Blog do Eliomar

Categorias para Brasil

Consumidores de energia terão desconto na tarifa em abril. No Ceará, desconto será de 13,75%

Em abril, os consumidores de energia elétrica terão um desconto na tarifa, por causa da devolução dos valores cobrados a mais no ano passado. A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) aprovou hoje (28) o processo extraordinário de ajuste nas tarifas de 90 distribuidoras do país. Os percentuais de redução na tarifa que será aplicada em abril variam de 0,95% a 19,47%.

Vai haver devolução porque o custo da energia proveniente da termelétrica de Angra 3 foi incluído nas tarifas do ano passado, mas a energia não chegou a ser usada porque a usina não entrou em operação. O valor total a ser devolvido será de R$ 900 milhões.

Anteriormente, a Aneel havia dito que o valor da devolução poderia chegar a R$ 1,8 bilhão, mas o cálculo foi reduzido porque nem todas as distribuidoras haviam cobrado os valores a mais em 2016, já que o montante foi incluído no processo de reajuste de cada concessionária, de acordo com o seu aniversário tarifário.

Como será a devolução

O procedimento de devolução dos recursos terá duas etapas. Na primeira, durante o mês de abril, a tarifa será reduzida para reverter os valores de Angra 3 incluídos desde o processo tarifário anterior e, ao mesmo tempo, deixará de considerar o custo futuro do Encargo de Energia de Reserva (EER) desta usina.

Na segunda etapa, que começa em 1º de maio e permanece até o próximo processo tarifário de cada distribuidora, a tarifa apenas deixará de incluir o EER de Angra 3.

A Aneel também determinou que as distribuidoras incluam um texto padronizado nas faturas de abril e maio de 2017 para informar os consumidores sobre o processo de ajuste. As concessionárias também devem usar outros meios de comunicação para divulgar o movimento tarifário.

Confira qual será a redução de cada distribuidora no mês de abril:
AES SUL -13,76%

AME -5,05%

AMPLA -13,36%

BANDEIRANTE -6,95%

BRAGANTINA -12,69%

CAIUA -14,49%

CEA -5,03%

CEAL -7,66%

CEB-DIS -5,92%

CEDRAP -1,38%

CEDRI -2,67%

CEEE-D -5,96%

CEJAMA -3,72%

CELESC-DIS -8,51%

CELG-D -6,30%

CELPA -7,38%

CELPE -15,31%

CEMAR -7,33%

CEMIG-D -10,61%

CEPISA -7,01%

CEPRAG -1,34%

CERAÇÁ -2,62%

CERAL ANITAPOLIS -1,14%

CERAL DIS -5,66%

CERBRANORTE -4,79%

CEREJ -2,22%

CERGAL -3,27%

CERGAPA -2,32%

CERGRAL -2,95%

CERILUZ -2,55%

CERIM -2,69%

CERMC -3,44%

CERMISSÕES -3,11%

CERMOFUL -2,51%

CERON -4,74%

CERPALO -2,08%

CERSUL -3,49%

CERTEL -4,57%

CERTREL -0,95%

CETRIL -2,92%

CFLO -10,72%

CHESP -4,45%

CNEE -14,19%

COCEL -10,70%

COELBA -15,46%

COELCE -13,95% (hoje Enel)

