Blog do Eliomar

Categorias para Brasil

Filme “Bate Coração” está sendo gravado em Fortaleza

Glauber Filho, o diretor. 

A comédia de costumes “Bate Coração”, novo longa da Estação Luz Filmes, com direção de Glauber Filho e distribuição da Downtown Filmes, já está com gravações em locações de Fortaleza. O trabalho vai até o dia 20 de agosto, segundo o diretor.

“Bate Coração” vai envolver nesse período cerca de 300 pessoas diretamente e mais de 1.000 indiretamente, proporcionando à ​capital cearense uma visibilidade nacional e um período de bastante movimentação, ​com locações sendo feitas em espaços fechados (apartamentos particulares e estabelecimentos comerciais) ​quanto em espaços públicos (praças e ruas).

​ “Trouxemos a experiência de mais de uma década de produções da Estação Luz Filmes para produzir um filme de grande qualidade técnica, mas também com uma narrativa contemporânea e consciente do papel de todos em um tema que pode fazer a diferença na vida de muitas pessoas”, explica Sidney Girão, diretor da Estação Luz Filmes.

Roteiro 

​O filme retrata, de forma leve e engraçada, questões pertinentes à sociedade atual, como o próprio transplante e ​a ​doação d​e órgãos, a dignidade e o respeito às diversidades, os valores de cada cidadão em meio à carreira e a vida de trabalho agitada de hoje em dia. A previsão de estreia: o primeiro semestre de 2018.

 

Decon fiscaliza clubes, bares e parques nesta temporada de férias

Box do órgão também opera no Aeroporto Internacional Pinto Martins.

O Decon, organismo do Ministério Público do Estado, realiza, neste mês de julho, fiscalizações em parques, clubes e bares cearenses. O objetivo é conferir como vai a segurança dos consumidores que utilizam equipamentos de lazer.

Dos 11 estabelecimentos já vistoriados, 9 foram autuados por irregularidades, como: alvará de funcionamento vencido, venda casada, ausência de registro sanitário ou de certificado do Corpo de Bombeiros. Foram fiscalizados e autuados: Apoema Eco Park, Parks & Games, 5inco Shot Bar, Lupus Bier, Reggae Club, Engenhoca Park, Iate Clube, Ytacaranha Park, BNB Clube. Estão regularizados o Ipark e Country Hall.

Segundo a secretária-executiva do Decon, Ann Celly Sampaio, a fiscalização acontecerá nos estabelecimentos com maior demanda.

SERVIÇO

*Para denunciar, o telefone do setor de fiscalização do Decon é o (85) 3452-4505. Também no site http://sindec.decon.ce.gov.br/sindecatendimentoweb/, ou ainda pessoalmente na sede do órgão, na rua Barão de Aratanha, 100, Centro de Fortaleza, das 8 às 14 horas.

Deputados do PMDB dão entrada na CCJ em voto em separado sobre denúncia contra Temer

Deputados da base aliada ao governo protocolaram hoje (11) na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) da Câmara um voto em separado no processo de denúncia por corrupção passiva contra o presidente Michel Temer. Assinam o documento os 11 integrantes do PMDB que compõem a comissão como titulares ou suplentes.

O voto apresenta argumentos contrários ao parecer proferido ontem (10) pelo deputado Sérgio Zveiter (PMDB-RJ), que recomendou o prosseguimento da acusação contra Temer no Supremo Tribunal Federal (STF). No relatório alternativo, os governistas apontam a fragilidade das provas apresentadas pela Procuradoria-Geral da República e pedem a inadmissibilidade da denúncia.

Premissas

Segundo o líder da maioria, Lelo Coimbra (PMDB-es), o documento foi elaborado com base em três premissas. A primeira é de que o autor de denúncia, o Procurador-Geral da República, Rodrigo Janot, disse no congresso da Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo (Abraji), realizado na última semana em São Paulo, que uma “prova satânica” comprovaria a relação de Michel Temer com o ex-assessor Rodrigo Rocha Loures.

Coimbra também disse que o procurador-geral não conseguiu provar que os empresários da JBS tenham obtido vantagens no Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) por intermédio do presidente Temer.

“No tocante aos indícios mínimos de corrupção passiva, crime de natureza funcional, a argumentação trazida pela peça acusatória não conseguiu indicar, nem ao menos minimamente, quais seriam os atos funcionais de competência do Presidente da República que pudessem vir a favorecer os interesses de Joesley, o que leva à descaracterização do tipo penal”, diz trecho do documento.

