Blog do Eliomar

Categorias para Brasil

Justiça manda massa falida da Varig ficar com centro de treinamento da companhia

A 4ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Estado do Rio confirmou a sentença da 1ª Vara Empresarial da capital e manteve a posse do centro de treinamento da extinta Varig com a massa falida da companhia aérea. Avaliado em R$ 70 milhões e ainda responsável pela formação de pilotos e comissários de bordo de todas as companhias nacionais e algumas internacionais, o complexo é alvo de uma disputa com a União.

A decisão do desembargador Antônio Iloízio Barros Bastos acolheu pedido da massa falida e anulou decisão do comandante da Aeronáutica, que pretendia retomar o terreno usado por ex-funcionários da Varig, na Ilha do Governador, zona norte do Rio, sob a alegação de que a companhia desrespeitou a cláusula que proibia a realização de atividades diferentes do serviço de treinamento de pilotos e comissários de bordo.

O desembargador Antonio Bastos escreveu na decisão: “nessa perspectiva, o fato de a área a ser usada, também, por duas empresas do mesmo grupo econômico que a autora e que desempenham esse serviço de treinamento e capacitação, e o fato de pequena parte da área ter sido usada como local de lazer de familiares de funcionários não é causa bastante para opor uma cláusula contratual cuja aplicação fria se mostra dissociada da realidade e viola a função social do contrato, sobretudo em momento de crise da autora”, afirmou.

(Agência Brasil)

Geraldo Alckmin diz que não quer presidir o PSDB

Um dia depois de ser aclamado por correligionários na convenção estadual do PSDB e apontado como o nome que pode unir o partido, o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, refutou que seja candidato à presidência do PSDB. Ele argumentou que há outros “ótimos nomes” que podem ser avaliados caso não haja convergência para um dos dois postulantes ao posto, o senador Tasso Jereissati (CE) e o governador Marconi Perillo (GO).

“Não pretendo ser candidato à presidência do partido. Temos dois nomes disputando e temos ótimos nomes que também podem ser avaliados. Mas está é uma questão que cabe ao partido”, disse o governador em evento ontem. No evento de domingo do PSDB, aliados defenderam o seu nome como “solução pacificadora” para a presidência do PSDB e ele mesmo não descartou a possibilidade. “Vamos aguardar. Essa é uma decisão coletiva do Brasil inteiro”, disse a jornalistas no domingo.

Questionado sobre se o arco de alianças que pretende construir para 2018 pode ficar sem o PMDB, Alckmin disse apenas que o partido deve buscar agremiações sem candidatura posta, o que deve acontecer após fevereiro. “Nós só podemos fazer aliança com quem não tenha candidato. Aqueles que não tiverem candidato próprio e que pudermos fazer aliança em torno de programa, esse é o caminho”.

(Agência Estado)

Petrobras registra lucro de R$ 266 milhões no terceiro trimestre

200 1

A Petrobras registrou lucro líquido de R$ 266 milhões no terceiro trimestre de 2017. O resultado ficou um pouco abaixo do trimestre anterior, que teve R$ 370 milhões de lucro, mas representa um dado positivo na comparação com o mesmo período do ano passado, quando a estatal registrou prejuízo de R$ 16,4 milhões.

No acumulado do ano, contando os três trimestres até setembro, o lucro líquido da estatal soma R$ 5,031 bilhões. No mesmo período de 2016, a companhia havia registrado prejuízo de R$ 17,3 bilhões.

De acordo com a Petrobras, o resultado do lucro líquido este ano até agora foi determinado por maiores exportações líquidas de petróleo e derivados a preços mais elevados; menores margens e volume de vendas de derivados no Brasil; menores gastos com pessoal e com baixas de poços secos e/ou subcomerciais; ganho com a venda da NTS (subsidiária da estatal) no segundo trimestre de 2017; redução do impairment [desvalorizações] dos ativos e maiores gastos com adesão a programas de regularização de débitos federais.

O fluxo de caixa livre foi positivo pelo décimo trimestre consecutivo e atingiu, nos nove meses deste ano, R$ 37,4 bilhões, o que representa alta de 26% relativo ao ano anterior. “Isso é muito importante. É uma mudança bastante grande comparativamente aos exercícios anteriores”, destacou o presidente da estatal, Pedro Parente.

Produção e dívida

A produção total de petróleo e gás natural nos nove meses atingiu 2776 mil barris de óleo/ dia, sendo 2.660 mil barris/dias no Brasil, 3% acima do registrado nos no mesmo período do ano passado.

