Blog do Eliomar

Categorias para Brasil

José Dirceu está livre e pode até assistir ao jogo do Brasil em casa

Na madrugada desta quarta-feira (27), José Dirceu, ex-ministro da Era lula, voltou para sua casa, em Brasília, após passar um mês preso no Complexo Penitenciário da Papuda. Condenado a 30 anos e 9 meses de prisão no âmbito da operação Lava Jato, ele foi solto após uma votação da Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal (STF). A informação é do Portal G1.

José Dirceu chegou ao apartamento dele, no Sudoeste (área nobre de Brasília), a 1h51min da madrugada. Ele entrou de carro pelo lado oposto de onde deveria entrar – ou seja, pela saída da garagem. O petista carregava uma bolsa preta na mão e mais duas sacolas. O repórter cinematográfico da TV Globo Edvaldo Lachu registrou a chegada de Dirceu.

Na Justiça, ele responde por corrupção ativa, lavagem de dinheiro e organização criminosa. Com a decisão liminar (provisória), ganha o direito de aguardar em liberdade o julgamento de recurso do Superior Tribunal de Justiça (STJ).

Como agora o ex-ministro está em liberdade, na prática, não há nenhum impedimento legal para que ele deixe Brasília. A medida aplicada também não prevê o uso de tornozeleira eletrônica.

Segundo a defesa, ainda não está decidido se o ex-ministro ficará no apartamento da família ou seguirá para outro local.

(Foto – Reprodução TV Globo)

Agências bancárias funcionam das 9 às 13 horas desta quarta-feira

Brasília (DF), 22/11/2016 – Edifício Banco do Brasil – Foto, Michael Melo/Metrópoles

As agências bancárias abrem hoje (27) em horário especial devido ao jogo da Seleção Brasileira de Futebol, às 15h. O funcionamento das agências será das 9 às 13 horas, segundo a Federação Brasileira de Bancos (Febraban).

Segundo a entidade, não há atendimento em horário de jogos do Brasil “por motivo de segurança das agências e de transporte de valores”. A Febraban acrescentou que a definição dos horários em dias de jogos da Copa foi feita de acordo com circular do Banco Central. Em dia de jogo às 9h, o atendimento ao público nas agências bancárias será das 13h às 17h. Quando a partida for às 11h, as agências abrem das 8h30 às 10h30 e das 14h às 16h. Em dia de jogo às 15h, o atendimento será das 9h às 13h.

A federação lembra que os bancos deverão afixar nas agências aviso sobre o horário de atendimento nos dias de jogos do Brasil, com antecedência mínima de 48 horas.

A Febraban lembra ainda que as instituições bancárias oferecem aos clientes alternativas como caixas eletrônicos, internet banking, aplicativo no celular (mobile banking) e operações bancárias por telefone. Esses canais de atendimento funcionam normalmente em horários de jogos.

(Agência Brasil)

Copa da Rússsia – Saiba o que funciona nesta quarta-feira de jogo do Brasil

O terceiro jogo da seleção brasileira pela Copa do Mundo da Rússia acontece nesta quarta-feira, 27. Nesta partida, o Brasil enfrentará a Sérvia às 15 horas (horário de Brasília). Em função dos jogos, principalmente os que acontecem nos dias úteis, os serviços de Fortaleza poderão ter horário de funcionamento alterado. Veja abaixo o que funciona e o que não funciona na Capital:

*Supermercados

Os supermercados da Capital fecham 30 minutos antes do jogo (14h30min) e reabrem 30 minutos após o final da partida, conforme a Associação Cearense de Supermercados, Acesu.

*Centro de Fortaleza

O Sindicato do Comércio Varejista e Lojista de Fortaleza (Sindilojas) informa que o funcionamento das lojas da cidade, bem como as do Centro, estará a critério dos proprietários, isto é, algumas podem fechar e outras podem continuar abertas.

*Postos de combustíveis

O funcionamento dos postos de combustíveis não sofrerá alteração em dias de jogos do Brasil, conforme o Sindicato dos Empregados em Postos de Serviço de Combustíveis e Derivados do Petróleo do Estado do Ceará (Sinpospetro).