A terceira premissa é que o parecer do relator Zveiter não reflete a posição do PMDB. O líder disse que o parecer favorável era esperado, mas sem a manifestação política do relator.

O deputado Hildo Rocha (PMDB-MA), além de assinar o documento conjunto, também apresentou outro voto em separado contra o parecer de Zveiter.

(Agência Brasil)

Brasil registrou quase 60 milhões de inadimplentes no primeiro semestre

A inadimplência aumentou 0,84%, de janeiro a junho deste ano, em relação ao mesmo período do ano passado, ao passar de 59,1 milhões de pessoas para 59,8 milhões. Apesar da alta, houve queda no ritmo de inadimplência, pois no primeiro semestre de 2016, o total de nomes na lista de devedores era 3,21% maior do que no mesmo período de 2015.

Os dados são do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL). De acordo coma entidade, entre o final de 2015 e o início do ano passado, a inadimplência crescia com taxas próximas de 5% e agora são consideradas estáveis, embora ainda refletindo “o cenário de desemprego elevado “ e dificuldades que atingem 39,6% da população com idade entre 18 e 95 anos.

Na comparação de junho deste ano com junho do ano passado, foi constatado um recuo de 0,83% no número de devedores em atraso e sobre maio deste ano, houve redução de 0,64%. A pesquisa mostra que o volume de dívidas caiu 5,34%, em junho sobre o mesmo mês em 2016. A queda mais expressiva foi verificada no setor de comunicação (-13,13%). No comércio, o montante foi 4,46% menor; nos bancos, 2,57%, e nos serviços básicos, como água e luz, 1,18%.

No entanto, são os bancos que ainda concentram a maioria das dívidas em atraso (48,54%), seguidos do comércio (20,42%), comunicação (13,81%) e os segmentos de água e luz (7,96%).

Recuperação

Na projeção do presidente da CNDL, Honório Pinheiro, em caso de uma recuperação lenta e gradual da economia e do consumo, o número total de inadimplentes não deve ter grande avanço.  “[O número] deve oscilar em torno dos 60 milhões de negativados ao longo dos próximos meses.”

Mais da metade da população com idade entre 30 e 39 anos (50,44%) tinha algum tipo de pagamento atrasado, em junho deste ano, o que corresponde a 17,2 milhões de pessoas. Na faixa entre 40 e 49 anos, a taxa atingiu 47,79%) e, entre os consumidores de 25 a 29 anos, 46,58%.

Por região

Na Região Sudeste, 25,8 milhões estavam inadimplentes em junho, o equivalente a 39,45% da população adulta. O segundo maior número foi encontrado no Nordeste, 15,7 milhões (39,34%), seguido do Sul, com 7,9 milhões (35,31%), do Norte, com 5,4 milhões (45,98%), e do Centro-Oeste, com 5 milhões (43,32%).

(Agência Brasil)

Gastronomia – Um patrimônio que contribui para o crescimento econômico

Com o título “A força da gastronomia”, eis artigo do superintendente estadual do Sebrae, Joaquim Cartaxo. “Esse patrimônio também contribui para o crescimento econômico e desenvolvimento socioambiental”, defende Cartaxo. Confira:

O patrimônio gastronômico configura-se como um dos elementos determinantes à afirmação identitária de um território, pois a partir dele é possível escrever a história e a miscelânea das diferentes culturas existentes no lugar. Em torno da culinária, reúnem-se utensílios, música, festas, indumentárias, vocabulário e demais elementos que compõe a vivência cotidiana da comunidade.

Esse patrimônio também contribui para o crescimento econômico e desenvolvimento socioambiental, pois possui capacidade de fazer surgir diversos tipos de negócios direta e indiretamente relacionados à gastronomia, gerando emprego e renda.

Ressalte-se o valor inestimável desse patrimônio para o turismo. Vários lugares no mundo têm sua gastronomia como principal atrativo turístico. Um exemplo é o Peru, que atrai cada vez mais turistas interessados em sua gastronomia. Não é à toa que no ano passado o país ganhou o World Travel Awards, o Oscar do turismo, na categoria Melhor Destino Gastronômico do Mundo.

