Blog do Eliomar

Categorias para Brasil

Cuba de pesar e serenidade

204 5

Com o título “Com Havana ao telefone”, eis artigo do escritor e publicitário Ricardo Alcântara. Ele aborda a morte de Fidel Castro , a partir de um telefonema travado com amigo cubano. Confira:

Diante dos acontecimentos, telefonei para um amigo cubano que vive em Havana. Como a maioria de seu povo, deseja reformas que ampliem maior acesso ao consumo, mas não confia na índole dos norte-americanos – os ‘imperialistas”, como lhes ensinaram desde cedo nos bancos escolares. Ele, um poeta, me disse que “há muita tristeza espalhada pelo ar de Havana”, apesar da morte de Fidel ter sido aguardada por toda uma década.

Sempre muito brilhante, observou com ironia que “morrer devagar foi a última grande contribuição do Comandante aos cubanos”: os preparou, fê-los crer que a revolução é maior que seu mentor. De modo que o dia seguinte foi, na sua própria definição, “de pesar, mas também de serenidade”

Não há, contudo, muito otimismo na ilha: o bolivarianismo venezuelano, maior aliado do país no momento, naufraga a olhos vistos no exato instante em que, ao Norte, a ascensão do conservador Trump deita sombra espessa sobre a proveitosa distensão iniciada com Obama. “Además”, alertava-me, as reformas iniciais, conduzidas “com excessiva prudência” por Raúl Castro, não se mostram suficientes para dinamizar a economia, nem sequer inspirar o ânimo popular, o que já seria valioso num ambiente acometido de estagnação e, em alguns aspectos, franca decadência. Na sua confiável percepção, “o regime ganha tempo, apenas. Não parece, ele mesmo, convencido do rumo que toma”.
“Nós sabemos”, disse mais, “que precisamos ligar as máquinas” – uma metáfora para o ambiente de riscos em uma sociedade de mercado – “mas fomos doutrinados por 50 anos a não confiar nos bons sentimentos de quem tem muito dinheiro”. Comentei que convinha mesmo não abrir muito a guarda. Disse a ele que, no Brasil, a burguesia não é uma casta reconhecida por tradições muito generosas. “Você sabe”, eu disse, “a colonização foi um estupro. E eles continuam apreciando muito essa modalidade”.

Meu amigo sabe que não há saída, senão deixar que os norte-americanos retornem à ilha para fazer fortuna porque teriam as melhores vantagens competitivas, financeiras e geopolíticas, diante do resto do mundo quando “o prato vier à mesa”. Ele concordou, não sem ressalvas: “Mas, desta vez, isto não pode mais se dar à custa da nossa saúde e ao preço da ignorância dos nossos netos”. Sim, é este mesmo o desafio, mas quais são as garantias? – perguntei. Meu camarada ‘habanero’ emudeceu.

Ao fim da ligação, mostrou-se surpreso que um profissional liberal brasileiro como eu possa pagar confortavelmente uma ligação internacional de quinze minutos: “Eu teria que trabalhar todas as noites do próximo ano para honrar esta dívida”, disse. E não exagerou. Ainda deu tempo de me convidar para escrevermos a quatro mãos um livro em forma de diálogos como aquele, comentando tudo isso – ele sob codinome, ‘por supuesto’, pois vive, sim, numa ditadura. Gostar da ideia, até gostei, mas lhe fiz uma ponderação: “Seria uma farsa. Iríamos tentar a todo tempo ficar escondendo um do outro a angústia que tudo isso nos provoca”.

Melhor não. “Somos poetas, esse sadismo sociológico só nos maltrata”. Conversemos, apenas. Ele concordou e agradeceu o carinho do meu telefonema que muito houvera lhe surpreendido, já que não nos falávamos desde aquela noite quente de Abril em que varamos a madrugada no Malecón trocando confidências e jurando o imperialismo de muerte. Eu já quase desligava o telefone, quando meu amigo cubano cedeu à infeliz pergunta: “Y Lula, como está?”. Que mais poderia eu dizer: “La mierda de siempre!”, e desliguei.

