Blog do Eliomar

Categorias para Brasil

PT lança jingle para a campanha de Lula: “O Brasil feliz de novo!”

981 15

O Partido dos Trabalhadores lançou, nessa quinta-feira, o jingle para campanha do ex-presidente Luiz Inácio Lula para presidente em 2018. “Chama, chama que o povo quer. Chama, chama que o homem dá jeito. É o Brasil feliz de novo”, diz trecho.

Nesta sexta-feira, o jingle será o mote principal para animar a militância petista durante ato que ocorrerá em Contagem (MG), onde o partido fará o lançamento da pré-candidatura lulista.

 

 

Ciro Gomes pode ganhar o apoio do DEM e do PP

O PP e DEM vão decidir seus rumos na eleição de olho em um dado pragmático: embora menos intuitiva, a aliança com Ciro Gomes (PDT) poderia ser mais estratégica. A informação é da Coluna Painel, da Folha de S.Paulo desta sexta-feira.

Se ele passar ao segundo turno, ótimo. Se for abatido por Geraldo Alckmin (PSDB), sem problema. Pelo perfil, o tucano seria obrigado a recorrer à centro-direita para governar. O pedetista, não. Ele tem a esquerda. Por isso, as siglas avaliam que fechar com Ciro agora pode reduzir as chances de acabarem na oposição em 2019.

A decisão, porém, não é simples. O DEM tem muito mais afinidade ideológica com os tucanos e alimenta uma relação com Alckmin há anos. Esses fatores estão na balança, mas a cúpula do partido já admite que avalia a sério a possibilidade de acabar fechando com o pedetista.

O fato de o PSDB ter exposto sua desconfiança quanto à viabilidade de Alckmin na corrida presidencial deu força à corrente do DEM que prega olhar para Ciro.

Apesar do nome de Benjamin Steinbruch (PP) ser cotado para formar a chapa do pedetista, internamente, aliados apostam que a primeira opção de Ciro é firmar aliança com o PSB –e aí esta sigla indicaria o vice.

(Foto – Fábio Lima)

Greve dos caminhoneiros reduz arrecadação estadual

159 2

Os 10 dias da greve dos caminhoneiros derrubaram a arrecadação estadual em maio no percentual de 3%, informa o secretário da Fazenda, João Marcos Maia. Ele até se diz aliviado, pois esperava maior impacto. Avalia que a celeridade do governo e da Prefeitura de Fortaleza na adoção medida contra desabastecimento nos postos contribuiu para evitar o pior. O arrecadado total ficou em R$ 926 milhões, com todos os dados já remetidos ao governador Camilo Santana (PT).

Sobre a redução do ICMS dos combustíveis, o secretário do Planejamento e Gestão, Maia Júnior, disse para a Coluna que estudos no sentido de verificar possibilidade de reduções já estão ocorrendo no âmbito do governo.

Ele não dá mais detalhes, mas reconhece que a greve dos caminhoneiros serviu para mostrar um fato: o cidadão, que paga muito imposto, continua sem o retorno justo dos serviços. “Esse fato não podemos deixar de reconhecer”, afirma. Nas entrelinhas, lamenta a falta de uma boa reforma tributária.

(Foto – Júlio Caesar)

Parque do Cocó completa um ano de regulamentação – O que falta fazer?

Com o título “Parque do Cocó: o que falta fazer”, eis o Editorial do O POVO desta sexta-feira:

Ainda que, à época, tenha desagradado a alguns setores do ambientalismo, a demarcação do Parque do Cocó pode ser creditado com uma das melhores realizações do governo Camilo Santana (PT).

É certo que as críticas, mesmo sendo respeitáveis – devido à não inclusão de algumas áreas na poligonal do parque -, vão se tornar detalhes no decorrer do tempo, frente ao grande benefício propiciado pela sua transformação em Unidade de Conservação, que vai permitir que o Cocó continue a ser desfrutado por gerações futuras.

No entanto, para que isso ocorra em toda a sua plenitude, alguns complementos ainda são necessários para garantir a plena viabilidade do parque, como demonstrou reportagem, assinada pela jornalista Luana Severo, publicada na edição de ontem.

