Blog do Eliomar

Categorias para Brasil

Brasil precisa sair do atoleiro e a sociedade agir como protagonista

Com o título “O Brasil precisa sair do atoleiro”, eis artigo que o professor Uribam Xavier, do Departamento de Ciências Sociais da UFC, manda para o Blog direto de La Paz, onde está em viagem de intercâmbio. Ele analisa o atual cenário sob impacto das gravações de Sérgio Machado. Confira:

Abundantes e estarrecedoras ainda são as denuncias sobre o famigerado esquema de corrupção montado pelo governo petista [Lula e Dilma], seus aliados e parte da oposição. Os aliados do PT, depois do golpe, passaram a governar provisoriamente o país e tentam de todas as formas se manterem no poder com o intuito de saírem ilesos dos crimes a que lhes são imputados.

As gravações, que Sergio Marchado- PMDB tornou pública, e as declarações de Pedro Corrêa-PP, demonstram que, aqui no Brasil, os que manipulam o poder político o fazem numa relação patrimonial onde a dominação legislativa coloniza os poderes executivos e judiciários. Causa espanto ao legislativo que a Lei possa ser aplicada a eles, roubar o patrimônio público passou a ser o modo operante da política e o critério de honradez para os canalhas que acham que são legítimos porque foram eleitos com campanha financiada com esquema de propina.

É claro que o processo de corrupção é antigo, mas é também verdade, como disse Lula, diante do escândalo do mensalão, que o PT aloprou. Lula quando chegou ao poder, os velhos caciques políticos – como Antonio Carlos Magalhães, José Sarney, Jader Barbalho, Paulo Maluf e outros – que apoiaram a Ditadura Militar e fomentaram uma cultura política execrável, estavam enfraquecidos e definhando da vida política. E o que fez Lula? Ressuscitou todos, os abraçou em um arco de alianças. O objetivo dessa aliança era a perpetuação do PT no poder. Num primeiro momento, o PT abriu mão de um programa de transformações estruturantes e de ruptura com setores dominante do capital, cooptou parte das lideranças dos movimentos sociais com cargos na administração pública e programas dirigidos as entidades da sociedade civil por meio de editais. Num segundo momento, para eleger Dilma, abriu mão da formação de uma maioria qualificada no Congresso e de cargos majoritários nos Estados e Municípios para garantir a continuidade na presidência, afirmado que o projeto nacional do partido era maior do que as questões locais. Assim, abriu espaços para os conservadores, que além de saírem na foto com Lula faziam questão de ser o candidato do Lula. Deu no que deu, no seu segundo mandato Dilma não tinha base política para governar, um verdadeiro paradoxo, pois formalmente, os eleitos pelo PT junto com os aliados formavam uma maioria.

Por um somatório de fatores – perda do poder de articulação política; mudança de programa de governo, adotando uma política neoliberal, num ato de traição aos seus eleitores; baixos índices de popularidade e de aprovação do seu governo; ter o seu nome e de vários membros do seu partido e de seus aliados em crime de corrupção; perda da capacidade de governabilidade; ser a responsável direta pela quebra do país e por parte da crise econômica; possuir baixo poder de comunicação com a sociedade; uso de dinheiro sujo no financiamento de campanha –  Dilma já podia ter sido cassada de forma legitima e democrática. No entanto, os aliados de Dilma, junto com a oposição de Direita, atendendo aos interesses do Mercado e a sua estratégia de ter um bode expiatório para se livrarem dos crimes que praticaram juntos com o governo, os quais são investigados pela Operação Lava Jato, resolveram cassar Dilma usando como argumento o crime de responsabilidade fiscal. Promoveram um golpe parlamentar. Todavia, alguns setores do mercado não encontraram nas propostas anunciadas por Temer a saída para seus interesses. Por outro lado, o Jornal a Folha de São Paulo, que apoiou o golpe, agora junto com os setores descontente do mercado, passou a ser uma divulgadora dos escândalos novos da Operação Lava Jato e, como corolário disso, passou também a pauta a agenda política da Rede Globo e a desgastar o governo Temer que, em pouco tempo, já deve dois ministro derrubados por envolvimento em corrupção e tentativa de abafar a Operação Lava Jato.

