Blog do Eliomar

Categorias para Brasil

Mercado financeiro eleva projeção da inflação para 7,61%

“A projeção de instituições financeiras para a inflação este ano subiu pela sétima vez consecutiva. Desta vez, a estimativa para o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) passou de 7,56% para 7,61%. Para 2017, a estimativa segue em 6%, de acordo com o boletim Focus, publicação divulgada semanalmente pelo Banco Central (BC), com base em projeções de instituições financeiras para os principais indicadores econômicos.

As estimativas de inflação estão distantes do centro da meta de 4,5%, e neste ano superam o teto de 6,5%. O limite superior da meta em 2017 é 6%.

Mesmo com inflação alta, as instituições financeiras não esperam que o BC suba a taxa básica de juros, a Selic, neste ano de retração da atividade econômica. A projeção para o final de 2016 permanece em 14,25% ao ano, há duas semanas. No próximo ano, a expectativa é de redução da taxa Selic. Mas a projeção para o fim de 2017 foi ajustada de 12,50% para 12,75% ao ano.

A taxa é usada nas negociações de títulos públicos no Sistema Especial de Liquidação e Custódia (Selic) e serve como referência para as demais taxas de juros da economia. Ao reajustá-la para cima, o BC contém o excesso de demanda que pressiona os preços, porque os juros mais altos encarecem o crédito e estimulam a poupança. Quando reduz os juros básicos, o Copom barateia o crédito e incentiva a produção e o consumo, mas alivia o controle sobre a inflação.

A pesquisa do BC divulgada hoje (15) também traz a projeção para a inflação medida pelo Índice Geral de Preços – Disponibilidade Interna (IGP-DI), que subiu de 7,72% para 7,98% este ano. A estimativa para 2017 segue em 5,50%.”

(Agência Brasil)

O ministro, o mosquito e o picolé

ff063422-7b20-4173-9f9c-92ddeb292070 (1)

Em meio à mobilização contra o mosquito Aedes aegpyti, em Fortaleza, no fim de semana, algo a mais preocupou o ministro da Justiça, Eduardo Cardozo: o forte calor que predominou na cidade.

Visivelmente incomodado, acabou não resistindo a um bom picolé como uma espécie de lenitivo para tanto quentura.

(Foto – Mauri Melo)

* Leia matérias no O POVO desta segunda-eira sobre o mosquito aqui e aqui.

“Janela partidária” pode atingir 10% dos deputados federais

“A promulgação, prometida para a próxima quinta-feira, da emenda constitucional que cria a chamada “janela da infidelidade”, liberando o troca-troca partidário sem perda de mandato por 30 dias, vai provocar uma intensa movimentação no Congresso Nacional, assembleias legislativas e câmaras de vereadores.

Segundo levantamento d’O Globo, no caso dos deputados federais, eleitos há apenas um ano e meio, as estimativas no Congresso são de que cerca de 10%, ou seja, 50 deles, podem deixar suas legendas por outros partidos.

Dirigentes das principais legendas acreditam que os recém-criados PMB e PROS podem ser os principais atingidos, mas admitem que as mudanças devem atingir muitos partidos — com perdas e ganhos.”

(Com O Globo)

Mobilizações contra o mosquito Aedes aegypti no Ceará foram positivas, diz SESA

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=lCV883JnA2M[/youtube]

A mobilização de autoridades e população, no fim de semana, contra o mosquito Aedes aegypti no Ceará, foi avaliada como positiva pela Secretaria da Saúde do Estado. no Ceará, o governador Camilo Santana e o ministro da Justiça, Eduardo Cardozo, puxaram a mobilização.

O coordenador de Regulação da Secretaria da Saúde do Estado, Alex Mont’Alverne, em conversa com o Blog, nesta segunda-feira, fez um avaliação e, ao mesmo tempo, defendeu a necessidade da volta da CPMF para o enfrentamento de problemas na área da saúde.

PIS dos nascidos em março e abril poderá poderá ser sacado a partir desta terça-feira

A partir desta terça-feira, os trabalhadores nascidos nos meses de março e abril poderão sacar o abono salarial do Programa de Integração Social (PIS). O saque do benefício pode ser feito nas agências da Caixa Econômica Federal ou por meio do Cartão do Cidadão nos canais de autoatendimento do banco, casas lotéricas e correspondentes Caixa Aqui.

