Blog do Eliomar

Categorias para Brasil

Camilo Santana quer mobilizar apoio de empresários para ampliar escolas de tempo integral

camilororov-625x586

Da Coluna Vertical, do O POVO desta segunda-feira:

O governador Camilo Santana (PT) planeja envolver o empresariado na sua meta de universalizar o ensino de tempo integral no Ceará, instrumento fundamental para aumentar o nível de aprendizagem e afastar os jovens da criminalidade. A ideia é convocar grupos de empresários para cada um adotar uma nova escola.

Até o final de 2018, Camilo diz que quer dobrar o número atual de escolas. Das 711 escolas, 187 são de tempo integral. A medida também ajudaria a diminuir a evasão escolar. Camilo quer continuar um ritmo que fez o Ceará, em dois anos, diminuir esse índice pela metade: de 20% para 10%.

Essa é a menina dos olhos do governador, que tem conseguido alguns dos seus melhores resultados da gestão justamente na educação. A ideia do governador de mobilizar o empresariado é mais do que válida. Em países avançados, isso é rotina.

Seria, sem dúvida, ótima chance dessa turma, que adora usar a expressão “responsabilidade social”, mostrar, na prática, isenção. Sem ser fiscal.

 

Maracanaú quer R$ 1,5 milhão para realizar seu festão junino

firmoo

O Carnaval nem chegou, mas a Prefeitura de Maracanaú (Região Metropolitana de Fortaleza), já deixou, no Ministério do Turismo, um pleito para bancar o seu São João.

Neste ano,a festança não ocorrerá em julho, como constava na programação. A data será de 1º a 10 de junho próximo.

A pedida do prefeito Firmo Camurça (PR) para montar toda a infraestrutura da Cidade Junina é de R$ 1,5 milhão. Só.

 

Polêmica do TCM – Procuradora do órgão pede espaços e responde às críticas de Heitor Férrer

Da procuradora do Tribunal de Contas dos Municípios (TCM), Leilyanne Brandão Feitosa recebemos artigo em que ela se diz indignada com críticas feitas, neste Blog, pelo deputado estadual Heitor Férrer (PSB). Confira:

Caro jornalista Eliomar de Lima

Tenho assistido a indignação dos meus colegas servidores de carreira do Tribunal de Contas dos Municípios – TCM ante aos ataques repetidos a este órgão sexagenário que foi criado em 1954 e que passa neste instante por momentos de insegurança jurídica quanto à sua existência pelos motivos já de todos conhecidos. Sou Procuradora de Contas concursada a mais de 20 anos, dedico-me exclusivamente a esta atividade de representar a sociedade junto ao Ministério Público de Contas em parceria com os meus colegas Procuradores Júlio Rola e Cláudia Patrícia e não me sinto a vontade para assistir inerte infundadas adjetivações agressivas ao TCM sem o mais remoto fundamento fático ou material.

Somos um órgão de controle externo com quadro próprio de servidores, nomeados por intermédio de concurso público, sem apadrinhamento político ou pessoal de quem quer que seja, que exerce seu papel com um desempenho reconhecido pela sociedade, pelo Ministério Público Estadual e Federal, pelas Polícias Investigativas Federal e Estadual, pela Ordem dos Advogados do Brasil – OAB e demais entidades de classes profissionais que atuam no municipalismo, pelas entidades da sociedade civil organizada que se valem do TCM para assegurar o controle e o combate à corrupção e à impunidade, talvez o motivo maior e subjacente das inconfessáveis intenções de extingui-lo.

O Tribunal de Contas dos Municípios – TCM é uma instituição TRANSPARENTE em seus próprios atos administrativos e de gestão, em seus julgamentos das Contas de Gestão dos administradores municipais e Pareceres Prévios das Contas de Governo dos Prefeitos Municipais, posto que as decisões são todas escritas, ficam disponíveis nos processos e nos nossos Portais para acesso irrestrito, as Sessões da Corte de Contas são públicas para que todos possam assistir e gravadas em vídeos e áudios para permitir apresentação a quem interessar possa. O Portal da Transparência de despesas e receitas e o Controle Interno do TCM/Ce são modelos reconhecidos nacionalmente como um dos mais modernos e detalhados do país. Qualquer cidadão sério e que não esteja a serviço de interesses outros que não a verdade, pode, facilmente identificar nominalmente os servidores do órgão, suas despesas, inclusive com cópia do processo de pagamento integral, o que acentua responsabilidade na aplicação do dinheiro público e transparência nas informações.

