Blog do Eliomar

Categorias para Brasil

Ceará tem melhor índice de atividades turísticas do País nos últimos 12 meses, aponta IBGE

278 2

O Ceará apresentou o melhor índice de volume das atividades turísticas do Brasil. É o que aponta a última Pesquisa Mensal de Serviços do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), divulgada nesta semana. O índice do Ceará cresceu 10% no acumulado dos últimos 12 meses, enquanto o do Brasil cresceu 3,3% no mesmo período.

Segundo a assessoria de imprensa da Secretaria do Turismo do Estado, o Ceará já havia sido a unidade da federação com o melhor resultado no acumulado de 2018 e vem mantendo a liderança nos três primeiros meses deste ano.

“Não há duvidas que esses números são reflexo do aumento do número de conexões e do investimento em publicidade e promoção do Ceará nos nossos principais mercados emissores de turistas. Nosso crescimento vem se mantendo e a tendência é que cresça ao longo deste ano. Com o sucesso do hub da Air France/KLM e GOL e dos voos da Latam, mais companhias aéreas têm nos procurado”, afirma o secretário do Turismo, Arialdo Pinho.

Ranking

Conforme a pesquisa do IBGE, atrás do Ceará no ranking aparecem os estados de São Paulo (7,6%), Espírito Santo (4%), Pernambuco (3,4%), Goiás (2,2%), Santa Catarina (2,1%), Distrito Federal (1,9%) e Minas Gerais (1,2%). Os outros estados incluídos na pesquisa tiveram índice negativo: Bahia (-0,3%), Rio Grande do Sul (-1,1%), Rio de Janeiro (-1,5%) e Paraná (-6%). A pesquisa é referente ao mês de março de 2019 e ao acumulado de abril de 2018 a março de 2019.

TRF nega recurso e José Dirceu deve voltar à prisão

O ex-ministro da Casa Civil, José Dirceu, teve recurso negado pelo Tribunal Regional Federal, da 4ª Região , negado nesta quinta-feira e, em consequência, terá que cumprir provisoriamente a pena de 8 anos e 10 meses de prisão imposta a ele em um processo da Operação Lava Jato. As informações são da Veja Online.

O recurso foi analisado pela Quarta Seção do TRF4, composta pelos seis desembargadores federais que compõem a Sétima e a Oitava turmas. A denúncia que levou a essa condenação mostra que executivos da empresa Apolo Tubulars, interessados em celebrar contratos com a Petrobras, solicitaram a intervenção de um operador junto a Renato Duque, ex-diretor da Área de Serviços da estatal, para que a empresa fosse beneficiada.

Duque, segundo a denúncia dos procuradores da Lava Jato, possibilitou a contratação da empresa mediante pagamento de propinas no valor de mais de 7 milhões de reais. Conforme o Ministério Público Federal (MPF), 30% dos valores recebidos pelo operador foram transferidos para o ex-ministro.

(Foto – Reprodução do Youtube)

UFC atualiza normas de concurso para professor efetivo em Fortaleza

A Universidade Federal do Ceará lançou os editais nº 70/2019 e nº 71/2019 alterando o Edital nº 56/2019 para concurso de professor efetivo, de denominação adjunto-A. A informação foi disponibilizada nesta quita-feira pela assessoria de imprensa da Instituição.

São ofertadas quatro vagas em Fortaleza, para os Departamentos de Computação, Odontologia Restauradora, Medicina Clínica, e Patologia e Medicina Legal. As inscrições ocorrem até 21 de maio. As alterações com atualização no processo ocorrem em dois departamentos, conforme descritas abaixo.

No Departamento de Computação, a vaga é para o setor de estudo Fundamentos e Técnicas de Computação.
Atualização: Tendo em vista a solicitação de prova de seminário para esse setor de estudo, a UFC divulgou o Edital n° 70/2019, alterando o Edital n° 56/2019, para incluir a alinea i do item 5 com a seguinte redação: “i – título e resumo de seminário, na área do setor de estudo, somente para o setor de estudo ‘Fundamentos e Técnicas de Computação’.”

No Departamento de Odontologia Restauradora, há vaga no setor de Prótese Dentária, Oclusão e Escultura Dental.
Atualização: Em atendimento à solicitação desse Departamento, foi lançado o Edital nº 71/2019, que altera o Edital n° 56/2019, para incluir a exigência de titulação de doutorado em Ciências Odontológicas com área de concentração em Reabilitação Oral, para esse setor de estudo.

