Blog do Eliomar

Categorias para Brasil

FNDE repassa R$ 948,5 milhões Estados, municípios e DF

Distrito Federal, estados e municípios de todo o Brasil já podem investir a parcela de junho do salário-educação. Disponíveis desde a quinta-feira, 13, os recursos, que totalizam R$ 948,5 milhões, foram repassados pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), autarquia vinculada ao MEC. Desse montante, foram destinados R$ 517,8 milhões às redes municipais e R$ 430,7 milhões às redes estaduais e distrital.

Ao lado do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb), o salário-educação é uma das principais fontes de recursos para a manutenção e o desenvolvimento do ensino. Trata-se de uma contribuição social recolhida de todas as empresas e entidades vinculadas ao Regime Geral da Previdência Social. A alíquota é de 2,5% sobre a folha de pagamento.

Após a arrecadação, feita pela Receita Federal, cabe ao FNDE repartir os recursos, sendo 90% em cotas estadual/municipal (2/3) e cota federal (1/3), e 10% para serem utilizados pela autarquia em programas e ações voltados à educação básica, com o objetivo de reduzir os desníveis socioeducacionais entre municípios e estados.

SERVIÇO

*Os valores transferidos a cada ente federativo podem ser conferidos na página eletrônica do FNDE, em Liberação de recursos.

Cartão-Reforma – Decreto sobre o programa é publicado no Diário Oficial da União

Foi publicado hoje (14), no Diário Oficial da União, o decreto  que detalha os valores que serão pagos aos beneficiários do Cartão Reforma, do governo federal. O programa visa a melhorar as condições de vida de famílias com renda mensal de até R$ 2.811, por meio da reforma, ampliação ou conclusão das moradias, sem necessidade de devolução posterior do valor.

O auxílio varia conforme a categoria de obra planejada e a composição da família. Obras para fazer o sistema de esgoto sanitário poderão ser favorecidas com, no máximo, R$ 1.645,88. Já as famílias que quiserem ampliar moradias com mais de três moradores por dormitório receberão até R$ 8.048,18.  Residências sem banheiro de uso exclusivo serão custeadas com até R$ 5.009,84 e domicílios com cobertura inadequada, com até R$ 4.594,59.

Caso o objetivo seja concluir a construção, a família poderá obter um auxílio de R$ 7.000,21. Esse valor poderá ser destinado à complementação de instalações elétricas e hidrossanitárias, a revestimentos internos ou externos, incluindo pintura, e a forros e reforma da cobertura. Nessa classe, também são englobadas a instalação de pisos e esquadrias e a adaptação do imóvel para acessibilidade.

Critérios para adesão

O beneficiário deverá residir no local da reforma. Ele fica responsável por fornecer mão de obra, equipamentos e ferramentas para a execução dos serviços, mas contará com assistência técnica de profissionais da área, que farão visitas periódicas. A contribuição poderá ser concedida mais de uma vez à família, desde que não ultrapasse R$ 9.646,07.

Poderão aderir ao programa maiores de 18 anos ou emancipados. Outro pré-requisito é possuir um celular habilitado para receber SMS. É necessário que o imóvel seja o único da família e esteja em área regularizada. Imóveis em precariedade extrema, como aqueles formados por taipa não revestida, madeira aproveitada e palha, não são abrangidos pelo programa.

A publicação complementa o decreto publicado no final de junho, que determinava as condições para recebimento do subsídio. Ela esclarecia ainda que o cartão tem validade de um ano e que o valor disponibilizado é parcelado.

A meta do Ministério das Cidades é de 170 mil famílias beneficiadas até o término de 2018. A pasta ainda definirá os limites de subvenção distribuída a cada estado e município, com base no Censo 2010 do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Os interessados, vendedores de materiais de construção e entes apoiadores podem consultar mais informações no site oficial do programa.

(Agência Brasil)

Funece abre inscrições para seleção de professores

A Universidade Estadual do Ceará (Funece) lançou o Edital nº 39/2017 que tem por objetivo a seleção de professores (ocupação de vagas e cadastro de reserva) para atuação no Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec), no âmbito da Funece – exercício de 2017.

Serão ofertadas vagas nos cursos de Agricultor Familiar, Avicultor, Caprinocultor, Agente de Informações Turísticas, Inglês aplicado aos Serviços Turísticos, Libras, Agente de Desenvolvimento Sócio Ambiental, Higienista de Serviços de Saúde e Assistente de Secretaria Escolar.

Poderão participar da seleção docentes integrantes do Grupo Ocupacional Magistério Superior (MAG) das Universidades Estaduais do Estado do Ceará; docentes com vínculo funcional nas esferas federal, estadual e municipal; professores sem vinculação com a Administração Pública; e profissionais atuantes nas áreas de formação acadêmica dos cursos com experiência em Educação Profissional.

Inscrições

Os candidatos interessados deverão entregar ficha de inscrição e documentação exigida em Edital na secretaria da Unidade de Educação Profissional da Uece (Unep), no prédio da Reitoria, Campus Itaperi, no período de 17 a 21 de julho, das 8 às 12 horas e das 13 às 17 horas. O pagamento da taxa de inscrição, no valor de R$ 50, deverá ser efetuado por meio de depósito bancário.

O candidato poderá se inscrever, concorrer e ser selecionado, no máximo, em duas vagas/curso/disciplina/município, desde que atenda às exigências de formação acadêmica, que seja do interesse da Funece e que não haja simultaneidade de calendário e horários.

