Blog do Eliomar

Categorias para Brasil

Joice Hasselmann cumpre agenda em Fortaleza a partir desta sexta-feira; Pregações sobre Nova Previdência

174 1

A líder do Governo no Congresso Nacional, deputada Joice Hasselmann, (PSL-SP), estará em Fortaleza já nesta sexta-feira. Atende a um convite do Movimento Brasil 200, que, no Estado, tem à frente o advogado Rodrigo Nóbrega.

Na agenda dela, uma palestra sobre a Nova Previdência, a partir da 19 horas, no restaurante Coco Bambu por Toca (Meireles), quando falará para o público formado por empresários, autoridades e formadores de opinião.

Antes, ao meio dia, no Hotel Marquise Hotel, ela almoçará com membros do LIDE Ceará.

Já na segunda-feira, a deputará cumprirá igual agenda no auditório da BS Design, quando tratará sobre Previdência com membros da Federação das Indústrias do Estado.

SERVIÇO

*As inscrições para evento desta sexta-feira são gratuitas e através do link: https://www.sympla.com.br/a-nova-previdencia—com-joice-hasselmann__565400

(Foto – Agência Brasil)

PT abre o jogo da sucessão municipal no dia 1º de julho

362 9

Gleisei Hoffmann comanda o PT no País.

O PT começa a discutir o cenário para as eleições municipais no dia 1º de julho.

A informação está na Coluna Painel, da Folha de S.Paulo desta quinta-feira, adiantando que dois dos principais nomes do partido, Gleisi Hoffmann, presidente da sigla, e Fernando Haddad, que concorreu ao Planalto em 2018, já defendem que a legenda tenha candidato próprio na Capital paulista.

Na primeira bateria de conversas, os petistas deverão tratar sobre seis estados, entre eles Rio Grande do Sul e Rio. Se há disposição de defender quadro próprio em São Paulo, há também a intenção de avaliar, com carinho, aliança em torno de nomes como Manuela d’Ávila (PC do B-RS) e Marcelo Freixo (PSOL-RJ).

Fortaleza, bom lembrar, já entrou como prioridade do PT que, inclusive, chegou a apontar o nome da ex-prefeita e deputada federal Luizianne Lins como uma boa opção para a peleja. Só que o deputado federal José Nobre Guimarães botou o pé no freio e disse que o partido, por aqui, ainda vai discutir o cenário e que não há nada, nem nome definido.

(Fotoz – Paulo MOska)

Ministro-Geral da Ordem dos Franciscanos Menores visita Santuário de Canindé

Frei Michael Perry, ministro-geral da Ordem dos Franciscanos Menores, celebrou nesta quinta-eira, com Missa em Ação de Graças, na Paróquia de Nossa Senhora das Dores, os 90 anos dos frades menores em Fortaleza.

Ele é o 120º na linha sucessória de São Francisco de Assis, na Ordem dos Frades Menores (OFM).

Ainda faz parte da agenda de Frei Michael, visita às monjas concepcionistas. No período da tarde desta quinta, ele seguirá para Canindé, onde terá encontro no Santuário de São Francisco das Chagas.

(Foto – Divulgação)

OAB comemora aprovação de medida contra abuso de autoridade

O Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil comemora a decisão do Senado de aprovar não apenas o projeto de lei sobre Dez Medidas contra a Corrupção, mas, também, inclusão de medida que combate o abuso de autoridade. Confira a nota divulgada pela entidade:

A diretoria do Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil parabeniza o Senado Federal pela aprovação do projeto de lei de iniciativa popular conhecido como Dez Medidas contra a Corrupção, que prevê também a criminalização do abuso de autoridade cometido por magistrados e membros do ministério público e da violação das prerrogativas dos advogados.

O grande trabalho de diálogo e interlocução com a sociedade realizado pelo relator, senador Rodrigo Pacheco, permitiu chegar a um texto aperfeiçoado, que representa um grande avanço para o combate a corrupção e para a atualização do ordenamento jurídico brasileiro.

