Blog do Eliomar

Categorias para Brasil

Projeto que regulamenta aplicativos entra nesta terça-feira na pauta da Câmara

Um grupo de taxistas cearenses embarcou, nas últimas horas, na rota de Brasília. Hora de fazer lobby pela aprovação de um projeto de lei que promete regulamentar o uso dos aplicativos na área do transporte individual.

A matéria deve entrar na pauta de votações da Câmara em meio a um clima de animosidade entre taxistas legalizados e aqueles que operam para aplicativos como a Uber.

Aliás, desde a semana passada que a Uber banca propaganda nacional em defesa dos aplicativos.

(Foto – Paulo MOska)

Cid Gomes quer manter processo no STF

O ministro Edson Fachin analisa nos próximos dias um pedido de Cid Gomes (PDT), irmão do presidenciável Ciro, para manter seu processo no STF. A informação é do colunista Lauro Jardim, do O Globo.

Em delação, Wesley Batista disse que Cid teria recebido propina de R$ 20 milhões, quando era governador, em benefício da campanha de Camilo Santana em 2014.

Fachin já determinou a remessa de parte do processo, na qual são apurados fatos acontecidos em 2010, para a primeira instância. Cid pede agora que ele reconsidere a decisão.

Wesley Batista, ao fechar acordo de delação premiada, afirmou ter feito repasses, solicitados por Cid Gomes. Em contrapartida, o Estado do Ceará teria de pagar uma dívida tributária com uma empresa do grupo JBS. O empresário disse que a empresa Cascavel Couros, que integra o grupo, não teria recebido nenhum valor do governo local de 2011 a 2013.

Preso com 36 gramas de maconha e 1 de crack responderá a processo em liberdade

A prisão preventiva de jovem com 18 anos pelo tráfico de pequena quantidade de entorpecentes é contraproducente do ponto de vista da política criminal. Esse foi o entendimento do ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal, ao permitir que um jovem, que estava preso preventivamente, responda ao processo em liberdade. A informação é da assessoria de imprensa do STF.

Na decisão, o ministro explicou que o decreto prisional apresenta fundamentação genérica, sem elementos concretos aptos a autorizar a prisão. O jovem foi preso em flagrante em Ibiúna (SP) com 36 gramas de maconha e 1 grama de crack e, em seguida, teve a prisão em flagrante convertida em preventiva pelo juízo de origem.

Liminares em Habeas Corpus foram negadas, sucessivamente, pelo Tribunal de Justiça de São Paulo e pelo Superior Tribunal de Justiça. Ao conceder o HC de ofício, o ministro Barroso superou a Súmula 691 do STF, que barra a análise de pedidos de HCs ainda sem julgamento em órgão colegiado em instância inferior.

“O decreto prisional não apontou elementos concretos idôneos que evidenciem a necessidade da custódia processual”, afirmou. “Trata-se de decisão genérica, fundada sobretudo na gravidade abstrata do tráfico de quantidade pouco expressiva de drogas.”

Segundo ele, o decreto de prisão não demonstra o preenchimento dos requisitos do artigo 312 do Código de Processo Penal, segundo o qual a custódia preventiva poderá ser decretada como garantia da ordem pública, da ordem econômica, por conveniência da instrução criminal ou para assegurar a aplicação da lei penal, quando houver prova da existência do crime e indício suficiente de autoria.

Ainda segundo o ministro, nova ordem de prisão só deve ser decretada por fundamentação idônea. A decisão faculta ao juízo de primeiro grau a imposição de medidas cautelares diversas da prisão, previstas no artigo 319 do CPP.

Sebrae pode perder R$ 400 milhões do seu orçamento

Da Coluna O POVO Economia, da jornalista Neila Fontenele, no O POVo desta terça-feira:

O Sebrae Nacional pode perder R$ 400 milhões do seu orçamento caso seja aprovado hoje, na Câmara dos Deputados, medida provisória que transfere esses recursos para a Embratur (Instituto Brasileiro de Turismo). A proposta foi apresentada no final do ano passado e, depois de um recuo do governo, voltou com força.

A ideia defendida pelo presidente da Embratur, Vinicius Lummertz (PMDB), é de criação de uma agência (a Abratur) para a divulgação dos destinos brasileiros no exterior. A proposta, inspirada no modelo da Apex (Agência Brasileira de Promoção de Exportações), já criou uma cisão entre as entidades do turismo do Sudeste e Nordeste do País. A ação é encarada como uma forma de recuperar a imagem do Rio de Janeiro, sacrificando os recursos para a região.

