Blog do Eliomar

Categorias para Brasil

PSDB e PSD crescem em nº de prefeituras no País

Com quase a totalidade dos votos apurados neste domingo (2), o PMDB continua o partido que mais elegeu prefeitos neste ano. O PSDB e o PSD cresceram e o PT encolheu no primeiro turno das eleições municipais de 2016 – perdeu mais da metade das prefeituras em quatro anos, segundo dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Nas capitais, o PSDB foi o que mais elegeu prefeitos no primeiro turno –João Doria, em São Paulo, e Firmino Filho, em Teresina– e é o que vai disputar mais prefeituras no segundo turno: oito ao todo. O PMDB é o segundo com mais disputas no segundo turno: 6.

Desgastado pela Operação Lava Jato e após o impeachment de Dilma Rousseff, o PT elegeu apenas um prefeito em capital: Marcus Alexandre, em Rio Branco. Em 2012, foram quatro. O partido só vai disputar uma prefeitura em capitais no segundo turno.

Esse panorama dificilmente deve mudar no país no segundo turno, que ocorrerá em 55 cidades neste ano. O PSDB está em 19 disputas à prefeitura. Em seguida aparecem o PMDB, com 14, PSB, com 9, PDT, com 8 e PPS, PSD e PT, com sete cada.

Se consideradas apenas as maiores cidades com país, com mais de 200 mil habitantes, o PSDB lidera com 14 prefeitos eleitos, contra 7 do PMDB e 3 do DEM. PP, PSD e PPS somaram dois cada. O PT, que elegeu apenas um prefeito em cidades grandes, havia eleito nove em 2012.

desempenho-dos-partidos-nas-prefeituras1

graficico

Em municípios do interior, o PMDB também lidera, seguido pelo PSDB, PSD e PSB. O PSDB avançou em comparação com 2012 nessas cidades, passando de 685 para 791 prefeitos eleitos. O PT, que tinha eleito 629 prefeitos naquele ano, passou a 255.

(Com Portal G1)

Eunício derrota Lula, Irmãos Gomes e PT em Lavras

eunicioom

“Líder do PMDB e tido como favorito para suceder Renan Calheiros (PMDB-AL) na presidência do Senado, o senador Eunício Oliveira ganhou uma batalha particular de grande significado simbólico.

O cenário do confronto foi a pequena Lavras da Mangabeira, município de pouco mais de 30 mil habitantes situado a 434 km de Fortaleza. Terra natal de Eunício, era ali, em pleno semiárido nordestino, que os ex-governadores Cid e Ciro Gomes, o PT e o ex-presidente Lula se empenharam para derrotá-lo. Os irmãos Gomes, por uma rivalidade que vem de longe. Lula e petistas, pela irritação com o comportamento do senador durante o processo que resultou no impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff.

A mais de uma pessoa Lula manifestou estranheza em relação ao afastamento do líder peemedebista, que foi ministro das Comunicações durante o seu primeiro mandato presidencial e com o qual sempre cultivou boas relações. Em campanha na cidade, Cid Gomes acusou o senador de trair Dilma, apesar do apoio que ela teria dado ao Ceará e a Lavras.

Colocado diante dessas críticas, Eunício costuma contemporizar, reiterando sua admiração por Lula, mas observando que sua ligação com o presidente Michel Temer é conhecida e bem mais antiga.

Para enfrentar o atual prefeito de Lavras da Mangabeira, Dr. Tavinho (PDT), apoiado por seus adversários locais e nacionais, o senador escolheu o médico Ildsser Oliveira (PMDB), 41 anos. Hoje, com 9.938 votos (53,6% do total de votos válidos), Ildsser ganhou a parada. Dr. Tavinho teve 7.339 votos (39,6% do total).

Na eleição cearense, Lula amargou outra derrota pessoal. Chegou a ir a Fortaleza pedir votos para a atual deputada federal e ex-prefeita Luizianne Lins (PT). Com 15% dos votos, ela nem chegou ao segundo turno. A disputa colocará outra vez em polos opostos os Gomes, aliados do prefeito Roberto Cláudio (PDT), e Eunício, que apoia Capitão Wagner (PR), contando com o respaldo do senador Tasso Jereissati (PSDB-CE).”

(Site Congresso em Foco)

Em greve, bancários distribuirão bananas

109 1

Nesta segunda-feira, os bancários do Ceará farão um ato de protesto contra a “intransigência dos banqueiros” em não negociar uma proposta com a categoria, que vive clima de campanha salarial. Os bancários estão em greve desde o dia 6 de setembro, há 28 dias.

