Blog do Eliomar

Categorias para Brasil

Datafolha – Parcelas mais ricas da população se dividem na avaliação do governo Bolsonaro

Com a avaliação quase inalterada na base da pirâmide econômica, a maior mudança na percepção do governo Bolsonaro ocorreu nas elites, informa a Painel, da Folha de S.Paulo, baseada em pesquisa do Datafolha.

Em comparação com a pesquisa anterior, os que ganham de cinco a dez salários mínimos expressaram uma visão mais crítica, enquanto os que têm renda acima desta marca ampliaram a aprovação. No primeiro time, os que taxam a gestão como ótima ou boa recuaram de 43% para 37%. No segundo, saltaram de 41% para 52%.

Entre os de renda de cinco a dez mínimos, a avaliação de Jair Bolsonaro oscilou para pior em todos os quesitos. Além do número dos que veem seu governo como ótimo e bom ter encolhido, o dos que o classificam como regular passou de 26% para 29%, e o dos que o tratam como ruim ou péssimo de 28% para 32%.

Já a percepção dos mais ricos fez trajetória oposta. Na faixa dos que ganham mais de dez salários mínimos, além do salto na aprovação do presidente, o índice dos que veem sua gestão como regular passou de 26% para 15%, e como ruim e péssima de 37% para 32%.

(Foto – Agência Brasil)

BNB registra crescimento de 9% nas contratações do primeiro semestre

O Banco do Nordeste registrou, nos primeiros seis meses deste ano, a aplicação de R$ 18,8 bilhões na economia da região, por meio de mais de 2,4 milhões de operações. A informação é do presidente do BNB, Romildo Rolim.

O montante representa um crescimento de 9% em relação ao mesmo período de 2018, quando a instituição havia contratado R$ 17,4 bilhões.

Somente com recursos do Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste (FNE), principal funding da instituição, as aplicações somaram R$ 13,4 bilhões, envolvendo mais de 250 mil operações. O volume aplicado também foi superior ao do primeiro semestre do ano passado, quando as aplicações do FNE fecharam em 12,3 bilhões.

Para o presidente do BNB, o volume de negócios deve crescer ainda mais no segundo semestre. “Em face do reaquecimento da economia, esperamos ultrapassar nossa meta de aplicações, que é de R$ 38,7 bilhões em 2019, sendo R$ 27,7 bilhões oriundos do FNE e R$ 11 bilhões destinados ao microcrédito urbano, Crediamigo”, prevê.

(Foto – Fábio Lima)

Receita Federal abre nesta segunda-feira consulta ao segundo lote de restituições do IR 2019

A Receita Federal abrirá, a partir das 9 horas desta segunda-feira (8), as consultas ao segundo lote de restituição do Imposto de Renda de Pessoas Físicas (IRPF) de 2019, e a lotes residuais de 2008 a 2018. A informação é do Portal G1.

De acordo com o Fisco, serão pagos neste lote R$ 5 bilhões, a 3.164.229 contribuintes. Os depósitos serão feitos em 15 de julho.

Do total a ser pago, R$ 2,362 bilhões serão pagos a contribuintes idosos acima de 60 anos, com alguma deficiência física ou mental ou moléstia grave, e contribuintes cuja maior fonte de renda seja o magistério.

SERVIÇO

*As consultas podem ser feitas pelo site da Receita Federal na internet. Há, ainda, o aplicativo para tablets e smartphones que facilita consulta às declarações do IRPF e situação cadastral no CPF, diretamente nas bases de dados da Receita Federal.

(Foto – Agência Brasil)

ProUni 2019 – Candidatos tem até esta segunda-feira para comprovar informações

162 1

Os estudantes selecionados na segunda chamada do Programa Universidade para Todos (ProUni) têm até hoje (8) para comprovar as informações fornecidas na hora da inscrição. No site do ProUni está disponível a lista da documentação necessária.

Cabe aos estudantes verificar, nas instituições de ensino para as quais foram selecionados, os horários e o local de comparecimento para a confirmação das informações. O resultado da segunda chamada foi divulgado no último dia 2 e está disponível na página do programa.

