Blog do Eliomar

Categorias para Brasil

Estudo aponta países mais felizes do Mundo. Brasll é o 22º dessa lista

O mundo celebra nesta segunda-feira, 20 de março, o Dia Internacional da Felicidade. A data foi criada em julho de 2012 pela Assembleia Geral das Nações Unidas e as celebrações ocorrem desde 2013. Segundo a ONU, o Dia é uma forma de se reconhecer a importância da felicidade nas vidas das pessoas em todo o mundo.

Para marcar a data, o “Estudo Mundial sobre a Felicidade”, a edição 2017 de um relatório oficial divulgado hoje em Nova York pela ONU, que apresenta a lista dos países mais felizes e os mais infelizes do planeta, numa pesquisa que envolveu 155 nações. O Brasil ficou na 22ª posição. As informações são da ONU News e da agência alemã DPA.

O informe combina seis factores: PIB per capita, expectativa de vida saudável, apoio social (ter alguém em quem confiar em momentos difíceis), ausência de corrupção no governo e nas empresas, liberdade social e generosidade (medida por doações recentes).

Segundo a lista, os dez países más felizes são, pela ordem: 1. Noruega; 2. Dinamarca; 3. Islândia; 4. Suíça; 5. Finlândia; 6. Holanda; 7. Canadá; 8. Nova Zelândia; 9. Austrália e 10. Suécia.

No outro extremo, os dez países mais infelizes do mundo são: 155. República Centroafricana; 154. Burundi; 153. Tanzânia; 152. Síria; 151. Ruanda; 150. Togo; 149. Guiné; 148. Libéria; 147. Sudão do Sul; e 146. Iêmen.

Metas para a felicidade

Em 2015, a ONU e os seus estados-membros lançaram os 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, que buscam acabar com a pobreza, reduzir as desigualdades e proteger o planeta.
Segundo as Nações Unidas, esses são três aspectos que podem levar ao bem-estar e à felicidade das nações.

(Agência Brasil)

Temer prega o que nem ele próprio acredita

O presidente Michel Temer foi alertado nesses dias por um aliado sobre o noticiário negativo para o governo. O cavalheiro lembrou que a delação da Odebrecht, as manifestações contra a Reforma da Previdência e o que promete ser nova a Reforma Política desenham-se num longo temporal sobre o Palácio do Planalto.

Temer saiu-se com uma frase que nem ele próprio acredita: “Essas questões não são assuntos de governo?”.

A Reforma Política, com grandes doses de boa vontade ou ingenuidade, pode-se atribuir exclusivamente ao Congresso, mas o restante está entre os tópicos que mais assombram o presidente da República e seus auxiliares.

(Veja Online)

Fortaleza recebe coordenadora do Concurso Moda Inclusiva Internacional

Daniela Auler, coordenadora do Concurso Moda Inclusiva Internacional, estará em Fortaleza na quinta e sexta-feira próximas. Ela vem divulgar, durante o Seminário Moda Inclusiva Fortaleza 2017, o Concurso Moda Inclusiva Internacional, apoiado pelo Governo de São Paulo. O evento de apresentação ocorrerá no Centro de Profissionalização Inclusiva para a Pessoa com Deficiência (Cepid), localizado na Avenida Senador Robert Kennedy, 128 – Barra do Ceará.

A idealizadora do concurso fará a abertura do seminário no dia 23, às 9 horas e, no dia 24, das 13h30min às 15h30min, Daniela apresentará um desfile com looks vencedores das edições anteriores do certame.

O encontro tem o objetivo de discutir e apresentar trabalhos, produtos e projetos científicos que já foram ou estão em produção no circuito de moda, além de propiciar à sociedade civil, profissionais e gestores cearenses potencialidades para as questões inclusivas na área.

SERVIÇO

Os interessados podem ter mais informações no link http://modainclusiva.sedpcd.sp.gov.br/. O evento é anual e podem participar estudantes de cursos técnicos, universitários e profissionais de moda e saúde não só do Brasil, mas de todo o mundo.

Prefeito vai entregar escola de tempo integral com energia solar

O prefeito Roberto Cláudio (PDT) vai entrega, a partir das 17 horas desta segunda-feira, a 21ª escola de tempo integral de Fortaleza. Não, não contará com a presença do ministro da Educação, Mendonça Filho, que cancelou vinda em razão de compromisso extra em São Paulo, de acordo com sua assessoria.