E agora? Bem, no atual cenário político é difícil saber quais serão os desdobramentos, a cada momento o quadro muda. Não obstante, admitir que Dilma possa conseguir no Senado os votos necessários para voltar ao poder não é um raciocínio esdrúxulo, a possibilidade existe e já divide internamente as lideranças do PT. No partido alguns acham que se Dilma conseguir manter o cargo não vai conseguir tirar o país da crise econômica e política, vai se desgastar ainda mais e sair desmoralizada. Assim, o melhor é sair como vítima de um golpe promovida por setores corruptos que não querem deixar Dilma conduzir o país com políticas para os setores populares, vítima dos seus ex-aliados que, agora, executam uma política neoliberal perversa onde os trabalhadores vão pagar o pato. Outra parte do PT acha que ela deve reverter o quadro, montar um novo governo e propor novas eleições.

E a sociedade? Os movimentos sociais, antes cooptados pelo PT, principalmente os maiores como MST, CUT, UNE, estão perplexos e desmoralizados, suas lideranças não sabem o que fazer, não sabem orientar suas bases para além do “fora Temer”. A falta de lideranças com capacidade política e credibilidade moral para orientar a sociedade, a falta de um marco explicativo mais profundo do que se passa com o país, a falta de um projeto de autonomia que promova crescimento com distribuição de riqueza e renda deixam a sociedade sem perspectiva, perplexa e a espera de uma mudança que venha do além, já que não existe salvador da pátria ou salvador nacional sem esquema de propina. Assim, as energias sociais mais vivas são gastas e mobiliadas contra o conservadorismo e a cultura autoritária de esquerda e de direita que se propaga no vácuo que o PT promoveu no país.

Como já disse em outra ocasião, estamos num momento político que uma nova agenda política se faz necessário ou pelos menos pode ser discutida. O Brasil precisa sair do atoleiro, cabe, então, a sociedade entender que a política é de sua conta, precisa se colocar como protagonista de um processo de transformação social que seja orientado pelos interesses sociais e não do mercado ou de indivíduos que usam a política apenas para interesses particulares. Nesse momento, penso ser positivo fazermos uma disputa de opinião para consolidar a ideia de que temos um golpista no poder e que suas ações não têm legitimidade, que a volta da Dilma deve ser condicionada a um pacto para eleições gerais, essa é a parte mais fácil. A parte mais complexa e o desencadeamento de um ativismo político que envolve um longo processo de construção de uma nova direção política e moral para o país. Isso implica na organização da sociedade em grupos múltiplos de interesses e pressão política; num longo processo de educação política para um novo padrão civilizatório; na formulação coletiva de um projeto de inserção do país na interação regional e internacional, que seja fundamentado num padrão de crescimento com distribuição de renda, de riqueza e de proteção ao meio ambiente; numa reforma do Estado que inclua uma agenda profunda de reforma política, reforma do poder judiciário, reforma fiscal, regulamentação democrática dos meios de comunicação, mecanismo de participação social e radicalização da democracia.

*Uribam, Xavier,

Professor do Departamento de Ciências Sociais da UFC. 

Gestores da SSPDS e Justiça vão à Assembleia expor sobre rebeliões e fugas

182 1

delciiele

Os secretários Delci Teixeira (Segurança Pública e Defesa Social do Estado) e Hélio Leitão (Justiça e Cidadania do Estado) comparecerão nesta quarta-feira, às 11 horas, na Assembleia Legislativa. Eles atendem a um requerimento do presidente da Casa, Zezinho Albuquerque (PDT).

Os gestoras, participando do segundo expediente da sessão ordinária do Poder Legislativo, debaterão a situação registrada de tantas no sistema prisional – com morte de 18 internos e convocação da Força Nacional de Segurança pelo estado, e também as contantes fugas nos centros socioeducativos.