*Ricardo Alcântara.

Escritor e publicitário.

Ministro admite: Exército pode assumir trecho da obra da transposição que beneficiará o Ceará

362 8

danipo

Danilo e o Chefe do Depto de Engenharia e Construção do Exército, General Oswaldo de Jesus Ferreira.

O ministro da Integração Nacional, Helder Barbalho, admitiu convocar o Exército para tocar o restante da obra da transposição das águas do rio São Francisco. Falta 10% do Eixo Norte, que beneficiará o estado do Ceará. Foi nesta manhã de quarta-feira, onde expõe sobre o projeto em audiência pública no Senado.

A informação é do deputado federal Danilo Forte (PSB), lembrando que desde agosto último havia proposto ao ministro esse tipo de alternativa para o empreendimento, hoje fundamental no que diz respeito à garantia do abastecimento do Ceará.

As reservas hídricas no Estado estão na faixa dos 5%, de acordo com a Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos do Estado (Cogerh).

De acordo com Danilo Forte, o Exército já admitiu que teria condições, com seu Batalhão de Engenharia, de concluir o trecho que falta da transposição no Eixo Norte num prazo de 90 dias.

(Foto – Divulgação

Índice de Confiança na Indústria teve leve melhora em novembro

O Índice de Confiança da Indústria subiu 0,4 ponto em novembro, atingindo 87 pontos. Na sondagem do mês anterior, o índice havia recuado 1,6 ponto. A pesquisa é feita pelo Instituto Brasileiro de Economia (Ibre) da Fundação Getulio Vargas.

Segundo a instituição, os ajustes de estoques e a diminuição do pessimismo em relação ao futuro contribuíram para a alta, apesar de a confiança continuar baixa em termos históricos. Neste mês, foi registrada alta em 8 de 19 segmentos pesquisados.

O estudo aponta melhoras discretas. O Índice da Situação Atual aumentou 0,2 ponto, atingindo 85,1 pontos. O destaque do grupo foi o indicador de nível de demanda, que avançou 3 pontos, somando 85,3 pontos, o maior nível desde janeiro de 2015.

O percentual de empresas que consideram o nível atual de demanda forte passou de 6% para 9% entre outubro e novembro, enquanto o das que o consideram fraco caiu de 38,7% para 35,5% do total.

O Índice de Expectativas cresceu 0,5 ponto, chegando a 88,9 pontos. Entre os itens que compõem o grupo, a previsão de produção para os três meses seguintes avançou 1,2 ponto, chegando a 93,8 pontos, o maior desde junho passado.

O Nível de Utilização da Capacidade Instalada na Indústria aumentou 0,3 ponto percentual entre outubro e novembro, somando 74%. Na métrica de médias móveis trimestrais, o indicador manteve-se estável em relação ao mês anterior, em 74,1%.

(Agência Brasil)

Diário Oficial da União traz lei que define Vaquejada e Rodeio como manifestações culturais

Saiu publicada no Diário Oficial da União desta quarta-feira a lei que reconhece a Vaquejada e o Rodeio – nº 13.364 como manifestação cultural e do patrimônio imaterial do País. Foi sancionada pelo presidente Michel Temer, que atendeu assim às entidades da área da vaquejada que temiam desemprego na área, e, em especial, na região Nordeste.

Com a sanção da lei, além da vaquejada passam também a ser considerados patrimônio cultural imaterial do Brasil o rodeio e as expressões culturais decorrentes dela – caso de montarias, provas de laço, apartação, bulldog, paleteadas, Team Penning e Work Penning, e provas como as de rédeas, dos Três Tambores e Queima do Alho.