Também serão pagos os rendimentos do saldo de quotas do PIS para os trabalhadores cadastrados no programa até 04/10/1988.

SERVIÇO

*Para saber se tem direito a receber o benefício de um salário mínimo, o trabalhador pode ligar no 0800 726 0207, opção 1, ou consultar o site da Caixa. Correntistas recebem o crédito do pagamento diretamente nas suas contas.

Nordestino é quem mais compra remédio no País

“O maior crescimento no volume de vendas em farmácias no Brasil, entre 2014 e 2015, foi no Nordeste. Na região, o indicador subiu 10%.

Em seguida vêm: Sul (8%); Sudeste (7%); Norte e Centro-Oeste (5%), A participação de mercado das regiões, em volume, ficou assim em 2015: 58% no Sudeste, 19% no Nordeste, 9% no Sul, 8% no Centro-Oeste e 5% no Norte.

Os dados são da IMS Health.”

(Lauro Jardim, do Globo)

Mercado da Aerolândia oferece uma programação para tirar a ressaca do Carnaval

eiror

O Mercado da Aerolândia, em Fortaleza, contará, neste sábado e domingo, com uma programação para tirar a ressaca do Carnaval, segundo organizadores.

Neste sábado, haverá show de humor de Ery Soares, a partir das 19 horas e, em seguida, a banda Dona Flor animará com muita música, apresentando o show “Amor em Três”. Ainda no sábado, os jovens do Projeto Kebra Mola, comandados pelo Mestre Juninho Brasil, continuarão o agito com o som percussivo.

Já no domingo, a programação contará com teatro e oficinas para adultos e crianças. A “Chaplin em Performance” traz a marcante e carismática figura do Carlitos como centro de três esquetes, são elas: ‘Chaplin, aventura e desventura’, ‘Chaplin e a peleja contra a morte’ e “Dois Chaplin’s em viagem”. Logo após o espetáculo, o educador, artista plástico, e músico, Marcos Melo realizará oficinas de reaproveitamento artístico e racional de sucata.

Programação

*Sábado (13)

19h – Show de Humor – Ery Soares
20h – Show – Banda Dona Flor
21h – Show – Kebra Mola

*Domingo (14)

17h – Chaplin em Performance
18 – Oficina com Marcos Melo.

BNB destina R$ 1,3 milhão para projetos esportivos

Um projeto esportivo em Fortaleza, voltado para o público infantil de baixa renda, com foco na prática do tênis. Outro, no Crato, estruturado em cinco vertentes (futsal, voleibol, handebol, fitness e atividades recreativas) que também contribui para a formação cidadã de crianças e jovens de sua comunidades de entorno. Em comum, os dois contam com apoio do Banco do Nordeste.

O projeto “Sacada Cidadã”, em Fortaleza, da Associação Recreativa dos Empregados dos Correios do Estado do Ceará, e o projeto “Mais Social”, no Crato, da Sociedade Proamiga Cariri, estão entre os cinco projetos patrocinados recentemente pelo Banco do Nordeste com base na Lei de Incentivo ao Esporte (nº 11.438/06), todos eles previamente aprovados pelo Ministério do Esporte.

Dentre os critérios utilizados para a seleção foi priorizado o caráter social inclusivo para o público infanto-juvenil de baixa renda, nas modalidades educacionais e de participação social. No total, R$ 1,3 milhão em impostos devidos foram revertidos em prol dessas iniciativas. As cidades em que estão sendo desenvolvidos os projetos selecionados são: Fortaleza (CE), Crato (CE), Santa Rita (PB), Saubara (BA) e Salvador (BA), todas na área de atuação do Banco do Nordeste.

Para o superintendente do Escritório Técnico de Estudos Econômicos do Nordeste (Etene), Fran Bezerra, o apoio financeiro a projetos esportivos reforça a missão do Banco do Nordeste como agente de desenvolvimento da Região. “Isso nos mantém em sintonia com as políticas do Governo Federal voltadas para o incentivo ao esporte como instrumento de inclusão social, consolidando importantes práticas de responsabilidade social no âmbito das atividades do Banco”, ressaltou.

