Blog do Eliomar

Categorias para Brasil

Governo mantém previsão de 0,5% para o PIB

O governo federal manteve em 0,5% a estimativa para o Produto Interno Bruto (PIB), a soma de todas as riquezas produzidas no país. A previsão consta do Relatório de Avaliação de Receitas e Despesas, lançado a cada dois meses.

A previsão do mercado é de que o crescimento fique em 0,34%. Em 2016, o PIB teve queda de 3,6%.

O relatório apresenta os parâmetros oficiais da economia e as previsões de arrecadação, de gastos e de cortes no Orçamento. Com base no documento, o governo edita um decreto de programação orçamentária, com novos limites de gastos para cada ministério ou órgão federal.

Rogéria é transferida de CTI para o quarto

Internada desde a manhã de 13 de julho, a atriz Rogéria foi transferida do Centro de Terapia Intensiva para um quarto na tarde de ontem (20), após apresentar melhora em seu quadro clínico, infomou hoje (21) o empresário e produtor Alexandro Haddad.

A atriz, uma das artistas transexuais em atividade há mais tempo no país, deu entrada na Clínica Pinheiro Machado no último dia 13, com infecção urinária. Posteriormente, foi diagnosticada com pneumonia e chegou a ser entubada, mas já foi retirada dos aparelhos de ventilação mecânica e pôde ser transferida.

“Ela teve uma melhora que nos surpreendeu”, disse o produtor. “Foi uma coisa milagrosa”.

Rogéria ainda não tem previsão de alta, e os médicos continuam o tratamento com antibióticos.

O único compromisso cancelado de sua agenda foi um show marcado para o próximo fim de semana em Poços de Caldas, Minas Gerais.

(Agência Brasil)

Empresa júnior do curso de Administração da Uece oferece consultoria para empreendedores

A ADM Soluções, empresa júnior do curso de Administração da Universidade Estadual do Ceará, inscreve para a III Consultoria Empreendedora, voltada para quem tem uma ideia de negócio ou mesmo para quem já tem um negócio, mas deseja melhorar os resultados.

O projeto Consultoria Empreendedora, segundo a assessoria de imprensa da Uece, tem como objetivo ajudar pessoas que precisam de auxílio por meio de consultoria gratuita para tirar dúvidas, receber dicas, ajudar a resolver problemas ou dar direcionamentos para seus negócios.

SERVIÇO

*As consultorias ocorrerão até o dia 14 de agosto, na sede da ADM Soluções, no Campus Itaperi, em horários definidos de acordo com a disponibilidade dos consultores.

*Os interessados podem realizar inscrição até o dia 11 de agosto, no site da UECE: www.uece.br.

E por falar em Unilab…

Com om título “Sobre autoridade, dignidade e educação”, eis artigo do professor e historiador da Unilab, Américo Souza. “Uma instituição de ensino que privilegia o respeito a autoridade em detrimento da dignidade dos mais frágeis propicia a seus estudantes não uma educação para a cidadania, mas uma doutrinação para a subserviência”, diz o educador em seu texto. Confira:

“No meu tempo tinha-se mais respeito pela autoridade” – essa é uma sentença muito repetida por alguns gestores das universidades públicas especialmente quando diante de um protesto estudantil que se quer desqualificar.

Desmerecer ações e atores do presente em favor da idealização do passado talvez seja a mais autoritária das falácias lógicas, posto que toma a diferença geracional como preceito que desautoriza qualquer argumentação em contrário: uma vez que somente eu posso falar do “meu tempo”, invalida-se toda e qualquer possibilidade de que o outro tenha voz.

