Blog do Eliomar

Categorias para Brasil

Votação do relatório sobre a DRU está marcada para esta terça-feira

“Está marcada para esta terça-feira (15) a votação do relatório da comissão especial da Câmara dos Deputados que analisa a proposta de emenda à Constituição que prorroga a Desvinculação de Receitas da União (DRU). A oposição obstruiu as votações da comissão última semana.

São debatidas três propostas (PECs 4; 87; e 112, todas de 2015) que renovam o mecanismo que autoriza o governo federal a usar livremente parte da arrecadação da União e cuja vigência atual termina no fim deste ano. A prorrogação da DRU é considerada prioridade para o governo no ajuste fiscal.

Na última terça-feira (8), o ministro do Planejamento, Nelson Barbosa, fez um apelo, durante audiência pública na comissão, para que o Congresso aprove a prorrogação da DRU o mais rapidamente possível. Segundo ele, isso poderia representar R$ 117 bilhões para investir em políticas públicas importantes no ano que vem.

O relator da PEC que prorroga a DRU, deputado Laudivio Carvalho (PMDB-MG) disse, entretanto, não ter pressa para apresentar seu parecer. Ele afirmou que é preciso atender as necessidades do País na educação, na saúde e nos programas sociais.

Apesar da oposição ter obstruído a votação na última reunião, o líder do Democratas na Câmara, deputado Mendonça Filho (PE), afirmou que a oposição não pode ser a culpada pela não votação de matérias de interesse do País, como a proposta da DRU. Ele criticou a ausência de parlamentares governistas na reunião da última quinta-feira (10).”

(Agência Câmara)

Carta contra impeachment de Dilma ganha mais adesões de artistas

52 3

wolney

Um grupo de artistas e escritores assinou carta contra o impeachment da presidente Dilma Rousseff. Até a publicação deste texto, eram 84 os signatários do documento. Entre eles, o cantor Chico Buarque, as atrizes Camila Pitanga, Dira Paes e Letícia Sabatella e o colunista da Folha e escritor Antonio Prata. Do Ceará, o cineasta Wolney Oliveira.

“A democracia representativa não admite retrocessos. A institucionalidade e a observância do preceito de que o Presidente da República somente poderá ser destituído do seu cargo mediante o cometimento de crime de responsabilidade é condição para a manutenção desse processo”, diz o texto.

“Consideramos inadmissível que o país perca as conquistas resultantes da luta de muitos que aí estão, ou já se foram.” De acordo com o escritor Fernando Morais, que divulga a carta em seu Facebook, o texto foi redigido pelo cineasta Luiz Carlos Barreto. Ainda segundo o escritor, a coleta de assinaturas começou na segunda (7).

“É um texto claro com relação ao impeachment, mas sem ser partidário, para que pudesse angariar o maior número de apoios”, disse.

* Leia a íntegra da carta:

“Carta ao Brasil Artistas, intelectuais, pessoas ligadas à cultura que vivemos direta e indiretamente sob um regime de ditadura militar; que sofremos censura, restrições e variadas formas de opressão; que dedicamos nossos esforços de forma obstinada, junto a outros setores da sociedade, para restabelecer o Estado de Direito, não aceitaremos qualquer retrocesso nas conquistas históricas que obtivemos. Independente de opiniões políticas, filiação ou preferências, a democracia representativa não admite retrocessos.

A institucionalidade e a observância do preceito de que o Presidente da República somente poderá ser destituído do seu cargo mediante o cometimento de crime de responsabilidade é condição para a manutenção desse processo democrático.

Consideramos inadmissível que o país perca as conquistas resultantes da luta de muitos que aí estão, ou já se foram. E não admitiremos, nem aceitaremos passivamente qualquer prática que não respeite integralmente este preceito.

Data – 8 de dezembro de 2015.

Mercado financeiro projeta inflação em 10,61% neste ano

“A projeção de instituições financeiras para a inflação, medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), neste ano, subiu pela 13ª semana seguida, ao passar de 10,44% para 10,61%. Para 2016, a estimativa para o IPCA subiu pela segunda vez consecutiva. Desta vez, a projeção foi ajustada de 6,7% para 6,8%. As estimativas foram divulgadas hoje (14) e estão no Boletim Focus do Banco Central (BC), uma publicação semanal, feita a partir de consultas a instituições financeiras.

