Blog do Eliomar

Categorias para Brasil

Fiec promove workshop que discute novo projeto de investimentos do Banco Mundial no Ceará

A Federação das Indústrias do Ceará (Fiec) promove, durante toda esta terça-feira, um workshop em conjunto com o Banco Mundial e Secretaria de Planejamento do Estado. O evento discute Governança, Investimento e Produtividade e objetiva unir esforços para melhorar a governança pública. Os participantes refletirão sobre temas chaves que afetam a produtividade empresarial e a efetividade do Estado em suas políticas públicas, bem como a habilidade em captar mais e melhores investimentos com foco na geração de empregos, em quantidade e em qualidade.

No encontro, em discussão também um novo projeto de investimentos do Banco Mundial, que terá o Ceará como o primeiro estado do Brasil a recebê-lo. A situação fiscal do Estado e a credibilidade do setor privado cearense foram critérios determinantes na escolha. O projeto tem dois vetores como base: Melhoria da Governança Pública no Estado do Ceará e Segurança Hídrica e Saneamento.

Durante o evento, estão sendo definidas as ações prioritárias que devem nortear a agenda de parceria entre o Estado e o Banco Mundial, após a assinatura do protocolo de financiamento, com a presença da diretoria do banco, gestores públicos e autoridades cearenses.

(Foto – Divulgação)

Líder do PMDB contabiliza mais de 90% de apoio a Temer

Baleia Rossi, líder do PMDB na Câmara, não põe a mão no fogo para garantir a fidelidade de sua bancada a Michel Temer no dia em que a Câmara tiver que votar se aceita ou não a denúncia da PGR contra o presidente. Faz bem. Mas o discurso do momento é mega-otimista, segundo informa a Coluna Radar, da Veja Online.

Baleia calcula que, hoje, menos de 10% dos 64 deputados do partido votariam pela admissibilidade da acusação. Pode até ser. Dois pontos, no entanto, são importantes.

Muitos dos votos pela rejeição ao afastamento do presidente não estarão na conta de Temer. Serão muito mais para dar uma resposta à PGR do que propriamente a favor do comandando do Palácio do Planalto.

Além disso, as traições só tendem a aparecer em cima da hora. Os peemedebistas dispostos a acolher os argumentos de Rodrigo Janot não têm motivos para adiantar o voto publicamente e, com isso, se desgastar com o governo antecipadamente.

Ou seja, Baleia Rossi só terá um termômetro mais verossímil da lealdade da bancada depois que Janot apresentar suas armas

Lula: “Se eu for condenado, não vale a pena ser honesto no Brasil”

380 10

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse, nesta terça-feira (27), que, se ele for condenado na Lava Jato, “não vale a pena ser honesto no Brasil”. Foi durante entrevista à Rádio Itatiaia, em Minas Gerais. Ele foi questionado sobre uma possível condenação em uma das ações penais que está nas mãos do juiz federal Sérgio Moro, responsável pelos processos relativos à Operação Lava Jato na primeira instância.

“Eu, sinceramente, se, tiver uma decisão que não seja a minha inocência, sabe? Eu quero dizer para você que não vale a pena ser honesto neste país. E quero dizer que não vale a pena você ser inocente, porque ser inocente é você não dar aos acusadores o direito de prova, então, eles ficam nervosos e vão te acusar mesmo que não tenham provas”, afirmou Lula.

A sentença de uma das cinco ações penais em que Lula é réu pode sair a qualquer momento. Desde o dia 21 de junho, Moro está com os autos do processo para decidir se o ex-presidente é culpado ou inocente. .

Nesse processo, Lula é acusado de corrupção passiva e lavagem de dinheiro por ter recebido R$ 3,7 milhões em propina por conta de três contratos entre a OAS e a Petrobras..

Segundo o MPF (Ministério Público Federal), o pagamento foi feito por meio da reforma de um tríplex no edifício Solaris, no Guarujá, litoral de São Paulo, e do armazenamento, entre 2011 e 2016, de presentes recebidos por Lula, da época que ele era presidente (2003-2010).

