Blog do Eliomar

Categorias para Brasil

TSE – Sobe para 14 o número de pessoas presas durante este segundo turno das eleições

No terceiro boletim divulgado hoje (30), o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) informa que subiu para 14 o número de pessoas presas durante o segundo turno das eleições. O estado que registrou o maior número de prisões foi o Rio de Janeiro, com sete pessoas detidas por boca de urna.

Todos os casos registrados envolveram eleitores. No Espírito Santo, três pessoas foram presas por boca de urna. No Rio Grande do Sul,  mais três foram presas por divulgação de propaganda e na Bahia uma prisão foi feita por motivos não especificados pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE).

Além das prisões, o TSE registrou 74 ocorrências. Em todos os registros, os atos foram cometidos por eleitores. O Ceará é o estado que apresenta o maior número de casos: 64, sendo 50 por boca de urna. No estado também ocorreram casos de  divulgação de propaganda, corrupção eleitoral e transporte ilegal de eleitores. As outras ocorrências foram registradas no Rio de Janeiro, em Mato Grosso e Mato Grosso do Sul. Todas as informações são enviadas ao TSE pelos tribunais regionais eleitorais dos estados que têm segundo turno.

Outra informação divulgada pelo TSE foi o número de urnas substituídas. Até agora, 374 equipamentos foram trocados. Nas 57 cidades com segundo turno estão sendo usadas 90.532 urnas. Mais 12.477 estão disponibilizadas como reserva para o caso de algum equipamento apresentar defeito.

(Agência Brasil)

Ciro Gomes diz que Roberto Cláudio vai ganhar do “samango desqualificado”

1045 14

ciroro

“Se o melhor prefeito da história da cidade perde para um samango desqualificado, a gente deixaria de crer. Mas isso não vai acontecer”, disse, neste domingo, em coletiva, o ex-ministro Ciro Gomes, observando que a derrota de Roberto Cláudio (PDT) seria um desestímulo ao seu projeto de disputar a Presidência da República em 20118. Mas reiterou: “isso não vai acontecer!”. Referiu-se ao candidato Capitão Wagner, do PR.

Lembrado de que Capitão Wagner anunciou que está lhe processando por conta de uma série de “injúrias” que disparou contra ele durante a campanha , Ciro reagiu: “Isso é um bosta!” O ex-ministro acompanhou o prefeito Roberto Cláudio na hora da votação, em seção do Colégio Batista. Também acompanhavam o prefeito o governador Camilo Santana (PT)e o ex-governador Cid Gomes (PDT).

Ciro afirmou que, apesar de “uma campanha extremamente desqualificada” de alguém que não é preparado e não tem compromisso com a decência” – voltou a se referir ao Capitão Wagner, avaliou que o prefeito Roberto Cláudio sairá vitorioso. Ele reafirmou que Roberto Cláudio foi melhor do ele quando prefeito. “Ele teve circunstância melhor que a minha e eu fui prefeito um ano e pouco”, ressalvou.

Sobre a pesquisa do Ibope que colocou empate técnico entre o prefeito e o Capitão Wagner, o ex-ministro disse estar cheio de esperanças na vitória. Disse que o Sistema Globo – que faz parceria com o Ibope, aparecem de novo para influenciar, mas “já, já nós temos a verdadeira pesquisa: as urnas”.

Ele avaliou o cenário nacional e disse que, se forem avaliadas as três grandes Capitais do País (SP, BH e RJ), o que se viu foi uma espécie de “suicídio coletivo”.

Sobre São Paulo e Rio, lamentou a perspectiva dos resultados e avaliou que elas experimentarão “retrocessos graves”.

Ele qualificou, por exemplo, João Dória (PSDB), que ganhou no primeiro turno, de “playboy descomprometido com a vida do povo”. Lamentou que tenha derrotado um  prefeito que é modelo (Fernando Haddad) e disse ainda que “é de chamar a atenção”, porque Dória perdeu para votos nulos, brancos e abstenções”.

Para Ciro, esse quadro é resultado de um “escândalo novelizado” – alusão à Lava Jato, que destruiu “na cabeça do povo a confiança no sistema, o que não é o caso de Fortaleza, que tem opção entre o fascismo e a democracia e a liberdade”, complementou.