Também participarão do debate os gestores da Polícia Militar, Polícia Civil e Corpo de Bombeiros.

Caixa credencia novos estagiários de Direito

Por meio de um novo Processo Seletivo, a Caixa Econômica Federal (Caixa), credencia novos Estagiários de nível superior em Direito. Podem participar estudantes que estejam cursando, no mínimo, até a assinatura do contrato, o 7º ao 9º semestre do curso.

As oportunidades são para atuação nas seguintes capitais: Maceió – AL, Salvador – BA, Fortaleza – CE, São Luis – MA, João Pessoa – PB, Recife – PE, Teresina – PI, Natal – RN, Aracaju – SE, Manaus – AM, Belém – PA, Porto Velho – RO, Brasília – DF, Goiânia – GO, Campo Grande – MS, Cuiabá – MT, Vitória – ES, Belo Horizonte – MG, Rio de Janeiro – RJ, São Paulo – SP, Curitiba – PR, Porto Alegre – RS e Florianópolis – SC.

A bolsa auxílio é de R$ 1.000,00, mais o valor de R$ 135,00, referente ao auxílio transporte, para estagiar em jornadas diárias de cinco horas. As inscrições são gratuitas e devem ser realizadas até o dia 2 de junho de 2016, pelo site www.ciee.org.br.

Os alunos inscritos serão avaliados por meio de provas onlines, discursivas/ presenciais e entrevistas. As provas presenciais provavelmente devem ser aplicadas no dia 17 de julho de 2016, em locais e horários divulgados pelo site do Ciee.

Conselheiro da CNI é contra volta da CPMF

roberto macedo

O ex-presidente da Federação das Indústrias do Ceará (Fiec), Roberto Macedo, que receberá dia 2, no La Maison, a Medalha Mérito Industrial, é contra a volta da CPMF.

“Ninguém aguenta mais tanto imposto!” – diz o empresário, que também é conselheiro da Confederação Nacional da Indústria (CNI).

Essa entidade, aliás, teria bancado a chegada do peemedebista Michel Temer ao Governo.

Sebrae apoia a Rota do Café

Com o título “Rota do Café”, eis artigo do superintendente estadual do Sebrae, Joaquim Cartaxo, sobre uma nova ação do órgão: fomentar o turismo na Região do Maciço de Baturité, a partir da cultura do café ecológico. Confira:

Na última década, o Ceará vem apresentando resultados significativos no setor de turismo. De acordo com dados da Secretaria de Turismo do Estado, o número de turistas que chegaram ao Ceará a partir da Capital saltou de 716.098 em 1994 para 3.262.259 em 2014. Some-se a isso o crescimento da participação desta atividade no Produto Interno Bruto cearense, que passou de 4,0%, em 1995, para 11,2%, em 2014.

Temos o nosso litoral como o principal indutor destes turistas. Mas o Ceará possui muitos outros atrativos naturais, culturais e equipamentos turísticos capazes de encantar os nossos visitantes.

Um desses casos é a região do Maciço do Baturité, que se destaca principalmente pelo seu clima e por sua fauna e flora. Para fortalecer a atividade turística nesta região, o Sebrae, em parceria com empreendedores locais, vem atuando na estruturação da Rota do Café.

Este roteiro leva o visitante a conhecer um pouco da tradição da produção cafeeira da região, caracterizada principalmente por ser uma produção ecológica, cultivada em meio à Mata Atlântica.

Passando pelos municípios de Baturité, Guaramiranga, Mulungu e Pacoti, a Rota do Café é composta por diversos equipamentos turísticos, como o museu da Rffsa, que conta a história da rede ferroviária que era usada no escoamento da produção da Serra.

Durante o roteiro, que possui diversas opções de percurso, os turistas também podem caminhar por trilhas, conhecer as plantações de café, o processo de colheita, a torra e moagem dos grãos e provar esta iguaria, além de visitar as fazendas e seus casarões antigos, entrando em contato com as famílias

que neles residem. O Sebrae também tem atuado na qualificação dos produtos e serviços dos equipamentos de alimentação e hospedagem da região.

