuidados, segundo o hospital do Andaraí, onde ele está internado.”

(Folha)

Coordenador do Afro Reggae é assassinado

O coordenador da equipe técnica social do grupo cultural AfroReggae, Evandro João da Silva, de 42 anos, foi assassinado na madrugada de ontem (18 ) no Centro do Rio. Silva estava a caminho de uma boate na Praça XV, por volta de 1h30, quando foi abordado por bandidos na esquina das Ruas do Ouvidor e do Carmo. Ele foi enterrado na tarde de ontem, no Cemitério São Francisco Xavier, no Caju, zona portuária da cidade.

Segundo informações da polícia, Silva estava a caminho da boate com um amigo, que andava na frente do coordenador do AfroReggae. Pouco depois, o amigo ouviu pedido de socorro, mas quando chegou ao local o coordenador do AfroReggae estava no chão, ferido na barriga. Sua carteira e seus tênis haviam sido roubados. O criminoso fugiu, mas deixou a arma, um revólver calibre 38, próximo ao local do crime.

A polícia trabalha com a hipótese de assalto. A suspeita é que o assaltante tenha se assustado com o grito de socorro e atirado em Silva, que foi atingido na altura do umbigo. As investigações estão sob a responsabilidade da 5ª Delegacia Policial, do Centro, com apoio da Delegacia de Homicídios. Criado em Vigário Geral após a chacina que terminou com 21 mortos na comunidade, AfroReggae tem hoje núcleos em outras quatro favelas do Rio.

O coordenador executivo do AfroReggae, José Júnior, disse ontem que Silva estava na instituição havia nove anos e trabalhou na intermediação de conflitos nas crises envolvendo comunidades rivais, como Parada de Lucas e Vigário Geral, além de atuar em presídios. “Ele foi fundamental para o nosso trabalho e o pior é vermos ele morrer de uma forma tão banal. Farágrande falta ao Rio“, afirmou. (das agências)

STJ autoriza mudança de nome de transexual

“O transexual Clauderson passará a se chamar oficialmente Patrícia e será identificado como mulher. Uma decisão inédita do Superior Tribunal de Justiça (STJ) determinou que os registros de Clauderson, que passou por uma cirurgia de mudança de sexo, sejam alterados sem que essa mudança conste nos documentos oficiais.

Na prática, a decisão unânime dos ministros da 3ªTurma do STJ garante que seja feita uma nova certidão civil sem que nela conste anotação sobre a decisão judicial que determinou a alteração. Segundo informação divulgada pelo tribunal, o registro da mudança judicial somente poderá ser feito nos livros cartorários.

De acordo com a ministra Nancy Andrighi, que foi a relatora do processo no STJ, o registro da alteração na certidão poderia expor o transexual a situações constrangedoras e discriminatórias. Uma decisão anterior do STJ, tomada em 2007, havia determinado a mudança no registro de um transexual, mas ressaltava que essa alteração deveria constar da certidão civil.

Na ação julgada hoje no STJ, a defesa do transexual sustentou que ele cresceu e se desenvolveu como mulher, com hábitos, reações e aspectos físicas tipicamente femininos. Um laudo multidisciplinar teria atestado o transexualismo. A defesa disse que a manutenção de documentos que o identificavam como sendo do sexo masculino causava grandes transtornos.

O processo começou na Justiça de São Paulo. Na primeira instância, o transexual obteve o direito a mudar o nome e o sexo na documentação. No entanto, o Ministério Público recorreu ao Tribunal de Justiça de São Paulo e a mudança foi negada. Por esse motivo, o caso chegou ao STJ. ”

(Agência Estado)

Deputado alerta sobre crise do asfalto

Está faltando asfalto no País. Alertou, durante pronunciamento nesta quinta-feira, na Câmara, o deputado federal Marcelo Teixeira (PR). O parlamentar cobrou providências por parte da Petrobras, observando que essa situação deixa em dificuldade o programa de recuperação e reconstrução das rodovias brasileiras.