Como órgão de fiscalização e controle externo, temos todo o prazer de permitir à sociedade e a Assembleia Legislativa do Estado que fiscalizem nossa atuação, denuncie ilegalidades, desvio de condutas, funções ou corrupção de que tenham conhecimento contra nossos membros, sejam eles servidores, terceirizados, auditores, conselheiros ou procuradores, tanto para os órgãos de corregedoria interna como para o Ministério Público e para a imprensa, mas com elementos contundentes de provas, sob pena de se está cometendo o abuso de poder e de prerrogativas que alega-se estejam os outros fazendo.

Não se pode sem prova e sem qualquer fundamento minimamente plausível e fático assacar violentas acusações de natureza ética e moral atingindo a todos indistintamente sob o cobertor protetor da imunidade parlamentar como tem feito reiteradamente o Dep. Heitor Férrer. Acusar no gênero é muito fácil, pois alcança a todos e a nenhum ao mesmo tempo. Acusar em tese e por ouvir dizer, mas ainda, por que não aponta especificamente para ninguém e não mostra a origem da denuncia. Fico aqui a imaginar se eu e meus colegas de TCM acolhêssemos todas as notícias que nos chegam de forma genérica dando contas de desvios éticos de gestores públicos, prefeitos, vereadores e deputados que foram gestores ou que são aliados ou parentes de gestores sem um prévio e isento juízo de apuração com plausibilidade da informação, teria que se instituir um outro tribunal só para estes processos.

Quero aqui protestar em meu nome e dos servidores do TCM que se sentirem representados em minha indignação, contra as acusações do Senhor Heitor Férrer e de todas as autoridades e pessoas que acusam ações e decisões do órgão sem apresentação de fato, prova, origem e autoria.

Sou contra a extinção do TCM e espero que a Suprema Corte do país decida, no momento apropriado, depois de exaustivo debate técnico e jurídico, pelo destino do nosso órgão, decisão esta que a todos subordina. Por isso, esperemos o SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL.

*Leilyanne Brandão Feitosa
Procuradora do TCM

Instituto TIM inscreve para bolsas destinadas a medalhistas da Olimpíada de Matemática

Os medalhistas da Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (OBMEP) têm até o próximo dia 20 para realizarem sua inscrição e concorrerem a 50 bolsas de estudo no valor de R$ 1,2 mil mensais oferecidas pelo Instituto TIM. O incentivo é direcionado aos estudantes que receberam medalhas de ouro, prata ou bronze em edições anteriores da OBMEP e vão ingressar no Ensino Superior em 2017.

Para se candidatar, é preciso estar matriculado em uma universidade pública em um dos seguintes cursos: Astronomia, Biologia, Computação, Economia, Engenharia, Estatística, Física, Matemática, Medicina ou Química. O resultado da seleção será divulgado na mesma página até o dia 7 de março.

A Bolsa Instituto TIM – OBMEP tem como objetivo dar apoio financeiro aos talentos vindos de famílias de baixa renda, para que possam assim cursar a universidade. Desde 2015, o Instituto TIM já apoiou 100 jovens estudantes que não teriam condições de cursar o ensino superior sem esse suporte.

Os bolsistas serão selecionados por uma comissão formada por representantes do Instituto de Matemática Pura e Aplicada (IMPA) e receberão a bolsa de estudo durante 12 meses, renováveis por até 48 meses.

SERVIÇO

*Os interessados que se enquadrem nos requisitos podem realizar a inscrição pelo site bolsatim.obmep.org.br.

Tasso Jereissati turbina Dnocs em clima de seca e fortalece projeto 2018 de Eunício Oliveira

eunicio-oliveira-e-tasso-jereissati

Eunício e Tasso – parceiros 2018.

O senador Tasso Jereissati (PSDB) destinou uma emenda no valor de R$ 2,3 milhões para projetos de poços profundos do Dnocs.

Com isso, 37 municípios deverão ganhar, em breve, 160 novos poços, de acordo com o tucano que, destinando emenda para a autarquia, acaba fortalecendo no Estado o projeto 2018 da parceria PSDB/PMDB.

Bom lembrar que o Dnocs está sob comando de Ângelo Guerra, que é um correligionário do PMDB do senador Eunícío Oliveira, presidente do Senado, mas sempre de olho no Palácio da Abolição.