COOPERA -4,26%

COOPERALIANÇA -7,49%

COOPERCOCAL -2,52%

COOPERLUZ -1,91%

COOPERMILA -4,38%

COORSEL -2,17%

COPEL-D -11,88%

COPREL -4,26%

COSERN -16,66%

CPFL JAGUARI -16,49%

CPFL LESTE PAULISTA -14,81%

CPFL MOCOCA -14,71%

CPFL PAULISTA -15,28%

CPFL PIRATININGA -6,80%

CPFL SANTA CRUZ -13,41%

CPFL SUL PAULISTA -14,29%

CRELUZ-D -1,73%

CRERAL -2,47%

DEMEI -10,11%

DMED -7,09%

EBO -19,47%

EDEVP -14,23%

EFLJC -7,21%

EFLUL -6,75%

ELEKTRO -8,89%

ELETROACRE -4,10%

ELETROCAR -9,32%

ELETROPAULO -12,44%

ELFSM -8,00%

EMG -9,85%

EMS -13,81%

EMT -13,17%

ENF -9,34%

EPB -8,84%

ESCELSA -10,37%

ESE -15,36%

ETO -8,90%

FORCEL -7,34%

HIDROPAN -8,40%

IENERGIA -8,93%

LIGHT -5,35%

MUXFELDT -9,90%

RGE -10,89%

UHENPAL -10,22%

(Agência Brasil)

Gilmar Mendes quer julgar chapa Dilma-Temer na próxima semana

O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Gilmar Mendes, afirmou hoje (28) a jornalistas que o julgamento da ação em que o PSDB pede a cassação da chapa Dilma-Temer, que disputou e venceu as eleições presidenciais de 2014, deve mesmo ter início na próxima semana.

Ontem (27), o ministro Herman Benjamin, relator da ação no TSE, enviou seu relatório final para os demais ministros da Corte, liberando o processo para que seja pautado em plenário. Conforme determina a Lei da Inelegibilidade, ele pediu a Gilmar Mendes que inclua a ação imediatamente em pauta.

Questionado nesta terça-feira se o julgamento começaria de fato na semana que vem, Mendes afirmou que a “tendência é essa”.  Ele também confirmou, no entanto, que logo na abertura das discussões em plenário é possível que o julgamento seja suspenso, adiando o começo efetivo dos debates.

A suspensão ocorrerá caso os ministros decidam acatar um pedido feito pelos advogados de Dilma Rousseff para que as defesas tenham mais cinco dias para examinar provas relativas à empreiteira Odebrecht, que foram anexadas ao processo já em sua fase final, e então entregarem novas alegações finais.

“Se ele [Benjamin] levar dessa forma, certamente será discutido no plenário”, disse Mendes, referindo-se à hipótese de o relator da ação não decidir sobre a petição da defesa de Dilma antes do início do julgamento.

No caso de o prazo ser concedido às defesas, é possível que o julgamento acabe adiado para o fim de abril. Isso porque o TSE não possui sessões previstas para a semana da páscoa e o ministro Gilmar Mendes tem viagens agendadas para terceira semana de abril, quando irá à Europa participar de um seminário.

Nesta quarta-feira, Gilmar Mendes não quis responder se estaria disposto a alterar sua agenda de modo a agilizar o julgamento. Na hipótese de ação ficar suspensa até o fim do mês que vem, o ministro Henrique Neves não participará do julgamento, pois seu mandato no TSE termina no dia 16 de abril.

Cassação e inelegibilidade

Em dezembro de 2014, as contas da campanha de Dilma Rousseff e Michel Temer foram aprovadas por unanimidade pelo TSE, mas com ressalvas. No entanto, o processo foi reaberto após questionamento do PSDB, que defendeu haver irregularidades nas prestações de contas apresentadas pela chapa, que teria recebido recursos do esquema de corrupção investigado na Lava Jato.

Inicialmente focado em irregularidades na contratação de gráficas, desde o início deste mês o ministro Herman Benjamin decidiu investigar também os indícios de que a campanha teria recebido recursos não declarados da empreiteira Odebrecht, conforme indícios revelados pela Operação Lava Jato.

A jurisprudência do TSE prevê que a prestação contábil de presidentes e do vice-presidentes deve ser julgada em conjunto. Em caso de condenação, o processo pode resultar na inelegibilidade de Dilma Rousseff e de Michel Temer, que pode ainda ser afastado da Presidência da República.

A campanha de Dilma Rousseff nega qualquer irregularidade e sustenta que todo o processo de contratação das empresas e de distribuição dos produtos foi documentado e monitorado. Os advogados da presidenta afastada também afirmam que todos os recursos recebidos foram declarados.