(Com Portal Uol/Foto – Agência Brasil)

Índice Nacional de Custo da Construção registrou inflação de 1,36$ em junho

O Índice Nacional de Custo da Construção–M (INCC-M) registrou taxa de inflação de 1,36%, em junho. A variação de preços ficou acima do 0,13% registrado em maio. O INCC-M acumula taxas de 2,61% no ano e de 5,12% em 12 meses. O dado foi divulgado hoje (27) pela Fundação Getulio Vargas (FGV).

A inflação foi puxada principalmente pelo custo da mão de obra, que ficou 2,48% mais cara em junho. Entre os profissionais que ficaram mais caros, o destaque são os técnicos (2,65%), seguidos pelos especializados (2,39%) e auxiliares (2,35%). Em 12 meses, a mão de obra acumula inflação de 8,13%.

O índice relativo a materiais, equipamentos e serviços teve variação de preços de apenas 0,02%. Os materiais e equipamentos ficaram 0,08% mais baratos, enquanto os serviços ficaram 0,39% mais caros. Os materiais, equipamentos e serviços acumulam alta de 1,66% em 12 meses.

(Agência Brasil)

Trabalhador tem até sexta-feira para sacar o PIS/Pasep

O prazo para os trabalhadores sacarem o PIS/Pasep termina na próxima sexta-feira (30). O valor do abono varia de R$ 78 a R$ 937, dependendo do tempo que a pessoa trabalhou. Têm direito ao benefício os trabalhadores inscritos no programa há pelo menos cinco anos e que tenham exercido atividade remunerada formalmente por pelo menos por 30 dias em 2015.

O ministro do Trabalho, Ronaldo Nogueira, diz no site do ministério que é preciso ficar atento ao prazo. “O abono salarial é um direito que o trabalhador tem. Esse dinheiro é do trabalhador, portanto, não perca o prazo”, alertou.

Segundo dados do Ministério do Trabalho, até essa segunda-feira (26) cerca de 1,6 milhão de trabalhadores, número que corresponde a 6,65% do total com direito ao abono salarial, ainda não retiraram o benefício. O valor disponível soma R$ 1,1 bilhão.

Para o trabalhador saber se tem direito ao abono, o ministério disponibilizou o telefone 158 e o link http://verificasd.mtb.gov.br/abono/ . Basta digitar o número do PIS/Pasep ou do CPF e a data de nascimento.

O PIS pode ser sacado em qualquer agência da Caixa ou em casas lotéricas, mediante a apresentação do Cartão Cidadão e de documento de identificação. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone 0800 726 0207, da Caixa.

Com relação aos servidores públicos, é preciso verificar se o Pasep foi depositado em conta. Caso contrário, deverão buscar uma agência do Banco do Brasil e apresentar documento de identificação. Para mais informações, o Banco do Brasil disponibiliza o número 0800 729 0001.

(Agência Brasil)

Ciro Gomes diz que seu irmão é vítima de perseguição de procurador “picareta”

Candidato do PDT à Presidência, o ex-ministro Ciro Gomes saiu em defesa do Irmão, o ex-governador Cid Gomes (PDT), alvo de uma série de ações na Justiça. Falando sobre o caso em que Cid é réu por supostas irregularidades em empréstimo no Banco do Nordeste (BNB), primogênito Ferreira Gomes minimizou denúncias e disse que irmão é vítima de perseguição.

“Só tenhamos clareza de que o Cid é réu em processo em que ele toma dinheiro emprestado, em condições rigorosamente iguais às de qualquer pessoa, dá bens em garantia em três vezes o valor e paga rigorosamente em dia as mensalidades”, disse, antes de fazer uma série de críticas diretas ao procurador da República Oscar Costa Filho.

