Blog do Eliomar

Categorias para Brasil

Começa a Campanha Nacional de Multivacinação

Começa hoje (19) a Campanha Nacional de Multivacinação em todo o país, para atualizar a caderneta de vacinação de crianças e adolescentes. O público-alvo da mobilização são crianças menores de 5 anos e crianças e adolescentes de 9 anos a 15 anos.

O Dia D de mobilização nacional está marcado para o próximo sábado (24), quando os postos estarão abertos para atender aos que tiverem dificuldades de comparecer em horário comercial. A campanha segue até 30 de setembro em cerca de 36 mil postos fixos em todo o Brasil. Ao todo, 350 mil profissionais participam da ação.

O objetivo da ação é combater a ocorrência de doenças imunopreveníveis no país e reduzir os índices de abandono à vacinação – principalmente entre adolescentes.

 

Marquinhos Santos troca Fortaleza pelo Figueirense. Leão já tem novo técnico

marquio

O Fortaleza perdeu seu treinador neste domingo, segundo apuração do LANCE! . Marquinhos Santos (37), deixou o Fortaleza e acertou com o Figueirense, trocando a Série C pela Série A.

Vagner Mancini e Milton Mendes eram os outros nomes da lista da diretoria do Furacão. O primeiro era o preferido, mas esbarrou na pedida salarial, enquanto o segundo quer estudar outras propostas para o ano que vem.

Assim, o escolhido foi Marquinhos Santos. A direção do Figueira, inclusive, já tinha tentado levar o treinador logo após a saída de Argel Fucks, mas não aceitou a primeira investida. Dessa vez, entretanto, as partes chegaram a um acordo.

(Com Portal Terra)

Hemerson Maria, novo técnico

Aos 44 anos, o técnico tem história de quase 12 anos na base do Figueirense e depois no Avaí. Já treinou as equipes principais de Avaí, Red Bull Brasil-SP, CRAC-GO e Joinville.

Conquistas relevantes: Campeonato Catarinense de 2012 (Avaí-SC), Campeonato Brasileiro – Série B de 2014 e Campeonato Catarinense de 2015 (Joinville-SC)

* Com Blog Futebol do POVO aqui.

TSE – Candidato só pode ser preso em flagrante delito

candidatos_2016100789
Nenhum candidato às eleições municipais marcadas para 2 de outubro pode ser detido ou preso, a não ser que seja pego em flagrante cometendo crime. A medida de proteção, em vigor desde sábado, é garantida pelo Código Eleitoral e serve para que autoridades policiais ou judiciais não possam cometer eventuais abusos na tentativa de interferir nas disputas pelo voto.
Entre os casos que podem permitir a prisão em flagrante estão incluídos os crimes eleitorais, como a compra de votos. Mesmo se houver prisão ou detenção em flagrante, o candidato deve ser levado imediatamente a um juiz, para que o magistrado avalie no mesmo momento a legalidade do ato.
Apesar da proteção, não é incomum que candidatos sejam presos mesmo durante este período especial de proteção, que começa a vigorar 15 dias antes de as urnas serem abertas.
Nas eleições de 2014, por exemplo, 80 candidatos foram presos somente no domingo de votação, a maior parte pela prática de boca de urna ou transporte irregular de eleitores até a seção eleitoral.
(Com TSE)

Papa Francisco – A corrupção é tambem uma droga

Com o título “Que as palavras de Francisco sejam ouvidas”, eis o Editorial do O POVO desta segunda-feira. Endossa a comparação feita pelo Papa Francisco em homilia da corrupção com as drogas. Confira:

Em reflexão feita no Ângelus de ontem, diante de milhares de fiéis reunidos na Praça São Pedro, no Vaticano, o papa Francisco proferiu uma dura reprovação à corrupção e aos corruptos. O líder máximo da Igreja Católica foi ao ponto crucial ao não isolar os atos de corrupção de suas deploráveis consequências que fazem dos mais pobres as maiores vítimas.

Em sua fala, o sumo pontífice comparou a corrupção a uma droga: “As pessoas se comportam com a corrupção como com as drogas: pensam que podem usá-las e deixá-las quando quiserem… Começam com pouco: uma pequena soma aqui, um suborno lá… E entre esta e aquela, lentamente perdem a liberdade”.