SERVIÇO

*Leia o Edital e o Adendo nº 01.

*Mais informações – (85) 3101-9997.

Escoliose moral, pior que a Chikungunya

Com o título “Escoliose Moral, pior que a Chikungunya”, eis artigo do advogado Irapuan Diniz de Aguiar. Eis como ele vê atualmente os parlamentares e o Parlamento brasileiro. Confira:

Os recentes episódios que vêm ocorrendo no parlamento brasileiro, seja na esfera federal ou estadual, fartamente expostos pela mídia, demonstram a total falta de compromisso dos nossos representantes com os interesses coletivos e cristaliza a crise moral. O que preside as ações e os comportamentos dos parlamentares é a preocupação, tão somente, com a própria manutenção no poder e a obtenção de vantagens pessoais, conduzindo-se por uma inclinação devassa que chega a enojar.

Essa realidade, ao tempo em que desencanta e desestimula os eleitores, permite que se possa refletir sobre as fontes dos infortúnios brasileiros, entre as quais a crescente crise ética e moral que se instalou no Legislativo. A grande disputa de espaços e a perene luta pelo poder faz com que deputados e senadores passem a ver seus colegas, não como oponentes nos debates das idéias, mas como competidores por conta de, em regra, seguirem cega obediência ao Olimpo, se desnudando dos valores que deveriam engrandecer seus mandatos. O Parlamento, dessa forma, fica dividido entre os que “pisam” e os que são “pisados” – colocando os iguais em planos diferentes.

Vivemos uma crise de legitimidade do modelo político, por não corresponder às necessidades de participação e de mudança da sociedade. Amarguramos uma crise de representatividade dos partidos políticos tradicionais, vinculados as oligarquias regionais e/ou aos mandatários de plantão. Antes da crise econômica ou política, experimentamos uma profunda esta profunda crise ética e moral decorrente da fragilidade de tais práticas condenáveis no exercício do múnus público. A esperança de obter ganhos e espaços induz o Parlamentar a se submeter a determinações que lhe retiram a oportunidade de se afirmar como legítimo representante do povo o qual deixa de ser o “seu patrão”. A vontade do povo é substituída, por conseqüência, pelo desejo do governante.

A ética e a moral são valores do homem livre. Na ética se mede a forma pela qual o homem deve se comportar no meio social sendo, pois, a ciência da conduta humana. Ela está intimamente ligada ao caráter das pessoas. Na moral se avalia a qualidade desta conduta.

A inobservância a estas regras de convivência humana dá lugar a toda sorte de posturas condenáveis que contaminam os que fazem o Parlamento, não só o apequenando diante dos olhos da sociedade mas, e especialmente, atingindo suas dignidades. A esta enfermidade que acomete os legisladores do país podemos denominar de ‘escoliose moral’ cuja cura é difícil porquanto para ela não tem remédio já que a mudança está na índole e na consciência de cada um dos detentores de mandato popular.

*Irapuan Diniz Aguiar,

Advogado.

Justiça tranca ação contra nadador que relatou falso assalto nos Jogos do Rio

Só ocorre crime de comunicação falsa de delito quando a polícia toma medidas a partir da narrativa da suposta vítima — não quando a história é registrada oficialmente depois de a autoridade já ter começado a agir. Assim entendeu a 5ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro ao trancar ação penal contra o nadador norte-americano Ryan Lochte.

Ele veio ao Brasil em agosto do ano passado, para competir nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, e disse que havia sido assaltado com mais três atletas quando voltavam de uma festa. Segundo a Polícia Civil do estado, porém, o grupo provocou danos em um posto de gasolina e entregou dinheiro a um homem para reparar os estragos.

Lochte e o colega James Feigen foram acusados de comunicação falsa de crime. A defesa alegou que a polícia agiu de ofício com base em entrevista concedida por Lochte à emissora americana NBC News, ouvindo o réu formalmente apenas no dia seguinte.

O advogado Tiago Martins Lins e Silva afirmou que, mesmo se o depoimento tiver apresentado “incorreções” ou sido “inteiramente falso”, não foi a comunicação à autoridade policial que deu início à investigação.

Nessa quinta-feira (13/7), o TJ-RJ aceitou pedido de Habeas Corpus e trancou o processo. Ficou vencido o relator, desembargador Luciano Silva Barreto, que não via motivos para encerrar o caso por meio de HC. Já o desembargador Paulo Baldez concordou com os argumentos da defesa, sendo seguido por maioria de votos.

A decisão ainda não foi publicada. O nadador foi suspenso por dez meses por causa da história falsa. No último dia 1º de julho, Lochte anunciou em sua conta no Twitter que o prazo acabou e que ele se tornou um “homem melhor” depois do episódio.

Vítor Frota comandará a Academia Cearense de Engenharia

Victor e o presidente da Academia Nacional de Engenharia, Francis Bogossian.
 
O presidente do Conselho de Engenharia e Agronomia do Ceará (Crea-CE), engenheiro civil Victor Frota, acaba de ser eleito presidente da Academia Cearense de Engenharia (ACE) para o mandato com início em 11 de dezembro de 2017 e término em 10 de dezembro de 2019. Victor Frota foi um dos fundadores da academia (surgiu em 2015).
Ele participa em São Paulo do Encontro Nacional da Engenharia Civil, onde aproveitou para confirmar a vinda para seu ato de posse à frente da academia, do engenheiro Francis Bogossian, presidente da Academia Nacional de Engenharia. A posse ocorrerá em dezembro.
DETALHE – O vice-presidente de Vitor Frota é um ex-presidente do Crea-CE, Antonio Salvador da Rocha.
(Foto – Divulgação)

Rogéria é internada no Rio

A atriz Rogéria está internada desde a manhã de ontem (13) na Casa de Saúde Pinheiro Machado, na zona sul do Rio de Janeiro, por causa de uma infecção urinária, segundo seu produtor, Alexandro Haddad. O hospital não divulgou boletim de saúde.