Também se enquadram como patrimônio cultural imaterial os concursos de berrante, apresentações folclóricas e de músicas de raiz.

vaquejadas

 

Ator Stepan Nercessian presidirá a Funarte

styepaa
O ator Stepan Nercessian será o novo presidente da Fundação Nacional de Artes (Funarte). Ele aceitou convite do ministro da Cultura, Roberto Freire, entrará no lugar de Humberto Braga, que se tornou presidente da instituição em junho, convidado pelo ex-ministro Marcelo Calero.
Esse não é o primeiro cargo político do ator, que já foi vereador pelo Rio de Janeiro entre 2005 e 2010 e foi eleito para a Câmara dos Deputados para o mandato de 2011 a 2015. Sua carreira política começou nos anos 1980, quando era filiado ao PCB (Partido Comunista do Brasil), onde ficou até 1992, quando mudou para o PPS (Partido Popular Socialista), mesmo partido de Roberto Freire.
Em 2010, Stepan foi investigado pela Operação Monte Carlo, da Polícia Federal, por ter recebido R$ 175 mil do bicheiro Carlinhos Cachoeira, fato confirmado pelo deputado. O inquérito foi arquivado pelo Supremo Tribunal Federal por falta de provas.
 
Stepan é contratado da Rede Globo desde 1971 e já participou de mais de 40 novelas, entre elas Anos rebeldes(1992), Kubanacan (2003) e Cobras & Lagartos (2007). Mais recentemente, participou das séries Vai que cola, do Multishow, e Magnífica 70, da HBO.
(Com Agências)

MP do Ensino Médio – Relator acata emendas de Luizianne

foto luizianne câmara federal

O senador Pedro Chaves (PSC/MS), relator da MP da Reforma do Ensino Médio (MP 746), apresentou parecer incluindo algumas mudanças ao texto original. Foram acatadas sete emendas sugeridas pela deputada Luizianne Lins (PT). Dentre elas, o retorno da obrigatoriedade das matérias de artes e educação física e a garantia de que a ampliação de carga horária assegure a oferta de ensino noturno.

A reforma do ensino médio anunciada pelo Governo vem sendo criticada por vários especialistas no conteúdo e na forma (via MP). “A tentativa de impor à sociedade mudanças significativas, sem discussão prévia, confirma o caráter anti-democrático do governo em curso”, afirma Luizianne.

A proposta, segundo a petista, põe em risco o ensino no Brasil e precariza a escola, com a criação de uma formação técnica que pode aumentar a disparidade entre estudantes da rede pública e privada. Os debates sobre a MP serão retomados às 10 horas desta quarta-feira (30).

Editais de concessão incluindo aeroporto de Fortaleza serão lançados nesta quarta-feira

Aeroporto Pinto Martins (baixa)

Aeroporto Internacional Pinto Martins vai à leilão ano que vem.

Os editais para a concessão dos aeroportos de Fortaleza, Porto Alegre, Salvador e Florianópolis à iniciativa privada devem ser lançados nesta quarta-feira. A informação é do secretário-executivo do Programa de Parcerias e Investimentos (PPI), Moreira Franco. A previsão do governo é de que o leilão ocorra no primeiro trimestre do ano que vem.

A concessão dos aeroportos faz parte do pacote de 34 projetos lançado pelo governo em setembro. “Com isso estamos efetivamente construindo um caminho que permitirá que o país possa conviver novamente com crescimento e geração de empregos”, disse Moreira Franco, durante cerimônia, nessa terça-feira, em Brasília, de sanção da lei que flexibiliza a operação e novos investimentos no pré-sal. Ele lembrou também que hoje foram lançados editais para a concessão de terminais no porto de Santarém (PA).

Moreira Franco disse também que o governo espera sucesso no leilão da distribuidora de energia Celg-D, de Goiás, marcado para amanhã. Ontem (28), o ministro de Minas e Energia, Fernando Coelho Filho, disse que o leilão já havia recebido pelo menos uma proposta. A licitação estava marcada inicialmente para agosto, mas foi adiada porque não recebeu propostas de interessados.

(Com Agência Brasil)

Refinaria Premium – Estado terá que cobrar R$ 123,5 milhões da Petrobras

203 1

refiartr

Ressarcir o erário estadual em R$ 123,5 milhões, valor final calculado e não atualizado. A decisão do Tribunal de Contas do Estado do Ceará, aprovada por unanimidade na sessão do pleno dessa terça-feira (29), refere-se ao montante de recursos despendidos pelo Estado do Ceará com a implantação da Refinaria Premium II – Petróleo Brasileiro S.A. (Petrobras), que estava prevista para ser instalada no Complexo Industrial e Portuário do Pecém (CIPP), bem como as medidas adotadas pelo Estado em virtude da desistência da Petrobras em prosseguir com o projeto.