A defesa do presidente Michel Temer sustentou no TSE que a campanha eleitoral do PMDB não tem relação com os pagamentos suspeitos ou com o recebimento de recursos não declarados.

(Agência Brasil)

XII Bienal Internacional do Livro do Ceará já está agendando visita das escolas

Frei Beto é um dos escritores confirmados no evento.

A XII Bienal Internacional do Livro do Ceará, da Secretaria da Cultura do Estado, em parceria com o Instituto Dragão do Mar e o Ministério da Cultura, que acontece de 14 a 23 de abril próximo, no Centro de Eventos, está com inscrições abertas para agendamento de escolas públicas e privadas para visitas de estudantes. Os Interessados em participar devem acessar o site da Secult,www.secult.ce.gov.br, e clicar no link “Bienal do Livro – Agendamento de visitas”.

A Bienal Internacional do Livro é um dos principais momentos do calendário cultural do Ceará e do Brasil, com uma ampla programação, referência de qualidade quanto a livro, leitura, arte, cultura e pensamento, reunindo grandes escritores e outros artistas do Ceará, do Brasil e do exterior.

As inscrições seguirão abertas até 10 de abril ou até serem preenchidas todas as vagas. O período de visitação dos grupos de estudantes e professores à Bienal vai de 15 a 23 de abril, com dois horários pela manhã (das 9 às 10 horas) e quatro à tarde (13h, 14h, 15h e 16h). O período de permanência dos estudantes na Bienal será de duas horas. Cada grupo de 20 estudantes precisará estar acompanhado por um professor.

Bienal 2017: autores já confirmados

Entre os autores já confirmados para a Bienal Internacional do Livro do Ceará 2017 estão:

  • Adelaide Gonçalves – Pesquisa e ensaio
  • Ademir Assunção – Literatura – poesia e letra de canção / Jornalista
  • Affonso Romano de Sant’Anna – Literatura – ficção
  • Almir Mota – Literatura infantil
  • Ana Miranda – Literatura – ficção
  • André Neves – Literatura infantil – autor e ilustrados
  • Angela Escudeiro – Literatura infantil, contos / Bonequeira
  • Angela Gutierrez – Literatura – romance
  • Benita Prieto – Literatura infantil – autora e contadora de histórias
  • Bule Bule – Literatura – cordel, repente, letra de canção
  • Cristovão Tezza – Literatura – ficção
  • Daniel Galera – Literatura – ficção
  • Daniel Munduruku – Literatura – ficção
  • Dimas Macedo – Literatura – poesia, ensaio, crítica literária
  • Eliane Brum – Literatura – jornalismo
  • Eugênio Leandro – Literatura – romance, conto, letra de canção
  • Fernanda Meireles – Literatura – conto, fanzine, novos meios
  • Flavio Paiva – Literatura – poesia, conto, letra de canção, literatura infantil
  • Frei Betto – Literatura – ensaio
  • Gylmar Chaves – Literatura – poesia e romance
  • Gilmar de Carvalho – Literatura – ficção / Pesquisa – ensaio
  • Horácio Dídimo – Literatura – poesia e ficção / ensaio
  • Ignácio de Loyola Brandão – Literatura – ficção
  • Isabel Lustosa – Literatura – ficção e não ficção
  • Jefferson Assunção – Literatura – ensaio
  • Jorge Pieiro – Literatura – conto, crônica, ensaio
  • José Augusto Bezerra – Bibliófilo, presidente da Academia Cearense de Letras. / Literatura – ensaio
  • José Castilho Marques Neto – Filosofia – ensaio
  • Leonardo Sakamoto – Jornalismo / Literatura – contos
  • Luiz Antonio Simas – Pesquisa – biografia e ensaio
  • Luiz Ruffato – Literatura – ficção
  • Marcelino Freire – Literatura – poesia
  • Márcia Tiburi – Literatura e filosofia – ficção
  • Marina Colasanti – Literatura – ficção
  • Mary Del Priore – Literatura – historiografia – gênero
  • Natercia Pontes – Literatura – contos
  • Natercia Rocha – Literatura – contos e poesia
  • Nei Lopes – Literatura – contos e letra de canção / Pesquisa – ensaio
  • Oswald Barroso – Literatura – ficção, poesia, letra de canção / Pesquisa – ensaio
  • Paulo Lins – Literatura – romance
  • Pedro Salgueiro – Literatura – conto
  • Raymundo Netto – Literatura – conto, crônica, romance
  • Renato Janine Ribeiro – Literatura – filosofia e educação
  • Ricardo Aleixo – Literatura – poesia, letra de canção e dramaturgia
  • Ricardo Guilherme – Literatura – ficção/dramaturgia
  • Ricardo Kelmer – Literatura – conto, poesia, roteiro, letra de canção
  • Rosemberg Cariry – Literatura – poesia, ficção, dramaturgia, ensaio
  • Sérgio Rodrigues – Literatura – ficção
  • Socorro Acioli – Literatura – ficção
  • Tércia Montenegro – Literatura – ficção
  • Valter Hugo Mãe – Literatura – ficção.

