Blog do Eliomar

Categorias para Brasil

Visitas já estão liberadas no sistema prisional cearense

forçanacional
Camilo pediu Força Nacional de Segurança nos presídios.
Após rebeliões, crise e 18 mortes registradas no sistema prisional cearense, as visitas aos presos foram liberadas neste sábado. A ação da Secretaria da Justiça e Cidadania (Sejus) é uma das medidas do plano de estabilização das unidades prisionais do Estado. Na manhã de hoje, esposas e mães de internos chegaram cedo aos presídios carregadas de mantimentos para a visita semanal.
Para Leonice Araújo, 52, o dia hoje amanheceu com a possibilidade de ver o filho que está detido há 10 meses na Casa de Privação Provisória de Liberdade Desembargador Francisco Adalberto de Oliveira Barros Leal (CPPL de Caucaia). Ela conta que no último sábado, devido a suspensão das visitas no local, várias mulheres e internos protestaram. “Foi muito pesado, teve bomba de gás lacrimogênio, spray de pimenta e nós ouvíamos o barulho de bombas e de tiros aqui fora”, conta.
Em Caucaia, muitos familiares aproveitaram a liberação de visitas para recompor o estoque de mantimentos: alimentos, produtos de higiene e de limpeza e até água. Semanalmente, elas levam os produtos pois dizem que não são disponibilizados no presídio. Neste sábado, o que chamou a atenção foi a quantidade de colchões. Muitos foram queimados nas rebeliões. Por fora da unidade prisional, as grades das celas podiam ser vistas com sinais de arrombamento.
No local, um dos agentes prisionais que pediu para não ser identificado, informou que os internos encontram-se todos soltos no pátio. Ele disse que não há nenhuma das dependências com grades, todas foram arrancadas. Nesta manhã, as juízas Joseana França e Luciana Teixeira foram ao local para acompanhar as visitas. Momentos antes da entrada, elas se reuniram com as mulheres e solicitaram “um pacto de paz e confiança” durante o ingresso delas ao presídio.
Agentes prisionais também se reuniram com Cézar Belmino, juiz da corregedoria dos Presídios e Estabelecimentos Penitenciários da Comarca de Fortaleza. Ele também compareceu à CPPL de Caucaia e ouviu as demandas dos profissionais que reivindicaram melhores condições de trabalho e melhores condições para os internos.
“Condições básicas para eles também são melhores condições para nós”, afirmou um dos agentes. Atualmente, a unidade prisional tem a população carcerária de cerca de 1.600 pessoas, no entanto só há capacidade para 900. Diariamente, somente sete agentes administram o local.
 (O POVO Online)

Lula foi o articulador do esquema de corrupção na Pettobras, diz delator

205 1

lula em todo lugar

O ex-deputado do Partido Progressista, Pedro Corrêa, preso em Curitiba (PR) pela Operação Lava Jato, afirma, em documentos que integram seu acordo de delação premiada, que o ex-presidente Lula articulava pessoalmente o esquema de corrupção da Petrobras. Segundo a revista Veja, Corrêa relatou que parlamentares do PP se rebelaram com o que chamou de avanço do PMDB nos contratos da diretoria de abastecimento da estatal quando a área era dirigida por Paulo Roberto Costa.

Um grupo foi ao Palácio do Planalto na época que Lula era presidente para reclamar. Segundo a Veja, Corrêa relatou na delação que o petista passou uma descompostura nos deputados dizendo que eles “estavam com as burras cheias de dinheiro” e que a diretoria era “muito grande “ e tinha que “atender aos outros aliados”.

A revista diz que, conforme o relato de Corrêa, Lula ordenou que os partidos se entendessem. O ex-deputado, então, representando o PP, teria se reunido com a cúpula do PMDB. Segundo a publicação, ele contou ter procurado o senador Renan Calheiros (AL) “para acertar a partilha”, além de peemedebistas como o deputado Eduardo Cunha (RJ) e o senador Romero Jucá (RR).