A Secretaria do Turismo do Ceará informa que a alimentação está entre os principais gastos dos turistas que visitam o Estado, superando até mesmo as despesas com hospedagem. De 2010 a 2015, os gastos dos turistas com alimentação injetaram na economia estadual cerca de R$ 6,7 bilhões.

Por isso, é fundamental para um destino turístico valorizar o seu patrimônio gastronômico. Este processo passa pelo conhecimento e valorização dos seus principais insumos e das receitas tradicionais, que são a base para o desenvolvimento desta gastronomia; pelo reconhecimento das ideias e trabalho dos profissionais que atuam nesse segmento, em especial os chefes de cozinha, pois são eles, dominando técnicas e conhecimentos, que colaboram para difundir a identidade do lugar em forma de saberes e sabores. E passa ainda pela qualificação dos estabelecimentos de alimentação, desde a manipulação adequada dos alimentos até o atendimento.

*Joaquim Cartaxo 

cartaxojoaquim@bol.com.br

Arquiteto urbanista e superintendente do Sebrae/Ceará.

UVA ganhará Restaurante Universitário na próxima sexta-feira

A partir desta terça-feira, o Restaurante Universitário da Universidade Estadual Vale do Acaraú (RU/UVA) entrará em funcionamento em fase de teste e estará aberto no horário das 11h30min às 14 horas (almoço) e das 18 às 19h30min (jantar). O RU será inaugurado oficialmente na próxima sexta-feira, 14, às 12 horas, quando o governador Camilo Santana (PT) e o reitor Fabianno Cavalcante de Carvalho farão a entrega do novo equipamento à comunidade acadêmica da UVA.

O acesso será a partir da identificação biométrica dos usuários, que pagarão pela refeição os seguintes valores: R$2,50 (estudante); R$6,00 (funcionários técnicos-administrativos) e R$8,18 (professores). Os usuários que ainda não fizeram o cadastramento biométrico deverão fazê-lo na Pró-Reitoria de Assuntos Estudantis (PRAE), no campus Betânia.

Localizado no campus Betânia, próximo à Praça do Mestre, o RU atenderá a comunidade acadêmica – alunos, professores e funcionários – com 1.800 refeições diárias, sendo 800 no almoço e 800 no jantar. As 200 refeições diárias, referente ao café da manhã, terão início a partir da implantação da Residência Universitária (REU), e será servida somente aos alunos cadastrados como residentes. O cardápio da semana está disponível no sítio eletrônico da UVA, em www.uvanet.br.

(Foto – Arquivo)

Ceará apresenta melhor desempenho na produção industrial registrada em maio no País

O crescimento de 0,8% na produção industrial em maio, reflete expansão no parque fabril em 10 dos 14 locais pesquisados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), que divulgou hoje (11) os dados regionalizados da produção. Segundo a Pesquisa Industrial Mensal Regional, o crescimento que se refere aos dados dessazonalizados teve como principal destaque o estado do Ceará, onde a expansão chegou a 5,9%, representando 5,1 pontos percentuais acima do crescimento médio nacional da indústria e já divulgado na semana passada pelo IBGE, com índice de 0,8%.

Em seguida vem a Bahia, cuja expansão, não menos significativa, chegou a 3,6% e o Pará, com 3,1%. O Ceará foi a segunda expansão consecutiva, acumulando em abril e maio alta de 7,3%; enquanto a Bahia reverteu a queda de 0,7% registrado no mês de abril. O estado do Pará eliminou parte da perda de 7,5% acumulada entre fevereiro e abril deste ano.

No Rio Grande do Sul e em São Paulo a expansão foi 2,5%; em Santa Catarina (1,4%); no Paraná (1,4%); e na Região Nordeste (1,3%);  todos com resultados foram acima da média nacional da indústria.

Com resultados positivos ficaram ainda Goiás, que registrou o mesmo avanço de 0,8% do crescimento da indústria para a totalidade do país; e Pernambuco, que apresentou resultado praticamente estável ao crescer apenas 0,1%.

Entre os quatro estados com resultados negativos ficaram o Amazonas, cuja indústria registrou a maior retração: de -3,6%, intensificando a queda de 0,6% verificada no mês anterior. As demais taxas negativas foram assinaladas no Espírito Santo (-1,9%), Rio de Janeiro (-1,6%) e em Minas Gerais (-0,2%).