A partir das 9h30min, em frente ao conhecido “BEC dos Peixinhos”, no Centro, o Sindicato dos Bancários do Ceará distribuirá bananas entre os clientes e transeuntes. Hora de “dar uma banana” ao descaso dos bancos em relação aos pleitos dos bancários.

 

Eduardo Suplicy é o vereador mais votado do País

suplicy

Com mais de 300 mil votos recebidos, Eduardo Suplicy (PT-SP) foi o vereador mais votado nas eleições deste domingo (2). O ex-senador ficou em primeiro lugar entre os candidatos em São Paulo, maior colégio eleitoral do país. Porém, proporcionalmente, os 5,62% recebidos por ele de eleitores não foi a maior votação entre vereadores de capitais brasileiras.

O vereador com maior porcentagem de votação entre as capitais do país é de Maceió. Produtor de filmes adultos, Lobão (PR-AL) se elegeu com 24.969 votos. O número representa 6,01% do total de votos da cidade. O jornalista Jorge Kajuru (PRP-GO) também teve uma porcentagem de votos maior que a de Suplicy: 5,65%. Confira a lista dos vereadores mais votados do país:
Vereadores mais votados do país

1.Eduardo Suplicy (PT) (São Paulo) – 301.446 (5,62%)

2.Milton Leite (DEM) (São Paulo) – 107.957 (2,01%)

3.Carlos Bolsonaro (PSC) (Rio de Janeiro) – 106.657 (3,65%)

4.Tarcísio Motta (PSOL) (Rio de Janeiro) – 90.473 (3,10%)

5.Tripoli (PV) (São Paulo) – 88.843 (1,66%)

6.Conte Lopes (PP) (São Paulo) – 80.052 (1,49%)

7.Mario Covas Neto (PSDB) (São Paulo) – 75.593 (1,41%)

8.Cesar Maia (DEM) (Rio de Janeiro) – 71.468 (2,45%)

9.Eduardo Tuma (PSDB) (São Paulo) – 70.273 (1,31%)

10.Adilson Amadeu (PTB) (São Paulo)- 67.071 (1,25%)
Vereadores com maior % de votos em capitais

1.Lobão (PR) (Maceió) – 24.969 (6,01%)

2.Jorge Kajuru (PRP) (Goiás) –     37.796 (5,65%)

3.Eduardo Suplicy (PT) (São Paulo) – 301.446 (5,62%)

4.Pedrão (PP) (Florianópolis) –     11.197 (4,63%)

5.Fabrício Gandini (PPS) (Vitória) – 7.611 – (4,21%)

6.Carlos Bolsonaro (PSC) (Rio de Janeiro) – 106.657 (3,65%)

7.Tereza Nelma (PSDB) (Maceió) – 14.991 – (3,61%)

8.Denninho (PPS) (Vitória) – 6.167 – (3,41%)

9.Iran Barbosa (PT) (Aracaju) – 8.809 – (3,18%)

10.Tarcísio Motta (PSOL) (Rio de Janeiro) – 90.473 (3,10%)
Vereador com menor % de votos

O coeficiente eleitoral (que passa votos de candidatos com muitos votos para pessoas do partido) também auxilia que candidatos sem muitos votos ganhem a eleição. No país, o candidato com menor porcentagem de votos que se elegeu é Italo Ciba (PT do B-RJ). De acordo com dados do TSE, ele teve 6.023 votos. O número representa 0,21% dos votos válidos no Rio de Janeiro.

Entre os dez vereadores que se elegeram com menos votos, cinco são do Rio de Janeiro, dois de São Paulo, dois de Belo Horizonte e um de Fortaleza. Entre partidos, quatro são do PHS, dois são do PSOL. PT do B, PPS e PSC têm um eleito cada.