*Enel

A Enel Distribuição Ceará montou um esquema especial de atendimento durante os jogos da Copa do Mundo, que envolve a área técnica e o atendimento ao cliente. A companhia manterá seu funcionamento normal durante todo o evento, com exceção apenas nos dias de jogos da seleção brasileira, onde as lojas de rua irão funcionar com expediente reduzido. No dia 27, o expediente será de 8 às 13 horas.

*Cagece

A Companhia de Água e Esgoto do Ceará (Cagece) informa que funcionará pela manhã, em sua sede e nos postos de atendimento da Capital e do Interior, durante os jogos da Seleção Brasileira na Copa do Mundo 2018.

Para atendimento nos dias de partida da seleção brasileira, é necessário entrar em contato com a companhia por meio dos canais de atendimento disponíveis, como a Central de Atendimento, pelo telefone 0800.275.0195.

Outras formas de fazer contato direto a Cagece são: por meio do Cagece Mobile (aplicativo gratuito, disponível para iOS e Android), ou por meio da Gesse, a assistente virtual da companhia, que atende pelo site www.cagece.com.br.

*Justiça do Trabalho

Nos dias em que os jogos do Brasil começam pela tarde, o expediente será de 7h30min às 13h30min.

*Tribunal de Justiça

Nesta quarta-feira, a Justiça estadual irá funcionar de 8 às 13 horas, de acordo com a portaria nº 1.061/2018, publicada no Diário da Justiça do dia 30/05. A portaria determina também a prorrogação dos prazos processuais para o primeiro dia útil seguinte aos dias dos jogos da seleção brasileira.

*Agências bancárias

De acordo com o Sindicato dos Empregados em Estabelecimentos Bancários do Ceará (SEEB/CE), as agências funcionarão de 9 às 13 horas.

*Metrofor

Em comunicado no site, a Metrofor informa que a operação das linhas será interrompida 30 minutos antes do início da partida, e será retomada 30 minutos após o encerramento. Esta medida será aplicada em todos os jogos da Seleção Brasileira, realizados de segunda a sábado.

Hospitais, UPAS e postos de saúde
A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) informa que todos os serviços de urgência e emergência (hospitais e UPAs) funcionarão 24 horas. Os postos de saúde funcionarão de 7 às 13 horas.

Shoppings

A assessoria dos shoppings North Shopping Fortaleza, North Shopping Jóquei e Via Sul Shopping informa que nos horários de jogos do Brasil, as lojas, quiosques e operações da Praça de Alimentação têm funcionamento facultativo, com abertura a critério de cada lojista.

*Shopping Benfica

Durante os jogos do Brasil na Copa, o Shopping Benfica funcionará em horário normal (segunda a sábado, das 10 às 22 horas e aos domingos, praça de alimentação, entretenimento às 11h30min; lojas, quiosques e box das 13 às 21 horas). Durante as transmissões, as operações poderão fechar 30 minutos antes do início dos jogos e reabrir até 30 minutos após o final das partidas.

*Shopping Iguatemi

Durante a quarta-feira, as praças de alimentação e lazer funcionarão de 10 às 22 horas; lojas têm funcionamento obrigatório de 10 às 14h30min e 17h30min às 22 horas. No horário de 14h30min às 17h30min, o funcionamento das lojas é facultativo.

*Shopping RioMar (Papicu e Kennedy)

O RioMar Fortaleza e o RioMar Kennedy funcionam com lojas, cinema, atrações de entretenimento e quiosques podendo fechar 30 minutos antes das partidas dos jogos da seleção brasileira e retomando 30 minutos depois do término. Os serviços públicos, Detran, AMC, Ministério do Trabalho e Etufor seguirão o funcionamento determinado por cada órgão.

(O POVO Online – Repórter Gabriele Zaranza)

Conselho Monetário Nacional fixa em 3,75% meta da inflação para 2021

O Conselho Monetário Nacional (CMN) definiu a meta de inflação para 2021 em 3,75%, com tolerância de 1,5 ponto percentual para cima ou para baixo. O anúncio foi feito pelo Ministério da Fazenda.