Este trabalho visa garantir que a atividade turística possa se desenvolver e contribuir para o desenvolvimento econômico do Maciço, mas sem esquecer o respeito ao meio ambiente e a valorização da cultura local.

*Joaquim Cartaxo

cartaxojoaquim@bol.com.br

Arquiteto urbanista e superinten-dente do Sebrae/Ceará.

Alô, microempreendedor individual! Já fez sua declaração anual do Simples?

“Termina hoje (31) o prazo para os Microempreendedores Individuais (MEIs) entregarem a Declaração Anual do Simples Nacional relativa ao ano-calendário 2015. O microempreendedor é a pessoa que trabalha por conta própria e que se legaliza como pequeno empresário. Ele pode ter até um empregado contratado, com salário equivalente ao mínimo ou ao piso da categoria.

Quem perder o prazo, fica sujeito a multa de 2% ao mês, limitada a 20%, sobre o valor total dos tributos declarados ou o mínimo de R$ 50. A multa é emitida automaticamente e estará disponível junto com o recibo da declaração.

A Lei Complementar nº 128, de 19/12/2008, criou condições especiais para que o trabalhador conhecido como informal possa se tornar um microempreendedor formal.

Entre as vantagens oferecidas está o registro no Cadastro Nacional de Pessoas Jurídicas (CNPJ), que facilita os trâmites para abertura de conta bancária, pedido de empréstimos e emissão de notas fiscais.

Com essas contribuições, o microempreendedor individual tem acesso a benefícios como auxílio maternidade, auxílio doença, aposentadoria, entre outros.

O manual da Declaração Anual Simplificada para o Microempreendedor Individual está disponível na internet na página da Receita Federal.”

(Agência Brasil)

Chico Lopes evita comentar pré-candidatura de Luizianne e reafirma apoio a RC

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=bZm3S3CETms[/youtube]

O deputado federal Chico Lopes (PCdoB) afirmou, nesta terça-feira, que o PT tem o direito de escolher o candidato que quiser para a disputa pela Prefeitura de Fortaleza.

O parlamentar evitou maiores avaliações sobre o impacto do ingresso da ex-prefeita no cenário da sucessão.

Garantiu Chico Lopes que o PCdoB mantém a sua posição de apoio à reeleição do prefeito Roberto Cláudio (PDT).

Desemprego em abril chega a 11,2%

“A taxa de desemprego voltou a subir no trimestre móvel encerrado em abril, atingindo 11,2%. O resultado é 1,7 ponto percentual maior que o do trimestre móvel encerrado em janeiro (9,5%). A taxa é a maior desde o início da pesquisa, em janeiro de 2012.

No mesmo trimestre móvel de 2015 (de novembro a janeiro), o desemprego foi de 8%, 3,2 pontos percentuais menor. Os dados são da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicilio Contínua (Pnad Contínua) e foram divulgados hoje (31) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

De acordo com a pesquisa, em abril havia 11,4 milhões de trabalhadores desempregados, número que mostra um crescimento de 18,6%, em comparação ao trimestre móvel encerrado em janeiro deste ano – o equivalente a mais 1,8 milhão de pessoas fora do mercado de trabalho.

Na comparação com o trimestre móvel encerrado em janeiro do ano passado, o número de desempregados chega a 3,4 milhões, com crescimento de 42,1%.”

(Agência Brasil)

Enem 2016 – Mais de 8,6 milhões de inscritos

O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) registrou 8.627.194 inscrições confirmadas até fim da noite dessa segunda-feira, de acordo com balanço divulgado pelo Ministério da Educação (MEC). O número representa um aumento de 11,3% em relação às 7,7 milhões de inscrições confirmadas no ano passado.

