Blog do Eliomar

Categorias para Brasil

Aeroporto Internacional Pinto Martins- Mais uma empresa desiste de participar dos leilões

Mais uma empresa desiste de participar do leilão dos aeroportos brasileiros. Desta vez foi a espanhola OHL. De acordo com o grupo, a desistência foi devido aos riscos não gerenciáveis do projeto e do volume de investimentos requeridos sem correspondência com a projeção de demanda.
A informação da desistência é do jornal Valor Econômico, mas esta não é a única empresa a sair do certame. A espanhola Ferrovial, uma das maiores operadoras internacionais de infraestrutura, e o Grupo Aeroportuário Pacífico Mexicano (GAP) também desistiram de participar do leilão dos terminais, conforme O POVO já havia publicado no dia 18 de fevereiro.
Em janeiro, a OHL já havia impugnado os editais da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), alegando atraso na publicação da versão em inglês e apontando problemas de caráter técnico.
As concessões estão previstas  para a próxima quinta-feira, 16, nos aeroportos de Fortaleza, Florianópolis, Porto Alegre e Salvador.
(O POVO)

Estudantes poderão concorrer a vagas não preenchidas do Fies a partir do próximo dia 20

Estudantes interessados em obter financiamento estudantil poderão concorrer a partir do dia 20 de março às vagas não preenchidas no processo seletivo do primeiro semestre do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies). As inscrições deverão ser feitas exclusivamente na página do Sistema de Seleção do Fies, o FiesSeleção, na internet.

Neste semestre, o Fies ofereceu 150.538 vagas para 1.599 instituições, abrangendo 29.293 cursos. O Ministério da Educação (MEC) ainda não informou quantas são as vagas remanescentes, uma vez que o processo regular ainda não foi finalizado. Estão abertas até dia 17 as inscrições da lista de espera.

As vagas remanescentes são voltadas a candidatos que tenham participado de alguma edição do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) desde 2010, obtido nota mínima de 450 pontos nas provas e não ter zerado a redação. Além disso, é necessário comprovar renda familiar mensal bruta per capita de até três salários mínimos. Podem participar da seleção inclusive aqueles que já tentaram o financiamento pelo processo seletivo regular e não obtiveram sucesso.

O Fies oferece financiamento a estudantes em cursos de instituições privadas de ensino superior. A taxa efetiva de juros do programa é 6,5% ao ano. O percentual de financiamento é definido de acordo com o comprometimento da renda familiar mensal bruta per capita do estudante.

Após o registro no FiesSeleção, o candidato deverá concluir a inscrição no Sistema Informatizado do Fies (Sisfies) nos dois dias úteis subsequentes. Os prazos de inscrição variam de acordo com a condição do estudante.  Veja os prazos estabelecidos pelo MEC:

De 20 a 24 de março – Estudantes não graduados, inscritos no processo seletivo regular do Fies referente ao primeiro semestre de 2017 e que não tenham obtido o contrato de financiamento pelo Fies;

De 22 a 24 de março – Estudantes graduados, inscritos no processo seletivo regular do Fies referente ao primeiro semestre de 2017 e que não tenham obtido o contrato de financiamento pelo Fies;

De 25 a 31 de março – Estudantes não graduados, inscritos para uma vaga remanescente em curso de instituição de educação superior em que não está matriculado;

De 27 a 31 de março – Estudantes graduados, inscritos para uma vaga remanescente em curso de instituição em que não está matriculado;

De 25 de março a 22 de maio – Estudantes não graduados, inscritos para uma vaga remanescente em curso da instituição em que está matriculado;

De 27 de março a 22 de maio – Estudantes graduados, inscritos para uma vaga remanescente em curso da instituição em que está matriculado.

(Agência Brsail)

Governo elabora medidas para reduzir demandas judiciais

O secretário nacional de Justiça e Cidadania, Gustavo Marrone, informou hoje (10) que o Executivo deve encaminhar ao Congresso Nacional até julho uma proposta de mudança que priorize a resolução de conflitos e reduza o número de processos na Justiça. O objetivo é combater a “banalização de processos”, que, na concepção dele, poderiam ser solucionados antes de chegar à Justiça.

Além de custar caro ao Estado, o crescente número de ações trava a economia e prejudica réus e demandantes já que o excesso implica demora para a conclusão dos casos, justificou, Marrone.
“O custo não é só do Judiciário, o custo é da sociedade.”

