Blog do Eliomar

Categorias para Brasil

Leônidas Cristino defende Cid Gomes: ‘É trigo do bom, não é joio como Temer e Aécio”

O deputado federal Leônidas Cristino (PDT) defendeu, nesta terça-feira, o ex-governador Cid Gomes (PDT) das citações feitas por delator da JBS.  “Cid Gomes não é Temer, não é Aécio. É trigo do bom. Não é joio”, disse o parlamentar, ao lembrar a parábola bíblica que fala de separar o joio do trigo. Cid fora acusado de pedir R$ 20 milhões em doação de campanha dando em contrapartida créditos do grupo.
Leônidas argumentou que há necessidade hoje, mais que nunca, no Brasil, de preservar os valores humanos que militam na política, daqueles mal intencionados que corrompem a atividade. “A citação do nome de Cid, que consta nos depoimentos dos delatores, não passa de uma ilação maldosa, totalmente infundada, sem qualquer acusação direta, destituída de provas ou qualquer substância”, afirmou o deputado.
Para ele, a denúncia não se sustenta e pode ser contestada ponto por ponto. “Não podemos admitir, sob hipótese alguma, a tentativa de generalização de que a atividade política e todo político brasileiro tenham sido lançados no lamaçal”, reagiu Leônidas Cristino.
“Há mentiras neste bojo de perversidade que visam atingir a integridade de um homem público que, por índole, formação moral e prática coerente, prima pela honestidade na sua vida pública”, declarou o parlamentar cearense. O delator, segundo ele, será processado por calúnia e difamação.
Leônidas deu testemunho da lisura da condução de Cid na vida pública: “Sempre acreditei na maneira exemplar com que se porta na política e no seu trabalho em prol do bem comum da população. Por isso, por sua história – ele (Cid) tem moral, merece o respeito de todos e conta com a minha integral solidariedade”.

Construção civil continua em clima de andar de baixo

A construção civil continua patinando. De acordo com dados do  Sindicato Nacional da Indústria do Cimento, as vendas de cimento no Brasil no primeiro quadrimestre caíram 10,1% ante o mesmo período do ano passado.

Se a comparação for de abril deste ano com abril de 2015, a queda é ainda maior — 16%. A informação é do colunista Lauro Jardim, do O Globo.

Renan Calheiros é mantido como líder do PMDB no Senado

A bancada do PMDB no Senado decidiu hoje (30) manter Renan Calheiros  (AL) como líder do partido na Casa. Após quase três horas de reunião, o senador Raimundo Lira (PB) disse que houve um acordo para que os vice-líderes do partido façam a defesa das propostas do governo quando Renan tiver opinião contrária.

“Houve um consenso para que o Renan se manifeste em nome dele e, em seguida, os vice-líderes se manifestem”. disse Lira. De acordo com o senador, “continua tudo como está”. Aliado de Renan, o senador Hélio José (DF) disse que o colega alagoano vai entender a decisão da parte majoritária da bancada. “A única divergência que a gente teve foi na discussão das reformas, [em] que alguns têm posição A e outros têm posição B, uns apoiam e outros  não apoiam. Mas a maioria apoia”, disse Hélio José após o encontro.

Nas últimas semanas, em diversos momentos, Renan fez duras críticas ao projeto da reforma trabalhista, que tramita no Senado, e a decisões tomadas pelo Palácio do Planalto. A postura provocou mal-estar na bancada. Na semana passada, em discurso no plenário, o senador chegou a dizer que a Casa não poderia aprovar uma reforma que “ferra” com o povo.

Em seguida, o presidente do PMDB e líder do governo no Senado, Romero Jucá (RR), rebateu Renan e disse que todas as críticas dali em diante seriam “respondidas fortemente”.