De acordo com o produtor, Rogéria se queixou de dores na coluna na noite anterior à sua internação e, em um primeiro momento, foi atendida e medicada em casa, na zona sul do Rio de Janeiro. Com a persistência das dores, ela foi levada à unidade de saúde, onde deu entrada por volta de 6h de ontem.

No hospital, os médicos identificaram que a causa das dores era uma infecção urinária, segundo Haddad. Ele conta que Rogéria está internada na Unidade de Terapia Intensiva apenas para ser observada mais de perto e diz que o caso não é grave.

“Ela está bem, está corada, está em um quarto separado, com televisão. Nem está em leito”, disse Haddad. “O médico brincou que ela está com a saúde melhor do que a dele”.

(Agência Brasil/Foto – Revista Quem)

Vitor Valim é a favor da investigação de Temer: “Ninguém está acima da lei!”

432 1

Do deputado federal Vitor Valim (PMDB) sobre a abertura de processo contra o presidente Michel Temer:

“A minha posição nunca mudou. Nunca tive dúvida, sempre fui a favor de investigação contra quem quer que seja. Ninguém está acima da lei. Todo mundo precisa ser investigado. Voltarei favorável à abertura do inquérito contra o Presidente Michel Temer.”

A votação do parecer contrário à abertura de processo está marcada para 4 de agosto próximo. Valim ficará, portanto, com a oposição.

O governo Temer diz ter maioria para derrubar essa matéria.

Presidente da Fiec participa de reunião da Sudene que discute atração de investimentos

Edilson Baldez (FIEMA), Ricardo Essinger (FIEPE), Amaro Sales ( FIERN), Carlos Lyra( FIEAL), Bneto Studart e Francisco Gadelha ( FIEPB)

O presidente da Federação das Indústrias do Ceará, Beto Studart, participa, nesta semana, no Recife (PE), da reunião da Sudene que trata do Roadshow Investimento e Desenvolvimento do Nordeste. O encontro acontece a pedido da Associação Nordeste Forte, que reúne os presidentes de federação de indústrias do Nordeste.

Acompanham ainda o presidente Beto, o secretário de Desenvolvimento Econômico do Ceará, César Ribeiro, além de Carlos Prado, Firmo de Castro , Assis Neto, Fernando Castelo Branco e o chefe de gabinete da FIEC, Sergio Lopes.

O evento tem como objetivo debater projetos, recursos e desafios, visando promover o desenvolvimento e incrementar a economia do setor industrial no Nordeste. Ocorre na sede da Federação das Indústrias do Estado de Pernambuco (FIEPE).

Road show

O Road Show é o primeiro de uma série de encontros regionais que serão realizados nos nove estados do Nordeste, e vai viabilizar um modelo de atração de empresas para a região.

A ideia é levar informações aos empresários sobre a atuação da Superintendência, focando nos instrumentos e políticas capazes de atrair projetos que impulsionem o desenvolvimento, ampliando a geração de emprego e renda na Região.

(Foto – Sudene)

Atividade econômica registra queda em maio

A atividade econômica registrou queda em maio. O Índice de Atividade Econômica do Banco Central (IBC-Br) dessazonalizado (ajustado para o período) apresentou queda de 0,51%, comparado a abril, de acordo com dados divulgados hoje (14).

Na comparação entre maio deste ano e o mesmo mês de 2016, houve crescimento de 1,40%, de acordo com os dados sem ajustes já que são períodos iguais na comparação.

Em 12 meses encerrados em maio, a retração ficou em 2,23% e no ano, em 0,05%.

O IBC-Br é uma forma de avaliar a evolução da atividade econômica brasileira e ajuda o BC a tomar suas decisões sobre a taxa básica de juros, a Selic.

O índice incorpora informações sobre o nível de atividade dos três setores da economia: indústria, comércio e serviços e agropecuária, além do volume de impostos. Mas o indicador oficial sobre o desempenho da economia é o Produto Interno Bruto (PIB) , calculado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

(Agência Brasil)

Lula ganha um “papagaio de pirata” imbatível

240 2

Durante seu pronunciamento, nessa quinta-feira, para falar sobre sua condenação a nove anos e seis meses pelos crimes de lavagem de dinheiro e corrupção passiva, o ex-presidente Lula não ganhou só a solidariedade dos petistas.

Segundo a turma maldosa da política local, ganhou também um “papagaio de pirata” imbatível, que não largou do seu pé nesse clima de esclarecimentos contra a sentença do juiz federal Sergio Moro: o deputado federal cearense José Nobre Guimarães, que ficou à direita de Lula em tudo que foi holofote.

Bom lembrar que Guimarães é o líder da minoria na Câmara.

(Foto – Exame)

“Shaolin do Sertão” disputa em cinco categorias do Grande Prêmio do Cinema Brasileiro

Apelidado de “Oscar do cinema nacional”, pela pompa, pela gala e pelo espírito de integrar produtores, diretores e atores num clima de “indústria”, o Grande Prêmio do Cinema Brasileiro chega este ano à sua 16ª edição – a ser realizada no dia 5 setembro, no Teatro Municipal do Rio de Janeiro – tendo Elis, de Hugo Prata, como seu líder de indicações.