Na delação, Corrêa também citou vários deputados, senadores, ministros, ex-ministros e ex-governadores envolvidos em corrupção e confessou que recebeu dinheiro desviado de mais de 20 órgãos ligados ao governo.

Veja traz outro relato do ex-deputado sobre uma reunião com os ex-diretores da Petrobras Nestor Cerveró e Costa, com o lobista Jorge Luz, os senadores Calheiros, Jucá, Jader Barbalho (PMDB-PA) e o atual ministro do Turismo Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN).

No encontro, em 2006, os peemedebistas apresentaram uma conta de US$ 18 milhões em propina para apoiar a continuidade de Costa e Cerveró na estatal. Teriam sido pagos US$ 6 milhões antes da eleição daquele ano.

A revista relata novamente a atuação de Lula, quando foi presidente, para nomear Costa, indicado do PP. Em março, a Folha de S.Paulo revelou que na negociação de seu acordo de delação premiada o ex-deputado citou o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, o ministro do TCU Augusto Nardes, Andrea Neves, irmã do senador Aécio Neves (PSDB-MG). A delação aguarda homologação do ministro do STF Teori Zavascki.

(Com Agências)

STF libera divulgação de empresas autuadas pelo governo por trabalho escravo

“O Supremo Tribunal Federal (STF) revogou a medida cautelar que impedia a publicação oficial, pelo Ministério do Trabalho, da lista de empresas autuadas pelo governo por submeter seus empregados a condições análogas à escravidão.

Em sua decisão, tomada em 16 de maio e comunicada aos órgãos responsáveis na última terça-feira (24), a ministra Cármen Lúcia afirmou que a Ação Direta de Inconstitucionalidade (Adin) 5.209, proposta pela Associação Brasileira de Incorporadoras Imobiliárias, perdeu o objeto após a publicação de duas portarias interministeriais que sanaram os questionamentos feitos sobre a norma que cria a lista.

Segundo o Ministério do Trabalho, não há previsão para que seja disponibilizada no portal do órgão a lista mais recente, como estipulado nas normas que regulamentam o assunto. É prevista ainda uma atualização semestral na relação de empresas autuadas, cuja permanência no cadastro se dá por dois anos após a inclusão.”

(Agência Brasil)

Scorpions em Fortaleza – Começa a venda dos ingressos

Foto-Scorpions-624x329

Os ingressos para o histórico show do Scorpions em Fortaleza deverão ser vendidos a partir da próxima terça-feira, 31, mas a Arte Produções, responsável pelo evento, anunciou nesta sexta-feira, 27, os valores de primeiro lote. A banda alemã se apresenta na capital cearense em 8 de setembro na Arena do Centro de Formação Olímpica.

O primeiro lote de ingressos terá Pista Premium a R$ 500 (inteira) e R$ 250 (meia); Arquibancada Inferior a R$ 300 (inteira) e R$ 150 (meia); e Arquibancada Superior: R$ 200 (inteira) e R$ 100 (meia). Os ingressos poderão ser parcelados em três vezes sem juros por tempo limitado.

Blog Ceará Rock.

UFCA promoverá debate sobre Partidos políticos e Presidencialismo de Coalizão

O curso de Administração Pública da Universidade Federal do Cariri (UFCA), em parceria com a Pró-reitoria de Cultura, promoverá, na próxima segunda-feira, 30, mais uma edição do Ciclo de Debates Caminhos e Descaminhos da Democracia Brasileira.

A terceira edição do encontro debaterá sobre “Partidos Políticos e Presidencialismo de Coalizão”. Os convidados para o debate serão os professores Jeová Torres (UFCA), e a professora da Faculdade Paraíso do Ceará (FAP), Patrícia Vieira Pereira.

O ciclo acontecerá às 18h30, no auditório da UFCA, no campus Juazeiro do Norte. O Ciclo de Debates é uma iniciativa aberta ao público, que busca refletir sobre os rumos da democracia brasileira.