(Agência Brasil)

MPF quer regime fechado e multa para Palocci

O Ministério Público Federal entregou ao juiz Sergio Moro as alegações finais no processo penal que investiga o ex-ministro Antonio Palocci, seu assessor, Branislav Kontic, 0s ex-diretores da Petrobras Renato Duque e Fernando Musa, o ex-tesoureiro do PT João Vaccari, os marqueteiros João Santana e Mônica Moura, o empreiteiro Marcelo Odebrecht, os executivos Fernando Migliaccio, Olivio Rodrigues, Marcelo Rodrigues, Hilberto Silva e João Ferraz por esquemas de corrupção entre a Odebrecht e a Petrobras.

O MPF quer a condenação dos réus em regime fechado, já que há agravantes como a ocupação de cargos de diretoria e assessoramento do governo. Além disso, exige multa pelos valores desviados.

A exceção da penalidade máxima fica por conta dos que realizaram delação premiada: Marcelo Odebrecht, Fernando Migliaccio, Luiz Eduardo Soares, Olivio Rodrigues, João Ferraz, Eduardo Musa, Mônica Moura e João Santana.

A denúncia se divide em três partes. A primeira investiga o esquema em que Marcelo Odebrecht ofereceu vantagens indevidas a Antonio Palocci e Branislav Kotic para favorecer o grupo empresarial.

Na segunda parte, a investigação se debruça na corrupção ativa de Marcelo Odebrecht e Rogério Araújo, que teriam oferecido vantagens indevidas para funcionários da Petrobras, como o então Diretor de Serviços, Renato Duque.

Já a terceira parte se debruça sobre a lavagem de dinheiro que teria sido cometida por Odebrecht, Hilberto Mascarenhas, Luiz Eduardo da Rocha Soares, Fernando Migliaccio, Antonio Palocci, Branislav Kontic, Mônica Moural e João Santana.

“Os valores objeto dos contratos objeto da prática criminosa são da ordem bilhões de reais. Conforme demonstrado no curso da presente peça, a partir do esquema de corrupção estruturado, foi possível que tanto o contrato de construção quanto o contrato de afretamento firmado em relação às 21 sondas se dessem de forma mais vantajosa aos estaleiros, em prejuízo à estatal”, escreveu o MPF.

(Veja Online)

PEC que evita extinção dos tribunais de contas é aprovada em primeiro turno pelo Senado

274 2

O Senado aprovou, em primeiro turno, nesta quarta-feira (24), a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 2/2017, que impede a extinção dos tribunais de contas. O placar – 50 votos a favor, 20 contra,e três abstenções. O texto, de iniciativa do presidente da Casa, Eunício Oliveira (PMDB), torna os tribunais de contas órgãos permanentes e essenciais ao controle externo da administração pública.

A proposta abrange o Tribunal de Contas da União (TCU), os tribunais de contas estaduais (TCEs), os municipais e também o Tribunal de Contas dos Municípios. Estes dois últimos não se confundem: o Tribunal de Contas dos Municípios é criado em âmbito estadual, com competência para fiscalizar contas de todos municípios daquele estado a fim de desafogar o trabalho dos TCEs. Já os Tribunais de Contas Municipais se dedicam exclusivamente aos municípios em que foram criados.

Aprovada em primeiro tuno, a PEC ainda precisará passar por mais três sessões de discussão, antes da votação em segundo turno.

Peleja política

A PEC foi uma iniciativa do senador Eunício Oliveira como uma ofensiva à PEC, de autoria do deputado estadual Heitor Férrer (PSB) que havia sido aprovada, em dezembro do ano passado, extinguindo o TCM. Como consequência, o senador apresentou emenda e o presidente do tribunal, conselheiro Domingos Filho conseguiu liminar, da ministra do STF, Cármen Lúcia, dando sobrevida ao órgão.

No momento, há outra emenda, também de autoria de Heitor Férrer, tramitando na Assembleia e objetivando extinguir o tribunal. Essa peleja política teve início quando Sérgio Aguiar (PDT) entrou na disputa pela presidência da Assembleia contra o já reeleito Zezinho Albuquerque (PDT), apoiado pelo governador Camilo Santana (PT) e pelo  Ferreira Gomes. Sérgio tinha apoio de alas da oposição e do presidente do TCM, Domingos Filho.