(Com colaboração do repórter Rômulo Costa)

Gilmar Mendes: Lava Jato deve estimular a Reforma Política

gilmarmendes

O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Gilmar Mendes, disse hoje (30) que a Operação Lava Jato deve funcionar como estímulo para que o Congresso Nacional faça uma reforma política. Segundo o ministro, antes da Lava Jato seria difícil imaginar que os parlamentares reformassem o sistema político que os elegeu.

“O ambiente político mudou muito depois da Lava Jato. Antes, você sabia que havia desvios, mas não estava comprovado. Há provas em concreto que atingem praticamente todas as forças políticas. O que me leva a acreditar que o sistema vai mudar: a Lava Jato. Todos eles [deputados] estão num quadro de fragilidade, acossados, expostos. Se não é o deputado, é o companheiro do partido, é o partido que está sendo acusado de ter recebido dinheiro”, disse Gilmar Mendes.

O presidente do TSE abriu simbolicamente a votação hoje em uma escola pública do Rio de Janeiro. Mendes chegou por volta das 8h15 à Escola Municipal Avertano Rocha, na Cidade de Deus, na zona oeste da cidade, e visitou algumas seções eleitorais.

(Agência Brasil)

 

 

Operação Métis – Teori Zavascki determina que policiais legislativos voltem ao trabalho

teoria

O ministro Teori Zavascki, do Supremo Tribunal Federal (STF), determinou hoje (28) que os policiais legislativos que foram presos pela Polícia Federal (PF) na semana passada na Operação Métis, voltem ao trabalho. Atendendo a um pedido do Senado, o ministro entendeu que a sua decisão que suspendeu a operação permite que os servidores voltem ao serviço.

“Suspensos os procedimentos e os atos que lhes deram causa, o retorno dos policiais legislativos afastados ao exercício regular de suas funções é consequência natural e imediata”, disse Zavascki.

Com a decisão, quatro policiais legislativos e o chefe da Polícia do Senado, Pedro Ricardo Araújo de Carvalho, poderão retornar às suas atividades normais a partir de segunda-feira (31). Eles foram presos na semana passada e soltos no início dessa semana.

Na mesma decisão, Zavascki pediu parecer da Procuradoria-Geral da República para analisar o pedido para que as maletas antigrampo que foram apreendidas sejam devolvidas ao Senado. Os aparelhos foram usados pelos policiais legislativos para fazer varreduras em busca de escutas ambientais em gabinetes e residências particulares de alguns parlamentares. Segundo a PF, o equipamento guarda as memórias dos rastreamentos.

Mais cedo, ao solicitar a devolução das maletas, o Senado argumentou que a apreensão das mesmas “põe em risco a salvaguarda da atividade legislativa”. De acordo com um relatório da Casa, a falta dos equipamentos torna o Senado vulnerável.

A Operação Métis apurava supostas intervenções de contrainteligência do Senado para barrar as investigações da Operação Lava Jato e foi autorizada pelo juiz Vallisney de Souza Oliveira, da 10ª Vara da Justiça Federal, no Distrito Federal, que ordenou também a suspensão das atividades funcionais dos acusados.

A Policia Federal pediu que as maletas sejam periciadas antes de enviá-las ao gabinete de Zavascki. O pedido dos investigadores chegou ao Supremo após a solicitação do Senado para que os equipamentos sejam devolvidos à Polícia Legislativa.

(Agência Brasil)

Ministério Público confirma que empresa de Donald Trump no Brasil é alvo de investigação

O Ministério Público Federal (MPF) confirmou hoje (28) que o grupo empresarial de Donald Trump, candidato à presidência dos Estados Unidos, é investigado na Operação Greenfield, da Polícia Federal (PF), que apura fraudes em fundos de pensão de servidores públicos.

De acordo com o MPF, os investigadores suspeitam de irregularidades no aporte de recursos do Instituto Serpro de Seguridade Social (Serpros) e do Instituto de Gestão Previdenciária do Estado do Tocantins (Igeprev) em um fundo de investimentos que participou da construção do Trump Hotel, no Rio de Janeiro. As suspeitas envolvem R$ 77,3 milhões da carteira de investimentos do Serpros e R$ 54,3 milhões, do Igeprev.