Para as demais vagas não há alterações. O Departamento de Medicina Clínica oferta vaga no setor de estudo Clínica Médica / Gastroenterologia / Semiologia, enquanto o Departamento de Patologia e Medicina Legal oferece vaga no setor de Microbiologia Médica.

Todas as vagas exigem dos candidatos o título de doutor e têm regime de trabalho de 40 horas semanais, com dedicação exclusiva. Os candidatos podem se inscrever de forma presencial ou por procuração, diretamente nos departamentos, das 9h às 12h e das 14h às 17h.

SERVIÇO

*Sobre o processo seletivo no site da Pró-Reitoria de Gestão de Pessoas: http://bit.ly/2ZOjKuO.

*Divisão de Concursos e Provimento da PROGEP – fone: (85) 3366 7407 / e-mail: dicon.progep@ufc.br


Universidade Federa

HapVida e a compra do plano de saúde São Francisco

Fechada há dez dias, a compra do grupo paulista de planos de saúde São Francisco pela cearense Hapvida é motivo até hoje de surpresa no setor. É o que diz, nesta quinta-feira, o jornalista Lauro Jardim, colunista do O Globo.

Segundo ele, não pelo desfecho da transação, mas pelo preço pago pela Hapvida, R$ 5 bilhões, numa negociação de porteira fechada.

Dois outros candidatos interessados, a Intermédica e a Amil, chegaram a se interessar pelo negócio. De acordo com o colunista, não fizeram, porém, propostas. Mas em suas avaliações, o São Francisco valeria entre R$ 1,9 bilhão e R$ 2,5 bilhões.

Em artigo, presidente do Sindiágua critica MP do Saneamento que teve Tasso como relator

Com o título “Por um futuro melhor para quem?”, eis artigo de Jadson Sarto, presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Água, Esgoto e Meio Ambiente do Ceará (Sindiágua). Ele bate duro na MP do saneamento, que teve como relator o senador cearense Tasso Jereissati (PSDB). Diz conter inseguranças jurídicas e com objetivo de violar a titularidade do saneamento. Confira:

A eleição de Bolsonaro não deu ao Brasil somente um governo envolvido em trapalhadas e posições polêmicas (muitas vezes próximas ao bizarro). Estamos vivendo os riscos de uma guinada ultraliberal que exige vigilância. Entre as ameaças, está a sede pela privatização da água, materializada na Medida Provisória 868, que altera o marco legal do saneamento.

A Medida, repleta de inseguranças jurídicas, tem objetivo claro: violar a titularidade do saneamento (de responsabilidade pública), entregando-o de vez ao mercado privado. Ao inviabilizar as companhias estaduais, coloca-se em risco, por exemplo, o mecanismo solidário do subsídio cruzado que garante que o valor arrecadado com as tarifas das cidades ricas para viabilizem o abastecimento nas regiões pobres.

A MP encontrou um simbólico aliado como relator: o senador Tasso Jereissati (PSDB). Com largo currículo privatista, quando governador, Tasso tentou privatizar a água. Na época, os técnicos da Cagece, juntamente com o Sindiagua e o apoio da população, comprovaram o quão insustentável era a ideia.

Em artigo intitulado “Por um futuro melhor” publicado no O POVO, o senador defendeu a MP e seu parecer favorável, aprovado em comissão mista do Congresso Nacional, após uma votação apertada (a matéria segue em tramitação). O senador afirmou que se baseou em critérios técnicos (e não ideológicos) para formulá-lo. No entanto, foram critérios técnicos que fizeram com que mais de 260 cidades do mundo voltassem atrás em suas privatizações, após resultados desastrosos. Em Paris, Berlim, Buenos Aires, Atlanta e tantas outras cidades, a gestão privada trouxe aumentos exorbitantes de tarifas, maior desigualdade no acesso à água e esgoto, demissões e muitos outros malefícios, comprovando que a privatização e as PPPs da água são um péssimo negócio. O “futuro” defendido pelo senador mostra-se melhor somente para os grandes empresários.

Bem essencial à vida, a água não pode ficar nas mãos de interesses privados. Por isso, convocamos a população a pressionar os parlamentares para rejeitarem essa medida. Já vencemos outras vezes essa batalha. Podemos vencer novamente.

*Jadson Sarto, 

Presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Água, Esgoto e Meio Ambiente do Ceará (Sindiágua).

29º Cine Ceará – Atriz Lília Cabral ganhará homenagem no festival

A atriz global Lília Cabral ganhará homenagem no 29º Cine Ceará, o festival do cinema que ocorrerá de 31 de agosto a 6 de setembro próximo, no Cineteatro São Luiz.