Vara do Trabalho de Aracati inscreve para estágio

A Vara do Trabalho de Aracati (Litoral Leste) recebe, até 17 de fevereiro, inscrições para estágio em Direito. Podem concorrer estudantes matriculados a partir do 4º semestre. As provas escritas serão aplicadas no dia 5 de março, a partir das 8h30min, na sede da Faculdade do Vale do Jaguaribe (FVJ), situada na Rodovia CE-040, s/n, km 138 – bairro Aeroporto. O processo seletivo objetiva o preenchimento de uma vaga e formação de cadastro de reserva.

Para se inscrever, será preciso preencher esta ficha e apresentá-la na sede da Vara (à Rua Cel. Alexanzito, 503 – Centro), juntamente com cópias atualizadas do histórico acadêmico e do currículo e a doação de dois quilos de alimentos não perecíveis ou de uma lata de leite em pó. As doações serão repassadas a entidades ou famílias carentes da região jaguaribana.

As provas escritas constarão de dez questões de Língua Portuguesa, dez questões de Direito do Trabalho e dez de Direito Processual do Trabalho, além de um texto dissertativo sobre tema relativo a Direito do Trabalho ou Direito Processual do Trabalho. Os dez primeiros colocados na etapa eliminatória serão convocados para a etapa classificatória, que consistirá em entrevista, entre os dias 9 e 10 de março.

SERVIÇO

*O conteúdo programático e o formulário para eventual recurso em relação à prova escrita encontram-se disponíveis aqui.

Clientes da Caixa poderão receber em conta o FGTS inativo

20151002133706

Técnicos da equipe econômica estão propondo ao governo que os clientes da Caixa Econômica Federal possam receber, automaticamente, em conta-corrente ou na caderneta de poupança, os valores referentes às contas inativas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS).

Os estudos mostram que os depósitos automáticos tirarão das filas pelo menos 10 milhões de pessoas que têm direito ao benefício. No total, 30 milhões de trabalhadores têm direito a sacar os recursos.

A Caixa contabiliza um potencial de R$ 43 bilhões para os saques, mas R$ 34 bilhões devem, efetivamente, ser retirados das contas inativas. Inicialmente, o governo tinha previsto um total de saques de R$ 30 bilhões.

A Caixa fará uma campanha publicitária para informar os beneficiários, inclusive sobre os depósitos automáticos. Atualmente, cerca de 85% das contas tem em torno de um salário minimo (R$ 937).

Itaú é condenado a pagar R$ 1 milhão a funcionários por assédio moral

A Justiça do Trabalho condenou nessa sexta-feira (10) o banco Itaú Unibanco a pagar indenização de R$ 1 milhão ao Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT). A decisão atende a uma ação movida pelo Ministério Público do Trabalho (MPT) na Bahia pela prática de assédio moral cometida pelo gerente de uma das agências, no município de Vitória da Conquista, no sudoeste do estado.

A decisão, proferida pela 1ª Vara do Trabalho de Vitória da Conquista também determina o afastamento do gerente acusado de assédio do ambiente de trabalho. Os funcionários assediados relataram à Justiça do Trabalho situações consideradas pelo MPT como “atos terroristas” cometidos pelo gerente. Os relatos citam humilhações em público – na presença de colegas e clientes, intimidação, coação, desrespeito, falta de ética, perseguição e até “manipulação de horários nas folhas de ponto com a intenção de não gerar horas extras”.

Denúncias internas

Em nota, o Itaú Unibanco disse que avaliará a possibilidade de recorrer da decisão judicial, mas que não compactua com o comportamento do acusado e que os fatos narrados “foram devidamente apurados pelo ombudsman [pessoa responsável pela relação interpessoal interna da empresa], à época, com a aplicação de medidas cabíveis”.

Apesar da declaração da instituição, o MPT disse que ficou provado que os funcionários afetados faziam denúncias e reclamações no canal interno do banco desde 2011 sem respostas nem providências da instituição.

De acordo com o Ministério Público do Trabalho, o banco não apurou, não investigou e “não puniu o assediador”, que passou a perseguir os funcionários que denunciaram ou prestaram depoimentos como testemunhas. Além disso, segundo o órgão, a empresa “manteve o responsável pelo assédio moral em seu posto de trabalho e “adotou medidas para intimidar os bancários que prestaram depoimento no inquérito”.