Por outro lado, o uso desta sentença evidencia uma recusa infantil em reconhecer que a realidade mudou. Medidas recentes, como a política de cotas e a implementação do Enem, criaram um novo e positivo perfil do corpo discente, tornando-o menos elitizado e mais plural. As universidades, por sua vez, evidenciam singular e preocupante dificuldade em lidar com este novo estudante e suas lutas por respeito e dignidade, percebidas como inadequadas para os padrões elitistas e colonizados de civilidade que seus gestores tanto apreciam. Isto é claramente demonstrado na incompreensão com que é percebida a intensidade reivindicatória dos estudantes de baixa renda por ações mais efetivas e eficientes para garantir-lhes não apenas o acesso, mas também a permanência qualitativa no ensino superior. “Quem tem fome, tem pressa”, nos ensinava Herbert de Sousa, o Betinho, em fins do século passado. Pelo visto, nem todos aprendemos a lição.

Também colabora para este cenário de dificuldade a nebulosa noção de autoridade referida no início. É preciso compreender que autoridade não é um status conferido por um título, ou um cargo, mas um processo, que só se realiza plenamente quando orientado para a justiça social.

Uma instituição de ensino que privilegia o respeito a autoridade em detrimento da dignidade dos mais frágeis propicia a seus estudantes não uma educação para a cidadania, mas uma doutrinação para a subserviência.

Américo Souza

americosouza@unilab.edu.br

Historiador e professor da Unilab

Deltan Dallagnol e um contraponto de peso

O procurador Deltan Dallagnol, coordenador da força-tarefa da Lava Jato, em sua palestra nessa noite de quinta-feira, no auditório da Federação das Indústrias do Ceará (Fiec), teve direito a um contraponto em suas colocações.

O convidado para a missão foi o diretor da Faculdade de Direito da UFC, Cãndido Albuquerque, conhecido por posições duras com relação a decisões de magistrados e do Ministério Público.

O ponto que pegou: a PGR denunciou rapidamente Michel temer por obstrução da Justiça, mas não denunciou Dilma Rousseff quando ficou provado que ela deu foro privilegiado para Lula e apresentasse a nomeação caso ele fosse ameaçado de prisão. Deltan ficou na história de que o caso estava sendo avaliado. Ainda

(Foto – Divulgação)

Com Michel Temer, Brasil assume presidência temporária do Mercosul

O presidente Michel Temer participa hoje (21) da 50ª Reunião do Conselho do Mercado Comum e Cúpula do Mercosul e Estados Associados, em Mendoza, na Argentina. Entre os temas a serem discutidos na reunião estão as negociações para um acordo do bloco com a União Europeia, além de assuntos políticos e econômicos e relacionados a direitos humanos. A situação da Venezuela também pode ser discutida durante a Cúpula.

O encontro marca a entrada do Brasil na presidência temporária do Mercosul pelos próximos seis meses. O país deve buscar o fortalecimento da integração regional e da agenda externa do bloco comercial com outros países e continentes.

Expectativas

Ao chegar a Mendoza, na noite de ontem (20), o presidente Temer falou sobre a expectativa para o período em que o Brasil estiver exercendo a presidência do Mercosul. “Espero continuar o trabalho que o presidente Macri [Mauricio Macri, presidente da Argentina] desenvolveu com tanta propriedade ao longo desse semestre”, afirmou em entrevista. Nos últimos seis meses, a Argentina esteve na presidência do Mercosul.

Hoje, pela manhã, os chefes de estados participam da sessão plenária do Mercosul, seguida de um almoço de trabalho. Antes do almoço, Temer fará um pronunciamento que marcará o início da presidência do Brasil no bloco. O presidente embarca de volta ao Brasil no meio da tarde.

(Agência Brasil/Foto – Folhapress)

“Se o Bolsonaro sair do PSC, será um tiro na cabeça”, diz Malafaia

Silas Malafaia, da Assembleia de Deus, criticou a intenção do deputado federal Jair Bolsonaro de sair do PSC e ir para o PSDC para disputar a Presidência em 2018. É o que informa o colunista Lauro Jardim, do O Globo.

O atual partido do pré-candidato ao Planalto, presidido por pastor Everaldo, é uma das principais legendas da bancada evangélica. Diz Malafaia:

— Se fizer isso, Bolsonaro não vai dar um tiro no pé. Vai dar um tiro na cabeça. Mas, pensando bem, é bom para o ser humano lidar com a contrariedade. Ele faz tudo sozinho, precisa se deparar com o contraditório. Se ele não consegue lidar com coisas pequenas, como dialogar com partido, imagine com as grandes questões.