Caso a proposta seja aprovada, o diretor-técnico do Sebrae-CE, Alci Porto, afirma que haverá uma perda de até 40% no orçamento do Sebrae nos estados. Programas de qualificação e de implantação de rotas turísticas do Ceará poderão ser cortados.

O presidente do Sebrae, Guilherme Afif Domingos (PSD) teve reunião com o ministro-chefe da Casa Civil, Eliseu Padilha, mas a proposta veio dentro de um pacote com outras medidas, como a abertura do capital das companhias aéreas.

Governo publica MP que cria o Ministério da Segurança Pública

Raul Jungman será o titular da nova pasta.

O Diário Oficial da União desta terça-feira (27) publica a Medida Provisória que cria o Ministério Extraordinário da Segurança Pública. Ainda segundo a MP 821/2018, o Ministério da Justiça e Segurança Pública volta a se chamar Ministério da Justiça. Entre as competências do novo ministério figuram a de “coordenar e promover a integração da segurança pública em todo o território nacional em cooperação com os demais entes federativos”, e a de exercer “planejar, coordenar e administrar” a política penitenciária nacional; e o patrulhamento ostensivo das rodovias federais, por meio da Polícia Rodoviária Federal.

Também caberá à pasta exercer a política de organização e manutenção da Polícia Civil, da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal; e a defesa dos bens e dos próprios da União e das entidades integrantes da administração pública federal indireta.

A estrutura do ministério será composta pelo Departamento de Polícia Federal; pelo Departamento de Polícia Rodoviária Federal, o Departamento Penitenciário Nacional, o Conselho Nacional de Segurança Pública, o Conselho Nacional de Política Criminal e Penitenciária, e a Secretaria Nacional de Segurança Pública.

Está prevista a criação de até quatro secretarias para a nova pasta, além da transferência de 19 cargos em comissão do Grupo-Direção e Assessoramento Superiores (DAS nível 1). Essas funções terão como destino os cargos de natureza especial de secretário-executivo e de ministro de Estado.

“O acervo patrimonial e o quadro de servidores efetivos do Ministério da Justiça e Segurança Pública, relativamente às competências que forem absorvidas, serão transferidos ao Ministério Extraordinário da Segurança Pública, bem como os direitos, os créditos e as obrigações decorrentes de lei, atos administrativos ou contratos, inclusive as receitas e as despesas”, acrescenta a MP.

Procurada pela Agência Brasil, a assessoria do Ministério da Justiça não soube informar o local onde funcionará o novo ministério.

(Agência Brasil)

O deputado federal José Nobre Guimarães (PT) ocupou, nas últimas horas, suas redes sociais para protestar contra a criação dessa pasta via Medida Provisória.

Sindiagua bate duro na tese de privatização da Cagece

Da Coluna do Eliomar de Lima, no O POVO desta terça-feira:

A posição do presidente do BNDES só revela a “perversa face neoliberal do governo Temer que quer, a todo custo, entregar o patrimônio público do País.” Eis o que diz, em nota que manda para esta Coluna o presidente do Sindiagua, Jadson Sarto. Ele reage à fala de Paulo Rabello de Castro, que diz ser a favor da venda das estatais do setor de saneamento. No caso da água, segundo Jadsosn, o risco envolve prejuízos enormes, por se tratar de um direito humano indispensável à vida. “Mais de 200 cidades – entre elas Buenos Aires, Paris, Berlim e Atlanta – reestatizaram o serviço de saneamento depois de fracassadas privatizações que fizeram com que o lucro privado se sobrepusesse aos interesses coletivos, prejudicando a população com aumentos exorbitantes de tarifas, queda na qualidade do serviço, demissões em massa e elevação da exclusão social. Ao invés de financiar com dinheiro público projetos privatistas que atendem muito mais os interesses do mercado privado, o BNDES deveria usar esse recurso para fortalecer e qualificar o saneamento público.”

O Sindiagua, adianta, é “frontalmente contrário a qualquer intenção de venda da Cagece e também a projetos de privatizações disfarçadas de PPP – como o que está em curso no Ceará – que pretende entregar todo o sistema de água e esgoto das regiões metropolitanas de Fortaleza e do Cariri (o “filé” da receita do saneamento) à iniciativa privada.”