(Site do BNB)

Copa Nordeste – “Vavá Maravilha” analisa o que pode se esperar da estreia dos clubes cearenses no certame

117 1

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=4AZEaY4q5QQ[/youtube]

O comentarista e narrador esportivo Evaristo Nogueira, o “Vavá Maravilha”, do programa Trem Bala, do Alan Neto, na TV O POVO, avaliou para o Blog, nesta sexta-feira, as perspectivas de Ceará e Fortaleza na Copa Nordeste.

O alvinegro pegará pela frente, neste domingo, o Vitória da Conquista, em Ilhéus (BA), enquanto o Fortaleza receberá, no Castelão, também neste domingo, o River do Piauí.

Na luta contra o Aedes aegypti, São Gonçalo do Amarante lançará o Programa Quintal Limpo

cludio_Pinho

Com a presença do ministro das Comunicações, André Figueiredo, o prefeito Cláudio Pinho, de São Gonçalo do Amarante (Região Metropolitana de Fortaleza), lançará, neste sábado, no distrito do Pecém, o Projeto Quintal Limpo.

Nessa estratégia, os agentes de endemias visitarão as residências e farão um check-list identificando as boas práticas que evitam a proliferação do Aedes aegypti. As residências que obtiverem pontuação máxima na avaliação, ganharão selo de compromisso no combate contra o mosquito. Paralelamente, segundo o prefeito, os garis farão a coleta do lixo nas casas para inibir a criação de novos focos do mosquito.

Para este dia, a Secretaria de Saúde organizou uma caminhada de sensibilização contra o mosquito junto aos moradores do Pecém. A caminhada, que se iniciará às 9 horas, contará com a participação do grupo Teatro de Rua, alunos da rede municipal, agentes de endemias, agentes de saúde, garis e autoridades locais.

 

Venda de material de construção caiu 20,5% em janeiro

“As vendas de materiais de construção caíram 20,5%, em janeiro, comparadas ao mesmo período do ano passado. Essa foi a 24ª queda consecutiva na comparação anual. No entanto, na comparação com o mês anterior – dezembro de 2015 – o setor obteve alta de 5% no faturamento. Já no acumulado dos últimos 12 meses, houve recuo de 13,9%. Os dados são da Associação Brasileira da Indústria de Materiais de Construção (Abramat).

Na comparação com janeiro de 2015, foram verificadas quedas tanto no faturamento dos materiais de base (-19,9%) quanto nos itens de acabamento (-21,4%). Sobre dezembro último, porém, as vendas de materiais de base aumentaram 2,9%, e no caso dos itens de acabamento houve alta de 8,5%. Nos últimos 12 meses, os materiais de base apresentaram recuo de 12,5% e os de acabamento queda de 16,2%.”

(Agência Brasil)

Qual a marca da gestão de Roberto Cláudio?

521 9

Com o título “Qual a marca administrativa do prefeito Roberto Cláudio? Parte 01”, eis artigo de Luiz Cláudio Ferreira Barbosa, sociólogo e consultor político. Eis um bom mote para reflexões do eleitorado e do Paço. Confira:

O prefeito Roberto Cláudio (PDT) tentará manter a tradição político-eleitoral do chefe do executivo municipal de se reeleger ou conquistar o segundo mandato, como fizeram os seus antecessores: Juracy Magalhães (2000) e Luzianne Lins (2008). O eleitorado fortalezense mantém na sua memoria as marcas administrativas das duas gestões públicas que conquistaram dois mandatos consecutivos à frente do Paço Municipal de Fortaleza. Qual a marca administrativa do prefeito Roberto Cláudio?

O ex-prefeito Juracy Magalhães (PMDB) construiu a sua marca administrativa em cima das grandes obras de infraestrutura e de mobilidade urbana, nos seus dois mandatos consecutivos (1997-2004). A política do asfalto e do concreto como foi batizado pela equipe de marketing das campanhas eleitorais (1996 / 2000) do peemedebista, que sempre mostrava as principais obras construídas: Hospital do IJF, viadutos, praças, etc… O eleitorado juracisista sempre foi maioria na opinião pública fortalezense por isso da eleição do próprio Juracy Magalhães e do seu sucessor no seu primeiro mandato (1990-1992), o ex-prefeito Antonio Cambraia (1993-1996), somente uma crise no campo político e ético foi responsável pelo declínio desse grupo político-eleitoral, mas não extinguiu o seu eleitorado. Juracy Magalhães representava uma oposição ao grupo dominante da política estadual, na época sob a liderança do ex-governador Tasso Jereissati (1987-2006).