A OAB reconhece, assim, o importante trabalho realizado pelos senadores e senadoras, que respondem, com o projeto aprovado, ao grande anseio da sociedade brasileira por mais justiça e mais eficiência no combate à corrupção.

Câmara aprova nova distribuição de verbas do Pré-Sal para Educação e Saúde

O Plenário da Câmara dos Deputados aprovou uma emenda, de autoria do deputado federal André Figueiredo (PDT), mudando o rateio das verbas do Pré-Sal.

Pelo projeto de lei 10.985/18, o dinheiro seria assim distribuído: 50% para o fundo social, 20% para construção de gasodutos e outros 30% para os estados e municípios, retirando assim, o recurso da educação e a saúde.

A emenda de André restabelece o texto, destinando a verba do Pé-Sal para as áreas da saúde e educação, que, segundo o parlamentar, acabariam penalizadas como passou o projeto.

Com a emenda, ficou assim: 30% desses recursos continuarão com o Fundo Social, 20% com o Brasduto e os outros 50% serão divididos com Estados e Municípios para aplicação em educação e saúde (30%) e com a União (20%), também destinados a essas duas áreas.

(Foto -Agência Brasil)

PT quer convocar general Heleno sobre cocaína em avião presidencial

248 2

O Partido dos Trabalhadores quer convocar o ministro-chefe do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), general Augusto Heleno, para esclarecer, em quatro comissões da Câmara, como um militar da FAB foi flagrado com 39 quilos de cocaína num avião presidencial na Espanha. A informação é da Coluna Radar, da Veja Online.

“Trata-se de fato gravíssimo, envolvendo um auxiliar que labuta próximo ao Presidente da República, sem precedentes na história recente do País e que precisa ser esclarecido com urgência pela respectiva Força Militar de origem do traficante e pelos Ministros da Defesa e do Gabinete da Segurança Institucional – GSI” – diz o requerimento do PT.

O partido quer ouvir também o ministro da Defesa, general Fernando Azevedo, e o comandante da Aeronáutica, brigadeiro Antônio Carlos Moretti.

Os requerimentos já estão prontos e serão protocolados nas comissões de Constituição e Justiça (CCJ), de Segurança Pública, dos Direitos Humanos e nas Relações Exteriores. Nesse caso, sempre ocorre uma audiência conjunta das comissões.

(Foto – Divulgação)

MP do Ceará prepara concurso público para promotor de justiça

O Órgão Especial do Colégio de Procuradores de Justiça do Estado aprovou, nessa quarta-feira, o processo, normas e regulamento do concurso público para promotor de justiça de entrância inicial.

Segundo o procurador-geral de justiça do Estado, Plácido Rios, inicialmente, o certame deve oferecer 44 vagas, com cadastro de reserva. O concurso terá edital lançado no começo do segundo semestre e deve ocorrer ainda neste ano.

Atualmente, de acordo com Plácido Rios, o Ministério Público Estadual tem 90 cargos vagos em termos de promotor de justiça.

(Foto – Paulo MOska)

Bolsonaro chega ao Japão rebatendo críticas de Angela Merkel à política ambiental brasileira

O presidente Jair Bolsonaro desembarcou, nesta quinta-feira 27, em Osaka, no Japão.

Neste País, ele vai participar da cúpula dos líderes dos G20, organização que reúne as 20 principais economias do mundo. O encontro ocorrerá nesta sexta e sábado.

Em uma de suas primeiras declarações no país, Bolsonaro, indagado por jornalistas, rebateu as críticas da chanceler alemã Angela Merkel, que se disse preocupada com o desmatamento no Brasil.

“Eles [alemães] têm a aprender muito conosco. O presidente do Brasil que está aqui não é como alguns anteriores que vieram para serem advertidos por outros países. Não, a situação aqui é de respeito para com o Brasil. Não aceitaremos tratamento como no passado de alguns casos de chefes de estado que estiveram aqui”, declarou o presidente brasileiro.