Mais: “A corrupção vicia e gera pobreza, exploração e sofrimento. Quando, ao contrário, procuramos seguir a lógica evangélica da integridade, da pureza nas intenções e nos comportamentos, da fraternidade, nos transformamos em artesãos de justiça e abrimos horizontes de esperança para a humanidade”.

Não é a primeira vez que Francisco aborda de forma enfática o tema da corrupção. Ano passado, o papa já havia dito que “a corrupção é o mal da nossa época, que se alimenta de aparência e aceitação social, cresce como medida da ação moral e pode consumir a partir de dentro, em uma atitude de ‘mundanidade espiritual’, quando não ‘esclerose do coração’… E se para o pecado existe perdão, para a corrupção, não. Por isso, a corrupção precisa ser curada”.

Nascido na Argentina, o papa de batismo secular Jorge Mario Bergoglio tem uma trajetória que sempre causou incômodo a muitos políticos por causa de sua intolerância à corrupção. “Se falamos dos corruptos políticos ou dos corruptos econômicos, quem paga? Pagam os hospitais sem medicamentos, os doentes que não recebem cura, as crianças sem educação”.

A fala de Francisco é importante também por dizer ao mundo que a corrupção não pode ser tratada como algo natural, inerente à política ou ao jogo da economia. É um mal a ser combatido com o devido rigor não apenas pelas instituições da democracia, mas também pelo humanismo. Não há virtude possível nessa prática.

Eleições 2016 – Candidatos já desembolsaram mais de R$ 57 milhões em campanha

Com a proibição do financiamento empresarial, candidatos a prefeito, vice ou vereador já desembolsaram, só no Estado de São Paulo, R$ 57 milhões para suas campanhas ou para a de aliados, segundo dados entregues à Justiça Eleitoral. O valor equivale a 44% do que foi doado diretamente aos 87 mil concorrentes.

O líder nesse ranking é João Doria (PSDB), que bancou R$ 1,6 milhão de sua candidatura na capital. Os tucanos são os que mais investiram no Estado: R$ 13,7 milhões.

Outros dois candidatos, na Grande São Paulo, investiram muito: Rubens Furlan (PSDB), em Barueri, gastou R$ 1,56 milhão, e Fausto Martello (PSD), em Guarulhos, R$ 1 milhão.

O candidato a vereador que mais colocou dinheiro foi Rodrigo Goulart (PSD). Já empenhou R$ 450 mil para tentar uma das 55 vagas na Câmara paulistana. Terá de trabalhar por quase três anos para recuperar o investimento.

(Com TSE)

TSE- Decisão sobre chapa Dilma-Temer fica pra 2017

dilma_e_temer

O julgamento da ação que pede a cassação da chapa de Dilma Rousseff e Michel Temer, eleita na disputa presidencial de 2014, deve ocorrer apenas em 2017, disse ontem no Rio o presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Gilmar Mendes.

Caso a corte eleitoral decida pela condenação, a Constituição prevê a realização de eleição indireta à sucessão de Temer, que foi efetivado na Presidência após o impeachment de Dilma, no mês passado.

O ministro evitou conjecturar se uma eleição indireta para presidente pelo Congresso Nacional não traria mais “perturbação” para o País. “Não vou dar opinião sobre esse quadro institucional. O Brasil voltou a um quadro de normalidade. Estamos respirando normalmente, tentando trazer o País para o caminho da normalidade”, disse.

(Com Agências)

Lula confirma presença em ato pró-Luizianne Lins

foto-luizianne-e-lula

O ex-presidente Lula, que participará de ato pró-candidatura de Luizianne Lins (PT) à Prefeitura de Fortaleza, a partir das 16 horas, de quarta-feira, na Praça do Ferreira, vai reforçar o “Fora Temer”, segundo a Frente Brasil Popular, o movimento Povo Sem Medo e vários partidos de esquerda.

Acossado pela Operação Lava Jato, ele considera fundamental despertar a sociedade para o retrocesso que se quer implantar no País e que se traveste de Governo Temer.

Várias lideranças locais já confirmaram participação nesse ato que vai expor o padrinho da candidatura de Luizianne, como ela faz questão de deixar claro. Luizianne até cobra onde estão os padrinhos do prefeito Roberto Cláudio (PDT) e do Capitão Wagner (PR).

Em terceiro na pesquisa Datafolha, o ato virá com o objetivo de oxidar a imagem de Temer e oxigenar a postulação da petista.