Acumulado no ano

Os dados do IBGE indicam, por outro lado, que o crescimento de 0,5% acumulado pelo indústria nos primeiros cinco meses do ano (janeiro-maio) reflete expansões em 10 dos 15 locais pesquisados, frente a igual período do ano passado.

Os avanços mais acentuados foram assinalados pelo Rio de Janeiro, que ao avançar 4,6%, chegou a registrar crescimento 4,1 pontos percentuais acima da média nacional; Santa Catarina (4,3%); Espírito Santo (3,4%); e Paraná (3,1%).

Em Minas Gerais o crescimento foi 2,1%; no Amazonas e no Rio Grande do Sul (1,9%); em Goiás (1,5%); e em Pernambuco (1,3%) – todos com resultados estão acima da taxa média do país de 0,5%. Já o Pará registrou expansão de 0,2%.

Segundo o IBGE, nesses locais, o maior dinamismo foi “particularmente influenciado por fatores relacionados à expansão na fabricação de bens de capital (em especial aqueles voltados para o setor agrícola e de construção); de bens intermediários (minérios de ferro, petróleo, celulose, siderurgia e derivados da extração da soja); de bens de consumo duráveis (automóveis e eletrodomésticos da “linha marrom”); e de bens de consumo semi-duráveis e não duráveis (calçados, produtos têxteis e vestuário).

Por outro lado, a Bahia, ao fechar os primeiros cinco meses com queda de 6,6% em seu parque fabril, apontou o recuo mais elevado no índice acumulado do ano, chegando a ficar 7,1 pontos percentuais abaixo do crescimento médio nacional do período.

A queda expressiva foi pressionada, principalmente, pelo comportamento negativo vindo dos setores de metalurgia (barras, perfis e vergalhões de cobre e de ligas de cobre) e de coque, produtos derivados do petróleo e biocombustíveis (óleo diesel, naftas para petroquímica e gasolina automotiva).

Os demais resultados negativos foram registrados na Região Nordeste (-1,6%),  no Mato Grosso (-1,4%),  em São Paulo (-0,6%) e  no Ceará (-0,2%).

Indústria Cearense

Os dados divulgados pelo IBGE indicam, ainda, que o expressivo crescimento de 5,9% verificado na indústria cearense de abril para maio foi impulsionado principalmente pelos setores de petróleo, vestuário e calçados.

O expressivo resultado acontece depois de o estado ter atingido em novembro do ano passado o patamar mais baixo de produção da série histórica: de -28,6%. A indústria cearense já havia mostrado recuperação no mês de abril (1,3%), o que levou o crescimento de maio fechar os dois últimos meses com avanço de 7,3%.

(Agência Brasil)

Justiça libera atuação no mercado de Fortaleza de mais cinco motoristas do Uber

O Tribunal de Justiça do Ceará,  por meio do desembargador Luiz Evaldo Gonçalves Leite, determinou que o poder público municipal está impedido de praticar qualquer ato ou medida repressiva que impeça cinco motoristas de desempenharem livremente o transporte privado individual através do aplicativo Uber. Em caso de descumprimento, fixou multa diária de R$ 1 mil. A informação é da assessoria de imprensa do TJCE.

De acordo com o processo, os motoristas ajuizaram ação requerendo liminar para que o poder público municipal se abstivesse de praticar quaisquer atos que barrasse a atividade. Alegaram que realizam transporte privado individual, o que os difere dos taxistas, que têm como atividade o transporte público individual.

O pedido, no entanto, foi negado pelo Juízo da 13ª Vara da Fazenda Pública da Comarca de Fortaleza. Buscando a reforma da decisão, os motoristas interpuseram agravo de instrumento (nº 0624982-94.2017.8.06.0000) no TJCE.

Ao apreciar o caso, o desembargador Luiz Evaldo Gonçalves reformou a decisão. O magistrado lembrou que o posicionamento não abrange o mérito do assunto, pois trata-se de uma decisão precária. No entanto, destacou que “a despeito da ausência de regulamentação da referida atividade, deve prevalecer a liberdade da iniciativa privada, de modo que o serviço de transporte privado por meio do aplicativo UBER não pode sofrer restrições ou sanções por parte do Poder Público, como se ilícito fosse”, disse.

Ainda segundo o desembargador, “a competência do poder público municipal de fixar normas de passageiros não o autoriza a proibir tal atividade, indistintamente, como vem ocorrendo na espécie”.