Merkel reprovou, nessa quarta-feira, as políticas ambientais do governo de Bolsonaro. “Assim como vocês, vejo com grande preocupação a questão das ações do presidente brasileiro [em relação ao desmatamento] e, se a questão se apresentar, aproveitarei a oportunidade no G20 para ter uma discussão clara com ele”, afirmou a chanceler.

(Com Veja Online/Foto – Agência Brasil)

Projeto de Cid Gomes confere para Sobral título de “Capital Nacional da Educação”

Um projeto de lei de autoria do senador Cid Gomes (PDT) confere ao município de Sobral (Zona Norte) o título de “Capital Nacional da Educação”. A matéria será encaminhada para votação na Comissão de Educação do Senado, em votação terminativa, ou seja, caso aprovado segue para apreciação da Câmara dos Deputados.

Na justificativa do projeto, Cid Gomes explica que o ensino fundamental da região, desde 2001, teve a duração ampliada para nove anos, com atendimento a crianças a partir dos seis anos de idade, “o que contribuiu para que Sobral alcançasse a taxa de alfabetização de 94,9%, uma das mais altas entre todos os municípios brasileiros, e zerasse o abandono escolar de crianças do 1º ao 5º ano”.

Cid Gomes lembrou que Sobral está em primeiro lugar no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB) entre todos os municípios do País. Ele adianta que, nos anos iniciais, a média de Sobral alcançou o índice de 9,1 ao passo que a média nacional era 5,8. Já nos anos finais, 5º ao 9º ano, Sobral alcançou o índice 7,2, enquanto a média nacional era de 4,9.

Segundo Cid, os resultados são reflexos de investimentos permanentes e da implantação de políticas públicas em níveis municipal, estadual e federal.

Pró-Reitoria de Extensão da UFC comemora 50 Anos

Márcia Machado é a atual pró-reitora de Extensão da UFC.

O Museu de Arte da Universidade Federal do Ceará vai ser palco, a partir das 9 horas, desta sexta-feira, das celebrações dos 50 anos da Pró-Reitoria de Extensão da UFC. A programação começa com a edição especial do projeto Conhecendo a Extensão, ação que tem o objetivo de divulgar o patrimônio arquitetônico, artístico, cultural e científico da Instituição. Em seguida, às 10 horas, haverá solenidade comemorativa seguida de apresentação musical.

O ato contará com a presença do reitor Henry Campos e da pró-reitora de Extensão, Márcia Machado, estando também agendada, a partir das 12h30min, a apresentação musical “Bach em Movimento”, com a professora Dora Utermohl de Queiroz no violoncelo e com o bailarino Dann Campos, dentro do Programa Música no MAUC – Série “Passeio pela História da Música Ocidental” – período Barroco.

Histórico

Criada em 31 de janeiro de 1969, a Pró-Reitoria de Extensão tem como missão contribuir para a construção do conhecimento e para a formação de alunos a partir de programas e projetos articulados com o ensino e a pesquisa, de acordo com as demandas da sociedade. A universidade possui cerca de 1.200 ações extensionistas que beneficiam mais de 4 milhões de pessoas em todo o Ceará.

(Foto – Reprodução do Youtube)

CNI-Ibope – Sai nesta quinta-feira pesquisa com avaliação do governo Bolsonaro

A Confederação Nacional da Indústria (CNI) divulgará nesta quinta-feira, às 14 horas, a pesquisa CNI-Ibope do segundo trimestre de 2019. Realizado entre 20 e 26 de junho, com 2 mil pessoas em 126 municípios, o levantamento mostra a avaliação dos brasileiros sobre o desempenho do governo federal.

A pesquisa aponta também o grau de confiança da população no presidente Jair Bolsonaro e a aprovação do governo em nove áreas de atuação, como saúde, segurança pública, educação e combate ao desemprego.

A pesquisa será apresentada aos jornalistas pelo gerente-executivo Pesquisa e Competitividade da CNI, Renato da Fonseca, informa a assessoria de imprensa da entidade.

