Blog do Eliomar

Categorias para Brasil

Lava Jato – Rodrigo Janot se diz “suspeito” para investigar o senador Eunício Oliveira

eunicio_oliveira_recebe_comenda_-_stille_19

O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, se declarou “suspeito” para investigar o senador Eunício Oliveira (PMDB-CE) dentro da Operação Lava Jato. Num ofício enviado em setembro ao Supremo Tribunal Federal (STF), Janot, chefe do Ministério Público, alegou “motivo de foro íntimo” para não atuar num procedimento aberto na Corte para apurar uma doação suspeita de R$ 5 milhões feita para a campanha do peemedebista em 2014.

Dentro de um processo, um procurador ou juiz pode se recusar a atuar num caso quando admite que pode atuar sem imparcialidade. Nesses casos, ele pode se declarar suspeito quando for, por exemplo, amigo, inimigo credor, devedor ou se tiver algum interesse específico no caso.

Procurada pelo G1, a Procuradoria Geral da República (PGR) informou, por meio da assessoria de imprensa, que Janot não irá se manifestar sobre o motivo concreto da recusa em investigar Eunício.

O caso

Eunício Oliveira foi citado na delação premiada de Nelson José de Mello, ex-diretor de Relações Institucionais do grupo Hypermarcas, como destinatário de uma doação de R$ 5 milhões para sua campanha ao governo do Ceará em 2014.

(Portal G1)

Aécio Neves não é o único perdedor em Belo Horizonte

marcio-lacerda-20121007-size-598

O tucano Aécio Neves não foi o único derrotado nas eleições em Belo Horizonte.

O atual prefeito, Márcio Lacerda (PSB), sofreu um duplo revés. No primeiro turno, seu candidato, Délio Malheiros (PSD), terminou o pleito em quinto lugar, com apenas 5,45% dos votos.

E agora, no segundo turno, Lacerda apoiou o candidato derrotado, João Leite (PSDB). Com medo da rejeição à atual administração, João escondeu o apoio.

Após a derrota, Lacerda vê diminuírem as chances de se eleger governador em 2018, tanto como um candidato da terceira via quanto associado ao PSDB.

(Veja Online)

Festival UFC de Cultura fará seleção de bandas no Cineteatro São Luiz

marcoslessa

Marcos Lessa foi revelado nesse festival.

O Festival UFC de Cultura (www.facebook.com/FestivalUFCdeCultura) retorna neste ano ao calendário cultural cearense e já abre as portas para revelar novos músicos vinculados à Universidade Federal do Ceará. Os artistas e grupos universitários que passaram na “peneira” inicial disputam, na noite destas quinta (3) e sexta-feira (4), vagas na programação com um bônus extra: tocar no palco do Cineteatro São Luiz, que será sede da seletiva para o evento previsto para 23 a 25 deste mês, no Campus do Pici.

A prévia do Festival já projetou artistas de destaque local e nacional como Marcos Lessa, ex-The Voice Brasil; Selvagens à Procura de Lei, que já tocaram no Lollapalooza Brasil e têm três álbuns gravados; Lorena Nunes, revelada pela banda universitária Comparsas da Vivenda e escolhida para compor a trilha sonora da abertura das Olimpíadas Rio 2016; e Lídia Maria, que já se apresentou no Carnaval de Fortaleza e no São João do Nordeste, da Rede Globo.

Os escolhidos para disputar as vagas na programação enquadram-se em diversos estilos musicais, como rock clássico e alternativo, reggae, indie pop, música popular brasileira, metal alternativo, pop rock e música regional. Apresentam-se a partir das 18 horas de quinta-feira (3), representando a capital Fortaleza, os grupos Nafandus, LÉLIS, Subcelebs, Galba Andrade e Berg Menezes. Já no dia 4, tocam as fortalezenses Registro Geral VI, Interlude, Colossais e Barbearia Noturna, além da Mil Tons e Mais, representando o Campus da UFC em Sobral.

Os seis vencedores serão escolhidos através do voto do público presente à seletiva e da análise de uma banca julgadora composta por Marco Leonel Fukuda, jornalista, compositor e violonista; Mona Gadelha, cantora e coordenadora do Laboratório de Música da Escola Porto Iracema das Artes; e Antônio Duarte, professor do Departamento de Letras Vernáculas da UFC e coordenador do Sarau Entrepalavras.

