Blog do Eliomar

Categorias para Brasil

Presidentes de Assembleias Legislativas do Nordeste discutem pautas da região em Salvador

Acontecendo em Salvador (BA), nesta sexta-feira, a segunda reunião do Parlanordeste, organismo que passou a congregar todos os presidente da Assembleias Legislativas do Nordeste. O objetivo é fechar questão em torno de propostas do interesse da região.

O presidente do legislativo cearense, José Sarto (PDT), na condição de secretário-geral do Parlanordeste, apresenta a pauta que inclui prioritariamente a defesa das estatais nordestinas.

(Foto – Divulgação)

Índice Nacional da Construção Civil tem alta de 0,11% em maio

O Índice Nacional da Construção Civil (Sinapi), calculado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas (IBGE), variou 0,11% em maio, ficando 0,23 ponto percentual abaixo da taxa de abril (0,34%).

O acumulado em 12 meses foi para 4,49%, resultado abaixo dos 4,95% registrados nos 12 meses imediatamente anteriores. Em maio de 2018, o índice ficou em 0,55%.

O custo nacional da construção, por metro quadrado, que em abril fechou em R$ 1.130,67, passou para R$ 1.131,89 em maio, sendo R$ 592,48 relativos aos materiais e R$ 539,41 à mão de obra.

A parcela dos materiais variou 0,39%, com alta de 0,06 ponto percentual em relação ao mês anterior (0,33%) e 0,12 ponto percentual em relação a maio de 2018 (0,27%).

Por outro lado, a parcela da mão de obra, com variação de -0,21%, caiu 0,57 ponto percentual em relação ao mês anterior (0,36%), e 1,07 ponto percentual em relação a maio de 2018 (0,86%).

De janeiro a maio, os acumulados foram 2,27% (materiais) e 0,91% (mão de obra), sendo que em 12 meses ficaram em 6,63% (materiais) e 2,25% (mão de obra).

Centro-Oeste tem menor variação
Com taxa negativa em todos os seus estados, a região Centro-Oeste apresentou a menor variação regional em maio: -0,13%.

As demais regiões registraram alta: 0,23% (Nordeste), 0,23% (Norte), 0,03% (Sudeste) e 0,16% (Sul).

Os custos regionais, por metro quadrado, foram: R$ 1.137,65 (Norte); R$ 1.052,90 (Nordeste); R$ 1.181,12 (Sudeste); R$ 1.177,85 (Sul) e R$ 1.130,22 (Centro-Oeste).

(Agência Brasil)

SiSU 2019 – Inscrições serão encerradas nesta sexta-feira

Encerra hoje (7), às 23h59min, o período para inscrições da segunda edição de 2019 do Sistema de Seleção Unificada (Sisu). A inscrição é feita no site do programa. Ao todo, são ofertadas 59.028 vagas em 76 instituições públicas de ensino em todo o país.

Podem participar os estudantes que fizeram prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) em 2018 e obtiveram nota na redação acima de zero. Pelo Sisu, os estudantes usam a nota do Enem para concorrer à vagas em instituições públicas de ensino superior.

Durante o período de inscrição, os candidatos podem escolher até duas opções de curso, em ordem de preferência, o local de oferta, o turno e a modalidade de concorrência. O candidato pode alterar as opções de cursos, assim como cancelar. A classificação no Sisu será feita com base na última alteração efetuada e confirmada pelo candidato no sistema.

Nota de corte

Durante o período de inscrição, uma vez por dia, o Sisu calcula a nota de corte, que é a menor para o candidato ficar entre os potencialmente selecionados. As notas de corte para cada curso são baseadas no número de vagas disponíveis e no total dos candidatos inscritos naquele curso, por modalidade de concorrência.

O cálculo é usado apenas com uma referência para auxiliar o candidato no monitoramento de sua inscrição e não garante a seleção para a vaga ofertada.

Cronograma

O Sisu terá uma única chamada, com resultado divulgado em 10 de junho de 2019 no portal, e nas instituições para as quais efetuou sua inscrição.

