Blog do Eliomar

Categorias para Brasil

Sarampo – Vacinação preventiva começa nesta quinta-feira em todo o País

A partir desta quinta-feira (22), as crianças de seis meses a menores de 1 ano devem ser vacinadas contra o sarampo em todo o país. Segundo o Ministério da Saúde, a vacinação é preventiva e deve alcançar 1,4 milhão de crianças, que não receberam a dose extra, chamada de dose zero, além das previstas no Calendário Nacional de Vacinação, aos 12 e 15 meses.

“Assim, além dessa dose que está sendo aplicada agora, os pais e responsáveis devem levar os filhos para tomar a vacina tríplice viral (D1) aos 12 meses de idade (1ª dose); e aos 15 meses (2ªdose) para tomar a vacina tetra viral ou a tríplice viral mais varicela, respeitando-se o intervalo de 30 dias entre as doses”, esclarece o ministério.

A pasta enviará 1,6 milhão de doses a mais para os estados. O objetivo é intensificar a vacinação desse público-alvo, que é mais suscetível a casos graves e óbitos. A medida é uma resposta imediata do ministério devido ao aumento de casos da doença.

(Agência Brasil)

Projeto que amplia posse de armas em propriedade rural é aprovado pela Câmara

O presidente da Câmara dos Deputados , Rodrigo Maia, durante sessão para análise de emendas à Reforma no plenário da Câmara dos Deputados

O Plenário da Câmara aprovou na noite dessa quarta-feira (21), por 320 votos a 61, o Projeto de Lei 3.715/19, que autoriza a posse de arma em toda a extensão de uma propriedade rural. A medida garante ao dono de uma fazenda, por exemplo, o direito de andar com uma arma de fogo em qualquer parte de sua propriedade. Atualmente, a posse só é permitida na sede.

Durante a votação, os deputados rejeitaram uma emenda que permitiria incluir no projeto de lei um dispositivo que alteraria o Estatuto do Desarmamento para garantir porte de arma ao proprietário rural.

A segurança no campo foi o elemento central durante as discussões do projeto da proposta. Os defensores da proposta argumentaram que os agricultores precisam ter condições de se defender da criminalidade, enquanto os que se posicionavam contra o PL diziam que a medida poderia agravar a violência no campo.

O relator do projeto, deputado Afonso Hamm (PP-RS), disse a proposta tem o apoio do setor rural e que vai beneficiar os pequenos proprietários. “A arma, que nas mãos dos bandidos é uma ameaça à sociedade, nas mãos do cidadão de bem é garantia da paz social, porque ele vai usá-la em defesa da sua vida e de seus familiares”, disse.

O deputado Jorge Solla (PT-BA) disse que a posse estendida vai fomentar ainda mais a violência no campo – seja contra movimentos sociais, índios ou trabalhadores. “Só quem tem a ganhar são as milícias, são os fabricantes de arma, são os que promovem a violência no campo”, disse.

O projeto segue para sanção presidencial.

(Agência Câmara)

Deltan chegou a idealizar monumento em homenagem à Lava Jato

125 2

O procurador Deltan Dallagnol, coordenador da Lava Jato em Curitiba, chegou a idealizar um monumento em homenagem à operação na capital paranaense, mostram novas mensagens obtidas pelo site The Intercept Brasil e divulgadas pelo jornal Folha de S.Paulo, nesta quarta-feira, 21.

O plano, jamais concretizado, era visto como uma estratégia de marketing e seu objetivo era promover um concurso para uma escultura que também simbolizasse as mudanças defendidas pelos procuradores da força-tarefa, como a reforma política e o projeto de Dez Medidas Contra a Corrupção, elaborado pelo Ministério Público Federal.

“A minha primeira ideia é esta: Algo como dois pilares derrubados e um de pé, que deveriam sustentar uma base do país que está inclinada, derrubada. O pilar de pé simbolizando as instituições da justiça. Os dois derrubados simbolizando sistema político e sistema de justiça…”, escreveu, no aplicativo Telegram.

Dallagnol chegou a procurar o então juiz federal Sergio Moro. “Isso virará marco na cidade, ponto turístico, pano de fundo de reportagens e ajudará todos a lembrar que é preciso ir além… Posso contar com seu apoio?”, questionou. O ex-juiz, entretanto, não deu eco à empolgação do procurador.

(Veja Online)

Previdência dos Militares – Relator entrega parecer em setembro

O relator da comissão especial que altera o sistema de aposentadoria dos militares das Forças Armadas (Projeto de Lei 1.645/19) na Câmara dos Deputados, Vinicius Carvalho (Republicanos-SP), apresentou hoje (21) seu plano de trabalho e informou que pretende apresentar seu parecer no dia 18 de setembro.

O colegiado aprovou requerimento para debater o tema na próxima terça-feira (27) com o ministro da Defesa, Fernando Azevedo e Silva, com o comandante da Aeronáutica, Antonio Carlos Moretti Bermudez, com o comandante do Exército, Edson Leal Pujol, e com o comandante da Marinha, Ilques Barbosa Junior.

