Blog do Eliomar

Categorias para Brasil

No protesto contra Temer em Fortaleza, Tiririca e Ronaldo Martins foram lembrados. Moroni, não!

tiririca1

Tiririca votou pelo impeachment de Dilma

Servidores públicos das esferas municipal, estadual e federal paralisaram atividades para participar da VII Marcha dos Servidores Municipais, durante a manhã de ontem, 16, no Centro de Fortaleza.

Com o tema “Servidores em luta – Contra o desmonte dos municípios e dos direitos”, o direcionamento era especialmente contra a desestruturação dos serviços das prefeituras no período de eleições, mas o alvo principal das reivindicações de cerca de 10 mil pessoas – de acordo com a organização – foi o presidente Michel Temer (PMDB) e reformas acenadas pelo Governo Federal, segundo matéria do O POVO.

Ainda na matéria, há um dado que chama a atenção:  os manifestantes levavam cartazes com o rostinho de deputados federais que votaram pelo impeachment de Dilma Rousseff. Destaques para o deputado federal Ronaldo Martins, que disputa a Prefeitura de Fortaleza pelo PRB e para o deputado federal Tiririca, humorista cearense que foi eleito pelo PR de São Paulo.

morio

DETALHE – A turma do protesto se esqueceu de que o deputado federal Moroni Torgan (DEM), postulante a vice do prefeito Roberto Cláudio (PDT), também votou pelo impeachment de Dilma.

A partir deste sábado, candidatos só poderão ser presos em flagrante delito

“Nenhum candidato a prefeito, vice-prefeito ou vereador poderá ser detido ou preso, salvo em flagrante delito, a partir deste sábado (17/9). A medida faz parte de dispositivo do Código Eleitoral (Lei 4.737/65).

O ministro Admar Gonzaga, do Tribunal Superior Eleitoral, explica que a medida é necessária para impedir que prisões sejam usadas “como elemento de constrangimento político, afastando o candidato da campanha, o que não pode ser admitido em uma democracia, salvo se houver flagrante delito”.

(Site do TSE)

Daniel Dias faturou mais um ouro e ainda bateu seu recorde mundial

daniee

“O brasileiro Daniel Dias conquistou o ouro para o Brasil na prova de 50 metros nado de costas, levando a torcida à loucura no Estádio Olímpico de natação. A medalha de prata ficou com Andrew Mullen, da Grã-Bretanha, e a de bronze, com Zsolt Vereckei, da Hungria.

Daniel Dias dominou a prova desde a largada e terminou com 35.40, ficando acima do seu próprio recorde mundial, de 34.95.

Nesta sexta-feira (16), três nadadores brasileiros competiram antes de Daniel, mas não conseguiram chegar ao pódio: Ronystony Cordeiro ficou em 7º, na categoria S4, nos 50 metros nado de costas; Edenia Garcia ficou em 7º, na categoria S4, nos 50 metros nado de costas, e Carlos Farrenberg ficou em 5º, na categoria S13, nos 100 metros nado livre.”

(Agência Brasil)

Domingos Montagner protagonizou contra câncer infantil pouco antes de morrer

[embedyt] http://www.youtube.com/watch?v=3YyBmQYCk3k[/embedyt]

“Vítima de um afogamento fatal na última quinta (15), o ator Domingos Montagner participou de uma campanha de combate ao câncer infantil pouco antes de morrer.
Gravado há uma semana, o vídeo faz parte da campanha “Setembro Dourado”, da Confederação Nacional das Instituições de Apoio e Assistência à Criança e ao Adolescente com Câncer (CONNIAC).

Trata-se de um alerta para a importância do diagnóstico precoce do câncer infanto-juvenil, já que no Brasil a descoberta tardia é considerada acima dos padrões aceitáveis internacionalmente.

“Ele ajudou nossa instituição por anos, inclusive recrutando outros artistas da Globo”, conta Rilder Campos, presidente da CONNIAC. “Domingos estava sempre disponível e se envolvia muito na causa. Temos um grupo no WhatsApp com mais de 50 instituições Brasil afora. Foi uma comoção, todos estão em choque”, disse Campos.

(Veja Online)

Brasil perdeu 1,5 milhão de postos formais de trabalho em 2015

“A recessão econômica do ano passado teve efeitos perversos no mercado de trabalho. Em 2015, o Brasil perdeu 1,51 milhão de postos formais, segundo a Relação Anual de Informações Sociais (Rais), divulgada hoje (16) pelo Ministério do Trabalho. O resultado é o pior da série histórica, iniciada em 1985.

A retração no mercado de trabalho fez o número de trabalhadores formais (com carteira assinada) cair de 49,6 milhões no fim e 2014 para 48,1 milhões no fim do ano passado. Essa foi a primeira vez desde 1992 em que o país acumulou perdas de empregos no mercado formal de trabalho. Naquele ano, o Brasil tinha eliminado 623 mil vagas.

Divulgada uma vez por ano, a Rais é mais ampla que o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) e engloba não apenas os trabalhadores do setor privado, mas trabalhadores temporários e servidores públicos federais, estaduais e municipais. Para medir o desempenho do mercado de trabalho, a Rais contabiliza a diferença entre as contratações e as dispensas.

As demissões em massa e as contratações por salários mais baixos afetaram os rendimentos médios reais dos trabalhadores, que recuaram 2,56% em 2015 em relação a 2014. Em valores absolutos, a remuneração média individual caiu de R$ 2.725,28 em 2014 para R$ 2.655,60 em 2015.

