Blog do Eliomar

Categorias para Brasil

Anvisa quer proibir termômetro de mercúrio

“A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) abriu consulta pública para discutir a proibição da fabricação, importação e a venda de termômetros e esfigmomanômetros com coluna de mercúrio no país. Esses aparelhos têm uma coluna transparente, contendo mercúrio no interior, com a finalidade de aferir valores de temperatura corporal (no caso do termômetro) e pressão arterial (no caso do esfigmomanômetro).

De acordo com a Anvisa, a proposta de proibir o uso desses equipamentos no país faz parte do compromisso do Brasil de banir produtos com mercúrio até 2020. “A Anvisa, assim como outros órgãos da administração pública, está comprometida com a Convenção de Minamata, onde 140 países, incluído o Brasil, firmaram compromisso para o controle do uso e redução de emissões e liberações do mercúrio para a natureza. Um dos compromissos é o banimento de produtos que contém mercúrio até 2020. A proibição da substância é uma tendência mundial”.

A agência destaca que no mercado já existem os termômetros e esfigmomanômetros digitais, alternativos aos com a coluna de mercúrio. “Esses dispositivos [digitais] também possuem a sua precisão avaliada compulsoriamente pelo Sistema Brasileiro de Avaliação da Conformidade e são ambientalmente mais sustentáveis”. A proposta propõe ainda o fim do uso dos equipamentos nos serviços de saúde do país.

Consulta

Os comentários e sugestões para a consulta pública podem ser enviados em até 60 dias pela internet ou por carta para o endereço: Agência Nacional de Vigilância Sanitária/Gerência-Geral de Tecnologia de Produtos para Saúde, SIA trecho 5, Área Especial 57, Brasília-DF, CEP 71.205-050. As contribuições internacionais deverão ser direcionadas a Agência Nacional de Vigilância Sanitária/Assessoria de Assuntos Internacionais (Aint), no mesmo endereço.”

(Agência Brasil)

Ex-presidente da Funceme – Já passou da hora do racionamento d’água

19 de Outubro 2015, Ex-presidente da Funceme, Francisco de Assis Souza - NEGOCIOS - 20ne5451 - JOSE MARIA MELO

Para o ex-presidente da Funceme, Francisco de Assis Souza, já passou da hora de um racionamento d’água na Grande Fortaleza.
“As nossas reservas estão muito baixas. É preciso cuidar!”, alerta Assis de Sousa que, na condição de estudioso da área e professor da UFC, participa, em Brasília, de seminário sobre Secas no Brasil.
O encontro é uma promoção do Banco Mundial.

Bancos trocarão cédulas e moedas falsas sacadas em caixas eletrônicos

“Os bancos agora são obrigados a trocar, imediatamente, moeda ou cédulas falsas sacadas em caixa ou terminais de autoatendimento. A nova regra, regulamentada pelo Banco Central (BC), foi publicada na edição de hoje (21) do Diário Oficial da União.

Essa medida foi definida pelo Conselho Monetário Nacional em maio, mas ainda precisava de regulamentação. Anteriormente, os bancos costumavam substituir as cédulas, mas o prazo de troca dependia da relação da instituição com o cliente. No site do BC, há 12 perguntas e respostas sobre a troca de dinheiro falso.

Quando o dinheiro com suspeita de ser falso for sacado em um banco, o cliente deve procurar qualquer agência para fazer a troca. No caso de aposentados ou beneficiários do Bolsa Família, que não têm conta em banco, a troca do dinheiro falso também é obrigatória. Basta procurar qualquer agência do banco onde o dinheiro foi sacado.

O BC lembra que não é preciso retirar extrato da conta para pedir a troca, porque os bancos têm registros dos saques. Caso receba o dinheiro falso em outras circunstâncias, como no comércio, o cidadão deve procurar qualquer agência bancária e entregar a cédula ou moeda. O banco anotará dados como nome, endereço e Cadastro de Pessoa Física – CPF. Se ficar comprovado que a cédula é legítima, o cidadão será ressarcido pelo banco.”