Segundo o Projeto de Lei 1.645/19, enviado pelo governo em março deste ano, os militares passarão a contribuir mais para a previdência especial e a trabalhar mais para terem direito a aposentadorias e pensões.

Pelo texto, haverá um aumento progressivo na alíquota de contribuição para a previdência dos militares. Atualmente, essa alíquota está em 7,5%. A proposta é que a cada ano seja aplicado o aumento de um ponto percentual até 2022, quando essa alíquota deve chegar a 10,5%, valor a ser praticado desse ano em diante.

A proposta do governo também prevê a reestruturação das carreiras militares. Com o conjunto de medidas, o impacto fiscal líquido deve ser de pelo menos R$ 10,45 bilhões em dez anos. Até 2022, pode alcançar R$ 2,29 bilhões.

Mudanças

A nova regra estabelece um aumento de cinco anos no tempo de serviço, aumentando de 30 para 35 anos, tanto para homens quanto para mulheres. Já a idade mínima para aposentadoria varia de acordo com a patente do militar. Quanto mais alta a patente, maior a idade mínima. Essa variação já existe na regra atual e, na proposta do governo, todas as idades são aumentadas. No caso de general de Exército, a maior patente, a idade mínima aumentaria para 70 anos.

O governo apresentou o modelo de idade mínima apenas com as patentes do Exército. As idades aumentam de cinco a seis anos para a maioria das patentes. No caso de subtenente e major, no entanto, a idade mínima aumentaria em nove anos.

Aposentadoria militar

As contribuições pagas atualmente referem-se a pensões para cônjuge ou filhos, por exemplo, e passarão dos atuais 7,5% da remuneração bruta para 10,5% em 2020, de maneira escalonada. Pensionistas, alunos, cabos, soldados e inativos passarão a pagar a contribuição.

Os militares que já tiverem 30 anos de serviço ativo na data em que a nova lei entrar em vigor terão direito de transferência para a reserva remunerada assegurado. O militar da ativa que ainda não preencher os requisitos para passar à inatividade deverá cumprir o tempo que falta para completar 30 anos de serviço acrescido de um pedágio de 17% do tempo faltante. Dessa forma, um militar com dez anos de carreira deverá trabalhar 3,4 anos além dos 30 anos. Quem tem 15 anos nas Forças Armadas deverá trabalhar 2,5 anos a mais, totalizando 32,5 anos. Quem tiver 20 anos precisará trabalhar 1,7 ano a mais, totalizando 31,7 anos.

Segundo a legislação, militares da ativa passam para a reserva remunerada e continuam à disposição das Forças Armadas, ou são reformados, momento em que passam definitivamente à inatividade.

(Agência Brasil)

Circo da Turma da Mônica apresenta em Fortaleza o musical “Brasilis”

O novo espetáculo da Mauricio de Sousa Produções – “Brasilis”, vai ser apresentado pelo Circo da Turma da Mônica no Teatro RioMar Papicu de sexta a domingo. O espetáculo enaltece as riquezas e as diversidades culturais brasileiras.

No palco, o protagonismo de Fafy Siqueira. Na trilha sonora, a potente voz de Paula Lima ao som das inconfundíveis batidas do Olodum. A presença de renomados e representativos artistas brasileiros é mais um ingrediente que faz de Brasilis – um espetáculo do Circo Turma da Mônica o maior espetáculo musical já produzido nos estúdios da Mauricio de Sousa Produções, sob a direção de Mauro Sousa.

Sinopse

Já é noite na Vila Abobrinha. Sob o céu estrelado e aos sons da natureza, Mônica, Magali, Cebolinha e Cascão estão brincando na casa do Chico Bento e falam sobre as diferenças entre a cidade e a roça. De repente, eles se deparam com a seguinte pergunta: o que é diversidade cultural? Para responder, Vó Dita, com toda sua experiência e sabedoria, contará as mais lindas histórias sobre nossas principais origens: indígenas, negros e europeus. Por meio de uma grande aventura na imaginação, a Turma da Mônica vai se encantar com as riquezas da história e da cultura brasileira, e ainda se encontrará com queridos amigos, como Milena, Papa-Capim e Jurema, para deixar a viagem ainda mais divertida! Com cenários grandiosos, muita tecnologia, efeitos especiais, mais de 100 figurinos e um elenco afiado de bailarinos e artistas circenses, a Turma da Mônica envolverá o público nessa aventura para descobrir um pouco mais sobre o nosso país e sobre nossas raízes.

SERVIÇO

*Horários

Sexta-feira, às 19h30

Sábado, às 11h e 16h

Domingo, às 11h e 16h

*Teatro RioMar Fortaleza – Rua Lauro Nogueira, 1.500 – piso L3 do Shopping RioMar Fortaleza – Papicu.

*Canais de vendas oficiais

Site: www.uhuu.com

Atendimento: falecom@uhuu.com

Bilheteria do Teatro RioMar Fortaleza.

(Foto – Divulgação)

Justiça do Trabalho do Ceará inscreve para seleção de estagiários de Direito

A Justiça do Trabalho do Ceará inscreve, até o dia 26 deste mês de agosto, estagiários de Direito para formação de cadastro de reserva em Fortaleza. A informação é da assessoria de imprensa do TRT – 7ª Região do Estado.