As apurações também indicam que a Trump Organization pode ter sido beneficiada com recursos do Fundo de Investimento do Fundo de Garantia (FI-FGTS). Os fatos também são investigados em uma ação penal que tramita na Justiça Federal em Brasília, na qual o ex-deputado federal Eduardo Cunha é réu.

Em nota, o MPF informou que a investigação “não significa a antecipação de culpa dos envolvidos” e “posição final” do órgão acusatório sobre a ilegalidade dos fatos.

(Agência Brasil)

Marcelo Odebrecht e o rasstro de propina em financiamentos milionários do BNDES

odebrecht

O Ministério Público apresentará, nos próximos dias, uma denúncia contra Marcelo Odebrecht no âmbito da operação Acrônimo da Polícia Federal.

A denúncia tratará do pagamento de propina para a obtenção de financiamentos bilionários do BNDES para operações da Odebrecht no exterior.

(Veja Online)

Shopping RioMar Presidente Kennedy terá novo complexo Cinépolis

A rede Cinépolis maior operadora de cinemas da América Latina e segunda maior do mundo em ingressos vendidos, inaugurará nas próximas semanas um novo complexo em Fortaleza, localizado no Shopping RioMar Presidente Kennedy. A rede marca forte presença e está presente na cidade desde quando inaugurou seu 1º cinema no shoppings North Joquey  em fevereiro de 2014 e posteriormente no mesmo ano em outubro seu segundo complexo no shopping  RioMar Fortaleza.

O projeto contempla 6 salas, vai ocupar uma área de 2.675,00m² no empreendimento e terá capacidade aproximada de 1.361 lugares marcados. Todas as salas serão no formato stadium, com poltronas reclináveis, braço removível (tipo namoradeira), projeção em 3D com óculos em tamanho infantil e adulto e som 100% digital, o que há de mais moderno em tecnologia. O cinema terá venda de ingressos com assento marcado e também pela internet.

Segundo Luiz Gonzaga de Luca, presidente da Cinépolis “temos uma grande expectativa da nova operação em Fortaleza que totaliza na praça 3 cinemas da rede Cinépolis , com objetivo de satisfazer a demanda de lazer e entretenimento da ampla região da cidade. Estamos bem confiantes desta operação e do sucesso que teremos em conjunto com os empreendedores”.

Bandeira tarifária amarela será aplicada nas contas de luz de novembro

126 1
conta_de_luz
A bandeira tarifária que será aplicada nas contas de luz no mês de novembro será a amarela, com custo de R$ 1,5 a cada 100 quilowatts-hora (kWh) consumidos. A medida se deve às condições hidrológicas menos favoráveis, o que determinou o acionamento de usinas termelétricas, mais caras.

Desde abril deste ano, a bandeira tarifária estava verde, ou seja, não havia custo extra para os consumidores. No ano passado, todos os meses tiveram bandeira vermelha, primeiramente com cobrança adicional de R$ 4,5 a cada 100 quilowatts-hora (kWh) consumidos e, depois, com a bandeira vermelha patamar 1, que significa acréscimo de R$ 3 a cada 100 kWh.

O sistema de bandeiras tarifárias foi adotado em janeiro de 2015 como forma de recompor os gastos extras com a utilização de energia de usinas termelétricas, mai cara do que a energia de hidrelétricas. A cor da bandeira é impressa na conta de luz (vermelha, amarela ou verde) e indica o custo da energia elétrica em função das condições de geração de eletricidade. Por exemplo, quando chove menos, os reservatórios das hidrelétricas ficam mais vazios e é preciso acionar mais termelétricas para garantir o suprimento de energia no país.

Cobrança

Segundo a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), a bandeira tarifária não é um custo extra na conta de luz, mas uma forma diferente de cobrar um valor que já era incluído na conta de energia, por meio do reajuste tarifário anual das distribuidoras. A agência considera que a bandeira torna a conta de luz mais transparente e o consumidor tem a melhor informação para usar a energia elétrica de forma mais consciente.