O perfil da dívida da companhia também teve avanços. Segundo a Petrobras, o alongamento do prazo médio de 7,46 anos em 31 de dezembro de 2016 passou para 8,36 anos em 30 de setembro deste ano. Além disso, houve redução no custo da dívida que saiu de 6,2% ao ano para 5,9% ao ano no mesmo período de comparação. O endividamento líquido em dólares caiu 9%, passando de US$ 96,4 bilhões em 31 de dezembro de 2016 para US$ 88,1 bilhões em 30 setembro de 2017.

A Petrobras afirmou que as vendas de derivados no mercado brasileiro sofreram impacto da retração da demanda e pela concorrência mais acirrada, atingindo 1.959 mil barris por dia, o que significou queda de 6% em comparação com os nove primeiros meses de 2016. Na exportação, a empresa manteve a posição de exportadora líquida com saldo de 385 mil barris por dia. Segundo a estatal, o resultado foi influenciado pelo aumento em 39% das exportações de petróleo e derivados e da redução em 19% das importações, em comparação aos nove primeiros meses de 2016. Já nas importações, a diminuição foi impactada pelo aumento da participação de óleo nacional na carga processada.

O indicador de segurança (TAR), que avalia o nível de acidentes com empregados, chegou ao fim do período com 1,09 acidentado registrável por milhão de homens hora. “Continuamos mantendo uma redução consistente daquele indicador taxa de acidentados registráveis por milhões de homens hora. O máximo aceitável para este ano seria de 1,6 e a meta para o final de 2018 é de 1,4. O que naturalmente sugere que quando divulgarmos a revisão do nosso plano estratégico, até o fim do ano, vamos ver a redução da métrica para 2018”, disse Parente.

(Agência Brasil)

Mulheres protestam contra trecho de PEC que pode barrar todo tipo de aborto no País

Mulheres protestaram em diversas cidades do país nesta segunda-feira (12) contra trecho da Proposta de Emenda Constitucional (PEC) 181/2015 que pode abrir a possibilidade de proibir todas as formas de aborto no país, inclusive dos casos considerados legais.

A PEC 181 tratava inicialmente somente da ampliação da licença-maternidade para mães com bebês prematuros. Por 18 votos a um, a comissão especial da Câmara que debatia o tema aprovou o parecer do relator, favorável à extensão da licença. No entanto, o relator, deputado Jorge Tadeu Mudalen (DEM-SP), acrescentou uma mudança no texto: de que os direitos constitucionais da dignidade da pessoa humana, da inviolabilidade da vida e igualdade de todos perante a lei devem ser considerados “desde a concepção”, e não somente após o nascimento.

Para partidos de oposição e integrantes do movimento femininista a mudança foi uma manobra das bancadas evangélica e católica para reforçar a proibição do aborto no país. Atualmente, o aborto é permitido quando há risco à vida da gestante, se a gravidez for resultado de estupro ou de feto anencéfalo.

A proposta irá para análise no plenário da Câmara dos Deputados.

(Agência Brasil)

Pesquisa aponta que 70% dos tucanos querem desembarcar do governo Temer

O iminente desembarque do PSDB do governo de Michel Temer é aprovado por 70,5% dos eleitores do país. É o que mostra levantamento inédito do Instituto Paraná Pesquisas.

Só 23,7% dos ouvidos pelo instituto acham que o PSDB deve continuar com Temer, enquanto 5,8% não soube opinar, informa a Coluna Radar, da Veja Online.

DETALHE – Com essa pesquisa, sai ganhando o senador Tasso Jereissati, defensor do rompimento há meses.

Cineasta Wolney Oliveira destaca papel de Eunício Oliveira no apoio ao setor audiovisual do Nordeste

O cineasta Wolney Oliveira reconheceu, durante a terceira edição do Mercado Audiovisual do Nordeste (MAN), aberto nesta segunda-feira, na sede do BNB, no Passaré, o empenho do presidente do Senado, Eunício Oliveira (PMDB), para que 30% dos recursos do Fundo Setorial do Audiovisual (FSA) sejam destinados para as regiões Nordeste, Norte e Centro-Oeste.

Com isso, o Banco do Nordeste passa a ser credenciado para atuar como agente financeiro do FSA, através do Comitê Gestor da instituição. Ao todo, serão investidos R$ 200 milhões por ano durante cinco anos, totalizando R$ 1 bilhão.