Estão habilitados a participar do processo seletivo os estudantes de Direito matriculados a partir do 4º período. A duração do estágio é de seis meses com possibilidade de renovação. O estagiário de nível superior no TRT/CE tem carga-horária de 4 horas diárias e recebe bolsa-auxílio de R$ 780 por mês. Além desse valor, há uma bolsa de auxílio-transporte de R$ 3,20 por dia.

De acordo com o Edital, serão reservadas 10% das vagas para pessoas com deficiência, conforme legislação vigente e desde que a deficiência seja compatível com o estágio a ser realizado. Também serão reservadas 20% das vagas, que vierem a ser preenchidas, aos candidatos negros, desde que, no ato da inscrição, declarem-se pretos ou pardos.

SERVIÇO

*As inscrições são gratuitas e devem ser feitas no período de 12 a 26 de agosto, exclusivamente pelo e-mail selecaoestagio@trt7.jus.br

*Em caso de dúvidas, entrar em contato com o CIEE (telefone 3003-2433) ou com a Seção de Gestão de Estágio do TRT/CE, pelo telefone 3388-9294.

*Confira o edital com detalhes da seleção aqui.

Encceja 2019 – Prova será realizada em 25 de agosto

Quem vai participar da edição de 2019 do Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja) precisa saber o quanto antes o local das provas. Para isso, os participantes já podem consultar os locais onde farão o exame, no domingo, 25 agosto. A informação é da assessoria de imprensa do Ministério da educação.

Para auxiliar a encontrar o local de prova, o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) elaborou um passo a passo de acesso.

Além do endereço onde o participante realizará o exame, o Cartão de Confirmação de Inscrição apresenta número de inscrição, data, local e horário das provas, indicação das áreas de conhecimento e do nível de ensino, solicitação de atendimento especializado, específico e/ou pelo nome social, se for o caso, e indicação da secretaria Estadual de Educação ou do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia que pleiteará a certificação.

Confira, abaixo, a descrição do passo a passo

o participante deverá acessar a página do Encceja;
no sistema, o participante irá clicar em “Página do Participante”;
após preencher os campos de CPF e senha e selecionar a figura indicada pelo sistema, o participante deverá clicar em “Enviar”. A página será diretamente direcionada à imagem do Cartão de Confirmação de Inscrição, na qual o participante encontrará o endereço do local onde fará a prova.

DETALHE – O Inep recomenda que todos os participantes imprimam o Cartão de Confirmação de Inscrição e o levem impresso no dia do exame, embora sua apresentação não seja obrigatória para realizar a prova.

SERVIÇO

*Confira o passo a passo para consultar locais de prova em vídeo aqui.

 

Empresário Alberto Farias lança livro na XIII Bienal Internacional do Livro do Ceará

Alberto Farias e o ex-presidente do TCU, Ubiratan Aguiar.

O escritor e empresário Alberto Farias, também líder do setor lojista, lançará nesta quinta-feira, às 20 horas, o seu nono livro intitulado “Viagens”. Será na XIII Bienal Internacional do Livro do Ceará, no Centro de Eventos – Espaço Natércia Campos.

Na publicação, de 300 páginas, Alberto Farias trata sobre motivações de viagens dentro seu estilo irônico de narração.

(Foto- Tapis Rouge)

XIII Bienal do Ceará – Socorro Acioli apresenta novas apostas da literatura cearense

A jornalista e escritora cearense Socorro Acioli, vencedora do Jabuti, o mais importante prêmio da literatura brasileira, comandará nesta quinta-feira uma esperada mesa da XIII Bienal Internacional do Livro do Ceará. Ela vai apresentar no espaço “Café Literário” seis nomes inéditos como apostas da nova safra de escritores locais. Todos estão na iminência de lançar obras no mercado editorial.

“A ideia desta mesa foi da Ana Miranda (escritora cearense e uma das curadoras da Bienal), que acompanha e adora meu trabalho de formação de escritores. A proposta é compartilhar a experiência de quem está estudando, se aperfeiçoando e sonhando com uma carreira”, adianta Socorro, que concluiu no começo do mês os trabalhos da primeira turma de especialização em Escrita Literária do Norte e Nordeste do Brasil e segue com matrículas abertas para novas turmas de Escrita e Criação na Universidade de Fortaleza (Unifor).

Acioli definiu os seis novos escritores considerando quatro aspectos: diversidade de tema, gênero, linguagem e estilo. Chegou, assim, aos nomes de Iana Soares, Leane Landim, Camila Chaves, Iêda Carvalhêdo, Bruno de Castro e Stênio Gardel. “O mote pra mim é imaginar todos na programação da próxima Bienal já como autores e não mais sendo apresentados como inéditos”, acrescenta Socorro.

Três desses nomes, inclusive, entram em breve no mercado editorial já com o pé direito. Autora de “O mistério do navio naufragado”, a relações públicas Camila Chaves teve o livro selecionado para a coletânea do programa MAIS PAIC, do Governo do Estado, e terá a obra distribuída para centenas de escolas públicas.