O estabelecimento, que funcionará no bairro Siqueira, traz uma novidade: será o primeiro a funcionar com energia solar.

Mas o ministro Mendonça Filho avisou que, nesta terça-feira, receberá o prefeito Roberto Cláudio em audiência para se inteirar dos projetos e pleitos de Fortaleza.

Ex-presidente da OAB/CE quer repetir mandato no CNJ

Aguardando repeteco.

O ex-presidente da Ordem dos Advogados do Brasil, regional do Ceará, Valdetário Monteiro, quer continuar membro do Conselho Nacional de Justiça. Ele já inscreveu seu nome num processo que será concluído no dia 3 de abril próximo.

Valdetário ocupa cadeira no CNJ por indicação do Conselho Federal da Ordem.

Mais de dez advogados pleiteiam vagas para integrar o Conselho Nacional de Justiça e do Conselho Nacional do Ministério Público por indicação do Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil, que tem direito a indicar dois advogados para cada órgão.

Tony Ramos diz que continua acreditando na carne que anuncia

“Continuo acreditando na carne que anuncio, até que provem o contrário”, afirma Tony Ramos, em entrevista à Jovem Pan. O ator foi entrevistado ao vivo no Jornal da Manhã, nesta segunda-feira

Tony Ramos, garoto-propaganda da Friboi, marca do grupo JBS, alvo da Operação Carne Fraca da Polícia Federal, garantiu estar surpreso com as informações divulgadas. O ator afirmou que não fará nenhuma ação publicitária com a empresa até que as investigações sejam concluídas.

Antes de firmar contrato com a Friboi, Tony Ramos revelou ter feitos pesquisas sobre a idoneidade da empresa, ações, empresários e seus produtos. Ele confirmou ser um consumidor de carne e garante que não vai deixar de consumir o produto.

“Tenho 53 anos de profissão e não precisaria fazer propaganda para sobreviver, eu fiz porque era um produto confiável, anunciei algo que acreditei. A investigação foi enorme e foram casos pontuais, não posso afirmar que a Friboi está estragada, temos que dar tempo ao tempo”, declara.

Eu não sou fiscal, eu não sou o homem que manipula a carne, mas eu tenho o compromisso social de me posicionar. Continuo acreditando na carne que eu anuncio, mas já falei para a agência que qualquer ação de publicidade terá que aguardar retorno oficial das investigações”, conclui Tony Ramos.

(Com Agências)

União Europeia vai barrar importação de carne de empresas investigadas pela Polícia Federal

Um porta-voz da Comissão Europeia afirmou nesta segunda-feira (20), à agência de notícias Reuters, que as autoridades daquele continente monitoram as empresas envolvidas na Operação Carne Fraca com objetivo de suspender as importações de produtos brasileiros. “A Comissão garantirá que qualquer uma dessas empresas envolvidas na fraude seja suspensa de exportar para a UE [União Europeia]”, falou.

A Comissão, no entanto, destaca que o escândalo da carne não impactará nas negociações que já estão em andamento entre União Europeia e Mercosul para um acordo de livre comércio. As duas maiores exportadoras de proteína animal, JBS e BRF, são citadas nas investigações da Polícia Federal. Ambas rebateram as acusações apontadas no inquérito.

Mais cedo, a Coreia do Sul informou que vai intensificar a fiscalização da carne de frango importada do Brasil e banir temporariamente as vendas de produtos da BRF.

(R7.com)

Praia do Futuro – Retirar as barracas levaria a um processo de decadência e favelização

234 1

Com o título “Praia do Futuro: Juntos somos mais fortes”, eis artigo de Pedro Carlos da Fonseca, presidente do Fórum de Turismo do Ceará (Fortur). Ele defende a permanência das barracas na praia do futuro, destacando o peso econômico desse tipo de negócio., Confira: 

Com o lema “Juntos somos mais fortes”, o Fórum de Turismo do Ceará (Fortur) escampou nos últimos dias uma campanha pela permanência das barracas da Praia do Futuro ameaçadas de extinção pelo Ministério Público Federal. Em processo que já dura 12 anos, o Fórum sempre se posicionou contrário à medida, por entender que as barracas já fazem parte do patrimônio turístico de Fortaleza, gerando cerca de 7 mil empregos diretos e mais de 22 mil indiretos.