“Ele é vítima de uma picaretagem dessa fração picareta do Ministério Público, que o senhor Oscar Costa Filho representa”, diz. “Oscar Costa Filho é um picareta, sempre foi. Foi candidato pelo PDT daqui a prefeito e sempre quis interferir. Mora de forma inexplicável em um hotel cinco estrelas sem ter renda para isso e vive fazendo esse tipo de coisa”, diz Ciro.

Fala do ex-ministro diz respeito a ação que questiona um financiamento em R$ 1,3 milhão requisitado Cid Gomes na agência do BNB em Sobral e aprovado em agosto de 2014. Segundo o MPF, o pedido foi concedido com base em uma previsão de faturamento impraticável, com o objetivo de aumentar a margem de crédito na instituição, além de violar normas do banco.

Segundo a denúncia acatada, servidores do BNB teriam “superestimado” receitas apresentadas pela Corte Oito Gestão e Empreendimentos Ltda, empresa que tem o ex-governador como sócio, na hora de calcular o Limite de Risco Global (LRG) do financiamento – o que teria ampliado irregularmente o crédito disponível.

Empréstimo foi concedido com juros abaixo do mercado, dentro do Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste (FNE) para pequenas empresas. Com o recurso, foram financiadas obras de construção de galpões que foram posteriormente alugados para uma empresa da indústria de bebidas alcoólicas em Sobral.

O outro lado

Em nota, o Ministério Público Federal no Ceará (MPF-CE) rebateu acusações de Ciro contra Oscar Costa Filho. O órgão destaca que as irregularidades também foram apontadas por relatório da Controladoria Geral da União (CGU), documento que está entre as provas que basearam ação do MPF.

O MPF ainda aponta que Oscar Costa Filho assina ação de improbidade administrativa – na área cível – movida pelo órgão, mas é outra procuradora, Lívia Sousa, quem assina a denúncia por crimes contra o Sistema Financeiro Nacional – área criminal – contra Cid.

Apesar de Oscar Costa Filho não ter respondido diretamente às acusações, funcionários do MPF que convivem com o procurador contestaram fala de Ciro. Um colega chegou a classificar a fala como “sem pé nem cabeça”, destacando que Oscar é conhecido no órgão por possuir “perfil bastante austero”.

(O POVO – Repórter Carlos Mazza)

Sindicalistas fazem ato no aeroporto de Fortaleza convocando para a greve geral do dia 30

Um boneco lembrando Temer integrou-se ao protesto.

Cerca de 50 sindicalistas realizaram, na madrugada desta terça-feira, no setor de embarques do Aeroporto Internacional Pinto Martins, um ato de protesto contra o governo Temer. O ato, que contou com lideranças da CUT, CTB e sindicatos filiados, também teve o objetivo de convocar a população para a greve geral que essas entidades prometem para o próximo dia 30.

O grupo também tentou pressionar deputados federais cearenses para que votem contra as reformas, mas apenas dois chegaram a passar pela área do embarque: Moses Rodrigues (PMDB), que não foi reconhecido, e Raimundo Gomes de Matos (PSDB), que foi chamado de “traidor” e golpista”. O parlamentar considerou da “democracia” a manifestação.

O presidente do Sindicato dos Bancários do Ceará, Carlos Eduardo Bezerra, conversou com a reportagem do Blog e deu mais detalhes sobre a manifestação. Para ele, a greve geral ganha força a partir do momento em que o presidente Michel Temer foi denunciado pelo procurador-geral da república por corrupção passiva.

A Central Única dos Trabalhadores (CUT), no Ceará, anuncia que, no próximo dia 30, haverá concentração na Praça Clóvis Beviláqua. De lá, sairá uma caminhada rumo à Praça do Ferreira, onde acontecerá um grande ato contra Temer.

Até lá, várias categorias como metalúrgicos, servidores federais e servidores estaduais engajados com a Frente Brasil Popular, Povo Sem Medo e Levante Juventude farão mobilizações com o objetivo de fortalecer a ideia da greve geral.