(Agência Brasil)

Eleições 2016 – PR pode dar rasteira no PSB e atrair o PRB

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=SA28eYLYWCo[/youtube]

O pré-candidato a prefeito de Fortaleza pelo Partido da República, deputado estadual Capitão Wagner, está em Brasília. Ali, entre um contato e outro do interesses de seus municípios, ele manterá reuniões com a direção nacional do PR e também com o deputado estadual Ronaldo Martins, pré-candidato do PRB a prefeito.

Capitão Wagner, que terá ao seu lado o presidente de honra do PR, Roberto Pessoa, quer o PRB como aliado e até ocupando a posição de vice em sua chapa.

As conversações envolvem ainda dirigentes nacionais do PRB do deputado Ronaldo Martins que, até o começo deste mês, negociava apoio ao pré-candidato socialista Heitor Férrer.

“O PRB conversou com o deputado Heitor, mas me parece, que não foi batido o martelo e, portanto, ha uma abertura para ver se dá pra juntar o PRB à nossa aliança já fechada com o PSDB”, disse Capitão Wagner.

Inflação desacelera e fecha em 0,4%

“A inflação, medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo 15 (IPCA-15), desacelerou de maio para junho, fechando em 0,4%, menos da metade do índice de maio (0,86%) e o menor IPCA-15 desde junho de 2013, quando foi de 0,38%.

Os dados do IPCA-15 – uma prévia da inflação oficial do país para maio – foram divulgados hoje (21) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Com a desaceleração do indicador em relação a junho, o Índice de Preços ao Consumidor Ampliado Especial (IPCA-E) – que é o IPCA-15 acumulado por trimestre (no caso, abril, maio e junho), fechou em 1,78%, quase 1 ponto percentual (0,9%) abaixo da taxa de 2,68% de igual período de 2015.

O resultado faz com que a taxa acumulada no primeiro semestre do ano seja de 4,62%, bem abaixo dos 6,28% do primeiro semestre do ano passado. O IBGE ressalta, ainda, o fato de que, considerando os últimos 12 meses, o índice caiu 0,64 ponto percentual, para 8,98%. Nos doze meses encerrados em maio, a taxa era de 9,62%. Em junho de 2015, havia sido de 0,99%.

A queda do IPCA-15 em junho reflete retração nos preços da maioria dos grupos de produtos e serviços com destaque para Saúde e Cuidados Pessoais (1,03%), Alimentação e Bebidas (0,35%) e Transportes, este último fechando com deflação (inflação negativa) de 0,69%.”

(Agência Brasil)

OAB faz mobilização nacional em defesa da Justiça do Trabalho

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=xcerH7ECSaU[/youtube]

A Ordem dos Advogados do Brasil vai mobilizar, nesta terça-feira, em Brasília, todas as suas regionais do País em defesa da Justiça do Trabalho. O presidente estadual da Ordem, Marcelo Mota, que participará do ato, deu detalhes sobre o porquê da mobilização.

Marcelo Mota deixou claro que é fundamental defender o bom desempenho da Justiça do Trabalho, hoje a mais célere e eficiente.

O governo federal cortou parte do orçamento dos tribunais regionais do trabalho, o que fez com que esses organismos reduzissem até o horário do expediente.

Avião de Eduardo Campos pode ter relação com lavagem de dinheiro, diz PF

“O avião usado pelo ex-governador de Pernambuco Eduardo Campos (PSB) na última campanha presidencial levou a Polícia Federal (PF) a investigar um suposto esquema de lavagem de dinheiro que atuava em Pernambuco e Goiás e que teria movimentado mais de R$ 600 milhões desde 2010. A operação Turbulência cumpre hoje cinco mandados prisão preventiva contra suspeitos que integrariam a organização criminosa.

De acordo com a PF, a investigação começou a partir da análise de movimentações financeiras das contas de empresas envolvidas na aquisição da aeronave Cessna Citation PR-AFA, que transportava Campos na campanha à Presidência da República. No dia 13 de agosto de 2014, o avião caiu em Santos, litoral paulista, matando sete pessoas, entre elas, o ex-governador.