 

Judiciário pode “cometer o mesmo erro de 1964”, alerta ministro Dias Toffoli

naom_555bad3f41144

“O ministro do Supremo Tribunal Federal, Dias Toffoli disse, nessa sexta-feira (16), que a Justiça corre o risco de “cometer o mesmo erro que os militares cometeram em 1964” se a política for criminalizada e o Judiciário “exagerar no ativismo”.

Ao palestrar em evento de direito tributário em Belo Horizonte, Toffoli listou momentos da história do Brasil em que as Forças Armadas agiram como “poder moderador”: destituíram governos e depois devolveram aos civis.

Ele afirma que, no entanto, no golpe de 1964, os militares quiseram “se achar os donos do poder” e se desgastaram com isso. “Com o desgaste dos militares, porque eles deixaram de ter autoridade moral de ser o poder moderador das crises da federação brasileira, quem acaba por assumir é o Poder Judiciário”, afirmou.

“E nesse protagonismo, o Poder Judiciário tem que ter uma preocupação: também não exagerar no seu ativismo. Se exagerar no seu ativismo, ele vai ter o mesmo desgaste que tiveram os militares.”

Toffoli, que falaria no evento sobre direito tributário, deixou o tema de lado disse que era “mais importante fazer essas reflexões”.

“Se criminalizar a política e achar que o sistema judicial vai solucionar os problemas da nação brasileira, com moralismos, com pessoas batendo palma para doido dançar e destruindo a nação brasileira e a classe política… É o sistema judicial que vai salvar a nação brasileira?”, questionou.

Segundo o ministro, a Justiça tem que “resolver a crise de maneira pontual” e quando for provocada ou vai haver um “totalitarismo do Judiciário e do sistema judicial”.”Se nós quisermos ser os protagonistas da sociedade brasileira, começarmos a fazer sentenças aditivas, começamos a fazer operações que tem 150 mandados de busca e apreensão num único dia… Temos que refletir”, acrescentou.”

(Folhapress)

Revista Veja traz Lula na capa outra vez…

capa3802

Com o título “Prenda-me, se for capaz”, eis a manchete da principal matéria da revista Veja, que está chegando aos seus leitores. Refere-se à denúncia feita pelo MPF contra oex-presidente Lula, que o acusou de ser comandante da corrupção.

Lula reagiu se dizendo perseguido e garantiu que se alguém encontrar algum ilícito seu, ele vai a pé para ser preso em Curitiba (PR), onde está o juiz federal Sérgio Moro, responsável pela Operação Lava Jato.

Ibope – 53% do eleitorado fortalezense acha o governo Temer ruim ou péssimo

temeri

Da Coluna Política do jornalista Érico Firmo, no O POVO deste sábado, uma pergunta feita pela mais recente pesquisa do Ibope: como o fortalezense avalia o governo Temer? Confira:

O Ibope pesquisou o desempenho do governo Michel Temer, na opinião do eleitor fortalezense. A avaliação é considerada ótima ou boa por 9% dos moradores da Capital. A avaliação de que a gestão é ruim ou péssima é feita por 53%. Há 23% que acham o desempenho do presidente regular e 16% não souberam ou não quiseram opinar.

Dentro dos 53% que acham ruim ou péssimo, 37% dos fortalezenses avaliaram a gestão Temer como péssima. Foi a resposta mais citada sobre o governo iniciado interinamente em maio.

A pesquisa foi contratada pela TV Verdes Mares e realizada entre 11 e 13 de setembro. Foram ouvidos 805 eleitores e a margem de erro é de três pontos percentuais para mais ou para menos.

SERVIÇO

*A íntegra da pesquisa está disponível aqui:
http://bit.ly/ibopefortaleza

No protesto contra Temer em Fortaleza, Tiririca e Ronaldo Martins foram lembrados. Moroni, não!

tiririca1

Tiririca votou pelo impeachment de Dilma

Servidores públicos das esferas municipal, estadual e federal paralisaram atividades para participar da VII Marcha dos Servidores Municipais, durante a manhã de ontem, 16, no Centro de Fortaleza.

Com o tema “Servidores em luta – Contra o desmonte dos municípios e dos direitos”, o direcionamento era especialmente contra a desestruturação dos serviços das prefeituras no período de eleições, mas o alvo principal das reivindicações de cerca de 10 mil pessoas – de acordo com a organização – foi o presidente Michel Temer (PMDB) e reformas acenadas pelo Governo Federal, segundo matéria do O POVO.