(Site da UFCA)

Toffoli autoriza filho de Lula a acessar investigação da Operação Zelotes

luizc laudid

“O ministro Dias Toffoli, do Supremo Tribunal Federal (STF), autorizou hoje (27) a defesa do empresário Luiz Cláudio Lula da Silva, filho do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, a ter acesso à investigação da Operação Zelotes, na qual é investigado. Os advogados recorreram ao tribunal após a Justiça Federal negar pedido semelhante para acessar o processo após a quebra dos sigilos bancário, fiscal e telemático.

Na decisão, Toffoli esclareceu que a defesa deve ter acesso às provas obtidas na investigação, de modo que possam exercer o direito de defesa. No entanto, de acordo com a decisão, não poderão ter conhecimento das diligências em andamento.

Independentemente das circunstâncias expostas pela autoridade reclamada, é legitimo o direito de o reclamante ter acesso àqueles elementos de prova devidamente documentados nos autos do procedimento em que é investigado”, decidiu o ministro.

Luiz Cláudio foi alvo de busca e apreensão na quarta fase da Operação Zelotes, deflagrada no ano passado, que fez busca e apreensão na sede das empresas LFT Marketing Esportivo e da Touchdown Promoção de Eventos Esportivos Ltda, cujo sócio é Luiz Claudio.

Desde o início das investigações, a defesa afirma que o empresário nunca recebeu dinheiro ou vantagens ilegais de lobistas investigados na Zelotes.”

(Agência Brasil)

Sisu 2016 – UFC não participará da segunda edição

A Universidade Federal do Ceará não participa da segunda edição de 2016 do Sistema de Seleção Unificada (Sisu 2016.2), cujas inscrições terão início nesta segunda-feira (30). A Coordenação do Sisu na UFC esclarece que, assim como aconteceu nos últimos três anos, todas as vagas da Instituição (para ambos os semestres letivos) foram ofertadas na primeira edição do Sisu (Sisu 2016.1).
Possíveis vagas decorrentes de desistências e cancelamentos formais no segundo semestre letivo serão ocupadas por candidatos inscritos em Banco de Suplentes, por meio de eventuais convocações nos meses de agosto e setembro.
As possíveis convocações ocuparão tanto vagas decorrentes de desistências formais quanto as que não forem confirmadas no período de Confirmação Presencial de Matrícula – que ocorrerá nos dias 8 e 9 de agosto, nas coordenações de curso. Os critérios seguem os mesmos do Edital Nº 03/2016 PROGRAD/UFC: http://goo.gl/O06yIa.
É de responsabilidade exclusiva dos candidatos acompanhar, através do site do Sisu na UFC (www.sisu.ufc.br), as etapas e comunicados da Universidade quanto à ocupação de vagas através da Lista de Espera do Sisu.
Somente poderão convocar suplentes os cursos que permitem ingresso no segundo semestre. Na Capital, há possibilidade de convocação para os seguintes cursos: Administração, Agronomia, Arquitetura e Urbanismo, Biblioteconomia, Ciências Biológicas, Ciências Contábeis, Ciências Econômicas, Direito, Economia Ecológica, Educação Física (bacharelado integral), Enfermagem, Engenharia de Alimentos, Engenharia de Pesca, Farmácia, Geografia, História, Jornalismo, Letras (Língua Portuguesa), Letras (Português-Alemão), Letras (Português-Espanhol), Letras (Português-Italiano), Medicina, Odontologia, Pedagogia, Psicologia, Publicidade e Propaganda, Sistemas e Mídias Digitais (noturno) e Zootecnia.
No Interior, os cursos que ainda poderão convocar suplentes para 2016.2 são Ciência da Computação e Engenharia de Software, no Campus de Russas, e Ciências Econômicas, Engenharia de Computação, Engenharia Elétrica e Medicina, em Sobral.
SERVIÇO
*Os demais cursos, que oferecem vagas somente para o primeiro semestre, não realizarão mais convocações. Mais informações somente pelo e-mail ingresso-sisu@prograd.ufc.br.
(Site da UFC)

Anonymous procura envolvidos no estupro coletivo de asdolescente

“O grupo de hackers Anonymous Brasil divulgou hoje (27) uma nota em que afirma estar à procura dos envolvidos no estupro coletivo de uma adolescente de 16 anos, ocorrido no último fim de semana, no morro São José Operário, em Jacarepaguá, zona oeste do Rio de Janeiro. De acordo com o relato da jovem à polícia, ela teria sido estuprada por 33 homens.