Para o secretário, o acesso fácil para mover ações, por conta da gratuidade na esfera dos juizados especiais, em primeira instância, colabora para a grande demanda, dificultando ainda mais a celeridade de causas complexas.

Marrone defende melhorias nos mecanismos de resolução de conflitos não judiciais e a adoção de regras semelhantes às de outros países, como as dos Estados Unidos. Segundo ele, no segmento de litígios entre fornecedores e consumidores americanos, os casos só vão para a Justiça depois de terem sido analisados pelo fornecedor.

“Lá eles têm as seguintes premissas: é o mercado que tem que resolver os problemas. Só vão ao Judiciário depois de procurar a empresa. Antes disso, a demanda não é aceita”, disse o secretário durante encontro com representantes jurídicos de instituições financeiras, promovido pela Associação Nacional das Instituições de Crédito, Financiamento e Investimento (Acrefi).

De acordo com Marrone, foi encomendado um estudo sobre o assunto que deve ser discutido entre o governo e os segmentos do mercado ainda neste mês.

Presente ao evento, o diretor do Departamento de Proteção e Defesa do Consumidor do Ministério da Justiça e Cidadania, André Luiz Lopes dos Santos, informou que, por meio de órgãos como o Procon, 80% dos casos de queixa de consumidores são solucionados em cerca de uma semana.

(Agência Brasil)

Servidores do IFCE promoverão debate sobre Reforma da Previdência

156 1

O Sindicato dos Servidores do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará (SINDSIFCE) promoverá, na próxima quarta-feira, às 17 horas, no auditório do IFCE Campus Fortaleza, um debate sobre a Reforma da Previdência.

São conferencistas nesse encontro, a economista e professora Rosa Maria Marques, titular da PUC-SP e ex-presidente da Sociedade Brasileira de Economia Política, e o economista e vice-presidente do Sindifisco Nacional DS/Ceará, Marcelo Lettieri.

O debate, faz parte da programação de protestos que ocorrerá em todo o País, na quarta-feira, contra a proposta de reforma da previdência do governo Michel Temer. Em Fortaleza, haverá manifestação, a partir das 8 horas, na Praça Portugal, um dos locais que ficaram conhecidos na cidade como ponto de encontro de manifestantes a favor do impeachment que colocou no poder Michel Temer.

ANS suspende comercialização de 35 planos de sáude

A partir do próximo dia 17, um total de 35 planos de saúde de sete operadoras terá sua comercialização suspensa por determinação da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS). A medida resulta de monitoramento da garantia de atendimento dos planos aos consumidores, ou seja, se eles estão tendo a cobertura obrigatória, definida pelo órgão, em tempo hábil. Os planos de saúde suspensos totalizam em torno de 230 mil beneficiários.

“Essa é uma medida preventiva, para proteção do consumidor”, disse hoje (10) à Agência Brasil a diretora de Normas e Habilitação dos Produtos da ANS, Karla Coelho. Ela explicou que as sete operadoras atingidas (Federação das Sociedades Cooperativas de Trabalho Médico do Acre, Amapá, Amazonas, Pará, Rondônia e Roraima; Saúde Sim Ltda; Associação Auxiliadora das Classes Laboriosas; Unimed-Rio; Operadora de Planos de Saúde Serra Imperial Ltda; Ecole Serviços Médicos Ltda; e Associação Santa Casa Saúde de Sorocaba) ficarão suspensas e não poderão comercializar os planos.

“Ou seja, não podem entrar novos beneficiários, porque na nossa avaliação a gente identificou que o número de denúncias e reclamações dos consumidores ficou acima do esperado para esses planos”, destacou Karla. A medida vale por três meses, até as operadoras se adequarem às normas e resolverem as principais questões para prestar assistência adequada aos beneficiários. As denúncias e reclamações referentes à cobertura assistencial foram recebidas pela ANS no quarto trimestre de 2016.

Interrupção

Karla Coelho deixou claro que os clientes das operadoras atingidas não sofrerão nenhuma interrupção na utilização dos planos. “Não tem nenhuma sanção para eles. A sanção é em relação às operadoras, que não podem vender novos planos”, disse. Com base nas reclamações, a ANS fez uma análise das sete operadoras ao longo do tempo, comparou-as com outras empresas parecidas e verificou que elas estavam acima da média de queixas estabelecida pela agência.