Ele diz esperar que o governador não se alinhe à política “entreguista” de Temer e, assim como já fizeram pelo menos sete estados, retire o Ceará do programa nacional de privatizações.

Lula depõe à PF no inquérito que investiga mesada da Odebrecht para seu irmão

O ex-presidente Lula prestou depoimento, nessa segunda-feira, à Polícia Federal (PF) em inquérito que investiga o pagamento pela construtora Odebrecht de uma mesada no valor de R$ 5 mil para o seu irmão Frei Chico. As informações são do G1.

O depoimento, ocorrido na sede da Superintendência da PF em São Paulo, teria durado duas horas. Lula teria negado o pagamento da quantia a seu irmão.

Os executivos da Odebrecht Hilberto Mascarenhas Alves da Silva Filho e Alexandrino de Salles Ramos Alencar, que fizeram acordo de delação premiada, disse que a empreiteira pagou uma espécie de mesada ao irmão de Lula por um período de 13 anos. Os pagamentos, iniciados em 2003, chegaram a R$ 5 mil por mês e eram feitos pelo “prestígio” do irmão do então presidente. Segundo Alencar, Lula sempre soube dos pagamentos, apesar dos valores serem repassados por uma iniciativa da Odebrecht.

Chefe do PCC morreu com único tiro na face

Um único tiro causou a morte de Rogério Jeremias de Simone, o Gegê do Mangue, criminoso que liderava as ações de rua e o tráfico de drogas para o Primeiro Comando da Capital (PCC). O chefe da quadrilha fora dos presídios, foragido desde o ano passado da penitenciária de Presidente Venceslau, foi executado no Ceará no último dia 15. Os corpos de Gegê e o do comparsa Fabiano Alves de Sousa, o Paca, foram encontrados em uma área indígena em Aquiraz, na Região Metropolitana de Fortaleza. Paca recebeu quatro tiros.

De acordo com o exame cadavérico da Coordenadoria de Medicina Legal da Perícia Forense do Ceará (Pefoce), Gegê do Mangue recebeu um disparo na face. O projétil entrou na altura da narina direita, perfurou o crânio e saiu na região da têmpora esquerda. A morte do criminoso, que esbanjou dinheiro no litoral cearense entre dezembro do ano passado e janeiro deste ano, foi determinada por uma hemorragia intracraniana com a perfuração do encéfalo. Segundo o laudo da Pefoce, o assassino de Gegê do Mangue utilizou um objeto “pérfuro-contudente”, uma bala disparada de uma arma de fogo.

O perito não informa qual a natureza do projétil, se de revólver ou pistola. Nem diz se foi recolhido pela perícia no local do crime e encaminhado para pesquisa científica. De acordo com os laudos da Pefoce, a versão de que Gegê do Mangue e Paca teriam levado uma facada em um olho ou nos olhos, alusão a um código do mundo do crime, não é verdadeira. Uma imagem que circula pela internet, com um objeto enfiado no rosto de Paca, é o instrumento usado pelo perito para traçar a trajetória do projétil.

Segundo conclusões dos exames cadavéricos, os dois integrantes do PCC não teriam sido torturados antes de levarem os tiros. Paca foi atingido por quatro disparos. Um na têmpora direita, outro na região maxilar direita, um no cotovelo direito e outros na região do abdômen, também no lado direita.

Diferente de Gegê, Paca morreu em decorrência de uma hemorragia intra-abdominal produzida pela trajetória e lesões causadas pelo projétil que perfurou o fígado e intestino. Paca apresentava ainda queimaduras no tórax, onde existia uma grande tatuagem de Nossa Senhora Aparecida. Possivelmente uma tentativa dos executores de incendiar o corpo. Não havia vestígios semelhantes no outro cadáver.

O POVO ouviu uma fonte que considerou os laudos sumários, sem detalhamento de informações importantes para a produção da prova científica. No corpo de Paca, por exemplo, o perito só informa sobre a saída de um dos quatro projéteis. O que saiu pela narina esquerda, resultado da trajetória da bala que entrou pela têmpora. Há o registro, também, do nariz e um dente quebrados.

Em relação aos outros três tiros, o perito não informa os locais de saída nem se extraiu do corpo de Paca os projéteis que entram pelo maxilar, cotovelo e abdômen. O material pode ter sido recolhido no local do crime, na mata da área indígena em Aquiraz. Mas o laudo não esclarece nem faz a observação.