Além da oportunidade de tocar no palco principal e no palco Espaço Mix do Festival UFC de Cultura, os grupos selecionados receberão cachês do evento. O resultado será conhecido ainda na noite do dia 4, após o show de encerramento.

Participação especial

Após a sequência de bandas universitárias da disputa, a noite do dia 4 será encerrada com show da banda convidada Capotes Pretos na Terra Marfim, revelada pela mesma seletiva de bandas e escolhida para tocar no palco principal do Festival UFC de Cultura há três anos. Criado em 2012, o grupo tornou-se conhecido pela prática do busking (tocar em calçadas, praças e outros espaços urbanos).

Neste show, apresenta um mix de canções dos EPs A Casa (2013) e Capotes Pretos na Terra Marfim (2015) com singles ainda inéditos. Com uma comunidade de fãs fiéis, soma apresentações no projeto Quinta Acústica do SESC, Festival Manifesta, Feira da Música, Mostra de Música Petrúcio Maia e Grito Rock Fortaleza. “Ficamos muito felizes de participar, pois pensamos até em nos inscrever na seletiva, já que ainda temos um integrante vinculado à UFC. Mas aí rolou o convite, e nos sentimos muito prestigiados. Ainda mais que a banda está completando exatamente quatro anos agora”, afirma Moisés Filipe, o Zéis, guitarrista do grupo.

DETALHE – O Festival UFC de Cultura (www.facebook.com/FestivalUFCdeCultura) tem patrocínio da Coelce, apoio cultural da Secretaria da Cultura do Estado do Ceará (Secult-CE) e do Cineteatro São Luiz, organização da Via de Comunicação e Cultura e realização do Centro de Treinamento e Desenvolvimento (Cetrede) e da Universidade Federal do Ceará.

(Site da UFC)

Justiça nega habeas corpus para Eduardo Cunha

eduardo_cunha_triste

O pedido de liminar para libertar Eduardo Cunha foi negado pelo desembargador João Pedro Gebran Neto, da 13ª Vara Federal de Curitiba.

De acordo com o colunista Lauro Jardim, do jornal O Globo, a decisão de 17 páginas indeferiu o pedido com alegações de que, para ele, Cunha despreza a lei, a coisa pública e a Justiça.

Agora, a defesa de Eduardo Cunha vai esperar que o TRF da 4ª Região (Porto Alegre) julgue o mérito do pedido de habeas corpus, o que só deve ocorrer dentro de um mês.

 

Maguila volta a ser internado

naom_5817622610d61

O ex-boxeador Maguila foi novamente internado em São Paulo. Ele deu entrada no último sábado no Hospital das Clínicas da capital paulista, mas seu quadro clínico ainda não foi divulgado.

Aos 58 anos, o ex-lutador teve alta recentemente após mais de dois anos tratando de males causados pela chamada “demência pugilística”, relativamente típica em atletas do boxe.

Em recente participação no “Programa Xuxa Menehel”, Maguila disse que “faria tudo de novo” e que “não se arrepende de nada” em relação à carreira que o consagrou no Brasil, mas que agora cobra o preço – ele tem 88 lutas no cartel e 77 vitórias.

(Com Agências)

Banco Central – Redução do endividamento público depende dos resultados das contas públicas

A reversão do crescimento do endividamento público depende do retorno dos resultados positivos das contas públicas e da volta do crescimento da economia. A avaliação é do chefe-adjunto do Departamento Econômico do Banco Central (BC), Fernando Rocha, que apresentou hoje (31), em Brasília, os resultados das contas públicas de setembro.

Para Rocha, o retorno dos resultados positivos das contas públicas e do crescimento econômico levará à estabilidade da dívida e posteriormente à redução do endividamento. Entretanto, essa redução ainda levará alguns anos para acontecer.

Ele lembrou que 2016 será o terceiro ano seguido com déficit primário, formado por receitas menos despesas, sem considerar os gastos com juros. E, no próximo ano, ainda há previsão no orçamento de resultado negativo de R$ 139 bilhões. Em 2016, a meta é de um déficit de R$ 163,9 bilhões.

Setor público tem déficit primário de R$ 26,643 bilhões

Em setembro, o setor público consolidado, formado por União, estados e municípios, registrou déficit primário de R$ 26,643 bilhões, o maior para o mês na série iniciada em dezembro de 2001. Nos nove meses do ano, o resultado negativo chegou a R$ 85,501 bilhões, também recorde para o período.

