Blog do Eliomar

Categorias para Brasil

IBGE – Ceará é o quinto do Brasil em analfabetismo

Perto de zerar o índice de analfabetismo infantil na rede estadual, o Ceará, no entanto, ainda figura entre os cinco estados do Brasil com maior nível de analfabetismo. São 15,2% das pessoas com 15 anos ou mais sem saber ler ou escrever. São 1.054.300 pessoas nessa condição. A taxa no Estado é maior que a do Nordeste (14,8%) e representa mais que o dobro do percentual no País (7,2%). O crescimento do índice é diretamente proporcional ao avanço da idade, atingindo quase 40% da população com 60 anos ou mais.

Os dados são de pesquisa divulgada ontem pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O levantamento foi feito ao longo de 2016 pela Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad).

Assim como no Ceará — apesar de em porcentagem menor — a quantidade de pessoas que não sabem ler ou escrever em Fortaleza também é maior conforme o aumento da idade. Partindo de 5,4% na faixa etária de 15 anos ou mais até 15,6% entre pessoas de 60 anos ou mais. De acordo com o levantamento, a prevalência acompanha o cenário nacional, no qual a taxa quase triplica, indo de 7,2% a 20,4%.

Além do Ceará, os outros quatro estados com maiores índices de analfabetismo são nordestinos e superam a taxa da região. São eles: Alagoas (19,4%), Piauí (17,2%), Maranhão (16,7%) e Paraíba (16,3%).

Conforme o estudo aponta, o Nordeste é a região com mais pessoas analfabetas (14,8%), seguida pelo Norte ( 8,5%) e pelo Centro-Oeste (5,7%). O índice na região nordestina é quase quatro vezes o número registrado nas regiões com as menores taxas: Sudeste (3,8%) e Sul (3,6%).

Resultado histórico

O aumento de acordo com a faixa etária, de acordo com o coordenador de Gestão Pedagógica da Secretaria da Educação do Ceará (Seduc), Rogers Mendes, ocorre devido a acúmulo histórico. “Se olhar por faixa etária, você não vai mais encontrar pessoas analfabetas de 15 a 19 anos. Não só o Ceará, mas todos os estados do Nordeste ainda têm o resultado de início tardio de uma política educacional inclusiva. Quanto mais velha a população, maior o percentual de analfabetos”, analisa.

Ele detalha que uma das dificuldades é fazer com que “essas pessoas com idade avançada voltem para escola”. Programas como o Brasil Alfabetizado e o Educação de Jovens e Adultos (EJA), conforme explica Mendes, são voltados para essa demanda.

“A gente tá tentando garantir a alfabetização na idade certa. Há uma boa expectativa de redução nos próximos anos. Reduzir 1%, 1,5% a cada ano”, prospecta.

(O POVO – Repórter Ana Rute Ramires)

Giba pode ser candidato ao Senado

Filiado ao PSD desde o último dia 11, Giba vai se candidatar a deputado federal pelo Paraná em 2018. A informação é da Coluna Radar, da Veja Online.

Cacique da sigla no estado, Ratinho Júnior é um dos principais entusiastas de Giba, um dos melhores atletas do vôlei brasileiro e consagrado com vários títulos internacionais pela seleção.

Ratinho Júnior pensa até em lança-lo ao Senado.

Temer vai gravar pronunciamento de fim de ano

O presidente Michel Temer gravará hoje à noite o pronunciamento de fim de ano que fará à Nação. O conteúdo está definido, segundo informa o colunista Lauro Jardim, do O Globo.
Uma fala reafirmando que a ideia de que Temer vem cumprindo suas promessas, sobretudo em relação à economia. E que o Brasil tem que olhar para frente. Caso JBS, Previdência e outros assuntos espinhosos estão fora do cardápio.
Será também definido hoje à noite se o discurso de Temer irá ao ar amanhã ou no próximo dia 24.
(Foto – Marcelo Chello – Folhapresss)

Capes revê notas das pós-graduações da UFC em Saúde Pública e em Economia

A Universidade Federal do Ceará conseguiu ampliar, de 17 para 19, o número de programas de pós-graduação de “excelência nacional”, ou seja, que possuem nota 5 na avaliação da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes). O aumento se deve ao salto dado pelos programas de Saúde Pública e de Economia da UFC, cujas notas, que haviam sido anunciadas em setembro pela Capes, foram reconsideradas e elevadas pela fundação ligada ao Ministério da Educação (MEC). A informação é da assessoria de imprensa da Instituição.