Autor de “E, no princípio, ela veio: crônicas de memória e amor”, o jornalista Bruno de Castro terá já no livro de estreia prefácio assinado por Valter Hugo Mãe, um dos mais importantes escritores vivos da Língua Portuguesa e cotado para o Nobel de Literatura, e posfácio de Socorro Acioli.

Já Stênio Gardel, autor de “Palavra Raimundo”, é o mais novo contratado da Companhia das Letras, maior editora do Brasil que publica os principais escritores brasileiros e é detentora de espólios como o de José Saramago, português laureado com Nobel de Literatura.

Autores e obras

Iana Soares

“Estratégias para consertar o tempo”

Crônica

Iêda Carvalhêdo

“Beta Careca”

Infanto-juvenil

Stênio Gardel

“Palavra Raimundo”

Romance

Bruno de Castro

“E, no princípio, ela veio: crônicas de memória e amor”

Leane Landim

“O homem da capa amarela”

Infanto-juvenil

Camila Chaves

“O mistério do navio naufragado”

Infanto-juvenil

SERVIÇO

*Cafe Literário da Bienal, que acontece no Centro de Eventos do Ceará (Avenida Washington Soares, 999).

Cremec do Rio prorroga inscrições de concurso público

O Conselho Regional de Medicina do Rio de Janeiro (Cremerj)( prorrogou o período de inscrições do seu concurso público. A medida foi divulgada por meio do Aditivo nº 003/2019 ao Edital nº 001/2019. A nova data vai até o dia 22 de setembro. As inscrições devem ser feitas via internet, pelo site www.idib.org.br.

Outra alteração feita diz respeito à data prévia de realização das provas objetivas, que passou do dia 13 para o dia 20 de outubro. O certame é organizado pelo Instituto de Desenvolvimento Institucional Brasileiro – IDIB.

O concurso oferta, ao todo, 1001 vagas, incluindo cadastro de reserva, para cargos dos níveis médio, técnico e superior. Os cargos oferecidos pelo Cremec são: Advogado; Agente Administrativo; Analista de TI (desenvolvimento e suporte); Auditor Interno; Bibliotecário; Contador; Designer; Jornalista; Médico Fiscal; Técnico em Informática e Web Designer. Os salários podem chegar até R$ 15.223,00.

SERVIÇO

*Para mais informações: www.idib.org.br

*(61) 3711-1811

Ministro da Economia admite criar uma Nova CPMF

99 2

O ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou hoje (21) que encaminhará em breve ao Congresso Nacional proposta de reforma tributária. Segundo ele, poderá ser proposta a criação de um imposto sobre transações financeiras, parecido com a Contribuição Provisória Sobre Movimentação Financeira (CPMF), criada no governo de Fernando Henrique Cardoso, e depois extinta.

“O imposto sobre transações foi usado e apoiado por todos os economistas brasileiros no governo Fernando Henrique. O imposto tem uma capacidade de tributação muito rápida, muito intensa. Ele põe dinheiro no caixa rápido.”

O ministro disse que caberá aos parlamentares decidir pela criação do tributo. “A conversa toda sobre imposto sobre transações, isso aí estava em um contexto, que a gente ainda considera, de desoneração da folha, que é opcional”, afirmou.

Guedes explicou que, para que ocorra a volta do tributo, haverá redução na tributação sobre a folha de pagamentos para estimular o emprego formal.

“Se for baixinho [o imposto], não distorce tanto [a economia]. Mas essa vai ser uma opção da classe politica. Eles têm que decidir. Podemos propor uma desoneração forte na folha de pagamentos, a troco desse imposto. Se a classe política achar que as distorções causadas por esse imposto são piores do que os 30 milhões de desempregados sem carteira de trabalho, eles decidem. É uma opção difícil, é um trabalho difícil”, disse.

O ministro deu a entrevista após se reunir com os presidentes da Câmara, Rodrigo Maia, e do Banco Central, Roberto Campos Neto, o ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, e líderes partidários, no Ministério da Economia, em Brasília.

Maia disse que, quando o governo encaminhar a proposta de reforma tributária, dará celeridade na tramitação na Comissão de Constituição e Justiça e reabrirá o prazo de discussão e emendas. Segundo Maia, o texto do governo federal poderá ser incluído na proposta de reforma tributária que está em análise em comissão especial da Câmara dos Deputados.

“Estamos fazendo uma proposta tributária bastante conciliatória. Achamos que o governo federal tem que mandar a mandar a parte dele. E naturalmente o Congresso vai encaixar o resto”, acrescentou Guedes.

(Com Agência Brasil)

Lava Jato – Juiz manda Guido Mantega usar tornozeleira eletrônica

O ex-ministro Guido Mantega vai usar tornozeleira eletrônica. A determinação é do juiz Luiz Antonio Bronat, da 13ª Vara Criminal Federal de Curitiba (PR). O monitoramento foi determinado no âmbito da Operação Carbonara Química, 63ª fase da Lava Jato, deflagrada nesta quarta-feira, 21, informa a Veja Online.