As duas projeções estão acima do limite superior da meta, que é 6,5%. O centro da meta é 4,5%. O Banco Central estima que a inflação só deve atingir o centro da meta em 2017. O principal instrumento usado pelo BC para controlar alta dos preços é a taxa básica de juros, a Selic. O Comitê de Política Monetária (Copom), responsável por definir a Selic, elevou a taxa por sete vezes consecutivas. Nas reuniões do comitê em setembro, outubro e novembro, o Copom optou por manter a Selic em 14,25% ao ano.

A taxa é usada nas negociações de títulos públicos no Sistema Especial de Liquidação e Custódia (Selic) e serve como referência para as demais taxas de juros da economia. Ao reajustá-la para cima, o BC contém o excesso de demanda que pressiona os preços, porque os juros mais altos encarecem o crédito e estimulam a poupança.

A pesquisa do BC também traz a projeção para a inflação medida pelo Índice Geral de Preços – Disponibilidade Interna (IGP-DI), que passou de 11,04% para 10,99%, este ano. Para o Índice Geral de Preços – Mercado (IGP-M), a estimativa foi ajustada de 10,80% para 10,81%, em 2015. A estimativa para o Índice de Preços ao Consumidor da Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (IPC-Fipe) subiu de 10,77% para 10,85%, este ano.

A projeção para a alta dos preços administrados passou de 17,65% para 18%, este ano, e de 7,35% para 7,50%, em 2016.”

(Agência Brasil)

IBGE é autorizado a fazer concurso público

“O Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão autorizou a Fundação Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) a contratar por tempo determinado até 82.023 pessoas para realizar o Censo Agropecuário 2016. A portaria foi publicada hoje (14) no Diário Oficial da União.

Os cargos disponíveis são para analista censitário (223), agente censitário regional (486), agente censitário administrativo (700), agente censitário municipal (5.500), agente censitário supervisor (12.540), agente censitário informativo (174) e recenseador (62.400).

Pelo texto da portaria, as contratações deverão ser feitas por meio de processo seletivo simplificado, observados ordem de classificação e os critérios e condições estabelecidas pelo governo, sendo o prazo de duração dos contratos de até um ano, com possibilidade de prorrogação até o limite máximo de três anos.

As despesas com as contratações serão pagas de acordo com o orçamento do IBGE, que deverá definir a remuneração dos profissionais a serem contratados em valor não superior ao da remuneração constante dos planos de retribuição ou nos quadros de cargos e salários do serviço público, para servidores que desempenham função semelhante, informa o documento.”

(Agência Brasil)

Tarifas postais estão mais caras

“O Diário Oficial da União traz publicada na edição de hoje (14) a tabela dos novos preços dos serviços dos Correios. A correção das tarifas, como as de entrega de cartas e telegramas, será de 8,89% e ajudará a diminuir o déficit no orçamento da estatal, que deve chegar a R$ 2 bilhões até o último dia do ano. Com a atualização, o valor do envio de uma carta não comercial, por exemplo, passará de R$ 0,95 para R$ 1,05. A carta comercial ficará R$ 0,10 mais cara (de R$ 1,40, para R$ 1,50). A carta social, voltada aos beneficiários do Programa Bolsa Família, permanecerá com a tarifa de R$ 0,01.

Com o realinhamento, a expectativa dos Correios é que as receitas da empresa cresçam R$ 780 milhões por ano. “A recomposição é de centavos, não onerando a população nem impactando a inflação, mas de grande importância para nosso equilíbrio fiscal da empresa”, informou a estatal. As tarifas foram realinhadas com base nos custos, como aumento dos preços dos combustíveis, contratos de aluguel, transportes, vigilância, limpeza e salários dos empregados. A revisão não se aplica ao segmento de encomendas.

O pedido de recomposição das tarifas integra uma série de medidas da nova gestão dos Correios que visa a reduzir o déficit e aumentar as receitas. Além da revisão das tarifas, o novo presidente dos Correios, Giovanni Queiroz, informou à Agência Brasil que medidas administrativas também fazem parte do pacote previsto.”

(Agência Brasil)

Tropa anti-Cunha tem baixa no Conselho de Ética

betinhogomes

Betinho Gomes (PSDB-PE), um dos mais ativos opositores às manobras de Eduardo Cunha (PMDB-RJ) no Conselho de Ética e um dos primeiros tucanos a desembarcar do apoio ao presidente da Câmara vai desfalcar a sessão do colegiado nesta terça-feira.