Após a fase de recursos, a UFC continua sendo a universidade do Norte e Nordeste com mais cursos de padrão internacional (notas 6 e 7): 10, o equivalente a 17% dos cursos avaliados.

No último mês de setembro, os programas de Economia e de Saúde Pública da UFC haviam aparecido na avaliação quadrienal da Capes com nota 4, o que foi questionado por meio de recursos. Após a apresentação de documentos e dados que comprovam o crescimento e a qualidade dos programas, a fundação reconsiderou e elevou as notas para 5.

SERVIÇO

*O resultado de todos os pedidos de reconsideração foi divulgado nesta quarta-feira (20): https://goo.gl/eGb5yW.

*Veja quadro com a nota por curso e comparativo entre a UFC e outras universidades federais do N/NE: https://goo.gl/BrYLF1

E aí, vai apostar na Mega-Sena e tentar os R$ 48 milhões?

O concurso de número 1.999 da Mega-Sena acumulada será sorteado hoje (21), a partir das 20 horas (horário de Brasília) em Porto União (SC). A Caixa Econômica Federal estima que a loteria pagará um prêmio de cerca de R$ 48 milhões para quem acertar sozinho as seis dezenas. Os apostadores poderão fazer seus jogos até as 18 horas (horário do Ceará) em qualquer agência lotérica do país. A aposta mínima custa R$ 3,50.

Devido ao calendário da Mega da Virada, o sorteio da Mega-Sena desta semana será realizado excepcionalmente nesta quinta-feira, o concurso que correrá hoje é o último do calendário regular de 2017. Por isso, a partir de amanhã, todas as apostas na Mega serão exclusivas para o concurso especial do fim de ano.

(Agência Brasil)

CNJ aposenta compulsoriamente nove juízes e desembargadores em 2017

Dos 16 juízes, desembargadores e servidores do Judiciário julgados em 2017 pelo Plenário do Conselho Nacional de Justiça, 9 foram punidos com aposentadoria compulsória, por práticas que vão de negligência a manipulação de processo e até ameaças físicas. A informação é da assessoria de imprensa do CNJ.

O número de membros da magistratura com aposentadoria decretada, pena máxima para a classe, supera os de 2016 e 2015 (quatro em cada ano) e fica atrás de 2013, quando 12 juízes e desembargadores tiveram o mesmo destino. Este ano, por outro lado, registrou a maior quantidade de processos administrativos disciplinares julgados no CNJ, segundo levantamento divulgado nesta quinta-feira (21).

Além dos nove casos de aposentadorias compulsórias, houve a demissão de um servidor do Tribunal de Justiça de Alagoas, acusado de pedir R$ 100 mil para influenciar decisões judiciais, e outro de censura, aplicado a um juiz de Mato Grosso do Sul que decidia sobre precatórios sem critérios fixos, gerando inclusive precatórios em valores muitos altos.

Um dos casos mais relevantes envolve suspeita de desvios calculados em mais de R$ 5 bilhões. O desembargador Vulmar de Araújo Coêlho Júnior, à época corregedor do Tribunal Regional do Trabalho da 14ª Região (RO), foi considerado responsável por redistribuir de forma irregular ação trabalhista impetrada pelo Sindicato dos Trabalhadores em Educação de Rondônia (Sintero) contra a União.

O processo foi transferido da 2ª Vara Trabalhista de Porto Velho para a 7ª Vara. O juiz Domingos Sávio Gomes dos Santos, que recebeu a ação, também foi responsabilizado por participar de manobra para satisfazer interesses pessoais. De acordo com o CNJ, os dois ainda ameaçaram colegas e uma servidora.

Em junho, o colegiado condenou ao mesmo tipo de pena a juíza Isabel Carla de Mello Moura Piacentini, também vinculada à Justiça do Trabalho de Rondônia, por pagamentos irregulares de precatórios.

As desembargadoras paraenses Vera Araújo de Souza e Marneide Trindade Pereira Merabet foram condenadas em dezembro porque decretaram o bloqueio de R$ 2,3 bilhões mesmo avisadas de uso da Justiça para golpe.