A informação é do coordenador do evento, o cineasta Volney Oliveira, adiantando que o festival também homenageará o novo cinema colombiano.

Um outro nome nacional está sendo cogitado para ganhar homenagem, mas Volney diz estar acertando a agenda.

(Foto – Divulgação)

Enem 2019 – Cinco milhões já se inscreveram para a prova

Cinco milhões de estudantes se inscreveram no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), de acordo como Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), até as 11h40min de hoje (16). As inscrições terminam amanhã (17), às 23h59, no horário de Brasília, e devem ser ser feitas pela internet, na Página do Participante.

Uma dica, de acordo com o Inep, é não deixar para se inscrever em cima da hora, pois são comuns os picos de acesso ao sistema de inscrição nos últimos minutos.

O exame custa R$ 85 neste ano. O pagamento deve ser feito até o dia 23 de maio. De acordo com o Inep, do total de inscritos até o momento, 53% tiveram a isenção aprovada. Para receber a isenção, os participantes que atendiam aos critérios estabelecidos pelo Ministério da Educação (MEC) tiveram que solicitar o não pagamento. Para participar do exame, esses candidatos devem também fazer a inscrição até amanhã.

Inscrições pelo celular

Neste ano, os participantes estão usando mais o celular e o tablet para fazer a inscrição no Enem. De acordo com o Inep, até ontem (15), cerca de 60% dos candidatos haviam feito a inscrição por esse meio. Em 2018, apenas 30% do total de inscritos usaram as plataformas móveis.

Enem 2019

O Enem será aplicado nos dias 3 e 10 de novembro. No primeiro dia de prova, os participantes responderão a questões de linguagens e ciências humanas e farão a prova de redação. Para isso, terão 5 horas e 30 minutos. No segundo dia, os estudantes terão 5 horas para resolver as provas de ciências da natureza e matemática.

Os gabaritos das provas objetivas serão divulgados no Portal do Inep e no aplicativo oficial do Enem até o dia 13 de novembro. O resultado será divulgado em data a ser divulgada posteriormente.

(Agência Brasil)

XV São João de Maracanaú terá Anitta e Safadão

337 1

Wesley Safadão e Anitta

Confirmado. A cantora Anitta está entre as atrações do XV São João de Maracanaú. Ela divulgou nesta quinta-feira em seu Instagram oficial. Mês passado, ela lançou o álbum visual “Kisses”, onde canta em inglês, português e espanhol.

Além de Anitta, outros cachês bem salgados estarão no festão: Wesley Safadão e Léo Santana

O São João de Maracanaú ocorrerá de 6 a 22 de junho, em cidade temática no Conjunto Jereissati.

(Foto – Reprodução de Instagram)

Ceará registra queda na taxa do desemprego no primeiro trimestre do ano, diz IBGE

A taxa de desemprego cresceu em 14 das 27 unidades da Federação no primeiro trimestre deste ano, na comparação com o último trimestre do ano passado, segundo dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios – Contínua (PNAD-C), divulgada hoje (16) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Nas outras 13 unidades, a taxa manteve-se estável.

Na comparação com o primeiro trimestre de 2018, no entanto, apenas quatro unidades da Federação tiveram aumento da taxa de desemprego.

Na passagem do último trimestre de 2018 para o primeiro trimestre deste ano, as maiores altas da taxa de desemprego foram observadas no Acre (de 13,1% para 18%), Goiás (de 8,2% para 10,7%) e Mato Grosso do Sul (de 7% para 9,5%).

Na comparação com o primeiro trimestre de 2018, os estados que registraram alta na taxa foram Roraima (de 10,3% para 15%), Acre (de 14,4% para 18%), Amazonas (de 13,9% para 14,9%) e Santa Catarina (de 6,5% para 7,2%).

Já os estados que tiveram queda na taxa, nesse tipo de comparação, foram Pernambuco (de 17,7% para 16,1%), Minas Gerais (de 12,6% para 11,2%) e Ceará (de 12,8% para 11,4%).

(Agência Brasil)

Presidente do Banco Central aposta em retomada do crescimento econômico

O crescimento da confiança empresarial, a tendência de recuperação gradual do investimento, a taxa básica de juros em seu mínimo histórico estimulando a economia e a recuperação no mercado de crédito são fatores que levarão à retomada do crescimento econômico, segundo avaliação do presidente do Banco Central (BC), Roberto Campos Neto, em audiência pública no Congresso Nacional, hoje (16).