Agência Brasil)

Livro escrito por Donald Trump chega ao Brasil

trump

Com uma popularidade que avança a cada declaração inacreditável, Donald Trump tem seus pensamentos reunidos no livro “América Debilitada – Como tornar a América poderosa novamente”. A publicação chega às livrarias brasileiras no dia 1° de novembro, pela editora Citadel.

No livro, o candidato republicano à presidência dos Estados Unidos dispara comentários que mais parecem torpedos. Os alvos são os mesmos explorados nos seus discursos: imigração, guerras, economia, saúde e educação. O livro tem preço sugerido de R$ 39,90.

(Veja Online)

Minha Casa, Minha Vida – Pessoas físicas poderão financiar unidades até 2017

Pessoas físicas poderão financiar construção de unidades do Programa Minha Casa, Minha Vida até 2017. A Portaria 539/2016, publicada hoje (28) no Diário Oficial da União, estabelece regras de transição para financiamento de construção de unidades habitacionais para pessoas físicas com recursos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS).

Até 31 de dezembro de 2017, os empreendimentos que apresentarem alvará de construção concedido até 31 de dezembro deste ano e tenham sido vistoriados ao menos uma vez pelo agente financeiro, poderão fazer contratação individual no Minha Casa, Minha Vida.

O ministro das Cidades, Bruno Araújo, informou, por meio de nota, que a medida atende às diversas manifestações realizadas no Brasil, especialmente de pequenos construtores, que alegaram preocupação com as regras estabelecidas pelo governo anterior.

“Nosso objetivo é garantir segurança jurídica para aqueles que já fizeram investimentos contando com o apoio da União. Queremos tranquilizar o setor na construção de unidades habitacionais à população, preservando a geração de empregos”, disse.

O prazo também foi estendido para a venda de unidades habitacionais do programa. Para aqueles que já possuem “habite-se” ou documento equivalente concedido pelo órgão municipal competente, a aquisição deverá ocorrer no prazo máximo de 180 dias, contados a partir da expedição do “habite-se”, dispensando a vistoria preliminar do agente financeiro do FGTS.

(Agência Brasil)

Durante encontro sobre segurança em Brasília, Renan e Alexandre Moraes pareciam velhos amigos

Quando conversaram num encontro sobre segurança entre membros do Legislativo e do Executivo, nesta sexta (28), no Palácio do Planalto, Renan Calheiros e o ministro da Justiça, Alexandre de Moraes, fizeram questão de tecer elogios mútuos.

Quem acompanhou de perto disse que, não fosse sabida a briga nos bastidores, os dois mais pareciam velhos amigos.

O encontro acontece quatro dias depois de Renan dizer que Moraes “não tem se comportado como ministro de Estado”. Disse ainda que Moraes mais parece um “chefete de polícia”.

O presidente do Senado ficou indignado com a Operação Métis, em que policiais legislativos foram presos por suspeita de prestar serviços de contrainteligência para senadores investigados pela Polícia Federal.

(Veja Online)

FPM cresce com dinheiro da repatriação

papai-noel

O Papai Noel dos prefeitos.

Após meses de espera, gestores municipais receberão recursos da repatriação. Com a verba, o terceiro repasse do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) de outubro será R$ 2.042.577.444,00 – já com o abatimento do montante destinado ao Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb). Sem essa retenção, a cifra a ser distribuída com todas as Prefeituras do país, valores brutos, chega a R$ 2.553.221.805,00.

De acordo com levantamento da Confederação Nacional de Municípios (CNM), em comparação com o mesmo repasse de 2015, o último decêndio de outubro apresenta crescimento de 27,5%, em termos nominais. Mas, esse crescimento é um reflexo do adicional de R$ 332.377.717,02 da arrecadação de Imposto de Renda (IR) prevista na Lei de Repatriação. O valor foi divulgado pela ReceitaFederal, por meio de comunicado.

Mesmo com o repasse desses recursos, segundo a entidade municipalista, quando se considera os efeitos da inflação, o decêndio apresenta crescimento bem menor, de 18,5% em termos reais. Ao somar os três repasses do mês, o Fundo será de R$ 6,256 bilhões, o que mostra crescimento de 13%, em relação a outubro do ano passado, quando os Municípios receberam R$ 5,533 bilhões.