No Ceará, segundo Marcelo Teixeira expôs, a Lubnor está produzindo 7 mil toneladas de asfalto, quando a necessidade seria de 15 mil toneladas par atender a demanda do momento.

Ceará comemora 9 anos fora do Horário de Verão

No próximo domingo, terá início mais um Horário de Verão nas regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste do País, quando o ponteiro dos relógios vai adiantar em uma hora. O Ceará, a exemplo dos outros Estados nordestinos, não vai aderir pelo nono ano consecutivo. Criado para economizar energia, o Horário de Verão não tinha efeitos práticos nos Estados próximos à linha do Equador.

Durante seu mandato de deputado federal (1999 – 2002), Sergio Novais foi uma das principais lideranças políticas que conseguiu acabar com a medida na região, ao apresentar estudos realizados pelo professor Caio Lóssio Botelho.

Os estudos comprovaram que, durante esse período, havia um aumento do consumo de energia no Nordeste. Na época, mais de 10 mil cearenses aderiram a um abaixo-assinado dizendo “não” à medida que foi suspensa na Justiça a partir de uma ação popular encaminhada pelo líder socialista. O mesmo se deu em Recife (PE), com 13 mil pernambucanos sendo contrários ao Horário de Verão.

O Poder Judiciário foi sensível à pressão popular e retirou o Nordeste do horário, apesar das pressões de empresários e de políticos. O Horário de Verão causava uma série de transtornos à população. A mudança do relógio biológico acarretava problemas de saúde, principalmente a crianças e idosos, e provocava um aumento nos índices de violência urbana, pois os trabalhadores precisavam acordar uma hora mais cedo para se deslocar de trem, de bicicleta, de ônibus ou a pé num trajeto ao trabalho feito na penumbra.

Ufa! Os cearenses estão livres do Horário de Verão. Mas nós, por exemplo, que cobrimos autoridades que passam pelo Aeroporto Internacional Pinto Martins, não. Ali, o relógio é sulista.

Viúva e filha de Chico Mendes acusadas de desvio de dinheiro

“O Ministério Público do Estado (MPE) do Acre propôs à Justiça uma ação de improbidade administrativa contra Ilzamar Mendes e Elenira Mendes -viúva e filha do líder sindical e ecologista Chico Mendes-, além de Davi Cunha, marido de Elenira.

A ação foi protocolada na sexta-feira, 9, na Vara Cível de Xapuri, pelo promotor de Justiça Mariano Jeorge de Souza Melo, após ter conduzido investigação preliminar durante a qual foram ouvidos os três acusados e cinco testemunhas.

Os atos de improbidade administrativa envolvem R$ 685 mil que foram repassados nos últimos três anos pelo governo do Estado do Acre via convênios com o Instituto Chico Mendes (ICM), presidido por Elenira Mendes.”

(Blog da Amazônia)

IBGE – Apenas 36,8% dos jovens tem ensino médio completo

“Apenas 36,8% dos jovens de 18 a 24 anos têm 11 anos de estudo, o que corresponde ao ensino médio completo, escolaridade considerada essencial para avaliar a eficácia do sistema educacional de um país, segundo a Comissão das Comunidades Europeias (Eurostat).

É o que mostra a Síntese dos Indicadores Sociais de 2008 divulgada nesta sexta-feira pelo IBGE. De acordo com pesquisadores do instituto, o índice, que dobrou em relação a 1998 (18,1%), ainda é considerado extremamente baixo. 

Na comparação de cor ou raça, 40,7% dos jovens com 11 anos de escolaridade são brancos e 33,3% são pretos ou pardos. Em relação ao sexo, 39,6% são mulheres e 34% homens.

As desigualdades regionais também são evidenciadas no indicador. A região Sudeste, é a que apresenta o maior percentual (43,85%), seguida do Sul (37,7%), Centro-Oeste (35,4%), Norte (30,2%) e Nordeste (29,2%), com a taxa mais baixa.”

(Globo Online)