São equipamentos que abrigam milhares de turistas, fortalezenses e cearenses, com variadas atividades de lazer, sendo um verdadeiro polo gastronômico da nossa Capital. Hoje, são 153 estabelecimentos e mais de R$30 milhões em investimentos, gerando uma movimentação de cerca de 100 mil pessoas por semana, conforme a Associação de Barracas e o Sebrae.

Num movimento totalmente apartidário e solidário com os barraqueiros, visando essencialmente à manutenção do turismo, conseguimos mobilizar o Governo do Estado e a Prefeitura de Fortaleza, por meio de suas Secretarias de Turismo, a classe política, empresarial, associações, artistas da terra e o Sebrae, que capacitou os pequenos empreendedores para receber bem os turistas, que, de forma unânime, manifestaram-se favoráveis à permanência dos estabelecimentos.

Ficou demonstrado também que todos nós somos favoráveis ao ordenamento e à reurbanização do local, fato que já vem ocorrendo com a implantação de novos calçadões, estacionamento, Areninha e praça pela Prefeitura – e não simplesmente “derrubar”.

Retirar as barracas da orla levaria a um processo de decadência muito grande e até a favelização do local. Enquanto entidade representativa de várias associações e instituições, o Fórum de Turismo do Ceará, que completou 20 anos de efetivo trabalho, não vai baixar a guarda. A suspensão do julgamento pelo TRF- 5ª Região, devido ao pedido de vistas de um desembargador, não significa ainda o fim desta querela. A luta continua. Juntos somos mais fortes.

*Pedro Carlos da Fonseca

pedrocarlos@fortur.org.br

Engenheiro civil e presidente do Fórum de Turismo do Ceará (Fortur)

CNJ determina demissão de assistente judiciária por nepotismo

O Plenário do Conselho Nacional de Justiça decidiu determinar ao Tribunal de Justiça do Amazonas que rescinda o contrato de uma assistente judiciária por nepotismo. Contratada como funcionária temporária em 2008, a funcionária é filha de policial militar nomeado quatro anos antes como ajudante de ordem da Presidência do TJ-AM. De acordo com o relator, conselheiro Rogério Nascimento, houve “violação do princípio da impessoalidade”.

Segundo o relator, o processo não revelou qualquer fundamento que justificasse a contratação da funcionária, a não ser o vínculo de parentesco com seu pai, que ocupava, segundo o relator, “um dos cargos de mais alto grau de confiança da Presidência” do tribunal. De acordo com o voto do conselheiro Nascimento, o nepotismo viola a Constituição Federal, conforme definido pela Súmula Vinculante 13, do Supremo Tribunal Federal.

O voto do conselheiro Nascimento resumiu o posicionamento do STF sobre nepotismo, que ocorre sempre que houver contratação de cônjuge, companheiro ou parente, até o terceiro grau, para o exercício de cargo em comissão ou de confiança. Também é caso de nepotismo quando parentes assumem função gratificada na administração pública direta e indireta em qualquer dos poderes da União, dos estados, do Distrito Federal e dos municípios. A regra inclui contratação de pessoas ligadas por parentesco a autoridade nomeante ou de servidor da mesma pessoa jurídica investido em cargo de direção, chefia ou assessoramento.

Ao votar no julgamento, a presidente do STF e do CNJ, ministra Cármen Lúcia, lembrou que nepotismo na administração pública é uma prática vedada há muito tempo. “Temos uma súmula vinculante no Brasil e, quando votei (durante o julgamento do STF), disse ‘estou votando para ficar mais claro’ porque nepotismo no Brasil está proibido desde a Constituição de 1934, pelo menos, e hoje expressamente pelo artigo 37º da Constituição pelo princípio da impessoalidade”, afirmou.

Segundo o conselheiro Nascimento, por se tratar de um cargo público, o debate sobre a legalidade da contratação não depende da eventual qualificação da contratada. “A questão aqui gira em torno, tão somente, da presença de elementos caracterizadores de favorecimento da contratada em função de sua ascendência familiar. Ora, não cabe assunção de cargo ou função pública tendo em vista tão somente suas relações. O cargo público, conquanto criado em atendimento ao interesse público, não pode servir a interesses individuais”, afirmou em seu voto.