Menos votados e eleitos (capitais)

Menos votados e eleitos (capitais)

1.Italo Ciba (PT do B) (Rio de Janeiro) 6.023 (0,21%)

2.Sâmia Bonfim (PSOL) (São Paulo)     12.464 (0,23%)

3.David Miranda (PSOL) (Rio de Janeiro) 7.012 (0,24%)

4.Osvaldo Lopes (PHS) (Belo Horizonte) 3.018 (0,25%)

5.Dummar Ribeiro (PPS) (Fortaleza) 3.115 (0,25%)

6.Otoni de Paula Jr. (PSC) (Rio de Janeiro) 7.801 (0,27%)

7.Zico Bacana (PHS) (Rio de Janeiro)     7.932 (0,27%)

8.Osvaldo Lopes (PHS) (Belo Horizonte) 3.341 (0,28%)

9.Zé Turin (PHS) (São Paulo) 14.957 (0,28%)

10.Jair da Mendes Gomes (PMN) (Rio de Janeiro) 8.112 (0,28%)

(Agência Brasil)

Temer visitará a Argentina nesta segunda-feira

“Um dia após as eleições municipais no Brasil, Michel Temer desembarca nesta segunda-feira (3) na Argentina, para a primeira visita ao país desde que assumiu a presidência, no lugar de Dilma Rousseff, no ultimo dia 31 de agosto. Ele estará acompanhado por quatro ministros: das Relações Exteriores; do Desenvolvimento, da Indústria e do Comercio Exterior; da Justiça e da Defesa. Depois de um almoço com o presidente Mauricio Macri, Temer irá ao Paraguai, onde jantará com o presidente Horácio Cartes.

Além de serem sócios do Brasil no Mercosul, a Argentina e o Paraguai foram os primeiros países a reconhecer o seu governo. Com Macri e Cartes, Temer deve falar da retomada do crescimento econômico na região e do combate ao narcotráfico e ao contrabando na Tríplice Fronteira.

Outro tema deve ser a Venezuela: os governos brasileiro, argentino e paraguaio se juntaram para impedir que os venezuelanos assumissem a presidência pro-tempore do Mercosul, que é rotativa e segue a ordem alfabética. Eles alegam que o país – o último a aderir ao bloco regional – não cumpriu os requisitos para tornar-se membro pleno, entre eles a incorporação de um protocolo de defesa dos direitos humanos.

O Uruguai, quarto país fundador do Mercosul, manteve posição neutra, até porque o partido de esquerda do presidente Tabaré Vasquez está dividido: metade considera que o impeachment de Dilma Rousseff foi um golpe e critica o que considera ser um “avanço” da direita na América do Sul. Mas o governo uruguaio acabou assinando um documento que estende até o dia 1º de dezembro o prazo para que a Venezuela regularize sua situação, se não quiser ser suspensa do Mercosul.”

(Agência Brasil)

Lula vota entre vaias e aplausos

(FILES) This file photo taken on August 29, 2015 shows Brazilian former president (2003-2011) Luiz Inacio Lula Da Silva participating in the 12th Congress of the Brazilian Workers Union (CUT) in Belo Horizonte, Brazil, on August 28, 2015.  Brazil police search home on March 4, 2016 of ex-president Lula da Silva in corruption probe.  / AFP / DOUGLAS MAGNO

O ex-presidente Lula mostrou-se feliz neste domingo porque, segundo disse, hoje é um dia de eleições que “consolidam a democracia no Brasil” e dão oportunidade à população para escolher candidatos que vão gerar mais bem-estar nas localidades onde vivem.

“As pessoas não têm que votar com ódio, mas esperança, porque a eleição é para seu filho”, disse o ex-presidente, que fez as declarações após votar em um colégio em São Bernardo do Campo (SP).

Quando Lula chegou ao corredor da sala onde votaria, um coro de seis pessoas começou a vaiá-lo e gritar palavras como “vagabundo” e “ladrão.” Por outro lado, cerca de 50 pessoas que aguardavam o ex-presidente para fotografá-lo e apertar suas mãos iniciaram um grito único: “Olê, olê, olê, olá; Lula, Lula.” Para avançar 20 metros até chegar à urna, Lula levou pouco mais de dois minutos, devido aos pedidos de fotos e abraços.

Perguntado sobre as vaias em entrevista coletiva após votar, Lula respondeu sorrindo. “Eu não ouvi vaias. Isso é mais ou menos quando joga o Corinthians. Tem uma meia dúzia de pessoas que vaiam, mas 99% da torcida apoia.”

TAGSAGÊNCIA ESTADO LULA SÃO PAULO 2016 ELEIÇÕES
Recomendadas para você

Dilma vota em Porto Alegre em clima de tumulto

dilmamam

“Acho um absurdo. Acho antidemocrático e indigno de uma democracia como a brasileira. Acho um absurdo impedir a imprensa de chegar aqui”, afirmou a ex-presidente. “Eu sempre votei aqui, nunca houve isso. Nunca a Brigada [Militar] foi chamada, nunca fecharam as portas. É lamentável”, disse, quando chegou para seu local de votação, em Porto Alegre (RS), a ex-presidente Dilma Rousseff.