O valor vai possibilitar parcerias para o fomento de projetos do setor audiovisual no Nordeste, firmando a região como polo de produção. Wolney é coordenador da Casa Amarela da UFC e responde pelo tradicional Cine Ceará.

Temer afirma que todos aplaudirão as reformas do seu governo

Em cerimônia no Palácio do Planalto para a entrega do Cartão Reforma, programa que subsidia a compra de materiais de construção destinados à reforma de imóveis, o presidente Michel Temer disse que “todos irão aplaudir” as reformas que seu governo vem implantando.

O presidente fez uma analogia entre as reformas de seu governo e a reforma de uma casa, defendendo da reforma da Previdência. “Toda vez que você faz uma reforma, a casa fica feia, suja, com areia, etc. Quando você termina, a casa está uma maravilha. Reforma é assim. Vejo que as reformas que fizemos no Brasil foram a mesma coisa. Nós vamos fazer a reforma previdenciária. A casa vai ficar barulhenta, mas vamos levar adiante. Quando a casa estiver pronta, todos irão aplaudir. Não tenho a menor dúvida desse fato”.

Ao se referir à reforma da Previdência, Temer disse que há “inverdades absolutas” sobre a reforma, dentre elas a idade mínima. “A reforma da Previdência leva em conta a idade. Mas não é para já, é para daqui a 20 anos. A cada dois anos aumenta um ano para aposentadoria. Portanto, é uma reforma muito racional, porque leva em conta os direitos daqueles em atividade”.

Afinado com o discurso de seus aliados no Congresso, Temer disse que a reforma vai cortar privilégios. “Não tem sentido o trabalhador da iniciativa privada levar um tempo mais longo para se aposentar, ou que se aposente com um valor pequeno, enquanto outros tantos servidores se aposentam com valores estratosféricos e em um tempo muito menor. Então, estamos cortando privilégios. Estamos tendo coragem de fazer isso”.

Cartão Reforma

Na solenidade, receberam os cartões, de forma simbólica, das mãos do presidente, as famílias de Luiz Santos da Silva, Maria do Socorro da Silva Rosado e Valéria Ana da Silva, de Caruaru, em Pernambuco. Cada família recebeu R$ 6 mil, em média, para utilizar em reformas na casa própria. A entrega é simbólica, porque os moradores do projeto-piloto já receberam os cartões e já começaram a usá-los.

“Um dos sonhos do pai de família é chegar em casa e ter a satisfação de ser o provedor daquela casa e também poder ver a casa arrumadinha, um cantinho agradável para gente repousar. Graças a esse programa do Cartão Reforma, estamos vendo isso acontecer”, disse Luiz Santos.

Luiz Santos, Maria do Socorro e Valéria Ana são moradores do bairro de São João da Escócia, em Caruaru. Esse bairro teve 150 moradores participantes do projeto-piloto do Cartão Reforma. Constatado o sucesso o programa, o governo vai começar a expandir a emissão de cartões para outras localidades.

No evento de hoje, o ainda ministro das Cidades, Bruno Araújo [Bruno Araújo entregou carta de demissão ao presidente], assinou a portaria que levará o Cartão Reforma a famílias de municípios em Pernambuco, no Rio Grande do Sul, em Alagoas, no Paraná e em Santa Catarina. Esses municípios foram bastante afetados pelas chuvas e tiveram que decretar situação de calamidade pública.

O projeto que criou o cartão reforma foi aprovado no Senado em abril e publicado no Diário Oficial no final de junho. Com ele, famílias com renda mensal de até R$ 2.811,00 têm acesso a recursos públicos subvencionados para que possam fazer reformas de suas moradias. Para participar, o beneficiário deverá ser proprietário do imóvel e morar no local onde será feita a reforma.

Araújo citou, além do Cartão Reforma, a Lei de Regularização Fundiária e o programa Minha Casa Minha Vida, este último criado ainda no governo Dilma Rousseff, como bases do que chamou de “tripé da política habitacional”. Logo após o evento, Araújo entregou o cargo ao presidente Michel Temer.

(Agência Brasil)

Tucano Bruno Araújo deixa o governo

O ministro das Cidades, Bruno Araújo, entregou o cargo hoje (13) ao presidente Michel Temer. Em carta entregue ao presidente, Araújo agradece a confiança durante seu período à frente da pasta e diz que não há mais apoio dentro do seu partido, o PSDB, para se manter no cargo.“Agradeço a confiança do meu partido, no qual exerci toda a minha vida pública, e já não há mais nele apoio no tamanho que permita seguir essa tarefa”, afirmou.