Apesar de constatar o fato de que Bolsonaro tem grande inserção no eleitorado evangélico, Malafaia acha que João Doria reúne as melhores condições para disputar a Presidência:

— Um presidente precisa ter três qualidades: competência administrativa, competência política e integridade. No momento, acho que o Doria é o candidato que preenche os três requisitos. Ao Bolsonaro, ainda falta competência administrativa e competência política.

Após governo anunciar aumento de impostos, o Pato da Fiesp volta à Avenida Paulista

Numa reação à decisão do governo Temer de dobrar a alíquota de PIS/Cofins que incide sobre o preço dos combustíveis, a Fiesp vai ressuscitar o pato inflável. A informação é da Coluna Painel, do jornal Folha de S. Paulo. A alegoria de cinco metros amanhece nesta sexta-feira (21), na avenida Paulista.

A medida irritou o presidente da entidade, Paulo Skaf, um dos principais aliados de Temer e nome do PMDB para a disputa do governo de São Paulo. O pato da Fiesp virou um símbolo da campanha pelo impeachment de Dilma Rousseff.

Lideranças do PSDB do Sertão Central querem Tasso disputando o governo como nome da oposição

O presidente interino do PSDB nacional, senador Tasso Jereissati, não compareceu ontem ao encontro regional do partido, em Quixadá (Sertão Central). Ele está na Europa, onde curte férias ao lado da família.

Mas o encontro, comandado pelo dirigente estadual do partido, o ex-senador Luiz Pontes, apresentou um pleito das lideranças do Sertão Central: querem Tasso candidato a governador à frente dos partidos de oposição.

 

Primeira-dama divulga artesanato cearense em Portugal

A primeira-dama do Ceará, Onélia Leite, embarcou na rota de Portugal. Ali, participará, como curadora, da exposição que a Ceart apresentará durante a 40ª edição do Festival Nacional do Artesanato de Vila do Conde, nesse País.

O objetivo é divulgar nessa feira, uma das mais importantes do ramo na Europa, o artesanato cearense como produto de exportação.

Temer diz na Argentina que povo brasileiro saberá entender o aumento de impostos

O presidente Michel Temer, ao falar sobre o aumento das alíquotas do  Programa de Integração Social (PIS) e da Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social (Cofins) sobre a gasolina, o diesel e o etanol, determinado para compensar as dificuldades fiscais, disse que a população compreenderá a medida.

“A população vai compreender porque este é um governo que não mente, não dá dados falsos. É um governo verdadeiro, então, quando você tem que manter o critério da responsabilidade fiscal, a manutenção da meta, a determinação para o crescimento, você tem que dizer claramente o que está acontecendo. O povo compreende”, afirmou.

Temer falou sobre o aumento ao chegar na noite passada em Mendoza, na Argentina, para participar da Reunião de Cúpula do Mercosul. Ele destacou ainda que o reajuste é para manter, em primeiro lugar, a meta fiscal estabelecida, e, em segundo lugar, para assegurar o crescimento econômico.

“Esta responsabilidade fiscal é que importou neste pequeno aumento do PIS/Cofins. Exatamente para manter, em primeiro lugar, a meta fiscal que nós estabelecemos. Em segundo lugar, para assegurar o crescimento econômico que pouco a pouco vem vindo. Vocês estão percebendo que, aos poucos, o crescimento vem se revelando. Então, era preciso estabelecer este aumento do tributo para manter esses pressupostos que eu acabei de indicar”, disse o presidente.

O decreto determinando o aumento está publicado na edição desta sexta-feira do Diário Oficial da União. A alíquota subirá de R$ 0,3816 para R$ 0,7925 para o litro da gasolina e de R$ 0,2480 para R$ 0,4615 para o diesel nas refinarias. Para o litro do etanol, a alíquota passará de R$ 0,12 para R$ 0,1309 para o produtor. Para o distribuidor, a alíquota, atualmente zerada, aumentará para R$ 0,1964.