O deputado foi internado com uma trombose, e deve ficar fora de combate por pelo menos 15 dias, prazo em que a Casa já deve ter entrado em recesso — resta saber se antes ou depois de resolver o processo de cassação contra Cunha.”

(Coluna Radar, da Veja Online)

Jurista fala onde o calo do impeachment não pode apertar

73 1

O jurista Walmir Pontes Filho manda um comentário para o Blog a respeito do processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff. Ele procura explicar, de forma clara e objetiva, a tramitação desse tipo de assunto. Confira:

Nos exatos termos constitucionais, a Câmara dos Deputados, pela maioria absoluta de dois terços de seus membros, ADMITE ou não a acusação (de crime de responsabilidade) contra a Presidente da República. Dessa decisão NÃO CABE RECURSO ALGUM, nem mesmo para o Judiciário. Muito menos para Senado, que não é “instância superior”  ou “revisora”, neste caso.

Resta a ele, Senado, em ato vinculado e de cuja prática não se pode eximir, simplesmente instaurar o processo de JULGAMENTO do impeachment, a dar pela procedência ou não da acusação (já admitida, afinal). Com tal procedimento de instauração do processo (de julgamento, repita-se), meramente formal, a Presidente já fica afastada de suas funções.

Cabe aos senadores, também pelo quorum de dois terços, apenas dar  pela procedência ou não da acusação. Simples assim.

Não pode o Supremo, que sempre erra por último, fazer como o sapateiro que vai além do sapato, ou seja, dizer o que a Constituição não diz.

* Walmir Pontes Filho.

Jurista.

Ministro da Educação cumprirá agenda de trabalho com Camilo Santana em Fortaleza

Agência Brasil - ABr - Empresa Brasil de Comunicação - EBC

O ministro Aloízio Mercadante (Educação) vai cumprir agenda, no Palácio da Abolição, às 15 horas desta segunda-feira.

Ele conferirá o lançamento do “Mais PAIC” (Programa de Alfabetização na Idade Certa), a ser feito pelo governador Camilo Santana (PT) e pelo secretário estadual da Educação, Maurício Holanda. O “Mais PAIC” será a extensão da avaliação anual do ensino na rede estadual do 5º para o 9º ano.

Além desse compromisso, há um  outro na agenda de Camilo Santana nesta segunda-feira. Às 21 horas, ele vai conferir a 44ª Noite das Personalidades Esportivas, no Marina Park, sob o comando do jornalista Sérgio Ponte. Nesse evento, entre homenageados o ex-jogador Cafu.

Bolsa Família – Atualização do cadastro termina sexta-feira

Beneficiários do Bolsa Família que estão há mais de dois anos sem atualizar seus dados no Cadastro Único precisam fazê-lo até a próxima sexta-feira. O aviso é do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome. As famílias nessa situação devem procurar o setor responsável pelo programa na sua cidade.

Em 2015, foram convocadas mais de 1,8 milhão de famílias que não atualizavam o cadastro desde 2012. Todas receberam avisos do MDS no extrato de pagamento do Bolsa Família e foram informadas por cartas.

O beneficiário que não atualiza os dados pode ter o benefício bloqueado e, depois, cancelado.

(Com Agências)

Ministro vê manifestações pró-impeachement de Dilma como atentado contra a democracia

56 1

[youtube]https://www.youtube.com/user/flashdoeliomar[/youtube]

O ministro das Comunicações, André Figueiredo, confirma: na próxima sexta-feira, pela manhã, no auditório da Anatel, em Fortaleza, lançará edital de chamada pública para novas emissoras de rádio comunitária e FMs e TVs educativas. Nesse pacote, serão 36 rádios comunitárias e três tevês educativas para o interior cearense.

André Figueiredo aproveitou e falou também sobre as manifestações pró-impeachment da presidente Dilma Rousseff, registradas nesse domingo no País. Para ele, um atentado contra a democracia, pois Dilma foi eleita de forma legítima.

O ministro também espera que o presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha, caia, mas ele não arrisca prazos, observando que Cunha, além de conhecedor do regimento da Câmara, conta com boa base de apoio.