Passado um ano da demarcação do Cocó, alguns procedimentos ainda estão em estágio embrionário. Um desses itens, o mais importante e obrigatório, é o plano de manejo (lei 9.985/2000 ), que ainda nem começou a ser elaborado. O plano de manejo estabelece um “conjunto de ações necessárias para a gestão e uso sustentável dos recursos naturais em qualquer atividade no interior e em áreas do entorno dela (da unidade de conservação) de modo a conciliar, de maneira adequada e em espaços apropriados, os diferentes tipos de usos com a conservação da biodiversidade” (Ministério do Meio Ambiente – ICMBio). Ou seja, o instrumento determina qual o uso se pode fazer do parque, preservando-lhe a integridade, e deve ser elaborado no prazo máximo de cinco anos, desde a criação da unidade de conservação. O secretário estadual do Meio Ambiente, Artur Bruno disse que brevemente o plano começará a ser encaminhado.

De pronto, o secretário pretende lançar o Pacto pelo Rio Cocó, reunindo diversos setores sociais e os quatro municípios por onde passa o rio: Pacatuba, Maracanaú, Itaitinga e Fortaleza. Segundo ele, o objetivo é recuperar o Cocó em todo o seu percurso de 50 quilômetros.

Outra questão a ser resolvida, na qual Bruno diz estar empenhado, é a regularização fundiária das construções dentro da unidade. Um levantamento vai determinar a quantidade de imóveis existentes e, segundo o secretário do Meio Ambiente, permanecerão apenas as famílias de comunidades consideradas tradicionais.

Artur Bruno, que esteve à frente da demarcação do Cocó, fez do parque uma das prioridades de sua pasta, conseguindo resultados bastante expressivos. Portanto há de se confiar que ele esteja encaminhando o assunto da melhor maneira possível. E é de se esperar que esse trabalho tenha continuidade no próximo governo.

Neymar vai sair jogando contra a Áustria

O Brasil da Copa do Mundo vai ser “apresentado” neste domingo no amistoso contra a Áustria, em Viena. Neymar vai ser titular e, com isso, o técnico Tite colocará em campo o time da estreia na Rússia. O craque entrará no lugar do volante Fernandinho e a alteração tornará a equipe mais ofensiva. Willian e Philippe Coutinho, assim como Gabriel Jesus, estão mantidos.

No entanto, Neymar não vai jogar toda a partida. Ele ainda não recuperou a forma física na plenitude e a tendência é que atue durante 60 ou 75 minutos.

“Com certeza ele tem condições de começar jogando. Jogar 90 minutos ou não depende de como ele vai sentir o jogo, se vai estar cansado ou não, mas com certeza vai jogar mais tempo do que na primeira partida”, disse o médico Rodrigo Lasmar.

No último domingo, Neymar atuou durante todo o segundo tempo da partida em que o Brasil venceu a Croácia por 2 a 0, em Liverpool, na Inglaterra, e ainda fez o primeiro gol do duelo. Ele não inicia uma partida desde 25 de fevereiro, dia em que sofreu a fratura no pé.

Com a entrada de Neymar e as manutenções de Willian, Gabriel Jesus e Philippe Coutinho, Tite escala a equipe considerada ideal para a Copa do Mundo pelo poder ofensivo e por fazer que os adversários, principalmente os considerados mais fracos, se retraiam. No entanto, o “plano B”, com Fernandinho entrando para ajudar o setor defensivo, não será abandonado por Tite e deverá ser utilizado em algumas ocasiões nas fases de mata-mata.

Philippe Coutinho jogará mais centralizado, “por dentro”, como define Tite. A principal estrela da seleção ocupará a faixa esquerda do campo. Willian permanecerá aberto pelo lado direito, com Gabriel Jesus à frente. Paulinho continuará incumbido da tarefa de jogar entre as duas áreas do campo.

Para o lateral-esquerdo Marcelo, a mudança em relação ao jogo contra a Croácia não traz grandes alterações para a seleção. “Não muda a tática, cada um sabe o seu posicionamento. Tite é o que mais sabe”, afirmou em entrevista coletiva. “Pode ser que seja um pouco mais ofensivo (o esquema), mas cada um sabe seu trabalho dentro de campo, onde tem de se posicionar e existe confiança no companheiro.”

A equipe será mais ofensiva, mas Tite não vai abrir mão de dois aspectos principais: marcação sob pressão na saída de bola do adversário e saídas eficientes de bola mesmo quando os times rivais reduzirem bastante os espaços.

A saída de bola, aliás, foi bastante treinada pela equipe. A determinação foi que os jogadores girassem a bola com rapidez e se movimentassem para dar opção ao companheiro e abrir espaço na marcação adversária. A dificuldade apresentada no amistoso contra a Croácia assustou o treinador.