A ex-prefeita Luzianne Lins (PT) é fruto da orfandade do eleitorado juracisista, que não teve candidatura que lhe representasse nos pleitos eleitorais de 2004 e 2008. O ex-prefeito Antonio Cambraia foi candidato na eleição de 2004, com apoio político-eleitoral dos tassistas (Tasso Jereissati – Lúcio Alcântara) e a candidatura juracista não tinha apoio na opinião pública; já no pleito eleitoral de 2008, não havia mais o grupo político do ex-prefeito Juracy Magalhães. O vácuo político foi preenchido pelo discurso social da candidata petista à Prefeitura de Fortaleza, a deputada estadual Luzianne Lins, com um perfeito marketing eleitoral da necessidade de cuidar das pessoas, numa clara alusão de contraponto a política do concreto e do asfalto.

As duas administrações municipais da ex-prefeita Luzianne Lins (2005-2012) coincidiram com período de implantação de várias políticas públicas do Governo Federal (Lula – Dilma Rousseff) na área social, como exemplo a Bolsa Família. Luzianne Lins teve a competência de criar a sua marca política-administrativa ancorada no período áureo das políticas públicas de redistribuição de renda do ex-presidente Lula e da presidente Dilma Rousseff, com apoio do grupo dominante da política estadual sob o comando do ex-governador Cid Gomes (2007-2014).

O prefeito Roberto Cláudio (PDT) procura construir a sua marca político-administrativa em cima das grandes obras de infraestrutura e das mobilidades urbanas, como também nas áreas sociais: Educação e Saúde. Roberto Cláudio não explorou a dicotomia ideológica no eleitorado fortalezense, mas pelo contrario, pois procura construir um ponto comum entre essas duas visões ou modelos administrativos. O prefeito poderia ser muito bom herdeiro da política do concreto e asfalto do ex-prefeito Juracy Magalhães, como também da política social da ex-prefeita Luzianne Lins, pois tem muito trabalho prestado nessas duas áreas. O problema é não saber destacar um ponto mais forte na sua gestão pública, por isso, às vezes, a sua marca administrativa não é percebida pelo cidadão-eleitor que tem preferencia por grandes obras de infraestrutura em detrimento das políticas sociais ou prefere a implantação de políticas sociais em detrimento da política do concreto e do asfalto. Roberto Cláudio deverá apostar numa campanha eleitoral que vise esse cidadão-eleitor que reconhece o valor dessas duas frentes de atuação da Prefeitura de Fortaleza.

* Luiz Cláudio Ferreira Barbosa,

Sociólogo e consultor político.

Dilma terá encontro com Lula em São Paulo

145 1

“A presidenta Dilma Rousseff se encontra esta tarde, em São Paulo, com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Por volta das 16h ela embarca para a capital paulista e volta a Brasília ainda hoje (12). Além de Lula e Dilma, outros petistas ligados ao ex-presidente devem participar do encontro.

A reunião entre os dois, a segunda do ano, não estava prevista inicialmente na agenda presidencial. No início do mês passado, Dilma, Lula e o presidente nacional do PT, Rui Falcão, se encontraram em Brasília.

As conversas ocorrem no momento em que um sítio frequentado pelo ex-presidente no interior de São Paulo passou a ser alvo de inquérito da Justiça Federal, para investigar possíveis vínculos com empreiteiras investigadas na Operação Lava Jato. Nessa quinta-feira (11), o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, disse que a oposição tenta “a cada passo” atingir Lula.

Neste sábado (13), a presidenta irá ao Rio de Janeiro participar da mobilização nacional de combate ao Aedes aegypti, transmissor do vírus Zika.”

(Agência Brasil)

Por que não rir e brincar em qualquer estação do ano?