Em nota, a polícia afirma que constatou que algumas dessas empresas eram de fachada e estavam em nome de “laranjas”. Ainda segundo divulgado pela corporação, as empresas faziam transações entre si e com outras empresas fantasmas – inclusive com algumas investigadas na Operação Lava Jato.

Há suspeita de que parte dos recursos que passaram pelas contas examinadas servia para pagamento de propina a políticos e formação de caixa 2 de empreiteiras. O esquema sob apuração encontrava-se ativo, pelo menos, desde 2010.

Além das cinco prisões preventivas, são cumpridos outros 55 mandados judiciais, dos quais 33 de busca e apreensão e 22 de condução coercitiva. Tambem foi determinada a indisponibilidade de contas e o sequestro de embarcações, aeronaves e helicópteros dos principais suspeitos.

Os mandados judiciais estão sendo cumpridos em 18 localidade de Pernambuco, entre bairros do Recife e cidades do interior de Pernambuco.Tanto os presos quanto os conduzidos coercitivamente serão levados para a sede da Polícia Federal no Recife. Os envolvidos responderão, na medida de seu grau de participação, pelos crimes de organização criminosa, lavagem de dinheiro e falsidade ideológica.

Os detalhes da operação serão divulgados pela PF em entrevista coletiva, às 10 horas, na Superintendência da PF em Recife.”

(Agência Brasil)

TCU reúne governadores para debate futuro do Nordeste

foto marcos holanda professor

A sede do Banco do Nordeste receberá, a partir das 9 horas desta terça-feira, o “Encontro estratégico: Nordeste 2030 – Desafios e caminhos para o desenvolvimento sustentável”. O debate, que vai se estender até quarta-feira, no auditório do Centro de Treinamento do BNB, no Passaré, é uma promoção do Tribunal de Contas da União (TCU) e contará com a presença dos governadores dos estados nordestinos.

O presidente do Banco do Nordeste, Marcos Holanda, o vice-presidente do TCU, ministro Raimundo Carreiro, e o governador Camilo Santana (PR), abrirão o encontro. Também estarão no evento José Múcio Monteiro, Augusto Nardes, Benjamin Zymler, que são ministros do TCU.

A programação do evento inclui painéis e palestras, com os governadores e representantes do Banco Mundial, Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (Pnud), Ministério do Planejamento Orçamento e Gestão, Consultoria Econômica e Planejamento (Ceplan) e Federação das Indústrias do Estado do Ceará (Fiec).

Temas

A primeira parte do evento terá o tema “Antecipando o futuro a partir de uma visão de longo prazo”. Serão abordados o estado inteligente, economia do conhecimento, importância do planejamento de longo prazo em prol de resultados e análise e acompanhamento de riscos.

A “Competitividade e produtividade da região Nordeste” será o próximo tópico, que abordará a infraestrutura, a educação e a inovação como vias para aumento de produtividade e competitividade. Também constarão desse item o aumento de produtividade, a exploração de recursos naturais e o desenvolvimento sustentável.

Em sequência, o terceiro painel versará sobre “Reconstruindo a confiança no Setor Público para a Implantação de políticas públicas prioritárias em prol do desenvolvimento sustentável”. Constarão a importância do fortalecimento das instituições públicas, a regulação e a estabilidade dos contratos, além da construção de capacidades estatais para regulação e operação de projetos de infraestrutura.

Na segunda parte do evento, será debatido o tema “Financiamento do desenvolvimento regional, sustentabilidade fiscal e visão integrada dos entes federativos”. Os sub-temas relacionados são a integração entre planejamento e ações, adoção do conceito de territorialidade nas políticas públicas, empreendedorismo, boas práticas para o desenvolvimento regional e o papel do financiamento para a redução das desigualdades regionais.

Por último, serão apresentados “Desafios e possíveis soluções para o desenvolvimento sustentável do Nordeste”. Nesse tema, será debatida a forma com que cada organização, seja pública ou privada, pode atuar na promoção do desenvolvimento sustentável da região Nordeste.