Uso de canudos pode ser moderado por lei

Embalado por postagens nas redes sociais que condenam o uso de canudos plásticos descartáveis, o deputado Marcus Vicente (PP/ES) apresentou à Câmara um projeto de lei que quer proibir a produção e comercialização do produto em todo o Brasil. A informação é do O Globo.

No projeto, o deputado propõe que os canudos deixem de ser fabricados em até 48 meses e de parem de ser comercializados em 60 meses.

Em sua justificativa, ele cita um estudo da ONU, em que diz que em 2050 os oceanos terão mais plástico do que peixes.

Sindicato dos Jornalistas do Ceará comemora 65 anos homenageando o jurista Paulo Bonavides

A Assembleia Legislativa vai realizar, às 18 horas do próximo dia 20, sessão solene em alusão aos 65 anos de fundação do Sindicato dos Jornalistas do Ceará (Sindjorce). O requerimento é de autoria da deputada Augusta Brito (PCdoB). Na ocasião, serão homenageados pela Casa jornalistas e entidades que contribuem com a defesa do jornalismo no Estado.

Além do próprio Sindijorce, receberão placas a Federação Nacional dos Jornalistas (Fenaj), a Central Única dos Trabalhadores no Ceará (CUT/CE) e o Departamento Intersindical de Estatísticas e Estudos Socieconômicos (Dieese).

Já as personalidades homenageadas são: Paulo Bonavides (jurista e jornalista, fundador do Sindjorce), Gérson Marques (procurador do Trabalho no Ceará) e Carlos Chagas (advogado trabalhista e assessor jurídico do sindicato).

Agência Reguladora do Ceará implementa em Jericoacoara projeto de combate ao esgoto clandestino

Com o objetivo de solucionar problemas relacionados ao esgotamento sanitário e ao uso indiscriminado dos recursos hídricos de Jijoca de Jericoacoara, a Agência Reguladora do Ceará (Arce) implementou, nesse município, o projeto “Abraço Jeri e Cuido do Meio Ambiente”. Nesse sentido, por toda esta quinta-feira, Alceu Galvão, analista da Arce coordena reuniões em Jericoacoara visando nivelar as informações, definir estratégias e dar início à execução das ações previamente programadas.

Além do representante da Arce, participam desses encontros integrantes do Ministério Público, da Prefeitura Municipal, Secretaria de Turismo de Jijoca de Jericoacoara, do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) e da Associação Empresarial “Eu Amo Jeri”.

Nesta tarde, Galvão participa do Fórum Regional de Turismo do Extremo Oeste do Ceará que acontece na Câmara Municipal de Jijoca. Na oportunidade, ele apresenta as atividades do “Abraço Jeri” e fala sobre a importância da ação e seus respectivos impactos na vida dos moradores e visitantes, considerando que o uso incorreto da rede de esgoto pode contaminar o lençol freático da região e causar sérios danos à saúde.

(Foto – Divulgação)

Na Espanha, novo primeiro-ministro jura com mão sobre a Constituição e não sobre a Bíblia. Aprova?

221 2

Com o título “Um exemplo a ser seguido”, eis artigo de Plínio Bortolotti, jornalista do O POVO, que pode ser acessado também no jornal O POVO e no seu Blog no O POVO Online. Ele comenta o caso do novo primeiro-ministro espanhol que jurou com a mão posta sobre a Constituição e não sobre a Bíblia. Confira:

O novo primeiro-ministro da Espanha, Pedro Sánchez, do Partido Socialista Operário Espanhol (PSOE) rompeu com uma tradição mantida desde a redemocratização do país (1975), ao fazer seu juramento como chefe do Executivo. Ele dispensou a Bíblia e o crucifixo e jurou com a mão posta sobre a Constituição espanhola: “Prometo por minha consciência e honra cumprir fielmente as obrigações do cargo de presidente do governo com lealdade ao rei e guardar a Constituição como norma fundamental do Estado”. Embora não seja obrigatório, nenhum outro primeiro-ministro dispensara os símbolos religiosos na cerimônia de posse.

Sendo a Espanha um dos dez países mais católicos do mundo, talvez seja esta mais uma vantagem do parlamentarismo: a possibilidade de reduzir a influência da religião na ocupação de cargos políticos. Será que os espanhóis elegeriam um presidente incréu, mesmo que fosse o mais preparado para governar?