O governo também contingenciará [bloqueará] mais R$ 5,9 bilhões de despesas não obrigatórias do Orçamento. Os novos cortes serão detalhados hoje (21), quando o Ministério do Planejamento divulgará o Relatório Bimestral de Receitas e Despesas.

Publicado a cada dois meses, o documento contém previsões sobre a economia e a programação orçamentária do ano. A nova alíquota vai impactar o preço de combustível nas refinarias, mas o eventual repasse do aumento para o consumidor vai depender de cada posto de gasolina.

(Agência Brasil)

AGU fará concurso público para preenchimento de 100 vagas

O Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão (MPDG) autorizou a realização de concurso público para Advocacia-Geral da União (AGU). Serão ofertadas 100 vagas e mais cadastro de reserva. A previsão é de que o edital seja publicado ainda neste ano.

As vagas são para as áreas de apoio às carreiras jurídicas da AGU. Mas ainda não foram definidas quantas serão destinadas a preencher cargos de nível médio e superior e nem para quais especialidades ou formação.

Hoje, a remuneração inicial (composta de vencimento básico e gratificação) dos servidores da AGU é de R$ 6,2 mil (nível superior) e R$ 4,1 mil (nível médio).

De acordo com a instituição, os procedimentos internos para escolher e contratar a organizadora que irá realizar as provas do certame terão início imediato. “A realização deste concurso é um passo importante no processo de fortalecimento do quadro de servidores da AGU. Todos nós sabemos que as vitórias obtidas pela nossa instituição somente são possíveis graças, também, à incansável dedicação diária de nossos servidores”, afirmou a advogada-geral da União, ministra Grace Mendonça, que se empenhou pessoalmente no diálogo com o MPDG para que a autorização fosse dada.

De acordo com a AGU hoje existem mais de 500 cargos vagos. Porém, novas vagas podem surgir. Está em tramitação no Congresso Nacional um projeto de lei que cria a carreira de apoio própria da AGU (nº 6.788/17) e que prevê a criação de três mil cargos.

(O POVO Online)

Travestis e transexuais poderão incluir nome social no CPF

A partir de agora, transexuais e travestis também poderão ter o nome social incluído no documento de Cadastro de Pessoas Físicas (CPF). Para fazer a mudança, é preciso comparecer a uma unidade de atendimento da Receita Federal e pedir a inclusão.

O cadastro será feito imediatamente e passará a constar no CPF, acompanhado do nome civil. O nome social constará dos documentos “Comprovante de Inscrição” e “Comprovante de Situação Cadastral” no CPF.

As orientações foram divulgadas nesta quinta-feira (20/7) pela Receita Federal, após a publicação no Diário Oficial da União. Decreto publicado em abril de 2016 pela então presidente Dilma Rousseff estabelece que órgãos e entidades da administração pública federal direta, autárquica e fundacional devem adotar o nome social da pessoa travesti ou transexual, de acordo com seu requerimento.

O decreto estabeleceu prazo de um ano para órgão e entidades se adequarem à norma. O texto assegura a travestis e transexuais o direito de requerer, a qualquer momento, a inclusão de seu nome social em documentos oficiais e nos registros dos sistemas de informação, de cadastros, de programas, de serviços, de fichas, de formulários, de prontuários e congêneres dos órgãos e das entidades da administração pública federal direta, autárquica e fundacional.

(Agência Brasil)

Grupo M. Dias Branco marca assembleia geral para aprovação de balanço

O Grupo M. Dias Branco marcou para o próximo dia 7, em Fortaleza, reunião do seu Conselho de Administração. O encontro ocorrerá sob o comando de dona Consuelo Dias Branco, viúva de Ivens Dias Branco.

Contará também com a presença do conselheiro Afonso Celso Pastore e terá como ponto principal de pauta a aprovação do balanço do grupo relativo ao primeiro semestre do ano.

Bom lembrar que o Grupo M. Dias Branco é hoje o maior na América Latina na área de massas alimentícias.