“Anonymous é uma ideia de liberdade, Anonymous é um coletivo que luta por liberdade. Qualquer pessoa que se coloque contra nosso ideal é considerada nosso inimigo”, diz a nota. “Estamos totalmente dedicados na identificação e localização dos envolvidos no recente caso de estupro coletivo que tem chamado a atenção da mídia.”

“Qualquer um que apoie, divulgue, seja conivente, assista, compartilhe, ou simplesmente que não aceite o fato de que o único culpado pelo estupro é o próprio estuprador, será visto por Anonymous também como inimigo. Nós estamos caçando cada um de vocês, iremos identificá-los, iremos expô-los, e iremos nos vingar”, disse o grupo, no comunicado.

O caso do estupro coletivo ganhou repercussão nas redes sociais e está sendo investigado pela Polícia Civil do Rio de Janeiro. A jovem denuncia que foi dopada e estuprada por mais de 30 homens armados com fuzis e pistolas.

Imagens do crime foram gravadas e compartilhadas na internet. A Polícia Civil já identificou quatro suspeitos do crime: dois são suspeitos de terem divulgado as imagens nas redes sociais; um seria namorado da jovem; e o quarto aparece no vídeo ao lado da garota.

Manifestações em apoio à adolescente e em repúdio à violência contra mulheres estão sendo marcadas para dar mais visibilidade ao tema. Um ato em frente à Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro foi agendado para as 18 horas de hoje. Na próxima quarta-feira (1), às 16 horas, manifestantes devem ir às ruas no Rio, em Belo Horizonte e em São Paulo.”

(Agência Brasil)

Grupo Syntagma faz turnê pelo Ceará e Paraíba

dvidd

Um dos mais importantes grupos de música instrumental do Brasil, o grupo cearense Syntagma realizará, no início de junho, a terceira seqüência de shows do projeto “Syntagma Solos Nordestinos”.

As apresentações ocorrerão nos dias 1º em Fortaleza, 3 em Juazeiro do Norte (Região do Caririr) e 4 em Sousa, na Paraíba, sempre nos auditórios do Centro Cultural do BNB.

Para os shows de junho o músico convidado é o flautista David Castelo, considerado como um dos grandes talentos brasileiros da flauta.

Perfil

David, que é cearense, é professor da Universidade Federal de Goiás e formado pelo Conservatório Real de Haia (Holanda). Atua regularmente como professor e concertista em festivais e universidades no Brasil e Estados Unidos.

DETALHE – O projeto tem o patrocínio do Banco do Nordeste, via Lei Rouanet.

Temer contrata advogado privado para representá-lo

Discurso de Temer deve durar 10 minutos

“Se Dilma usou a Advocacia-Geral da União para defendê-la nas pedaladas e no impeachment, Michel Temer contratou o ex-presidente da OAB Marcus Vinícius Coêlho para representá-lo em uma ação na Justiça Federal do Rio.

Coêlho também vai defender Temer no TSE, onde pedirá a separação das contas do presidente interino e de Dilma no pedido de cassação de ambos.”

(Veja Online)

Eunício comenta gravações de Sérgio Machado: “Não coloco a mão no fogo por ninguém!”

eunicio_oliveira_recebe_comenda_-_stille_19

“Líder do PMDB no Senado e amigo próximo do presidente em exercício Michel Temer (PMDB), Eunício Oliveira afirmou em entrevista à Rádio O POVO CBN nesta sexta-feira, 27, que não pode defender os correligionários envolvidos em gravações feitas pelo ex-presidente da Transpetro Sergio Machado.

O presidente do Senado Renan Calheiros (AL) e os senadores Romero Jucá (RR) e José Sarney (AP) participaram de diálogos com Machado que sugerem estratégia para barrar Operação Lava Jato. “Só ponho a mão no fogo por mim, eu não posso defender ninguém sem eu saber e não ter participado de conversa”, disse Eunício, respondendo a um questionamento sobre Calheiros.