Do início do ano pra cá, o FPM soma nominalmente R$ 68,942 bilhões. Nesse mesmo período de 2015, haviam sido repassados R$ 66,929 bilhões as Prefeituras. Um crescimento de 3,01%, conforme indica dados da CNM. No entanto, quando se considerado o impacto inflacionário, o acumulado do Fundo em 2016 apresenta redução de 5,83%, de acordo com o mesmo período do ano anterior.

“É importante frisar que no montante acumulado no ano não estão incluídos os valores do 0,5% de 2015 e o 0,75% de 2016, decorrente da Emenda Constitucional 84/2014, que foi uma conquista da Confederação Nacional de Municípios (CNM)”, destaca o levantamento divulgado pela entidade nesta quinta-feira, 27 de outubro.

Confiança do empresário cresceu 18,7% em outubro

O Índice de Confiança do Empresário do Comércio (Icec), medido pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), cresceu 18,7% em outubro deste ano, na comparação com o mesmo período do ano passado. Essa foi a maior alta registrada pela pesquisa, segundo a CNC, e é a quarta taxa positiva nesse tipo de comparação. Na comparação com setembro último, a alta foi de 1%, o sexto aumento consecutivo.

O crescimento de 18,7% na comparação com outubro de 2015 foi puxado principalmente pela avaliação dos empresários do comércio em relação ao momento atual. Sua satisfação com a situação da economia aumentou 101,3%. O empresariado também está mais otimista com o momento do setor (35,8%) e de seu próprio negócio (15,7%).

Há ainda melhora nas opiniões em relação ao futuro da economia (37,6%), do comércio (19,1%) e da empresa (10,4%). Mais empresários também esperam contratar funcionários (21%). No entanto, houve queda em relação aos investimentos na empresa (-0,7%) e na avaliação da situação dos estoques (-4,2%).

(Agência Brasil)

Presidente da ABAD – Desemprego elevado reduzirá vendas natalinas

josedoegito

O presidente da Associação Brasileira dos Atacadistas e Distribuidores (ABAD), José do Egito, cearense controlador da Jotujé Distribuidora, não anda nada otimista sobre previsão de vendas natalinas.

Ele afirma que, além da inadimplência – alta (não declinou percentual), há outro fator que pesa nisso: o desemprego elevado. A taxa mais recente do IBGE dá conta de número superior a 12 milhões sem emprego.

Mas ele tem esperança é de que boa parte do 13º salário sirva para aquecer o período.

 

Consumidores estão otimistas, mas nível de confiança na economia ainda é baixo

Os consumidores estão mais otimistas, mas o nível de confiança ainda está abaixo da média histórica, de acordo com dados da Confederação Nacional da Indústria (CNI), divulgados hoje (28). O Índice Nacional de Expectativa do Consumidor (Inec) aumentou 1,3% neste mês em relação a setembro e alcançou 104,4 pontos, na quarta alta consecutiva do indicador. Na comparação com outubro do ano passado, o Inec teve crescimento de 7,3%. Mesmo assim, a confiança ainda permanece 4,1% abaixo da média histórica, que é de 108,9 pontos.

O aumento do Inec é resultado, especialmente, da melhora do otimismo dos brasileiros em relação à renda pessoal. O indicador de expectativa sobre a renda pessoal cresceu 5,2% em relação a setembro.

O indicador de expectativa de endividamento cresceu 0,6% e o de situação financeira teve alta de 1,2% em outubro frente a setembro. Quanto maior o índice, maior é o número de pessoas que espera a melhora da renda e da situação financeira a redução do endividamento. A expectativa de inflação subiu 0,8%.

A expectativas sobre o desemprego melhoraram, com queda de 0,5% no indicador em outubro, em relação a setembro. Mas os brasileiros ainda estão cautelosos com as compras de bens de maior valor, como móveis, carros e eletrodomésticos. O indicador de expectativas de compra de maior valor subiu 0,8% em outubro na comparação com setembro. No entanto, a queda em relação a outubro do ano passado é de 4,8%. “Isso revela que, apesar da melhora do INEC, os consumidores ainda não se sentem seguros o suficiente para aumentar o consumo dessa categoria de bens, que envolve comprometimento de maior parte da renda e por mais tempo”, avalia a pesquisa.