Segundo o Plenário, a punição não tem o objetivo de reverter análise jurisdicional, entrando no mérito, e sim responsabilizá-las pelo comportamento sem cautela diante dos indícios de fraude, deixando de cumprir “com serenidade e exatidão as disposições legais e os atos de ofício”.

Temer destaca Argentina como exemplo por ter aprovado a reforma da Previdência

Durante o discurso na abertura da 51° Cúpula de Chefes de Estado do Mercosul e Estados Associados, o presidente Michel Temer citou a Argentina como exemplo por ter aprovado a reforma da Previdência. Antes, ao recepcionar o presidente argentino, Mauricio Macri, o presidente se voltou para a imprensa e comentou “aprovou a Previdência lá na Argentina”, se referindo à aprovação pelo Congresso ocorrida na terça-feira (19).

Temer disse que o Brasil está passando por muitas reformas e que uma das próximas a ser levada adiante é a da Previdência, e se referiu mais uma vez à Argentina cumprimentando o presidente Macri por ter conseguido “uma expressiva vitória em torno da reforma da Previdência no seu país”.

Nos últimos meses, Michel Temer tem se reunido com parlamentares articulando a aprovação da reforma da Previdência no plenário da Câmara dos Deputados. Apesar das intensas negociações e de o governo ter feito mudanças na proposta originalmente enviada ao Congresso, o governo avaliou que não teria os 308 votos necessários para aprovar o texto ainda este ano e adiou a votação para fevereiro de 2018.

Na reunião de hoje, o Brasil transfere a presidência pro tempore do Mercosul para o Paraguai. O Brasil ocupou a presidência do bloco durante o segundo semestre de 2017 e retomou a discussão de temas como comércio eletrônico, facilitação do comércio e estímulo às pequenas e médias empresas.

(Agência Brasil)

Aliança entre Camilo e Eunício teria sido pedido de Lula

A cada dia com sinais mais claros, aliança política entre Camilo Santana (PT) e Eunício Oliveira (PMDB) foi objeto de pedido pessoal do ex-presidente Lula ao PT do Ceará. Na manhã de ontem, evento com o governador e o peemedebista para entrega de obras em Canindé acabou virando nova mostra da reaproximação e até “ensaio” de palanque para Lula no Estado.

Até então alvo de grande especulação, intervenção pró-Eunício de Lula foi confirmada ontem por lideranças do PT e do PMDB. Em entrevista ao O POVO, o presidente do Senado disse nunca ter conversado com o ex-presidente sobre a questão política do Ceará, mas destacou: “O Lula me disse que conversou com o PT do Ceará sobre uma possibilidade de aliança política”.

Um dos nomes mais próximos do líder petista no Estado, o deputado federal José Guimarães (PT) confirmou iniciativa do ex-presidente. Ele destaca, no entanto, que o diálogo foi suspenso até o julgamento de recurso de Lula na Lava Jato, marcado para 24 de janeiro. “Lula pediu para eu fazer um balanço e retomar tudo após o dia 24”, diz.

“Vai ficar tudo para depois do julgamento, mas temos um diálogo aberto”, afirma Guimarães. Parte da ação do ex-presidente para manter boa relação com peemedebistas aliados, incluindo Renan Calheiros (AL) e Roberto Requião (PR), pedido teria ocorrido durante passagem de Lula em caravana pelo Ceará, em agosto deste ano.

Ministro das Comunicações e líder do PMDB durante o governo do petista, Eunício possui antigo histórico de aproximação com Lula. Na eleição de 2014, a amizade entre eles fez até com que o líder petista não gravasse em apoio a Camilo, adversário do peemedebista na disputa. “Pré-palanque”

Evento de ontem, que entregou 495 novas unidades do Minha Casa, Minha Vida, acabou também marcado por elogios e referências ao ex-presidente. “Para qualquer nordestino, o Lula não é questão política ou eleitoral, é de reconhecimento. É um nordestino, que criou das maiores redes de garantia social do mundo”, disse Eunício.

Reforçando discurso do peemedebista, Camilo Santana e José Guimarães também destacaram importância do petista para o desenvolvimento de projetos como o Minha Casa Minha Vida e a transposição do rio São Francisco.