As metas de inflação para 2019 e 2020 foram mantidas, respectivamente, em 4,25% e 4%, também com intervalo de tolerância de 1,5 ponto para cima ou para baixo. Esse é o valor que o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) poderá alcançar nos próximos anos.

A meta de inflação deve ser perseguida pelo Banco Central (BC) ao definir a taxa básica de juros, a Selic. Quando o Comitê de Política Monetária (Copom) aumenta a Selic, pretende conter a demanda aquecida e segurar os preços ao encarecer o crédito e estimular a poupança. Ao diminuir os juros básicos, o Copom barateia o crédito, incentivando a produção e o consumo.

Desde 2005, o centro da meta de inflação estava em 4,5%, com 2,5 pontos de margem de tolerância. Em 2006, esse intervalo caiu para 2 pontos e permaneceu assim nos anos seguintes até ser reduzido para 1,5 ponto para 2017 e 2018. Somente no ano passado, o centro da meta foi reduzido para 4,25% em 2019 e 4% em 2020.

Até 2016, a meta de inflação era fixada com dois anos de antecedência, mas um decreto publicado no Diário Oficial da União em junho do ano passado determinou que a definição passasse a ser feita três anos antes. De acordo com o Banco Central, a mudança teve como objetivo reduzir as incertezas e melhorar a capacidade de planejamento das famílias, das empresas e do governo.

Segundo a secretária-executiva do Ministério da Fazenda, Ana Paula Vescovi, a fixação da meta de inflação com três anos de antecedência representa a maturidade do sistema em vigor há 19 anos. “O Brasil converge, cada vez mais, para níveis de inflação com países que adotam o regime de metas. Essa é uma conquista importante que traça um horizonte mais longo, dá previsibilidade para os agentes [econômicos] e contribui para que o país possa viver mais tempo com níveis de inflação mais baixos”, declarou.

Sobre o risco de a inflação estourar as metas caso o próximo governo não consiga avançar com reformas estruturais, como a da Previdência, a secretária disse que as reformas são um complemento importante para facilitar o cumprimento da meta. Ela, no entanto, destacou que o Banco Central está aparelhado para conseguir fazer a inflação convergir para os níveis fixados pelo CMN.

“O manejo da política monetária nos últimos dois anos foi um emblema de como ser bem sucedido usando o sistema de metas de inflação e coordenando com outros instrumentos de política econômica, como a política fiscal. Tanto a inflação como os juros caíram. Vale lembrar que os mais pobres são os mais beneficiados com uma política de juros e de inflação baixa”, declarou Ana Paula Vescovi.

(Agência Brasil)

Eunício Oliveira e Rodrigo Maia definirão calendário de votações no período eleitoral

O presidente do Senado, Eunício Oliveira (MDB-CE), anunciou hoje (26) que se reunirá com o presidente da Câmara, deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ), para definir o calendário de votações das duas Casas no período eleitoral. A reunião ainda não está marcada e, de acordo com Eunício, tem o objetivo de construir um calendário que concilie o tempo disponível com a qualidade nas votações.

“[Tudo] depende de como o projeto vai sair da Câmara. Se ele sair com um processo negociado e ajustado é mais fácil para o Senado [aprovar]. Senão, o sistema é bicameral”, disse Eunício. “Nós vamos ter o recesso, mas voltaremos no período eleitoral e teremos aqui plantões para que a gente possa fazer um calendário dessa questão [votações] no período eleitoral”, completou.

Segundo o parlamentar, os senadores só vão encerrar as atividades no meio do ano após a aprovação da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de 2019. “Nós vamos [trabalhar] até aprovar a LDO, eu já disse e repito, desde que assumi a presidência, nós saímos no período legal que determina a Constituição brasileira. Enquanto não votar a LDO, o Congresso estará aberto”, assegurou o presidente do Senado.