Entre os destaques, aparece o filme “Shaolin Do Sertão”, do cearense Halder Gomes disputando em cinco categorias: melhor longa-comédia, melhor som, melhor figurino, melhor direção de arte e melhor maquiagem.

Ao todo, 35 longas e 18 curtas-metragens concorrem em 24 categorias. Este ano, a direção da cerimônia ficou a cargo de Bia Lessa, uma das mais prestigiadas diretoras de teatro do Brasil.  O ator Antonio Pitanga (Ganga Zumba) e a atriz e cineasta Helena Ignez (Ralé) serão alvo de homenagens na cerimônia pelo conjunto de suas carreiras. Confira os indicados:

Melhor Longa-Metragem De Ficção

  • Aquarius, de Kleber Mendonça Filho
  • Boi Neon, de Gabriel Mascaro.
  • Elis, de Hugo Prata.
  • Mãe Só Há Uma, de Anna Muylaert.
  • Nise – O Coração Da Loucura de Roberto Berliner

Melhor Longa-Metragem Documental

  • Cícero Dias, o Compadre De Picasso, De Vladimir Carvalho
  • Cinema Novo, de Eryk Rocha.
  • Curumim, de Marcos Prado.
  • Eu Sou Carlos Imperial, de Renato Terra E Ricardo Calil
  • Marias, de Joana Mariani.
  • Menino 23 – Infâncias Perdidas No Brasil, de Belisario Franca
  • Quanto Tempo O Tempo Tem, de Adriana L. Dutra

Melhor Longa-Metragem Comédia

  • BR716, de Domingos Oliveira
  • É Fada!, de Cris D’Amato
  • Minha Mãe É Uma Peça 2, de César Rodrigues
  • O Roubo da Taça, de Caito Ortiz
  • O Shaolin do Sertão, de Halder Gomes

Melhor Direção

  • Afonso Poyart por Mais Forte Que O Mundo – A História De José Aldo
  • Anna Muylaert por Mãe Só Há Uma
  • David Schurmann por Pequeno Segredo
  • Gabriel Mascaro por Boi Neon
  • Kleber Mendonça Filho por Aquarius

Melhor Atriz

  • Adriana Esteves como Dilza por Mundo Cão
  • Andréia Horta como Elis por Elis
  • Glória Pires como Nise da Silveira Por Nise – O Coração Da Loucura
  • Julia Lemmertz como Heloisa por Pequeno Segredo
  • Sonia Braga como Clara Ppor Aquarius
  • Sophie Charlotte como Severina por Reza A Lenda

Melhor Ator

  • Caio Blat como Felipe por BR716
  • Cauã Reymond como Ara por Reza A Lenda
  • Chic Diaz como Gomez por Em Nome Da Lei
  • Domingos Montagner como Covro por Um Namorado Para Minha Mulher
  • Juliano Cazarré como Iremar por Boi Neon
  • Lázaro Ramos como Paulinho por Mundo Cão

Melhor Atriz Coadjuvante

  • Alice Braga como Sandra por Entre Idas E Vindas
  • Andréa Beltrão como Ana Lucia por Sob Pressão
  • Laura Cardoso como Yolanda por De Onde Eu Te Vejo
  • Maeve Jinkings como Ana Paula por Aquarius
  • Maeve Jinkings como Galega por Boi Neon
  • Sophie Charlotte como Gilda por BR716

Melhor Ator Coadjuvante

  • Caco Ciocler como César Camargo Mariano por Elis
  • Dan Stulbach como Marcos por Meu Amigo Hindu
  • Flavio Bauraqui como Octávio Ignácio por Nise – O Coração Da Loucura
  • Gustavo Machado como Ronaldo Bôscoli por Elis
  • Irandhir Santos como Roberval por Aquarius

Melhor Direção De Fotografia

  • Adrian Teijido por Elis
  • André Horta por Nise – O Coração Da Loucura
  • Diego Garcia por Boi Neon
  • Marcelo Corpanni por Reza A Lenda
  • Mauro Pinheiro Junior por Meu Amigo Hindu

Melhor Roteiro Original

  • Afonso Poyart e Marcelo Rubens Paiva por Mais Forte Que O Mundo – A História De José Aldo
  • Anna Muylaert por Mãe Só Há Uma
  • Domingos Oliveira por Br716
  • Gabriel Mascaro por Boi Neon
  • Kleber Mendonça Filho por Aquarius

Melhor Roteiro Adaptado

  • Fil Braz E Paulo Gustavo or Minha Mãe É Uma Peça 2
  • Hilton Lacerda e Ana Carolina Francisco por Big Jato
  • Lusa Silvestre E Julia Rezende por Um Namorado Para Minha Mulher
  • Neville D’almeida e Michel Melamed por A Frente Fria Que A Chuva Traz
  • Walter Lima Jr por Através Da Sombra

Melhor Direção De Arte

  • Clovis Bueno, Isabel Xavier e Caroline Schamall por Meu Amigo Hindu
  • Daniel Flaskman por Nise – O Coração Da Loucura
  • Frederico Pinto por Elis
  • Juliana Ribeiro por O Shaolin Do Sertão
  • Juliano Dornelles e Thales Junqueira por Aquarius

Melhor Figurino

  • Cássio Brasil por Reza A Lenda
  • Cris Kangussu por Nise – O Coração Da Loucura
  • Cristina Camargo por Elis
  • Flora Rebollo por Boi Neon
  • Luciana Buarque por O Shaolin Do Sertão