Declarando-se ateu, em um país em que a nota na disciplina de Religião conta para a média final, Sánchez é contra o ensino religioso nas escolas, afirmando haver incompatibilidade da disciplina com um país laico. Mas, por aqui, o caso passou meio despercebido. Nem mesmo os fanáticos religiosos condenaram o gesto de Sánchez.

A Constituição brasileira invoca o Criador em seu preâmbulo, onde consta ter sido a Carta promulgada “sob a proteção de Deus”. No Brasil, 92% da população acredita em alguma divindade (IBGE 2010), com um percentual de 8% de “sem religião”. Parece pouco, mas somam mais de 15 milhões de brasileiros. Se esse grupo fosse considerado uma religião, seria a terceira maior do País, atrás de católicos e evangélicos.

No Brasil são comuns feriados católicos e a presença de símbolos religiosos – cristãos, nunca de outras confissões – distribuídos em prédios públicos, incluindo recintos que representam os três poderes da República: Executivo, Legislativo e Judiciário.

Sendo um País laico, o melhor seria evitar a imposição de símbolos religiosos nas repartições do Estado, pois a República representa a todos os brasileiros e não apenas os crentes.

*Plínio Bortolotti

plinio.pab@gmail.com

Jornalista do O POVO.

Fortaleza teve em maio a quarta cesta básica mais cara do País

O custo da cesta básica aumentou em 18 capitais em maio, segundo dados da Pesquisa Nacional da Cesta Básica de Alimentos, realizada pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese). As maiores altas ocorreram em Campo Grande (5,22%), Florianópolis (3,49%), João Pessoa (3,17%) e Fortaleza (3,12%). Houve reduções em Manaus (-0,82%) e Belo Horizonte (-0,39%).

A cesta básica mais cara é do Rio de Janeiro (R$ 446,03), seguida por Florianópolis (R$ 441,62), São Paulo (R$ 441,16) e Porto Alegre (R$ 437,73). As menores foram encontradas em Salvador (R$ 327,56) e Recife (R$ 336,36). Os preços médios da cesta básica caíram em quase todas as capitais entre maio de 2017 e maio de 2018, com destaque para Recife (-11,34%), João Pessoa (-9,74%) e Belém (-8,74%).

As maiores altas foram registradas em Campo Grande (0,77%) e no Rio de Janeiro (0,78%).

Nos cinco primeiros meses do ano, a tendência de queda inverteu, com todas as capitais mostrando aumento acumulado, com variações entre 1,27%, em Recife, e 8,70%, em Campo Grande.

O custo da cesta de alimentos básicos na cidade de São Paulo foi de R$ 441,16 em maio, com alta de 1,46% em relação a abril. Em 12 meses, a variação anual foi de -3,87% e, nos cinco primeiros meses de 2018, de 3,96%.

(Agência Brasil)

Pré-Sal – ANP diz que leilão garante arrecadação extra de R$ 40 bi nos próximos anos

O diretor-geral da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), Décio Oddone, afirmou hoje (7) que o ágio obtido na 4ª Rodada de Partilha do Pré-Sal permitirá uma arrecadação R$ 40 bilhões maior que a prevista para os próximos anos. O leilão contratou três das quatro áreas ofertadas com um ágio de 202,3%. No caso do leilão de partilha, o ágio se dá sobre a oferta mínima de excedente em óleo à União. De acordo com Décio, a arrecadação adicional se dará ao longo dos anos em que os contratos vigorarem.

O diretor-geral da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), Décio Oddone, anuncia consulta pública para debater periodicidade do repasse dos reajustes de preço dos combustíveis. “Foi mais um leilão extremamente exitoso, em que a gente conseguiu atrair competitividade, fazendo com que a arrecadação aumente. Nossa estimativa é de que as receitas esperadas pela União, estados e municípios cresçam em R$ 40 bilhões. É muito mais do que o bônus de assinatura apresentado hoje. Isso é fruto do ágio que tivemos nas ofertas, mostrando o potencial que o pré-sal tem”.

Décio destacou que, pela primeira vez, a Petrobras teve que exercer seu direito de preferência para se manter nos blocos que a interessavam, o que, avaliou, é mais uma prova da competição gerada pela atratividade dos blocos.

Segundo a ANP, com o excedente em óleo de 75% no bloco de Uirapuru, o Estado Brasileiro deve arrecadar 90% da receita líquida do projeto. “É algo que não se vê nem no Oriente Médio. Isso significa que extraídos os investimentos e os custos das companhias, da receita líquida dos projetos, 90% ficará com a sociedade brasileira”. Além do ágio de 202%, o leilão rendeu R$ 3,15 bilhões em bônus de assinatura e contratou investimentos previstos que somam R$ 738 bilhões.