Do total, R$ 75,79 milhões são referentes a recursos gastos pelo Governo do Estado com a refinaria e R$ 47,7 milhões são de bens imóveis que estão em posse da estatal. A Secretaria de Controle Externo (Secex), do Tribunal de Contas do Ceará, vai realizar monitoramento semestral das medidas adotadas pela Procuradoria-Geral do Estado visando ao ressarcimento dos prejuízos causados ao Estado e à reversão dos bens imóveis que estão em posse da Petrobras.

Foi determinado um prazo de 30 dias, a partir da notificação, para que a Secretaria de Infraestrutura e a Secretaria do Planejamento e Gestão encaminhem um cronograma de ação visando à conclusão da contratação dos serviços de vigilância armada e de manutenção de cercas e estradas de serviço, a fim de garantir a integridade dos imóveis estaduais, caso a contratação ainda não tenha sido finalizada.

O pleno da Corte de Contas também determinou à Secretaria de Controle Externo (Secex) que instaure procedimento específico para apurar possíveis irregularidades envolvendo a realização de obras sem cobertura contratual na Reserva Indígena dos Anacés, em Caucaia (CE). Outro procedimento será realizado pela Secex para apurar possíveis irregularidades envolvendo a adoção de projeto básico deficiente para licitação e execução das obras do Centro de Treinamento Técnico do Ceará Lauro Oliveira Lima. O processo nº 01446/2015-9 foi relatado pela conselheira Soraia Victor.

Luciana Dummar: “Os chefes morreram, todos são donos!”

216 1

opovo delmiro luciana dummar

“Os chefes morreram, todos são donos e vão sobreviver aqueles que priorizam a artesania do ser”, declarou ontem Luciana Dummar, presidente do Grupo de Comunicação O POVO, a respeito do modelo de gestão que vislumbra para o futuro das empresas, sejam jornalísticas ou não. A jornalista encerrou o ciclo de palestras mensais do projeto Diálogos Empresariais, edição 2016, realizado pela Câmara de Dirigentes Lojistas de Fortaleza (CDL). Ela abordou “O Papel da Imprensa no Século XXI – Função Social, Identidade Cultural e Tecnologia da Informação”.

Segundo Luciana, a figura do chefe vem se desintegrando ao longo dos anos, especialmente a partir do surgimento frenético de novas tecnologias, designado por ela como um “eclipse tecnológico”. “Se as pessoas não entenderem o seu propósito, elas não vão te seguir, E só vai sobreviver a esse eclipse quem tiver a confiança de sua audiência e, mais que técnicas aprimoradas, sabedoria emocional”, afirmou, ressaltando que vem “laboratoriando” um modelo de gestão sensível ao que está para além das máquinas.

Ela defende, ainda, que competir por competir, sem propósito e sem essência não é prudente, tendo em vista que os competidores estão em todos os lugares. “Todo dono de jornal que acha que pode ditar algo está fadado ao fracasso. O que importa é que eu não tenha mais a arrogância ao informar e tenha versatilidade”.

Vida profissional e família

Além de falar sobre gestão, a presidente do O POVO destacou a tríplice raiz que a entrelaça desde sempre: a empresa, a instituição e a família. Para ela, a instituição é a alma que move a empresa. E a família, inclusive os ensinamentos do pai, Demócrito Dummar, a levaram a valorizar “cada passo” dado na vida. E a saber lidar melhor com o seu legado e com os erros. Segundo ela, o erro é inevitável e, quando ocorrer, “é só pedir desculpa. A imprensa só vai resistir com dignidade”.

Jornal multimídia

Acompanhando o processo evolutivo da comunicação, O POVO está presente nas mais variadas plataformas, online e offline. O grande desafio, de acordo com Luciana, é seguir inovando, levando o O POVO do Ceará para longe “de forma sustentável e generosa, tudo ao mesmo tempo e agora, honrando sua credibilidade”.