Aproximadamente 9,3 milhões se inscreveram no exame deste ano, mas alguns deixaram de pagar a taxa de inscrição. As inscrições confirmadas representam o número de estudantes isentos e aqueles que pagaram a taxa de R$ 68. São isentos da taxa os estudantes concluintes do ensino médio em escolas públicas e os candidatos de baixa renda.

(Com Agências)

Operação Zelotes – Filho de Lula recebeu cerca de R$ 10 milhões

147 1

lulihhaa

Investigadores da Operação Zelotes descobriram que o filho caçula do ex-presidente Lula, Luís Cláudio Lula da Silva, e sua empresa, a LFT Marketing Esportivo, receberam quase R$ 10 milhões. Até agora se sabia que Luís Cláudio havia embolsado R$ 2,5 milhões da Marcondes & Mautoni, consultoria acusada de comprar medidas provisórias.

Os novos valores apareceram após quebra do sigilo bancário dele e da empresa de 2009 a 2015, informa a Coluna do Estadão, do jornal O Estado de S. Paulo. A LFT foi criada em 2011. Lula também é alvo da Zelotes.

A empresa de Luís Cláudio não tem funcionários registrados nem expertise em consultoria. O trabalho para a Mautoni foi copiado da internet. Além das suspeitas sobre a compra de medidas provisórias editadas por Lula e Dilma Rousseff, a Zelotes investiga suposta propina na compra de caças suecos pelo governo Dilma.

Procurada, a assessoria de Luís Cláudio alegou que não localizou os advogados e teve pouco tempo para comentar o assunto. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Dois senadores podem mudar voto no julgamento do impeachment de Dilma

romário deputado

Dois senadores que votaram pela abertura do processo de impeachment de Dilma Rousseff admitiram a chance de mudar seus votos no julgamento final, que poderá acontecer em setembro. São eles: Romário (PSB-RJ) e Acir Gurgacz (PDT-RO). A informação é do O Globo desta terça-feira. A decisão teria como fator de influência as gravações feitas pelo ex-presidente da Transpetro, Sérgio Machado, que já provocaram a saída de dois ministros do governo Temer.

O processo de impeachment foi aberto no Senado com o apoio de 55 senadores (para a saída da presidente são necessários 54 votos – dois terços da Casa). Se os votos de Romário e Acir forem modificados podem evitar a cassação de Dilma.

“Meu voto foi pela admissibilidade do impeachment, ou seja, pela continuidade da investigação para que pudéssemos saber se a presidente cometeu ou não crime de responsabilidade. Porém, assim como questões políticas influenciaram muitos votos na primeira votação, todos esses novos fatos políticos irão influenciar também. Meu voto final estará amparado em questões técnicas e no que for melhor para o país”, declarou Romário ao jornal.

De acordo com o presidente do PDT, Carlos Lupi, o senador Gurgacz garantiu que vai mudar a sua posição e votará contra o impeachment dessa vez. Contudo, o senador disse não ter posição fechada.

“O que eu coloquei é que a admissibilidade (do impeachment) era uma necessidade, porque a população estava cobrando a discussão. O mérito é o outro momento, estamos avaliando. Entendo que não há crime de responsabilidade fiscal por causa das pedaladas (fiscais), mas a questão é mais pela governabilidade, pelo interesse nacional”, disse ao ser procurado pelo jornal.

Relíquia de Santo Antonio será exposta em Fortaleza

domjoeantonioo

“Parte do corpo que os católicos acreditam ser de Santo Antônio será exposta amanhã na paróquia Nossa Senhora da Paz, no bairro Aldeota, às 17h30min. A apresentação da relíquia, como a igreja denomina objetos ou partes do corpo que pertenceram a um santo, faz parte dos festejos do “santo casamenteiro”. As celebrações seguem até o dia 13 de junho.

Considerada relíquia de primeiro grau, a matéria orgânica foi trazida no início deste ano da cidade de Pádua, na Itália, pelo pároco da igreja, Virgínio Serpa, e pelo pároco auxiliar, Frei Wilson, durante visita ao túmulo de Santo Antônio. Não se sabe a identificação exata da parte do corpo à qual pertence a relíquia. Entretanto, outros restos mortais do santificado, como a língua, permanecem intactos na Basílica de Santo Antônio, na cidade italiana.