A investigação mira o pagamento de propinas a Mantega e a outro ex-ministro de Lula e Dilma, Antônio Palocci, em troca da edição de medidas provisórias para beneficiar o grupo Odebrecht.

A Lava Jato prendeu nesta quarta Maurício Ferro, ex-vice-presidente Jurídico da Odebrecht e cunhado de Marcelo Odebrecht. Outro investigado, o advogado Nilton Serson, teve prisão decretada, mas está nos Estados Unidos. Bonat decidiu mandar colocar tornozeleira em Mantega diante do pedido do Ministério Público Federal de prisão do ex-ministro.

“Apesar das alegações do Ministério Público Federal, entendo que, revestida a prisão cautelar de excepcionalidade, não há causa suficiente para a decretação da prisão preventiva de Guido Mantega”, escreveu em sua decisão. O juiz da Lava Jato ponderou não haver risco à ordem pública nem que o ex-ministro tenha cometido algum ato criminoso após deixar o ministério da Fazenda em 1º de janeiro de 2015.

Segundo o magistrado, os recursos depositados no exterior, na conta da Pappilon Company e na conta em nome do próprio Mantega foram bloqueados. “Não há informação acerca de tentativa mais recente de movimentação ou dissipação desses ativos. Não há, igualmente, informação de que o acusado manteria outras contas secretas no exterior.”

29º Cine Ceará – Programação oficial é divulgada

O 29º Cine Ceará ‒ Festival Ibero-Americano de Cinema teve a programação, que ocorrerá de 30 de agosto a 6 de setembro, em Fortaleza, divulgada nesta quarta-feira pela assessoria de imprensa da Universidade Federal do Ceará.

O festival, que contará com mais de 40 filmes, bateu recorde de inscritos, recebendo mais de 1.271 filmes de 12 países. A abertura será no dia 30 para convidados, no Cineteatro São Luiz.

Para os outros dias, os ingressos estarão disponíveis na bilheteria, gratuitamente, uma hora antes do início de cada sessão

Depois de estrear no Festival de Cannes, no qual foi premiado como melhor filme na mostra “Un Certain Regard”, a ficção A vida invisível, de Karim Aïnouz, será o filme de abertura, fazendo sua estreia nacional. O diretor cearense será homenageado antes da exibição e receberá o troféu Eusélio Oliveira. Além de Aïnouz, estarão presentes as atrizes Fernanda Montenegro, Julia Stockler e Carol Duarte.

No sábado (31), o longa Maria do caritó, de João Paulo Jabur, terá sua première mundial, com a presença do diretor, do autor Newton Moreno, responsável pela peça homônima de sucesso, da produtora executiva Elisa Tolomelli e da atriz Lilia Cabral, que será a segunda homenageada do Cine Ceará, recebendo também o troféu. Na mesma noite, o primeiro dos sete longas que concorrem ao troféu Mucuripe será exibido, Canção sem nome (Peru), de Melina León, que estreou no Festival de Cannes.

No domingo, dia 1º de setembro, o documentário Ressaca (Brasil), de Patrizia Landi e Vincent Rimbaux, exibido no Festival International Documentaire (FIPADOC) 2019, em Biarritz, e no Festival International du Grand Reportage d’Actualité (FIGRA) 2019, em Saint-Omer, ambos na França, dá continuidade à Mostra Competitiva Ibero-Americana de Longa-Metragem. Os diretores estarão presentes à sessão.

Em seguida, o cineasta cearense Rosemberg Cariry leva mais um longa ao Cine Ceará, Notícias do fim do mundo, fazendo sua estreia mundial.

Na segunda-feira (2), será a vez da première mundial do documentário de Betse de Paula, Vozes da floresta, com a presença da diretora. O público vai conferir também a coprodução entre México, Grécia e República Dominicana lançada mundialmente no Festival de Roterdã, Luciérnagas, de Bani Khoshnoudi, que estará presente na sessão.

Na terça-feira (3), terá início a Mostra Competitiva Brasileira de Curta-Metragem com os filmes As constituintes de 88, do carioca Gregory Baltz; Livro e meio, de Giu Nishiyama e Pedro Nishi; e Primeiro ato, de Matheus Parizi, ambos de São Paulo; e o cearense Além da jornada, de Victor Furtado e Gabriel Silveira. Em seguida, o longa cubano A viagem extraordinária de Celeste Garcia, de Arturo Infante, que teve estreia no Festival de Toronto, participa da competitiva de longas fechando a noite no Cineteatro São Luiz.

A segunda noite da mostra de curtas levará às telas três cearenses: Oração ao cadáver desconhecido, de Sávio Fernandes; Marco, de Sara Benevenuto; e O tempo do olhar e o olhar no tempo, de Samuel Brasileiro, além de Marie, do pernambucano Leo Tabosa, que venceu o festival em 2018 com o curta Nova Iorque.