No documento, Araújo elenca algumas ações do ministério durante sua gestão e encerra com um elogio ao governo Temer.

“Tenho a convicção, Sr. Presidente, que a serenidade da história vai reconhecer no seu governo resultados profundamente positivos para a sociedade brasileira. Receba minha exoneração e meus agradecimentos”, finalizou Araújo, na carta, cuja autenticidade foi confirmada por sua assessoria.

Araújo é deputado federal pelo PSDB de Pernambuco e assumiu o ministério em maio do ano passado. Ele participou da criação de programas como o Avançar e o Cartão Reforma. Nesta segunda, Bruno Araújo participou de evento relacionado ao Cartão Reforma no Palácio do Planalto e, logo após, entregou o cargo. Bruno Araújo reassume seu mandato como deputado federal.

A saída de Araújo acontece em meio a rumores no Palácio do Planalto a respeito de uma possível reforma ministerial que poderia envolver a saída de tucanos do governo, depois que o PSDB rachou durante a votação da denúncia contra Michel Temer na Câmara. O presidente, no entanto, nunca falou publicamente sobre a saída de ministros tucanos do primeiro escalão do seu governo.

(Agência Brasil)

Presidente nacional do PT convoca para ato pró-lançamento da campanha de novas filiações

A presidente nacional do PT, senadora Gleisi Hoffmann, que chegou no fim da tarde desta segunda-feira em Fortaleza, fez um convite aos militantes e simpatizantes do partido. Quer vê-los durante encontro que se realizará, a partir das 9 horas desta terça-feira, no auditório da Assembleia Legislativa.

Na ocasião, o PT lançará a plataforma digital pró-filiações. O ato marcará a campanha por novos filiados no Estado.

Fiocruz do Ceará será inaugurada no fim deste mês de novembro

Aguardando a inauguração.

O coordenador da Fiocruz no Ceará, Carlile Lavor, confirma, para o fim deste mês, no município do Eusébio (Região Metropolitana de Fortaleza), a inauguração do equipamento.

Isso, após quase nove anos desde que teve inicio a elaboração do projeto e processos de negociação coma Fiocruz, do Rio.

A unidade da Fiocruz do Ceará, de acordo com Lavor, já opera oferecendo cursos de pós-graduação e pesquisa com laboratórios.

(Foto – Paulo MOska)

Cantor Beto Barbosa acerta com a Record

O cantor Beto Barbosa, que estará no Réveillon de João Pessoa (PB), anda bombando na internet com seu Instagram: @bb_oficial. Divulga ali seu novo sucesso, “Cola em mim”.

Beto, que transitou nas últimas horas pelo Aeroporto Internacional Pinto Martins, na rota de São Paulo, diz que sua agenda de shows continua em alta e que, em breve, estará numa novidade da Rede Record. Não quis dar detalhes “por questão de contrato”.

(Foto – Paulo MOska)

 

Lula fará caravana pelo Sudeste a partir de 4 de dezembro

Entre agosto e setembro, o petista percorreu cidades do Nordeste.

O ex-presidente Lula vai retomar sua caravana pelo Brasil. Desta vez, percorrerá cidades dos estados do Sudeste.

No roteiro, Espírito Santo e Rio de Janeiro, com viagem ocorrendo entre os dias 4 e 10 de dezembro próximo, informa a assessoria de Lula.

Bom lembrar que o petista já empreendeu igual caravana por cidades do interior nordestino., dentro do objetivo de fortalecer sua imagem e a imagem do PT para as eleições de 2018.

(Foto – Ricardo Stuckert)

SUS ofertará novo medicamento para pacientes com Alzheimer

O Ministério da Saúde incorporou um novo medicamento ao Sistema Único de Saúde (SUS) com o objetivo de melhorar a qualidade de vida dos pacientes com Alzheimer moderado e grave. A previsão é que o remédio Memantina, já aprovado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), passe a ser distribuído nos próximos seis meses.

A distribuição vai beneficiar 33% da população de idosos com mais de 85 anos que sofrem com os efeitos do Alzheimer, o que corresponde a quase 1,1 milhão de pessoas.
Com o declínio de neurônios, funções como língua, linguagem, memória, atenção orientação no tempo e no espaço ficam comprometidas, além de mudar a personalidade, comportamento e a perca das habilidades de desenvolver algumas funções do cotidiano.

O medicamento controla os sintomas da doença e reduz o avanço de sua evolução, porém ainda é recomendável medidas complementares como fisioterapia, fonoaudiologia e sessões de terapia. O acompanhamento aos pacientes é ofertado pelos SUS nos 139 Centros Especializados em Reabilitação espalhados no Brasil.