(Fotos – Paulo MOska)

Procuradores da República escolhem o sucessor de Rodrigo Janot

Os integrantes da Associação Nacional de Procuradores da República (ANPR) escolhem hoje (27) o sucessor de Rodrigo Janot no comando da Procuradoria-Geral da República (PGR). A eleição tem início às 9 horas e vai até as 18 horas.

Oito subprocuradores-gerais da República se candidataram à vaga. Os três mais votados pelos membros da ANPR formarão uma lista tríplice, que será então encaminhada à Presidência da República. Mais de 1.200 procuradores, entre ativos e aposentados, estão aptos a votar.

De acordo com a Constituição, o presidente da República pode escolher qualquer um dos mais de 1.400 procuradores da República em atividade para o comando da PGR. Desde 2003, no entanto, o nomeado é o mais votado pelos membros da ANPR. A listra tríplice foi criada em 2001 e é defendida pelos procuradores como um dos principais instrumentos de autonomia da carreira.

O segundo mandato de Rodrigo Janot, responsável por ter enviado ao Supremo Tribunal Federal centenas de processos contra políticos envolvidos na Operação Lava Jato, encerra-se em setembro.

Os candidatos ao cargo de PGR são os subprocuradores Carlos Frederico Santos, Eitel Santiago de Brito Pereira, Ela Wiecko Volkmer de Castilho, Franklin Rodrigues da Costa, Mario Luiz Bonsaglia, Nicolao Dino de Castro e Costa Neto, Raquel Elias Ferreira Dodge e Sandra Verônica Cureau.

(Agência Brasil)

Janot pede à Justiça que Temer seja condenado a pagar R$ 10 milhões

Na denúncia oferecida nessa segunda-feira ao Supremo Tribunal Federal (STF), o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, pediu que o presidente Michel Temer e o seu ex-assessor Rodrigo Rocha Loures, ambos do PMDB, sejam condenados a pagar 10 e 2 milhões de reais por danos morais coletivos, respectivamente. No texto, Janot destaca que o valor alto se refere à “mácula” causada à sociedade e à reputação do Estado brasileiro perante o mundo pelos “atos espúrios” praticados por Temer e Loures. A informação é da Veja Online.

“Levando-se em consideração o montante aceito e recebido pelos denunciados, a dignidade do cargo que ocupam, o reflexo do ato espúrio no âmbito interno e internacional, a envergadura dos atores das condutas espúrias, Procurador-Geral da República requer (…) que Michel Temer e Rodrigo Loures sejam condenados à indenização por danos morais no montante de 10 milhões de reais, o primeiro, e 2 milhões de reais, para o último”, escreveu Janot.

Na denúncia, a PGR afirma que o presidente se valeu do cargo para receber por intermédio de Loures propina de 500.000 reais, oferecida pelo dono da JBS, Joesley Batista, e paga efetivamente pelo diretor da empresa Ricardo Saud — esses dois últimos firmaram delação premiada com a procuradoria em troca de imunidade penal pelos delitos confessados. A acusação se baseia em diálogos gravados entre Joesley e Temer, e entre Ricardo Saud e Loures; e em vídeos filmados pela Polícia Federal que mostram o ex-assessor presidencial correndo com a mala recheada de dinheiro em São Paulo.

Cascavel terá festival da galinha caipira

Vem aí VII Festival da Galinha Caipira dos Chorós.

O evento vai acontecer em Cascavel (Região Metropolitana de Fortaleza), no período de 30 deste mês a 2 de julho, na praça principal de Choró Vaquejador. A promoção é da Associação dos Moradores do Choró Vaquejador, com o apoio da Prefeitura Municipal.

Com uma programação diversificada e cultural, o festival procura resgatar os valores nordestinos tradicionais, através da gastronomia local, tornando a economia ativa e estimulando o empreendedorismo em negócios e produtos derivados da ave. O evento integra as mais de 20 comunidades denominadas “Choró”, onde a maior fonte de renda é a agricultura de subsistência, sendo a criação de galinha caipira o foco da produção familiar.