Por isso, tiveram a comercialização de planos suspensa, além de multas que variam de R$ 80 mil a R$ 250 mil, por conta da negativa de cobertura de saúde. “Todas as operadoras em que foi identificada uma infração cometida vão ser multadas se a infração ficar caracterizada”, disse Karla.

A diretora advertiu ainda que se as operadoras cujos planos de saúde foram suspensos comercializarem novos planos no período de três meses serão multadas novamente. Essa segunda multa já leva em consideração os efeitos coletivos e será calculada por uma diretoria específica da ANS, variando de operadora para operadora. As empresas têm uma semana para se adequar à medida e suspender a comercialização dos planos.

Karla Coelho lembrou que todas as operadoras de saúde suplementar são monitoradas de forma contínua pela ANS. Haverá, entretanto, um acompanhamento maior para as sete empresas objeto da  suspensão. Outras medidas administrativas são efetuadas pela agência em operadoras com problemas, como direção técnica e fiscal e plano de recuperação assistencial.

No ‘site’ da ANS (www.ans.gov.br), os consumidores podem obter informações mais detalhadas sobre as operadoras cuja comercialização foi suspensa e os planos atingidos.

Reclamações

No período de 1º de outubro a 31 de dezembro do ano passado, a ANS recebeu 16.169 reclamações de natureza assistencial em seus canais de atendimento, das quais 12.946 queixas foram consideradas para análise pelo programa de Monitoramento da Garantia de Atendimento.

A ANS informou ainda, que em paralelo à suspensão de comercialização dos planos das sete operadoras em questão, dez outras operadoras poderão voltar a comercializar 46 produtos que estavam impedidas de vender, em função da comprovada melhoria no atendimento aos beneficiários.

(Agência Brasil)

Ceará lidera no Norte, Nordeste e Centro-Oeste e é o sexto em número de transplantes no País

Do Site da Secretaria da Saúde do Estado:

O Ceará foi o primeiro estado das regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste e o sexto do país com o maior número de transplantes de órgãos e tecidos realizados em todo o ano de 2016, de acordo com o Registro Brasileiro de Transplantes (RBT 2016), divulgado nesta sexta-feira, 10 de março, pela Associação Brasileira de Transplantes de Órgãos (ABTO). No ano passado o Ceará estabeleceu novo recorde, com a realização de 1.874 transplantes, 31% a mais que os 1.430 de 2015. Considerando somente os órgãos sólidos (pâncreas, pulmão, coração, fígado e rim), com 491 transplantes em 2016, o Estado realizou 55,1 transplantes por milhão da população (pmp), atrás do Distrito Federal (79,2), Paraná (74,2), Rio Grande do Sul (67,4), São Paulo (65,5) e Santa Catarina (60,4).

O grande destaque em 2016 foram os transplantes de córnea. O Ceará fez 1.267 transplantes desse tecido, o segundo melhor desempenho em números proporcionais e absolutos. São Paulo foi o estado que mais realizou transplantes, no total de 4.776 procedimentos. Proporcionalmente, o Distrito Federal ficou em primeiro lugar, com 155,4 transplantes pmp, seguido do Ceará, com 142,3. No ano passado o Ceará zerou a fila de espera de transplantes de córnea, depois de 34 anos realizando esse procedimento, iniciado em 1982. “Fila zero” de córnea é uma meta estabelecida pela ABTO e indica a situação em que o paciente que precisa de um transplante não necessita esperar pelo tecido porque ele já está disponível para a cirurgia. Conforme o RBT, em dezembro o Ceará tinha 33 pacientes aguardando transplante de córnea.

O estado do Ceará também foi destaque nacional em transplantes de fígado e coração. Nos transplantes hepáticos, realizou 21,9 transplantes pmp, atrás do Distrito Federal (26,1) e Santa Catarina (22,1). Nos transplantes cardíacos foram 3,6 pmp, depois do Distrito Federal (14,8) e Pernambuco (4,1). O Ceará também foi o terceiro do país em transplante pediátrico de rim, com 14,7 procedimentos pmp, abaixo do Distrito Federal (16,1) e Rio Grande do Sul (15,5). Além de córnea, o Ceará realizou em 2016 o maior número de transplantes de coração (32) e medula óssea (97) desde que esses procedimentos foram iniciados no Estado. Em relação a 2015, fez, ainda, mais transplantes de pulmão (6) e esclera (19).