Rocha destacou que os resultados deficitários parecem estar em linha com a programação fiscal do governo para o ano. “O resultado primário vem mantendo sua trajetória de déficits, derivado fundamentalmente da atividade econômica”, disse. Ele explicou que, com a queda da economia, há redução da arrecadação e de impostos, enquanto as despesas seguem em trajetória de crescimento.

A dívida líquida do setor público – balanço entre o total de créditos e débitos dos governos federal, estaduais e municipais – somou R$ 2,699 trilhões em setembro, o que corresponde a 44,1% do Produto Interno Bruto (PIB – a soma de todas as riquezas produzidas pelo país), contra 43,3% de agosto.

A dívida bruta, que contabiliza apenas os passivos dos governos federal, estaduais e municipais, atingiu R$ 4,329 trilhões ou 70,7% do PIB, com elevação de 0,6 ponto percentual em relação a agosto. A previsão do BC é que neste mês a dívida líquida chegue a 45,4% do PIB. No caso da dívida bruta, a estimativa é de crescimento para 71,3% do PIB.

(Agência Brasil)

Apesar da repatriação, Brasil ainda tem R$ 1,27 trilhão não declarados no Exterior

dinheiro-voando_097bdfa3

Prevista para se encerrar nesta segunda (31), a Lei de Repatriação foi considerada um sucesso pelo governo. No entanto, um renomado tributarista estima que 100 mil brasileiros ainda mantenham 400 bilhões de dólares, ou 1,27 trilhões de reais, não declarados no exterior.

Até quinta a última quinta (28), a Receita arrecadou 45,78 bilhões de reais. O dinheiro corresponde a impostos e multas sobre 152,6 bilhões de reais regularizados.

Fortaleza terá seminário sobre Educação Fiscal

O Centro Regional do Ceará da Escola de Administração Fazendária (Esaf), com apoio da Fundação Sintaf, Receita Federal do Brasil, Secretaria da Fazenda, Secretaria Municipal das Finanças, Programa Nacional de Educação Fiscal (PNEF) e Programa de Educação Fiscal do Ceará (PEF), promoverá o seminário “Educação Fiscal Para Quê? O encontro ocorrerá nesta terça-feira, a partir das 13h30min, no auditório do Ministério da Fazenda.

Com mediação do Auditor Fiscal da Receita Federal, Marcelo Lettieri, a mesa redonda do seminário terá a participação dos expositores Dão Real Pereira e Alexandre Cialdini. Dão é Auditor Fiscal da Receita Federal e Diretor de Assuntos Institucionais do Instituto de Justiça Fiscal. Cialdini é Auditor Fiscal da Sefaz-CE, Diretor Geral da Fundação Sintaf e Doutorando em Administração Pública pela Universidade de Lisboa.

SERVIÇO

*As inscrições para participar do evento são gratuitas e são realizadas no site da Fundação Sintaf, www.fundacaosintaf.org.br.

*Será emitido certificado de quatro horas para os participantes.

*Contato: (85) 3223.6644/ (85) 992232180/ fundacao@fundacaosintaf.org.br/ Fanpage: Fundação Sintaf / Instagram: @fundacaosintaf

O banimento de Lula, Dilma e do PT

Com o título “O banimento de Lula, Dilma e do PT”, eis artigo do escritor e consultor político Ruy Câmara. Para ele, estas eleições serviram para dar um chega pra lá nos petistas e mostrar que a tese do golpe “não passou de um embuste ou de um sofisma de má-intenção que não encontra mais nenhum espaço social para prosperar.”

Terminadas as eleições municipais de 2016, podemos afirmar, sem medo de errar, que o banimento de Lula, de Dilma e do PT é o resultado mais objetivo da mudança de percepção política do eleitor e da sua participação consciente nas decisões eleitorais.

A rejeição e o repúdio da sociedade por Lula, por Dilma e pelos candidatos do PT ficaram mais do que evidentes nessas eleições, tanto que o PT com sua bandeira vermelha, foram praticamente varridos do mapa do Brasil. Esse banimento é uma prova incontentável de que o velho midas da organização criminosa, (Lula), perdeu totalmente o seu poder de eleger quem queria, como fez até recentemente, com a reeleição de Dilma.

Lula e Dilma simplesmente sumiram dos palanques, não por opções próprias, mas porque foram rejeitados até mesmo por seus companheiros. Essa foi a grande mudança.

O único candidato a prefeito de capital que aceitou a presença de Lula no seu palanque foi Fernando Hadad, em São Paulo, também por isso foi atropelado logo no 1º turno e de forma esmagadora por João Dória.