(Site do Consultor Jurídico)

VAMOS NÓS – Ainda bem que casos como este não acontecem no Judiciário do Ceará.

Mercado financeira reduz inflação do ano para 4,15%

O mercado financeiro reduziu, pela segunda vez consecutiva, a projeção para a inflação este ano. A estimativa para o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) passou de 4,19% para 4,15%, de acordo com o boletim Focus, uma publicação elaborada todas as semanas, pelo Banco Central (BC), e divulgada às segundas-feiras.

A estimativa para a inflação este ano está abaixo do centro da meta, que é 4,5%. A meta tem ainda limite inferior de 3% e superior de 6%. Para 2018, a projeção não foi alterada – continua em 4,5%.

A estimativa de instituições financeiras para o crescimento da economia (Produto Interno Bruto – PIB – a soma de todas as riquezas produzidas pelo país) este ano foi mantida em 0,48%. Para o próximo ano, passou de 2,4% para 2,5%.

Para o mercado financeiro, a taxa Selic encerrará 2017 em 9% ao ano. Para o final de 2018, a expectativa caiu de 8,75% para 8,50% ao ano. Atualmente, a Selic está em 12,25% ao ano. A Selic é um dos instrumentos usados para influenciar a atividade econômica e a inflação.

Quando o Copom aumenta a Selic, a meta é conter a demanda aquecida, e isso gera reflexos nos preços, porque os juros mais altos encarecem o crédito e estimulam a poupança. Quando o Copom diminui os juros básicos, a tendência é que o crédito fique mais barato, com incentivo à produção e ao consumo, reduzindo o controle sobre a inflação.

(Agência Brasil)

Coreia do Sul barra importação de produtos de frango da BRF

A Coreia do Sul vai intensificar a fiscalização de carne de frango importada do Brasil e banir temporariamente as vendas de produtos da BRF após o escândalo deflagrado pela Operação Carne Fraca na semana passada, informou o Ministério de Agricultura sul-coreano em comunicado nesta segunda-feira.

O ministério disse que fornecedores brasileiros de carne de frango terão que enviar um certificado de saúde emitido pelo governo brasileiro. Na sexta-feira, especialistas ouvidos pela Reuters já manifestavam preocupações sobre o impacto do escândalo nas exportações brasileiras. Mais de 80 por cento das 107.400 toneladas de frango importadas pela Coreia do Sul no ano passado vieram do Brasil, sendo quase metade fornecida pela BRF.

A Polícia Federal lançou na sexta-feira uma operação para desarticular uma organização criminosa envolvendo fiscais agropecuários e cerca de 40 empresas. A investigação apontou fraudes na fiscalização sanitária, com o pagamento de propina para liberação de mercadorias adulteradas e estragadas.

Uma autoridade do Ministério de Agricultura brasileiro disse, contudo, que os problemas constatados não impunham riscos aos consumidores ou às exportações. Um executivo da BRF se entregou à polícia no sábado. Em comunicado, a empresa diz que algumas das alegações são falsas ou baseadas em mal entendido.

“A BRF nunca comercializou carne podre e nem nunca foi acusada disso”, disse a empresa, acrescentando que as menções de produtos estragados ou contaminados pela polícia estavam especificamente ligadas a frigoríficos menores sem relação com a BRF. A Coreia do Sul baniu as importações de frango dos Estados Unidos após um caso de gripe aviária ter sido detectado em uma granja no Tennessee.

(Exame)

Assembleia Legislativa discute ações para pressionar pró-transposição

A Assembleia Legislativa está promovendo, nesta manhã de segunda-feira, na Sala das Comissões Técnicas, uma audiência pública para discutir desenvolvimento regional com ênfase na crise hídrica.

A audiência atende a um requerimento do deputado Carlos Matos (PSDB) e reúne parlamentares federais e dirigentes de órgãos públicos.

A ordem é pressionar sobre prazo de conclusão da transposição das águas do rio São Francisco no Eixo Norte, aquele que deverá beneficiar o Ceará.

Odebrecht confirma reunião de Cunha com líderes de cartel

Um dos delatores da Odebrechr confirmou em depoimento a reunião de Eduardo Cunha com a nata do cartel que assaltava a Petrobras, ocorrida num hotel em São Paulo.

A conversa, com a presença de representantes de OAS, Carioca Engenharia e da própria Odebrecht, serviu para acertar o pagamento de suborno ao deputado, em troca da liberação do FGTS para o projeto do Projeto Porto Maravilha, no Rio de Janeiro.