Depois da exibição dos curtas-metragens, o festival terá sua terceira exibição hors-concours (fora de competição) com o documentário Soldados da borracha, de Wolney Oliveira, premiado como melhor longa-metragem nacional pelo júri da Associação Brasileira de Documentaristas e Curta-Metragistas de São Paulo (ABD-SP), no festival É Tudo Verdade.

Já na quinta-feira, dia 5 de setembro, serão exibidos o curta de São Paulo Rua Augusta, 1029, de Mirrah Iañez; o carioca O grande amor de um lobo, de Adrianderson Barbosa e Kennel Rógis; o cearense Pop ritual, de Mozart Freire; e o alagoano Ilhas de calor, de Ulisses Arthur. Em seguida, Greta, longa de Armando Praça que estreou no Festival de Berlim e é protagonizado por Marco Nanini, terá sua primeira exibição no Brasil.

Na sexta-feira (6) será realizada a premiação e a cerimônia de encerramento do festival. O ator Matheus Nachtergaele será o terceiro homenageado do festival. O longa Pacarrete, de Allan Deberton, será a quarta exibição especial na programação, fechando o 29º Cine Ceará. O filme estreou mundialmente no Festival Internacional de Cinema de Xangai.

O público também poderá conferir a mostra “Olhar do Ceará”, que apresentará 20 filmes cearenses, dos quais 3 longas e 17 curtas, e o curta dos alunos do Projeto Compartilha Animação, da ENEL. Também marcam presença no festival as mostras sociais “Melhor Idade”, “Acessibilidade” e “O Primeiro Filme a Gente nunca Esquece”, além de exibições especiais, intervenções artísticas e o projeto Música na Praça.

Serão lançados os livros A história do cinema para quem tem pressa, de Celso Sabadin, no dia 31, e Fissuras e fronteiras – O coletivo Alumbramento e o cinema contemporâneo brasileiro, de Marcelo Ikeda, no dia 6 de setembro, ambos no Hotel Oásis Atlântico, ao meio-dia. No Instituto do Ceará, nos dias 4 e 5 de setembro, o festival realiza o curso “Histórias de Cinema no Acervo do Arquivo Eusélio Oliveira – UFC”, com a Profª Ana Carla Sabino.

Os vencedores das duas mostras competitivas do 29º Cine Ceará serão agraciados com o troféu Mucuripe. Os longas serão premiados nas categorias Melhor Filme, Direção, Fotografia, Montagem, Roteiro, Som, Trilha Sonora Original, Direção de Arte, Ator e Atriz. Concorrem ao troféu Mucuripe na competitiva de curtas os eleitos pelo júri nas categorias de Melhor Curta-Metragem, Direção, Roteiro e Produção Cearense.

DETALHE – O 29º Cine Ceará é uma promoção da Universidade Federal do Ceará, através da Casa Amarela Eusélio Oliveira, com apoio do Governo do Ceará por meio da Secretaria da Cultura; da Prefeitura de Fortaleza, através da SECULTFOR; e do Ministério da Cidadania – Secretaria Especial da Cultura.

DETALHE 2 – A realização é da Associação Cultural Cine Ceará, Bucanero Filmes e da Secretaria Especial da Cultura – Governo Federal, com patrocínio de empresas públicas e privadas, por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura, através da SP Combustíveis, M. Dias Branco, Cagece, Banco do Nordeste, Café Santa Clara, Nacional Gás, Cegás, Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE), Fundo Setorial do Audiovisual (FSA) e Agência Nacional de Cinema (ANCINE), com agradecimentos à ENEL.

SERVIÇO

*Mais informações – (85) 3252 5401.

(Foto – Arquivo)

Eletrobras aumenta em 30% sua capacidade instalada no País

A Eletrobras registrou o aumento de 30% da capacidade instalada do país e ultrapassou o total de 50 mil MW. De acordo com a companhia, o número é relativo a 128 usinas de propriedade das suas empresas ou que contam com sua participação em empreendimentos do setor.

A entrada, hoje (20), em operação comercial da 15ª unidade geradora da usina de Belo Monte, as empresas Eletrobras somam 50.207 MW de potência instalada. Conforme a companhia, com o acionamento, em julho, da 14ª unidade geradora de Belo Monte, instalada no Rio Xingu, no Pará, a hidrelétrica se tornou a maior usina 100% brasileira.

“Ainda em 2019, há a previsão de início de funcionamento de outras três unidades geradoras de Belo Monte”, informou por meio de nota. Para a Eletrobras, o marco dos 50 mil MW reforça a contribuição das suas empresas “para que o Brasil tenha uma das matrizes de energia mais renováveis e com menor emissão de gases de efeito estufa do mundo, além de o país abrigar algumas das maiores usinas hidrelétricas do planeta”.

(Agência Brasil)

Cai em agosto expetativa da inflação anual entre consumidores

66 1

A expectativa dos consumidores para a inflação anual recuou 0,2 ponto percentual, passando 5,3% em julho para 5,1% em agosto. Na comparação com o mesmo mês em 2018 o recuo ficou em 0,6 p. p. Foi a segunda redução seguida desde junho quando ficou em 5,4%. A informação foi divulgada hoje (21) pelo Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getulio Vargas (Ibre-FGV).