 

Cunha garante que não vai renunciar

cunha3

“Que fique registrado, caso o desenrolar dos fatos seja outro: o presidente afastado da Câmara, Eduardo Cunha, negou peremptoriamente ao Radar nesta segunda-feira que vá renunciar definitivamente ao comando da Casa nesta terça-feira.

A lebre da renúncia foi levantada quando Cunha, de forma misteriosa, convocou uma coletiva de imprensa para esta terça, com pompa, no tradicional Hotel Nacional, em Brasília.

Além de cercar de sigilo a pauta da entrevista, convocou deputados a estarem em Brasília, de preferência desde segunda.

Advogados e assessores de Cunha asseguram que ele vai, apenas se queixar do Ministério Público e do Conselho de Ética. Parece um tanto trivial e repetitivo para tamanho aparato.

Resta aguardar para ver se Cunha, que vem se mostrando um campeão em se segurar no cargo e no mandato a despeito de tantas evidências contra ele na Lava-Jato, ainda tem coelhos novos para tirar da cartola.”

(Coluna Radar, da Veja Online)

Camilo homenageará Tasso em evento no Pecém

241 1
Tasso-e-Camilo
Da Coluna Vertical, do O POVO desta terça-feira:
O governador Camilo Santana (PT) marcou para o próximo dia 27 a inauguração da correia transportadora de minério de ferro do Complexo Industrial e Portuário do Pecém. O investimento é de R$ 212 milhões e durou cerca de 30 meses para a conclusão.
A correia será utilizada para transportar minério de ferro às empresas do complexo, especialmente a Companhia Siderúrgica do Pecém (CSP), que utilizará o minério para sua produção de aço. A esteira transportadora terá capacidade nominal de transporte de 2.400 toneladas/hora.
O ato terá um componente político. Camilo convidou o senador Tasso Jereissati (PSDB). Como governador, por três vezes do Ceará, o tucano implantou e assegurou a conclusão do Complexo Industrial e Portuário do Pecém.

Campus da UFC em Crateús inscreve para professor efetivo

O Campus da UFC em Crateús recebe inscrições, até 1º de julho, para preenchimento de 11 vagas de professor efetivo, todas para jornada de trabalho de 40 horas semanais e dedicação exclusiva.

Está sendo ofertada vaga de professor assistente-A para cada um dos seguintes setores de estudo: “Caracterização de Minérios, Processamento Mineral, Mecânica das Rochas, Operações Mineiras e Desenvolvimento Mineiro”, “Planejamento e Infraestrutura de Transportes”, “Programação, Matemática Computacional e Otimização”, “Sistemas de Informação e Desenvolvimento de Software”, “Banco de Dados e Sistemas Distribuídos” e “Construção Civil e Instalações Prediais”. Já nos setores de estudo “Estruturas” e “Saneamento e Meio Ambiente”, estão abertas, em cada um deles, duas vagas de professor assistente-A. Para as 10 vagas já citadas, a remuneração dos aprovados é de R$ 5.945,98, e os candidatos devem apresentar titulação de mestre.

Já para o setor de estudo “Geotecnia e Recursos Hídricos”, a vaga é para o cargo de professor adjunto-A, com salário de R$ 8.639,50. Neste caso, é exigido título de doutor.

SERVIÇO

*As inscrições devem ser feitas na Secretaria do Campus da UFC em Crateús (Rua dos Tabajaras, 376, São Vicente).

*Mais informações podem ser acessadas no Edital nº 130/2016, disponível no site da Pró-Reitoria de Gestão de Pessoas da UFC: http://goo.gl/0IH1s5.

*Campus da UFC em Crateús – (88) 3691 1029 e (88) 3691 1333.