Melhor Maquiagem

  • Alex De Farias por Boi Neon
  • Anna Van Steen por Elis
  • Bruna Nogueira por Meu Amigo Hindu
  • Cristiano Pires por O Shaolin Do Sertão
  • Tayce Vale por Reza A Lenda

Melhores Efeitos Visuais

  • Binho Carvalho e José Francisco por Reza A Lenda
  • Eduardo Amodio por Aquarius
  • Guilherme Ramalho por Elis
  • Marcelo Siqueira por Pequeno Segredo
  • Mari Figueiredo por Mais Forte Que O Mundo – A História De José Aldo

Melhor Montagem Ficção

  • Eduardo Serrano por Aquarius
  • Fernando Epstein e Eduardo Serrano por Boi Neon
  • Gustavo Giani por Meu Amigo Hindu
  • Karen Harley por Big Jato
  • Tiago Feliciano por Elis

Melhor Montagem Documentário

  • Alexandre Lima por Curumim
  • Gabriel Medeiros por Geraldinos
  • Jordana Berg por Eu Sou Carlos Imperial
  • Renato Vallone por Cinema Novo
  • Yan Motta por Menino 23 – Infâncias Perdidas No Brasil

Melhor Som

  • Alfredo Guerra e Érico Paiva por O Shaolin Do Sertão
  • Fabian Oliver, Mauricio D’orey e Vicent Sinceretti por Boi Neon
  • Gabriela Cunha, Daniel Turini, Fernando Henna e Paulo Gama por Sinfonia Da Necrópole
  • Jorge Rezende, Alessandro Laroca, Armando Torres Jr. e Eduardo Virmond Lima por Elis
  • Nicolas Hallet E Ricardo Cutz por Aquarius
  • Paulo Ricardo Nunes, Miriam Biderman, Ricardo Reis e Paulo Gama por Reza a Lenda

Melhor Trilha Sonora Original

  • Alceu Valença por A Luneta Do Tempo
  • Antonio Pinto por Pequeno Segredo
  • Dj Dolores por Big Jato
  • Jaques Morelenbaum por Nise – O Coração Da Loucura
  • Otavio De Moraes por Elis

Melhor Trilha Sonora

  • Alexandre Guerra por O Vendedor De Sonhos
  • Bernardo Uzeda por Mate-Me Por Favor
  • Domingos Oliveira por Br716
  • Mateus Alves por Aquarius
  • Mauricio Tagliari por Mundo Cão

Melhor Longa-Metragem Estrangeiro

  • A Chegada – De Denis Villeneuve
  • A Garota Dinamarques – De Tom Hooper.
  • Animais Noturnos– De Tom Ford
  • Elle– De Por Paul Verhoeven
  • O Filho De Saul– De László Nemes
  • Spotlight – Segredos Revelados – De Tom Mccarthy

Melhor Curta-Metragem Animação

  • Cartas, de David Mussel
  • O Caminho dos Gigantes, de Alois Di Leo
  • O Projeto Do Meu Pai, de Rosaria Maria
  • Quando ds Dias Eram Eternos, de Marcus Vinicius Vasconcelos
  • Tango, de Francisco Gusso e Pedro Giongo
  • Vento, de Betânia Furtado
  • Vida de Boneco, de Flávio Gomes

Melhor Curta-Metragem Documentário

  • A Morte do Cinema, de Evandro De Freitas
  • Abissal, de Arthur Leite
  • Aqueles Anos de Dezembro, de Felipe Arrojo Poroger
  • Buscando Helena, de Ana Amélia Macedo e Roberto Berliner
  • Índios No Poder, de Rodrigo Arajeju
  • Orquestra Invisível Let’s Dance, de Alice Riff

Melhor Curta-Metragem Ficção

  • A Moça Que Dançou Com o Diabo, de João Paulo Miranda Maria
  • Constelações, de Maurílio Martins
  • E O Galo Cantou, de Daniel Calil
  • Não Me Prometa Nada, de Eva Randpolph
  • O Melhor Som Do Mundo, de Pedro Paulo De Andrade

Tem voto popular também no GPCB: a votação será aberta no dia 1º de agosto, a partir de quando o público vai poder eleger seus preferidos através do site da Academia Brasileira de Cinema nas categorias “Melhor Longa-metragem Ficção”, “Melhor Longa-metragem Documental” e “Melhor Longa-metragem Estrangeiro”.

*Confira mais sobre Grande Prêmio do Cinema Brasileiro

Fiec agradece aos senadores Tasso e Eunício pelo apoio à Reforma Trabalhista

297 1

Os jornais locais de Fortaleza, desta sexta-feira, estampam uma página paga pela Federação das Indústrias do Ceará (Fiec). A entidade destaca a participação de dois dos três senadores cearenses na aprovação da reforma trabalhista.

Lembra que foi um momento histórico para o País essa aprovação, destacando que Tasso Jereissati (PSDB) e Eunício Oliveira (PMDB) confirmaram “as suas trajetórias de homens públicos comprometidos com o desenvolvimento”.

E conclui: ‘” eles, o agradecimento da indústria cearense.”

DETALHE – Fora dessa festa da Fiec ficou o senador José Pimentel, do PT.