Programação

Além da degustação de um cardápio à base de galinha caipira, o festival envolverá, ainda, corrida e desfile de jumentos, exposição de galinhas exóticas, feira de agricultura e pecuária familiar, campeonato do maior e menor ovo, torneio de futebol com os times dos Chorós, forró pé ­de ­serra e shows com bandas locais e de renome nacional.

Durante o evento, será realizada, paralelamente, uma exposição de artesanato para divulgar e comercializar a produção da comunidade, caracterizada por produtos feitos à base da palha de carnaúba, barro e renda e escolha da miss choró.

SERVIÇO

*Mais Informações – David Wallas – (085) 98764-2990.

Meirelles: Não há motivos no momento para reter o FGTS

A retenção de parte dos recursos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) para pagar o seguro-desemprego não se justifica, no momento, disse hoje (26) o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles. Segundo ele, a avaliação preliminar do governo descartou a medida, que estava em estudo pela equipe econômica e previa o uso de parte do saldo da conta vinculada do FGTS e da multa de 40% paga nas demissões sem justa causa para cobrir o benefício trabalhista.

De acordo com o ministro, a proposta foi discutida apenas pelos técnicos da Fazenda, não chegando sequer a ser debatida entre os ministros da área econômica. “Tive reunião hoje com o ministro [do Planejamento] Dyogo [Oliveira] a respeito. Então, à primeira vista, a avaliação preliminar é que não se justifica de fato esta medida neste momento. Agora, de novo, não é uma proposta que chegou para ser aprovada ou não. Ela nem chegou ao nível ministerial”, acrescentou.

O ministro deu as declarações ao sair de reunião com o presidente do Tribunal de Contas da União (TCU), Raimundo Carreiro. Os dois discutiram o início do processo de apreciação pelo TCU das contas do governo federal de 2016.

Meirelles disse que o governo continua a trabalhar normalmente e que as turbulências políticas não afetarão a tomada de medidas econômicas, citando a sanção da lei que permite a diferenciação de preços entre o pagamento à vista e com o cartão de crédito.

“A recuperação da economia está em andamento; as medidas necessárias estão sendo tomadas. O trabalho continua intenso, continua de fato no sentido de fazer com que a economia brasileira se recupere de maneira sustentável”, disse. Segundo Meirelles, o governo continua empenhado na aprovação da reforma trabalhista no Senado e continua a trabalhar pela tramitação das demais reformas.

(Agência Brasil)

Trabalhadores da Chesf vão paralisar atividades por 72 horas

Os trabalhadores da Companhia Hidroelétrica do Vale do São francisco (Chesf) vão paralisar as atividades por 72 horas, a partir desta quarta (28). A mobilização, segundo o Sindeletro, que representa a categoria, é uma resposta à falta de definição de valores e data de pagamento da Participação nos Lucros e Resultados (PLR) 2016.

A categoria também aprovou a adesão à greve geral do próximo dia 30, convocada pela CUT, contra o governo Michel Temer.

As deliberações foram tiradas no último dia 22 de junho, quando os trabalhadores da Chesf cruzaram os braços por 24 horas.

 

Polícia Federal diz em relatório que Temer cometeu crime de embaraço às investigações

O Supremo Tribunal Federal (STF) divulgou o relatório final sobre as investigações das delações da JBS, enviado no início da noite à Corte pela Polícia Federal (PF). No documento, a PF diz que o presidente Michel Temer e o ex-ministro Geddel Vieira Lima cometeram crime de embaraço às investigações. A acusação é baseada no áudio da conversa gravada pelo empresário Joesley Batista, um dos donos da empresa, com o presidente, em março, no Palácio do Jaburu. A assessoria do Palácio do Planalto informou que não irá se manifestar sobre o relatório.