MPF pede a Sérgio Moro que homologue delação de consultor ligado a Odebrecht

SÈrgio Fernando Moro

“O Ministério Público Federal (MPF) pediu ao juiz Sérgio Moro, responsável pela Operação Lava Jato na Justiça Federal, a homologação do acordo de delação premiada firmado com Vinicius Veiga Borin, administrador de uma consultoria financeira ligada à offshore da construtora Odebrecht. O pedido foi enviado na última sexta-feira (17).

Na delação, Borin diz que foi procurado por um representante da Odebrecht para abrir contas “para fazer a movimentação financeira das obras da companhia no exterior”, quando trabalhava no Antígua Overseas Bank (AOB) entre 2006 e 2010, em São Paulo. No depoimento, enviado ao juiz Sérgio Moro, Borin afirmou que as contas “eram necessárias exclusivamente em razão das obras da Odebrecht no exterior”.

Uma das contas abertas, de acordo com Borin, foi a da offshore Klienfeld. Segundo as investigações, a conta teria sido utilizada pela Odebrecht para pagar propina a agentes da Petrobras e também para fazer transferências para uma conta secreta em nome da Shellbill Finance, empresa que seria controlada pelo publicitário João Santana e a esposa, Mônica Moura.

“Com a Operação Lava Jato em curso, fazendo uma memória retrospectiva, o depoente percebe que as transações não eram com fornecedores ou em razão de obras da Odebrecht; que o depoente não pode afirmar que 100% dos pagamentos eram ilícitos ou não se referiam a fornecedores ou relativos a obras da companhia, mas sim que grande parte deles sim”, diz o documento do MPF.

Borin disse no depoimento que “percebeu que o dinheiro vinha de outras empresas offshore controladas pela própria Odebrecht e não de fornecedores ou obras, embora não saiba se a origem do dinheiro advenha de obras”.

O administrador contou aos procuradores que o Antígua Overseas Bank foi liquidado em 2010 e que ele e outros integrantes, junto com membros do Setor de Operações Estruturadas da Odebrecht, compraram uma participação em uma filial sem atividade do banco Meinl Bank, de Viena. Nesse banco, foram abertas as contas que funcionavam anteriormente no AOB.

O setor de operações era, segundo as investigações da Lava Jato, uma divisão dentro da Odebrecht que operava o pagamento de propinas por meio de contas offshores abertas pelo próprio grupo e sob ordens de executivos do grupo.

De acordo com o MPF, Borin relatou que, algum tempo depois, as contas foram encerradas pois “os nomes das offshores começaram a aparecer na investigação da Operação Lava Jato” e que “embora não possa afirmar com certeza, entende que a ordem para o fechamento das contas veio ‘de cima’, da administração da Odebrecht, embora não saiba nominar de quem”.

Na delação, Borin disse que nunca teve contato com o então presidente da construtora Marcelo Odebrecht.

Borin foi preso na 23ª fase da Lava Jato, denominada Acarajé, deflagrada em fevereiro deste ano. Na mesma fase, foram detidos o publicitário João Santana e a mulher dele, Mônica Moura.

Procurada pela Agência Brasil, a Odebrecht informou, por meio da assessoria de imprensa, que não irá se manifestar sobre a delação de Borin.”

(Agência Brasil)

Eduardo Cunha dará entrevista nesta 3ª feira para denunciar “absurdos” cometidos contra ele

eduardo_cunha_triste

“Na entrevista coletiva marcada para esta terça-feira e envolta em mistério, Eduardo Cunha fará uma longa explanação listando supostos “absurdos” jurídicos e de supressão de direitos que estariam sendo cometidos contra ele.

Os dois principais alvos serão o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, e o Conselho de Ética da Câmara.

Quem acompanha a construção do discurso do presidente afastado da Câmara diz que ele deve pegar mais leve com o Supremo Tribunal Federal — que decide na quarta se abre a segunda ação penal derivada da Lava-Jato contra ele — e que, por ora, não deve voltar a artilharia contra o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL).

O que nem as pessoas mais próximas dizem saber é se o discurso de que é vítima de arbitrariedades será usado para justificar uma medida mais drástica, como a renúncia à presidência da Câmara, como se especula.”