O objeto foi solicitado pelo arcebispo da Arquidiocese de Fortaleza, dom José Antônio Aparecido Tosi Marques, e acatado pela Ordem dos Franciscanos Conventuais, na Itália, onde a massa corporal era mantida até então. Conforme Serpa, os 53 anos da paróquia, completados em fevereiro deste ano, e a crescente devoção ao santo foram os principais motivos do pedido. Ainda de acordo com o padre, a ex massa corporis ficará sob tutela da Paróquia da Paz e estará à mostra permanentemente para veneração pública de fiéis.”

(O POVO)

Filho de Sérgio Machado também faz acordo de delação premiada

sérgio machado

Sérgio havia feito a delação premiada para poupar o filho.

Expedito Neto, filho do ex-presidente da Transpetro, Sérgio Machado, decidiu fazer acordo de delação premiada. A informação é do Estadão desta terça-feira.

Conhecido como “Didi”, ele resolveu colaborar com a Justiça após a Operação Lava Jato identificá-lo como operador financeiro da cúpula do PMDB do Senado.

“Didi” mora em Londres e controla ali um fundo de investimentos na capital inglesa.

Deputado tucano é cercado e chamado de “golpista” em ato contra Temer no aeroporto

atto

Cerca de 50 manifestantes realizaram, na madrugada desta terça-feira, no Aeroporto Internacional Pinto Martins, em Fortaleza, um ato contra o Governo Temer e em defesa da democracia. No grupo, sindicalistas ligados à CUT e Conlutas, servidores federais e professores estaduais que estão em greve há 36 dias. Anízio Melo, presidente do Sindicato Apeoc, aproveitou para falar sobre a paralisação da categoria que, segundo disse, recebeu uma contraproposta do governo.

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=dHMa2nRFGR0[/youtube]

O objetivo da manifestação era fazer um corpo a corpo junto aos parlamentares federais cearenses. Mas foram poucos os que viajaram na madrugada. Odorico Monteiro (Pros) passou rápido para o setor de embarque, mas prometeu apoio à categoria de servidores federais que reclama de 10 anos sem reposição salarial. O deputado federal Ronaldo Martins (PRB), apoiador de Temer, passou sem problemas. Não foi reconhecido. Já o deputado federal Chico Lopes (PCdoB) foi festejado pelos manifestantes. Ele é contra o Governo Temer.

chnicolopss

Chico Lopes classificou o Governo Temer de “golpista” e sem o apoio popular, observando que, por seus próprios erros, está caindo no descrédito. Citou como exemplo a queda de dois ministros (Romero Jucá -Planeamento) e Fernando silveira (Transparência) que foram pegos em gravações feitas pelo ex-presidente da Transpetro, Sérgio Machado (PMDB).

“Ele (Temer) devia nunca ter entrado. Um ministério de golpistas não pode ter segurança, porque é uma quadrilha e cadas um quer passar a perna no outro. Tomara que eles se matem entre si…” Lopes ainda acredita que a presidente afastada Dilma Rousseff pode retomar o poder.

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=hPCjaK-b-qk[/youtube]

Enquanto Lopes foi abraçado pelos manifestantes, sobrou protesto para o deputado federal Raimundo Gomes de Matos (PSDB). Ele pisou no saguão para embarcar e foi logo cercado e seguido por um grupo que o chamou de “golpista!” O tucano, que apoia o Governo Temer, manteve a calma e até falou sobre o protesto, bem como sobre seu PSDB. O parlamentar reconhece que o Governo Temer vive uma crise, porque enfrenta o desmando deixado pelo governo petista.

DETALHE – Os manifestantes não informam se há um calendário de novos protestos programados em Fortaleza contra o Governo Temer.