(Agência Brasil)

Presidente da CNDL – Inadimplência é o maior entrave nas vendas de fim de ano

honoro

O maior entrave hoje na previsão de venda do varejo para o Natal é a inadimplência.

Quem afirma é o presidente da Confederação Nacional dos Dirigentes Lojistas, Honório Pinheiro, cearense que é um dos controladores da Rede Pinheiro de Supermercados.

Indagado sobre os números dessa inadimplência, não adiantou. Quem sabe, para não assustar. Honório também não quis fazer projeção sobre incremento de vendas neste fim de ano.

 

Lula – O homem que fez o Brasil crescer e aparecer

434 3

Com o título “O homem que fez o Brasil crescer e aparecer”, eis artigo do jornalista e sociólogo Demétrio Andrade. Ele destaca a figura de Lula que, acossado pela Lava Jato, ainda conta com prestígio popular, como mostram pesquisas de inteção de votos para 2018. Confira:

Dia 27 de outubro de 2016, Luís Inácio Lula da Silva fez 71 anos. Cercado de polêmicas, investigado em várias frentes, ele acompanha há alguns meses a derrocada política do Partido dos Trabalhadores, agremiação que ajudou a fundar. Em paralelo, há um evidente crescimento da direita no país, que não titubeou em usar de todo tipo de artifício – legal e ilegal, de forma legítima ou não – para tentar destruir a imagem do PT e seu principal líder junto à população. O PT, lógico, também deu imensa contribuição para chegar a esta lamentável situação, quase de repulsa por boa parte da sociedade.

Ainda é cedo para perceber o efeito do desgaste. A curto prazo, o resultado da última eleição mostrou um encolhimento do PT, na casa superior aos 60%, em todo o país. Mas, ao mesmo tempo, a médio e a longo prazo, as pesquisas mostram o nome de Lula liderando as intenções de voto para 2018. Não se sabe se é um prestígio sedimentado ou somente recall por ser uma personagem mais conhecida. O tempo falará por si próprio. Não sou adivinho. E nem é esta a intenção deste texto.

O que quero mesmo é externar minha admiração pelo ex-presidente, de quem sou eleitor desde 1989. Independente de ideologia ou coloração partidária, é preciso estar muito cego de ódio para não perceber o crescimento do Brasil nas gestões petistas, notadamente nas de Lula. E o mais importante: um crescimento para todos, de forma horizontal, beneficiando diversas classes sociais, do mais pobre ao mais rico. Bem longe da ideologia socialista presente em sua fundação, o PT, tendo Lula à frente, foi responsável pela primeira grande revolução reformista de nossa trajetória.

E não falo somente de economia. Falo de educação, de saúde, de cultura, de direitos humanos, de assistência social. Falo do respeito que alavancou o país para outro patamar no contexto internacional e de diversas instituições do mundo inteiro que têm em Lula uma referência como estadista, gestor público e, principalmente, como um líder que conseguiu, pela primeira vez na história da República, tratar os mais pobres como prioridade. Não à toa, o Brasil sediou, em sequência, uma Copa do Mundo e uma Olimpíada.

Sobre as investigações, acho que, como qualquer cidadão brasileiro, Lula não está acima da lei. Por outro lado, nenhuma lei – ou os seus guardiães – deve se soprepor ao respeito ao ser humano. Confesso que fico assustado com a quantidade de pessoas que já tem certeza da culpa de Lula e já o condenaram. Mais que isso: não acreditam na sua inocência e jamais acreditarão, mesmo que todos os processo não dêem em nada. A presunção da inocência foi jogada pelo ralo.

O que posso afirmar, porém, é que o brasileiro foi muito feliz durante o governo petista. Alguns dirão: sim, mas a que preço? Pois é, para estes eu diria: as coisas boas custam caro. Como se diz no popular, não há como fazer omelete sem quebrar ovos. E as necessidades da população mais pobre do país não cabem num orçamento enxuto. Lula teve esta coragem. Receio dizer que, num futuro próximo, os governantes que não agirem da mesma forma estarão condenando o povo ao suplício, com absurdos do tipo a PEC 241. Não é só corrupção: o gasto público é enorme porque nossas carências são enormes.