Nos demais municípios do Brasil em que Lula apareceu pedindo votos, todos os seus candidatos foram derrotados de forma humilhante. Em Juazeiro do Norte – Ce, por exemplo, Gilmar Bender (PDT) estava com as eleições praticamente nas mãos, mas bastou a presença de Lula no seu palanque para ele despencar na reta final e acabou sendo abatido por José Arnon (PTB), aliado de Dilma até a última hora e que, para a sorte sua, fora preterido por Lula. Com certeza se Lula tivesse subido no seu palanque, o prefeito de Juazeiro do Norte seria Gilmar Bender.

Cientes da ruína que desabou sobre o PT, Lula e Dilma não compareceram sequer às urnas para votar no 2º turno e cuidaram de inventar pretextos fajutas para evitar maiores vexames. A recusa de ambos de votarem nessas eleições, deixa bastante claro para o Brasil que, tanto Lula quanto Dilma se renderam ao óbvio, ou seja: ambos se tornaram indigentes políticos; que não têm mais nenhuma serventia eleitoral e que perderam totalmente o protagonismo e a importência.

O fato de Lula e Dilma optarem por se manterem em seus esconderijos no dia das eleições é uma demonstração cabal de que a famigerada tese do golpe levantada pelos petistas, por Ciro Gomes e por uma parte da esquerda ordinária que se locupleta impunemente no poder, não passou de um embuste ou de um sofisma de má-intenção que não encontra mais nenhum espaço social para prosperar.

Fica provado e arquiprovado que não foi nenhum suposto golpista que apeou Dilma, o PT e os petistas do mapa do Brasil e sim a urnas, por decisão soberana, irrevogável e sumária da imensa maioria do povo brasileiro.

O recado das urnas para Lula, Dilma, Marina Silva, Ciro Gomes e para o resto da camarilha que sonha chegar ao Palácio do Planalto reunindo os restos podres do petismo, foi bastante claro e pode ser traduzido assim: Lula, Dilma e o PT são três defuntos em adiantados estados de putrefação e urge sepultá-los em vala coletiva muito funda para todo o sempre.

*Ruy Câmara,

Escritor

http://blogdoescritorruycmara.blogspot.com.br/2016/10/o-banimento-de-lula-dilma-e-do-pt.html

Enem – Candidatos erram mais nas provas de matemática, física e quimica

As disciplinas da área de exatas são as vilãs para muitos estudantes nas provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), como mostra um levantamento sobre erros e acertos. Foi nas provas de matemática, física e química que os candidatos mais erraram questões no Enem entre os anos de 2009 e 2014. O levantamento foi feito pela plataforma AppProva a partir da análise de microdados do exame e o objetivo é auxiliar professores e estudantes para aprimorarem o desempenho nas provas. As provas do Enem serão realizadas nos dias 5 e 6 de novembro.

A taxa de acertos nestas três disciplinas foram as menores no período analisado. Em matemática, o índice de acerto foi de 29%. Tanto em química quanto em física, de 26%. Levando em conta apenas o exame de 2014, a taxa de acerto em química foi de 27% e em matemática e física, de 25%.

Dentro da matemática, os conteúdos que os estudantes mais erraram foram sistema de equações, funções do segundo grau e escala. Em física, o conteúdo campeão de erros é a dinâmica e em química há empate entre equilíbrio químico e estequiometria.

Matemática é a maior prova

O diretor do colégio e curso SEI, no Rio de Janeiro, Daniel Vitor Noleto, lembra que a prova de matemática é a maior do Enem, com 45 questões, e aponta algumas dicas para o candidato se sair bem. Ele aconselha os estudantes pesquisarem os conteúdos de matemática que mais têm caído nas provas do Enem para dedicar atenção a eles. Outra sugestão é também direcionar mais tempo de estudo para as áreas da matemática onde o estudante tem mais dificuldade.

“É importante ver o que você tem mais dificuldade dentro da matemática e estudar a fundo esse conteúdo, pesquisar o que mais tem caído em matemática, pegar esses assuntos que são mais importantes e estudar bem durante a reta final para garantir o máximo de pontos nesta que é uma a maior prova do Enem”, disse.

Taxas de acerto mais elevadas

Já as disciplinas com as maiores taxas de acerto no Enem entre 2009 e 2014 são língua portuguesa (44%), história (38%) e biologia (36%).