(Foto – Agência Brasil)

PIS 2018/2019 – Saque do abono salarial vai até amanhã

Os trabalhadores cadastrados no Programa de Integração Social (PIS) têm até sexta-feira (28) para sacar o Abono Salarial do calendário 2018/2019. Os valores vão de R$ 84 até R$ 998, de acordo com a quantidade de dias trabalhados durante o ano-base 2017.

De acordo com a Caixa, os benefícios, que totalizam R$ 16,9 bilhões, foram liberados de forma escalonada para 22,5 milhões de beneficiários, conforme o mês de nascimento, e agora estão disponíveis para os nascidos em qualquer mês. Até maio, o banco pagou R$ 15,6 bilhões a 20,6 milhões trabalhadores.

O valor do benefício pode ser consultado no Aplicativo Caixa Trabalhador, no site do banco ou pelo Atendimento Caixa ao Cidadão, pelo telefone: 0800 726 0207.

Pode a sacar o abono o trabalhador inscrito no PIS ou no Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep) há pelo menos cinco anos e que tenha trabalhado formalmente por pelo menos 30 dias em 2017 com remuneração mensal média de até dois salários mínimos.

“Os titulares de conta individual na Caixa com cadastro atualizado e movimentação na conta, podem ter recebido crédito automático antecipado. Quem possui o Cartão do Cidadão e senha cadastrada pode se dirigir a uma casa lotérica, a um ponto de atendimento Caixa Aqui ou ir aos terminais de autoatendimento da Caixa para receber o abono”, informou o banco..

Segundo a Caixa, caso o beneficiário não tenha o Cartão do Cidadão ou não tenha recebido automaticamente em conta, ele pode retirar o valor em qualquer agência da Caixa, apresentando o documento oficial de identificação.

O trabalhador em empresa pública, com inscrição no Pasep, recebe o pagamento do abono pelo Banco do Brasil.

(Agência Brasil)

Senado aprova projeto que prevê punição para abuso de autoridade

O plenário do Senado aprovou, nessa noite de quarta-feira (26), o relatório do senador Rodrigo Pacheco (DEM- MG) sobre o Projeto de Lei da Câmara (PLC 27/2017) conhecido como Dez Medidas de Combate à Corrupção. O ponto mais polêmico – e que tomou mais de duas horas de debates entre os senadores – foi a inclusão de artigos que tratam do abuso de autoridade por parte de juízes e membros do Ministério Público.

O projeto-base foi votado nominalmente e aprovado por 48 votos a 24. Destaques e emendas tentaram reduzir o efeito do trecho sobre abuso de autoridade, mas foram derrubados. O projeto volta agora para a Câmara dos Deputados, uma vez que sofreu alterações de mérito.

Vários senadores se manifestaram contrários à inclusão feita pelo relator. Álvaro Dias (Podemos-PR), Marcos Do Val (Cidadania-ES) e Major Olímpio (PSL-SP) foram alguns críticos ao relatório de Pacheco. “Temos 90% do projeto que traz medidas de combate à corrupção. Mas ele também traz esses artigos 8º e 9º, que estão impropriamente no projeto, trazendo criminalização de condutas de juízes e promotores”, afirmou Olímpio, líder do seu partido na Casa.

A maioria dos partidos, no entanto, foi favorável ao texto de Rodrigo Pacheco. “Essa legislação não amedronta o bom juiz, o bom promotor e o bom procurador. Essa lei vai amedrontar o mau juiz. Quem vai investigar se ele cometeu abuso de autoridade será o Ministério Público, o Conselho Nacional de Justiça”, disse Humberto Costa (PT-PE). Além do PT, Democratas, PSDB, MDB, PDT e PSD votaram a favor do relatório.