(Foto – El País)

José Dirceu: “Estou preso há 20 meses sem culpa formada em última instância”

O juiz Sergio Moro, que toca a operação “lava jato” em primeiro grau, usa um despacho de prisão para justificar o outro, de forma a impedir que as ordens sejam questionadas. É que o afirma o ex-ministro José Dirceu, condenado a 11 anos e 3 meses pelos crimes de corrupção e lavagem de dinheiro relacionados a contratos da Petrobras.

Em carta publicada nesta segunda-feira (27/3) pelo site Nocaute, do jornalista Fernando Morais, Dirceu afirma que sua prisão é ilegal e inconstitucional, além de contrariar a jurisprudência do Supremo Tribunal Federal. Dirceu tem outra condenação, a 20 anos, por corrupção, lavagem e integrar organização criminosa, mas não teve nenhum recurso julgado pela segunda instância ainda. “Não há base legal para a manutenção da minha prisão preventiva”, afirma, no texto.

A última condenação de Dirceu foi por recebimento de propina com dinheiro de contratos superfaturados para fornecimento de tubos entre Apolo Tubulares e a Petrobras. De acordo com a sentença, o ex-ministro recebeu R$ 1,4 milhão em propina por meio do ex-diretor de serviços da estatal Renato Duque.

Segundo Dirceu, o despacho de prisão é uma manutenção da preventiva já decretada em agosto de 2015, por causa da condenação por corrupção e lavagem de dinheiro proveniente de contratos superfaturados assinados entre a Petrobras e a Engevix. E, naquele despacho, Moro diz que a preventiva é instrumental para aquela ação penal.

De acordo com o ex-ministro, Moro fez isso para forçar sua defesa a começar os Habeas Corpus do zero a cada prisão. Mas a tese de seus advogados, coordenados pelo criminalista Roberto Podval, é a de que se trata da mesma prisão, justificada com outros fatos. Por isso, o HC que ele tem pendente de análise pela 2ª Turma do Supremo pode abranger também a nova condenação.

Na sentença, Moro afirma que Dirceu tem “papel central” no esquema da Petrobras porque foi o responsável pela indicação de Renato Duque para uma diretoria da empresa.

Dirceu rebate: “Moro não tem uma prova sequer de que eu tinha ‘papel central’ na Petrobras. Não existe nenhum empresário ou diretor da Petrobras à época que o afirme; não há um fato, uma licitação, um gerente, um funcionário, que justifique ou comprove tal disparate”.

(Consultor Jurídico)

Rodrigo Janot pede arquivamento de denúncia contra Henrique Meirelles

O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, pediu o arquivamento de uma denúncia de omissão contra o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles. Um funcionário de um supermercado encaminhou à presidência da República um material afirmando que o Bradesco gerenciava contas secretas, não informadas às autoridades brasileiras.