Aqueles que não foram selecionados podem ainda participar da lista de espera nos dias 15 e 16 de julho.

ProUni

Ao todo, serão ofertadas para o segundo semestre deste ano 169.226 bolsas de estudo em instituições particulares de ensino superior, sendo 68.087 bolsas integrais, de 100% do valor da mensalidade, e 101.139 parciais, que cobrem 50% do valor.

As bolsas integrais são destinadas a estudantes com renda familiar bruta per capita de até 1,5 salário mínimo. As bolsas parciais contemplam os candidatos que têm renda familiar bruta per capita de até 3 salários mínimos.

Quem pode participar

O ProUni é voltado a candidatos que não tenham diploma de curso superior e que tenham participado do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2018. Além disso, os estudantes precisam ter cursado o ensino médio completo em escola pública ou em instituição privada como bolsista integral.

É preciso ainda ter obtido no mínimo 450 pontos na média aritmética das notas obtidas nas provas do Enem. O cálculo é feito a partir da soma das notas das cinco provas, dividida por cinco. Outra exigência é de que o aluno não tenha tirado zero na redação.

Também podem se inscrever no programa estudantes com deficiência e professores da rede pública.

(Agência Brasil)

Após vitória em campo, Paulo Guedes espera aprovar a reforma da Previdência

Após a vitória da seleção masculina do Brasil sobre a seleção peruana no jogo desse domingo (7), o que rendeu ao país mais um título de campeão da Copa América, o ministro da Economia, Paulo Guedes, disse que espera que a próxima vitória seja a aprovação da reforma da Previdência no Congresso Nacional.

“Espero que esta seja uma grande semana, que comece agora com o Brasil campeão e que, ao longo da semana, a gente aprove a Previdência”, disse Guedes à TV BrasilGov no intervalo da partida.

A expectativa é que a proposta de reforma da Previdência, que foi aprovada na Comissão Especial na última quinta-feira (4), seja votada em primeiro turno no plenário da Câmara dos Deputados até esta quarta-feira (10). O texto precisa ser aprovado em dois turnos na Câmara antes de seguir para o Senado, onde também passa por dois turnos. Nesse processo, a proposta ainda pode ser modificada.

De forma geral, a proposta estabelece, para se aposentar, a idade mínima de 65 anos para homens e de 62 anos para mulheres, com um mínimo de 20 anos de contribuição para eles e de 15 anos para elas. Os trabalhadores que contribuírem pelo tempo mínimo terão direito a uma aposentadoria de 60% da média dos salários, assegurando que seja pago pelo menos o salário mínimo. Para ter direito a 100% da média dos salários, será necessário contribuir por 40 anos.

Atualmente, a aposentadoria por idade pode ser solicitada pelos homens aos 65 anos e pelas mulheres, aos 60, com, no mínimo, 15 anos de contribuição. Já a aposentadoria por tempo de contribuição pode ser solicitada com 35 anos de trabalho pelos homens e com 30 anos pelas mulheres.

(Agência Brasil)

Bolsonaro comemora vitória da Seleção; alguns atletas o chamam de “Mito”

1447 5

O presidente Jair Bolsonaro testou popularidade durante o jogo em que o Brasil conquistou a Copa América, ao derrotar, nesse domingo, o Peru pelo placar de 3 a 1, no Maracanã. Foi aplaudido pela torcida e até posou ao lado dos jogadores da seleção, em clima de festa da vitória.

Bolsonaro teve direito a corinho de “Mito” entoado por alguns aletas da Canarinho.

Ainda no mesmo domingo, ele voltou a admitir que quer ir para a reeleição.

(Vídeo – Reprodução de TV)

Brasil é a virgem que todo tarado de fora quer, diz Bolsonaro

186 2

“O primeiro mundo quer para eles a administração dessa área. O Brasil é uma virgem que todo tarado de fora quer”, afirmou o presidente Jair Bolsonaro ao ser questionado sobre fala do Papa Francisco, que afirmava que a situação na Amazônia é o melhor exemplo para explicar os problemas ambientes e sociais que acontecem ao redor do mundo.