Ontem (15), o BC informou que a atividade econômica registrou recuo no primeiro trimestre deste ano. O Índice de Atividade Econômica do Banco Central (IBC-Br) apresentou queda de 0,68%, segundo dados dessazonalizados – ajustados para o período.

Na ata da última reunião do Comitê de Política Monetária (Copom), o BC adiantou que a economia poderia apresentar recuo no primeiro trimestre. Segundo o documento, o processo de recuperação gradual da atividade econômica sofreu interrupção no período recente, mas a expectativa é de retomada adiante, previsão que foi reforçada por Campos Neto na audiência pública.

“O processo de recuperação gradual da atividade econômica sofreu interrupção no período recente, mas o cenário básico do BC contempla sua retomada adiante. Essa hipótese se sustenta, entre outros fatores, no crescimento da confiança empresarial, medida pela Fundação Getulio Vargas, na tendência gradual de recuperação do investimento, conforme indicam dados do IBGE, no patamar estimulativo da política monetária e na recuperação observada no mercado de crédito”, disse Campos Neto aos parlamentares.

Segundo o presidente do BC, a taxa básica de juros, a Selic, em seu mínimo histórico de 6,5% ao ano, tem levado também à queda das taxas de juros reais. “Essas taxas reais, estimadas usando várias medidas, se encontram atualmente próximas de 2,7% ao ano, nível que tende a estimular a economia”, disse.

Autonomia do BC

Campos Neto defendeu mudança na legislação para garantir a autonomia do BC. “Acreditamos ainda que um BC autônomo, como estabelece projeto de lei atualmente em discussão nesse parlamento, proporcionaria uma redução de incertezas econômicas e dos prêmios de risco [retorno adicional cobrado por investidores para aceitar correr maior grau de risco], o que nos levaria a uma melhor condição de consolidar os ganhos recentes e abrir espaço para os novos avanços que o país tanto precisa”, ressaltou.

(Agência Brasil)

Coração de estudante – Sobre as manifestações contra o corte de verbas na educação

Com o título “Coração de estudante”, eis artigo de Marcelo Uchôa, advogado e professor-doutor da Universidade de Fortaleza. Ele aborda as manifestações registradas no País, nessa quarta, contra cortes na educação. Confira:

“Há que se cuidar da vida, há que se cuidar do mundo”, metaforizou Milton Nascimento na canção Coração de Estudante, alusão certeira àquelas e àqueles que, no despertar da vida, jamais se equivocaram na intuição de perceber os momentos-chave em que deviam intervir na condução dos rumos políticos do país.

Neste 15 de maio, em ruas e praças de todo Brasil, mais uma vez se viu a força da juventude na defesa do direito mais elementar necessário à formação de uma nação digna de ser reconhecida como nação, a garantia da educação. Para os que defendiam um corte de 35% nos investimentos educacionais com base em demonstrações sustentadas em chocolates, para pôr fim à balbúrdia provocada em universidades e institutos federais de educação, que, ao invés de pesquisarem e contribuírem com o país, somente protagonizam ideologização de esquerda, através de professores de história, sociologia e filosofia, abusando, inclusive, de promiscuidade sexual e de massificação do consumo de substâncias entre jovens, os eventos de ontem foram um grave alerta para que doravante passem a tratar o tema com a responsabilidade que o assunto requer.

Para a felicidade do país, a força da juventude fez-se ver no momento mais crucial da história da redemocratização brasileira, exatamente quando os marcos civilizatórios alcançados durante o período encontram-se a um passo da total eliminação. Por trás de cartazes e bandeiras, emergiu-se a vontade desmedida de quem toma para si o desejo de decidir sobre o futuro da nação, transbordando confiança de que, apesar dos percalços, nem tudo está perdido, que ainda é possível retomar as rédeas do processo político nacional, reposicionando o Brasil nos eixos.

“Alegria e muito sonho, espalhadas no caminho; verdes, planta e sentimentos; folha, coração; juventude e fé”, a marca própria do segmento social que, mesmo na latência, pulsa, porque tem coração novo, puro e cheio de energia. Energia que, quando reacende, irradia onda de esperança no conjunto da sociedade. Esse pássaro quando sai da gaiola não retorna mais, é o que ensina a história. Melhor para o país, pesadelo para os que não possuem sensibilidade para identificar com clareza quem são “idiotas úteis e massa de manobra”, certamente pela insuficiência de educação, sobretudo, de ciências humanas em suas vidas.