Ao final do evento, foi tocado vídeo institucional do presidente Michel Temer (PMDB) parabenizando as famílias pela entrega de casas.

(O POVO – Repórter Carlos Mazza/Foto – Fábio Lima))

Banco Central projeta crescimento da economia em 2018

O Banco Central (BC) aumentou a projeção para o crescimento da economia este ano e em 2018. A estimativa para a expansão do Produto Interno Bruto (PIB), a soma de todos os bens e serviços produzidos no país, foi ajustada de 0,7%, projeção de setembro, para 1%, de acordo com o Relatório de Inflação divulgado hoje (21), no site do BC.

Para 2018, a estimativa subiu de 2,2% para 2,6%, “em linha com a retomada gradual da atividade econômica ao longo do ano e com as perspectivas de sua continuidade nos próximos trimestres”.

Neste ano, a produção agropecuária deverá crescer 12,8%. A projeção para o desempenho do setor industrial é de queda de 0,3%. O setor de serviços deve apresentar crescimento de 0,3%.

A expectativa para os investimentos (Formação Bruta de Capital Fixo) deve apresentar retração de 2,5%. A previsão para o consumo das famílias é 1,2%.

Indústria deve ter expansão de 2,9%

Em 2018, o BC projeta recuo de 0,4% na produção agropecuária, em linha com o primeiro levantamento de safra divulgado em novembro.

O crescimento da indústria é estimado em 2,9% e do setor de serviços em 2,4%. O consumo das famílias deve crescer 3%, com a melhora da renda, do crédito e sob efeito do “carregamento estatístico de 2017”, ano de recuperação da economia.

Para os investimentos, a expectativa de crescimento é de 3%, com a melhora esperada para o setor de construção civil.

(Agência Brasil)

Anitta e a ética da malandragem

Com o título “Anitta e a ética da malandragem”, eis artigo do jornalista Henrique Araújo, que pode ser conferido no O POVO desta quinta-feira. “Contra todo rigorismo e censura, tanto do machismo quanto do feminismo, ela responde da mesma maneira: na malandragem”, diz trecho do texto. Confira:

Impossível escrever senão sobre Anitta. A bunda e sua celulite, a placa politizada do mototáxi, a marca de biquíni e suas circunstâncias sociológicas, a laje e seu lugar na cidade, o corpo feminino isolado com fita isolante, as marcas de brasilidade e a tradição interpretativa do País.

Porque é disso que se trata: bunda-metonímia. O Sérgio Buarque, que não aparece no videoclipe, teria gostado de Vai malandra, mesmo sem a vírgula separando o vocativo. Por quê? Porque ilustra à perfeição o seu Raízes do Brasil.

O pai do Chico, que também não está no novo trabalho da funkeira carioca, escreveu que o brasileiro é um tipo cordial que não se dá muito bem com os ritos da civilidade. Daí que, entre nós, impere esse fundo emotivo a reger as condutas sociais, e mesmo a religião seja carnavalizada. Pra gente, é mais importante o laço familiar, a pessoalidade e a consanguinidade.

Ora, que tipo social concentra tudo isso? O malandro. Espécie de decalque do brasileiro, sobretudo do carioca, o malandro é um drible na norma. É o nexo entre o Carnaval e o Estado. O elo perdido entre nosso iberismo temperado com indianismo e o mundo inflexível do rito europeu, calcado em procedimentos cuja finalidade é traçar uma fronteira exata entre público e privado. Ou entre a casa e a rua, como analisa Roberto DaMatta em Carnavais, malandros e heróis.

O malandro é transgressão, portanto. Está para os arquétipos de rigor como Garrincha para os zagueiros. Não à toa, uma das qualidades do futebol nacional reside precisamente na capacidade de ludibriar os adversários, seja de que maneira for. Num esporte britânico marcado pela rigidez das regras e conformado ao espaço de quatro linhas, o brasileiro tropicalizou – mais que isso, devorou, no sentido antropofágico de Oswald de Andrade. Pelé, Romário e Renato Gaúcho (o gol de barriga é exemplo claro de um certo caráter local) são mostras da vitória da criatividade sobre a regra. Aqui, nosso corpo é espírito e vice-versa.