Apesar disso, ele afirmou que primeira conversa divulgada elo jornal Folha de São Paulo envolvendo o presidente do Senado mostrava Calheiros defendendo nova lei sobre as delações. “O Renan já tinha declarado a mesma coisa que ele declarava na discussão pública”, argumentou. “Quanto aos novos áudios”, continua, “o que aconteceu entre o Renan e o Sérgio Machado eu não sei, não conheço e não defendo”.

Embora tenha defendido que apoia as investigações e que “quem cometeu erros, seja do PMDB ou não, tem que pagar”, o senador criticou a atitude de Machado. “Essas gravações feitas pelo seu Sérgio Machado clandestinamente induzindo um homem com Sarney de 87 anos e no hospitak para tentar salvar sua pele (…) é lamentável”, disse.

As críticas se estenderam também aos acordos de delação premiada. “O Brasil virou esse pandemônio de delações de pessoas que roubam e depois vão fazer isso pra se livrar do roubo”, afirmou. ”

(O POVO Online)

DETALHE – Eunício Oliveira está cumprindo agenda de encontros políticos no Interior cearense. Mas, no domingo, prestigiará a abertura da Festa do Pau de Santo Antonio de Barbalha, na Região do Cariri.

Ministro da Justiça e Beltrame vão investigar sobre o estupro coletivo de adolescente

“O ministro da Justiça, Alexandre de Moraes, vai se encontrar, nesta tarde, com o secretário de Segurança Pública do Rio de Janeiro, José Mariano Beltrame, para tratar das investigações sobre o estupro coletivo de uma adolescente de 16 anos, em uma comunidade da Praça Seca, em Jacarepaguá, zona oeste da cidade. Já o governador em exercício do Rio de Janeiro, Francisco Dornelles, determinou prioridade máxima às investigações “até a identificação e a rigorosa punição dos envolvidos na barbárie”.

O governo estadual atua no caso com a inteligência da Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática e o atendimento especializado da Delegacia da Criança e do Adolescente Vítima, além do apoio operacional de outras delegacias e da Coordenadoria de Recursos Especiais (Core). A Polícia Civil será incansável na solução do caso.

Segundo Dornelles, o que aconteceu com a adolescente é estarrecedor e inaceitável. “Estamos atuando em regime de prioridade, com total dedicação de nossas autoridades e profissionais, para que tenhamos uma rápida resposta à vítima e sua família e à sociedade. Também estamos dedicados ao fundamental acolhimento e ao amparo psicológico à adolescente e sua família, por meio da Secretaria de Assistência Social e Direitos Humanos”, disse o governador.”

(Agência Brasil)

Rui Falcão apoia candidatura própria do PT em Fortaleza

ruiflaal

O presidente nacional do PT, Rui Falcão, disse estar a favor de uma candidatura própria do partido em Fortaleza. Considera que a Capital cearense é importante nos planos de expansão dos petistas. Ele, que veio com Francisco Campos, membro da executiva nacional petista, não falou, no entanto, em nomes.

Rui Falcão desembarcou nesta tarde de sexta-feira e foi recebido pelos presidentes Elmano Freitas, do diretório municipal, e por Francisco De Assis Diniz, dirigente do diretório estadual da legenda.

Nesta tarde, o dirigente nacional petista está reunido com membros do partido que, a partir das 19 hora, deverá, na Casa Vermelha, definir delegados para o encontro municipal do PT, a partir do meio-dia deste sábado, no Hotel Praia Centro.

(Foto – Cláudio Barata)

STF dá fim aos processos ocultos

78 1

O Supremo Tribunal Federal (STF)baixou resolução nesta sexta-feira dando fim nos chamados processos ocultos, que são o mais alto grau de segredo usado pelo Tribunal para tramitar inquéritos e outros procedimentos abertos para investigar autoridades por suspeita de crimes. Isso não significa que os segredos de Justiça acabaram. Processos ocultos não são como os segredos da Justiça, pois eles nem sequer aparecem no sistema do Tribunal e só podem ser consultados pelo ministro-relator e pela Procuradoria-Geral da República. O procedimento também esconde o andamento de acordos de delações premiadas.