Com o título “Carnaval sem carnaval”, eis artigo de Demétrio Andrade, jornalista e sociólogo. Ele aborda memórias, tédios e descanso tendo como enredo a folia. Confira:

Há muito deixei de brincar carnaval. Nada contra quem brinca. Acho bonito. Gosto de algumas músicas. Amo samba e frevo. Até porque toco numa banda que prioriza estes ritmos há mais de dez anos. Gosto da sensação de liberdade que transcorre durante o período, das loucuras e da criatividade exposta pelos foliões.

Mas nunca me senti à vontade no meio do furdunço. Geralmente, quando mais novo, para encarar a multidão e a zoada, “enchia a lata” e procurava alguém para “ficar” e levar para algum lugar mais calmo, longe dali. Depois de casado, claro, este movimento perdeu o sentido. E a folia, por consequência, também. Em suma, a festa pela festa nunca me interessou.

Aliás, é bom que se frise, ver desfile de escola de samba pela televisão é, para mim, a mais completa expressão do tédio. Guardo um profundo respeito pelas escolas do Rio de Janeiro – principalmente as mais tradicionais, como a Portela, por quem tenho apreço – pela sua história e seus compositores. Mas acho os desfiles e os sambas de enredo – com raríssimas exceções – produtos já absolutamente desgastados pela exploração mercadológica, além de professarem uma estrutura harmônica repetida ao extremo.

Este ano, ficando em casa, mesmo com a profusão de boas atrações oferecidas em Fortaleza, não senti novamente a menor falta. E resolvi pensar sobre o assunto e escrever a respeito, porque queria entender melhor este meu comportamento, um tanto quanto contraditório.

De antemão, não gosto de multidões. Talvez somente em estádios de futebol. Mesmo assim, confesso que prefiro o conforto de assistir ao jogo em casa do que o deslocamento. A preguiça me pega às vezes. Tenho consciência, porém, que a experiência de ver o jogo do seu time in loco é única e insubstituível.

Mas a razão principal da minha distância não é essa. Descobri que desconfio de toda aquela alegria. Uma alegria, com permissão da palavra, quase desesperada. Como se ela estivesse presa em algum lugar durante o resto do ano. Como diria Caetano, “respeito muito minhas lágrimas, mas ainda mais minha risada”. Sou um cara bem longe de ser simpático, mas gosto de manter meu bom humor e me reservo o direito de beber, rir e brincar em qualquer estação do ano.

Quem sabe um dia eu monto um bloco. Por enquanto, meu bloco é minha banda. Gosto de ficar naquele lugar, tocando e cantando, com as pessoas no entorno, todo final de semana. Aquilo é o meu carnaval. Quem sabe, algum diz, a folia permaneça por mais tempo, apareça em mais lugares e se torne uma realidade um tanto mais palpável.

* Demétrio Andrade,

Jornalista e sociólogo.

Municípios podem pedir ajuda das Forças Armadas para combater o Aedes aegypti

“O secretário nacional de Proteção e Defesa Civil, Adriano Pereira Júnior, disse hoje (12) que estados e municípios podem pedir o apoio das Forças Armadas para reforçar o combate ao mosquito Aedes aegypti, independentemente da mobilização nacional, marcada para amanhã (13). Segundo ele, cerca de 300 mil agentes comunitários de saúde e agentes de combate a endemias agem diariamente para eliminar o vetor do vírus Zika, também transmissor da dengue e da chikungunya.

“Temos mais de 3 mil militares [das Forças Armadas] trabalhando diariamente, eliminando criadouros do mosquito, em todos os municípios que solicitaram [ajuda]. Aqueles que verificaram que o número de agentes era insuficiente para cumprir as metas e precisou de reforço, solicitou apoio, e o governo federal colocou à disposição os militares”, explicou o secretário Adriano Pereira, em entrevista ao programa Brasil em Pauta, produzido pela Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República em parceria com a EBC Serviços.

Neste sábado, ocorre o Dia Nacional de Mobilização para o Combate ao Aedes aegypti. Cerca de 220 mil militares foram deslocados para a ação promovida pelo governo federal. Eles vão acompanhar os agentes de saúde no trabalho de conscientização, de casa em casa, para mobilizar famílias no combate ao mosquito. Três milhões de famílias deverão ser visitadas em casa, em 350 municípios.