A chegada da petista ao local da votação foi marcada por tumulto. A multidão fez Dilma ter dificuldade de chegar à zona eleitoral e a Brigada Militar teve que intervir. Alguns militantes acusaram a polícia de agressão. Jornalistas que tentavam registrar a votação foram impedidos de entrar pelo escrivão eleitoral Luis Carlos Braga, que alegou a proibição do registro por Dilma agora se tratar de pessoa comum. A legislação eleitoral impede o registro de voto de cidadãos comuns.

Perguntada sobre o que achava de ser tratada como cidadã comum, Dilma afirmou: “Se sou uma cidadã comum, tenho muito orgulho disso. Há que se ter orgulho de ser cidadã neste país”.

Dilma chegou à escola estadual Santos Dummont, na zona sul de Porto Alegre, às 13h29min deste domingo (2) e foi recepcionada por grupos de militantes com flores e cartazes escritos “Fora, Temer”.

(Com Agências)

Gilmar Mendes considera pleito tranquilo

GILMAR-MENDES

“Na primeira entrevista coletiva concedida em Brasília, o presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Gilmar Mendes, disse que as campanhas deste ano, com a proibição de doações de empresas a candidatos, estão mais modestas e mostram um aspecto positivo da reforma política aprovada pelo Congresso, “independente de outros debates que possam ter”.

“Os gastos declarados em 2012 foram de R$ 6,240 bilhões, e até agora, nesta eleição, sem doação de pessoa jurídica, temos R$ 2,131 bilhões. Uma diferença significativa. O que talvez reflita um caráter mais modesto da campanha com as mudanças ocorridas na legislação”, disse.

Perguntado sobre a continuidade da prática de caixa dois, Gilmar Mendes disse que a Operação Lava Jato mostrou que a prática continuou a funcionar. “Mas vamos admitir que, pelo menos no aspecto visual, os sinais mostram que as campanhas estão mais modestas. Isto é um dado positivo. Acho que houve redução de honorários, e de prolabore de marqueteiros”, completou.

Tranquilidade

Com pouco mais de seis horas desde que a votação foi aberta em 5.568 municípios, o presidente do TSE disse que todo o processo está correndo “a contento”. Segundo Gilmar Mendes, as ocorrências que estão sendo registradas pelo tribunal ao longo do dia são pontuais e não são motivos para preocupação.

O ministro atualizou os números do último boletim divulgado pelo TSE e antecipou que pouco mais de 2,2 mil urnas tiveram que ser substituídas, o que equivale a 0,53% do total de 432.959 equipamentos distribuídos pelo país. Até o último boletim divulgado, 1.675 urnas tinham sido substituídas em todo o país, sendo a maior concentração no estado do Rio de Janeiro (332 substituições), seguido por São Paulo (212), Rio Grande do Sul (158) e Ceará (137). Gilmar Mendes reiterou, como já havia declarado mais cedo, em São Paulo, que, em nenhum local, foi necessária a substituição do sistema pelo voto manual.

Perguntado sobre invasões ao sistema das eleições, o ministro ainda acrescentou que nenhuma urna sofre ataque de hackers. “Não há hackers nas urnas. Há ataques a pagina do TSE”, afirmou.

Segurança

Gilmar Mendes ainda descartou qualquer preocupação com a segurança de eleitores e candidatos. Segundo ele, até as 13h21min de hoje, foram registradas prisões de 83 candidatos e o envolvimento de outros 66, sem prisão. Nas primeiras cinco horas de pleito, foram registradas 1.410 ocorrências.”

(Agência Brasil)

TSE registra prisão de 21 candidatos e de 142 eleitores no País

“O número de candidatos que cometeram alguma irregularidade nas eleições e foram presos em flagrante no país subiu para 21. De acordo com o segundo boletim divulgado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) desse total, 11 casos aconteceram em Minas Gerais e estão relacionados à divulgação de propaganda e boca de urna.

No Rio de Janeiro, foi registrada uma prisão por corrupção eleitoral. Outros candidatos foram presos nos estados de Mato Grosso do Sul, Piauí, Paraná, Santa Catarina e Sergipe. O motivo das prisões vai desde boca de urna, corrupção eleitoral e divulgação de propaganda a outros casos não especificados pelo tribunal.