*Marcelo Uchôa

Advogado e Professor Doutor de Direito na Unifor.

(Foto – D. Moura)

FBuni lança curso de pós-graduação em Processo Civil

A FBuni vai lançar mais um curso de pós-graduação na área do Direito.

Segundo a professora Paula Salet, coordenadora, trata-se do curso de Pós-Graduação em Processo Civil e Carreiras Jurídicas.

O lançamento ocorrerá nesta sexta-feira, às 19 horas, no Teatro Nadir Saboya, com aula magna do professor-doutor Luiz Rodrigues Wambier. O curso, de um ano e meio, oferece 20 vagas.

SERVIÇO

*Inscrições – Pelo site da FBuni.

Sefaz – Resultado do quadrimestre da arrecadação estadual sai no fim do mês

A secretária da Fazenda, Fernanda Pacobahyba, participa, nesta quinta-feira, em Brasília, de reunião do Conselho Nacional de Política Fazenda (Confaz), organismo que congrega todos os titulares da área fazendária dos Estados.

Ela informou que o momento é de ouvir o que o secretário nacional do Tesouro, Mansueto Almeida, tem para falar. Indagada se pode vir algo no campo da renegociação das dívidas estaduais, admitiu estar nessa expectativa.

Sobre a situação financeira do Estado, garantiu que vive ajuste fiscal, mas que é preciso cautela, já que as transferências federais diminuíram em razão de quedas na arrecadação.

Sobre o quadrimestre da arrecadação no Ceará, informou que os dados serão fechados no fim deste mês.

Aliás, tudo deve ser divulgado pelo governador Camilo Santana, até mesmo pacotes relacionados a mais controle de gastos.

(Foto – Paulo MOska)

Governo publica decreto para avaliar nomeação de reitores de universidades federais

325 1

A UFC vive processo de escolha do novo reitor.

Um dia depois de grandes manifestações no País contra o corte de verbas das instituições de nível superior, eis que saiu publicado no Diário Oficial da União o decreto nº9.794, de 14 de maio de 2019 que dá à Secretaria de Governo da Presidência da República poder de avaliar a nomeação de reitores das universidades federais.

Instituições do gênero como a Universidade Federal do Ceará vivem processo sucessório, com o Conselho Universitário marcado para a próxima segunda-feira a definição de lista tríplice a ser enviadas ao MEC, da qual deve sair o substituto do reitor Henry Campos. Na consulta feita à comunidade universitária o primeiro colocado foi o atual vice-reitor Custódio Almeida, vindo Antonio Gomes, pró-reitor de Pesquisa e Pós-Graduação vindo em segundo e Cândido Albuquerque, diretor da Faculdade de Direito em terceiro lugar.

Confira o decreto:

VAMOS NÓS – Isso deve ser, claro, apenas uma medida burocrática e que faz parte da liturgia de escolha.

Governo federal planeja mais corte de pessoal via Programa de Demissão Voluntária

As estatais deverão enxugar ainda mais o quadro de funcionários em 2019.

Um levantamento feito pelo Portal G1, a partir de informações do Ministério da Economia e das próprias empresas, aponta que o número de desligamentos no ano poderá passar de 25 mil funcionários, dentro da orientação de reduzir custos e gerar resultados.

Segundo Fernando Soares, secretário de Coordenação e Governança das Empresas Estatais (Sest) do Ministério da Economia, já foram aprovados pelo governo neste ano sete programas de demissão voluntária (PDVs) ou de aposentadoria incentivada de empresas distintas.

A estimativa do governo é de um total de 21,5 mil desligamentos ao longo do ano somente com esses sete programas, o que poderá gerar uma economia com folha de pagamento da ordem de R$ 2,3 bilhões por ano.

O número não inclui o PDV anunciado em abril pela Petrobras, que pela lei não precisa de aval do governo para lançar programas de desligamento. Considerando também a expectativa de 4,3 mil demissões na petroleira, o total de desligamentos previstos no ano em estatais chega a 25,8 mil. “Além desses, já temos outros 4 em discussão”, disse o secretário Soares em entrevista ao G1.

A lista das estatais envolvidas, entretanto, ainda não foi tornada pública. Segundo o secretário, a abertura de PDVs ou programas de aposentadoria incentivada é uma “decisão estratégica de cada empresa” e não cabe ao governo “queimar a largada”.