A prova do Enem é dividida em quatro áreas de conhecimento: ciências humanas; ciências da natureza; linguagens e códigos; e matemática. O levantamento também analisou os conteúdos que os candidatos mais acertaram dentro dessas áreas.

Em ciências humanas, houve mais acertos nos temas que envolvem ética e política, em ciências da natureza nos conteúdos de anatomia e filosofia. Na matemática, os estudantes acertaram mais progressões aritméticas e, em linguagens, a interpretação de propagandas.

A partir dos microdados do Enem divulgados pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), a plataforma AppProva analisou as taxas de acertos dos alunos por grandes áreas, disciplinas, conteúdos, habilidades e questões.

(Agência Brasil)

Defensoria pública quer liberação do Uber em Fortaleza

477 6

Uber-App

A Defensoria Pública do Estado do Ceará, por meio do Núcleo de Direitos Humanos e Ações Coletivas (NDHAC), ingressou com uma ação civil pública que visa a liberação e o livre exercício do aplicativo Uber em Fortaleza. O aplicativo, presente em 37 países, oferece um serviço semelhante ao táxi tradicional, conhecido popularmente como serviços de “carona remunerada”, onde a reserva é feita diretamente no celular usando a geolocalização.

A defensora pública responsável pela ação, Alexandra Rodrigues de Queiroz, enfatiza a legalidade do serviço: “A utilização da plataforma Uber atende aos fins sociais preconizados pela Carta Magna de 1988 e pela política de geração de empregos que a economia do País deveria seguir, pois é uma forma de inclusão no mercado de trabalho, gerando emprego e renda aos trabalhadores, bem como um benefício para a economia e para os consumidores. Inclusive, se encontra em consonância com o Marco Civil da Internet.”

Com a ação civil pública movida pela Defensoria Pública, caso o pedido seja apreciado pelo juiz correspondente, a liminar beneficiará todos que prestam este serviço.

Liminares

Em Fortaleza, a Justiça já concedeu duas liminares que autorizam motoristas que entraram individualmente na Justiça a exercerem suas funções sem fiscalização e perigo de terem seus carros apreendidos. A primeira decisão foi concedida pelo juiz Roberto Ferreira Facundo, da 29ª Vara Cível de Fortaleza, que negou a liminar pleiteada pelo Sindicato dos Taxistas e dos Condutores Autônomos de Veículos de Passageiros da Grande Fortaleza (Sinditaxi) que buscava a proibição do serviço.

A segunda liminar, concedida pela juíza Nádia Maria Frota Pereira, da 12ª Vara da Fazenda Pública, determina, por meio de um mandado de segurança, que a Prefeitura de Fortaleza, a Guarda Municipal de Fortaleza e a Empresa de Transportes Urbanos de Fortaleza (Etufor) não impeçam a atividade do profissional da empresa de transporte.

 

Mercado financeiro espera que inflação deste ano feche em 6,88%

Instituições financeiras consultadas pelo Banco Central (BC) esperam por inflação menor neste ano. De acordo com a pesquisa Focus, divulgada às segundas-feiras pelo BC, a projeção para a inflação, medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), caiu pela sétima vez seguida, ao passar de 6,89% para 6,88%.

Para 2017, a estimativa segue em 5%. As projeções ultrapassam o centro da meta que é 4,5%. O teto da meta é 6,5%, este ano, e 6% em 2017.

A projeção de instituições financeiras para a queda da economia (Produto Interno Bruto – PIB – a soma de todas as riquezas produzidas pelo país), este ano passou pela quarta piora seguida, ao ser ajustada de 3,22% para 3,30%. Para 2017, a expectativa de crescimento foi reduzida de 1,23% para 1,21%.

(Agência Brasil)

Michel Temer falará de crescimento de empregos na estreia da nova “Voz do Brasil”

temer-miuchel

Após passar por uma reformulação, estreia hoje a nova Voz do Brasil.
Quem participará do programa que nenhum brasileiro consegue fugir se ligar o rádio às 19 horas é Michel Temer.

Ele falará sobre as medidas de ajuste fiscal e da necessidade de retomada do crescimento para poder existir geração de empregos.

(Agência Brasil)

Renan e Sarney saem derrotados em seus redutos

O ex-presidente José Sarney (PMDB) e o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB), dois importantes caciques políticos nordestinos, saíram derrotados, respectivamente, das eleições em São Luís e Maceió.