O episódio já havia sido relatado por Fábio Cleto, cupincha de Cunha e ex-presidente da Caixa Fábio Cleto.

(Coluna Radar, da Veja Online)

Estudantes já podem concorrer a vagas não preenchidas pelo Fies

Estão abertas, a partir de hoje (20), as inscrições para concorrer às vagas que não foram preenchidas no processo seletivo do primeiro semestre do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies). As inscrições deverão ser feitas exclusivamente na página do Sistema de Seleção do Fies, o FiesSeleção, na internet.

As vagas remanescentes são voltadas para candidatos que tenham participado de alguma edição do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) desde 2010, obtido nota mínima de 450 pontos nas provas e não ter tirado nota 0 na redação. Além disso, é necessário comprovar renda familiar mensal bruta per capita de até três salários mínimos. Podem participar da seleção inclusive aqueles que já tentaram o financiamento pelo processo seletivo regular e não obtiveram sucesso.

Após o registro no FiesSeleção, o candidato deverá concluir a inscrição no Sistema Informatizado do Fies (Sisfies) nos dois dias úteis subsequentes. Os prazos de inscrição variam de acordo com a condição do estudante.

Fies

O Fies oferece financiamento a estudantes em cursos de instituições privadas de ensino superior. A taxa efetiva de juros do programa é 6,5% ao ano. O percentual de financiamento é definido de acordo com o comprometimento da renda familiar mensal bruta per capita do estudante.

Neste semestre, o Fies ofereceu 150.538 vagas para 1.599 instituições, abrangendo 29.293 cursos.

Veja os prazos estabelecidos pelo MEC:

De 20 a 24 de março – Estudantes não graduados, inscritos no processo seletivo regular do Fies referente ao primeiro semestre de 2017 e que não tenham obtido o contrato de financiamento pelo fundo;

De 22 a 24 de março – Estudantes graduados, inscritos no processo seletivo regular do Fies referente ao primeiro semestre de 2017 e que não tenham obtido o contrato de financiamento pelo fundo;

De 25 a 31 de março – Estudantes não graduados, inscritos para uma vaga remanescente em curso de instituição de educação superior em que não está matriculado;

De 27 a 31 de março – Estudantes graduados, inscritos para uma vaga remanescente em curso de instituição em que não está matriculado;

De 25 de março a 22 de maio – Estudantes não graduados, inscritos para uma vaga remanescente em curso da instituição em que está matriculado;

De 27 de março a 22 de maio – Estudantes graduados, inscritos para uma vaga remanescente em curso da instituição em que está matriculado.

(Agência Brasil)

Travesti sofre tentativa de homicídio no interior cearense

Paulete, uma travesti de 42 anos, sofreu tentativa de homicídio na madrugada deste domingo, 19, em Morrinhos, município cearense localizado a cerca de 200 km da Capital cearense. A vítima foi agredida com socos, chutes e facadas por três homens. Dois suspeitos foram capturados pela Polícia e o terceiro segue foragido. O crime ocorre pouco mais de um mês depois da morte de Dandara do Santos, em Fortaleza, que chocou o País.
Segundo o subtenente Edimar Ferreira, do destacamento de Morrinhos, o crime aconteceu após uma discussão entre Paulete e os três homens, após os quatro deixarem um bar próximo ao rio Acaraú, no bairro Beira Rio. Sem chance de defesa, a vítima recebeu chutes e socos na cabeça, além de facadas que atingiram o pescoço e o estômago. A Polícia não descobriu a motivação da agressão.
A Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) informou que os dois homens, um deles de 30 anos e o outro de 33, respondem por homicídio e estavam em liberdade condicional. Os dois foram encaminhados à Delegacia Regional de Acaraú. A Polícia continua à procura do terceiro agressor.
Com a voz embargada, Maria Tereza de Andrade, irmã da vítima, informou ao O POVO Online que Paulete está internada em estado grave na Santa Casa de Misericórdia de Sobral. “Ela não merecia isso”, disse Maria Tereza, com razão e revolta.
(O POVO Online)

Temer se reúne com Maggi e associações para tratar da Operação Carne Fraca

O presidente Michel Temer deve se reunir neste domingo (19) com o ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Blairo Maggi, para discutir as medidas do governo e a repercussão no mercado internacional depois da deflagração da Operação Carne Fraca. Também participarão do encontro representantes das associações brasileiras das Indústrias Exportadoras de Carnes (Abiec) e de Proteína Animal (ABPA), além da Confederação Nacional da Agricultura (CNA).