Depois de Maia, Temer pode colidir com Eunício

Eunício, Renan e Temer – em algum lugar do passado.

O presidente Michel Temer já arrumou um tumulto com o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, ao deixar a porta do PMDB aberta a integrantes do PSB dispostos a sair do partido.

O presidente da Câmara enlouqueceu ao saber do movimento, uma vez que o DEM já havia iniciado conversas com os dissidentes do PSB.

Mas o flerte tem potencial para deflagrar uma nova crise, dessa vez no Salão Azul do Congresso. Entre os quadros do PSB com quem o presidente se sentou estava Danilo Forte, deputado pelo Ceará.

Ex-PMDB, ele e Eunício Oliveira, cacique peemedebista no Estado, não se suportam. Ou seja, caso Temer leve adiante a cortesia a Fortes, precisará conter a insatisfação do presidente do Senado.

Número de mortes por Aids diminuiu 12% na América Latina desde 2000

Antigamente, tínhamos mais campanhas de rua em Fortaleza sobre prevenção à Aids.

O número de mortes relacionadas com a Aids na América Latina diminuiu, em 12% entre os anos 2000 e 2016, apesar dos dados “preocupantes” em países como a Bolívia, Guatemala, Paraguai e Uruguai. O dado foi apresentado pelo Programa Conjunto das Nações Unidas sobre HIV/AIDS (Unaids).

No ano 2000 morreram na região cerca de 43 mil pessoas. Já em 2016 esse número caiu para 36 mil, um declínio a partir do aumento da disponibilidade de tratamentos antirretrovirais, segundo o último relatório apresentado em Paris (França) pelo órgão.

Este “progresso significativo” é impulsionado pela redução das mortes relacionadas com a Aids no Peru (62% entre 2000 e 2016), Honduras (58%) e Colômbia (45%), segundo informou a agência EFE.

O número de portadores de HIV na América Latina totalizou 1,8 milhões e as novas infecções seguem estáveis desde 2010, com quase 100 mil casos por ano.

A Unaids revelou que a quantidade de soropositivos com acesso a tratamentos antirretrovirais quase dobrou em seis anos (58%), passando de 511.700 pessoas em 2010 para 1 milhão em 2016, o que coloca a região acima da meia mundial (53%).

O órgão advertiu, no entanto, que “alguns países têm dificuldades em implementar seus programas” de medicação, como a Bolívia, onde apenas 25% das pessoas têm acesso ao tratamento, e o Paraguai, com 35%.

Na Venezuela, a crise econômica provocou a escassez “de muitos medicamentos essenciais, especialmente os antirretrovirais”, acrescentou.

Na Bolívia, Uruguai, Paraguai e Guatemala, a mortalidade por Aids aumentou entre 2000 e 2016. No entanto, nos dois primeiros, os números reduziram nos últimos anos. No caso da Bolívia, desde o pico alcançado em 2012, verificou-se uma queda nas mortes. No Uruguai, os números também diminuíram após 2010.

Já na Guatemala, a taxa de aumento da mortalidade é superior a 4%, após estabilidade entre 2003 e 2011. No Paraguai, também houve um período de estabilidade entre 2005 e 2010, mas desde então ocorre um aumento.

Um dos problemas na América Latina é o elevado custo dos tratamentos “em vários dos países mais afetados pelo HIV”, segundo o órgão, que elogiou as “licenças obrigatórias” promovidas pelo Brasil e o Equador, que permitem reproduzir um medicamento patenteado se não for para uso comercial.

O relatório aponta ainda que cerca de um terço dos soropositivos são diagnosticados em um estado avançado da doença, o que afeta “negativamente os esforços” médicos, segundo o relatório.

O HIV, classificado como ameaça para a saúde pública pela ONU, afeta um total de 36,7 milhões de mulheres e homens em todo o planeta, e desde a sua descoberta, em 1981, provocou 36 milhões de mortes.