De acordo com a figura, o então presidente do Banco Central, Henrique Meirelles, tinha pleno conhecimento da fraude cometida pelo banco. O Palácio do Planalto mandou o pepino para a Polícia Federal. Depois, coube à Procuradoria-geral da República emitir um parecer sobre o caso.

A PGR constatou, porém, que as acusações não têm pé nem cabeça. Meirelles sequer havia chegado ao BC no período em que o denunciante afirma que as irregularidades foram cometidas, na década de 90.

Por isso, Janto remeteu seu parecer ao Supremo, solicitando a distribuição a um ministro do tribunal e o pronto arquivamento.

(Veja Online)

Aquiraz será sede de encontro pró-fortalecimento de entidades do Terceiro Setor

O Conselho Estadual dos Direitos da Criança e do Adolescente (CEDCA-CE) promoverá, no próximo dia 4, a primeira etapa das ações de fortalecimento das Organizações da Sociedade Civil (OSCs) do Ceará. O encontro reunirá entidades do Terceiro Setor (ONGs) e representantes dos governos municipal e estadual, na sede do Instituto Tecnológico e Vocacional Avançado (Iteva), em Aquiraz (Região Metropolitana de Fortaleza).

O encontro contará com a participação da presidente do CEDCA-CE, Nadja Furtado, do presidente do Conselho Municipal de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente (Comdica) de Fortaleza, Janne Ruti, da secretária do Trabalho e Assistência Social de Aquiraz, Denise Moreira de Aguiar, e a palavra do secretário do Trabalho e Desenvolvimento Social do Estado, Josbertini Clementino.

No encontro, haverá discussão sobre a importância de investir em qualificação, organização, conhecimento e articulação entre o público e o privado a fim de mobilizar recursos para o terceiro setor. Além disso, as organizações unirão forças para a formatação de ideias, que irão permitir um fortalecimento e crescimento das organizações, numa construção coletiva.

SERVIÇO

*Instituto Tecnológico e Vocacional Avançado (Iteva) – Rodovia CE 040, s/n – Aquiraz/CE.
*Mais informações – (85) 9.9981.3581 / (85) 3362.3210.

Biblioteca do TRT-2 abre inscrições para doar dois mil livros a entidades

Até esta quinta-feira (30/3), instituições públicas ou privadas podem se candidatar para receber obras da Biblioteca Pública Dr. Nebrídio Negreiros, sediada no Tribunal Regional do Trabalho, da 2ª Região (SP). Serão doados cerca de 2 mil livros sobre diversos ramos do Direito (clique aqui para ler a relação completa).

Interessados devem enviar e-mail para acervo@trtsp.jus.br e informar nome da instituição, CNPJ, endereço e telefone. Na mensagem, o campo assunto deve ser preenchido com o termo “Doação de livros”, e, no corpo da mensagem, o número do(s) item(ns), a descrição da obra (autor, título, edição, editora e ano) e o número de exemplares. Segundo o TRT-2, o critério será a ordem de chegada dos pedidos.

(Com informações da Assessoria de Imprensa do TRT-2)

MP do Ceará fecha convênio com Consulado Geral dos EUA

Promover a colaboração entre os serviços de inteligência cearense e norte-americano no combate ao tráfico de drogas, de seres humanos, lavagem de dinheiro e fraude de documentos e compartilhar expertises e técnicas de investigação eis o objetivo do Termo de Cooperação Técnica Internacional que será firmado nesta quarta-feira (29), às 9 horas, entre o Ministério Público do Ceará e o Consulado Geral dos EUA, por meio do Serviço de Segurança Diplomática – Investigações Criminais no Exterior.

O ato de assinatura do documento envolverá o​​ procurador-geral de justiça, Plácido Rios, e pelo cônsul-geral do Consulado dos EUA no Recife, Richard Reiter, e ocorrerá no​ p​lenário dos Órgãos Colegiados da PGJ (Bairro Joaquim Távora). “Essa cooperação trará melhorias nas nossas ações de combate à criminalidade, principalmente, em delitos de mais difícil elucidação, que envolvem corrupção, tráfico de drogas e organizações criminosas, que, inclusive, já se proliferam e condensam um número absurdo no nosso Estado”, afirma o procurador-geral de justiça, Plácido Rios.