(Veja Online)

Índice de microcefalia no Sudeste supera o do Nordeste, diz Ministério da Saúde

O diretor do Departamento de Vigilância Epidemiológica do Ministério da Saúde, Eduardo Hage Carmo, disse hoje (20) que, nas últimas cinco semanas, há indicativo de que o problema da microcefalia está se agravando na região Sudeste, que não só acompanhou o crescimento de casos suspeitos em relação à região Nordeste, mas a ultrapassou por uma pequena margem: 172 contra 171 bebês que podem ter microcefalia.

No acumulado de casos, o Nordeste ainda concentra cerca de 75% de bebês com o perímetro da cabeça menor que o estabelecido para a notificação de casos, que atualmente é de 32 cm. Mas o número de crianças que tem nascido com o indicativo de malformação cerebral, de acordo com Eduardo Hage Carmo, vem aumentando mais no Sudeste do que em outras localidades do país e, nas últimas semanas, já supera a região nordestina.

Carmo deu a informação no Seminário Estadual de Vigilância e Resposta às Arboviroses e suas Complicações, iniciado hoje, no Recife. De acordo com o diretor, na região Nordeste tem havido desaleceração do registro de novos casos desde o fim do ano passado, enquanto no Sudeste, sobretudo em São Paulo e no Rio de Janeiro, o movimento é contrário.

Rio de Janeiro e São Paulo são os estados com maior crescimento de registros suspeitos de microcefalia. Nas últimas cinco semanas a variação foi de 46 (RJ) e 104 (SP) novos bebês notificados, enquanto no Espírito Santo e em Minas Gerais o total foi de 11 registros cada. O caso de São Paulo – o mais populoso do Brasil – ultrapassa qualquer estado do Nordeste. A maior variação é de Pernambuco, com 52 novas suspeitas – metade do observado no estado paulista.

O diretor Eduardo Hage analisa os números recentes: “Provavelmente, os casos estão relacionados ao pico de ocorrência de infeção por zika, que na região Sudeste se dá depois da região Nordeste. Enquanto na região Nordeste há um pico no primeiro semestre, até meados de junho/julho, na região Sudeste esse pico se dá entre novembro, dezembro [de 2015], janeiro e fevereiro [de 2016]. Há um período entre a ocorrência da infecção por zika e a notificação da microcefalia, que é a gestação”, explica. Segundo ele, a tendência é que haja uma curva ascendente dos casos na região.

O último boletim divulgado pelo Ministério da Saúde informa que, em 2016, foram 54.803 casos de zika no Sudeste, contra 51.065 na região Nordeste.

(Agência Brasil)

Estados terão seis meses para refinanciarem dívidas

Meirelles

Depois de três horas de reunião, o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, e representantes de 25 estados chegaram a um acordo para refinanciar a dívida das unidades da Federação. Os estados e o Distrito Federal terão carência de seis meses nas parcelas até dezembro. A partir de janeiro, as prestações terão descontos, que serão progressivamente reduzidos até julho de 2018.

Com o acordo, os estados terão 100% de desconto nas parcelas de julho até dezembro. A partir de janeiro, o desconto cai para dez pontos percentuais a cada dois meses, até ser zerado em julho de 2018, quando os estados voltarão a pagar o valor integral das prestações.

Os 11 estados que conseguiram liminares no Supremo Tribunal Federal para corrigir as dívidas por juros simples (somados ao estoque da dívida) aceitaram desistir das ações na Justiça e voltarão a pagar as parcelas corrigidas por juros compostos (multiplicado ao estoque da dívida). O que os estados deixaram de pagar à União nos quase três meses em que vigoraram as liminares será quitado em 24 vezes a partir do próximo mês.

Simbologia

O acordo foi fechado em reunião entre Meirelles, 18 governadores, quatro vice-governadores e três secretários de Fazenda. No momento, os representantes dos estados estão no Palácio do Planalto para uma reunião com o presidente interino, Michel Temer, e com o presidente do Senado, Renan Calheiros.