A matrícula ou o registro acadêmico na instituição para a qual o candidato foi selecionado na chamada regular deve ser feita nos dias 12 a 17 de junho de 2019.

Para participar da lista de espera, o candidato deverá manifestar seu interesse na página do Sisu, no período de 11 a 17 de junho de 2019. É possível manifestar interesse na lista de espera em apenas um dos cursos para o qual o candidato optou por concorrer em sua inscrição ao Sisu. No dia 19 as instituições convocam os candidatos em lista de espera.

(Agência Brasil)

Petrobras informa decisão favorável no STF aos seus planos

O Plenário do Supremo Tribunal Federal (STF) reverteu, nessa quinta-feira, decisão cautelar concedida pelo ministro Ricardo Lewandowski na ADI 5624, na parte em que condicionava as operações de venda de controle acionário de subsidiárias e controladas de empresas estatais à prévia autorização legislativa e à licitação.

Com isso, a Petrobras, por meio de sua assessoria de imprensa, informa que vai prosseguir com os seus desinvestimentos, observando ser “fundamentais para a redução do seu nível de endividamento e para a geração de valor através da gestão ativa de portfólio, em linha com seu Plano de Negócios e Gestão 2019-2023 e Plano de Resiliência, prestigiando a competitividade e os princípios constitucionais aplicáveis à companhia”.

Com relação à venda da participação de 90% da Petrobras na Transportadora Associada de Gás S.A. (TAG), a companhia adianta que o ministro Edson Fachin (STF) revogou a liminar concedida na Reclamação 33292, o que permite a conclusão da operação.

No que tange à venda de 100% de sua participação acionária da Araucária Nitrogenados S.A, suspensa por força de decisão liminar proferida pela Justiça Federal do Rio de Janeiro, a companhia esclarece que continuará na defesa de seus interesses, considerando a referida decisão do Plenário do Supremo Tribunal Federal.

Inflaçao pelo IGP-DI cai de 0,9% para 0,4%

O Índice Geral de Preços – Disponibilidade Interna (IGP-DI), medido pela Fundação Getúlio Vargas (FGV), registrou inflação de 0,4% em maio.

A taxa é menor que a apurada em abril (0,9%). O IGP-DI acumula 3,75% no ano e 6,93% em 12 meses.

A queda da taxa de abril para maio foi provocada pelos três subíndices que compõem o IGP-DI.

A inflação do Índice de Preços ao Produtor Amplo, que mede o varejo, caiu de 1,09% em abril para 0,52% em maio.

O Índice de Preços ao Consumidor, que analisa o varejo, recuou de 0,63% para 0,22%.

Já o Índice Nacional de Custo da Construção caiu de 0,38% em abril para 0,03% em maio.

(Agência Brasil)

Na visita que fez a Neymar, Bolsonaro acabou preso no elevador do hospital

427 5

O presidente Jair Bolsonaro ficou preso no elevador do Hospital Home, em Brasília, ao visitar Neymar, que se contundiu durante partida no Mané Garrincha. Quem viu a cena diz que a pane durou “tempo considerável”. A informação é da Coluna Painel, da Folha de S.Paulo desta sexta-feira.

Procurado, o hospital confirmou o episódio e disse que o elevador travou porque a comitiva presidencial superou a capacidade máxima.

“O equipamento demonstrou toda sua tecnologia e segurança ao entender que a situação de locomoção estaria comprometida pelo excesso de pessoas”, justificou a assessoria em nota.

(Foto – Divulgação)

Ministro da Educação afirma: Enem está garantido

O ministro da Educação, Abraham Weintraub, voltou a afirmar, nessa quinta-feira, que a aplicação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2019 está garantida. “Existe uma série de informações que estão sendo veiculadas a respeito do Enem. O Enem está garantido”, afirmou.