Outro destaque apontado pelo PGJ é a cooperação no combate aos crimes que ultrapassam as fronteiras brasileiras. O termo prevê obrigações às duas entidades. Entre as obrigações comuns, estão a cooperação nas investigações para combater a produção e o uso de documentos fraudulentos; e a investigação de crimes relacionados ao terrorismo, crime organizado, corrupção, tráfico de seres humanos, tráfico de drogas, lavagem de dinheiro e produção e distribuição de documentos falsos.

Fortaleza será sede do 43º Congresso Brasileiro dos Cronistas Esportivos

Fortaleza será sede, nesta quinta-feira, do 43º Congresso Brasileiro de Cronistas Esportivos. O evento ocorrerá no Hotel Praia Centro até sexta-feira e reunirá cerca de 100 profissionais do Ceará e de vários Estados.

Durante o congresso, o cearense Aderson Maia dará adeus à presidência da Associação Brasileira dos Cronistas Esportivos (Abrace).

A coordenação do congresso é do presidente da Associação dos Profissionais da Crônica Desportiva do Ceará (APCDEC), Alano Maia, com apoio dos diretores Edilson Alves e Sérgio Ponte.

Filho de Jango cumpre agenda em Fortaleza

João Vicente Goulart, filho do ex-presidente João Goulart, cumprirá agenda em Fortaleza nesta semana. Ele chega na quarta-feira e, à noite, na sede dom PDT, participará de um debate sobre a Conjuntura Nacional.

Segundo Papito de Oliveira, da direção estadual pedetista, João Vicente ainda lançará seu livro “Jango e eu ” na Câmara Municipal, às 19 horas de sexta-feira. Antes, no auditório do legislativo municipal, ele participará de uma audiência pública sobre Reforma da Previdência.

(Foto – Divulgação)

Um prefeito globalizado

230 1

O prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio, assina artigo que ocupa espaços no O POVO desta terça-feira. Ele destaca giro internacional que inicia, aborda esforços por parcerias e destaca que é preciso atrair novos investimentos. Confira:

Quando assumi o cargo de prefeito de Fortaleza pela primeira vez, em 2013, uma das principais metas era tornar Fortaleza uma cidade mais moderna e acolhedora para todos. Entendemos, de pronto, que esse enorme desafio não seria possível sem uma grande ação de planejamento da Cidade, que indicasse os principais problemas e apontasse soluções factíveis e que, sem a ajuda de parceiros nacionais e internacionais, poderíamos viabilizar e atender demandas sonhadas, há décadas, pelos fortalezenses.

A partir dessas constatações, iniciamos o Plano Fortaleza 2040 e, ao mesmo tempo, começamos uma cruzada em busca de parceiros. Com bons projetos debaixo do braço, começamos a abrir portas de instituições como o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), Banco de Desenvolvimento da América Latina (CAF), Banco Mundial (Bird), Agência Francesa de Desenvolvimento (AFD) e Fundação Bloomberg, só para citar alguns.

Iniciamos, com isso, experiências bem-sucedidas em Fortaleza, em áreas como mobilidade, educação, saúde e desenvolvimento urbano. As parcerias internacionais ainda vão viabilizar importantes obras para o turismo, como a conclusão da Nova Avenida Beira-Mar e o Polo Varjota, que fará uma completa requalificação urbana naquela área da Cidade, com novas calçadas, faixas elevadas de pedestres, luz branca e parklets.

Todo esse nosso esforço em busca de investimentos que tornem Fortaleza uma cidade melhor de se viver vem sendo reconhecido nacional e internacionalmente. Nossa Cidade, por exemplo, foi a única capital do País a receber o Prêmio Mérito Brasil de Governança e Gestão Públicas, do Tribunal de Contas da União (TCU). Do Sebrae Nacional, recebemos o Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor.