Apenas 11% das micro e pequenas empresas regularizaram situação na Receita Federal

Apenas 11% das micro e pequenas empresas que caíram na malha fina da Receita Federal regularizaram a situação junto ao órgão, de acordo com balanço divulgado hoje (13). No total, a Receita Federal identificou a existência de informações inexatas nas declarações de 100 mil empresas e, consequentemente, a redução indevida dos valores a pagar.

De acordo com a Receita, as  empresas que não se regularizarem estarão impossibilitadas de transmitir a declaração relativa ao mês de outubro, que deverá ser apresentada até o dia 20 de novembro, além de estarem sujeitas a  penalidades, como a imposição de multas que variam de 75 a 225% sobre os débitos omitidos nas declarações anteriores e até mesmo a exclusão do Simples Nacional.

Para se regularizar, a empresa deve retificar as declarações anteriores, gerar e pagar o documento de arrecadação (DAS) complementar. O próprio PGDAS-D, que é um aplicativo disponível no portal do Simples Nacional, aponta as declarações a serem retificadas.

Nos últimos anos, a Receita Federal vem trabalhando no combate a diversos tipos de fraudes detectadas nas informações prestadas pelas empresas por meio das declarações apresentadas ao órgão.

Segundo a Receita, as quase 100 mil empresas, sem amparo legal, assinalaram no PGDAS-D campos como “imunidade”, “isenção/redução-cesta básica” ou ainda “lançamento de ofício”. Essa marcação acaba por reduzir indevidamente o valor dos tributos a serem pagos.

(Agência Brasil)

Mercado financeiro eleva para 3,09% projeção da inflação do ano

O mercado financeiro aumentou levemente a projeção para a inflação este ano. A estimativa para o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) passou de 3,08% na semana passada para 3,09%. Há quatro semanas, a expectativa estava em 3%. A projeção consta do boletim Focus, publicação divulgada hoje (13) no site do Banco Central (BC) com projeções para os principais indicadores econômicos.

Para 2018, a estimativa para o IPCA, que era 4,02%, subiu para 4,04%. As projeções para 2017 e 2018 permanecem abaixo do centro da meta de 4,50%, que deve ser perseguida pelo BC. Essa meta tem ainda um intervalo de tolerância entre 3% e 6%.

Para alcançar a meta, o BC usa como principal instrumento a taxa básica de juros, a Selic, atualmente em 7,5% ao ano. A expectativa do mercado financeiro para a Selic ao final de 2017 e de 2018 segue em 7% ao ano. A última reunião do ano do Comitê de Política Monetária (Copom), responsável por estabelecer a meta para a taxa Selic, está agendada para os dias 5 e 6 de dezembro.

A projeção para o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB), a soma de todos os bens e serviços produzidos no país, foi mantida em 0,73% este ano. Para 2018, a estimativa de expansão se manteve em 2,50%.

(Agência Brasil)

Movimentos sociais promovem em Fortaleza ato em defesa da soberania

O senador petista Lindemberg Farias é um dos convidados.

Começa às 19 horas desta segunda-feira, na Cofeco, em Sabiaguaba, a 5ª Assembleia Nacional Zilda Xavier, instância máxima da organização Consulta Popular, que se estenderá até sexta-feira).

Neste primeiro dia de assembleia, haverá o ato político “Momento atual da conjuntura brasileira: a defesa da soberania nacional e da democracia”, que contará com a presença de senadores como Gleisi Hoffmann, Lindbergh Farias e José Pimentel, do PT, deputados estaduais e federais como Luizianne Lins, além de lideranças políticas e dos movimentos populares que confirmaram presença. Na lista,João Pedro Stédile, do MST; ex-ministro Gilberto Carvalho, Walter Sorrentino, Mariana Dias, da UNE, e Roberto Amaral (PSB).

A 5ª Assembleia da Consulta Popular ocorre num contexto de golpe contra a democracia e a soberania nacional, segundo organizadores. Diante deste cenário, a esquerda brasileira quer retomar o debate estratégico e recolocar a necessidade de um projeto democrático, popular, que “restabeleça a soberania nacional, a democracia e apresente uma alternativa para a classe trabalhadora diante da crise brasileira”, acentuam.