O texto da LDO precisa ser votado pelos parlamentares até o dia 17 de julho em sessão do plenário do Congresso Nacional. Caso não seja votado até essa data, pode inviabilizar o recesso parlamentar, que vai de 17 de julho a 1º de agosto. Segundo a Constituição, o Congresso Nacional não pode parar enquanto não aprovar a nova LDO.

Com relatório preliminar da LDO aprovado na semana passada, a previsão é que o texto final seja votado na comissão especial que analisa o tema no dia 10 de julho.

Eleições 2019
Em outubro, os eleitores vão eleger o presidente da República, governadores, dois terços do Senado Federal, deputados federais e deputados estaduais e distritais. As eleições serão realizadas no dia 7 de outubro, em primeiro turno, e no dia 28 de outubro, nos casos de segundo turno.

De acordo com a legislação atual, os candidatos deverão ser escolhidos nas convenções partidárias entre os dias 20 de julho e 5 de agosto. O prazo para partidos políticos e as coligações apresentarem à Justiça Eleitoral o pedido de registro de candidatos termina no dia 15 de agosto.

A propaganda eleitoral é permitida a partir do dia 16 de agosto e pode ser feita por meio de comícios, carreatas, distribuição de material gráfico e propaganda na internet, desde que não paga, entre outras formas. Já a propaganda eleitoral gratuita no rádio e na televisão terá início em 31 de agosto e prossegue até o dia 4 de outubro.

(Agência Brasil)

STF manda soltar José Dirceu

Por 3 votos a 1, a Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu hoje (26) suspender a execução da condenação do ex-ministro José Dirceu a 30 anos de prisão na Operação Lava Jato. Com a decisão, Dirceu deverá ser solto. Ele cumpre a pena na Penitenciária da Papuda, em Brasília.

A decisão foi tomada a partir de um habeas corpus protocolado pela defesa de Dirceu. Votaram pela soltura o relator, Dias Toffoli, e os ministros Gilmar Mendes e Ricardo Lewandowski.

Ex-ministro da Casa Civil José Dirceu

Edson Fachin, relator dos processos da Lava Jato no STF, votou contra a concessão da liberdade. A maioria entendeu que o cálculo da pena pode ser revisto e Dirceu pode aguardar em liberdade o julgamento do recurso contra a condenação.

José Dirceu foi preso no mês passado após ter a condenação confirmada pela segunda instância da Justiça Federal, com base no entendimento do STF, que autorizou a execução provisória da pena, após o fim dos recursos na segunda instância.

Sessão

O julgamento desta terça-feira foi marcado por várias trocas de farpas entre os ministros Dias Toffoli e Edson Fachin, que pediu vista do habeas corpus, mas os demais integrantes da Segunda Turma decidiram encaminhar a votação.

O procedimento não é usual no STF. Em geral, quando integrantes pedem vista de um processo, os demais chegam a adiantar o voto, mas o resultado fica suspenso e não é proclamado.

Em dos trechos do julgamento, ao discordar do voto de Toffoli,  Fachin sustentou que o ministro estaria descumprindo a decisão do plenário que autorizou a prisão após o fim dos recursos em segunda instância.  No entanto, Toffoli divergiu das ponderações e passou a rebater os argumentos de Fachin.

“Mas aí não tem a ver com execução imediata da pena, Vossa Excelência está fazendo um contraponto, eu estou falando A, Vossa Excelência está falando B. Vamos colocar as coisas nos devidos lugares”, disse Toffoli.

Em seguida, Fachin respondeu: “Nós dois estamos entendendo o que nós estamos falando”.

A troca de farpas entre os ministros ocorreu um dia após o ministro Edson Fachin enviar ao plenário, e não à Segunda Turma, o recurso no qual a defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva também pedia para suspender a execução da condenação na Lava Jato.

Além de Dirceu, também conseguiram recursos favoráveis na sessão de hoje da Segunda Turma o deputado estadual Fernando Capez (PSDB-SP), a senadora Gleisi Hoffmann e seu marido, o ex-ministro Paulo Bernardo, e o ex-tesoureiro do PP, João Claudio Genu, condenado na Lava Jato.