Bolsonaro fez a declaração nesse sábado, 6, quando falava sobre a pressão de países europeus pela preservação da Amazônia e o processo de demarcação de terras indígenas.

Para Bolsonaro, os países do continente europeu não têm outro objetivo além de querer explorar, no futuro, as terras da região. Segundo ele, na “cabeça dos europeus”, a Amazônia não seria territória brasileiro.

Bolsonaro também foi duro em criticar a influência de outros países no processo de demarcação dos territórios indígenas e quilombolas. “Você quer perder a Amazônia? Quando os outros presidentes iam nessas reuniões, como eu fui, vinham pra cá e demarcavam dezenas de terras indígenas. Você consegue imaginar o tamanho da região Sudeste? Dá pra imaginar? Uma área maior que isso não está reservada para índio. O índio não tem poder de lobby? ONGs, grana de fora do Brasil. Áreas riquíssimas. O que o outro mundo quer é preservar essa área pra poder explorar um dia”, finalizou.

Datafolha – 58% consideram inadequadas conversas de Moro e procuradores da Lava Jato

Pesquisa feita pelo Datafolha e publicada neste sábado, 6, aponta que 58% dos brasileiros consideraram inadequadas as supostas conversas vazadas entre Sérgio Moro, então juiz da Operação Lava Jato, e procuradores da força-tarefa. Já os que viram as mensagens como adequadas são 31%. Os que não souberam opinar representam 11% dos entrevistados.

Apesar disso, 55% dos entrevistados não acham que Moro deveria deixar o cargo de ministro da Justiça, posto que assumiu no início deste ano após convite do presidente Jair Bolsonaro, que venceu eleição no ano passado derrotando no segundo turno o petista Fernando Haddad, apoiado pelo ex-presidente Lula. Outros 38% concordam que Moro deveria renunciar. Os que não sabem são 7%. A avaliação de Moro como ministro caiu de 59% em abril para 52% nesta pesquisa.

Segundo os dados divulgados em reportagem do jornal Folha de S.Paulo, quanto menor a faixa de renda dos entrevistados, maior o índice de reprovação às conversas. Os mais jovens também são os que mais reprovam as mensagens vazadas. Por região, a rejeição é maior no Nordeste (56%), seguido por Centro-Oeste e Norte (44%), Sudeste (35%) e Sul (33%).

O levantamento indica também que, se as conversas forem comprovadas, 59% das pessoas concordam que o conteúdo é grave e as decisões de Moro como juiz dos casos da operação devem ser revistas. Outros 30% acreditam que as conversas não têm importância diante dos resultados da Lava Jato no combate à corrupção, enquanto 11% não souberam opinar.

Contudo, a maioria dos brasileiros (54%) é a favor da punição ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, condenado por corrupção passiva e lavagem de dinheiro no caso do tríplex do Guarujá, que faz parte dos processos da Lava Jato. A prisão é vista como injusta por 40%. Os que não souberam opinar são 6%.

As supostas conversas têm sido vazadas em uma série de reportagens produzidas pelo site The Intercept Brasil, do jornalista Glenn Greenwald, que se tornou conhecido internacionalmente por reportagens sobre o programa global de espionagem do governo norte-americano.

Nas mensagens, Moro teria orientado o trabalho dos procuradores da Lava Jato, indicando um conluio entre juiz e acusação. Moro nega o conluio e afirma não ter como confirmar a autenticidade das mensagens, por não se lembrar de conversas ocorridas há anos e porque, mesmo que sejam verdadeiras, já teriam sido apagadas.

Bolsonaro tem dado apoio a Moro e disse na sexta-feira, 5, que pretende assistir no domingo à final da Copa América, entre Brasil e Peru, no Maracanã, ao lado do titular da Justiça e Segurança Pública. “E o povo vai dizer se nós estamos certos ou não”, disse o presidente.