A decisão obriga o Itaú Unibanco a oferecer serviço de psicologia organizacional para os trabalhadores, com o objetivo de identificar formas de assédio e adotar medidas para manter o ambiente de trabalho saudável. O não cumprimento pode levar à multa de R$ 100 mil para cada descumprimento ou para cada trabalhador prejudicado, além da indenização de R$ 1 milhão.

(Agência Brasil)

Justiça Federal aceita denúncia contra Sérgio Cabral, Adriana Anselmo e Eike Batista

cabral-01-1

A 7ª Vara Federal Criminal do Rio de Janeiro aceitou denúncia oferecida hoje (10) contra o ex-governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral, sua mulher, Adriana Ancelmo, o empresário Eike Batista e mais seis pessoas. O Ministério Público Federal denunciou Cabral, Eike e Adriana por corrupção e lavagem de dinheiro.

Eles já estavam com prisão preventiva decretada por causa das investigações das operações Calicute e Eficiência, que apuram desvio de dinheiro público do estado do Rio de Janeiro.

Cabral e Adriana foram denunciados por corrupção passiva e lavagem de dinheiro, assim como os ex-assessores de Cabral Wilson Carlos e Carlos Miranda. O dono das empresas EBX, Eike Batista, e seu braço direito, o advogado Flávio Godinho, foram denunciados por corrupção ativa e lavagem de dinheiro.

Já os irmãos Renato e Marcelo Chebar, que trocaram delações detalhando o esquema de Cabral por redução de pena, além de Luiz Arthur Andrade Correia, vão responder à Justiça por evasão de divisas e por manter recursos não declarados no exterior. Entre os denunciados hoje pelo Ministério Público, eles são os únicos que não estão presos.

(Agência Brasil)

Governo do Espírito Santo e PMs entram em acordo e greve é encerrada

O governo do Espírito Santo anunciou na noite de hoje (10) a assinatura de um acordo com as associações que representam os policiais militares capixabas para suspender a paralisação dos agentes para a retomada das atividades amanhã (11), a partir das 7 horas.

“Conversamos com os nossos soldados e pedimos bom senso e que retomem as atividades. São mais de 100 mortes”, disse o secretário estadual de Direitos Humanos, Júlio Cesar Pompeu. O secretário afirmou que não negociou com as esposas dos policiais que bloqueiam os acesos aos batalhões desde a última sexta-feira (3).

Segundo ele, a responsabilidade pela segurança é dos policiais e não das esposas. “Peço que eles conversem com as esposas e retornem ao trabalho.”

Pelo acordo, segundo o secretário, os militares não sofrerão sanções administrativas, mas o indiciamento de 703 policiais pelo crime de revolta será julgado pela Justiça.

(Agência Brasil)

UFC divulga edital de Lista de Espera do Sisu 2017

A Pró-Reitoria de Graduação (Prograd) da Universidade Federal do Ceará divulgou, nesta sexta-feira (10), o edital de chamada de Lista de Espera relativo ao SISU 2017. O documento contém as normas e datas do processo para o provimento das vagas ainda não ocupadas após a chamada regular.

De acordo com o Edital nº 10/2017 (https://goo.gl/DSZ2Bp), até as 23h59min do dia 16 de fevereiro, será divulgada a lista dos candidatos aptos, por curso, grau, turno e classe de concorrência, em ordem de classificação, assim como o quantitativo e as informações acerca das vagas que deverão ser preenchidas pela chamada de Lista de Espera.

A seleção será feita com base nos resultados obtidos pelos candidatos no Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) de 2016, considerando-se a ordem de classificação do candidato no SISU referente a curso, grau, turno e classe de concorrência pretendidos.

Na lista, cada candidato será assinalado como “classificado” ou “não classificado”. Serão considerados classificados os que estiverem dentro do número de vagas disponíveis e estarão aptos a solicitar matrícula de 20 a 24 de fevereiro, na Capital, e de 21 a 23 de fevereiro, para os cursos sediados no interior do estado. O candidato deve verificar com atenção, no Anexo I do edital (https://goo.gl/DSZ2Bp), dia e horário da chamada de seu curso.

Já os que estiverem fora do número de vagas disponíveis serão considerados “não classificados”, mas poderão se inscrever em Banco de Suplentes para serem chamados, caso haja novas desistências e/ou desocupações de vagas. As inscrições serão no mesmo período da solicitação de matrícula dos classificados. Como a chamada não será nominal, não haverá fechamento de portões, e o estudante pode comparecer ao local a qualquer momento dentro do horário determinado. A documentação exigida está informada no Anexo II do mesmo edital (https://goo.gl/DSZ2Bp).