Fortaleza será sede do Congresso de Radiodifusão do Norte e Nordeste

Fortaleza será sede, no período de 4 a 6 de setembro deste ano, do Congresso de Radiodifusão do Norte e Nordeste. A promoção é da Associação Cearense de Emissoras de Rádio e Televisão (ACERT).

O encontro terá como tema central “Inteligência Criativa Para a Geração de Negócios da Comunicação”, e acontecerá no salão de convenções do Hotel Praia Centro.

Na programação, palestras, workshop, painéis, debates, feira de negócios, além da mostra que contemplará o Prêmio Aboio de Comunicação.

Senado deve concluir nesta terça-feira a votação da Reforma Trabalhista

Nesta última semana de trabalho antes do recesso parlamentar, que começa na semana que vem, o governo terá uma prova de fogo nesta terça-feira (11). É que o Senado espera concluir hoje a votação da reforma trabalhista – PLC 38/2017. A expectativa é de um placar bastante apertado. Para aprovar o texto são necessários, pelo menos, 41 votos dos 81 senadores.

Em meio à análise pelos deputados da denúncia contra o presidente Michel Temer por crime de corrupção passiva, apresentada pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot, o presidente do Senado, Eunício Oliveira, já disse que a votação estará na pauta do dia, independentemente do que acontecer na Câmara.

Próximos passos

Oliveira já deu por encerrada as discussões da matéria no plenário na última quinta-feira (6), portanto, na sessão deliberativa de hoje, marcada para as 11h, os líderes de partidos e de blocos partidários poderão apenas orientar suas bancadas para aprovar ou rejeitar o projeto. Não haverá discursos de senadores que não são líderes. Em seguida, a votação será feita nominalmente com divulgação do resultado no painel eletrônico.

Se aprovado o texto principal, os senadores vão analisar as emendas apresentas em plenário. As que receberam parecer contrário deverão ser votadas em globo, ou seja, todas juntas de uma vez e, provavelmente, em votação simbólica. Todas têm parecer pela rejeição. Depois é a vez das emendas destacadas seguirem para votação em separado pelos partidos ou blocos partidários. A votação de cada destaque também poderá ser encaminhada pelas lideranças.

Caso os senadores confirmem o texto sem mudanças, o projeto seguirá para sanção presidencial no dia seguinte. Se reprovado, o texto é arquivado.

A proposta

A proposição a ser analisada prevê, além da supremacia do negociado sobre o legislado, o fim da assistência obrigatória do sindicato na extinção e na homologação do contrato de trabalho. Além disso, extingue a contribuição sindical obrigatória de um dia de salário dos trabalhadores.

Há também mudanças nas férias, que poderão ser parceladas em até três vezes no ano e regras para o trabalho remoto, também conhecido como home office. Para o patrão que não registrar o empregado, a multa foi elevada e pode chegar a R$ 3 mil. Atualmente, a multa é de um salário-mínimo regional.

Vetos

Para acelerar a tramitação da proposta todas as 864 emendas apresentadas pelos senadores foram rejeitadas nas comissões de Assuntos Econômicos, Assuntos Sociais e de Constituição e Justiça. Em seus pareceres o senador Ricardo Ferraço, que relatou a matéria nas duas primeiras comissões, ressaltou o acordo firmado com o presidente Michel Temer para que ele vete seis pontos polêmicos da reforma inseridos pelos deputados para que os temas sejam reapresentados via medida provisória ou projeto de lei.

Um desses pontos é o que aborda o trabalho da gestante e da lactante em ambiente insalubre. O texto prevê que a trabalhadora gestante deverá ser afastada automaticamente, durante toda a gestação, apenas das atividades consideradas insalubres em grau máximo. Para atividades insalubres de graus médio ou mínimo, a trabalhadora só será afastada a pedido médico.

Em relação ao trabalho intermitente, o relator recomenda veto aos dispositivos que regulamentam a prática. Neste tipo de trabalho, são alternados períodos de prestação de serviços e de inatividade, determinados em horas, dias ou meses, independentemente do tipo de atividade do empregado e do empregador. Segundo ele, o melhor seria regulamentar por medida provisória, estabelecendo os setores em que a modalidade pode ocorrer.

(Agência Brasil)

Heloísa Helena admite disputar o Senado em 2018

“Quem for podre, que se quebre!”