A Consulta Popular completa 20 anos em 2017. A organização política reúne militantes de diferentes movimentos sociais, da juventude, do campo e da cidade. A organização integra a Frente Brasil Popular, reivindica um Projeto Popular para o Brasil e construiu iniciativas como os plebiscitos pela reestatização da Vale (2007) e por uma Constituinte Exclusiva e Soberana do Sistema Político (2014).

Confira algumas presenças confirmadas

João Pedro Stédile (MST)
Aton Fon (Consulta Popular)
Ricardo Gebrim (Consulta Popular)
Senadora Gleisi Hoffmann (PT)
Senador Lindbergh Farias (PT)
Roberto Amaral (Frente Brasil Popular)
Senador Pimentel (PT)
Deputado Elmano Freitas (deputado estadual CE)
Valter Sorrentino (vice-presidente do PC do B)
Deputado Valmir Assunção (deputado federal BA)
Gilberto Carvalho (PT)
Deputada federal Luizianne (CE)
Raquel Marques (Deputada estadual do CE)
Wil Pereira (CUT Ceará)
Enedina Soares (FETAMCE)
Levante Popular da Juventude
Jaime Amorim Via Campesina
Mariana Dias (presidenta da UNE)
Emanuel Bertoldi (Alba Movimentos)
Emanuel (Federação Única dos Petroleiros)
Paulão (Confederação Nacional dos Metalúrgicos)
Flavinho (Conem)
Renê Santana (CTB)
Marcha Mundial de Mulheres
Francisco de Assis Diniz (Presidente do PT CE)
Florence (FNDC)
Representante da CNTE

Temer e ministro das Cidades vão entregar Cartão Reforma

493 1

Os primeiros beneficiários do País receberão nesta segunda-feira, às 16 horas, o Cartão Reforma no Palácio do Planalto, em cerimônia simbólica com o presidente Michel Temer. A informação é da assessoria de imprensa do Ministério das Cidades.

Luiz Santos da Silva, Maria do Socorro da Silva Rosado e Valéria Ana da Silva vão representar os 150 moradores do bairro de São João da Escócia, em Caruaru (PE), onde foi executada a fase piloto do programa. Cada família receberá R$ 6 mil, em média, para melhorar a sua casa.

Na cerimônia, o ministro Bruno Araújo assinará ainda portaria que permitirá levar o Cartão Reforma a famílias de municípios de cinco Estados – Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná Alagoas e Pernambuco – que sofreram com as chuvas e tiveram de decretar situação de calamidade pública.

SERVIÇO

*Em breve, outros 1.923 municípios poderão ingressar no programa, por meio do Sistema de Gestão do Cartão Reforma – SisReforma (disponível no portal www.cartaoreforma.cidades.gov.br).

(Foto – Folhapress)

FHC vai pedir a Tasso que abra mão do comando tucano em favor de Geraldo Alckmin

O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso vai se reunir com Tasso Jereissati (PSDB-CE) nos EUA, esta semana, para pedir que o senador abra mão da disputa pela presidência do PSDB em nome do governador Geraldo Alckmin. A informação é da Coluna Painel, da Folha de S.,Paulo desta segunda-feira.

Com o discurso de união, Alckmin assumiu o papel de pacificador na convenção do PSDB paulista, nesse domingo (11). Antes da fala do governador, uma parte dos tucanos expressou apoio ao senador Aécio Neves (MG) e a outra, a Tasso.

Tucanos mais próximos a Temer farão um apelo para que o presidente não tire o PSDB do governo. Afirmarão que o partido já decidiu pelo desembarque e que o movimento será feito antes da convenção nacional, marcada para 9 de dezembro.

Aécio Neves: Luciano Huck seria a “falência da política”

Luciano

 

Huck andou apagando de suas redes sociais fotos em que aparecia com o tucano.

“Acho que é um pouco da falência política. É um pouco do momento de desgaste generalizado por que passa a classe política”, afirmou, no último sábado, o senador Aécio Neves (PSDB), ao comentar possível ingresso, na disputa presidencial de 2018, do apresentador Luciano Huck.

Aécio, que já chegou a posar em fotos ao lado do apresentador, quando da última campanha em que foi candidato a presidente (2014), elogiou Huck. Disse ser um sujeito muito capaz e inteligente, mas que precisa ainda conhecer o que ele pensa dos vários temas do interesse do País.

Luciano Huck andou apagando de suas redes sociais fotos em que posava ao lado de Aécio, que não escondeu certo descontentamento com a atitude do apresentador. O tucano, em delação premiada de Joesley Batista, de ter recebido propina de R$ 2 milhões da JBS.

(Foto – Marcos Desimoni)