Na capital do Maranhão, tanto o prefeito reeleito, Edivaldo Holanda Júnior (PDT), quanto o adversário Eduardo Braide (PMN) se recusaram a receber apoio da família Sarney, hoje rejeitada por parte da população de São Luís.

Já na capital alagoana, o tucano Rui Palmeira derrotou o deputado federal Cícero Almeida (PMDB), seu antecessor no cargo e candidato apoiado pelo filho do presidente do Senado, Renan Calheiros, o governador de Alagoas, Renan Filho.

(Com Agências)

Eleições Municipais podem ser anuladas em 147 cidades

O jornal O Globo destaca que, dos candidatos a prefeito mais votados no primeiro turno, 147 não obtiveram registro até agora. Eles entraram com recursos judiciais e devem ter a situação definida pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) até o fim de dezembro.

Em caso de indeferimento definitivo do registro, será necessário realizar nova eleição no município, de acordo com a minirreforma eleitoral aprovada recentemente pelo Congresso Nacional. A situação ocorre em 22 estados.

“Agora a lei não permite mais que o segundo lugar assuma, em se tratando de anulação da eleição, haverá a realização de eleição suplementar, e isso certamente no futuro vai estimular a judicialização gratuita, que é muito comum até aqui. Esse é um esforço que temos que fazer até dezembro, para definirmos todas as situações”, afirmou o presidente do TSE, Gilmar Mendes.

Secult lançará a XII Bienal Internacional do Livro do Ceará

fabianood

O secretário da Cultura do Ceará, Fabiano dos Santos, lançará nesta segunda-feira, a partir das 9 horas, a XII Bienal Internacional do Livro do Ceará. Com ele, a coordenadora de Políticas de Livro, Leitura, Literatura e Bibliotecas da Secult, Mileide Flores.

No ato, que ocorrerá no Teatro Carlos Câmara (Centro), serão apresentados o tema e os curadores da Bienal, assim como escritores e outros convidados já confirmados para participação no evento com palestras, debates, shows e outras atividades.

O lançamento é voltado para imprensa, livreiros, editoras, escritores, contadores de história, bibliotecários, ilustradores e demais interessados.

SERVIÇO

*Teatro Carlos Câmara – Rua Senador Alencar, 454, Centro.

Ciro vai retomar giro de palestras pelo Brasil, pós-campanha, em seu berço político: Sobral

foto ciro transnordestina

Ciro Gomes (PDT) chamou a atenção ontem também, quando acompanhou o prefeito Roberto Cláudio na hora da votação. Não pela língua solta, mas pela barriga que, protuberante, quase lembrava a de Moroni Torgan.

Eleição à parte, Ciro retoma agora, feliz com a vitória também em Fortaleza, seu giro de palestra. A partir de Sobral (Zona Norte), seu berço político, onde fez o irmão, Ivo, prefeito.

Atendendo a um convite dos alunos da UVA e da Faculdade Luciano Feijão, o exministro dará palestra dia 7 próximo, às 17 horas, no Centro de Convenções. O tema é “Direito e Sociedade”.

Pode vir novo aumento do gás de cozinha ainda neste ano

A Associação Brasileira dos Revendedores de GLP (ASMIRG-BR), em reunião com o Ministério das Minas e Energia, nesta semana, colocou a preocupação com as recentes ações da Petrobras. De acordo com a entidade, a estatal vem gerando uma grande instabilidade no mercado nacional. Há rumores de um corte na importação do GLP.

A ASMIRG-BR diz estar alertando para esse caos. Lamenta o monopólio no mercado nacional feito pela Petrobras. A associação diz que pode vir novo aumento para o consumidor na casa dos R$ 4,00, dependendo da marca e localização, pois existe uma variação nos anúncios das companhias distribuidoras e consequentemente um aumento com encargos tributários que são gerados em cada aumento do GLP.

Para a ASMIRG-BR, há necessidade de uma intervenção do governo federal no mercado. “O MME precisa reavaliar os conceitos aplicados em nossa legislação, das consequências e validar com cuidado. Qualquer que seja a proposta que está para vir, o gás de cozinha tem um custo na Petrobras por R$ 13,11 por botijão de 13 Kg. Mas com o preço livre, este botijão de gás de cozinha chega hoje ao consumidor brasileiro em até R$ 90,00. Seja quem for que esteja se beneficiando com preço baixo do gás na Petrobras, não é o consumidor e certamente não são nossas revendas”, completou.