A malandra de Anitta, então, é um drible dentro do drible, um desvio no desvio, uma quebra na quebra. Por isso o clipe foi gravado na quebrada do Vidigal, com mulheres de todo tipo, velhas e gordas, magras e peitudas. E homens também, todos com pouca roupa, rebolando ao som de funk, reiterando o clichê gringo de que somos um pouco ainda como povos incivilizados: despidos, sem fé e sem lei, movidos apenas por uma lascívia atávica.

Há nessa ética malandra da cantora de 24 anos, porém, um pulo do gato: como na metáfora oswaldiana, Anitta mastiga o bispo Sardinha. Hiperssexualiza não para objetificar, mas para assumir o poder sobre como os outros a olham – não é você que decide o que vê, sou eu que escolho o que mostrar. E ela mostra muito, mas, principalmente, mostra o que quer.

Cartão de visitas da música, a bunda com celulite é a tradução disso.

Onde querem o veto, Anitta oferece o corpo real. É como se dissesse: temos direito a tudo, inclusive a gozar com o clichê estrangeiro. E é aí que a funkeira encontra o sociólogo. Contra todo rigorismo e censura, tanto do machismo quanto do feminismo, ela responde da mesma maneira: na malandragem.

*Henrique Araújo,
Jornalista do O POVO. 
(Foto – Reprodução Instagram)

Lula diz que Ciro tem que ter cuidado com as palavras e evitar bobagem

Questionado sobre críticas que o presidenciável Ciro Gomes (PDT) tem feito a ele, o ex-presidente Lula elogiou o cearense na conversa que teve com jornalistas nessa quarta-feira, no Instituto Lula, em São Paulo. Mas afirmou que “nem tudo o que a gente pensa, a gente pode falar”. Também falou sobre Bolsonaro, como informa, em sua coluna na Folha desta quinta-feira, a jornalista Monica Bergamo. Confira:

Sobre Bolsonaro, afirmou: “Ele vai até onde o povo quiser que ele vá. Eu, sinceramente, não vejo como você fazer uma campanha destilando ódio. A urna é um lugar de depositar esperança. Na urna você não deposita ódio. Então eu tenho que fazer uma campanha vendendo coisas que eu acredito serem possíveis fazer para melhorar a vida do povo brasileiro. A política foi demonizada. Não é de graça que se demonizou a política. A demonização da política tem interesses políticos. Quanto menos a sociedade acreditar na política, quanto mais ódio tiver, mais fascista será a sociedade. Esse Congresso atual é a cara do povo em 2014. O povo foi votar permeado pelo ódio. Tem muita gente que vai na Paulista fazer protesto mas não tem coragem de dizer em quem votou. Tem vergonha.”

Sobre Ciro Gomes.disse:

“O Ciro faz mal para ele próprio. O problema do Ciro não é que os ataques dele vão me prejudicar. Vão prejudicar a ele mesmo. Nem tudo o que a gente pensa, a gente pode falar. Na hora em que pensa bobagem, não fala. Mas eu gosto dele, sou muito agradecido a ele. Ciro é inteligente. Mas a inteligência tem que ser usada para ganhar as eleições. Tem que ter cuidado com as palavras. Quando o Ciro tomar a decisão de ser candidato de verdade, ele terá que saber que o que a gente fala pesa muito, contra a gente mesmo.”

Um milhão e meio de servidores públicos ficam sem 13º neste fim de ano

Cerca de 1 milhão e meio de servidores públicos estaduais de cinco Estados não receberam o 13º salário. Estão nesta situação ao menos Rio de Janeiro, Minas Gerais, Rio Grande do Sul, Rio Grande do Norte e Sergipe.

O maior contingente de servidores nessa situação está em Minas Gerais, com 600 mil pessoas – 400 mil da ativa e 200 mil inativos e pensionistas. Elas receberão o beneficio  escalonado, segundo a Secretaria do Planejamento.

Impostômetro atinge R$ 2,1 trilhões

O Impostômetro da Associação Comercial de São Paulo, que soma todos os impostos, taxas e contribuições pagos pelos brasileiros no período de um ano, atingiu hoje (21) R$ 2,1 trilhões. Até o último dia do ano, o placar deve chegar a R$ 2,170 trilhões, crescimento de 8,4% em relação ao ano passado, sem considerar a inflação.