O Brasil obteve aumento de 3,5% na taxa de doadores efetivos de órgãos e tecidos para transplante, atingindo 14,6 doadores pmp. Conforme o RBT, cinco estados foram destaques na doação de órgãos: Santa Catarina (36,8), Paraná (30,9), Distrito Federal (25,7), Rio Grande Sul (25,2) e Ceará (24,9), que elevou a taxa em 6% em relação a 2015. O percentual de 38% de efetivação de doadores em relação ao número de notificações foi o terceiro do país, ao lado de Minas Gerais, depois de Santa Catarina (47%) e Rio Grande do Sul (41%).

Neste ano no Ceará foram realizados 263 transplantes de órgãos e tecidos – 132 em janeiro, 115 em fevereiro e 16 até 9 de março. Foram 38 transplantes de rim, 3 de coração, 36 de fígado, 9 de medula óssea (6 autólogos e 3 alogênicos), 176 de córnea e 1 de esclera.

Lava Jato – Paulo Roberto Costa depõe a Moro por videoconferência

O ex-diretor da Petrobras Paulo Roberto Costa prestou depoimento hoje (10) na Justiça Federal no Rio de Janeiro ao juiz Sérgio Moro, titular das ações da Operação Lava Jato. O depoimento foi por videoconferência e não pôde ser acompanhado pela imprensa.

Costa chegou por volta das 14h e deixou a sede da Justiça Federal pouco antes das 15h. Ele saiu sem falar com os jornalistas, acompanhado de seu advogado, Eduardo Portela.
Segundo Portela, Paulo Roberto repetiu ao juiz Moro o que já havia dito em depoimentos anteriores em relação ao caso do Complexo Petroquímico do Rio de Janeiro (Comperj), obra da Petrobras no município de Itaboraí. A obra, que foi interrompida, está relacionada há várias suspeitas de corrupção envolvendo também o ex-governador Sérgio Cabral.

“Tudo o que foi falado, ele havia anteriormente dito. Ele apenas veio aqui reafirmar. Confirmou tudo o que ele já havia dito”, disse rapidamente Portela.

Outra testemunha ouvida por Moro, após Costa, foi a ex-diretora financeira da Carioca Engenharia, Tania Fontenele. Ela também falou sobre o caso Comperj. A audiência durou aproximadamente 15 minutos, segundo o seu advogado Márcio Barandier.

“A minha cliente aderiu ao acordo de leniência da Carioca Engenharia. Esse processo trata do Comperj. Foram feitas perguntas sobre os réus do processo, que são o ex-governador [Cabral] e outras pessoas”, contou Barandier. Não foram divulgados detalhes dos depoimentos.

*Agência Brasil)

Fortaleza será sede de encontro de avaliação sobre ZPEs

O Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC) vai realizar em Fortaleza um encontro para avaliar os projetos de Zona de Processamento de Exportação (ZPE).

O evento ocorrerá nos dias 30 e 31 deste mês, no auditório da Federação das Indústrias do Estado (Fiec), e contará com a presença do secretário-executivo do ministério, Marcos Jorge.

O Ceará foi escolhido para essa reunião porque, no contexto nacional de Zonas de Processamento de Exportação, a ZPE do Pecém é a que melhor cumpre seu papel nesse tipo de ação econômica no País.

Camilo Santana recebe representantes do LGBT que cobram políticas públicas

Treze representantes do movimento LGBT organizado estiveram reunidos na tarde desta sexta-feira, 10, com o governador Camilo Santana para cobrar políticas públicas que garantam a segurança desta população. Eles exigiram ainda rigor na apuração do assassinato da travesti Dandara dos Santos.

Na abertura da reunião, Francisca Ferreira, mãe de Dandara, se emocionou ao ser apresentada a Camilo Santana. “Me desculpe estar chorando, governador, mas eu não consigo mais parar de chorar”, desabafou, entre lágrimas.

Também participam da reunião, a vice-governadora Isolda Cela; o secretário da Segurança Pública, André Costa; o chefe de gabinete, Élcio Batista; o secretário da Cultura, Fabiano dos Santos Piúba; o secretário da Ciência e Tecnologia, Inácio Arruda, e o coordenador de políticas LGBT do Governo Narciso Junior. A vereadora Larissa Gaspar, da Comissão de Direitos Humanos da Câmara, também participa da reunião. Assim como representantes da Defensoria Pública.