(Agência Brasil)

ExpoEvangélica 2018 terá entre atrações Cristina Mel

622 1

A cantora Cristina Mel está entre as atrações da XIII ExpoEvangélica, o festival de música e de produtos voltados para o mundo cristão. O festival ocorrerá de 4 a 7 de julho próximo, no Centro de Eventos, e contará com 80 estandes vendendo os mais variados produtos para o mundo gospel.

A organização está por conta de Francisco Everton, que se encontra em São Paulo finalizando contatos com editoras e alguns outros artistas que participarão do evento.

(Foto – Divulgação)

BNDES contrata empresa para “caçar” devedores

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social renovou o contrato com uma empresa responsável por identificar e encontrar os devedores da instituição financeira. A informação é da Época, por meio da coluna Expresso.

Parte do trabalho da contratada é investigar aquelas pessoas ou empresas ligadas aos devedores. O BNDES gastará até R$ 2 milhões com o serviço.

STJ nega pedido de Ciro para suspender indenização a Collor

O Superior Tribunal de Justiça negou, nesta terça-feira (26), pedido do presidenciável Ciro Gomes (PDT) para suspender o pagamento de indenização ao senador Fernando Collor (PTC) por ofensas ditas em 1999. Nessa época, Ciro se referiu a Collor como “playboy safado” e “cheirador de cocaína”.

A informação é da Folha, adiantando que o pedetista foi inicialmente condenado a pagar R$ 100 mil por danos morais, mas o Tribunal de Justiça de São Paulo reduziu a indenização para R$ 60 mil.

O ex-presidente pediu o depósito de R$ 301 mil ao requerer a execução provisória da condenação, contando juros moratórios. Ciro Gomes pretendia a suspensão da condenação até o julgamento de um recurso interposto no STJ.

89% dos brasileiros consideram saúde péssima, ruim ou regular

Oitenta e nove por cento dos brasileiros classificam a saúde – pública ou privada – como péssima, ruim ou regular. A avaliação é compartilhada por 94% dos que possuem plano de saúde e por 87% dos que dependem do Sistema Único de Saúde (SUS), segundo dados apresentados hoje (26) pelo Conselho Federal de Medicina (CFM).

A pesquisa, realizada pelo Instituto Datafolha, tem abrangência nacional e ouviu 2.087 pessoas – 59% delas residentes no interior. A amostra, composta por homens e mulheres com idade superior a 16 anos, respondeu a um questionário estruturado que dispõe ainda sobre a expectativa dos brasileiros sobre a atuação dos próximos governantes e parlamentares em relação à assistência médica.

Para os entrevistados, os políticos que vencerem o pleito deste ano devem adotar medidas que combatam a corrupção na área da saúde (26%); reduzam o tempo de espera por consultas, exames, cirurgias e outros procedimentos (18%); aperfeiçoem a fiscalização dos serviços na rede pública (13%); fomentem a construção de mais postos e hospitais (11%); e garantam melhores condições de trabalho e de remuneração para médicos e outros profissionais da área (9%).

SUS como prioridade

A valorização do SUS como política social relevante aparece com ênfase na pesquisa. Os números mostram que, para 88% dos entrevistados, o sistema deve ser mantido no país como modelo de assistência de acesso universal, integral e gratuito para brasileiros, conforme previsto em seus princípios e diretrizes legais.

Falta gestão e recursos

De acordo com o estudo, 83% das pessoas ouvidas acreditam que os recursos públicos não são bem administrados; 73%, que o atendimento não é igual para todos; e 62%, que o SUS não tem gestores eficientes e bem preparados. Entre os 14 serviços disponíveis em postos e hospitais analisados pelo estudo, 11 foram alvo de críticas.

Dificuldade de acesso

Os dados mostram que, entre os itens com maior dificuldade de acesso na rede pública estão: consultas com médicos especialistas (74%); cirurgias (68%); internação em leitos de UTI (64%); exames de imagem (63%); atendimento com profissionais não médicos, como psicólogos, nutricionistas e fisioterapeutas (59%); e procedimentos específicos como diálises, quimioterapia e radioterapia (58%).