No estado de São Paulo, segundo o Impostômetro, os tributos somam R$ 775,1 bilhões do início do ano até hoje, o correspondente a 37,9% da arrecadação total do Brasil. Na capital paulista, o total é de R$ 25,9 bilhões.

A ferramenta é uma projeção criada há sete anos com o objetivo de conscientizar o cidadão sobre a alta carga tributária do país e incentivar a cobrança para que os governos ofereçam serviços públicos de qualidade. O painel do Impostômetro fica na Rua Boa Vista, centro da capital paulista.

Alencar Burti, presidente da Associação Comercial e da Federação das Associações Comerciais no estado, disse que a retomada da atividade econômica, principalmente do setor industrial, foi uma das razões para o aumento dos valores.

(Agência Brasil)

Feliz Natal! Preço da gasolina e do diesel sobe nas refinarias nesta sexta-feira

 

A gasolina e o diesel sofrerão novo reajuste de preços comercializados nas refinarias. De acordo com a Petrobras, em anúncio feito hoje (21) na sua página na internet, a gasolina sobe 1,1% e o diesel 0,4%, a partir de amanhã (22). Nessa quarta-feira (20), a empresa já havia informado um aumento de 0,7% para o diesel e 1,4% no preço da gasolina, com validade a partir desta quinta-feira.

Desde julho que a Petrobras adota este modelo de reajustes frequentes dos preços da gasolina e do diesel. Segunda a estatal, “em busca de convergência no curto prazo com a paridade do mercado internacional”.

“Analisamos nossa participação no mercado interno e avaliamos frequentemente se haverá manutenção, redução ou aumento nos preços praticados nas refinarias. Sendo assim, os ajustes nos preços podem ser realizados a qualquer momento, inclusive diariamente”, acrescenta.

(Agência Brasil)

Prévia da inflação oficial fecha o ano em 2,94%

A prévia da inflação oficial -edida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo – 15 (IPCA-15) – fechou o ano em 2,94%. O percentual foi divulgado hoje (21), no Rio de Janeiro, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

A prévia da inflação de dezembro ficou em 0,35%, um pouco acima da prévia de novembro (0,32%) e do número de dezembro de 2016 (0,19%).

(Agência Brasil)

Confiança da indústria tem em novembro a maior alta desde janeiro de 2014

O Índice de Confiança da Indústria, medido pela Fundação Getulio Vargas (FGV), avançou 2,9 pontos de outubro para novembro deste ano. O indicador, medido com base na opinião de empresários do setor industrial, atingiu 98,3 pontos, em uma escala de 0 a 200 pontos, o maior patamar desde janeiro de 2014 (100,1 pontos).

Essa foi a quinta alta consecutiva, o que fez com que o Índice de Confiança da Indústria acumulasse um crescimento de 8,8 pontos no segundo semestre deste ano.

De acordo com a FGV, o crescimento da confiança industrial pode ser explicado pelo aumento da produção do setor e pelo ajuste nos estoques.

A confiança de empresários de 13 dos 19 segmentos industriais cresceu em novembro deste ano. O Índice de Expectativas, que mede o otimismo em relação ao futuro, subiu 4,2 pontos e chegou a 99,4 pontos. O principal motivo para essa alta foi a melhora das expectativas em relação à evolução do total de pessoal ocupado nos próximos três meses.

O Índice da Situação Atual, que mede as opiniões do empresariado em relação ao presente, avançou 1,7 ponto e atingiu 97,2 pontos. O principal responsável pela alta foi a melhora na percepção sobre os estoques atuais.

Após subir 0,4 ponto percentual no mês anterior, o Nível de Utilização da Capacidade Instalada (Nuci) recuou 0,1 ponto percentual entre outubro e novembro, chegando a 74,2%.

(Agência Brasil)

Câmara desconta salário de membros da mesa diretora

Não se sabe se o erro é de sistema ou de algum funcionário, mas o fato é que o departamento pessoal da Câmara descontou o salário de todos os membros da mesa diretora por falta. A informação é da Coluna Radar, da Veja Online.

Com o desconto, que chegou a R$ 8.500,00, membros da mesa e líderes na Câmara abriram o berreiro. O próprio Rodrigo Maia ficou surpreso, já que, por norma interna, eles não poderiam ter o salário diminuído por este motivo.