O ministro foi questionado por jornalistas após a publicação, nessa quinta, no Diário Oficial da União, da exoneração do diretor de Avaliação da Educação Básica do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), Francisco Vieira Garonce. A Diretoria de Avaliação da Educação Básica é responsável pelas avaliações aplicadas a estudantes desde o ensino infantil ao ensino médio. Estão a cargo da diretoria, por exemplo, o Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb) e o Enem.

Perguntado se já há alguém apontado para substituir Garonce, Weintraub não respondeu. “Os sistemas vão funcionar, têm robustez, o TCU [Tribunal de Contas da União] já autorizou as modificações para garantir a realização do Enem na data prevista. Então, por favor, não estou falando que foi alguém da imprensa, mas parem de circular informações de que [o Enem] está ameaçado, a sociedade merece respeito”, enfatizou.

Outro episódio que causou insegurança sobre a realização do Enem foi a decretação de falência da empresa RR Donnelley, que era detentora do contrato para a impressão do Enem. Como citado pelo ministro, o TCU autorizou, em abril, a contratação de nova gráfica. Foi escolhida a Valid S.A., garantindo a impressão das provas.

O ministro participou nesta quinta-feira da abertura do 12ª Congresso Brasileiro da Educação Superior Particular, que ocorre em Belo Horizonte (MG), até sábado (8).

Enem 2019

As provas do Enem serão aplicadas em dois domingos – dias 3 e 10 de novembro. Quem já concluiu o ensino médio ou vai concluir este ano pode usar as notas do Enem para se inscrever no Sistema de Seleção Unificada (Sisu), que oferece vagas em instituições públicas de ensino superior, no Programa Universidade para Todos (ProUni), e bolsas de estudo em instituições privadas de ensino superior, ou no Fundo de Financiamento Estudantil (Fies).

De acordo com o Inep, o Enem tem 5,1 milhões de participantes confirmados.

*A repórter viajou a convite da Associação Brasileira de Mantenedoras de Ensino Superior (Abmes)

(Agência Brsil)

Escola Nota Dez – Sobral fatura a maioria dos prêmios

Ivo Gomes, prefeito de Sobral, e Camilo Santana.

A cidade de Sobral (Zona Norte) ganhou destaque no Prêmio Escola Nota Dez, uma promoção do Governo do Ceará. Na lista das escolas vencedoras, 21 premiações. São nove escolas do 2º ano do Ensino Fundamental pelos bons resultados da alfabetização dos estudantes; 11 escolas do 5º ano do Ensino Fundamental e uma escola do 9º ano com base na proficiência dos estudantes em Língua Portuguesa e Matemática aferidas por meio do Sistema Permanente de Avaliação da Educação Básica (Spaece). Além dessas, 19 escolas faturaram placa de homenagem por terem alcançado a proficiência

Em todo o estado do Ceará, foram 150 escolas premiadas pelo melhor desempenho em cada etapa de ensino. O prêmio em dinheiro é equivalente a R$ 2 mil por cada aluno avaliado atendendo aos critérios do prêmio, enquanto as escolas apoiadas ganharam R$ 1 mil.

* Prêmio Escola Nota 10 – 2º ano do Ensino Fundamental:

Escola Deliza Lopes
(Distrito de Patos)

Escola Deputado Francisco Monte
(Distrito de Taperuaba)

Escola Elpídio Ribeiro da Silva
(Distrito de São José do Torto)

Escola José Ermírio de Moraes
(Sede – Padre Ibiapina)

Escola Maria do Carmo Andrade
(Sede – Bairro Pedrinhas)

Escola Professor Gerardo Rodrigues de Albuquerque
(Sede – Bairro Junco)

Escola Raimundo Pimentel Gomes
(Sede – Bairro Alto da Brasília)

Escola Raimundo Santana
(Distrito de Jaibaras – Barragem)

Escola Senador Carlos Jereissati
(Sede – Bairro Sinhá Sabóia)

* Prêmio Escola Nota 10 – 5º ano do Ensino Fundamental:

Escola Coronel José Leôncio
(Distrito de Jordão – Baracho)