Além dos candidatos, foram presos também eleitores. Das 265 ocorrências registradas hoje, 142 resultaram em prisões em flagrante. A maioria delas, 53, também ocorreu em Minas Gerais por divulgação de propaganda e boca de urna. Eleitores também foram presos no Espírito Santo, em Goiás, Mato Grosso, na Paraíba, Pernambuco, no Piauí, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, em Roraima, no Rio Grande do Sul, em Santa Catarina e São Paulo.

O TSE divulgou também dados relativos às urnas usadas para registrar o voto dos eleitores. Em todo o país, 786 urnas apresentaram algum tipo de problema e precisaram ser substituídas. Esse número corresponde a 0,179% do total de urnas usadas neste primeiro turno. O estado do Rio de Janeiro registrou o maior número de substituições até as 10h da manhã deste domingo: 165. O segundo estado com maior registro de trocas foi São Paulo, com 107 equipamentos substituídos.”

(Agência Brasil)

Temer vota desejando “a vitoria da democracia”

temrrrr

“O presidente Michel Temer votou às 8 horas na Pontifícia Universidade Católica (PUC), zona oeste da capital paulista. Acompanhado apenas de assessores e seguranças, Temer falou rapidamente com a imprensa, desejou a vitória da democracia e informou que voltará ainda hoje (2) para Brasília.

No mesmo colégio eleitoral, votou o presidente do PT, Rui Falcão. Ele disse confiar num bom desempenho do candidato do partido à reeleição, o prefeito Fernando Haddad. “A expectativa é muito favorável, ele fez um grande governo, mudou a vida da cidade e as pesquisas indicam que nós estamos no segundo turno”, disse ele.”

(Agência Brasil)

Bandeira tarifária continuará verde, anuncia Aneel

“A bandeira tarifária que será aplicada nas contas de luz em outubro será verde, sem custo para os consumidores de energia elétrica. Este é o sétimo mês seguido que a bandeira é verde, que significa que não haverá nenhum valor adicional a ser pago.

Segundo a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), os principais fatores que contribuíram para a manutenção da bandeira verde são a evolução positiva do período úmido de 2016, que recompõe os reservatórios das hidrelétricas, o aumento de energia disponível com redução de demanda e a adição de novas usinas ao sistema elétrico brasileiro.

O sistema de bandeiras tarifárias foi adotado em janeiro de 2015, como forma de recompor os gastos extras das distribuidoras de energia com a compra de energia de usinas termelétricas. A cor da bandeira que é impressa na conta de luz (vermelha, amarela ou verde) indica o custo da energia elétrica, em função das condições de geração de eletricidade.”

(Agência Brasil)

Dallagnol ganhará titulo de doutor honoris causa

126 1

deltann

“O prestígio do procurador Deltan Dallagnol vem crescendo também no meio acadêmico. O coordenador da Lava-Jato vai receber na segunda-feira (3) o título de doutor honoris causa em Direito do Grupo Educacional Facinepe.

A cerimônia acontecerá no auditório da Procuradoria da República, no Paraná, onde o homenageado também dará uma aula magna sobre Direito.

Dallagnol tem 34 anos e é procurador da República desde 2003. Formou-se em Direito pela Universidade Federal do Paraná (UFPR) e tem mestrado na escola de Direito de Harvard, onde se especializou em crimes contra o sistema financeiro nacional e lavagem de dinheiro.”

(Veja Online)

Wesley Safadão e Luiz Bacci fecham parceria

naom_5670a6b7b3cdd

Nesta semana, os telespectadores do ‘Cidade Alerta’, na Record, foram surpreendido com uma participação especial de Luiz Bacci, que fez algumas brincadeiras com Marcelo Rezende. Em certo momento do jornalístico, Bacci interpretou um trecho da música “Camarote”, sucesso deWesley Safadão, de quem o jornalista é fã e amigo.

Rezende não perdeu a oportunidade e questionou se o colega tinha “algo” com o forrozeiro. “Você está apaixonado por ele? Você está morando com ele?”, indagou.

wesley-safadao

Bacci riu das perguntas, as negou e fez uma revelação. “E vou contar em primeira mão aqui, com exclusividade, que vou gravar uma música com Safadão”, disse o contratado da Record.

Hoje tem Ellen Chelsea no L’école Brasil

chelseaa

A cantora Ellen Chelsea fará show, nesta sexta-feira, a partir das 20h30min, na casa de gastronomia L’école Brasil. Com novo repertório, priorizando sucessos internacionais, ela promete uma noite de emoções e, claro, com muito romantismo.