Eunício considera difícil suspensão do recesso

foto eunício oliveira

Da Coluna Vertical, do O POVO, desta segunda-feira;

O líder do PMDB no Senado, Eunício Oliveira, é a favor de que os trabalhos do Congresso Nacional prossigam sem recesso, com pausas apenas para o Natal e Réveillon. Ele avalia que é hora mesmo de uma solução definitiva para tanta confusão reinante em Brasília.

Refere-se ao caso do processo de impeachment de Dilma Rousseff e o processo de cassação do presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB/RJ). Eunício, no entanto, considera “difícil” que isso ocorra.

“Para que não haja recesso, é preciso o voto de metade mais um da Câmara e do Senado e ainda o aval dos presidentes dessas cassa legislativas”, explica o senador. Nesse último detalhe é que, segundo Eunício, a coisa pega: “Será que o Cunha endossaria?”

Conclusão: o País continuará assistindo ao espetáculo no qual Dilma foge da oposição e Cunha foge da cassação. E o País continuará em clima de estagnação.

Maradona se solidariza com Dilma contra o impeachment

images (9)

“O ex-jogador Diego Maradona mandou uma mensagem de apoio a presidente Dilma Rousseff, neste domingo, 13, quando são realizados vários atos contra o governo.

“Quero enviar meu apoio à senhora presidente Dilma Rousseff, meu coração está contigo”, disse o craque na sua página do Facebook. (Quiero enviar mi apoyo a la Sra. Presidenta Dilma Rousseff, mi corazón está contigo).

Em 2014, durante a abertura da Copa do Mundo na Arena de Itaquera, Maradona já havia criticado o comportamento da torcida contra Dilma. Na época, ele chegou a dizer que não iria mais ver os jogos do Mundial nos estádios.

 

 

Ministro defende desoneração de insumos para a indústria

“O ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Armando Monteiro, disse hoje (11) que é preciso completar o processo do ajuste fiscal, o mais rápido possível, “para a retomada dos investimentos e para que os agentes econômicos tenham clara percepção de que a economia vai se reequilibrar”, disse.

Monteiro falou para empresários e representantes do setor químico, durante a 20ª edição do Encontro Anual da Indústria Química, promovido pela Associação Brasileira da Indústria Química (Abiquim) na capital paulista. No evento, Monteiro disse que, apesar de os resultados do ajuste, no curto prazo, serem incertos, a economia do país precisa dessas reformas para se reequilibrar.

“Não temos claramente os benefícios desse processo de ajuste fiscal, no prazo mais curto possível, mas é importante que a sociedade se mobilize para cobrar da classe política. O Brasil precisa criar as bases para garantir a sustentabilidade das contas públicas”, acrescentou.

Em um vídeo exibido no evento, o ministro da Fazenda, Joaquim Levy, também reforça a necessidade do ajuste fiscal, para acabar com as dificuldades que os empresários enfrentam hoje para investir. “Temos confiança de que, apesar do cenário, de toda a incerteza, nós vamos encontrar caminho”, declarou o ministro da Fazenda.”

(Agência Brasil)

“O PSDB assume seu sentimento golpista”, diz Odorico Monteiro

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=SnjdnhUpWtA[/youtube]

“O PSDB está assumindo seu sentimento golpista!”, disse, nesta sexta-feira, o deputado federal Odorico Monteiro, ao analisar a decisão da direção nacional tucana de assumir a luta pró-impeachment da presidente Dilma Rousseff.

Para Odorico, isso é o reflexo de setores que  não aceitaram a derrota e que tentam um terceiro turno.

Odorico lamenta ainda que o presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha, continue presidindo a Casa.

Registro Civil Nacional – Votação do relatório fica para 2016

“A Comissão Especial da Câmara dos Deputados que discute o Projeto de Lei (PL) 1775/15, que cria o Registro Civil Nacional (RCN), vai votar o relatório do deputado Júlio Lopes (PP-RJ) somente no ano que vem. O presidente da Comissão, deputado Rômulo Gouveia (PSD-PB), marcou a apresentação do parecer para a próxima terça-feira (15) às 15 horas. Em seguida, será aberto prazo de cinco sessões para apresentação de emendas.

“Pela importância do projeto, acho que devemos tentar fazer a apresentação e votar no ano que vem, depois do recesso parlamentar”, afirmou Gouveia.