Na Assembleia Legislativa, neste fim de tarde, a oposição comemorou a aprovação em primeiro turno como “derrota política” de Camilo e dos Ferreira Gomes.

Cirurgiã plástica cearense recicla conhecimentos em Dubai

A cirurgiã plástica Adivânia Pinheiro, única brasileira convidada pelo renomado cirurgião paulista Luís Toledo a conferir a inauguração de sua nova clínica, a Med Arz Clinics, em Dubai, retorna ao Ceará nesta semana. Toledo trabalha há 15 anos do outro lado do mundo, onde atende e opera pacientes de mais de 100 nacionalidades e, principalmente, uma clientela formada por sheiks e magnatas do petróleo.

Adivânia Pinheiro aproveitou para realizar com Luís Toledo uma reciclagem. Fez cirurgias íntimas em conjunto com lipoaspiração e abdominoplastia, além de lipoesculturas com remodelamento da região genital com gordura.

As pacientes operadas eram dos Emirados Árabes.

(Foto – Arquivo Pessoal)

Operação Carro-Pipa – Exército apresenta na Assembleia balanço das operações no Ceará

O Comandante da 10ª Região Militar, general Estevam Cals Theophilo Gaspar de Oliveira, apresentou, nesta terça-feira, durante o segundo expediente da sessão plenária da Assembleia Legislativa, um balanço sobre as ações da Operação Carro-Pipa no Ceará. Ele atendeu a um convite do presidente da Casa, Zezinho Albuquerque (PDT).

O general Estevam Gaspar de Oliveira informou que a operação contempla 88 municípios cearenses, atendendo a cerca de 600 mil habitantes. “Isso muda a cada mês, de acordo com a estiagem”, comentou. Há ainda 1.229 pipeiros prestando o serviço. “É uma operação complexa e integrada”, enfatizou. Ele ressaltou que o planejamento da operação cabe ao Ministério da Integração Nacional.

Segundo o general, a corporação teria condições de assumir as obras de conclusão da transposição das águas do rio São Francisco, desde que fosse autorizado pelo Governo Federal. O militar explicou ainda como a Operação Carro-Pipa é organizada no Ceará e como é feita a fiscalização do trabalho dos pipeiros – responsáveis pelo transporte da água.

“Para fazer o pagamento, temos que ter a prestação de contas, e o pipeiro tem que fazer de acordo com as ‘carradas’ comprovadas”, esclareceu o general, ao ser indagado sobre queixa de atrasos no pagamento.

O coronel Claudemir Rangel, chefe do Escritório da Operação Carro-Pipa, afirmou que a operação tem que prestar apoio prioritário às populações rurais, podendo, em casos excepcionais, atuar nas sedes dos municípios – para abastecer escolas e hospitais, por exemplo. O valor final recebido pelos profissionais leva em conta diversos fatores, como distância percorrida, quantidade de viagem e as vias utilizadas no transporte.

Cobertura

Claudemir Rangel informou ainda que, no Nordeste, são atendidos 874 municípios, beneficiando 3,9 milhões de pessoas. No total, são 29 organizações militares responsáveis pela distribuição e 23 mil carros-pipas contratados. “Em um dia, são 650 militares cumprindo essa nobre função de fiscalizar a Operação Carro-Pipa”, disse.

Os deputados Fernanda Pessoa (PR), Dra. Silvana (PMDB), Walter Cavalcante (PP), Roberto Mesquita (PSD), Carlos Felipe (PCdoB) e Manoel Duca (PDT) parabenizaram o trabalho desenvolvido pelo Exército Brasileiro.

Além disso, Fernanda Pessoa solicitou que o Exército atue em Boa Viagem, pois a sede do município está há mais de 20 dias sem água. O general Estevam Cals Theophilo Gaspar de Oliveira explicou que a responsabilidade do Exército é de abastecer as áreas rurais, mas que a situação poderia ser avaliada.