Independente do conteúdo ser voltado para TV, rádio, Internet, mobile, a sua preocupação maior é informar e perceber que, na medida em que surgem novos dispositivos de comunicação, nascem também novas formas de se comunicar. “Sei que muitos jovens se informam através de um telefone e eu estou lá com eles. Tenho que adequar a linguagem que o jovem quer ler”, analisa, comparando o jornal impresso a um charmoso bistrô francês e a informação obtida no celular, a um fast-food.

Diálogos Empresariais

Iniciativa da Faculdade CDL e da CDL Jovem, com o apoio da CDL Fortaleza, o evento recebeu, ao longo do ano, empresários para debaterem temas atuais e falarem de suas trajetórias. Na ocasião, grandes nomes do empresariado cearense sobem ao palco para falar sobre suas trajetórias, de como trabalham e superaram obstáculos para manter seus negócios de pé.

(O POVO)

Carro incendiado na Esplanada era da mãe de um dos filhos de Temer

Os manifestantes que tocaram o terror na Esplanada dos Ministérios nessa tarde de terça-feira talvez não saibam o problema que criaram.

O carro incendiado durante o protesto pertence a Erica Ferraz, jornalista com quem Michel Temer teve um relacionamento e mãe de um dos filhos do presidente da República.

O Palácio do Planalto não sabe se a ação foi direcionada ou se os baderneiros acertaram onde nem desconfiavam.

(Veja Online)

Tianguinho fará show no Porto das Dunas

tiaguho

O cantor Tiaguinho fará show, dentro do projeto “Tardezinha” neste domingo (4), no Pier85, no Porto das Dunas, e Aquiraz (Região Metropolitana de Fortaleza). Ele promete repetir por aqui a roda de samba que transformou as tardes de domingo no Rio de Janeiro. A festa original já recebeu convidados de peso, como Péricles, Arlindo Cruz, Marcelo D2, Toni Garrido, Thiago Martins, entre outros grandes artistas. A casa terá abertura às 15 horas e os ingressos antecipados já estão sendo vendidos.

No show, Thiaguinho canta em um palco montado no centro de uma piscina. Esse projeto acabou de fazer um ano e já realizou mais de 10 edições na cidade maravilhosa, e recebeu muita gente bonita e inúmeras celebridades, como o craque Neymar, o campeão mundial de surfe Gabriel Medina, o capitão da seleção de volei Bruninho, Giovanna Lancelotti, Caio Castro, Paulinho Vilhena, entre outros.

SERVIÇO

*Pier85 Praia e Lounge (Porto das Dunas | Aquiraz-CE)

*Valores:
Arena Masculino R$70(meia) e R$140(inteira) | Arena Feminino R$50(meia) e R$100(inteira)
Camarote Masculino R$130(meia) e R$260(inteira) | Camarote Feminino R$120(meia) e R$240(inteira).

(Foto – Divulgação)

Presidente do Grupo de Comunicação O POVO dará palestra nesta terça-feira na CDL de Fortaleza

luciaannd

Luciana e seu irmão Dummar Neto. 

A presidente do Grupo de Comunicação O POVO, jornalista Luciana Dummar, é a convidada do programa “Diálogos Empresariais”, uma realização da CDL Jovem, Faculdade CDL e CDL de Fortaleza.

Ela dará palestra nesta terça-feira, a partir das 18h30min, no auditório da CDL Fortaleza, sobre o tema “Jornal O POVO: O Papel da Imprensa no Século XXI, Função Social, Identidade Cultural e Tecnologia da Informação”.

SERVIÇO

*CDL Fortaleza – Rua 25 de Março , 882 – Centro.

Rodrigo Janot tenta impedir que vaga aberta no TRF5 seja preenchida por advogado

leonardod

O advogado cearense Leonardo Carvalho integra a lista tríplice para a vaga.

O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, impetrou Mandado de Segurança para impedir que a vaga de juiz em aberto no Tribunal Regional Federal da 5ª Região, com sede no Recife (PE), seja preenchida com um integrante da advocacia, representando o quinto constitucional. Segundo ele, a cadeira deve ser ocupada por um integrante do Ministério Público Federal.