“Cumpre-nos, à luz do exposto, respeitando o espectro cognitivo próprio desta sede indiciária, concluir pela prática, em tese, das condutas típicas abaixo especificadas: Michel Miguel Elias Temer Lulia, por embaraçar investigação de infração penal praticada por organização criminosa, na medida em que incentivou a manutenção de pagamentos ilegítimos a Eduardo Cunha, pelo empresário Joesley Batista, ao tempo em que deixou de comunicar autoridades competentes de suposta corrupção de membros da Magistratura Federal e do Ministério Público Federal que Ihe fora narrada pela mesmo empresário”, diz trecho do relatório.

Perícia

A PF também concluiu que não houve edições ou fraude no áudio da conversa gravada pelo empresário Joesley Batista com Temer.  O relatório chegou ao Supremo e foi rremetido à Procuradoria-Geral da República (PGR), órgão que será responsável por eventual denúncia ao Supremo contra o presidente e Geddel. A perícia na gravação foi solicitada pela defesa de Temer, no mês passado. Os advogados questionam no STF a legalidade da gravação e afirmam que há muitas contradições no depoimento de Joesley Batista.

No mesmo documento, a PF acusa o ex-ministro Geddel Vieira Lima “por ter manifestado interesse junto a executivos do Grupo J&F na manutenção de pagamentos a Lúcio Bolonha Funaro, como forma dissuasória de eventual colaboração com a Justiça, monitorando junto a familiares de Funaro o seu ânimo para tal iniciativa”, diz o relatório.

Na semana passada, o ministro Edson Fachin, relator da investigação sobre o presidente, abriu prazo para a PGR se manifestar sobre o inquérito para investigar o presidente. Com a decisão,  a procuradoria tem até amanhã (27) para decidir sobre eventual denúncia contra o presidente e outros citados nas investigações, entre eles, o ex-deputado federal Rodrigo Rocha Loures (PMDB-PR).

(Agência Brasil)

PGR denuncia Temer por corrupção passiva

O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, denunciou criminalmente, nesta segunda-feirea, o presidente Michel Temer por corrupção passiva no Caso JBS. A denúncia deu entrada no Supremo Tribunal Federal. O procurador atribui crime a Temer a partir do inquérito da Operação Patmos – investigação desencadeada com base nas delações dos executivos do grupo J&F, que controla a JBS.

Caberá ao ministro Edson Fachin, relator da Lava Jato no STF, enviar a acusação formal do procurador à Câmara dos Deputados. Esta Casa terá autorizar ou não a abertura do processo contra Temer. São necessários dois terços dos 513 deputados para o acatamento da denúncia.

Crise política

O caso JBS mergulhou o presidente em sua pior crise política. Na noite de 7 de março, Temer recebeu no Palácio do Jaburu o executivo Joesley Batista, que gravou a conversa com o peemedebista. Nela, Joesley admite uma sucessão de crimes, como o pagamento de mesada de R$ 50 mil ao procurador da República Ângelo Goulart em troca de informações privilegiadas da Operação Greenfield, investigação sobre rombo bilionário nos maiores fundos de pensão do País.

A investigação revela os movimentos do homem da mala, Rodrigo Rocha Loures, ex-assessor especial do presidente. Na noite de 28 de abril, Loures foi flagrado em São Paulo correndo com uma mala de propinas da JBS – 10 mil notas de R$ 50, somando R$ 500 mil. Os investigadores suspeitam que a propina seria destinada a Temer, o que é negado pela defesa do presidente.

(Com Agências)

Governo Temer deixa de lado as denúncias e define novo slogan

Em reunião com as equipes de comunicação de todos os ministérios, o secretário-geral da Presidência da República, Moreira Franco, decidiu, nesta segunda-feira, o novo slogan do programa Avançar, o PAC de Temer: “Eu avanço quando o Brasil Avança”.

A decisão ainda passará pelo crivo final do presidente Michel Temer, mas é quase certo que estampe as próximas campanhas do governo.

A informação é da Veja Online.