O objetivo será debater as medidas que já estão sendo tomadas pelo ministério e os possíveis impactos da operação sobre as exportações de carnes brasileiras. O governo federal também deve divulgar uma nota para as embaixadas na tentativa de esclarecer a amplitude do esquema de corrupção desvendado pela Polícia Federal.

Nessa sexta-feira (17), logo que soube da operação, Maggi informou que iria interromper uma licença de dez dias para tratar pessoalmente do caso. Neste sábado (18), ele concedeu entrevista em Cuiabá e disse que não há motivos para a população ter receio de consumir a carne dos mercados e que o caso foi de “desvio de alguns servidores e de algumas empresas”, que já foram interditadas.

(Agência Brasil)

Brasileiro é eleito para dirigir Organização Internacional do Café

O governo brasileiro elogiou a eleição, nesta sexta-feira (17), de José Dauster Sette para o cargo de diretor-executivo da Organização Internacional do Café (OIC). Para o presidente Michel Temer, o país teve “mais uma vitória” como reconhecimento do compromisso brasileiro com o órgão.

A escolha do brasileiro se deu por aclamação, após reuniões ocorridas em Londres, na Inglaterra. O Ministério das Relações Exteriores também divulgou uma nota à imprensa informando que as autoridades brasileiras trabalharam “com afinco” em favor de Sette, que tem mais de 30 anos de experiência no mercado cafeeiro.

“A eleição de José Sette, que demonstra o compromisso do Brasil com a Organização, permitirá uma gerência profissional e de qualidade para a modernização da principal organização internacional do setor cafeeiro, de forma a refletir os interesses e anseios de todos os membros e todas as regiões”, informou o comunicado.

Por meio do Twitter, Temer lembrou que o Brasil é o maior produtor e exportador mundial de café, e disse que a OIC é o principal foro internacional dedicado à commodity. O executivo brasileiro assumirá o cargo cujo mandato vai até 2022.

(Agência Brasil)

Henrique Alves – Um lavajatense que não sai da Esplanada

O ex-ministro Henrique Eduardo Alves saiu da Esplanada, mas a Esplanada não saiu dele. As andanças do peemedebista atualmente são uma clássica jabuticaba, só tem no Brasil.

Apesar de investigado pela Lava Jato, sob suspeita de receber propina, e sem mandato, a figura tem livre acesso a alguns dos mais importantes ministros do governo Temer. E não esconde.

Em seu twitter, recentemente, Henrique Alves publicou fotos de audiências com Bruno Araújo – outra lavajatense, diga-se de passagem – Antônio Imbassahy e Hélder Barbalho.

(Coluna Radar, da Veja Online)

TRE do Ceará – Custo do voto por eleitor alcança sua melhor marca


O Tribunal Regional Eleitoral alcançou, em 2016, o sétimo lugar no ranking nacional do custo do voto por eleitor, atingindo o valor de R$ 3,27. Essa foi a melhor colocação do TRE, que vem decrescendo desde as eleições de 2012, mantendo-se sempre abaixo da média nacional, que, nas eleições de 2016, ficou em R$ 3,52.

O Estado de São Paulo alcançou o 1º lugar, seguido por Minas Gerais, Rio Grande do Sul, Bahia, Rio de Janeiro e Goiás. No ranking referente às eleições de 2014, o TRE/CE ficou em 9º lugar, com o custo de R$ 3,70.

A estimativa de custo do voto por eleitor é um indicativo diretamente relacionado à austeridade orçamentária. Assim, quanto maior o planejamento do processo eleitoral, com corte de despesas, mais barata será a eleição.

A atual gestão do TRE-CE, zelando pelo princípio da economicidade na coisa pública, dedicou atenção especial a essa matéria e estabeleceu como uma de suas metas prioritárias a redução no custeio do processo de realização do pleito municipal de 2016. O fruto desse esforço conjunto entre os órgãos diretivos do Tribunal e a sua equipe de servidores é a redução do custo do voto no Estado do Ceará, logrando a posição de 7ª eleição mais barata do País.