Já o deputado Carlos Felipe pediu que fossem analisadas as queixas apresentadas pelos pipeiros na audiência, tais como: problemas com o sinal de telefonia para captação do GPS dos veículos; demora nos pagamentos e defasagem dos valores. Participou ainda do debate o chefe da Assessoria Parlamentar do Exército Brasileiro, coronel Luiz Benício.

(Também com Site da AL)

Edson Fachin autoriza PF a interrogar Temer por escrito sobre citações na delação da JBS

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Edson Fachin autorizou nesta terça-feira, 30, a Polícia Federal (PF) a tomar o depoimento do presidente Michel Temer. De acordo com a decisão, Temer deverá depor por escrito e terá 24 horas para responder aos questionamentos dos delegados após receber as perguntas sobre as citações nos depoimentos de delação da JBS.

“A oitiva deve ocorrer, por escrito, com prazo de 24 (vinte e quatro) horas para as respostas formuladas pela autoridade policial, a contar da entrega, ante a existência de prisão preventiva vinculada ao caderno indiciário”, decidiu Fachin.

Na semana passada, a defesa de Temer recorreu Supremo para suspender a tentativa da PF de ouvir o presidente, investigado na Corte após Temer ter sido citado nos depoimentos de delação premiada da JBS.

Em petição enviada ao ministro, relator do inquérito contra o presidente no STF, os advogados sustentam que Temer não pode prestar depoimento porque ainda não está pronta a perícia que está sendo feita pela própria PF no áudio no qual o empresário Joesley Batista, dono da JBS, gravou uma conversa com o presidente.

“Não obstante, com o devido respeito, entende-se como providência inadequada e precipitada, conquanto ainda pendente de conclusão a perícia no áudio gravado por um dos delatores, diligência extremamente necessária diante das dúvidas gravíssimas levantadas – até o momento – por três perícias divulgadas”, disse a defesa.

(Agência Brasil)

Ministro dos Esportes vem conhecer o Centro de Formação Olímpica

O governador Camilo Santana (PT) está em audiência, nesta terça-feira, em Brasília, com o ministro dos Esportes, Leonardo Picciani. Os dois trataram, com a presença do deputado federal Ronaldo Martins (PRB), sobre custeio do Centro de Formação Olímpica (CFO).

Camilo apresentou ao ministro modelos de parcerias de gestão. Picciani ficou de vir em junho agora conhecer de perto o CFO, juntamente com equipe técnica da pasta.

PT do Ceará votará em Gleisi Hoffmann para o comando nacional da legenda

Senadora Gleisi Hoffmann (PR) e Guimarães.

O Partido dos Trabalhadores fará congresso nacional a partir de quinta-feira, em Brasília. Hora de renovar a direção do partido e discutir cenários do País.

O grupo do deputado federal José Nobre Guimarães quer Gleisi Hoffmann na presidência da sigla e Diretas Já. A senadora foi citada na Lava Jato, mas ela garante inocência.

A corrente de Guimarães reelegeu Francisco de Assis Diniz presidente do PT cearense e fez mais de 60% dos delegados que terão voto no congresso nacional da legenda.

Pelo Ceará, Gleisi já pode ir para a galera.

PGR torce para que benefícios a Joesley encorajem novos delatores

A Procuradora-Geral da República sustenta o discurso de que os benefícios concedidos ao empresário Joesley Batista podem servir ao menos para encorajar outras figuras que andam loucas para contar o que sabem, mas temem o período de clausura, informa a Veja Online.

É um contra-argumento às críticas de quem não engoliu a cena de Josley deixando o país sem passar um dia sequer no xadrez.

Internamente, os procuradores reconhecem ser mais fácil uma vaca voar de que aparecer outro delator com provas tão contundentes como as apresentadas pelo dono da J&F

(Foto – Agência Estado)

Dia dos Namorados – Comércio eletrônico espera faturar R$ 2,3 bilhões com a data

Há expectativas de que o Dia dos Namorados salve o primeiro semestre do varejo online. O comércio eletrônico deve faturar R$ 2,3 bilhões com a data. Pelo menos é o que diz a ABComm, associação que representa o setor.