Ainda na matéria, há um dado que chama a atenção:  os manifestantes levavam cartazes com o rostinho de deputados federais que votaram pelo impeachment de Dilma Rousseff. Destaques para o deputado federal Ronaldo Martins, que disputa a Prefeitura de Fortaleza pelo PRB e para o deputado federal Tiririca, humorista cearense que foi eleito pelo PR de São Paulo.

morio

DETALHE – A turma do protesto se esqueceu de que o deputado federal Moroni Torgan (DEM), postulante a vice do prefeito Roberto Cláudio (PDT), também votou pelo impeachment de Dilma.

A partir deste sábado, candidatos só poderão ser presos em flagrante delito

“Nenhum candidato a prefeito, vice-prefeito ou vereador poderá ser detido ou preso, salvo em flagrante delito, a partir deste sábado (17/9). A medida faz parte de dispositivo do Código Eleitoral (Lei 4.737/65).

O ministro Admar Gonzaga, do Tribunal Superior Eleitoral, explica que a medida é necessária para impedir que prisões sejam usadas “como elemento de constrangimento político, afastando o candidato da campanha, o que não pode ser admitido em uma democracia, salvo se houver flagrante delito”.

(Site do TSE)

Daniel Dias faturou mais um ouro e ainda bateu seu recorde mundial

daniee

“O brasileiro Daniel Dias conquistou o ouro para o Brasil na prova de 50 metros nado de costas, levando a torcida à loucura no Estádio Olímpico de natação. A medalha de prata ficou com Andrew Mullen, da Grã-Bretanha, e a de bronze, com Zsolt Vereckei, da Hungria.

Daniel Dias dominou a prova desde a largada e terminou com 35.40, ficando acima do seu próprio recorde mundial, de 34.95.

Nesta sexta-feira (16), três nadadores brasileiros competiram antes de Daniel, mas não conseguiram chegar ao pódio: Ronystony Cordeiro ficou em 7º, na categoria S4, nos 50 metros nado de costas; Edenia Garcia ficou em 7º, na categoria S4, nos 50 metros nado de costas, e Carlos Farrenberg ficou em 5º, na categoria S13, nos 100 metros nado livre.”

(Agência Brasil)

Domingos Montagner protagonizou contra câncer infantil pouco antes de morrer

[embedyt] http://www.youtube.com/watch?v=3YyBmQYCk3k[/embedyt]

“Vítima de um afogamento fatal na última quinta (15), o ator Domingos Montagner participou de uma campanha de combate ao câncer infantil pouco antes de morrer.
Gravado há uma semana, o vídeo faz parte da campanha “Setembro Dourado”, da Confederação Nacional das Instituições de Apoio e Assistência à Criança e ao Adolescente com Câncer (CONNIAC).

Trata-se de um alerta para a importância do diagnóstico precoce do câncer infanto-juvenil, já que no Brasil a descoberta tardia é considerada acima dos padrões aceitáveis internacionalmente.

“Ele ajudou nossa instituição por anos, inclusive recrutando outros artistas da Globo”, conta Rilder Campos, presidente da CONNIAC. “Domingos estava sempre disponível e se envolvia muito na causa. Temos um grupo no WhatsApp com mais de 50 instituições Brasil afora. Foi uma comoção, todos estão em choque”, disse Campos.

(Veja Online)

Brasil perdeu 1,5 milhão de postos formais de trabalho em 2015

“A recessão econômica do ano passado teve efeitos perversos no mercado de trabalho. Em 2015, o Brasil perdeu 1,51 milhão de postos formais, segundo a Relação Anual de Informações Sociais (Rais), divulgada hoje (16) pelo Ministério do Trabalho. O resultado é o pior da série histórica, iniciada em 1985.

A retração no mercado de trabalho fez o número de trabalhadores formais (com carteira assinada) cair de 49,6 milhões no fim e 2014 para 48,1 milhões no fim do ano passado. Essa foi a primeira vez desde 1992 em que o país acumulou perdas de empregos no mercado formal de trabalho. Naquele ano, o Brasil tinha eliminado 623 mil vagas.