(Com Portal G1)

Editorial do O POVO – “Irmã Dulce: símbolo de Estado Social”

Com o título “Irmã Dulce: símbolo do Estado Social”, eis o Editorial do O POVO desta quinta-feira:

Em meio aos desencontros vividos pelos brasileiros na ordem política, social, econômica e até institucional, cresce a necessidade de a Nação inteira voltar-se para suas raízes, na tentativa de encontrar a própria alma para nela haurir as energias necessárias para o enfrentamento dos atuais desafios. E isso não poderá ser feito por uma sociedade passiva, sem voz. Do mesmo modo, um País dividido dificilmente conseguirá isso. O Brasil tem um povo generoso que nunca, anteriormente, teve no ódio o elemento impulsionador de seu projeto de sociedade apesar de sua elite já ter usado a escravidão e a ditadura para atingir seus propósitos. E tem referenciais históricos, na política, na ciência e na religião para respaldar essa assertiva. Coincidentemente, esta semana ganhou relevo a lembrança de uma dessas personalidades de acatamento unânime na sociedade brasileira e de grande força simbólica: a irmã Dulce, o jeito baiano e brasileiro de ser solidário, generoso e compromissado com o ser humano integral.

O anúncio de sua próxima canonização ultrapassa as fronteiras de uma denominação religiosa particular – a católica – e alcança a dimensão social e política, lembrando ao Brasil que já existiu outra forma de os brasileiros conviverem entre si, sem negar a identidade do outro. Dentro dos limites de seu universo cultural e social, ela encarnou o inconformismo com as desigualdades sociais, aceitas passivamente por uma elite política e econômica cega à realidade circundante. Para isso teve de enfrentar a indiferença dos ricos, a frieza da burocracia estatal e o formalismo eclesial sem alma.

Embora movida pelo amor e compaixão provindos de uma espiritualidade vívida não se limitou apenas à vivência da caridade em âmbito individual, mas percebeu a necessidade de uma ampla ação social, que incomodava os bem-pensantes, embora usasse a tática do envolvimento e não da ruptura. Nem por isso deixou de ser firme quando, para defender os párias sociais, teve de escolher entre a passividade conformista (sob o pretexto da obediência) e a exigência evangélica, enfrentando o poder político e o eclesiástico. Nesse afã, não hesitou em enfrentar as barreiras de classe, de ideologia, de cor e de religião.

Seu legado social só tem condições de se sustentar num Estado de garantias sociais, pois tem no SUS seu principal sustento, sobretudo o grande hospital que se originou no galinheiro do seu convento e hoje é o maior da Bahia. E tantas outras obras sociais. Não espanta que o exemplo de Irmã Dulce inspire os defensores do Estado social e de uma sociedade tolerante e compassiva. Nada de se regressar aos anos 1930, quando a santa baiana enfrentava os maiores percalços pelo fato de o País não dispor de uma rede de seguridade social, que conquistaria depois e que hoje está seriamente ameaçada.

(Editorial do O POVO)

Ibama trava licença e governo estadual pode perder empréstimo do saneamento de Jericoacoara

O governo de Jair Bolsonaro garantiu que uma das medidas prioritárias de sua gestão seria dar agilidade na tramitação dos processos de licenciamentos ambientais liberados pelo Ibama. Na prática, isso não acontece.

Jericoacoara (Litoral Oeste), um dos pontos turísticos mais visitados do Brasil, entrou na lista dos afetados pela burocracia do órgão. A Secretaria do Turismo do Estado conseguiu, com o Banco de Desenvolvimento da América Latina (CAF), verba de R$ 20 milhões para ampliação do sistema de abastecimento de água e esgoto.

Porém, há dois anos do recurso liberado, a obra não começou por falta do licenciamento do Ibama.

Detalhe: esse tipo de empréstimo tem prazo para ser tomado e, quando isso não ocorre, retorna para o banco. Faltam 15 dias para o fim do prazo desse processo.

(Foto – Reprodução do Youtube)

Mega-Sena volta a acumular e pode pagar R$ 7 milhões

Ninguém acertou os seis números do concurso 2.151 da Mega-Sena, sorteados na noite dessa quarta-feira (15) e o prêmio acumulou. A estimativa do valor a ser pago no próximo concurso é de R$ 7 milhões.

As dezenas sorteados foram 02- 14 – 18 – 29 – 36 – 38.

Na quina, foram 80 apostas ganhadoras, cada uma no valor de R$ 23.556,59.

A quadra saiu para 5.236 apostadores, que receberão R$ 514,16, cada um.

O sorteio do concurso 2.152 será no próximo sábado (18).

(Agência Brasil)