Eis o que disse, em Fortaleza, nessa segunda-feira, a ex-senadora alagoana Heloísa Helena (Rede), ao avaliar a a Operação Lava Jato. Ela fez muitos elogios a essa ação da Polícia Federal e disse tudo vai ser bom para o futuro do País.

Sobre as eleições de 2018, Heloísa Helena já admite disputar o Senado em 2018. Adoraria enfrentar os três senadores do seu Estado, e, em especial, Renan Calheiros (PMDB).

Ciro Gomes: Temer, o “canalha maior”, transformou o Planalto em trincheira de luta do banditismo

361 7

O pré-candidato a presidente da República pelo PDT, Ciro Gomes, voltou a bater duro no presidente Michel Temer (PMDB). Foi nesta madrugada de terça-feira, quando seguia para Goiânia (GO), onde dará palestra para empresários.,

Ciro qualificou Temer de “canalha maior”, avaliou o parecer do deputado federal Sérgio Sveiter (PMDB/R) pela denúncia de corrupção passiva contra o presidente e até observou: é preciso refletir sobre o que levou a esse cenário atual do País.

Segundo Ciro, o cenário é desolador e envolve um presidente que transformou o Palácio do Planalto numa “trincheira de luta do banditismo no Brasil”. Ele previu a aprovação da reforma trabalhista no Senado, o que considerou absurdo, mas disse que a reforma previdenciária não vai passar.

Em delação, Palocci pede ao STJ para sair da cadeia

146 1

O ex-ministro da Fazenda, Antonio Palocci, em franco processo de delação premiada, apresentou ao Supremo Tribunal de Justiça um habeas corpus, com pedido de liminar, para responder a ação em liberdade. Ele já foi condenado a 12 anos de prisão por corrupção e lavagem de dinheiro.

A defesa argumenta que Palocci não representa risco à sociedade e que a clausura, à esta altura, equivale a uma antecipação da pena, já que ele está recorrendo da decisão que o levou para a cadeia.

Caberá à presidente do tribunal, ministra Laurita Vaz, bater o martelo sobre o pleito. A informação é da Veja Online.

Relator dá parecer favorável pela aceitação de denúncia contra Temer

O relator da denúncia contra Michel Temer na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara, o deputado Sérgio Zveiter (PMDB-RJ) deu, nesta segunda-feira, parecer favorável pela aceitação do processo na Casa. O relatório será colocado em votação pelos demais deputados nesta segunda, mas deve ser apreciado apenas na quarta-feira.r

Derrubando tese de governistas, o deputado votou pela existência de elementos para aceitação da denúncia por crime de corrupção passiva, feita pela Procuradoria-Geral da República (PGR), contra o presidente. “Por ora, o que temos são indícios de autoria que ao meu sentir, ensejam o deferimento da autorização”, disse o relator.

Após ser apresentado, o relatório será colocado em votação na CCJ. A expectativa, no entanto, é que haja pedido de vista e que a apreciação do voto ocorra apenas na próxima quarta-feira, 12.

Caso os deputados acatem ao parecer do parlamentar, a aceitação da denúncia ainda passará pelo plenário da Casa. A conclusão do voto de Zveiter provocou uma série de protestos na CCJ, com diversos deputados da base questionando o rito de votação do relatório.

Defesa

Responsável pela defesa de Michel Temer, o advogado Antonio Claudio Mariz de Oliveira contestou relatório, afirmando que não existem provas de envolvimento do presidente em crimes denunciados pela PGR. “É mentira que o presidente da República tenha recebido um vintém sequer dessas empresas (…) isso está no relatório, e é mentira”, disse.

A denúncia contra o presidente da República foi apresentada pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot, e a acusação está baseada nas investigações iniciadas com o acordo de delação premiada de executivos da JBS. O áudio de uma conversa gravada pelo empresário Joesley Batista, um dos donos da empresa, com o presidente, em março, no Palácio do Jaburu, é uma das provas usadas no processo.

Fortaleza ganha concessionária da Volvo

Fortaleza ganhará, a partir de quinta-feira, uma concessionária da marca sueca Volvo. Um coquetel promovido pelo Grupo GNC Suécia, a partir das 19 horas da próxima quinta-feira, marcará a inauguração do empreendimento. O presidente da Volvo no Brasil, Luis Resende, estará à frente do ato.