(Agência Brasil)

Ex-comandante da PM do Rio diz que intervenção na segurança carioca é um fracasso

521 1

O ex-comandante da Polícia Militar do Rio de Janeiro, coronel Ibis Pereira, afirmou, nesta quinta-feira, para a reportagem do Blog que a intervenção na segurança pública no Rio virou um fracasso.

Para ele, a medida não passou de puro marketing político, pois a questão da segurança é bem mais complexa e exige um debate amplo envolvendo todos os segmentos que atuam nessa área.

Ibis Pereira é advogado, filósofo e doutorando em História Política e deu palestra no Seminário Internacional sobre Segurança Pública que a Assembleia Legislativa promove até esta sexta-feira, no auditório do seu prédio-anexo.

STJ sob nova direção

O ministro João Otávio de Noronha será o novo presidente do Superior Tribunal de Justiça. Em sessão promovida nessa quarta-feira (6), os ministros da corte escolheram Noronha, por aclamação, e a ministra Maria Thereza de Assis Moura como vice-presidente. Eles estarão à frente do STJ pelo biênio 2018-2020.

Noronha substitui a ministra Laurita Vaz. “Buscarei incessantemente um resultado chamado eficiência. Quero ser o presidente do mais eficiente tribunal do país”, disse Noronha em discurso depois do resultado. Ele manifestou ainda interesse em ampliar o uso de ferramentas de tecnologia.

O ministro afirmou que vai focar energia e recursos em inteligência artificial para acelerar a prestação jurisdicional, a racionalidade na utilização dos recursos orçamentários e a melhoria do fluxo de trabalho entre o STJ e as cortes estaduais.

“O uso da inteligência artificial será de grande valia para refinar triagens e imprimir maior celeridade aos fluxos de trabalho internos. É um dos setores em que pretendemos investir boa parte dos recursos financeiros disponíveis”, disse o ministro. O acervo processual do tribunal gira em torno de 350 mil processos.

(Foto – STJ)

Vem aí a XIX Parada da Diversidade Sexual de Fortaleza

207 1

Vem aí a XIX Parada pela Diversidade Sexual do Ceará. Vai acontecer no próximo dia 24, na avenida Beira Mar. A concentração ocorrerá a partir das 15 horas, em frente à Barraca do Joca. O tema da Parada deste ano é “O genocídio continua! A luta é todo dia por Dandara, Marielle e por todas!”.

Além de denunciar os elevados números de LGBTcídios no Brasil, o evento também celebrará os 40 anos do surgimento do movimento LGBT brasileiro, cujo marco inicial é a criação do Grupo Somos, em São Paulo, em 1978.

“A Parada é a celebração do Orgulho LGBT e da vida de todas as pessoas LGBT, todas as vidas importam!”, reforça Chico Pedrosa, do Grupo de Resistência Asa Branca (Grab), organizador da Parada pela Diversidade Sexual do Ceará desde sua primeira edição.

(Com Coluna Cena G, do O POVO)

Número de homicídios registra queda em maio no Ceará

André Costa é o titular da SSPDS.

O número de homicídios registrados no Ceará caiu pela segunda vez consecutiva. Foram 121 crimes letais em maio deste ano, em Fortaleza, em relação a 190 em maio de 2017. O número representa queda de 36,3%. As informações foram divulgadas, nesta manhã de quinta-feira, pela Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS).

Na Região Metropolitana e no Interior Sul também houve queda, de 23,8% e 34,5%, respectivamente. A única região onde houve aumento de homicídios foi no Interior Norte (40,3%). Ao todo, o Estado registrou 372 homicídios em maio último, em relação a 471 em maio de 2017 – queda de 21%.

A SSPDS atribui a ocupação policial em 10 áras de Fortaleza, que concentravam o maior número de homicídios, como motivação para a queda nos números.

No acumulado de janeiro a maio, por outro lado, o número de Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLI) aumentou 9,4%. Foram 1.996 homicídios nos primeiros cinco meses do ano, 171 crimes a mais que no mesmo período do ano passado.