(Agência Estado)

Morre João Gilberto, o Pai da Bossa Nova

189 2

O cantor, compositor e violonista baiano João Gilberto, considerado um dos pais da Bossa Nova, morreu hoje (6) aos 88 anos, na cidade do Rio de Janeiro. A informação foi confirmada pelo filho do artista Marcelo Gilberto, que também é músico, em seu perfil na rede social Facebook.

O artista, conhecido por sua reclusão e perfeccionismo, cimentou as bases da Bossa Nova com os discos Chega de Saudade (1959), O Amor, o Sorriso e a Flor (1960) e João Gilberto (1961). Chega de Saudade, de autoria de Vinícius de Moraes e Tom Jobim, é uma das músicas mais famosas tocadas por João Gilberto. O álbum jazz e bossa nova Getz/Gilberto (1964), uma parceria com o saxofonista estadunidense Stan Getz, foi premiado com o Grammy. Ele também fez composições próprias, como Bim-Bom e Oba-la-la.

A última vez em que João Gilberto pisou nos palcos foi em 2008, por ocasião das comemorações dos 50 anos da Bossa Nova. Houve uma expectativa de que ele voltasse aos palcos em novembro de 2011, em uma turnê nacional com o show João Gilberto 80 anos – Uma Vida Bossa Nova. Mas a primeira apresentação que seria realizada na capital paulista foi cancelada por motivos de saúde do músico e a turnê acabou não acontecendo.

O compositor foi visto cantando e tocando violão pela última vez em 2015: ele aparece em vídeos postados na rede social Facebook por Claudia Faissol, mãe de Luisa, filha caçula do cantor. João estava de pijama e tocava e cantava Garota de Ipanema ao lado da filha.

Devido a problemas financeiros e de saúde do cantor, a filha dele Bebel Gilberto conseguiu a interdição do músico no último dia 15 de novembro. O processo corre em segredo de justiça na 5ª Vara de Órfãos e Sucessões do Rio de Janeiro.

(Agência Brasil)

Operação Fake News – Receita Federal faz auditoria em 27 prefeituras do Ceará, Piauí e Maranhão

Auditores fiscais das Delegacias da Receita Federal do Brasil, que atuam nos estados do Ceará, Piauí e Maranhão estão realizando procedimentos de auditoria de crédito em 27 municípios dos três estados. O objetivo da Operação intitulada “Fake News”, é checar a legitimidade e legalidade dos valores informados a título de compensação para quitação dos débitos previdenciários apurados por estes municípios, informa a assessoria de imprensa do órgão.

Estão sendo auditadas as Prefeituras, secretarias e fundos vinculados. O valor total dos débitos compensados chega a aproximadamente R$ 80 milhões, apenas em valores originais, e compreende os anos de 2017 e 2018, havendo potencial para que a verificação se estenda até o ano de 2019.

Auditorias e Intimações

Segundo a Receita Federal, as etapas da operação incluem instauração de auditoria fiscal com intimação imediata para apresentação, no prazo de 20 (vinte) dias, dos documentos comprobatórios do crédito utilizado; processamento e análise das alegações e documentações apresentadas; lançamento de ofício dos valores compensados cuja legalidade do crédito não seja comprovada; representações aos órgãos competentes por crime contra a ordem tributária e previdenciária, por falsidade de informação e também por improbidade dos gestores e agentes públicos, quando comprovadas tais práticas, além de encaminhamento dos resultados aos respectivos Tribunais de Contas do Estado.

Essa operação tem previsão de ser concluída até setembro próximo, ocasião em que virá um balanço das ações adotadas e dos resultados obtidos, avaliando-se a continuidade da mesma em relação a outros municípios que também realizaram tal procedimento. A ordem é coibir práticas abusivas e danosas à sociedade, de supressão de pagamento das contribuições previdenciárias devidas à União, fundamentais para o financiamento da previdência pública e da assistência social.