Principais gargalos

A análise dos dados sugere que, de forma geral, a percepção de mau atendimento decorre de problemas registrados ao longo do processo, como o tempo de espera para ter uma resposta do SUS para uma demanda encaminhada, item apontado por 24% dos entrevistados.

Também são vistos como vilões a falta de recursos financeiros para o SUS (15%) e a má gestão administrativa e operacional do sistema (12%). Questões como a falta de médicos (10%) e a dificuldade para marcar ou agendar consultas, cirurgias e procedimentos (10%) completam o topo do ranking.

O tempo de espera é o fator com avaliação mais negativa do SUS – o item é apontado como maior gargalo na rede pública para 82% dos entrevistados que buscam consulta, 80% dos que precisam de um exame de imagem e para 79% dos que aguardam cirurgia.

Na semana de realização das entrevistas (9 a 16 de maio), 39% dos entrevistados declararam estar aguardando algum tipo de atendimento na rede pública, índice nove pontos percentuais maior do que o registrado em pesquisa semelhante realizada pelo CFM em 2014.

Para o presidente do CFM, Carlos Vital, os resultados da pesquisa demonstram claramente uma posição de insatisfação por parte da sociedade brasileira e não devem ser ignorados pelos candidatos ao pleito de outubro. “Esses números falam por si só. Precisamos ter mais sensibilidade política, financiamento mais adequado, gestão mais eficiente”, concluiu.

(Agência Brasil)

Confiança do consumidor atinge menor nível desde agosto

O Índice de Confiança do Consumidor, medido pela Fundação Getulio Vargas, caiu 4,8 pontos de maio para junho deste ano. Com a queda, o indicador atingiu 82,1 pontos em uma escala de zero a 200, o menor nível desde agosto de 2017 (81,4 pontos).

Em junho, as avaliações dos consumidores pioraram tanto em relação ao momento atual quanto em relação ao futuro. O Índice de Situação Atual, que mede a confiança em relação ao presente, recuou 5,4 pontos e chegou a 71,8 pontos, o menor nível desde setembro de 2017 (71,2 pontos).

Já o Índice de Expectativas, que mede a confiança em relação aos próximos meses, caiu 4,2 pontos e chegou 90 pontos, o menor nível desde agosto de 2017 (89,9 pontos).

De acordo com a coordenadora da Sondagem do Consumidor da FGV, Viviane Seda Bittencourt, a greve dos caminhoneiros, no final de maio, contribuiu para “o aprofundamento da tendência de queda da confiança que se desenhava nos meses anteriores. Com perspectivas negativas sobre o mercado de trabalho, as famílias vão se tornando bastante conservadoras com os gastos, o que deve causar impacto negativo no crescimento econômico no segundo semestre”.

(Agência Brasil)

Brasil e Sérvia: Rivais, mas nem tanto

406 1

Com o título “Brasil e Sérvia: Rivais, mas nem tanto”, eis artigo do jornalista Carlos Mazza, que pode ser conferido também no O POVO desta terça-feira. Ele expõe detalhes de um cenário político entre os dois Países e a Copa. Confira:

Prestes a entrarem em campo em polos opostos de partida decisiva, Brasil e Sérvia mantém relações bem distintas da rivalidade dos gramados na diplomacia internacional. Há mais de dez anos, somos o principal aliado ocidental da Sérvia na controversa questão da independência do Kosovo, declarada unilateralmente pela maioria albanesa da região secessionista em 2008.

A questão é pouco conhecida por aqui, mas voltou recentemente aos holofotes após jogadores suíços de raízes kosovares comemorarem gols na Copa do Mundo com gestos referentes ao símbolo da bandeira da Albânia. O impasse étnico pode parecer pouco para o Brasil – País besta que ainda insiste que índio só é índio se viver no mato sem calça nem celular –, mas está longe de ser.