Lei que altera a CLT é publicada no Diário Oficial da União

A Lei nº 13.467, que altera a Consolidação das Leis do Trabalho (CLT), aprovada pelo Decreto-Lei no 5.452, de 1º de maio de 1943, também chamada de Lei de Modernização Trabalhista, está publicada na edição de hoje (14) do Diário Oficial da União. Essa lei foi sancionada ontem (13) pelo presidente da República, Michel Temer, que, em cerimônia no Palácio do Planalto, na presença de ministros e parlamentares, entre outras autoridades, disse que os direitos dos trabalhadores estão sendo preservados.

“Este projeto de Lei é a síntese de como esse governo age. Como eu tenho dito, o diálogo é essencial, mas também a responsabilidade social. Estamos preservando todos os direitos dos trabalhadores. A Constituição Federal assim determina”.

A aprovação da reforma, tida pelo governo como uma de suas prioridades, divide opiniões. Mas o presidente e sua equipe garantem que a modernização da CLT vai aumentar a geração de empregos e dar segurança jurídica tanto para empregados quanto para empregadores.

“O que fizemos foi avançar. Contratos que antes não comportavam carteira assinada hoje estão previstos expressamente. Nossa consolidação, que foi na época um grande avanço, é de 1943. É claro que o mundo não é mais de 1943, é do século 21. E fizemos a adaptação ao século 21. Hoje há uma igualdade na concepção. As pessoas são capazes de fazer um acordo, de um lado os empregados, de outro, os empregadores”, frisou Temer.

Pontos polêmicos

Alguns pontos da lei, no entanto, serão alterados após diálogo com o Congresso. O governo enviou aos parlamentares uma minuta com os pontos da medida provisória (MP) com a qual pretende alterar a reforma trabalhista. A minuta toca em dez pontos da reforma, entre eles temas polêmicos que foram discutidos durante a tramitação, como o trabalho intermitente, a jornada 12 por 36 horas e o trabalho em condições insalubres das gestantes e lactantes.

Segundo o líder do governo senador Romero Jucá, relator da reforma na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), não há prazo definido para a conclusão da MP e há tempo para sua edição. “Encaminhei hoje [a MP] para vários parlamentares os pontos que são objeto do acordo no Senado para serem discutidos. Na hora que estiverem amadurecidos, a MP será editada. Não tem previsão. É importante dizer que esta lei só vale daqui a 120 dias. Para ter uma medida provisória que modifique a lei, ela tem que ocorrer antes de 119 dias. Então nós temos um prazo razoável”, disse.

(Agência Brasil)

Congresso aprova LDO 2018

Após concluir a votação dos vetos presidenciais, deputados e senadores aprovaram, ness anoite de quinta-feira, a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de 2018, que estabelece as prioridades e metas orçamentárias do governo para o ano que vem. O texto, que segue para sanção presidencial, mantém a meta fiscal proposta pelo governo e prevê para 2018 deficit primário de R$ 131,3 bilhões para o conjunto do setor público consolidado (que engloba o governo federal, os estados, municípios e as empresas estatais).

Esta será a primeira LDO a entrar em vigor após aprovação da Emenda Constitucional do Teto de Gastos Públicos, que atrela os gastos à inflação do ano anterior, por um período de 20 anos.

De acordo com o parecer do relator, Marcus Pestana (PSDB-MG), aprovado pelo Congresso, a aplicação do Teto dos Gastos faz com que exista a avaliação da possibilidade de expandir as despesas primárias (obrigatória e discricionária) tendo como base um aumento de cerca de 3% (ou um  incremento de aproximadamente R$ 39 bilhões), que corresponde à correção pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) acumulado entre  julho de 2016 e junho de 2017.

Entenda a LDO

A LDO define as metas e prioridades do governo para o ano seguinte, orienta a elaboração da lei orçamentária anual e fixa limites para os orçamentos dos poderes Legislativo e Judiciário e do Ministério Público.

O texto prevê o aumento do salário mínimo de R$ 937 para R$ 979 em 2018 e aumenta a meta de déficit primário (Orçamentos Fiscal e da Seguridade Social da União) do governo federal para o ano que vem, de R$ 79 bilhões para R$ 129 bilhões. Estatais federais terão como meta o deficit de R$ 3,5 bilhões – nos estados e municípios, a projeção é de superavit de R$ 1,2 bilhão.

Os números não consideram uma eventual aprovação da reforma da Previdência.

A LDO prevê ainda, para o ano que vem, crescimento real da economia brasileira de 2,5%, taxa básica de juros (Selic) em 9%, Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) de 4,5% no ano e dólar a R$ 3,40 no fim do período.

Caso os números apresentados pelo governo na PLO se confirmarem, o ano de 2018 será o quinto consecutivo de deficit primário. Os saldos negativos contribuem para o crescimento da dívida do governo.

Com a aprovação da LDO, o Congresso pode entrar em recesso, que começa no dia 18 e vai até 31 de julho. É a primeira vez em três anos que os parlamentares aprovam a Lei de Diretrizes Orçamentária no primeiro semestre.

(Agência Brasil)

Jovens de São Gonçalo do Amarante fazem vaquinha online para produzir filme

Um grupo de jovens da cidade de São Gonçalo do Amarante (Região Metropolitana de Fortaleza) está promovendo uma vaquinha online com o objetivo de arrecadar recursos para a produção do curta “Santo de Casa não faz milagre’”, que será gravado em agosto, no distrito de Siupé, com previsão de lançamento para novembro.

“Toda a equipe de produção e o elenco é formado por pessoas que moram no município, tanto atores experientes, como figuras populares. Queremos colocar São Gonçalo na telona de uma forma autêntica”, explica o publicitário e diretor do filme, Bruno D’Moraes.