Divulgada uma vez por ano, a Rais é mais ampla que o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) e engloba não apenas os trabalhadores do setor privado, mas trabalhadores temporários e servidores públicos federais, estaduais e municipais. Para medir o desempenho do mercado de trabalho, a Rais contabiliza a diferença entre as contratações e as dispensas.

As demissões em massa e as contratações por salários mais baixos afetaram os rendimentos médios reais dos trabalhadores, que recuaram 2,56% em 2015 em relação a 2014. Em valores absolutos, a remuneração média individual caiu de R$ 2.725,28 em 2014 para R$ 2.655,60 em 2015.

Na comparação por setores da economia, apenas a agropecuária contratou mais do que demitiu no ano passado, tendo criado 20,9 mil vagas formais. Os demais setores registraram quedas, com destaque para indústria de transformação (-604,1 mil), construção civil (-393 mil) e comércio (-195,5 mil).

Entre as regiões, o Sudeste foi a que mais eliminou postos de trabalho, com 900,3 mil trabalhadores a menos. Em seguida, vêm o Nordeste (-233,6 mil) e o Sul (-217,2 mil). Apenas três estados acumularam aumento no número de empregos formais em 2015: Piauí (3 mil), Acre (2,8 mil) e Roraima (2,2 mil).

Em relação à faixa etária, o desemprego afetou principalmente os jovens. Na faixa de 18 a 24 anos, foram eliminados 673,4 mil postos de trabalho, contra 477,8 mil entre 25 e 29 anos, 233,9 mil de 30 a 39 anos, 172,1 mil de 40 a 49 anos, e 107,7 mil na faixa até 17 anos. Somente a categoria acima de 50 anos registrou ampliação de vagas: 154,4 mil.”

(Agência Brasil)

Temer falará na 71ª Assembleia Geral da ONU

temertime

O presidente Michel Temer passa o fim de semana em São Paulo, onde vai participar de reuniões com assessores e ministros.

No domingo (18), ele embarca para Nova York, onde abrirá a 71ª Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU). Conforme tradição iniciada em 1947, com o discurso inaugural feito pelo diplomata brasileiro Osvaldo Aranha, cabe ao Brasil abrir a assembleia na terça-feira (20). Esta será a segunda viagem oficial ao exterior feita por Temer após ter assumido o cargo.

Em entrevista publicada ontem (15) pelo Wall Street Journal, Temer já deu uma prévia de quais serão seus interesses na viagem: mostrar aos investidores e empresários estrangeiros que o Brasil está aberto e interessado em fazer negócios de forma segura, agora que seu governo não é mais interino. Na entrevista, Temer disse que as incertezas políticas no Brasil estão diminuindo.

Na quarta-feira (14), o embaixador Fernando Simas Magalhães, antecipou alguns temas-chave prioritários para o Brasil, que deverão ser abordados pelo presidente Temer no discurso de abertura da assembleia geral. Segundo o embaixador, Temer falará sobre cenário econômico, comércio internacional, mudança de clima, crise de refugiados, paz e segurança internacional.

A reforma da governança das Nações Unidas também deverá ser abordada, “não apenas do Conselho de Segurança, mas de métodos de trabalho, de forma mais ampla”, disse o embaixador, em entrevista veiculada pela NBR.

Na segunda-feira (19), Temer participará de uma reunião sobre migrantes e refugiados, convocada pelo secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon. Ao final da reunião, será aprovada uma decisão política que dará início a um processo de negociação sobre refugiados que pode se estender até 2018, quando dois pactos globais serão adotados: “Sobre o compartilhamento de responsabilidades relativas aos refugiados” e “Migrações seguras, regulares e ordenadas”.

Na quarta-feira, o presidente brasileiro entregará formalmente à ONU os instrumentos de ratificação do Acordo de Paris sobre mudança do clima. A adesão brasileira foi confirmada segunda-feira passada. No mesmo dia, Temer participará de uma reunião privada com um grupo de 20 a 25 executivos representantes de fundos de investimento e de um almoço com empresários.

Aproveitando a viagem aos Estados Unidos, Temer terá encontros bilaterais com os presidentes da Nigéria, de Portugal e do Uruguai – agenda que, segundo o Itamaraty, poderá ser ampliada nos próximos dias. Temer encontrará também o presidente do Fórum Econômico Mundial, Klaus Schwab.

A 71ª Assembleia Geral da ONU terá como tema Os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, o impulso universal para transformar nosso mundo.”

(Agência Brasil)