(O POVO Online – Repórter Emerson Maranhão/Foto – Divulgação)

Roberto Cláudio e Camilo vão entregar a Areninha do Planalto Ayrton Senna

Vai ter jogo?

Nesta sexta-feira, o prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio (PDT), voltará a ter ao seu lado, durante ato de inauguração, o governador Camilo Santana (PT). Será às 18 horas, quando vai entregar da 21ª Areninha, instalada no Planalto Ayrton Senna. Os dois estão firmes de olho principalmente em 2018.

A nova Areninha, instalada no antigo campo do Vila Nova, recebeu grama sintética, novas redes de proteção, alambrado, iluminação, arquibancadas, depósito, vestiários, acessibilidade e paisagismo. O entorno do campo também foi requalificado e ganhou iluminação pública com luz branca, parque infantil e bancos, transformando-se em uma área recreativa para diversas atividades.

O investimento conjunto da Prefeitura de Fortaleza e do Governo do Estado, por meio da Secretaria das Cidades, foi de R$ 1,432 milhão.

(Foto – Arquivo)

 

Maracanaú terá evento “Alegria e Louvor”

A Avenida José Alencar, situado no bairro Jereissati, em Maracanaú (Região Metropolitana de Fortaleza), vai transformar, nesta sexta e sábado, num palco ecumênico. É o “Alegria e Louvor”, uma realização da Prefeitura que oferecerá shows para católicos e evangélicos.

Nesta sexta-feira, entre as atrações, o cantor católico Tony Alysson, enquanto o gospel Anderson Freire será o destaque do sábado. Tudo a  partir das 18 horas.

Depois desse evento, virá outro também bancado pela Prefeitura: o festão junino, que já está sendo organizado e aguardando recursos do Ministério do Turismo.

(Fotos – Divulgação)

Fortaleza ganhará Museu da Fotografia

Soldado Vanderlei Vignoli foi agredido por grupo ao tentar evitar pichação no prédio do Tribunal de Justiça. (Foto: Drago/Selva SP)

Fortaleza ganhará nesta sexta-feira, a partir das 19 horas, o Museu da Fotografia. Trata-se de um projeto do empresário Silvio Frota, que colocará à disposição seu acervo com mais de duas mil imagens que contam sobre manifestações sociais, políticas, religiosas e artísticas. O governador Camilo Santana e o prefeito Roberto Cláudio participarão do ato.

Sediado onde funcionava uma das sedes do Ibeu, o equipamento de 2,5 mil m² abriga três andares de exposição mais auditório para cursos e palestras, e espaço para eventos. A visita pública só ocorrerá a partir deste sábado.

Para Silvio Frota, abrir um museu de fotografia – o segundo do Brasil, o primeiro é em Curitiba – é uma forma de valorizar uma linguagem que vem sendo explorada à exaustão. “Todo mundo hoje é fotógrafo, quer conhecer quais são as fotos icônicas no mundo. Montamos o museu para dar acesso às pessoas a essa coleção e a obras que poucas pessoas no mundo veem”, explica o empresário.

SERVIÇO

*Museu da Fotografia – Rua Frederico Borges, 545 – Varjota

*Funcionamento: de quarta a sábado, das 12 às 17 horas. No primeiro mês, de quarta a domingo.

*Mais Informações – (85) 3017 3661.

Ah, que saudades da Dilma!!

247 1

Com o título “O Vice machista e a mulher que faz falta”, eis artigo de Pauilinho Oliveira, jornalista e escritor que expõe gafes de Temer no Dia Internacional da Mulher e, principalmente, saudade danada de Dilma Rousseff. Confira:

Cada vez que o vice-presidente Temer abre a boca para se pronunciar, mais eu sinto falta da Dilma.

No Dia Internacional da Mulher, em meio ao seu discurso empolado, o Temeroso reconheceu a relevância do papel da mulher no Brasil como sendo aquela que “faz pela casa”, “faz pelo lar”, “faz pelos filhos”, é o termômetro da flutuação econômica por conta do “orçamento doméstico”, das contas de supermercado.

De nada adianta os defensores do Temeroso argumentarem que o discurso prolixo, longo e extremamente repetitivo menciona a primeira Delegacia de Defesa da Mulher em São Paulo ao tempo em que o Temeroso era Secretário de Segurança daquele Estado, ou que fala, aqui e acolá, da luta das mulheres, sem que, no entanto, a tal Delegacia e a luta das mulheres seja o foco principal do texto.