O indicador subiu de 37,7% em julho para 43,4% em agosto, a parcela dos consumidores que projeta valores abaixo da meta de inflação para 2019 (de 4,25%). A elevação é a maior nos últimos seis meses. Apesar disso, a proporção de consumidores com expectativa de valores dentro dos limites superior e inferior ao da meta de inflação para 2019 (entre 2,75% e 5,75%) variou 0,2 ponto percentual (p.p.), alcançando 57,8%.

Conforme as faixas salariais, as famílias com renda familiar mensal acima de R$ 9.600,00, foram as que apresentaram a maior queda em agosto nas expectativas medianas para a inflação nos 12 meses seguintes. Nesse caso, a expectativa mediana diminuiu 0,4 p.p., chegando a 4,1%, o mesmo nível registrado no primeiro trimestre desse ano. A única faixa a ter alta foi a dos consumidores com renda até R$ 2.100. Subiu 0,1 p.p., atingindo 6,0%.

Para a economista do Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getulio Vargas (FGV-Ibre) Renata de Mello Franco, a trajetória favorável da inflação observada nos últimos meses continuou a influenciar positivamente a expectativa dos consumidores em todas as faixas de renda, mas o declínio poderia ter sido ainda maior se os consumidores não sentissem o impacto do aumento da energia e dos preços dos alimentos.

“A elevação do preço da energia elétrica em julho e agosto e a diminuição do ritmo de queda dos preços de alimentos podem ter se colocado como obstáculo para uma redução maior das expectativas, principalmente na primeira faixa de renda, que apresentou alta”, explicou.

(Agência Brsil)

Aumento de queimadas na Amazonia pode ser ação criminosa, diz Bolsonaro

O presidente Jair Bolsonaro disse hoje (21) que o aumento de queimadas registrado nos últimos dias na Amazônia pode ser resultado de ação criminosa. Para o presidente, as ações podem ser uma reação à suspensão de repasses do governo para organizações não governamentais (ONGs) e a também de verbas de países para o Fundo Amazônia, projeto de cooperação internacional para preservação da floresta. Os principais países doadores do fundo, Alemanha e Noruega, anunciaram a suspensão de seus repasses após a divulgação das taxas de desmatamento na região.

“O crime existe e temos que fazer com que esse crime não aumente. Mas nós tiramos dinheiro de ONGs, repasses de fora, dos quais 40% iam para ONGs, não tem mais, acabamos com repasses de órgão públicos para ONGs, de modo que esse pessoal está sentindo a falta do dinheiro. Então, pode estar havendo ação criminosa desse ‘ongueiros’ para chamar atenção contra a minha pessoa, contra o governo do Brasil. Essa é a guerra que estamos enfrentando”, disse, ao deixar o Palácio da Alvorada, na manhã de hoje. “Não estou afirmando, mas no meu entender, há interesse dessas ONGs que representam interesse de fora do Brasil”, ressaltou.

Para Bolsonaro, as doações ao Fundo Amazônia, assim como o incentivo à demarcação de terras indígenas e ao aumento de áreas de reserva ambiental, são formas de “comprar à prestação a nossa soberania”.

“As demarcações não são para proteger o índio, mas para deixar intacta a maior parte possível dessa área para que, no futuro, outros países venham nos explorar aqui. Você acha que é coração muito grande desses países em ajudar? Ele não querem ajudar, todo mundo sabe que não tem amizade entre países, tem interesses. O que nós temos na região amazônica o mundo não tem. O mundo cresce 70 milhões de habitantes por ano, esse pessoal precisa de algo para se alimentar, para evoluir e vem de onde a matéria-prima? Dessa área”, disse o presidente.

(Agência Brasil)

Peça relembra vida, paixão e morte de Frei Tito de Alencar

140 2

A memória de Frei Tito de Alencar, morto há 45 anos, está sendo relembrada pelo Grupo Formosura de Teatro. Através do espetáculo “Frei Tito: Vida, Paixão e Morte”, no Teatro da Praia. O espetáculo, que tem texto de Ricardo Guilherme, direção de Graça Freitas e direção musical de Rami Freitas, narra de forma documental a trajetória de Tito de Alencar Lima (1945 -1974).

O elenco, composto pelos atores Maria Vitória, Leonardo Costa, William Mendonça e Ricardo Guilherme, busca mais que por em evidência os processos históricos. Com 80 minutos de duração e três atos, o espetáculo abrange a breve biografia de Frei Tito, desde sua relação com a família ao envolvimento com os movimentos sociais e seu exílio na França, após ter sido preso e torturado pela ditadura. “É um ato poético-político, uma oportunidade de levar adiante as denúncias de Tito e prosseguir na luta pela construção de uma democracia plena em nosso País”, explica William Mendonça, também produtor do espetáculo.

O dominicano cearense militou contra a ditadura militar no Brasil dos anos 1960 e 1970, foi preso político, torturado e banido do país, sendo exilado na França. O texto da montagem, além da biografia de Frei Tito traz também fatos marcantes relativos à geração que, no Brasil, encarnou a vanguarda de uma militância revolucionária contra o governo vigente à época.