Escola Deliza Lopes
(Distrito de Patos)

Escola Deputado Francisco Monte
(Distrito de Taperuaba)

Escola Frederico Auto Correia
(Distrito de Taperuaba – Vassouras)

Escola Jacira Mendes Oliveira
(Distrito de Jordão – São Francisco)

Escola José Arimatéia Alves
(Distrito de Bonfim)

Escola José Parente Prado
(Sede – Bairro Sumaré)

Escola Manoel Marinho
(Distrito de Caioca)

Escola Maria Yêdda Félix Frota Mont’Alverne
(Sede – Bairro Cidade Dr. José Euclides)

Escola Professor Gerardo Rodrigues de Albuquerque
(Sede – Bairro Junco)

Escola Raimundo Santana
(Distrito de Jaibaras – Barragem)

* Prêmio Escola Nota 10 – 9º ano do Ensino Fundamental:

Colégio Sobralense de Tempo Integral Maria de Fátima Souza Silva
(Distrito de Caracará).

RC – Depois de fechar empréstimos com organismos internacionais, agora é a vez do Banco Santander

RC assinando empréstimo do Banco Mundial. Já fechou outro com a CAF.

Depois de conquistar cerca de R$ 300 milhões de empréstimo junto ao Banco Mundial e outro com a CAF (R$ 580 milhões), eis que o prefeito Roberto Cláudio (PDT) não terá muito que andar falando mal do governo de Jair Bolsonaro (PSL).

O aval desse repasse veio da Secretaria do Tesouro Nacional, onde o titular é o cearense Mansueto Almeida. Para completar, saiu aval da União para que a gestão municipal pegue mais um empréstimo, agora de R$ 200 milhões que virão do Banco Santander.

O dinheiro será aplicado em projetos nas áreas da saúde, educação e, principalmente, pavimentação.

Se no passado, Roberto Cláudio contava com o ex-senador Eunício Oliveira para abrir portas, hoje tem Mansueto. Mas que não passe por ingrato como sempre alardeia o dirigente emedebista.

(Coluna do Eliomar de Lima, do O POVO desta sexta-feira)

Ministério da Cidadania alerta beneficiários do BPC para prazo de inscrição

Quem recebe o Benefício de Prestação Continuada (BPC) e ainda não realizou sua inscrição no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal pode ter o pagamento do benefício suspenso a partir de junho. De acordo com o Ministério da Cidadania, cerca de 1,1 milhão de beneficiários não haviam apresentado os dados ao Cadastro Único (CadÚnico). O número representa 23,7% do total de pessoas que recebem o BPC. O registro é obrigatório e a falta dele acarreta na suspensão do pagamento.

O BPC assegura o pagamento de um salário mínimo mensal para pessoas com deficiência e idosos com 65 anos ou mais de idade, que comprovem baixa renda. Atualmente, cerca de 4,6 milhões de beneficiários, entre idosos e pessoas com deficiência, recebem o BPC.

De acordo com a assessoria do ministério, quem ainda não realizou o cadastramento receberá uma carta de notificação do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). “O comunicado informa a pendência de inscrição no Cadastro e quais medidas precisam ser tomadas para manter o benefício ativo. Neste primeiro lote, os nascidos em janeiro estão sendo avisados durante o mês de abril, com bloqueio agendado para junho e suspensão em julho”, informou a assessoria.

Se até o fim de junho, com o benefício já bloqueado, os beneficiários não realizarem o cadastro, o BPC será suspenso no mês seguinte. Já quem nasceu em fevereiro, recebeu a notificação em maio. A previsão é de que o bloqueio do BPC ocorra em julho e a suspensão em agosto. Os últimos a terem o benefício suspenso, nascido em dezembro, devem receber a notificação do INSS em março, e ter o bloqueio efetivado em abril e a suspensão, em junho.