Com um sonho de produzir cinema no Interior, o grupo fundou a produtora Anacetaba Filmes e aposta na primeira grande produção da cidade. “O nome Anacetaba é uma homenagem ao primeiro nome do município, que foi fundado pelos índios Anacés”, adianta a jornalista e diretora de fotografia, Ana de Sousa.

A produtora é formada também por Álvaro Queiroz, Karlos Emanuel, Matheus Alves, Matheus Lopes e Tércio dos Santos, entre profissionais do Jornalismo, Publicidade, Cinema, músicos e estudantes universitários. “Nosso objetivo é inscrever o curta em Festivais de Cinema e em editais para, futuramente, gravarmos um longa”, afirma Bruno D’Moraes.

Roteiro

Na pacata cidadezinha de Luiz Gonzaga, no interior do Ceará, o santo padroeiro São José está com baixa popularidade entre os fiéis. O motivo é que ninguém tem notícia da realização de um milagre sequer. O padre roga para que os devotos recorram ao santo, mas a população está desconfiada de que algo de estranho esteja acontecendo e o problema vai parar na Prefeitura e na Câmara Municipal. O filme “Santo de Casa não faz milagre” é uma comédia matuta que se passa no final da década de 90 e resgata as tradições religiosas muito comuns nesses locais, como novena, procissão e leilão de igreja.

SERVIÇO

*Para produzir o curta-metragem, os jovens lançaram uma vaquinha online com o objetivo de arrecadar R$ 3 mil. A campanha está no ar desde o dia 13 de junho e segue até o dia 24 de julho. Até o momento foram arrecadados R$ 1.700, ou seja, 56% do desejado.

*As doações poderão ser feitas por meio do site Vakinha Online, com valores a partir de R$ 20 (https://www.vakinha.com.br/vaquinha/curta-metragem-santo-de-casa-nao-faz-milagre). O doador tem a opção de pagar via cartão de crédito ou boleto bancário. “Como forma de agradecer nossos doadores, iremos colocar o nome de cada um nos créditos do filme”, explica o diretor.

*Para outras doações, entrar em contato pelo telefone (85) 98527-6939.

(Foto – Divulgação)

 

Mercado financeiro aumenta projeção de déficit nas contas públicas deste ano

Instituições financeiras consultadas pelo Ministério da Fazenda aumentaram a previsão do déficit primário do governo central (Tesouro Nacional, Previdência Social e Banco Central), neste ano, de R$ 142,051 bilhões para R$ 145,268 bilhões, valor acima da meta do governo de déficit de R$ 139 bilhões.

A projeção consta da pesquisa Prisma Fiscal, elaborada pela Secretaria de Política Econômica do Ministério da Fazenda, com base em informações de instituições financeiras do mercado. O resultado foi divulgado hoje (13). Para 2018, a estimativa de déficit ficou em R$ 129 bilhões, contra R$ 127,446 bilhões, previstos no mês passado.

A projeção da arrecadação das receitas federais, este ano, ficou em R$ 1,340 trilhão, contra R$ 1,345 trilhão, previsto no mês passado.

A pesquisa apresenta também a projeção para a dívida bruta do governo geral, que na avaliação das instituições financeiras, deve ficar em 75,6% do Produto Interno Bruto (PIB), ante a previsão anterior de 75,47% para este ano. Para 2018, a estimativa foi ajustada de 78,60% para 78,67% do PIB.

(Agência Brasil)

Ceará é o primeiro estado brasileiro a doar sangue raro para outro País

O Ceará é o primeiro estado brasileiro a realizar o envio internacional de sangue raro para doação, de acordo com a Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS). Além de o Brasil enviar pela primeira vez, é também a primeira vez que a Colômbia recebe o sangue doado por outro país. Somente 11 famílias no Brasil possuem o fenótipo Bombay, tipo sanguíneo raríssimo no mundo. Nessa quarta-feira, 12, a transfusão sanguínea ocorreu em Medellín, na Colômbia. O Hemoce enviou o sangue doado na última segunda-feira, informa a assessoria de imprensa do órgão ligado à Secretaria da Saúde do Estado.

A bolsa de sangue que cruzou fronteiras e atravessou mais de quatro mil quilômetros envolveu um tipo sanguíneo raro, uma criança à espera de uma transfusão e a generosidade de quem doa sem esperar nada em troca. Esses elementos formam uma história de amor e de esperança ligada pela doação de sangue entre Fortaleza e a cidade de Medellín. A paciente é uma menina de apenas um ano e dois meses com tipo sanguíneo raríssimo, o fenótipo Bombay, o qual é mais comum na Índia e foi descrito pela primeira vez na cidade de Bombaim, também conhecida como Mumbai, naquele país.

Por conta de sangramento digestivo grave, desnutrição e anemia, a criança colombiana precisava receber transfusão com urgência. A grande dificuldade era encontrar um doador com o mesmo tipo sanguíneo. Na Colômbia, isso não seria possível. Mas o que parecia improvável aconteceu graças à solidariedade de um cearense de 23 anos de idade que tem o mesmo tipo sanguíneo da menina e se dispôs a ser o doador. Foram aproximadamente 350 ml de sangue, o suficiente para salvar a vida da criança.

Desde que o Hemocentro foi comunicado da necessidade da transfusão, na última sexta-feira, 7, médicos, enfermeiros, técnicos, assistentes sociais e outros funcionários do Hemoce correram contra o tempo para viabilizar a doação de sangue, que ocorreu no sábado, 8. No dia seguinte, a bolsa estava liberada e seguiu para a Colômbia, em 10 de julho. Depois da realização de testes de compatibilidade feitos com as amostras do doador e da paciente, a menina recebeu a transfusão nesta quarta-feira, 12.