Caso seja confirmado este número, o resultado será 10% superior ao mesmo período do ano passado.

O número de pedidos realizados pela internet será de 8,32 milhões, com o tíquete médio de R$ 286, de acordo com o estudo.

Reforma Trabalhista – Votação na CCJ fica para a próxima terça-feira

Acordo feito entre senadores governistas e de oposição transferiu a votação do texto da reforma trabalhista na Comissão de Assuntos Econômicos para a próxima terça-feira (6). O acordo, costurado entre o senador Paulo Paim (PT-RS) e senadores governistas, prevê que hoje (30) seja feita apenas a discussão da proposta no colegiado.

Para dar celeridade à tramitação da proposta, a expectativa é de que o Senado mantenha o mesmo texto aprovado pela Câmara dos Deputados, já que qualquer mudança de mérito obrigaria o retorno do texto à análise dos deputados.

O relatório do senador Ricardo Ferraço (PSDB-ES) rejeita todas as quase 200 emendas apresentadas por senadores. O parlamentar rechaça, em seu relatório, as críticas de que o texto retira direito dos trabalhadores.

Antes de ir à votação no plenário do Senado – o que a base aliada do governo espera que aconteça até o dia 15 de junho – a proposta que trata da reforma trabalhista ainda precisa passar pelas comissões de assuntos Sociais, onde Ricardo Ferraço também é relator, e pela Comissão de Constituição e Justiça, cujo relator é Romero Jucá (PMDB-RR).

(Agência Brasil)

Chacrinha é anistiado e viúva ganhará reparação econômica

A Comissão Nacional de Anistia do Ministério da Justiça deferiu, nesta terça-feira, o pedido de anistia e reparação econômica em favor da viúva e dos familiares de Abelardo Barbosa, o conhecido “Chacrinha”. A reparação econômica, em prestação única e relativa ao período de 1980 a 1988, será de R$ 100.000,00.

Chacrinha foi preso nesse período pela Polícia Federal sob acusação de resistir a ordens dos censores para fazer cortes em seu programa televisivo. Entre as recomendações que  ele não acatava, entrou a mudança do figurino das chacretes.

Foi relator do processo, no caso, o conselheiro cearense Mário Albuquerque.

Michel Temer: “Vou entregar a casa em ordem no fim de 2018”

Em mais um esforço para minimizar a maior crise já enfrentada por seu governo, o presidente Michel Temer (PMDB) tentou nesta terça-feira convencer uma plateia de investidores nacionais e estrangeiros de que ele é a única opção viável para colocar o país nos trilhos.

O presidente reforçou que não pretende deixar o Planalto e que “não há plano B“. No fim, concluiu o discurso dizendo que traz uma mensagem de otimismo e de “confiança na segurança jurídica do país”. “Nós chegaremos ao fim de 2018 com a casa em ordem. Quem apanhar essa locomotiva em 2019 encontrará o país nos trilhos. Essa trajetória não será interrompida. Nela seguiremos e não podemos e não devemos abandoná-la. Faço isso em nome dos 14 milhões de desempregados do Brasil”, disse Temer, referindo-se à necessidade de aprovação das reformas trabalhista e previdenciária, que tramitam no Congresso.

Tentando mostrar que o governo está unido e empenhado em viabilizar as reformas, Temer organizou uma verdadeira força-tarefa para comparecer ao Fórum de Investimentos 2017, que acontece nesta terça e quarta-feira no hotel Hyatt, em São Paulo. Além de Temer, foram ao evento os presidentes do Senado e da Câmara, Eunício de Oliveira (PMDB-CE) e Rodrigo Maia (PMDB-RJ); os ministros Aloysio Nunes (Relações Exteriores), Antonio Imbassahy (Secretaria de Governo), Moreira Franco (Secretaria da Presidência), Dyogo Oliveira (Planejamento), Henrique Meirelles (Fazenda), Ricardo Barros (Saúde), Mendonça Filho (Educação) e Raul Jungmann (Defesa); e o governador e prefeito de São Paulo, Geraldo Alckmin e João Doria.