Transporte de passageiros pelas empresas aéreas registrou aumento de 2,2% em maio

 

O número de passageiros transportados pelas aéreas registrou um aumento de 2,2% em maio, comparada com o mesmo mês de 2016. Os números foram divulgados hoje (26) pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) e se referem ao índice RPK (em passageiros-quilômetros pagos transportados). Foram transportados 7,1 milhões de passageiros pagos em voos domésticos. Esta é terceira alta do indicador após 19 meses consecutivos em queda.

Também foi registrado um crescimento de 2,9% na oferta em assento-quilômetros (ASK) comparado com o mesmo período do ano passado. De acordo com a Anac, “nos cinco primeiros meses do ano, demanda e oferta acumularam alta de 0,5% e queda de 0,5%, respectivamente”.

Ainda de acordo com a Anac, os dados mensais mostram que “no período de 2013 até meados de 2015 houve uma relativa estabilidade no nível de RPK e de ASK no mercado doméstico, ante forte tendência de alta nos anos anteriores. Entre o final de 2015 e fevereiro de 2017 ambos indicadores apresentaram sequências de quedas, a partir de quando retomaram o crescimento.”

Os números também mostram que houve uma diminuição entre a empresa líder no mercado doméstico Latam, e a Gol, segunda colocada. “Em janeiro de 2017, a diferença entre elas diminuiu e aparece estável de março a maio, quando a Gol apresentou 35,1% de participação no RPK doméstico e a Latam obteve 32,4%, representando variações de -4% de -6,1%, respectivamente, na comparação com o mês de maio de 2016”, apontou a Anac.

Quem também apresentou novamente crescimento em sua participação foi a Azul. A empresa alcançou 18,9% no mês de maio. Em seguida aparece a Avianca, que respondeu por 13,1% da demanda doméstica. Os números mostram que a participação das demais empresas “concorrentes das duas líderes foi de 32,5% em maio de 2017, o que representou aumento de 12,3% na comparação com o percentual apurado em igual mês do ano anterior. A Latam e a Gol apresentaram redução em suas demandas (RPK) no mês, de 4,1% e 1,9%, respectivamente. A Avianca e a Azul apresentaram crescimento de 19,6% e 14,1%, respectivamente”, informa a Anac.

No que diz respeito ao transporte de carga e correio embarcados no mercado doméstico, os números da Anac mostram que foi mantida a estabilidade no setor. Entre o começo de 2011 e o fim de 2014, as empresas aéreas carregavam cerca de 45.000 toneladas por mês. “A partir de então, percebe-se uma retração nesse mercado, sendo que em maio de 2017 foram transportadas 37.300 toneladas, o que representou um aumento de 10% em relação ao mesmo mês do ano anterior. Nos cinco primeiros meses do ano houve uma queda acumulada de 1,8%”, disse a agência.

(Agência Brasil/Foto – Paulo MOska)

Fortaleza será sede do Intercom Nordeste 2017

Fortaleza será sede, nos próximos dias 29 e 30 de junho e 1º de julho, do encontro da Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação (Intercom), regional Nordeste. Vai acontecer no Centro Universitário Estácio. Entre convidados, a presidente da Federação Nacional de Jornalista, Maria José Braga.

O Intercom Nordeste 2017 terá como coordenador local o professor e mestre Valente Júnior. Trata-se de um evento de grande porte, que já conta com mais de dois mil pesquisadores e estudantes inscritos. Hora de discutir situação atual da comunicação nestes tempos de internet.

Programação

*29/06/2017

A partir de 8:00 | Credenciamento

8:00 – 12:00 | Oficinas e minicursos

10:00 – 12:00 | Mesa Temática 1 – Empregabilidade em Comunicação

Palestrantes:

Prof. Pós-Dr. Kleber Nogueira Carrilho, representante do ENSICOM (Seminário sobre o Ensido de Graduação em Comunicação Social) e membro da Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação (Intercom). É Pós-doutor em Sociologia pela Université de Paris V – Descartes, doutor e mestre em Comunicação Social pela Universidade Metodista de São Paulo, especialista em Comunicação e Marketing pela Faculdade Cásper Líbero.