(Agência Brasil)

Uma exposição com paisagens inquietantes ganha espaços no Ideal Clube

A Galeria do Iate Clube expõe, a partir desta quinta-feira, uma coletânea de trabalhos realizados pelo fotógrafo brasiliense Druso Frota. Radicado no Ceará ha 15 anos, a exposição “Paisagens Inquietantes, Olhares Penetrantes” apresenta trabalhos do artista ao longo de seus 10 anos de carreira.

Com um olhar sensível, a exposição “Paisagens Inquietantes, Olhares Penetrantes” é o resultado de dezenas de viagens de Druso Frota por diversos diversos estados brasileiros e Países como Colombia, Argentina, Vietnam e Tailandia.

“Minhas fotografias têm a intenção de transportar o espectador para ambientes que transcendem o imaginário e desperte novas emoções”, diz Druso Frota. A exposição se estenderá até 12 de agosto.

(Foto – Divulgação)

Lula inclui Camilo Santana entre presidenciáveis do PT se acabar barrado pela Justiça

O ex-presidente Lula apontou o governador Camilo Santana (PT) como um dos nomes do Partido dos Trabalhadores para concorrer à presidência da República em 2018 caso o Tribunal Regional Federal da 4ª região mantenha a sentença do juiz Sergio Moro e o impeça de concorrer no ano que vem.

Além do cearense, o petista citou os nomes dos gestores de Minas Gerais, Fernando Pimentel, e da Bahia, Rui Costa, como “governadores em três Estados importantes que têm cacife para ser candidatos” em 2018.

A declaração foi dada durante entrevista transmitida pela internet, nesta quinta-feira, 20, com os jornalistas José Trajano, Juca Kfouri e Antero Greco.

O governador cearense já havia defendido o nome do aliado, ex-governador Ciro Gomes (PDT), para a disputa presidencial, com Fernando Haddad na condição de vice. O PDT já lançou informalmente o irmão de Cid ao Palácio do Planalto.

Desde então, Camilo tem evitado adiantar a disputa presidencial do ano que vem, já que seu padrinho político no Ceará pode ser adversário de Lula na eleição de 2018. Recentemente, o governador chegou a dizer que o ex-presidente “é o grande nome para ser candidato a presidente da República pelo PT e pela esquerda”.

Haddad

Lula, no entanto, acredita que o nome mais preparado entre os correligionários seja o do ex-prefeito de São Paulo, Fernando Haddad.

(Com Blog de Política)

Índice de Confiança do empresário da indústria registra queda em julho

O Índice de Confiança do Empresário Industrial (Icei) registrou 50,6 pontos em julho. Na comparação com junho, o resultado representa uma queda de 1,3 ponto. Se for comparado a março, acumula uma queda de 3,6 pontos.

As empresas que registraram confiança foram as de grande porte, com 52,3 pontos. As demais ficaram abaixo dos 50 pontos, linha divisória que indica se estão ou não confiantes, em uma escala que varia de zero a 100. No caso das de médio porte, 49,6 pontos, e das de pequeno porte, 47,9 pontos. O resultado foi divulgado hoje (20), em Brasília, pela Confederação Nacional da Indústria (CNI).

O estudo indica a percepção dos empresários sobre as condições atuais e as expectativas para a economia e a empresa nos próximos seis meses. Segundo a CNI, como o resultado de julho (50,6 pontos) está praticamente em cima da linha divisória, não é possível afirmar nem que os empresários estão confiantes, nem que estão sem confiança para fazer investimentos.

(Agência Brasil)

Governo desiste de aumentar impostos e elevará nível de contingenciamento orçamentário

Ministro Henrique Meirelles (Fazenda).

Quem informa é a jornalista Miriam Leitão, no O Globo desta quinta-feira: o anúncio do novo aumento de imposto será nesta sexta-feira e com uma reviravolta: o governo vai aumentar o contingenciamento do Orçamento.

De acordo com a jornalista, serão bloqueados mais R$ 5 bi temporariamente. Pelas contas feitas pela equipe econômica, mesmo com o aumento do PIS/Cofins não se chega a cobrir a diferença entre a meta fiscal e o déficit apurado até o momento.