Bancas de advogados

Em procedimento de diligências prévias, observou-se que os municípios em questão, para lançar mão de tais procedimentos, são orientados por algumas bancas de advogados contratados possivelmente por meio de dispensa de licitação, cujos pagamentos de honorários são realizados mediante contrato de risco, logo após a entrega da declaração que informa a compensação à Receita Federal. Isso, sem que haja a homologação do procedimento, expressa ou tácita, por parte do órgão, condição necessária para a extinção definitiva do crédito tributário.

Bolsa opera em queda

O principal índice da B3 – antiga Bolsa de Valores de São Paulo – opera em queda nesta sexta-feira (5). Às 11h01, o Ibovespa caía 0,82%, a 102.785 pontos, puxado pelas ações da Vale e da Companhia Siderúrgica Nacional com recuos de mais de 3%.

As ações da Petrobras, Bradesco, Azul e Eletrobras também têm desvalorizações.

Ontem, o Ibovespa, principal indicador de desempenho das ações negociadas na B3, bateu mais um recorde nominal ao encerrar o dia em 103.636 pontos, alta de 1,56% em relação ao pregão anterior. O recorde anterior, de 102.062 pontos, foi registrado em 24 de junho de 2019.

A cotação do dólar comercial está em R$ 3,83.

(Agência Brasil)

Mega-Sena sorteará R$ 3 milhões neste sábado

A Mega-Sena sorteia o prêmio de R$ 3 milhões neste sábado (6). As seis dezenas do concurso 2.166 serão sorteadas, a partir das 20h (horário de Brasília).

De acordo com a Caixa, valor do prêmio, caso aplicado na poupança, poderia render mais de R$ 11 mil por mês. Daria também para adquirir uma frota de 70 carros populares.

As apostas podem ser feitas até as 19h (horário de Brasília) deste sábado, em qualquer casa lotérica do país credenciada pela Caixa em todo o país. O bilhete simples, com seis dezenas, custa R$ 3,50.

(Agência Brasil)

Levantamento do PT mostra rede social dividida ao meio durante oitiva de Moro na Câmara

137 1

A Agência PT produziu relatório sobre o comportamento nas redes sociais durante a oitiva do ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, em quatro comissões na Câmara dos Deputados, na última terça-feira, informa Folha de S.Paulo desta sexta.

A audiência era para ouvir Moro sobre conversas vazadas dele com procuradores da Lava Jato.

O levantamento analisou 94,2 mil postagens, que foram dividas em três grupos: 48% de apoiadores do ex-juiz, 46,6% de críticos e 3% de “intermediários à polarização”.

(Foto – Agência Brasil)

Em lista tríplice para ministro substituto do TSE, Bolsonaro escolhe Carlos Velloso, o terceiro mais votado

O advogado Carlos Velloso Filho foi nomeado ministro substituto do Tribunal Superior Eleitoral. A nomeação foi oficializada nessa quinta-feira pelo presidente Jair Bolsonaro.

O advogado foi o terceiro mais votado na lista tríplice para o cargo, definida pelo Plenário do Supremo Tribunal Federal no dia 26 de junho. Ele recebeu oito votos dos ministros, contra nove de Marçal Justen Filho, e dez de Daniela Teixeira, ex-vice-presidente da OAB-DF e conselheira federal da OAB.

A lista tríplice seguiu para Bolsonaro, que decidiu pela nomeação de Carlos Mário da Silva Velloso Filho. Ele vai substituir Sérgio Silveira Banhos, que foi nomeado ministro titular do TSE.

(Consultor Jurídico)

Jornada Pedagógica Voz das Infâncias reúne professores em Fortaleza

Cerca de 400 professores, psicólogos, psicopedagogos e profissionais envolvidos com a educação infantil participam da Jornada Pedagógica Voz das Infâncias, no auditório da Uni7, em Fortaleza. Neste segundo dia do evento, acontecem as explanações do professor, educador e artista plástico Grandhy Piorski, que falará sobre “A criança, a imaginação e a vida material”.