A vaga surgiu com a nomeação de Marcelo Navarro Ribeiro Dantas para integrar o Superior Tribunal de Justiça. Em sessão administrativa promovida em outubro, o TRF-5 definiu que a escolha se daria por representante do quinto constitucional reservado aos advogados. O tribunal é hoje composto de 15 membros, sendo três vagas destinadas ao quinto.

Janot apresentou pedido de reconsideração, para que a vaga ficasse com um integrante do MPF, mas a corte regional rejeitou os argumentos. Por maioria de votos, venceu o entendimento de que havia superioridade numérica de membros do Ministério Público nas vagas do quinto constitucional na ocasião em que Marcelo Navarro foi para o STJ. A decisão chegou a ser levada ao Conselho Nacional de Justiça em procedimento de controle administrativo, mas a interpretação do TRF-5 foi mantida, por maioria.

No STF, o procurador-geral questiona a interpretação do parágrafo 2º do artigo 100 da Lei Orgânica da Magistratura (Lei Complementar 35/1979) feita pelo TRF-5 de que o critério de alternância no caso de número ímpar de vagas deve, além do simples revezamento entre advogados e membros do MP, compreender também a alternância de superioridade numérica de cada instituição. Ele alega que a última vaga do quinto já foi preenchida por advogado.

“O critério que melhor atende à Constituição Federal e à lei é aquele que reconhece as vagas de número par como fixas, divididas entre o Ministério Público e a advocacia, e apenas a vaga de número ímpar como volante, sendo o seu provimento alternado entre as duas classes”, afirma Janot.

(Site do STF)

 

Aprece quer prefeituras entrando com ações na Justiça para garantir dinheiro da repatriação

A Associação dos Municípios do Ceará (Apece) realizará encontro nesta quarta-feira, a partir das 9 horas, no auditório da Cagece, em frente ao terminal antigo do Aeroporto Pinto Martins (Bairro Vila União). O objetivo é tratar de ações judiciais a serem abertas em caráter emergencial para garantir direito a parte do dinheiro arrecadado com a repatriação de recursos mantidos irregularmente por brasileiros no exterior.

Essa atitude é uma orientação da Confederação Nacional de Municípios (CNM) e os gestores locais aguardam receber recursos adicionais com da multa cobrada para repatriação de bens monetários.

Na última quarta-feira (23), o Senado Federal aprovou texto que prevê a partilha de 46% do valor arrecadado com a multa com Estados, Distrito Federal e Municípios, na segunda etapa do programa. Essa aprovação representa uma conquista municipalista, e a CNM vai continuar a acompanhando a tramitação do texto na Câmara dos Deputados.

Serasa prorroga até 10 de dezembro o Super feirão Limpa Nome Online

Ainda dá tempo de começar 2017 com o nome limpo. A Serasa decidiu prorrogar o fechamento do Super Feirão Limpa Nome Online (que seria encerrado em 26 de novembro) até o próximo dia 10 de dezembro. “Recebemos 2,65 milhões de acessos entre os dias 8 e 26 de novembro, deixando claro que muitos consumidores inadimplentes estão empenhados em colocar a vida financeira em ordem ainda este ano”, diz o gerente de Recuperação de Crédito da Serasa, Raphael Salmi.

Consumidores provenientes de São Paulo encabeçaram a lista e foram responsáveis por 37,24% do total de acessos ao Limpa Nome Online durante o período protocolar do Super Feirão. Rio de Janeiro veio em segundo lugar, com 12,77% do total de visitas, seguido por Minas Gerais, com 9,29%.

Confira a tabela completa de acessos por estados:

tabella

Como acessar

Cidadãos de todo o país podem utilizar a versão online do evento, acessando o site www.serasaconsumidor.com.br/feirao, para renegociar dívidas pela internet, sem sair de casa. No ar 24 horas por dia, a versão online do Super Feirão Limpa Nome permite renegociar dívidas diretamente com os credores, de qualquer lugar, com comodidade, segurança e de forma gratuita.