Não há como pensar de outra forma, a não ser que o discurso do Temeroso no Dia Internacional da Mulher, foi ofensivo, machista e revela aquilo que seu governo golpista é: um amontoado de homens velhos, decadentes e obsoletos. Nenhuma mulher ocupa o primeiro escalão do governo. Nenhuma!

Também, pudera. Para o Temeroso, o papel relevante que as mulheres têm é ser “bela, recatada e do lar”, como pintam a Marcela. Nada mais que isso. “Bela, recatada e do lar”.

E pensar que, até 2016, o Dia Internacional das Mulheres no Brasil nos lembrava de Dilma, a legítima ocupante da Presidência do Brasil.

O machismo é característica intrínseca da sociedade brasileira. Durante seu mandato, Dilma Rousseff sofreu muito mais comentários depreciativos do que qualquer homem que a antecedera. Não eram apenas sátiras de cunho político. Eram comentários sexistas, que expressavam aspectos considerados de “inferioridade” pelo seu gênero.

Acusaram-na de desequilíbrio emocional. Chamaram-na de “durona”. Fizeram-lhe adesivos misóginos. Dirigiram-lhe xingamentos impublicáveis. Aproveitaram-se, até, da Copa do Mundo para ofender sua honra.

Nenhum presidente da República, antes ou depois, sofreu como Dilma. Mas ela, com toda a sua grandeza, suportou todas as ofensas com valentia, sem baixar a guarda. A cada Dia Internacional da Mulher, sua simples presença no Palácio do Planalto era a mensagem clara e inconteste de que LUGAR DE MULHER É AONDE ELA QUISER.

Quando a quadrilha masculina patriarcal (com a adesão de mulheres nada feministas) tomou de assalto o poder, Dilma, ao sair, manteve a mesma cabeça erguida que ostentou durante todo o juízo político que sofreu. Saiu com a imagem da mulher de fibra, da mulher coragem, do coração valente do povo brasileiro.

Hoje, temos um governante obtuso, cheio de firulas nas palavras, que, no entanto, nada dizem senão asneiras. Além de tudo, é machista.

Triste Brasil este do retrocesso patriarcal.

Ah, que saudades da Dilma…

*Paulinho Oliveira,

jornalista e escritor.

Depois da febre amarela e malária, a sífilis congênita?

Depois da febre amarela e malária, eis mais uma peste antiga ameaçando o País: a sífiles congênita.

O Conselho Federal de Medicina tratou do tema ontem, em Brasília, já com objetivo de alertar o Ministério da Saúde para reforçar programas na área.

O médico Lúcio Flávio Gonzaga, representante do Conselho Regional de Medicina junto ao CFM, se fez presente ao encontro. Ele diz que o quadro preocupa e que a ordem é cobrar do governo federal políticas públicas e a divulgação dos dados mais recentes.

(Foto – Paulo MOska)

Jorge Gerdau vai depor em favor de Palocci

Testemunha de defesa do ex-ministro Antonio Palocci, o empresário Jorge Gerdau será ouvido pelo juiz federal Sergio Moro no próximo dia 24. A audiência será feita por videoconferência. No mesmo dia, Moro ouvirá a ex-presidente 0Dilma Rousseff como testemunha de defesa de Marcelo Odebrecht.

Gerdau era próximo da administração petista e suspeita-se que o grupo que comanda tenha sonegado R$ 1,5 bilhão.

Em fevereiro de 2016, a Polícia Federal fez buscas e apreensões em sedes da empresa em diversos estados.

(Veja Online)

UFC tem o melhor curso de design do País

O reitor da Universidade Federal do Ceará, Henry Campos, divulgou, durante solenidade pelos 40 anos da Fundação Cearense de Pesquisa e Cultura (FCPC), nessa noite de quinta-feira, no auditório da Instituição, dados oriundos do ranking do MEC na área do ensino superior.

A UFC ficou em 10º lugar no País, obteve o segundo lugar no Nordeste – perdendo por um décimo para a UFPE, conquistou o 18º lugar na América Latina, emplacou o 30º lugar entre as universidades que integram os Brics (Brasil-Rússia-Índia-China-Africa do Sul), e obteve a posição de número 600 no ranking mundial.

“Tivemos ainda conquistas significativas como, por exemplo, o melhor curso de design do Brasil e o segundo melhor curso de secretariado do Brasil”, adiantou Henry Campos. A ordem agora é ampliar parcerias com instituições do Exterior.