O deputado Júlio Lopes chegou a pedir que o texto fosse apresentado só em março. “Não há clima para analisar neste momento. Já estou com parecer pronto, mas gostaria de discuti-lo com o TSE antes de apresentá-lo”, argumentou o relator. O deputado Hugo Leal (PROS-RJ) reclamou do adiamento. “Não acho que devemos adiar por conta da análise do pedido de impeachment. Daqui a pouco não faremos mais nada”, lamentou.

O PL 1775/15, de autoria do Poder Executivo, prevê que informações sobre RG, carteira de motorista e título de eleitor, entre outros, serão concentradas em um registro único. Caberá à Justiça Eleitoral atribuir um número de RCN a cada brasileiro e fornecer o documento. A primeira emissão seria gratuita.”

(Agência Câmara)

 

Porta da Santa Misericórdia será aberta neste domingo por Dom José Antônio

dom josee

O arcebispo de Fortaleza, Dom José Antonio Aparecido Tosi , abrirá, às 10 horas deste domingo, a Porta Santa da Misericórdia. Será durante celebração litúrgica que terá início na Igreja do Pequeno Grande (Centro). Em seguida, haverá procissão até a Catedral, onde acontecerá a solene abertura da Porta Santa e continuação da Celebração Eucarística.

A celebração é uma determinação do Romano Pontífice e acontece nas 275 dioceses brasileiras e nas demais espalhadas pelos cinco continentes. O momentos marca para o fiéis a abertura oficial do Jubileu Extraordinário da Misericórdia naquela Igreja Particular.

“Convocamos a todas as comunidades, paróquias, áreas pastorais, associações e movimentos eclesiais, novas comunidades, organismos eclesiais e coordenações pastorais para que, com as representações das Regiões Episcopais de nossa Arquidiocese, estejam presentes neste momento importante significativo de nossa comunhão eclesial”, conclama o arcebispo em carta circular para a Igreja de Fortaleza. A expectativa é que pelo menos cinco mil fiéis participem das atividades.

Ao atravessar a Porta Santa os fiéis obterão indulgência,que na explicação do Papa Francisco na Bula Rosto da Misericórdia, promulgada para o Ano Santo, “é experimentar a santidade da Igreja que participa em todos os benefícios da redenção de Cristo, para que o perdão se estenda até às últimas consequências aonde chega o amor de Deus”.

SERVIÇO

*Igreja do Pequeno Grande – Avenida Santos Dumont, 55, Centro.

Gilmar Mendes fala de celeridade do impeachment e evita comentar processo de Cunha

gilmar

“O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Gilmar Mendes, disse hoje (11) que a decisão sobre a tramitação do pedido de impeachment no Congresso Nacional deve ser rápida. “Acho que o tribunal está consciente do momento delicado pelo qual estamos passando. Não acredito que haverá pedido de vistas. Porque todos percebem que há uma necessidade que esse tema seja encaminhado em um ou outro sentido”, disse após aula inaugural do Instituto de Direito Público em São Paulo, do qual é coordenador.

Gilmar Mendes voltou a defender que sejam mantidos os procedimentos estabelecidos para o processo de afastamento do ex-presidente Fernando Collor. “Eu acredito que mudanças radicais – a ideia de que se sairia um código de impeachment – parecem incompatíveis com o que o Supremo já disse naquele caso, que é emblemático, que é um impeachment que foi levado a cabo. Agora, poderá ocorrer uma ou outra mudança”, ressaltou.

O STF deve decidir, na próxima quarta-feira (16), a validade da Lei 1.079/50, que regulamentou as normas de processo e julgamento do impeachment. A legalidade da norma foi questionada pelo PCdoB, que conseguiu na Corte uma liminar do ministro Edson Fachin para suspender a tramitação do impeachment até decisão do tribunal.

Eduardo Cunha e Delcídio do Amaral

Ao ser questionado sobre se o Supremo poderia afastar Eduardo Cunha da presidência da Câmara dos Deputados, Gilmar Mendes disse que o caso do deputado é diferente do senador Delcídio do Amaral (PT-MS), acusado de tentar atrapalhar as investigações da Operação Lava-Jato.

A votação do parecer sobre as acusações de falta de decoro de Cunha foi postergada por diversas vezes. Na última quarta-feira (9), a Mesa Diretora da Câmara acatou um pedido da defesa do deputado e afastou o relator do processo de cassação de Cunha, o deputado Fausto Pinato (PRB-SP).