O governador em exercício do Rio de Janeiro, Francisco Dornelles, saiu do encontro sem falar com a imprensa. Na sexta-feira (17), o estado decretou situação de calamidade nas finanças.

“Nós demos um passo muito importante para a retomada do desenvolvimento econômico. Nós tínhamos que virar essa página. A proposta aceita pela equipe econômica atende aos governadores. Isso significará um alívio para os estados, que poderão usar esses recursos para o pagamento de servidores, para custeio da máquina e até para novos investimentos”, afirmou o governador do Distrito Federal, Rodrigo Rollemberg.

“Nós tivemos ganhos parciais, mas o entendimento é uma simbologia no momento do país. Ele equilibra as contas dos estados com contrapartidas que, no longo prazo, permitem a correção dos limites das despesas. Nós adquirimos as condições de cumprir a Lei de Responsabilidade Fiscal”, disse o governador de Santa Catarina, Raimundo Colombo.

Primeiro estado a conseguir liminar que determinava a correção da dívida por juros simples, Santa Catarina reivindicava ainda que a mudança do indexador da dívida dos estados, que entrou em vigor este ano, retroagisse às parcelas pagas desde a renegociação entre os estados e a União no fim do anos 1990.

Mais cedo, o Ministério da Fazenda tinha feito outra proposta aos governadores, que previa carência apenas por dois meses. As parcelas teriam desconto de 100% a partir de julho e o abatimento cairia gradualmente a cada bimestre até baixar para 40% em julho do ano que vem.

No segundo semestre de 2017, o valor das prestações ficaria estável, mas voltaria a subir em janeiro do ano seguinte, até o desconto ser zerado e os estados voltarem a pagar o valor integral das parcelas em julho de 2018.

A primeira proposta da equipe econômica foi apresentada pela secretária do Tesouro Nacional, Ana Paula Vescovi, aos governadores e aos demais representantes dos estados em reunião na residência oficial do governador do Distrito Federal, Rodrigo Rollemberg, na manhã de hoje.

Antes do encontro no Ministério da Fazanda, o governador de Goiás, Marconi Perillo, havia informado que os estados trabalhariam para conseguir carência de 24 meses nas parcelas.

(Agência Brasil)

Praia da Quixaba tem pelotão pró-falésias

foto quixaba

O fim de semana na praia de Quixaba, situada em Aracati (Litoral Leste), foi de encontro para motivar os nativos jovens do local. O mote foi conscientização para a preservação do meio ambiente e, em especial, das falésias.

À frente, o engenheiro agrônomo Paulo de Tarso Meyer que, inclusive, fiscaliza com grupos toda a região para evitar abusos.

O trabalho é voluntário e Meyer logo deixa claro: “Ninguém pensa aqui em mandato!”

Excursões religiosas movimentam aeroporto de Fortaleza

exscuersso

Um grupo formado por 84 fieis da Igreja de Nossa Senhora da Aparecida, situada na Praia do Futuro, embarcou, nesta madrugada de segunda-feira, em ritmo de excursão para São Paulo.

Sob o comando do padre João Bosco, o grupo visitará a Basílica de Aparecida, conhecerá a TV Canção Nova e ainda passará por Campos do Jordão.

Esse tipo de excursão tem servido para movimentar esse clima de baixa estação vivido no aeroporto de Fortaleza.

(Foto – Paulo MOsKa)

CNMP aprova projeto que fortalece Ministério Público em investigações

“O Conselho Nacional do Ministério Público aprovou uma resolução que tende a fortalecer a posição de procuradores frente a policiais nos inquéritos que investigam crimes.

Chamada de “tramitação direta”, a resolução basicamente retira o juiz da triangulação entre procuradores e policiais durante as fases burocráticas de investigações.

Por um lado, procuradores acreditam que a medida dará maior celeridade às apurações; por outro, policiais temem ficar a reboque dos promotores nas investigações e ainda tendo de obedecer diretamente a eles, e não aos juízes.

Para valer, a resolução ainda precisa ser aprovada pelo Conselho Nacional de Justiça.”

(Veja Online)