Casos de Crimes Violentos Contra o Patrimônio (CVP), que inclui roubos de documentos e outros artigos, foram reduzidos em todas as regiõesdo Ceará. Foram 5.083 casos em maio último, segundo a SSPDS. No mesmo mês de 2017, o número chegou a 6.402 (queda de 20,6%). Os roubos a cargas, casas e veículos também caíram nas regiões (22,8%). Também houve registro de queda de furtos em maio último em relação a maio de 2017 (19,2%).

(O POVO Online – Repórter Igor Cavalcante)

Uma reflexão sobre uma candidatura de Lula, que completa dois meses de prisão

Com o título “Inelegível, preso e candidato?”, eis artigo de Rodrigo Martiniano Ayres Lins, professor da UniFanor/Wyden e especialista em Direito Eleitoral. Ele aborda o caminho a ser percorrido pelo PT no seu objetivo de sedimentar uma candidatura presidencial de Lula. Confira:

A presidente do Partido dos Trabalhadores (PT), Gleisi Hoffman, tem defendido a candidatura de Lula. Mas como, se ele está inelegível e preso? A resposta inicial nos parece simples: a Lei das Eleições autoriza ao candidato cujo registro estiver sob discussão efetuar todos os atos de campanha durante o tempo em que estiver sob essa condição, ou seja, até o julgamento em definitivo pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

A Lei da “Ficha Limpa” ainda permite a suspensão liminar da inelegibilidade, caso seja plausível a reforma da condenação criminal pelo Tribunal competente, o que viabilizaria o próprio deferimento do registro de candidatura de Lula. Segundo vários criminalistas, ideologicamente vinculados à esquerda ou não, essa chance é real.

O elemento mais desafiador neste caso é o fato de Lula estar preso. Sendo o direito ao exercício da cidadania fundamental, além de presumida a “não culpabilidade”, seria possível lhe ser deferida uma liberdade provisória, ainda que condicionada, para praticar atos de campanha? Somem-se a esses argumentos o fato de Lula ter hígidos os seus Direitos Políticos, uma vez que a sua suspensão só pode ocorrer com o efetivo trânsito em julgado de condenação criminal, à luz do que determina o Art. 15, III, da Constituição Federal de 1988.

A resposta, parece-nos, pode ser afirmativa.

Se o registro de Lula vier a ser indeferido, compete ao partido substituí-lo por outro candidato ou simplesmente desistir da disputa. Mas ao PT ainda resta uma alternativa mais arrojada: lançar candidato diverso à Presidência, a ser substituído por Lula no dia 17.09, data esta prevista no calendário oficial das eleições. Nessa hipótese, o TSE não teria tempo suficiente para analisar o pedido de registro de candidatura do ex-presidente antes da carga da urna eletrônica e, quiçá, da própria eleição, salvo se vier a fazê-lo de forma liminar, o que contrariaria toda a jurisprudência construída até então.

Em sendo Lula eleito, haveria tempo hábil e meios de impedir sua diplomação e posse no cargo de Presidente da República? Como ficaria o cenário político brasileiro? A essas perguntas não ouso proferir resposta.

*Rodrigo Martiniano Ayres Lins

r.martiniano@gmail.com

Professor da UniFanor/Wyden e especialista em Direito Eleitoral.

Petrobras anuncia reduz em 0,49% preço da gasolina nas refinarias

A Petrobras anunciou hoje (7) uma nova redução no preço da gasolina.

A partir desta sexta-feira, o combustível ficará 0,49% mais barato nas refinarias da estatal, passando a custar R$ 1,9521 o litro. Hoje, a gasolina está sendo negociada nas refinarias a R$ 1,9617.

Essa é a quarta queda consecutiva de preços anunciada pela empresa. Desde 2 de junho, quando o litro custava R$ 2,0113, o preço da gasolina já acumula uma redução de quase 6 centavos, ou seja, de 2,94%.

(Agência Brasil)

Dólar sobe e vale R$ 3,90 nesta quinta-feira

A cotação do dólar voltou a subir hoje (07), valendo R$ 3,9023 na abertura do mercado financeiro com valorização de 1,69%. A moeda norte-americana ultrapassou a barreira dos R$ 3,91, o que não ocorria desde março de 2016. Ontem, a cotação chegou a R$ 3,8371.

O índice da Bolsa de Valores de São Paulo (Ibovespa) abriu hoje (7) novamente em queda, caindo 2,04%, com 74.567 pontos, às 10h10min.

As ações da Petrobras acompanhavam a tendência de queda, com desvalorização das ações preferenciais, que dão direito a pagamento de lucros e dividendos, de 2,57% na abertura do pregão.

(Agência Brasil)