Refresco

Várias empresas de diferentes setores oferecem oportunidades exclusivas para o consumidor. Veja as que estão confirmadas: AES ELETROPAULO, ATIVOS, BANCO BRADESCO, BRADESCO CARTÕES, BRADESCARD, BANCO FIAT, BANCO ITAU BBA S/A, BANCO ITAUCARD, BANCO ITAULEASING S/A, BANCO PAN, BANCO DO BRASIL, BANCO PSA, CASAS BAHIA, CIL COM DE INFORMATICA, CITIBANK, CLARO, CREDIMED, CREDSYSTEM, DAROM MÓVEIS, EMBRATEL, FINANCEIRA ITAU CBD S/A, HIPERCARD, ITAU, ITAU UNIBANCO FINANCEIRA, ITAUCRED, FUNDO DE RENEGOCIAÇÃO DE DÉBITOS, LEADER CARD, LUIZACRED, NET, PERNAMBUCANAS, PONTO FRIO, RECOVERY, RODOBENS, PORTO SEGURO CARTÕES, PORTOCRED, SUPERMERCADOS CIDADE CANÇÃO, TRICARD, UNIMARKA DISTRIBUIDORA, UNIODONTO, VIENA GRÁFICA E EDITORA, VOXCRED e ZEMA.

SERVIÇO

*Para participar, basta acessar o site www.serasaconsumidor.com.br/feirao e preencher o cadastro. Após esta etapa, o consumidor será direcionado a uma página onde estarão listadas todas as dívidas que constam na base de dados da Serasa. Nas dívidas com as empresas participantes serão apresentados os canais de atendimento disponíveis (telefones, e-mail, chat). A partir disso, o cidadão entra em contato as empresas para negociar possíveis descontos e condições de pagamento diferenciadas – em alguns casos, é possível que o boleto já esteja disponível, com uma proposta individualizada feita pelo próprio credor. (Algumas companhias disponibilizam canais de atendimento com horários específicos de funcionamento).

Um estabelecimento que canta de galo

321 1

cantinho1-700x352

Com o título “Cantinho sem crise”, eis artigo do jornalista Luiz Viana, que pode ser conferido no O POVO desta terça-feira. Ele fala do “Cantinho do frango”, restaurante onde a crise passou longe. Confira:

Tempos de crise e o papo de mesa de bar descamba invariavelmente pra as dificuldades, os dissabores da economia malvada, essa madrasta a apertar o cinto de todos. No último sábado, estávamos praticando essa gincana de agruras, competindo sobre quem mais perdeu, quem mais sofre com os infortúnios.

A dona do hotel lamentava o ano ruim, carente de turistas. O vendedor de celulares chorava a queda de 25%. Para o empresário de serviços que muito depende do poder público, a situação é de dar dó. Faltam negócios, os pagamentos atrasam…

Mas, como dizem os chineses, crise é risco, mas também oportunidade. Lá mesmo onde estávamos, no Cantinho do Frango, parece que a tal da crise se recusou a aparecer. Foi o que contou Caio Napoleão, proprietário. Enquanto bares e restaurantes têm queda na receita, demitem, encolhem, o Cantinho vai faturar este ano mais que no ano passado. Isso se repete todos os anos, desde a fundação em 1994.

Quando Caio abriu a pequena venda de frango assado, na varanda da casa dos pais, havia forte concorrência no quarteirão da Torres Câmara. Ele percebeu que tinha que se diferenciar para crescer. Passou a abrir nos feriados e fins de semana. A estratégia deu certo e ele é o único sobrevivente da época ainda de portas abertas.

Em maio, quando sinais da crise começaram a bater na porta, ele reuniu a equipe para reagir. Ficou acertado com os funcionários evitar até mencionar a palavra crise, entre clientes e fornecedores. Caio é daqueles donos de bar sempre presentes no negócio. Já abriu filial no Edson Queiroz e, comenta-se, vende oito mil frangos por mês.