Profa. Dra. Beatriz Schmidt de Araújo, Mestre e Doutora em Comunicação e Cultura e atualmente Gestora Nacional dos Cursos do Eixo Economia Criativa da Universidade Estácio de Sá. Atua principalmente nos campos de comunicação, educação, mídia, recepção e redes sociais, Publicidade e Jornalismo.

Mediadora:

Aline Maria Grego Lins, Doutora em Comunicação e Semiótica, Mestre em Educação e Diretora Regional da Intercom no Nordeste. É professora da Universidade Católica de Pernambuco, onde também integra os Grupos de Pesquisa de Cultura e Mídia Contemporânea, e autora do livro Alfabetização do Olhar.

13:00 – 17:00 | Oficinas e Minicursos

13:00 – 17:00 | Expocom

18:30 – 19:00 | Atividade Cultural

19:00 – 21:30 | Solenidade de abertura – Conferência “Intercom 40 anos: Memórias e Histórias da Comunicação”, com Felipe Pena, jornalista, escritor, psicólogo, Doutor em Literatura pela PUC-Rio, Pós-Doutor pela Université de Paris/Sorbonne III e professor da Universidade Federal Fluminense.

Participação: Profa. Dra. Aline Grego, Diretora Regional da Intercom no Nordeste, e Prof. Me. Francisco Moura Valente Junior, Coordenador do Intercom Nordeste 2017.

*30/06/2017

8:00 – 12:00 | Expocom

8:00 – 10:00 | Divisões temáticas (DT’s)

10:00 – 12:00 | Mesa Temática 2 – Desafios e Oportunidades da Comunicação Contemporânea no Mercado Regional

Palestrantes:

Maria José Braga, jornalista e Presidente da Federação Nacional dos Jornalistas (FENAJ).

Ana Celina Bueno, publicitária e Conselheira Fiscal da Federação Nacional das Agências de Propaganda (FENAPRO).

Mediador:

Ismar Capistrano Costa Filho, jornalista, Doutor em Comunicação e coordenador de curso da UFC, milita pela democratização da comunicação, tendo participado da fundação de rádios comunitárias, da organização da Associação Brasileira de Radiodifusão Comunitária (Abraço) e da Conferência Nacional de Comunicação.

14:00 – 20:00 | Expocom

14:00 – 19:00 | Divisões temáticas (DT’s)

13:00 – 18:00 | Intercom Jr.

19:00 – 20:00 | Atividades culturais e lançamento/divulgação de publicações científicas

*1º/07/2017

8:00 – 10:30 | Intercom Jr.

10:30 – 12:30 | Mesa Temática 3 – Produção e Consumo de Conteúdo Transmídia em Tempos de Comunicação Pós-Digital

Palestrantes:

Prof. Me. W. Gabriel de Oliveira, especialista em Novas Tecnologias e Educação, Consultor de Marketing Digital e Digital Branding, com certificação Google Adwords, e professor de Marketing, Inteligência de Mercado, Planejamento Estratégico e E-commerce.

Prof. Dr. Juliano Domingues, jornalista, cientista social, Mestre e Doutor em Ciência Política e estudou análise de tomada de decisão na University of California, em Los Angeles. Atualmente coordena o Programa de Pós-Graduação em Indústrias Criativas da Universidade católica de Pernambuco e desenvolve pesquisa de pós-doutorado vinculado ao Centro de Estudos Avançados em Democracia Digital da Universidade Federal da Bahia.

Mediador:

Evandro Cavalcante Ferreira Gomes, Prof. Me. do Centro Universitário Estácio do Ceará nas áreas de Administração, Marketing, Jornalismo, Publicidade e Novas Tecnologias Digitais. Na pós-graduação é professor do curso de Comunicação e Marketing em Mídias Digitais, área em que atua com foco no Marketing Digital, Marketing Esportivo e Economia Criativa.

13:30 – 17:00 | Intercom Jr.

17:00 – 20:00 | Solenidade de encerramento / Premiação Expocom.