Com motivação renovada, iniciamos, hoje, mais uma missão internacional em busca de novos investimentos para Fortaleza. A primeira escala será em Frankfurt, onde vamos tratar com a alemã Fraport, empresa que venceu o leilão para administrar o Aeroporto Internacional Pinto Martins pelos próximos 30 anos. Vamos apresentar as oportunidades de negócios existentes no entorno do Aeroporto.

Também vamos a Nova Deli, na Índia, onde participaremos como único convidado brasileiro do Novo Banco de Desenvolvimento dos Brics, de um seminário em que apresentaremos os avanços de Fortaleza em áreas como mobilidade, educação e saúde. Também conversaremos com investidores para parcerias nessas e em outras áreas. Com certeza, conseguiremos novas parcerias, porque, com planejamento, bons projetos e muita responsabilidade na hora de escolher onde e como investir, é possível fazer muito mais e tornar Fortaleza uma cidade melhor de se viver.

Roberto Cláudio Rodrigues Bezerra

roberto.claudio@fortaleza.ce.gov.br

Prefeito de Fortaleza.

Camocim pode ganhar estaleiro para fabricação de iates de luxo

A Prefeitura de Camocim (Litoral Oeste) desapropriou área para abrigar um projeto do tricampeão de Fórmula Um, Nelson Piquet.

Ele quer implantar ali um estaleiro voltado exclusivamente para construção de iates de luxo, informa a prefeita Mônica Aguiar.

Ela não deu muitos detalhes, mas resta saber se esse estaleiro sairá mesmo do papel.

Funai tem sede ocupada por povos indígenas

Membros dos povos indígenas no Ceará ocupam, desde o dia 20 de março, a sede da Coordenação Regional Nordeste II, da Fundação Nacional do Índio (Funai), em Fortaleza. Eles querem o fortalecimento do órgão e repudiam o “loteamento” e “apadrinhamento” político e a extinção de 347 cargos, o que saiu publicada num decreto presidencial no Diário Oficial da União do último dia 24.

Segundo os representantes dos povos indígenas, essa medida enfraquece a entidade e o direito à terra. Os indígenas são contra a medida do Governo Federal de nomeação de Tanúsia Maria Vieira para exercer o cargo de Coordenadora da Coordenação Regional (CR) Nordeste II, responsável por assistir aos povos indígenas dos Estados de Piauí, Ceará, Rio Grande do Norte e Paraíba, conforme Portaria SE/MJSP nº 262, publicada no Diário Oficial da União.

A maioria dos cortes recaiu sobre os cargos de DAS 1, para funcionários de menor nível técnico, mas que desenvolvem atividades fundamentais, especialmente em campo.

(Foto – Divulgação)

 

Fórum de Governadores do Nordeste faz reunião em Fortaleza

O governador Camilo Santana (PT) vai ciceronear nesta quarta-feira, a partir das 9 horas, no Palácio da Abolição, a primeira reunião do ano do Fórum de Governadores do Nordeste.

Entre temas, segundo a assessoria de imprensa do Abolição, a reforma da Previdência e a Transposição do São Francisco.

Ao final do encontro, deverá sair a Carta de Fortaleza, com posição dos governadores nordestinos e que será encaminhada para o Palácio do Planalto.

Camilo é o entrevistado do programa O POVO Economia

O governador Camilo Santana será o entrevistado, desta terça-feira, do programa O POVO Economia, da Rádio O POVO/CBN, apresentado pela jornalista Neila Fontenele.

O programa começa às 14 horas e dará oportunidade a Camilo de expor mais detalhes sobre a parceria que fechou com o Porto de Roterdã, na Holanda. Ele também dará mais informações acerca dos contatos mantidos com o grupo Fraport, que arrematou o Aeroporto Internacional Pinto Martins.

 

Doria fará prestação de contas dos 100 primeiros dias de gestão de olho em 2018

O prefeito de São Paulo, João Doria, vai fazer uma apresentação sobre seus 100 dias de governo no dia 10 de abril. A informação é da Coluna Radar, da Veja Online.