Caixa 2

Em linhas gerais, segundo o relator, o cerne do projeto está mantido com a criação do crime de caixa 2, de compra de votos e o aumento de pena para o crime de corrupção, tornando a prática hedionda em alguns casos. Atualmente considerada crime eleitoral e não penal, com penalidade inferior à aplicada a outros crimes e passível de prescrição no prazo de um mandato, a prática de caixa 2 em campanha eleitoral poderá ser tipificada como crime.

Endurecimento de penas
O relatório aprovado hoje também aumenta a pena mínima para os crimes contra a administração pública. Nesses casos, ela dobra e passa de dois para quatro anos de prisão, incluindo corrupção e peculato. Além de criar dois novos crimes no Código Eleitoral sobre compra de votos e caixa 2 em campanha, o texto também torna crime hediondo aquele cometido contra a administração quando o valor envolvido for maior que 10 mil salários mínimos.

(Agênia Brasil)

Marinha alerta sobre ventos fortes no litoral do Ceará entre esta quinta-feira e sábado

A Marinha do Brasil, por meio do Centro de Hidrografia da Marinha (CHM), divulgou, nesta quarta-feira, que o litoral nordestino, mais precisamente entre o Rio Grande do Norte, Ceartá, Piauí e Maranhão, poderá registrar ventos com intensidade até 62 km. Isso em razão da intensificação dos ventos alísios oriundos do Oceano Atlântico.

Esses ventos fortes ocorrerão entre a noite desta quinta-feira e a noite do próximo sábado, adianta em nota a Corporação.

SERVIÇO

*Consulte os avisos de mau tempo em vigor no endereço eletrônico https://www.marinha.mil.br/chm/dados-do-smm-avisos-de-mau-tempo/avisos-de-mau-tempo.

(Foto – Arquivo)

Confiança do comércio tem primeira alta do ano

O Índice de Confiança do Comércio, da Fundação Getulio Vargas (FGV), subiu 1,8 ponto de maio para junho e chegou a 93,2 pontos, em uma escala de zero a 200 pontos. Essa foi a primeira alta do indicador em 2019. Os números foram divulgados hoje (26), no Rio de Janeiro, pela FGV.

A confiança dos empresários do comércio subiu em oito dos 13 segmentos pesquisados pela FGV. O Índice de Expectativas, que mede a confiança do empresariado no futuro, avançou 5,1 pontos para 99,9 pontos, depois de quatro quedas consecutivas.

Por outro lado, o Índice de Situação Atual, que mede a confiança dos empresários no presente, recuou 1,5 ponto em junho, indo para 86,8 pontos, menor valor desde dezembro de 2017 (86,0 pontos).

Segundo o pesquisador da FGV Rodolpho Tobler, a melhora das expectativas sugere que ainda há “um processo de calibragem depois de fortes quedas ao longo do início do primeiro semestre”.

Já a queda dos indicadores de situação atual mostra que os empresários do setor estão incomodados com o ritmo das vendas, “reforçando o cenário de recuperação gradual, dada a vagarosa recuperação do mercado de trabalho e o nível baixo da confiança dos consumidores”.

(Agência Brasil)

Governadores do Nordeste estão insatisfeitos com a reforma da Previdência

221 1

Os governadores do Nordeste se reuniram com o presidente do Senado, Davi Alcolumbre, na tarde de hoje (26), para pedir aprovação de projetos que aumentam os recursos dos estados. O objetivo dos governadores é obter mais verbas para cobrir a dívida previdenciária nos estados.

“Nós apresentamos um conjunto de medidas, de proposições, para ajudar a financiar esse déficit, que significa novas fontes de receitas”, disse o governador da Bahia, Rui Costa. Dentre as medidas citadas por ele, estão a aprovação de receitas vindas da exploração de petróleo, seja cessão onerosa ou royalties; além de projetos que aumentam o Fundo de Participação dos Estados (FPE) e o Fundo de Participação dos Municípios (FPM).

Participaram da reunião com Alcolumbre os governadores do Piauí, Wellington Dias; do Ceará, Camilo Santana; de Alagoas, Renan Filho; da Bahia, Rui Costa; da Paraíba, João Azevedo; de Sergipe, Belivaldo Chagas; além de Rui Costa.