Etiqueta

Somente após a liberação da Lista de Espera pelo Ministério da Educação, com a indicação de classificados e não classificados, será disponibilizada a ferramenta para gerar documentos e a etiqueta de identificação dos candidatos. Esta etiqueta deverá ser impressa e colada em envelope de 260mm x 360mm (ou semelhante), a ser entregue aberto e contendo toda a documentação exigida, no ato de solicitação de matrícula (para os classificados) ou de inscrição no Banco de Suplentes (para os não classificados).

Aos candidatos que precisarão fazer solicitação de matrícula na Lista de Espera ou inscrição em Banco de Suplentes por meio de procuração, recomendamos que encaminhe a documentação ao procurador com antecedência; assim ele poderá imprimir e assinar etiqueta e termo de ciência quando disponibilizados no gerador de documentos.

SERVIÇO

*Outras informações podem ser encontradas no site do SISU na UFC (www.sisu.ufc.br). Dúvidas somente pelo e-mail ingresso-sisu@prograd.ufc.br.

(Site da UFC)

Moro nega pedido de liberdade de Cunha

sergio-moro17
O juiz federal Sérgio Moro, que responde pelos processos da Operação Lava Jato, em Curitiba (PR), não acatou, nesta sexta-feira (10), o pedido de liberdade feito pelos advogados do ex-presidente da Câmara Eduardo Cunha (PMDB). “Não há causa para a revogação da preventiva do acusado Eduardo Cosentino da Cunha e que deve ser mantida, pelo menos, até julgamento da ação penal, o que deve ocorrer em breve, já que caminha-se para alegações finais. No caso de eventual condenação, analisarei novamente”, decidiu Moro.

O ex-deputado está preso desde outubro de 2016, preventivamente, em Curitiba. O peemedebista é acusado de ter recebido R$ 5 milhões em propinas em um negócio de compra de campos de exploração de petróleo, em Benin, na África, via Diretoria de Internacional – área que era cota do PMDB na Petrobras.

“É a lei que determina que a prisão preventiva deve ser mantida no presente caso, mas, na esteira do posicionamento do eminente e saudoso Ministro Teori Zavascki nos aludidos julgados, não será este Juízo que, revogando a preventiva de Eduardo Cosentino da Cunha, trairá o legado de seriedade e de independência judicial por ele arduamente construído na condução dos processos da Operação Lava Jato no âmbito Supremo Tribunal Federal, máxime após a referida tentativa feita pelo acusado de intimidar a Presidência da República no curso da ação penal.”

(Com Agências)

MPF do Ceará consegue manter decisão sobre repasse de hemoderivados

foto oscar costa filho

O Ministério Público Federal no Ceará (MPF/CE) conseguiu manter decisão judicial que obriga a União, por intermédio do Ministério da Saúde, a assegurar que hemocentros da rede pública encaminhem a outras unidades estatais do país o excedente de sangue e hemoderivados, resguardado o caráter da não-comercialização. A informação é da assessoria de comunicação do MPF do Estado.

A liminar havia sido concedida, em junho de 2016, pela 8ª Vara da Justiça no Ceará, atendendo pedido do MPF apresentado em ação assinada pelo procurador da República Oscar Costa Filho. No último dia 9 de fevereiro, o juiz federal Ricardo Cunha Porto confirmou a decisão em resposta a embargos de declaração do MPF.

O MPF ingressou com embargos de declaração em janeiro deste ano, depois que a JF expediu decisão, em dezembro de 2016, revogando parcialmente a liminar. Ao esclarecer agora a decisão, o juiz federal confirmou que foi revogada apenas o trecho da liminar que obrigava o Centro de Hematologia e Hemoterapia do Ceará (Hemoce) a respeitar lei que trata do repasse de sangue e hemoderivados à rede privada. Para a JF, o processo contra o Hemoce deve tramitar na Justiça Estadual.

A ação movida pelo MPF teve como base inquérito civil instaurado em 2015 para apurar irregularidades relacionadas à prática de fornecimento de sangue a hospitais e planos privados de saúde. A investigação comprovou que diversas solicitações de sangue e hemocomponentes realizadas pelo Sistema Único de Saúde (SUS) não foram efetivadas e, mesmo sem dar conta do fornecimento da rede pública de saúde, a rede privada era abastecida pelo Hemoce a partir de um suposto excedente.