(Veja Online/Foto – Folhapress)

A riqueza do Kariri cearense

Junta-se a esta mistura as manifestações religiosas, na qual se sobressaem a devoção popular ao Padre Cícero Romão Batista com suas romarias e benditos, em Juazeiro do Norte; a festa de Santo Antônio em Barbalha, conhecida como festa do Pau da Bandeira, em que o sagrado e o profano dialogam culturalmente.

Outro destaque no território caririense é o seu patrimônio geológico e paleontológico, referência internacional para o estudo da formação e da vida na terra. Os registros fósseis datam de 150 e 90 milhões de anos, apresentando excepcional estado de conservação. Este conjunto que reúne de forma relevante natureza e cultura foi determinante para o reconhecimento do Geopark Araripe, o primeiro das Américas e do Hemisfério Sul, pela Global Geoparks Network (GGN) sob a chancela da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco).

O vigor desse patrimônio, em que natureza e cultura se encontram fortemente imbricados, confere ao Cariri identidade única. Os elementos dessa identidade estão nas coisas corriqueiras e despercebidas do cotidiano, mas podem ser fonte de ideias para o design de produtos que traduza este patrimônio natural e cultural da região.

Cabe aos empreendedores locais das mais diversas áreas, em especial das atividades ligadas à economia criativa, compreenderem o valor dessa riqueza e buscarem formas de expressar a identidade Cariri em seus negócios, agregando valor e significado aos produtos e serviços.

*Joaquim Cartaxo

cartaxojoaquim@bol.com.brArquiteto urbanista e superin-tendente do Sebrae/Ceará.

Osmar Serraglio não aceita ministério e volta para a Câmara

Osmar Serraglio (PMDB-PR), ex-ministro da Justiça, decidiu não aceitar o convite do presidente Michel Temer (PMDB) para assumir o ministério da Transparência. Dessa forma, Serraglio voltará para a Câmara e o deputado Rodrigo Rocha Loures flagrado com uma mala de dinheiro pela Polícia Federal, perderá o foro privilegiado.

Loures era suplente de Serraglio e, com a volta do ex-ministro a Câmara, perde o posto.

No domingo (28), o Palácio do Planalto informou que faria uma troca de postos entre Serraglio e o então ministro da Transparência, Torquato Jardim. No entanto, desde então, Serraglio se manteve em silêncio e não confirmou que aceitaria o cargo. Torquato Jardim assumiu a pasta da Justiça.

(Com Portal Uol)

 

 

Ex-secretário da Justiça e Cidadania vira consultor da OAB nacional

 

O ex-secretário da Justiça e Cidadania do Estado, Hélio Leitão, agora é consultor da Comissão Nacional de Direitos Humanos da Ordem dos Advogados do Brasil.

Pelo visto, o presidente da Ordem, Cláudio Lamacchia, anda preocupado com elevados índices de homicídios e violações de direitos humanos no Ceará.

 

Governadores do Nordeste discutem cenário de incertezas do País

Camilo Santana (PT) participa, neste momento, em Brasília, da reunião dos governadores do Nordeste. Oito chefes de executivo dos Estados da região participam do encontro O da Paraíba mandou a vice-governadora.

Eles discutem as prioridades da região em matéria de projetos estratégicos e avaliam o cenário político, onde Temer quer se manter, mas tem diante de si um julgamento do TSE, dia 6 próximo, que pode cassar a chapa na qual foi eleito.

Ainda nesta terça-feira, eles vão se juntar aos demais governadores do País, na casa de Rodrigo Riollemberg, chefe do executivo do Distrito Federal. No cardápio, em clima de almoço, Temer e seu clima de fritura.

(Foto – Divulgação)