“É um desafio enorme trabalhar com essas profissionais que atuam direto com as diferentes realidades das crianças. Percebo imenso interesse em descortinar novos caminhos de leitura da vida em infância e principalmente a vida imaginária da criança”, diz ele.

O encontro prossegue até sábado com a presença do doutor e mestre em educação Paulo Fochi, que falará sobre “Documentação pedagógica: teoria e prática”. Fochi é pesquisador e colaborador do Contextos Integrados em Educação Infantil (USP/CNPq) e foi um dos quatro consultores para a elaboração da Base Nacional Comum Curricular para a Educação Infantil (MEC).

A Jornada Pedagógica Voz das Infâncias é uma realização do Ateliê de Encontros, entidade criada pela professora cearense da rede municipal de educação, a pedagoga Karen Justo.

(Foto – Divulgação)

Policiais federais reclamam do silêncio de Moro diante de impasse na Previdência

E não foi só presidente Jair Bolsonaro nem o ministro da Economia, Paulo Guedes, que viraram alvos da insatisfação dos agentes de segurança mantidos pela União e que não obtiveram ganhos na proposta da reforma da Previdência.

Segundo informa a Coluna Painel, da Folha de S.Paulo desta sexta-feiras, as farpas também foram direcionadas para o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro. O silêncio dele foi alvo de críticas.

“Não tivemos quem nos defendesse na nossa própria casa”, disse Flávio Werneck, diretor jurídico da Federação Nacional dos Policiais Federais.

O retrato final da votação do relatório da reforma na comissão especial marca uma quebra de confiança entre os policiais e o governo. “O presidente não tem força nessa reforma. Está demonstrando que não consegue controlar sua equipe no Congresso”, completou Werneck.

Justiça decide que Ciro responderá a processo por ter difamado João Doria

612 9

A 3ª Turma do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e dos Territórios determinou que o ex-ministro Ciro Gomes (PDT) responda a um processo por difamação contra o governador João Doria (São Paulo). A informação é do site Conexão Política.

O fato se registrou em março de 2017. Nessa ocasião, Ciro afirmou que o então prefeito de São Paulo seria um “farsante” e que “enriqueceu fortemente com dinheiro público”. Após isso, o tucano processou o pedetista por calúnia e difamação.

Na primeira instância o pedido foi rejeitado.

Doria recorreu e alegou que aquela não era a primeira vez que o ex-governador do Ceará o ofendia.

A 3ª Turma, então, descartou o processo de calúnia, mas aceitou o de difamação pela fala de Ciro Gomes de que Doria enriqueceu com dinheiro público.

(Foto – Reprodução de TV)

Ecos 2020 – TSE vai comprar 180 mil urnas eletrônicas

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) vai comprar cerca de 180 mil urnas eletrônicas para serem usadas nas eleições municipais do ano que vem, quando serão escolhidos novos prefeitos, vice-prefeitos e vereadores. As novas urnas vão substituir as mais antigas, que entraram em funcionamento em 2006 e 2008. O custo da aquisição ainda não foi definido.

Nesta semana, o TSE realizou audiência pública para colher sugestões das empresas interessadas. O TSE também tirou dúvidas sobre especificações técnicas, segurança e manutenção da urna. Está prevista para a próxima terça-feira (9) a divulgação de um parecer técnico sobre as propostas recebidas pelo tribunal.

Segundo o secretário de Tenologia da Informação do TSE, Giuseppe Janino, a substituição dos equipamentos é necessária para melhorar a tecnologia utilizada nas urnas. De acordo com o secretário, o Brasil realiza a maior eleição informatizada do mundo.

“Saímos de um processo eleitoral manual, com baixos índices de credibilidade, até alcançarmos alto nível de confiança junto ao cidadão, utilizando os atributos de integridade e de segurança que só o paradigma digital proporciona”, disse Janino.

As urnas eletrônicas começaram a ser utilizadas nas eleições municipais de 1996. Segundo o TSE, nunca houve qualquer espécie de fraude no sistema eletrônico de votação.

(Agência Brasil)