As cidades escolhidas foram aquelas com a presença de unidades militares e aquelas com maior incidência do mosquito, de acordo com dados do Ministério da Saúde. Segundo Pereira, não é possível saber o nível de infestação nacional do Aedes aegypti, mas deve ultrapassar 1% – que é o considerado aceitável pela Organização Mundial da Saúde.”

(Agência Brasil)

Saiu a relação dos candidatos aptos em lista de espera do Sisu 2016

“Um total de 2.203 vagas permanece disponível na Universidade Federal do Ceará, para ser ofertado em chamada de lista de espera, divulgada na noite de quinta-feira (11) pela Instituição. A relação dos candidatos está disponível no site do Sisu na UFC (http://is.gd/VzcfGq)

As listas contêm as relações de candidatos aptos por curso, grau, turno e classe de concorrência, em ordem de classificação, assim como o quantitativo de vagas que deverá ser preenchido pela chamada, seguindo os mesmos critérios.

Os candidatos selecionados aparecem na lista com seu nome identificado como “classificado”. Estes deverão comparecer,entre 15 e 19 de fevereiro, na data e horário estabelecidos para cada curso, à Pró-Reitoria de Graduação (Prograd), no Campus do Pici Prof. Prisco Bezerra, em Fortaleza.

Já os chamados para os campi do Interior deverão fazer a matrícula presencial nas diretorias de seus respectivos cursos, de 16 a 18 de fevereiro, também respeitando o cronograma de cursos.

* Confira o Calendário de Solicitação de Matrícula para a Lista de Espera (http://is.gd/Zt8Bpg)

A Coordenação do Sisu na UFC esclarece que a chamada neste ano será presencial, mas não nominal. Os portões não serão fechados, e os candidatos poderão comparecer a qualquer momento dentro do dia e horário estabelecido para seu curso para solicitar matrícula, como ocorreu na chamada regular.

SERVIÇO

Para solicitar a matrícula, o candidato classificado deverá gerar a etiqueta de identificação do candidato (http://appserver.prograd.ufc.br/sisu/etiquetas/). “

(Site da UFC)

Casal uruguaio, que percorre a América Latina desde 2012, faz escala em Fortaleza

3cbd2862-c4eb-4d28-8996-0caea77a544c

Este casal de uruguaios está percorrendo toda a América Latina. Saiu de Montevidéu em dezembro de 2012.

Mário Sabah e sua mulher, Serrana, já passaram por quase todo o Continente, e, girando pelo Brasil de furgão, fez escala em Manaus (AM) e Belém (PA) e agora está em Fortaleza.

O casal, que descansa um pouco e conhece a cidade, estacionou o furgão em frente ao Clube Náutico, na avenida Beira Mar. Vai pegar a estrada novamente na segunda-feira.

(Foto – Tadashi Enomoto)

Juiz determina guarda compartilhada de cão durante processo de divórcio

257 1

cachorro

“Por reconhecer os animais como sujeitos de direito nas ações referentes às desagregações familiares, o juiz Fernando Henrique Pinto, da 2ª Vara de Família e Sucessões de Jacareí (SP), estabeleceu a guarda alternada de um cão entre ex-marido e ex-mulher.

Em sua decisão, Pinto apontou que o cão não pode ser vendido, para que a renda seja dividida entre o antigo casal. Além disso, diz, por se tratar de um ser vivo, a sentença deve levar em conta critérios éticos e cabe analogia com a guarda de humano incapaz.

Citando estudos científicos sobre o comportamento de animais e leis relacionadas ao tema, o magistrado afirmou: “Diante da realidade científica, normativa e jurisprudencial, não se poderá resolver a ‘partilha’ de um animal (não humano) doméstico, por exemplo, por alienação judicial e posterior divisão do produto da venda, porque ele não é mera ‘coisa’.

O casal está em processo de separação judicial e, provisoriamente, a guarda do cão será alternada: uma semana de permanência na casa de cada um. A ação tramita em segredo de Justiça por envolver questão de Direito de Família.”

(Site Consultor Jurídico)