(Fotos – Paulo MOsKa)

Camilo Santana desconversa sobre apoio à pré-candidatura de Luizianne Lins

foto camilo santana governador

“O governador Camilo Santana (PT) falou pela primeira vez a respeito da decisão do diretório municipal do Partido dos Trabalhadores em escolher a deputada federal Luizianne Lins como candidata da sigla às eleições de outubro.

Camilo não escondeu o incômodo com a situação, mas desconversou sobre se apoiará ou não a ex-prefeita no pleito. “Eu terei o tempo necessário para avaliar e tomar a decisão em relação a isso.

No momento certo, vamos tratar das eleições. Minha preocupação nesse momento é cuidar dos cearenses”, afirmou Camilo na tarde de ontem, 30, durante visita às obras do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT).

Camilo disse ainda que defendia que houvesse “mais diálogo” dentro do partido para que o grupo do PT ligado a Luizianne voltasse atrás com a ideia de candidatura própria.

“É um momento tão conturbado da política brasileira esse em que a presidente Dilma sofre impeachment e temos um governo provisório. Infelizmente, resolveram tomar a decisão ainda no sábado”, lamentou o governador, complementando que solicitou ao diretório municipal um aprofundamento do debate relacionado à sucessão, mas não foi atendido.

O grupo do PT ligado a Camilo e ao presidente estadual De Assis Diniz queria o adiamento da votação do último sábado. No partido, havia a intenção de tentar demover o grupo de Luizianne da tese da candidatura própria. Camilo vinha expressando o desejo de ver o PT apoiando a reeleição do prefeito Roberto Cláudio (PDT).”

(O POVO – Repórter João Marcelo Sena)

Roberto Cláudio cutuca: Luizianne Lins tem que dizer por que não cumpriu promesas

128 1

FORTALEZA, CE, BRASIL, 30-10-2015: Roberto Cláudio, prefeito de Fortaleza. Prefeito Roberto Cláudio, se reúne com corretores da Construção Civil, promovido pela Lopes Immobilis, para discutir o Plano Diretor da Cidade. (Foto: Mauri Melo/O POVO) *** Local Caption *** Publicada em 31/12/2015 - CD 02

“Sem entrar em detalhes sobre a estratégia que deve adotar no embate com a ex-prefeita Luizianne Lins (PT) nas eleições municipais deste ano, o prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio (PDT), antecipa uma das armas que usará no pleito: a comparação direta entre as duas gestões.

Para o gestor, que derrotou o petista Elmano de Freitas em 2012, Luizianne “vai ter que justificar oito anos de governo da cidade com poucas realizações efetivamente entregues”. No último fim de semana, a executiva municipal do PT oficializou o nome da deputada federal como a pré-candidata da sigla à Prefeitura.

Mesmo sem apoio do governador petista Camilo Santana, um aliado de primeira hora de RC e dos irmãos Ferreira Gomes, a tese de candidatura própria se impôs num momento em que a legenda enfrenta uma grave crise ética e acredita ser preciso defender-se nas urnas.

Durante o ato, que contou com a presença do presidente do PT, Rui Falcão, Luizianne disse que sua campanha centrará fogo na continuidade dos “projetos que começou”, mas que “vêm sendo destruídos” por RC.

Comparar as gestões

Em visita ao O POVO na tarde de ontem, num recado direto à pré-candidata, o prefeito da Capital afirmou que o “maior desafio dela (Luizianne) é justificar por que não realizou o que prometeu e o que o povo esperava que fosse feito. É uma dificuldade grande (que ela terá)”.

Para RC, com a presença de uma ex-gestora na disputa pelo Paço, “é natural que os projetos se confrontem” e que a “capacidade de entregar as ações e de governar” de ambos estará em julgamento.

“As pessoas vão querer continuar com Bilhete Único? Vão querer continuar expandindo a escola de tempo integral? Vão querer continuar expandindo a creche? Vão querer continuar expandindo o Programa Saúde da Família? Esperam que as políticas de mobilidade continuem? Esse será o debate. É saber que o que está sendo feito tem que ser continuado ou não”, avaliou Roberto Cláudio.