Esse tipo de modelo foi adotado em casos envolvendo a Operação Lava Jato, como o própro pedido de abertura de inquérito da Procuradoria-Geral da União (PGR) para investigar a presidente afastada Dilma Rousseff (PT), o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e o ex-ministro José Eduardo Cardozo, por obstrução da Justiça. O sistema também encobre o andamento das delações premiadas.

O texto assinado pelo presidente do STF Ricardo Lewandowski veda a “classificação de quaisquer pedidos e feitos novos ou já em tramitação no Tribunal como ‘ocultos'”. A medida, segundo ele, atende a princípios da Constituição federal de publicidade, direito à informação e transparência.

Investigações sigilosas

Agora, nas investigações criminais deve ser adotada proteção especial a medidas cautelares que devem ser mantidas em sigilo até sua execução. O objetivo é que investigação e coleta de provas e documentos não sejam afetadas.

Pelo texto, nas investigações criminais, será adota uma proteção especial às medidas cautelares que devem ser mantidas em sigilo até a sua execução, a fim de que a coleta da prova não seja prejudicada. De acordo com o ornal Folha de São Paulo, cálculos de técnicos do Supremo indicam que Tribunal mantém ocultos mais de 700 processos que foram arquivados.

(Com Agências e POVO Online)

Ao Mestre do Direito com carinho

bonavides

Emanuel Andrade, Bonavides e Hugo de Brito Segundo.

Paulo Bonavides, um dos maiores constitucionalistas do País, ganhará homenagem terça-feira próxima, a partir das 19 horas, na Livraria Cultura (Bairro Aldeota).

Na ocasião, será lançado o livro “Democracia e Direitos Fundamentais – Uma homenagem aos 90 anos do Professor Paulo Bonavides”, uma coletânea organizada por Emanuel Andrade Linhares, mestre em Direito e sócio-fundador do Conselho Consultivo do Instituto Latino-Americano de Estudos sobre Direito, Política e Democracia, e por Hugo de Brito Machado Segundo, mestre e doutor em Direito Hugo de Brito Machado Segundo.

A obra, que reúne textos de renomados juristas nacionais e internacionais, bem como de professores da última turma para qual Bonavides ministrou, formalmente, uma disciplina no Programa de Pós-graduação em Direito da UFC, no ano de 2011 – é dividida em quatro partes: (1) Estado e Democracia, (2) Direitos Humanos e Fundamentais, (3) Constituição e Processo, (4) Hermenêutica.

A influência de Bonavides no pensamento jurídico nacional e internacional lhe rendeu inúmeras condecorações, entre as quais: Doutor honoris causa da Universidade de Lisboa, da Universidade de Buenos Aires, da Universidade Federal do Rio de Janeiro, da Universidade de Fortaleza (UNIFOR), e da Universidade Inca Garcilaso de la Vega (Lima, no Peru); e Presidente Emérito do Instituto Brasileiro de Direito Constitucional (IBDC).

(Foto – Divulgação)

Parlamentares vão ao Rio prestar apoio à vitima de estupro

79 1

“A bancada feminina no Congresso prepara uma nota de repúdio ao estupro coletivo da jovem de 16 anos, ocorrido no Rio de Janeiro na madrugada desta quinta-feira (26). O manifesto será lido nos plenários do Senado e da Câmara dos Deputados na próxima terça-feira (31), de acordo com a senadora Glesi Hoffmann (PT-SC).

Ainda segundo a senadora, também na semana que vem, ela e um grupo de parlamentares farão uma visita à vitima e aos familiares. Os parlamentares também vão cobrar das autoridades de segurança do estado investigação e punição dos responsáveis. “Isso tem muito a ver com a visão de que mulher é extensão da propriedade privada do homem ou do marido. Vamos precisar do auxilio dos homens para combatermos situações como essas. Se não tivermos reação firme, vão continuar acontecendo, inclusive com estímulo e divulgação”, afirmou.