Com Ellen Chelsea no palco, o pianista Leandro Azevedo.

SERVIÇO

L’école Brasil – Rua Monsenhor Bruno, 819 – Meirelles.

Mais Informações – 30215846.

Uma exposição em clima de viagem ao passado

jovmegug

A exposição “Golden Years Experience – Uma viagem pelo mundo do cinema, música e televisão” estará no RioMar Fortaleza a partir deste sábado e vai se estender até o dia 30 de outubro, diariamente, no piso L1 do shopping.

A atração mostra de forma lúdica e cronológica um grandioso acervo de raridades que contempla música, cinema e televisão dos anos de 1953 a 1980. Com mais de 1000 peças, a exposição tem a curadoria do cearense Washington Bezerra.

São 70 ambientações interativas, entre filmes raros dos anos 50 e temáticos dos anos 80, seriados clássicos dos anos 50 e 60, desenhos infantis dos anos 60, novelas de época dos anos 70 e 80, acervos do Elvis Presley, The Beatles, Roberto Carlos, da Jovem Guarda, James Bond, pioneiros do Rock no Brasil e no mundo, e uma apresentação especial sobre as motos Haley-Davdson, lambretta e vespa.

SERVIÇO

*Ingressos: segunda a sexta-feira – R$ 10,00 meia e R$ 20,00 inteira, sábados e domingos – R$ 15,00 meia e R$ 30,00 inteira. Na bilheteria virtual ou no local.

BC – Contas públicas ficam negativas em R$ 22,2 bi

“O setor público consolidado, formado por União, estados e municípios, registrou déficit primário, receitas menos despesas, sem considerar os gastos com juros, de R$ 22,267 bilhões, em agosto, informou hoje (30) o Banco Central (BC). Esse foi o pior resultado para o mês na série histórica, iniciada em dezembro de 2001. O resultado do mês superou o déficit primário de R$ 7,310 bilhões de agosto de 2015.

Nos oito meses do ano, o resultado negativo chegou a R$ 58,859 bilhões, contra déficit de R$ 1,105 bilhão, em igual período de 2015.
Em 12 meses encerrados em agosto, o déficit primário ficou em R$ 169,003 bilhões, o que corresponde a 2,77% do Produto Interno Bruto (PIB), a soma de todos os bens e serviços produzidos no país.

Em agosto deste ano, o Governo Central (Previdência, Banco Central e Tesouro Nacional) registrou déficit primário de R$ 22,143 bilhões. Os governos estaduais também apresentaram resultado negativo, com déficit primário de R$ 818 milhões, e os municipais, superávit de R$ 165 milhões. As empresas estatais federais, estaduais e municipais, excluídas empresas dos grupos Petrobras e Eletrobras, acusaram superávit primário de R$ 529 milhões, no mês passado.

Déficit primário

A meta fiscal prevê um déficit primário de até R$ 163,9 bilhões nas contas públicas este ano. Para chegar a esse resultado do setor público consolidado, a expectativa é que o governo federal apresente déficit primário de R$ 170,496 bilhões e estados e municípios, um superávit de R$ 6,554 bilhões.

Em agosto, os gastos com juros nominais ficaram em R$ 40,676 bilhões, contra R$ 49,703 bilhões em igual mês de 2015. De janeiro a agosto, os gastos chegaram a R$ 254,575 bilhões. Em 12 meses encerrados em julho, as despesas com juros ficaram em R$ 418,035 bilhões, o que corresponde a 6,86% do PIB.

O déficit nominal – formado pelo resultado primário e os resultados de juros – ficou em R$ 62,943 bilhões no mês passado, ante R$ 57,013 bilhões de agosto de 2015. Nos oito meses do ano, o resultado negativo foi de R$ 313,434 bilhões, contra R$ 339,431 bilhões em igual período de 2015. Em 12 meses encerrados em agosto, o déficit nominal atingiu R$ 597,038 bilhões, o que corresponde a 9,64% do PIB.

A dívida líquida do setor público – balanço entre o total de créditos e débitos dos governos federal, estaduais e municipais – somou R$ 2,638 trilhões em agosto, o que corresponde a 43,3% do PIB, contra 42,5% de julho. A dívida bruta (contabiliza apenas os passivos dos governos federal, estaduais e municipais) chegou a R$ 4,272 trilhões ou 70,1% do PIB, com elevação de 0,5 ponto percentual em relação a julho.”

(Agência Brasil)