TAM é condenda a pagar R$ 25 mil por extravio de bagagem

filatam

A 2ª Câmara de Direito Privado do Tribunal de Justiça do Ceará manteve decisão que condena a TAM Linhas Aéreas a pagar R$ 25 mil de danos morais para estudante que teve mala extraviada em viagem aos Estados Unidos. Também deverá indenizar materialmente a cliente, cujo valor será calculado após liquidação da sentença, informa o site do TJ do Estado.

A decisão, proferida nessa quarta-feira (08/02), teve a relatoria do desembargador Carlos Alberto Mendes Forte. Segundo o magistrado, “a empresa aérea responde pela indenização de danos materiais e morais experimentados objetivamente pelos passageiros decorrente do extravio de sua bagagem”.

De acordo com os autos, em 2013, a mãe da estudante contratou com a companhia aérea uma viagem para Miami, nos Estados Unidos, com o objetivo de comemorar os 15 anos da filha. No retorno ao Brasil, a mala da jovem foi extraviada. Imediatamente, foi feita uma reclamação junto aos funcionários da TAM para informar o ocorrido, além de inúmeras ligações e idas ao aeroporto de Fortaleza.

Depois de quase um mês, a companhia enviou e-mail confessando a perda da bagagem, além de oferecer indenização de R$ 1.615,00, que não foi aceita pela mãe da menina.

Por esse motivo, a genitora da garota ingressou com ação requerendo indenização por danos morais e materiais. Alegou descuido por parte da empresa, além de afirmar que na mala estavam todos os presentes e recordações dos momentos especiais vividos pela adolescente e que não poderiam ser recuperados.

Na contestação, a TAM sustentou que a estudante teve sua bagagem extraviada por equívoco, mas que ofereceu todos os cuidados e desempenhou esforços no sentido de solucionar o ocorrido, procedendo com intensa busca pela mala, mas infelizmente não logrou êxito.

Em 11 de fevereiro de 2016, a juíza Marcia Oliveira Fernandes Menescal de Lima, titular da 14ª Vara Cível de Fortaleza, condenou a companhia ao pagamento de danos morais no valor de R$ 25 mil, além de indenização material que será calculada após liquidação da sentença.

Contrária à decisão, a empresa interpôs apelação (nº 0152492-78.2013.8.06.0001) no TJCE. Argumentou que a mãe da estudante tenta dramatizar situações ao transformar o extravio de bagagem de viagem, que é mero aborrecimento, em algo a ser indenizável por danos materiais e morais. Afirmou que os valores alegados são hipotéticos e sem menor comprovação nos autos.

Ao julgar o caso, a 2ª Câmara de Direito Privado negou provimento ao recurso, mantendo a decisão de 1º Grau. Conforme o relator, “o extravio de bagagem é ato que gera o dever de indenizar, ao contrário do afirmado pela empresa aérea. Alegar uma suposta dramaticidade para um caso pacificado nos tribunais beira as raias do absurdo e soa como aventura jurídica da ré”.

Fortaleza tem cesta básica mais cara do Nordeste

O custo da cesta básica em Fortaleza é o mais caro da Região Nordeste. Para adquirir os 13 itens que compõem a cesta básica de alimentos, o consumidor da capital do Ceará dispôs de R$ 412,48 em janeiro deste ano. O valor representa crescimento de 4,6% em relação ao mês anterior. Nos últimos 12 meses, a variação foi de 23,6%. Neste período, o preço da carne apresentou a variação mais expressiva em Fortaleza (+9,7%).

A informação está no Boletim Diário Econômico, publicação do Escritório técnico de Estudos Econômicos do Nordeste (Etene), órgão vinculado ao Banco do Nordeste, documento que analisa dados do Dieese. Foi divulgada pelo site do BNB nesta sexta-feira.

Segundo os autores da publicação, esse comportamento da cesta básica penaliza especialmente a população que pertence aos extratos de menor renda, uma vez que o custo é mais relevante no orçamento das famílias mais pobres. Ainda de acordo com o estudo, a Região Nordeste foi a única que apresentou crescimento no custo da Cesta Básica.

O aumento da cesta básica no Nordeste em 12 meses (+18,8%), deveu-se principalmente ao crescimento nos preços do feijão (+88,6%), açúcar (+55,3%), manteiga (+47,9%), farinha (+35,1%), leite (+33,6%) e banana (+22,3%). Estes seis itens representaram 40,4% do total do custo da cesta básica regional no período em análise.