No mais, é desejar longa vida ao melhor presidente que esta nação já teve. Alguém que soube equilibrar os mais diversos interesses em nome de um país melhor. Alguém que ousou superar, com diálogo, a mesquinhez do discurso da elite brasileira. E pagou por isso.

Demétrio Andrade
Jornalista e sociólogo

Índice que reajusta aluguel (IGPM) acumula alta de 8,78% em 12 meses

aluele

O Índice Geral de Preços do Mercado (IGP-M) apresentou variação de 0,16%, em outubro, taxa abaixo da registrada em setembro último (0,20%) e também menor que a de outubro de 2015 (1,89%). No acumulado de janeiro a outubro, o índice teve alta de 6,63% ante 8,35%, em igual período de 2015. Já em 12 meses, o IGP-M atingiu 8,78%.

O índice é usado como parâmetro para correção de contratos de aluguel. Em outubro do ano passado, este índice acumulado chegou a 10,09%.

A pesquisa – feita pelo Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getulio Vargas (Ibre/FGV) – indica que o resultado foi influenciado tanto pelos preços do atacado quanto na construção civil.

O Índice de Preços ao Produtor Amplo (IPA) passou de uma variação de 0,18% para 0,15%. Neste subcomponente do IGP-M, foram constatadas cotações em matérias-primas brutas na média de 0,36%, o que é inferior à taxa de setembro (1,27%).

(Agência Brasil)

 

Lava Jato chega ao primeiro tucano: José Serra

serraj

Já não se sabe se será nas próximas horas, dias ou semanas, mas José Serra, atual ministro das Relações Exteriores, fatalmente perderá o cargo. O tucano é o primeiro grande nome da política brasileira aparecendo na delação premiada da Construtora Odebrecht, cujo acordo foi fechado nesta semana.

De acordo com reportagem de Bela Megale, da Folha, a Odebrecht revelou como pagou R$ 23 milhões ao candidato tucano à presidência da República, em 2010, numa conta secreta na Suíça, pelo caixa dois. A operação foi articulada pelo ex-tesoureiro tucano Márcio Fortes e por Ronaldo Cezar Coelho, um banqueiro e político do PSDB tucano.

Os executivos da empreiteira também prometeram entregar os recibos dos depósitos de um valor que, corrigido pela inflação, hoje seria de R$ 34,5 milhões.

Serra foi um dos principais articuladores do impeachment da presidente Dilma Rousseff e, no gabinete de Michel Temer, pretendia se credenciar para chegar à presidência da República, mas sua continuidade no cargo é insustentável.

Em breve, ele deverá ser denunciado pela procuradoria-geral da República e Michel Temer, que também deve aparecer na delação da Odebrecht, não terá como mantê-lo no Itamaraty.

Procurado pela reportagem, Serra disse que não comentaria supostos vazamentos de supostas delações.

(Site Brasil 247)

Dr. Luiz Porto ganha homenagem por sua luta contra o câncer de mama

luisporto

Tereza Machado e Dr.Luiz Porto.

O oncologista Luiz Porto ganhou homenagem, nessa quinta-feira, da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Habitacional de Fortaleza, em reconhecimento à sua luta contra o câncer de mama. Foi no encerramento da programação pelo Outubro Rosa.

O médico recebeu a placa de homenagem das mãos da gerente de Programas Habitacionais da Habitafor, Tereza Machado, que foi sua paciente quando enfrentou o câncer de mama.

Durante a solenidade, o médico Luiz Porto falou sobre pesquisas realizadas na área do câncer no Ceará, criticou a PEC 241 e conclamou a todos à luta por mais investimentos para a saúde pública.

Além da homenagem, a Habitafor também encerrou a campanha “Doe um lenço”, realizada junto aos funcionários, na qual mais de 70 lenços foram arrecadados. Os lenços serão destinados ao Grupo AMAR – Associação de Motivação e Apoio e Renovação, que foi criado pela doutora Ilná Escóssia. Ativista pela luta contra o câncer de mama, a médica morreu em janeiro deste ano.

(Foto – Divulgação)