“O primeiro passo foi entrar em contato com o doador e convidá-lo a realizar a boa ação. Quando liguei e contei sobre o caso, ele mostrou-se sensível à atitude solidária e já no dia seguinte esteve no Hemoce doando sangue”, diz Nágela Lima, coordenadora da captação de doadores. Para ela, a atitude do doador deve ser também um exemplo para outras pessoas. “A doação de sangue demonstra que atitudes simples podem trazer a esperança na vida de pacientes que aguardam por uma transfusão independentemente do tipo sanguíneo”, conclui.

Sangue raro

O tipo sanguíneo Bombay é considerado raríssimo. De acordo com a hematologista Denise Brunetta, coordenadora do laboratório de Imuno-hematologia do Hemoce, no Brasil somente 11 famílias possuem o fenótipo Bombay. O doador cearense faz parte de uma dessas famílias. Segundo Denise, descobrir o doador com esse fenótipo no Ceará só foi possível pelo trabalho desenvolvido no laboratório de Imuno-Hematologia do Hemoce.

Agilidade

De acordo com o diretor de hemoterapia do Hemoce, Franklin Santos, a agilidade na entrega do material contou com o apoio do Ministério da Saúde e da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para que fosse liberada a documentação necessária para envio do hemocomponente. “Nós agradecemos todo o apoio recebido para tornar essa ação possível, afinal de contas, tudo precisou ser feito com rigorosos critérios de segurança e agilidade”, enfatiza Franklin. A OPAS acompanhou todo o processo.

Para a bolsa chegar à Colômbia em boas condições para a transfusão foi necessário manter o hemocomponente em temperatura ideal. “O cumprimento dos requisitos estabelecidos pelas normas visam garantir a integridade e a estabilidade do material biológico transportado”, afirma Francisca Rodrigues, chefe do núcleo de medula óssea do Hemoce.

A rapidez na entrega do material e a dedicação ao serviço foram destacados pela coordenadora do sangue da Colômbia. “Não tenho como expressar meu agradecimento e felicidade. Obrigada pela solidariedade, pelo trabalho árduo e por ajudar nossa criança. A Colômbia está agradecendo por tudo o que vocês fizeram. Nós temos muito que aprender com vocês”, declara Izabel Forero.

Para a diretora geral do Hemoce, Luciana Carlos, o procedimento inédito no país é fruto de um trabalho em equipe. “Mais uma vez o Hemoce é pioneiro no Brasil na realização de procedimentos de hemoterapia e isso demostra o enorme comprometimento e competência dos profissionais que trabalham com a missão de salvar vidas”, diz.

ENCICLOPÉDIA DO BLOG – O tipo sanguíneo Bombay é considerado muito raro. O Fenótipo Bombay (hh) não tem o antígeno H nas células vermelhas do sangue. Pessoas com esse tipo de sangue só podem receber doação de outras que tenham o mesmo tipo sanguíneo. O caso raro é chamado ainda de Fenótipo de Bombaim, também conhecido como Falso O. O grupo sanguíneo de Bombay tem nenhum antígeno ABO, nem H.

Inscrições da seleção pública para superintendente e secretário escolar terminam domingo

Termina neste domingo que vem o prazo de inscrições da seleção pública para os cargos de superintendente escolar, coordenador de distrito e secretário escolar para a Secretaria Municipal da Educação (SME). As inscrições são feitas, exclusivamente, pela internet, informa o Imparh.

Os interessados em concorrer às vagas para os cargos de superintendente escolar e de coordenador de distrito precisam ter concluído nível superior na área da educação e ter experiência de no mínimo dois anos de efetivo exercício no magistério. Já para o cargo de secretário escolar, a exigência é que o candidato possua certificado, devidamente registrado, de conclusão de curso de Ensino Médio e de Curso Técnico em Secretariado Escolar.

De acordo os editais de abertura, o profissional selecionado para o cargo de superintendente escolar ou de secretário escolar, sendo servidor público da rede, terá vencimento no valor de R$ 1.707,80 e 2.231,75 para não servidores. Para o cargo de coordenador de distrito, servidor público da rede, o valor é de R$ 3.024,26 e 3.548,21 para não servidores. A carga horária é de 40 horas semanais.

A seleção será composta por duas etapas, sendo a primeira uma prova objetiva de caráter eliminatório e a segunda a análise de títulos e experiência profissional, apenas para os candidatos habilitados na primeira fase. A data prevista para aplicação da prova objetiva é 6 de agosto.

SERVIÇO

*Para se inscrever, os interessados devem acessar o Canal de Concursos e Seleções da Prefeitura de Fortaleza até às 23 horas e 59 minutos do dia 16 de julho de 2017 (horário de Fortaleza) e indicar seus RG e CPF.

*O boleto deverá ser pago obrigatoriamente até a data do vencimento. O valor da inscrição é de R$ 110.

Links
Clique aqui para acessar a página da seleção no Canal de Concursos e Seleções da Prefeitura
Clique aqui para acessar o Edital 50.2017 (superintendente escolar e coordenador de distrito)
Clique aqui para acessar o Edital 51.2017 (secretário escolar)
Clique aqui para acessar a área do formulário de inscrição
Clique aqui para acessar a área de reimpressão do boleto de pagamento