Para Gleisi, a cultura machista e da violência, que ainda permeia as relações da sociedade, precisa ser enfrentada com uma discussão aprofundada. Na manhã de hoje, em discurso na tribuna do Senado, a senadora disse que, apesar de já ter avançado muito no ordenamento jurídico e na legislação que subjugava as mulheres, a cultura do estupro, no Brasil, ainda permeia a sociedade.

Gleisi lembrou outros casos de estupro coletivo, um ocorrido em Bom Jesus, no Piauí, na sexta-feira (20), e outro que aconteceu há um ano, em Castelo do Piauí, no mesmo estado.

O senador José Medeiros (PSD-MT) também se manifestou sobre o caso do estupro no Rio. Ele defendeu que é preciso condenar com veemência a ação, sobretudo diante da divulgação do estupro nas redes sociais. “Isso é o cúmulo da falência do entendimento da convivência social”, afirmou.”

(Agência Brasil)

Um B.O de críticas à Universidade

113 1

Com o título “Universidade: Em dívida com a Polícia”, eis artigo do advogado Irapuan Diniz de Aguiar. Ele critica essa Instituição por não formar cabeças pensantes para a organização do aparelho policial do País. Confira:

Já tive a oportunidade de dizer, e volto a afirmar: a Universidade brasileira, formadora de cabeças pensantes, está em débito com a polícia e, por conseqüência, com a sociedade, porque não há sobre a face da terra qualquer forma de Estado sem organização policial. Com efeito, lidando com a vida, a liberdade, a honra, o patrimônio, a segurança da comunidade, é de estranhar-se que, ainda assim, a Polícia não tenha sido objeto de estudo – repito – pela Universidade. É como se a segurança pública fosse uma atividade menor ou a vida humana tivesse pouca significação, já que outras matérias menos importantes são pesquisadas e discutidas com seriedade. É possível encontrar-se, agora, no Brasil, alguém com os títulos de Doutor em Direito ou em Sociologia, portanto, com defesa de tese, que saiba tanto sobre polícia como qualquer pessoa que apenas assista a filmes policiais ou leia notícias nos jornais diários. Vale dizer, nada sabem sobre polícia!

A omissão da Universidade decorre, sem dúvida, de uma questão cultural que se reflete numa atitude preconceituosa para com a atividade policial fazendo com que alguns de seus dirigentes “lhe torçam o nariz”. Quando este comportamento venha de uma pessoa comum que, eventualmente, tenha sido chamada a atenção por um membro da polícia, ainda se compreende. Mas não de uma autoridade, de um professor ou de um doutor.

Na verdade, a polícia é um organismo muito mal conhecido, no sentido de que se ignoram, geralmente, a exata natureza de sua missão, suas possibilidades reais de ação e a extrema dificuldade em desempenhá-la, talvez, por isso, há no próprio âmbito do governo, os que fecham os olhos ao procedimento policial, mesmo que reprovável, desde que haja muitas prisões e rapidez na repressão das desordens. Parece ser, por esta visão, que algumas autoridades e comandantes prepararem, ainda, seus policiais para “caçar” bandidos em favelas, como se eles também não estivessem nos palácios. Tal desfoque, infelizmente, há sido institucionalizado. O miserável, que mora mal, vive mal, tem pouca instrução, cuja aparência não agrada aos olhos, deve ser o primeiro suspeito. Por que uma polícia preparada e tendo garantias essenciais à sua magna missão, se isso representa um risco para uma parcela das elites desonestas?

Não é por outro motivo que, com freqüência, há muita gente importante querendo dirigir a polícia sem desejar, contudo, colocar as mãos na massa. É fácil ficar longe do contato com o povo, não sendo atingida pela doença social chamada insegurança, mas arvorando-se de censor, quando falhas policiais ocorram. Como pretender a direção quem não conheça a execução? Ainda bem que algumas parcerias com as Universidades começam a ser estabelecidas no Ceará, apesar de muito tímidas, frente ao laboratório posto à disposição.