De acordo com o atual prefeito, há forte possibilidade de que a eleição se polarize. E, na hipótese de um debate político mais focado na capacidade de gestão e menos nas questões nacionais, RC acredita levar vantagem.

“Pega 12 anos (eras Juraci Magalhães e Luizianne) e compara com quatro (de RC). Foram entregues duas ou três obras de mobilidade. Nós vamos entregar mais de trinta. A diversidade de obras é o maior trunfo” da campanha à reeleição, finalizou.

(O POVO)

Governo Central registra o maior déficit primário da história para o primeiro quadrimestre

“A queda das receitas em meio ao crescimento de gastos obrigatórios fez o Governo Central (Tesouro Nacional, Previdência Social e Banco Central) registrar o maior déficit primário da história para o primeiro quadrimestre. De janeiro a abril, houve déficit acumulado de R$ 8,451 bilhões, o primeiro resultado negativo da história para o período.

O déficit primário é o resultado negativo das contas do governo antes do pagamento dos juros da dívida pública. Apenas em abril, o Governo Central registrou superávit primário de R$ 9,751 bilhões. Desde o início da série histórica, em 1997, esse foi o 11º melhor resultado da história para o mês.

Por causa do calendário de impostos, que inclui o pagamento da cota única do Imposto de Renda Pessoa Física, o mês de abril registra superávit primário. No ano passado, no entanto, o Governo Central tinha registrado superávit primário maior em abril, de R$ 10,069 bilhões.

A queda da arrecadação provocada pelo agravamento da crise econômica continua a ser a principal causa do aumento do déficit primário em 2016. De janeiro a abril, as receitas líquidas caíram 5,5%, descontada a inflação oficial pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) em relação ao mesmo período do ano passado.

Pressionadas pelos gastos obrigatórios, as despesas totais subiram 5,5% acima do IPCA no primeiro quadrimestre. Em abril, no entanto, os gastos caíram 6,4%, descontado o IPCA em relação a abril do ano passado.

Os gastos com a Previdência Social subiram 4,8% além da inflação nos quatro primeiros meses do ano. As demais despesas obrigatórias cresceram 10%. Os gastos discricionários (não obrigatórios), no entanto, caíram 3,5%, descontado o IPCA. As despesas de custeio (gasto com a manutenção da máquina pública) caíram 8% de janeiro da abril.

Os investimentos – gastos com obras públicas e compra de equipamentos – somaram R$ 19,617 bilhões, recuo de 7,9% também considerando a inflação oficial. Os investimentos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) totalizaram R$ 14,161 bilhões, queda de 3,4% descontada a inflação. Os investimentos do Programa Minha Casa, Minha Vida somaram R$ 2,141 bilhões, retração real de 60,6%.”

(Agência Brasil)

Confiança do consumidor atingiu maior nível desde janeiro de 2015

codigo-de-defesa-do-consumidor_1j

“O Índice Nacional de Confiança do Consumidor (Inec) atingiu 105,2 pontos em maio, informou hoje (30) a Confederação Nacional da Indústria (CNI). Segundo a CNI, houve um aumento de 7,9% na comparação com abril e de 6,6% em relação a maio de 2015. A entidade destacou também que o patamar é o mais alto desde janeiro do ano passado, quando estava em 104,2 pontos.

Apesar de ter crescido, a confiança do consumidor segue abaixo da média histórica, que é 109,2 pontos. Uma mostra de que não há recuperação total da confiança é que a expectativa de compra de bens de maior valor caiu de 111,6 pontos, em abril, para 110,9 pontos em maio, uma queda de 0,6%. Na comparação com maio do ano passado, houve crescimento de 1,5%.

De acordo com a CNI, “o aumento do índice [em maio] se deve principalmente à melhora das expectativas dos consumidores em relação à inflação, ao emprego e à renda nos próximos meses”.

(Agência Brasil)