Para os governadores, a reforma da Previdência que está sendo discutida atualmente na Câmara não atende as demandas dos estados e não reduz suas dívidas. “Não tem sentido aprovarmos uma reforma e sairmos dela com déficit, não termos condições de sustentabilidade de aposentados e pensionistas. Apresentamos a necessidade de ter um casamento de algumas receitas novas que estão sob poder de decisão aqui do Congresso”, disse Wellington Dias, governador do Piauí.

Rui Costa disse que em suas projeções para o ano que vem, considerando a aprovação da reforma como está no momento, a economia seria de apenas 1%. “A Bahia tem um déficit anual de R$ 5 bilhões. A economia projetada para o ano que vem é de R$ 47 milhões. Estou falando de 1% da dívida. Isso nem arranha o déficit da Previdência”.

Segundo Dias, o Congresso deve conversar com o ministro da Economia, Paulo Guedes, para abordar essas questões. Em seguida, uma nova reunião deve ocorrer. “Para nós não faz diferença estar dentro ou fora da reforma se não é uma reforma que dá solução ao déficit da Previdência”, acrescentou o governador do Piauí.

O presidente do Senado, Davi Alcolumbre, disse que está disposto a rediscutir o pacto federativo que, segundo ele, é uma bandeira do Senado. Mas pediu comprometimento dos governadores em apoiar a reforma em seus estados e, sobretudo, em suas bancadas no Congresso. “Apoiamos a pauta da redistribuição dos recursos. Mas é preciso que os governadores se empenhem no sentido de nos ajudar a equalizarmos uma dívida previdenciária que não é só do governo federal, é dos estados brasileiros”.

(Agência Brasil)

Dívida Pública Federal fecha maio em R$ 3,890 trilhões

A Dívida Pública Federal (DPF), que inclui o endividamento interno e externo do Brasil, teve aumento de 0,31% e passou de R$ 3,878 trilhões em abril para R$ 3,890 trilhões no mês passado. Os dados foram divulgados hoje (26) pela Secretaria do Tesouro Nacional, do Ministério da Economia.

A redução ocorreu devido à apropriação positiva de juros (quando os juros da dívida são incorporados ao total mês a mês) no valor de R$ 28,47 bilhões, compensada, em parte, pelo resgate líquido (mais resgates de títulos por investidores do que emissões), no valor de R$ 16,31 bilhões.

A Dívida Pública Mobiliária Federal interna (DPMFi), que é a parte da dívida pública no mercado interno, teve o estoque ampliado em 0,32% em maio, passando de R$ 3,723 trilhões para R$ 3,735 trilhões. Já o estoque da Dívida Pública Federal Externa (DPFe), captada do mercado internacional, apresentou aumento de 0,16%, encerrando maio em R$ 155,54 bilhões (US$ 39,47 bilhões).

Detentores da dívida

A variação do endividamento do Tesouro pode ocorrer por meio da oferta de títulos públicos em leilões pela internet (Tesouro Direto) ou pela emissão direta. Além disso, pode ocorrer assinatura de contratos de empréstimo para o Tesouro, tomado de uma instituição ou de um banco de fomento, destinado a financiar o desenvolvimento de uma determinada região. A redução do endividamento se dá, por exemplo, pelo resgate de títulos.

Os fundos de investimento seguem como principais detentores da Dívida Pública Federal, com 26,58% de participação no estoque. Os fundos de Previdência (24,83%) e as instituições financeiras (22%) aparecem em seguida na lista de detentores da dívida.

Os investidores estrangeiros concentraram 12,74% da dívida. Já o governo possui 4,07% da dívida pública; as seguradoras, 4,06%; e outros, 5,72%.

Neste ano, a Dívida Pública Federal (DPF) deverá ficar entre R$ 4,1 trilhões e R$ 4,3 trilhões, segundo o Plano Anual de Financiamento (PAF) da dívida pública em 2019.