Atualmente, mais de cem países – incluindo todas as grandes potências do G7 – reconhecem a independência do Kosovo, bancada pelos EUA contra normas do Conselho de Segurança da ONU. Do outro lado, a Rússia, junto com China e mais de 70 membros da ONU, incluindo o Brasil, tomam lado da Sérvia na disputa. Entre o mundo ocidental, principais aliados sérvios acabam sendo Espanha – muito mais por conta do próprio impasse étnico da Catalunha – e o Brasil.

O brasileiro nem sabe, mas tivemos inclusive protagonismo na questão. Nos anos 1990, Fernando Henrique Cardoso foi um dos principais líderes mundiais a se posicionar contra bombardeios da Otan na antiga Iugoslávia durante a Guerra do Kosovo. Em 2015, o governo Dilma Rousseff (PT) foi festejado após emitir visto sérvio para a então presidente do Kosovo, Atifete Jahjaga. Em passagem pelo Brasil para participar de evento com Rousseff, Jahjaga reagiu com indignação ao “presente” e cancelou a viagem. Anos depois, nem mesmo a ascensão do PSDB – bem mais simpático aos EUA do que à Rússia – ao comando da política externa nacional alterou relação amistosa entre brasileiros e sérvios na arena diplomática.

Inaugurada em jogo com time tradicional sérvio, o Estrela Vermelha de Belgrado, a Arena Otkritie deverá dar torcida maior para a Sérvia na partida decisiva contra o Brasil, valendo vaga nas oitavas. Vamos esperar que, só desta vez, o Brasil deixe um pouco as boas relações de lado.

*Carlos Mazza

carlosmazza@opovo.com.br

Jornalista do O POVO.

PSL de Bolsonaro é suspenso em São Paulo por irregularidades na prestação de contas de 2016

543 1

O Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo suspendeu o diretório paulista do PSL, sigla de Jair Bolsonaro (RJ), por falha na prestação de contas de 2016. A informação é da Painel, da Folha de S.Paulo desta terça-feira.

O grupo do presidenciável só assumiu a legenda em 2018, mas pode ficar proibido de lançar candidato no estado se não regularizar a situação até agosto.

O TRE desconsiderou a prestação por falta de documentos. Major Olímpio, presidente do PSL em SP e pré-candidato ao Senado, diz que vai recorrer enquanto se desdobra para levantar os dados.

(Foto  Valter Campanato, da Agência Brasil)

PF deflagra Operação Mimetismo no Ceará e no Pará

A Polícia Federal deflagrou, na manhã desta terça-feira, a Operação Mimetismo, em sua segunda fase. O objetivo, segundo a assessoria de imprensa da Corporação, é desarticular uma organização criminosa que vinha fraudando benefícios previdenciários no Ceará e no Pará, mais precisamente em Belém. Foram cumpridos quatro mandados de busca e apreensão: um em Caucaia/CE, três em Belém/PA, e três mandados de prisão preventiva, dois no estado do Pará e um no presídio, onde já se encontra recolhido o chefe da organização criminosa. Participaram da operação 16 policiais federais para o cumprimento dos mandados expedidos pela 32ª vara da Justiça Federal no Ceará.

As investigações iniciaram em atuação conjunta da Força Tarefa Previdenciária, formada pela Delegacia de Combate aos Crimes Previdenciários no Ceará e Coordenação de Inteligência Previdenciária no Ceará com apoio da Delegacia de Combate aos Crimes Previdenciários no Pará.

Fraudes

Foi constatado, na primeira fase da Operação Mimetismo, em janeiro de 2018, a partir de material recolhido, que os integrantes haviam fraudado 103 benefícios previdenciários e 20 contas bancárias que teriam movimentado valores decorrentes de pagamentos efetuados indevidamente pelo INSS.

Durante as investigações, foi verificado um prejuízo de R$ 7,6 milhões e projeção de dano em torno de R$ 9,4 milhões. Além das prisões preventivas, foram sequestrados os valores nas contas bancárias, bem como o bloqueio dos benefícios tidos como fraudulentos.
Os envolvidos responderão pelos crimes de estelionato previdenciário, associação criminosa, falsificação de documento público e particular, falsidade ideológica, uso de documentos falso e lavagem de dinheiro.