“Aqui é uma questão que se desenrola no Congresso Nacional, na Câmara dos Deputados, no processo da Comissão de Ética. Portanto, é um tema que tem que ser analisado sob essa ótica. Não sob a ótica de medidas que afetam a investigação criminal. Mas o tribunal teria de ser provocado para podermos analisar”, disse.”

(Agência Brasil)

TST sob nova direção

ives-gandra-martins-filho3

“O Tribunal Pleno do Tribunal Superior do Trabalho elegeu, por unanimidade, o ministro Ives Gandra Martins Filho, atual vice-presidente, para presidir a Corte no biênio 2016/2018. O vice-presidente será o ministro Emmanoel Pereira, e a Corregedoria-Geral da Justiça do Trabalho será exercida pelo ministro Renato de Lacerda Paiva. A posse será no dia 25 de fevereiro de 2016.

Durante a sessão extraordinária que o elegeu, realizada na quarta-feira (9/12), o ministro Ives Gandra Filho agradeceu a confiança depositada pelo Tribunal nos três futuros dirigentes. “Esperamos não decepcionar nenhum dos colegas”, afirmou.

O presidente do tribunal, ministro Barros Levenhagen, assinalou que a escolha foi a melhor possível. “São três excelentes magistrados que honrarão a direção do TST, elevando ainda mais a condição de tribunal de referência entre os tribunais superiores do país”, afirmou.”

(Site do TST)

Que o compartilhar não vire modismo

Com o título “Compartilhar é melhor do que ter”, eis artigo do jornalista e sociólogo Demétrio Andrade. Ele aborda o compartilhar que as pessoas resolveram praticar. espera que não seja modismo. Confira:

Esta antiga afirmação cristã, também bandeira tradicional da esquerda, está voltando à tona com toda força. E não se trata de uma virada solidária ou socialista da humanidade, pelo menos a princípio. É que o próprio mercado descobriu o valor do compartilhamento. Quando digo “valor”, faço-o, claro, numa perspectiva capitalista: cada vez mais pessoas estão ganhando dinheiro e, o que é mais interessante, economizando recursos graças a esta tendência.

Repare que não se trata de doação, mas de repartir o uso de algo com outros. Como tudo na vida, esta forma de relacionamento não é nova. Por ação do estado ou por conta da caridade, alguns objetos já são partilhados há muito, como livros, por exemplo, através das bibliotecas. Mas, olhe à sua volta: com alguns cliques no celular você pode compartilhar bicicletas, músicas, carros, roupas e até sua própria cama.

Não se assuste: caso você se ausente alguns dias ou não more num imóvel de maneira permanente, o tempo que ele permaneceria vago pode ser objeto de locação – com sua cama inclusa – para outros, a preços bem mais confortáveis que os de um hotel. Alguém vai dizer que aluguel (ou leasing, como queiram) existe desde que o mundo é mundo. A diferença é que, desta vez, não há a necessidade de se montar uma empresa e adquirir produtos específicos para tanto. Aplicativos da internet disponibilizam o que se quer e fazem o negócio acontecer por você, a custos baixíssimos.

Sabe aquele objeto de valor que você possui e nunca usa? Uma furadeira, máquina fotográfica, lavadora de roupas? Talvez, ao invés de ter uma, investindo tempo e dinheiro numa aquisição, seja muito melhor dividir sua necessidade com outros. Não é igual àquele amigo “mala” que vive lhe pedindo coisas “emprestadas”: trata-se de estabelecer regras e custos para uso daqueles objetos por várias pessoas. Para quem mora em apartamento, por exemplo, ao invés de ter uma escada entulhando em casa é melhor usufruir daquela disponibilizada pelo condomínio.

É cedo para pintar um quadro definitivo. Mas o impacto em qualidade de vida desta concepção pode reverter-se num maravilhoso ganho. O egoísmo e a mesquinharia cederiam espaço, até por imposição do ganho econômico, a uma cultura que tenderia a priorizar o coletivo. No limite, alguns objetos e serviços se aproximariam muito mais do seu real valor de uso. Só o benefício para as grandes cidades com pessoas compartilhando veículos seria extraordinário. Logicamente, alguns irão perder. Mas, em nome da maioria, torço para que isto seja mais que um modismo.

* Demétrio Andrade
Jornalista e sociólogo.