(O POVO – Repórter Demitri Túlio)

Movimento Brasil 200 será lançado em Fortaleza

Com a presença de Flávio Rocha, CEO das rede de Lojas Riachuelo, o movimento Brasil 200 chegará ao Ceará nesta terça-feira, a partir das 19 horsa, no auditório da Federação das Indústrias do Ceará (Fiec). Trata-se de uma campanha que busca mobilizar a sociedade para que a classe política conheça as demandas sociais e se comprometa com essas causas nos próximos mandatos.

O lançamento é uma iniciativa do presidente da Associação dos Jovens Empresários (AJE), Yuri Torquato, e do líder Flávio Rocha. O presidente da Fiec, Beto Studart, prestigiará o ato.

Conforme Torquato, essa campanha, que será conduzida no Ceará pelo empresário e advogado Rodrigo Nóbrega, também defende a diminuição da burocracia e o incentivo ao empreendedorismo.

Nacionalmente, o movimento Brasil 200 já conta com apoiadores nacionais de peso como Alberto Saraiva (Habib’s), Geraldo Rufino (Jr Diesel), João Apolinário (Polishop), Sebastião Bomfim (Centauro) e Roberto Justus (Empresário e Apresentador).

Bancos fazem acordo com a Polícia Federal para combater fraudes eletrônicas

Pelo menos 14 bancos fizeram acordo com Polícia Federal para combater as fraudes bancárias eletrônicas. Segundo a Federação Brasileira de Bancos (Febraban), o combate ao roubo de cartões de débito e crédito, internet bankingcall center e boletos cometidos por organizações criminosas deve ganhar novo impulso com a renovação do acordo de cooperação técnica assinado hoje (26).

De acordo com a Febraban, o acordo, que “agora terá envolvimento direto dos bancos”, permitirá compartilhar informações e as mais recentes tecnologias no combate aos crimes eletrônicos a fim de garantir a segurança das transações financeiras feitas de forma eletrônica pelos clientes no setor bancário.

O convênio prevê a disponibilização de equipe da Febraban e dos bancos, em conjunto com a Polícia Federal, para investigar a dinâmica do crime nas transações bancárias.

Segundo a Febraban, o convênio regulamenta os procedimentos dos bancos para comunicar à Polícia Federal as suspeitas ou confirmação de práticas de ilícitos penais. O acordo também trata do compartilhamento de informações sobre movimentação de recursos financeiros relacionados a crimes contra instituições financeiras.

“A tecnologia bancária avançou muito. Antes a troca de informações era pautada por documentos, papéis e relatórios. Hoje, trabalhamos com sistema interligados, repassando automaticamente para a PF com detalhes importantes da investigação”, disse Adriano Volpini, diretor adjunto da Comissão de Prevenção a Lavagem de Dinheiro da Febraban.

No total, 14 bancos assinaram o acordo: Banco Agiplan, Banco do Brasil, Banco de Brasília (BRB), Banco da Amazonia (Basa), Banrisul, Banese, Banco Neon, Bradesco, Banco Inter, Banestes, Itaú Unibanco, Original, Santander e Sicredi.

O primeiro acordo foi assinado em 2009. “Com o termo assinado hoje, deve aumentar o número de instituições financeiras fornecedoras de informações importantes e privilegiando, dessa forma, as ações de inteligência e de tecnologia, imprescindíveis no combate às fraudes bancárias”, disse a Febraban.

(Agência Brasil)

ZPE do Ceará ganha nova estrada para expansão de negócios

342 1

Vídeo das obras.

O Secretário de Assuntos Internacionais do Estado, Antonio Balhmann, comemora o início da construção da estrada de serviço do Setor II (expansão ) da Zona de Processamento das Exportações (ZPE).

Segundo Balhmann, esta é mais uma obra de infraestrutura para criar as condições necessárias para a atração de novos investimentos para o Ceará.  Secretário de Assuntos Internacionais, Antonio Balhmann, comemora o início da construção da estrada de serviço do Setor II ( expansão ) da ZPE Ceará. Segundo ele, esta é mais uma obra de infraestrutura para criar as condições necessárias para a atração de novos investimentos para o Estado.

São cerca de oito quilômetros de estrada que circundará uma área de 150 hectares a ser alfândegada, numa primeira etapa, para a instalação do condomínio industrial que ganhará empresas de setores diversificados, dentre eles granito e energia.