MIMETISMO – Designação que se refere à habilidade que alguns seres possuem de se camuflar, objetivando se esconder de seus predadores.

Comissão do Ceará busca na Alemanha negócios para a ZPE

Da Coluna O POVO Economia, assinadas pela jornalista Neila Fontenele, no O POVO desta terça-feira:

Políticas comerciais, desafios digitais e até cooperação na área médica. Estes assuntos estão na pauta do 36º Encontro Econômico Brasil-Alemanha (EEBA 2018) aberto oficialmente ontem, em Colônia, na Alemanha. A pauta de discussão do evento interessa a vários setores, mas o Ceará tem pressa em fechar novos contratos com investidores, e montou uma agenda de rodadas de negócios.

O presidente da ZPE Ceará, Mário Lima Júnior, e o diretor-comercial da companhia, Roberto de Castro, que estão em Colônia, terão encontro com o vice-presidente do KFW Ipex-Bank (banco comercial, com sede em Frankfurt), Frank Breitenbach. A instituição alemã atua na área de financiamento de exportação e projetos internacionais.

Também consta na agenda reunião com o assessor sênior da consultoria IDA Group, Pablo Oliveira Nicolitz. O IDA trabalha com assuntos governamentais, comércio e financiamento, com escritórios em São Paulo, Bruxelas, Berlim, Londres, Xangai, Hong Kong, Ottawa e Tóquio.

A estratégia, como já tinha sido dito antes pela coluna, passa pela estruturação da área de expansão da ZPE.

Setor turístico está otimista com as férias de julho

Controlador da agência Casablanca Turismo, Henrique Sérgio Abreu encontra-se em São Paulo. Na condição de diretor da Associação Brasileira das Agências de Viagem (Abav), participa de reunião que prepara o próximo congresso da entidade. Ele diz que a Capital paulista deve ser a sede do evento, já marcado para setembro próximo.

Sobre as férias de julho, se diz otimista, apesar da onda de crise em alguns segmentos do País.

A Casablanca Turismo vem embarcando vários grupos de estudantes em excursões culturais pelo País e apostando também nos pacotes para a Disney (EUA). Mas a agência mantém o foco no negócio que lhe garante o primeiro lugar no Norte e Nordeste: viagens corporativas.

(Foto – Paulo MOska)

Lula avisa que não é “pombo-correio para usar tornozeleira”

O ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva deu, nesta segunda (25), um recado claro à banca de advogados que o auxilia.

Ele voltou a afirmar que não tem interesse em pena alternativa e disse que não é “pombo-correio para andar com tornozeleira”. A informação é da Folha de S.Paulo desta terça-feira.

No recurso em que pede para o Supremo Tribunal Federal analisar pedido de liberdade do petista, os advogados dizem que “o dano concreto que se objetiva cessar é dirigido à liberdade do agravante” — e a palavra liberdade foi grifada.

(Foto – Marlene Bergamo, Folhapress)

PSB sinaliza apoia ao presidenciável Ciro Gomes

Os presidentes regionais do PSB dos 27 estados estiveram reunidos, nessa segunda-feira à noite, em Brasília, com o presidente nacional do partido, Carlos Siqueira. O tema foi a posição da legenda no quadro da sucessão presidencial.

Segundo o deputado federal Odorico Monteiro, os presidentes avaliaram duas teses do PSB: uma aliança com o PDT, mais precisamente um alinhamento ao pré-candidato Ciro Gomes; ou não apoiar nenhum candidato.

A maioria sinalizou pró-Ciro Gomes, mas o presidente Carlos Siqueira preferiu marcar reuniões do diretório e da executiva nacionais para o dia 20 de julho quando, enfim, o partido tomará sua decisão final.

Odorico se diz otimista na tese de que o PSB acabará apoiando o presidenciável Ciro Gomes.

(Foto – Divulgação)