Inscrição

Para se inscrever no CadÚnico os beneficiários do BPC devem procurar um Centro de Referência de Assistência Social (Cras) ou a Secretaria de Assistência Social do município com documentos como CPF, identidade e comprovante de residência. A inscrição também pode ser feita pelo responsável familiar, desde que leve os documentos de todas as pessoas que moram com ele.

Além de manter o pagamento do benefício, quem recebe o BPC pode ter acesso a outras políticas sociais, como a Carteira do Idoso, que garante à pessoa idosa acesso a passagens interestaduais no transporte rodoviário, gratuitas ou com desconto de, no mínimo, 50%.

Também é possível acessar a Identidade Jovem (ID Jovem), voltada para jovens de 15 a 29 anos, que possibilita acesso aos benefícios de meia-entrada em eventos artístico-culturais e esportivos e também a vagas gratuitas ou com desconto no sistema de transporte coletivo interestadual; além de isenções de taxa para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e para concursos públicos.

Tem direito ao BPC brasileiros com renda familiar per capita inferior a um quarto do salário mínimo. O benefício é pago para a pessoa idosa, com idade de 65 anos ou mais e para pessoa com deficiência, de qualquer idade, de natureza física, mental, intelectual ou sensorial. O BPC não pode ser acumulado com outro benefício no âmbito da Seguridade Social, como, por exemplo, o seguro desemprego, a aposentadoria e a pensão, ou de outro regime, exceto com benefícios da assistência médica, pensões especiais de natureza indenizatória e a remuneração advinda de contrato de aprendizagem.

(Agência Brasil)

Ex-ministro de Lula agenda fala contra Bolsonaro em Fortaleza

O ex-ministro da Educação, Aloízio Mercadante, sua participação no debate “Reforma da Previdência e Valorização do Professor”, que o vereador Guilherme Sampaio (PT) puxará dia 15 próximo.

O encontro ocorrerá das 8 às 13 horas, no plenário da Câmara Municipal.

Será oportunidade de Mercadante bater duro na Nova Previdência e na política educacional do governo de Jair Bolsonaro.

(Foto – Agência Brasil)

Embaixada Britânica inscreve projetos na área dos Direitos Humanos

A Embaixada Britânica em Brasília receberá, até 16 de junho, candidaturas de projetos para a promoção de direitos humanos. As propostas podem ser submetidas por organizações da sociedade civil, organizações comerciais, governos, grupos de reflexão e organizações internacionais. O Governo Britânico vai custear propostas selecionadas até R$50 mil.

As candidaturas devem descrever a relação do projeto com os valores britânicos na área, como inibir as causas de violações dos direitos humanos, estimular o fortalecimento institucional e de governança, promover e proteger direitos humanos e apoiar a democracia e o Estado de direito. Além disso, é necessário detalhar a proposta de aplicação dos recursos financeiros oferecidos.

Áreas de Interesse

Os projetos selecionados devem estar relacionados, preferencialmente, a iniciativas nas seguintes áreas:

• Promovendo Direitos Humanos e Empresas: Práticas inovadoras ligadas ao combate ao trabalho escravo, transparência em cadeias de suprimento e a institucionalização de práticas e políticas públicas de direitos humanos e empresas.

• Celebrando a Diversidade: Promover a inclusão e proteção de grupos menos representados de forma que celebre sua participação nas sociedades.

• Protegendo Liberdades: Defender os direitos universais e promover práticas e políticas públicas que fortaleçam os direitos humanos, em particular os defensores de direitos humanos e propostas ligadas à proteção de jornalistas e profissionais de mídias. Esta área, excepcionalmente, admite projetos até R$69 mil.

SERVIÇO

*Os detalhes sobre a submissão de candidaturas estão disponíveis no site do governo britânico.

*Mais Informações – (61) 3329-2330.

Lei Rouanet – Produtor cultural lança livro sobre o tema em Sobral

O jornalista e produtor cultural Henilton Menezes lançará, às 19 horas desta sexta-feira, na Casa da Cultura de Sobral (Zona Norte), o livro “A Lei Rouanet: muito além dos (f)atos”.