Na prestação de contas, Doria pretende abordar as realizações em áreas cruciais da Capital paulista, incluindo saúde, educação e meio ambiente.

Como sabe jogar com a mídia, deverá reforçar a pose e imagem de quem, segundo alguns tucanos, não estaria nada descartado da disputa presidencial de 2018. Doria posa de novo na política brasileira.

Michel Temer diz que o Brasil está vencendo a crise e que o emprego voltou

162 1

Com o título “O emprego voltou”, eis artigo do presidente Michel Temer que está no O POVO desta terça-feira. Ele comemora que a economia está se recuperando e começando a gerar novas vagas no mercado. Confira:

A melhor notícia que um governante pode transmitir, sejam quais forem as circunstâncias que envolvem o momento de sua administração, é a geração de novos empregos. Tive a felicidade de fazê-lo, ao anunciar que, depois de 22 meses de números negativos, revertemos a tendência de queda. Foram criados mais de 35 mil empregos com carteira assinada em fevereiro.

É claro que temos ainda muitos milhões de brasileiros a trazer de novo para o mercado formal. O importante é que o emprego está voltando. Agimos de forma corajosa para que a iniciativa privada, que gera os empregos, possa prosperar. Sem o empresariado fortalecido, não temos oportunidade de novas vagas na indústria, no comércio, na agricultura, nos serviços.

Tivemos a ousadia de editar uma lei que limita os gastos públicos. E foi uma ação bem-sucedida, porque há um diálogo muito sólido com o Congresso Nacional, que aprovou nossa proposta em tempo recorde. Colocar ordem nas contas públicas é criar condições para a retomada do crescimento e, consequentemente, geração de empregos, nosso objetivo central.

A queda da inflação e a baixa dos juros básicos da economia vieram logo a seguir. Segundo o Banco Central, até o fim do ano, a inflação estará abaixo do centro da meta, que é de 4,5%. Todos sabemos que esses fatores são imprescindíveis para o crescimento da economia, o que significa mais renda e mais empregos.

Com a liberação dos saldos das contas inativas do FGTS, vamos injetar cerca de R$ 35 bilhões na economia brasileira. Todo esse dinheiro vai diretamente para as mãos de mais de 30 milhões de trabalhadores. Dívidas serão pagas, reabrindo acessos ao crédito. Compras adiadas vão aquecer, especialmente, o comércio lojista. No fim, seja qual for a aplicação desse dinheiro, toda a sociedade será beneficiada.

Para este ano, nós destinamos, apesar da crise que enfrentamos e estamos vencendo, R$ 75 bilhões para a construção de cerca de 600 mil casas no Minha Casa Minha Vida, que vai incentivar a construção civil. E isso significa mais empregos para quem precisa.

A confiança no Brasil está sendo recuperada. O caminho da responsabilidade começa a dar resultado. Vamos fazer as reformas da Previdência e trabalhista de que o Brasil precisa para seguir na retomada do crescimento econômico sustentável e do desenvolvimento social.

Michel Temer

regional.imprensa@presidencia.gov.br

Presidente da República.

Polícia Federal deflagra 30º fase da Lava Jato

A Polícia Federal (PF) deflagrou, na manhã desta terça-feira (28), a 39ª fase da Operação Lava Jato. Os mandados judiciais são cumpridos apenas na cidade do Rio de Janeiro. Até a última atualização desta reportagem, não havia mais informações sobre a nova etapa.

A fase anterior da Lava Jato, deflagrada no dia 23 de fevereiro e batizada de Blackout, apura o pagamento de US$ 40 milhões de propinas durante 10 anos. Jorge Luz e o filho dele Bruno Luz são suspeitos de facilitar o pagamento de propinas.

Ainda conforme a força-tarefa da Lava Jato, entre os beneficiários, há senadores e outros políticos, além de diretores e gerentes da Petrobras.

(Portal G1 Paraná).