SERVIÇO

*A peça fica em cartaz até 14 de setembro, data de nascimento de Frei Tito, com apresentações aos sábados, às 20 horas, e domingos, às 19 horas, com ingressos custando R$ 30,00 (inteira) e R$ 15,00 (meia).

*Teatro da Praia (Rua José Avelino, 662 – Praia de Iracema)

(Foto – Divulgação)

STF julga ações que contestam a Lei de Responsabilidade Fiscal

O plenário do Supremo Tribunal Federal (STF) começou, na manhã de hoje (21), a julgar sete ações Direta de Inconstitucionalidade (ADI) e uma de Descumprimento de Preceito Fundamental (ADPF), que contestam mais de 20 dispositivos da Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF), sancionada no ano 2000.

Nesta manhã, os ministros do Supremo já aprovaram, por unanimidade, a rejeição de diversos dos pontos contestados, por entender que não haveria mais eficácia em julgá-los. Isso porque as ações contra a LRF tramitam há 19 anos na Corte, e alguns dispositivos contestados tinham prazo definido, não sendo mais válidos.

Ainda no ano 2000, o plenário da Corte rejeitou a concessão de liminar (decisão provisória) para suspender alguns desses dispositivos, como por exemplo, o artigo que impunha por três anos, a partir da sanção da lei, um limite para a despesa com serviços terceirizados.

Por ocasião daquele julgamento sobre os pedidos de medida cautelar, porém, o Supremo suspendeu artigos que devem agora ser o alvo principal dos debates durante a análise sobre o mérito das ADI´s.

Entre os dispositivos suspensos que devem agora suscitar maior discussão, está a possibilidade de redução de jornada dos servidores públicos por parte de estados em crise fiscal. Outro desses temas é a permissão para o Poder Executivo segurar repasses a outros Poderes e também travar gastos em caso de frustração nas receitas do orçamento.

(Agência Brasil)

“Sou presidente para interferir mesmo!”, diz Bolsonaro

128 1

O presidente Jair Bolsonaro afirmou, nesta quarta-feira, ao comentar críticas de que estaria interferindo politicamente em órgãos como a Polícia Federal e a Receita Federal, que foi eleito presidente para “interferir mesmo” e, caso contrário, seria um “banana”.

Em discurso em evento sobre o setor de aço em Brasília, o presidente também disse que se o Acordo de Paris sobre o clima fosse bom, os Estados Unidos não o teriam abandonado, mas afirmou que “por enquanto” o Brasil permanecerá no pacto que visa combater as mudanças climáticas.

Bolsonaro disse que apenas sugeriu um nome para substituir o superintendente da PF no Rio de Janeiro, mas que não viu problema no fato de o escolhido ter sido outro, e afirmou que, embora a Receita faça um bom trabalho, tem problemas e esses problemas são resolvidos trocando pessoas.

O presidente voltou a comentar a eleição presidencial na Argentina, onde a oposição conquistou uma expressiva vitória sobre o presidente Mauricio Macri, aliado de Bolsonaro, nas primárias. Ele disse acreditar que a tendência de vitória da esquerda no país vizinho possa ser revertida e pediu que os empresários presentes trabalhem por isso.

Ele afirmou ainda que quer argentinos no Brasil como turistas, não como refugiados, e disse que se o opositor Alberto Fernández vencer a disputa presidencial na Argentina, poderá trabalhar com ele na área econômica, mas afirmou que na seara política “jamais”.

(Jornal Extra/Foto – Agência Brasil)

Privatizações vão começar pelos Correios, diz Bolsonaro

104 2

O presidente da República, Jair Bolsonaro, afirmou nesta quarta-feira, 21, que as privatizações anunciadas na terça-feira, 20, pelo ministro da Economia, Paulo Guedes, começarão pelos Correios e fazem parte do Programa de Parcerias e Investimentos (PPI). Para Bolsonaro, o processo de privatização deve ser “bastante longo” por depender do aval do Parlamento.

“A lista do Programa de Parcerias de Investimentos (PPI) para o processo de privatização começa pelos Correios, o resto não lembro de cabeça”, afirmou Bolsonaro na saída do Palácio da Alvorada, pela manhã.

Indagado por jornalistas se considera que a privatização poderia ocorrer este ano, Bolsonaro respondeu que “a privatização dos Correios passa pelo Congresso”. “É um processo bastante longo”, avaliou.

Na terça, o ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou que o governo deve anunciar nesta quarta-feira a privatização de 17 empresas. “E nós achamos que vamos surpreender. Tem gente grande aí que acha que não será privatizado e vai entrar na faca”, disse o ministro, que afirmou, em seguida, que “ano que vem tem mais”.

“Nós vamos seguir (com as privatizações), é um tempo bom, vai dando certo. Achamos que quatro anos é um tempo bom, faltam três anos e meio, dá tempo ainda”, disse o ministro. “Essa fusão da Embraer com a Boeing é um negócio extraordinário. Se conseguirmos fazer mais duas ou três grandes fusões de grandes empresas brasileiras.”

(Agência Estado)