(Agência Brasil)

Governo central registra déficit de R$ 14,7 bilhões em maio

As contas públicas do governo central – Tesouro Nacional, Previdência Social e Banco Central – registraram déficit primário, descontado o pagamento de juros da dívida pública, de R$ R$ 14,7 bilhões em maio, informou, hoje (26), o Ministério da Economia. Ao todo, no último mês, a receita líquida do governo central, descontados os repasses a estados e municípios, somou R$ 90,7 bilhões, enquanto as despesas foram de R$ 105,5 bilhões.

É o quarto pior resultado para maio desde 1997, quando começou a série histórica, e só perde para os déficit de maio de 2017, de R$ 31,6 bilhões; de 2016, de R$ 18,9 bilhões, e o de 2014, de R$ 15,1 bilhões. Em relação a maio de 2018, quando o déficit foi de R$ 11 bilhões, houve uma piora de 27,7% no resultado das contas públicas, em termos reais (descontada a inflação).

O resultado veio dentro das expectativas dos analistas de mercado. Na pesquisa Prisma Fiscal, divulgada todo mês pelo Ministério da Economia, o resultado deficitário, na mediana, foi projetado em R$ 15 bilhões em maio.

Nos cinco primeiros meses do ano, o déficit primário soma R$ 17,5 bilhões. No mesmo período do ano passado, em termos reais, o déficit foi de R$ 15,9 bilhões. No acumulado dos últimos 12 meses, o déficit é de R$ 125,2 bilhões, equivalente a 1,76% do Produto Interno Bruto (PIB, soma dos bens e serviços produzidos no país).

Meta fiscal

Para 2019, a meta fiscal do governo é um déficit máximo de até R$ 139 bilhões. Será o quinto ano consecutivo de déficit. No ano passado, o déficit primário do governo central foi de R$ 120,2 bilhões. Para conter as despesas, o governo federal já promoveu, desde o início do ano, um contingenciamento de cerca de R$ 30 bilhões, afetando áreas como educação, saúde e segurança pública.

O Ministério da Economia também informou que os investimentos totais somaram R$ 15,7 bilhões de janeiro e maio deste ano, contra R$ 15,6 bilhões no mesmo período do ano passado.

(Agência Brasil)

Fortaleza será palco da XX Parada pela Diversidade Sexual

Fortaleza será palco, no próximo domingo, 30, a partir das 16  horas, da XX Parada pela Diversidade Sexual do Ceará. Vai ocorrer na avenida Beira-Mar com estimativa de público da ordem de 800 mil a um milhão de pessoas, segundo o Grupo de Resistência Asa Branca (Grab), um dos organizadores do evento.

O tema da vigésima edição da Parada é “Topo qualquer parada, o medo não nos cabe”. Segundo o Grab, o tema foi “construído a partir do debate sobre a conjuntura atual em que estamos vivenciando, com ênfase nas censuras às culturas LGBTI+; ao LGBTcídio, ao lesbocídio, ao cerceamento das liberdades e à necessidade de construir laços de resistência e revolução”.

Ao todo, 130 policiais militares, 20 guardas municipais e duas equipes de guarda-vidas darão apoio ao evento no domingo. Um drone da Polícia Militar também integrará a operação de segurança. Para quem vai se deslocar pelo transporte público, serão 21 linhas de ônibus extra, totalizando 139 veículos.

(O POVO Online – Com Marcela Tosi/Foto – Mauri Melo)

Canabidiol medicinal – Consultas publicas avançam na Anvisa

Aberta desde sexta passada, a consulta pública da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) sobre o cultivo de Cannabis — Canabidiol medicinal — já registra 133 contribuições. A informação é da Veja Online.

A maioria dessas contribuições vem de pessoas de São Paulo (27), depois Rio de Janeiro (15) e Paraná (11).

Nesse universo, 74% declararam ser cidadãos comuns e 10,7%, profissionais de saúde.