A obra trata de um dos mais completos estudos brasileiros sobre a Lei Rouanet, reunindo uma enorme quantidade de detalhes e informações acerca dos procedimentos relativos ao incentivo fiscal federal no âmbito da Cultura.

Na ocasião, ele vai proferir palestra sobre o tema, dentro de uma programação que faz parte do Laboratório de Gestão Cultural ali ministrado.

Sobre o autor

Henilton Menezes é jornalista, gestor cultural, produtor musical e produtor cinematográfico. Gestor de cultura do Banco do Nordeste do Brasil (BNB) entre 2003 a 2009, foi responsável pela concepção e gestão de editais de cultura e pela instalação e gestão dos centros culturais do BNB em Souza (PB), Juazeiro do Norte e Fortaleza. Entre os anos 2010 e 2013, exerceu a função de Secretário de Fomento e Incentivo à Cultura do Ministério da Cultura.

SERVIÇO

*O evento é gratuito e aberto ao público.

(Foto – Reprodução)

Escritor Paulo Vieira receberá a Medalha Boticário Ferreira

O presidente da Federação Brasileira de Coaching (Febracis), Paulo Vieira, receberá, em sessão solene, na Câmara Municipal de Fortaleza, segunda-feira próxima, 10, a Medalha Boticário Ferreira. A entrega da comenda ocorrerá às 19 horas.

Paulo Vieira é escritor, conferencista internacional e PhD em Business Administration pela Florida Christian University, em Orlando, nos Estados Unidos. Autor dos best-sellers: O Poder da Ação, Fator de Enriquecimento, Poder e Alta Performance, Foco na Prática, Poder da Autorresponsabilidade e O Poder da Ação para Crianças – seis livros que estiveram simultaneamente entre os mais vendidos da Veja em agosto/2018.

Atua há vinte anos na área e é um dos mais conceituados coaches do Brasil, tendo acumulado mais de 10.800 horas em sessões de coaching individual e impactado mais de 40 milhões de pessoas em três continentes, através de livros, vídeos e treinamentos. No Youtube, possui um dos maiores canais de coaching do Brasil o Febracis Coaching, com mais de 500 mil inscritos e mais de 33 milhões de visualizações.

O autor, que está a mais de 160 semanas no ranking dos mais vendidos da Revista Veja, tem mais de 1 milhão e meio de cópias comercializadas e acaba de lançar seu mais novo livro, Criação de Riqueza. Além de escritor e coach, é fundador da Federação Brasileira de Coaching Integral Sistêmico (Febracis), uma das maiores empresas de coaching do mundo.

Entre 2011 e 2017, o faturamento da instituição aumentou em quase R$ 119 milhões. A federação tem cerca de 600 funcionários espalhados em 30 unidades no Brasil, em países como Estados Unidos, Angola e Portugal.

(Foto – Divulgação)

FCDL receberá para encontro-almoço novo superintendente do BNB no Ceará

O novo superintendente estadual do Banco do Nordeste no Ceará, Rodrigo Bourbon, será apresentado aos principais nomes do varejo cearense, durante reunião de diretoria da Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas (FCDL). Será nesta segunda-feira, às 12 horas, em clima de almoço comandado pelo presidente da entidade, Freitas Cordeiro.

Bourbon assumiu a função no lugar de Jorge Bagdeve, que agora é responsável pela superintendência do Rio Grande do Norte. Ele deve aproveitar o espaço na FCDL para apresentar as novidades e instrumentos de financiamento da política nacional de desenvolvimento regional do BNB.

(Foto – Divulgação)

 

Poupança registra retirada líquida de R$ 718,7 milhões em maio

Pelo segundo mês seguido, a poupança voltou a registrar mais retiradas que depósitos. No mês passado, os saques superaram os depósitos em R$ 718,7 milhões, informou hoje (6) o Banco Central. Em maio do ano passado, os correntistas tinham depositado R$ 2,4 bilhões a mais do que tinham retirado.
Com o resultado de maio, a caderneta de poupança acumula saques líquidos de R$ 16,997 bilhões nos cinco primeiros meses de 2019. No mesmo período do ano passado, as captações (depósitos) tinham superado as retiradas em R$ 1,71 bilhão.