O evento é voltado para a apresentação do novo serviço da Volvo e para comemorar a chegada do serviço à capital cearense. Além disso, a concessionária promete estar focada na visão e missão de ser a marca de carros Premium mais progressiva e desejada.

SERVIÇO

*Concessionária Volvo – GNC Suécia – Rua Rogaciano Leite, 1815, Fortaleza.

*Mais Informações – (85) 3277.5005.

TJCE quer extinguir comarcas de um Judiciário entre os mais morosos do País

Com o título “A Reestruturação do Poder Judiciário Cearense”, eis artigo de Gabriel Brandão, secretário-geral da Comissão de Acesso à Justiça da OAB/CE e membro da Associação Brasileira dos Advogados Criminalistas do Ceará. Ele questiona a extinção de comarcas, quando o Judiciário encontra-se  “numa vergonhosa posição no ranking das justiças mais morosas do País”. Confira:

Recentemente, foi proposto pelo Tribunal de Justiça do Ceará um plano técnico de reestruturação da organização judiciária em todo o Estado, com o intuito de, em tese, realizar uma prestação jurisdicional mais adequada. Entretanto, por mais que a referida ideia seja salutar, mas tal como posto, poderá impactar negativamente no acesso à Justiça do cidadão cearense, direito inalienável previsto na Constituição da República.

É, ao nosso ver, incoerente propor extinção de trinta e duas comarcas e concentrar somente em duas unidades dos juizados especiais para julgar exclusivamente causas criminais de menor potencial ofensivo, no momento em que o Poder Judiciário cearense encontra-se numa vergonhosa posição no ranking das Justiças mais morosas do país.
Ora, o Tribunal de Justiça deveria, de fato, ampliar, de forma satisfatória, o acesso à Justiça da população, com a reestruturação dos fóruns da capital e, especialmente, do interior, realizar concursos para servidores, bem como exigir a presença física do juiz durante toda a semana em seu local de trabalho.

De modo transverso e ilegítimo, transparece, com o devido respeito, que o Tribunal de Justiça tem como objetivo conter despesas e transferir o ônus da crise econômica para o combalido cidadão cearense, ao passo que omite os indevidos privilégios concedidos aos magistrados, tais como auxilio moradia e veículo institucional com motorista exclusivo.

A referida reestruturação do judiciário precisa passar pelo crivo crítico do jurisdicionado, fomentando um amplo debate prévio acerca da proposta, alterando-a quando necessário, sendo inadmissível que se coloque em prática de forma unilateral.

Espera-se seriedade das autoridades competentes envolvidas diante de um tema de extrema importância como esse e não se comportem como fizeram quando aumentaram abusivamente as custas judiciais sem a necessária discussão sobre o tema.

*Gabriel Brandão,

Secretário-geral da Comissão de Acesso à Justiça da OAB/CE e membro da Associação Brasileira dos Advogados Criminalistas do Ceará.

Expocrato 2017 – Sebrae apresenta estande com o melhor do artesanato regional

O Sebrae do Ceará montou estande durante a Expocrato, a maior exposição agropecuária do Nordeste, que vai se estender até o próximo dia 16 na cidade do Crato (Região do Cariri).

Nele, podem ser conferidos produtos do melhor do artesanato regional, adianta o superintendente estadual do órgão, Joaquim Cartaxo.

O espaço também está sendo usado para divulgar o projeto Rota Turística do Cariri que tem, entre destaques, o Geopark do Cariri.

(Foto – Divulgação)

Anater vai liberar recursos para projetos de convivência com a seca

A Agência Nacional de Assistência e Extensão Rural (Anater) vai liberar, ainda neste mês, recursos para o Projeto Dom Hélder, que aposta em ações de convivência do homem do campo com a seca. A informação é do diretor-executivo do órgão, o cearense José Maria Pimenta.

De acordo com ele, vão ser repassados recursos para todos os Estados do Nordeste e para parte dos estados de Minas, Espírito Santo e Maranhão, que também apresentam áreas atingidas por estiagem.

“Nós vamos repassar para cada agricultura desse projeto R$ 2.400,00 para ações de convivência com a seca e mais R$ 1.100 para assistência técnica, num prazo de três anos”, explicou, nesta segunda-feira, o diretor-executivo da Anater, José Maria Pimenta.

Ao todo, serão atendidos com esses recursos cerca de 60 mil agricultores, sendo 8.600 só no Ceará.