O Setor II da ZPE Ceará está instalado numa área de aproximadamente 2 mil hectares, no município de Caucaia. Essa área era antes destinada para a refinaria Premium II da Petrobras, tendo sido incorporada à ZPE Ceará por meio de um decreto da ex-presidenta Dilma Rousseff, ainda em 2016.

Prêmio BNB de Jornalismo com inscrições prorrogadas até 23 de março

As inscrições para o Prêmio Banco do Nordeste de Jornalismo em Desenvolvimento Regional 2018 estão prorrogadas. Profissionais de imprensa e estudantes de Jornalismo de todo o país têm até o dia 23 de março para enviar matérias que retratem iniciativas de desenvolvimento na área de atuação do BNB, que inclui os Estados nordestinos e o norte de Minas Gerais e do Espírito Santo, e concorrer a R$ 191 mil em prêmios.

Os materiais, segundo a assessoria de imprensa do banco, podem ser inscritos pela internet ou pelos Correios, no caso de material televisivo. O site do Prêmio Banco do Nordeste de Jornalismo é www.bnb.gov.br/web/premio-banco-do-nordeste-de-jornalismo. O regulamento está lá e ele explica que os concorrentes disputam dez prêmios, nas categorias mídia impressa, rádio, TV e internet. As matérias devem ter sido publicadas em 2017, em veículos de imprensa ou mídias-laboratório.

Para o Prêmio, o tema desenvolvimento regional abrange mais do que a vertente econômica. Também são consideradas produções que abordem iniciativas como as sociais, culturais e ambientais, que promovam a melhoria na qualidade de vida das pessoas da Região. São exemplos de subtemas: expansão de crédito; empreendedorismo; geração de empregos, ocupação e renda; tecnologia e inovação; responsabilidade socioambiental; e manifestações culturais.

O Grande Prêmio Nacional da edição 2018 tem o tema “O papel das cidades médias para o desenvolvimento regional” e pagará a maior premiação: R$ 38 mil. Os vencedores das categorias mídias impressa, rádio, TV e internet do Prêmio Banco do Nordeste de Jornalismo em Desenvolvimento Regional receberão R$ 22 mil cada. Os ganhadores das quatro categorias regionais serão reconhecidos com R$ 15 mil e o melhor trabalho universitário receberá R$ 5 mil.

Contratos de banda larga crescem 1,17% em janeiro no País

O número de contratos de internet fixa de banda larga cresceu 1,17% em janeiro na comparação com dezembro do ano passado, informou hoje (26) a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel). Foram registrados 336,4 mil novos contratos, levando a 29.077.508 o total de contratos ativos no país. Segundo a Anatel, os pequenos provedores de acesso à internet, não ligados a grandes grupos nacionais ou às concessionárias de telecomunicações, lideraram o crescimento do acesso à banda larga fixa em janeiro, com o registro de mais 290,8 mil contratos, o que representa variação positiva de 6,8% no segmento.

Entre os grandes provedores, a Sercomtel apresentou a maior redução em termos percentuais, de 4,31%, com menos 9,7 mil contratos na comparação entre janeiro deste ano e dezembro do ano passado. Apesar disso, nos últimos 12 meses, a empresa registrou um crescimento percentual de 28,55%, com mais 47,9 mil novos contratos.

Em seguida aparece a Oi, que registrou a maior retração em números absolutos, com menos 22 mil contratos, perda de 0,35%. A Sky vem depois com uma pequena redução de 0,12% e menos 442 contratos. As demais operadoras registraram aumento nas suas bases contratuais.

Segundo a Anatel, o Distrito Federal e mais 19 estados apresentaram crescimento de assinantes em janeiro de 2018 quando comparado com dezembro de 2017. Santa Catarina aparece na liderança com aumento de 92,5 mil contratos, mais 7,42%. Em seguida, vem o Rio Grande do Sul, com crescimento de 2,74%, somando 49 mil novos clientes. O Maranhão ocupou a terceira posição, com mais 6,8 mil contratos, um aumento de 2,52%.

(Agência Brasil)

Dispara procura pela antecipação do 13º salário

O brasileiro aumentou a procura pela antecipação do 13º salário no ano passado. É o que mostra um levantamento inédito realizado pelo Itaú Unibanco. A informação é da Coluna Radar, da Veja Online.

O crescimento foi de 40,7% no volume de recursos em comparação com o ano anterior. A quantidade de contratos aumentou 27,6% na mesma comparação.