Até 2014, os brasileiros depositavam mais do que retiravam da poupança. Naquele ano, as captações líquidas chegaram a R$ 24 bilhões. Com o início da recessão econômica, em 2015, os investidores passaram a retirar dinheiro da caderneta para cobrir dívidas, em um cenário de queda da renda e de aumento de desemprego.

Em 2015, R$ 53,57 bilhões foram sacados da poupança, a maior retirada líquida da história. Em 2016, os saques superaram os depósitos em R$ 40,7 bilhões. A tendência inverteu-se em 2017, quando as captações excederam as retiradas em R$ 17,12 bilhões, e em 2018 (captação líquida de R$ 38,26 bilhões.

Com rendimento de 70% da Taxa Selic (juros básicos da economia), a poupança está se tornando menos atrativa porque os juros básicos estão no menor nível da história, em 6,5% ao ano. Nos últimos meses, o investimento não tem conseguido garantir rendimentos acima da inflação.

Nos 12 meses terminados em abril, a poupança rendeu 4,16%. O Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA)-15, que funciona como uma prévia da inflação oficial, acumula 4,93% no mesmo período. Amanhã (7), o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulga o IPCA cheio de maio.

(Agência Brasil)

Pente-fino para os pobres, vista grossa para os bancos?

Com o título “O pente-fino dos pobres”, eis artigo de Plínio Bortolotti, que trata sobre ações do govern0 Bolsonaro, como o corte em programas como o Bolsa Família e benefícios do INSS, sem que haja mesmo procedimento para os ricos. Confira:

Tornou-se moda no governo – terminologia adotada pelos meios de comunicação – o uso da palavra “pente-fino” para referir-se a auditagens nos programas sociais para a verificar a existência de possíveis pagamentos indevidos. Da Bolsa Família, por exemplo, foram cortados 381 mil benefícios no primeiro mês deste ano, devido a “inadequações” e desligamentos voluntários, segundo o Ministério da Cidadania. O programa atende os muito pobres, com renda máxima até R$ 178 por pessoa da família. Ou seja, qualquer centavo a mais pode tornar o recebimento “inadequado”.

O tal “pente-fino” também foi usado no Instituto Nacional de Seguro Social (INSS) para a revisão de benefícios, isto é, para dificultar ao trabalhador o acesso a eles. No embalo, a medida provisória fez uma espécie de minirreforma da Previdência, endurecendo regras para o recebimento de aposentadoria rural, auxílio reclusão e auxílio maternidade. Diferentemente das normas de trânsito, que foram afrouxadas, no caso da Previdência elas foram arrochadas.

Mas a pergunta é, por que se passa “pente-fino” nos direitos dos pobres…

*Confira a íntegra do artigo no Blog do Plínio Bortolotti aqui.

Rede do IFCE deve aderir à paralisação nacional do dia 14 de junho

215 1

Professores, alunos e servidores do IFCE estão reunidos, nesta tarde de quinta-feira, em clima de assembleia geral, no Campus Fortaleza. Eles discutem os próximos passos da luta contra os cortes orçamentários que, como mostrou O POVO, fizeram com que o Instituto só tenha disponibilidade de recursos para custeio e, assim, ter condições de funcionar, até o mês de agosto.

O grupo está votando pela adesão à paralisação nacional que as centrais sindicais, movimentos sociais e partidos de esquerda marcaram para o próximo dia 14 de junho contra o governo Bolsonaro e, em especial, contra a reforma da Previdência.

A assembleia é unificada e conta com representações dos campi de Morada Nova, Tabuleiro do Norte, Baturité, Aracati, Camocim, Umirim, Tianguá, Tauá e Canindé.

(Foto – D. Moura)