Muita atenção com o futuro de Jericoacoara

Com o título “Atenção com o futuro de Jeri”, eis o Editorial do O POVO desta sexta-feira. Aleta sobre a necessidade de se preservar o santuário ecológico no momento em que o local ganhará voos diretos. Haverá necessidade de se investir num maior controle e numa gestão bem mais aparelhada para que se evitem danos. Confira:

Eleita em dezembro pelo TripAdvisor como o melhor destino em alta na América Latina e considerada uma das praias mais belas do mundo, Jericoacoara está prestes a entrar em sua mais relevante fase desde que, ainda na década de 1980, se tornou o paraíso nacional e internacional de mochileiros. Nessa época, Jeri era uma pequena vila de pescadores, com apenas uma rua e sem nenhuma infraestrutura.

Hoje, tornou-se um balneário com conotação ainda rústica, mas muito procurado por turistas de alto poder aquisitivo. As festas de fim de ano em hotéis com diárias que, em média, custam R$ 1.500, são indicativos da frequência de alto padrão financeiro. Jeri também virou um paraíso mundial para atletas e praticantes de esportes como o kite surf.

As marcas da nova fase são os voos já anunciados pelas companhias aéreas Azul e Gol. A Azul é a mais adiantada na programação de duas rotas. Primeiro, uma frequência de quatro ligações semanais partindo de Recife, com duração de apenas 1h30min. Está previsto um quinto voo na alta estação. Recife é o hub nordestino da Azul e vai integrar tal rota a voos oriundos de São Paulo, Brasília e Rio de Janeiro.

Agora, a Azul já anuncia a pretensão de estabelecer uma rota semanal partindo de Campinas. A Gol deve anunciar em breve a frequência partindo do aeroporto de Congonhas, na capital paulistana, para Jeri. Não há dúvidas quanto ao impacto positivo na indústria do turismo do Ceará quando as rotas estiverem em vigor.

Porém, há questões que devem ser observadas.

A vila de Jeri está encravada em um precioso santuário ecológico. Uma pequena área de mar, dunas e lagoas, com delicadezas ambientais que certamente serão agredidas (como já são) pelo grande fluxo de visitantes que vai aumentar com os voos regulares. Trata-se de um Parque gerido pela União, mas com fiscalização ainda muito precária.

A nova fase de Jeri agrega riscos de desastres ecológicos. Portanto, é fundamental que a gestão do Parque seja aprimorada. O mundo está repleto de casos nos quais o turismo sem regras se torna predador do que melhor os santuários ecológicos podem oferecer aos visitantes.

Caixa já efetuou nesta sextga-feira 700 mil pagamentos de contas inativas do FGTS

Até as 11 horas de hoje (10), primeiro dia de saque das contas inativas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) por pessoas nascidas nos meses de janeiro e fevereiro, a Caixa já tinha efetuado 700 mil pagamentos, liberando um total de R$ 163 milhões a 320 mil trabalhadores.

Em todo o país, filas se formaram desde as primeiras horas da manhã. Algumas agências abriram as portas antes das 8 horas. Segundo a assessoria do banco, valores abaixo de R$ 3 mil podem ser sacados em caixas eletrônicos e agências lotéricas. Quem tem direito a mais de R$ 50 mil deve ir pessoalmente a uma agência, que tem até 24 horas para liberar a quantia. Clientes da Caixa podem optar por receber o dinheiro automaticamente em suas contas poupanças.

Pode sacar a quantia parada em contas inativas quem teve contratos de trabalho encerrados até 31 de dezembro de 2015. Os nascidos em março, abril ou maio receberão a partir de 10 de abril. Em 12 de maio começa a liberação dos recursos de quem nasceu em junho, julho e agosto. Os aniversariantes de setembro, outubro e novembro poderão sacar os valores a que têm direito a partir de 16 de junho. Por fim, a partir de julho será liberado o dinheiro dos nascidos em dezembro.

Funcionários de mais de 1.800 agências da Caixa estarão de plantão neste sábado (11) para tirar dúvidas dos interessados. A consulta às agências que funcionarão pode ser feita na página da Caixa .

No total, há 49,6 milhões de contas inativas aptas a ter os valores liberados. A expectativa do governo é que, ao resgatar o dinheiro parado, os trabalhadores injetem mais de R$ 30 bilhões na economia.

(Agência Brasil)