DETALHE – Por aqui, muitos servidores estaduais chegaram a reclamar, no início deste ano, do Bradesco, detentor da folha de pagamento, que não estaria abrindo para esse tipo de empréstimo.

Além da maratona de jogos, elenco do Ceará embarca em voos diferentes para Curitiba

Como se não bastasse a maratona de jogos que terá pela frente em um período de 21 dias – de 28 de fevereiro até 20 de março, o Ceará ainda encarou outra surpresa ao embarcar para Curitiba. A equipe teve que se dividir em dois voos da Gol: um que voou com parte dos atletas e comissão técnica para o Rio e, de lá, para a Capital paranaense; e outro, que tomou a rota de São Paulo para escala antes de seguir para Curitiba. A empresa informou que não havia lugares em um só voo.

De acordo com o Blog Futebol do Povo, de Fernando Graziani, ter competência e avançar na Copa do Brasil deixou o calendário do alvinegro ainda mais complicado.

Diz ele que a equipe terá nove jogos oficias por três competições diferentes, situação que afeta diretamente o planejamento da comissão técnica que, por enquanto, vai tocando bem o barco, já que todos os objetivos do clube foram cumpridos.

Por causa do intervalo entre os jogos, o Alvinegro terá que usar dois times completamente diferentes em várias oportunidades. O time titular deverá entrar em campo 5 vezes, a não ser que a estratégia mude em função dos resultados anteriores: os dois jogos da Copa do Brasil contra o Atlético-PR, o clássico contra o Fortaleza e os dois encontros pela Copa do Nordeste, diante de Sampaio e CSA. Já a equipe reserva jogará em quatro jogos do Campeonato Cearense.

Abaixo, a tabela:

28.02 – Atlético-PR x Ceará – time titular
02.03 – Ceará x Uniclinic – time reserva
04.03 – Fortaleza x Ceará – time titular
07.03 – Ferroviário x Ceará – time reserva
10.03 – Ceará x Sampaio – time titular
13.03 – Ceará x Iguatu – time reserva
15.03 – Ceará x Atlético-PR – time titular
18.03 – Ceará x Floresta – time reserva
20.03 – CSA x Ceará – time titular

(Vídeo – Paulo MOska)

CAACE lança segunda edição do Programa Medida Legal

A Caixa de Assistência aos Advogados do Ceará (CAACE) acaba de lançar a segunda edição do Programa Medida Legal, na Livraria Cultura, com palestra do coach Franklin Aguiar. O programa tem por objetivo melhorar a saúde dos advogados e proporcionar bem-estar com boa alimentação e atividade física.

Cada participante é avaliado gratuitamente por bioimpedância e recebe um plano alimentar individualizado, elaborado pela nutricionista Camila Marques.

Mais de 200 profissionais do Direito estão inscritos nesta segunda edição, o que confirma o sucesso da iniciativa, avalia o presidente da CAACE, Erinaldo Dantas.

Contas externas abrem 2017 com saldo negativo de US$ 4,31 bi

O Brasil registrou déficit em transações correntes, que são compras e vendas de mercadorias e serviços e transferências de renda do país com o mundo, em janeiro. O resultado negativo ficou em US$ 4,310 bilhões. No mesmo mês de 2016, houve déficit de US$ 5,085 bilhões. Os dados são do Banco Central.

A maior parte do resultado negativo veio da conta renda primária (lucros e dividendos, pagamentos de juros e salários), com déficit de US$ 4,119 bilhões. A conta de serviços (viagens, transporte, aluguel de investimentos, entre outros) ficou negativa em US$ 2,763 bilhões.

O balanço das transações é formado também pela conta de renda secundária (renda gerada em uma economia e distribuída para outra, como doações e remessas de dólares, sem contrapartida de serviços ou bens) que ficou positiva em US$ 174 milhões, no mês.

A balança comercial (exportações e importações de mercadorias) contribuiu para reduzir o défcit em transações correntes, ao registrar superávit de US$ 2,398 bilhões, no primeiro mês do ano.

Quando o país registra saldo negativo em transações correntes, precisa cobrir o déficit com investimentos ou empréstimos no exterior. A melhor forma de financiamento do saldo negativo é o investimento direto no país (IDP), porque recursos são aplicados no setor produtivo do país. Em janeiro, esses investimentos chegaram a US$ 6,466 bilhões.

(Agência Brasil)