Mas o que será que ele tem que os outros não têm? O que o faz diferente? Quais as lições que o Cantinho deixa para o mercado de comida fora de casa? Uma pesquisa realizada pelos americanos Collins e Porras, resumida no livro Feitas para Durar, nos dá uma dica.

Aponta que o maior diferencial de um negócio duradouro é a visão de longo prazo. Ser visionário faz empresas longevas que lideraram seus mercados, são admiradas e seus padrões são copiados pelas outras empresas. Você também conhece algum cantinho imune à crise? O que será que ele faz para rir enquanto se chora?

*Luiz Viana

luizviana@opovo.com.br
Jornalista do O POVO e âncora do programa “O POVO no Rádio”, da POVO/CBN.

Senado revoga pregão em que seria contratado buffet com salmão, camarão, pato e filé mignon

Renan-Calheiros1

Renan Calheiros, agora, resolveu economizar.

Depois de vir a público que o Senado estava disposto a gastar R$ 130 mil com TV a cabo (SporTv, National Geographic, GNT e etc), a Casa revogou um edital para a contratação de um serviço de buffet, sob demanda.

O edital falava em camarão, filé mignon, salmão, bacalhau, pato, profiterole, entre outras iguarias a serem servidas nas dependências do Congresso e na residência oficial de Renan.

O Senado estava disposto a gastar até R$ 262 mil pelo serviço de um ano. No dia 17, porém, o pregão foi revogado por questões técnicas, como a necessidade de se exigir que a empresa vencedora disponha de estrutura própria de cozinha.

(Coluna Radar, da Veja Online)

Temer diz que gostaria de ter “a burra cheia” para gastar no governo

temer-miuchel

O presidente Michel Temer voltou hoje (29) a defender a aprovação da Proposta de Emenda à Constituição (PEC), que cria um limite para os gastos públicos, e que gostaria de ter o máximo de dinheiro para gastar em sua gestão.

“Precisamos saber de certas questões a serem enfrentadas agora para a sobrevivência daqueles que virão depois”, disse o presidente. “Qual é o governante que não gosta de gastar? Eu gostaria, como presidente da República, de ter a burra cheia e distribuir, ministro Meirelles [da Fazenda]. O ministro Meirelles não gostaria não, mas eu gostaria. Eu gostaria de dizer: olha aqui, agora tem o programa tal e agora tem o programa tal, mas agora isso não é possível”, acrescentou em discurso na cerimônia de entrega do Prêmio Mérito Brasil de Governança e Gestão Pública, oferecido pelo Tribunal de Contas da União (TCU).

Segundo o presidente, a Reforma da Previdência e a PEC, que tramita no Senado, representam um corte “na própria carne” do governo federal. “Estamos trabalhando para garantir o futuro do país. Caso contrário, em 2024 o país vai à falência como tem acontecido com vários estados brasileiros”, disse, destacando que o governo até o momento não teve “nenhuma derrota sequer no Legislativo”.

Manifestações

Temer acrescentou que será por meio dessas medidas que o governo poderá atender algumas das reivindicações das manifestações de 2013. “Em um dado momento da democracia [brasileira] foi possível aplicar preceitos em educação e moradia para os setores mais carentes que ascenderam à classe média. Veja que a partir daí começou a surgir reivindicações de outra democracia, em junho de 2013. Na verdade, isso foi algo que surgiu tanto pela postulação por eficiência nos serviços públicos e privados como pela ética na política”.

O presidente, no entanto, criticou atos de depredação durante protestos e manifestações. “O que a Constituição determina é o direito à manifestação. Não à depredação. Não há nenhum texto constitucional que autorize esses movimentos depredadores. As manifestações são mais que legítimas e revelam exata e precisamente a chamada democracia da eficiência”.

“Tem havido as mais variadas manifestações, contra as quais não devemos nos preocupar, desde que pautadas pela legalidade e por uma certa formalidade protestativa ou protestante, nós temos de admiti-las até como fruto da democracia. Não devemos criticá-las. Mas devemos, sim, criticá-las quando pautadas por critérios que não apenas buscam eficiência, mas quando pautadas apenas por sentimentos políticos”.

(Agência Brasil)