Na comparação por setores da economia, apenas a agropecuária contratou mais do que demitiu no ano passado, tendo criado 20,9 mil vagas formais. Os demais setores registraram quedas, com destaque para indústria de transformação (-604,1 mil), construção civil (-393 mil) e comércio (-195,5 mil).

Entre as regiões, o Sudeste foi a que mais eliminou postos de trabalho, com 900,3 mil trabalhadores a menos. Em seguida, vêm o Nordeste (-233,6 mil) e o Sul (-217,2 mil). Apenas três estados acumularam aumento no número de empregos formais em 2015: Piauí (3 mil), Acre (2,8 mil) e Roraima (2,2 mil).

Em relação à faixa etária, o desemprego afetou principalmente os jovens. Na faixa de 18 a 24 anos, foram eliminados 673,4 mil postos de trabalho, contra 477,8 mil entre 25 e 29 anos, 233,9 mil de 30 a 39 anos, 172,1 mil de 40 a 49 anos, e 107,7 mil na faixa até 17 anos. Somente a categoria acima de 50 anos registrou ampliação de vagas: 154,4 mil.”

(Agência Brasil)

Temer falará na 71ª Assembleia Geral da ONU

temertime

O presidente Michel Temer passa o fim de semana em São Paulo, onde vai participar de reuniões com assessores e ministros.

No domingo (18), ele embarca para Nova York, onde abrirá a 71ª Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU). Conforme tradição iniciada em 1947, com o discurso inaugural feito pelo diplomata brasileiro Osvaldo Aranha, cabe ao Brasil abrir a assembleia na terça-feira (20). Esta será a segunda viagem oficial ao exterior feita por Temer após ter assumido o cargo.

Em entrevista publicada ontem (15) pelo Wall Street Journal, Temer já deu uma prévia de quais serão seus interesses na viagem: mostrar aos investidores e empresários estrangeiros que o Brasil está aberto e interessado em fazer negócios de forma segura, agora que seu governo não é mais interino. Na entrevista, Temer disse que as incertezas políticas no Brasil estão diminuindo.

Na quarta-feira (14), o embaixador Fernando Simas Magalhães, antecipou alguns temas-chave prioritários para o Brasil, que deverão ser abordados pelo presidente Temer no discurso de abertura da assembleia geral. Segundo o embaixador, Temer falará sobre cenário econômico, comércio internacional, mudança de clima, crise de refugiados, paz e segurança internacional.

A reforma da governança das Nações Unidas também deverá ser abordada, “não apenas do Conselho de Segurança, mas de métodos de trabalho, de forma mais ampla”, disse o embaixador, em entrevista veiculada pela NBR.

Na segunda-feira (19), Temer participará de uma reunião sobre migrantes e refugiados, convocada pelo secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon. Ao final da reunião, será aprovada uma decisão política que dará início a um processo de negociação sobre refugiados que pode se estender até 2018, quando dois pactos globais serão adotados: “Sobre o compartilhamento de responsabilidades relativas aos refugiados” e “Migrações seguras, regulares e ordenadas”.

Na quarta-feira, o presidente brasileiro entregará formalmente à ONU os instrumentos de ratificação do Acordo de Paris sobre mudança do clima. A adesão brasileira foi confirmada segunda-feira passada. No mesmo dia, Temer participará de uma reunião privada com um grupo de 20 a 25 executivos representantes de fundos de investimento e de um almoço com empresários.

Aproveitando a viagem aos Estados Unidos, Temer terá encontros bilaterais com os presidentes da Nigéria, de Portugal e do Uruguai – agenda que, segundo o Itamaraty, poderá ser ampliada nos próximos dias. Temer encontrará também o presidente do Fórum Econômico Mundial, Klaus Schwab.

A 71ª Assembleia Geral da ONU terá como tema Os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, o impulso universal para transformar nosso mundo.”

(Agência Brasil)

Justiça Federal mantém suspensão da lei que obriga motorista a acender farol em rodovias

farol-baixo1461856670

“A Justiça Federal em Brasília negou hoje (16) recurso da Advocacia-Geral da União (AGU) e decidiu manter a suspensão da Lei 13.290/2016, conhecida como “Lei do Farol Baixo”, que obrigava condutores de todo o país a acender o farol do veículo durante o dia em rodovias.

No dia 2 de setembro, o juiz Renato Borelli, da 20ª Vara Federal em Brasília, aceitou pedido liminar da Associação Nacional de Proteção Mútua aos Proprietários de Veículos Automotores (ADPVA) e entendeu que os condutores não podem ser penalizados pela falta de sinalização sobre a localização exata das rodovias.

Na ação, a associação citou o caso específico de Brasília, onde existem várias rodovias dentro do perímetro urbano. “Em cidades como Brasília, exemplificativamente, as ruas, avenidas, vias, estradas e rodovias penetram o perímetro urbano e se entrelaçam. Absolutamente impossível, mesmo para os que bem conhecem a capital da República, identificar quando começa uma via e termina uma rodovia estadual, de modo a se ter certeza quando exigível o farol acesso e quando dispensável”, disse a entidade.

A lei foi sancionada pelo presidente interino Michel Temer no dia 24 de maio. A mudança teve origem em um projeto de lei apresentado pelo deputado federal Rubens Bueno (PPS-PR) e foi aprovada pelo Senado em abril. A multa para quem descumprisse a regra, considerada infração média, era R$ 85,13, com a perda de quatro pontos na carteira de habilitação.

O objetivo da medida foi aumentar a segurança nas estradas, reduzindo o número de acidentes frontais. Segundo o Departamento Nacional de Trânsito (Denatran), estudos indicam que a presença de luzes acesas reduz entre 5% e 10% o número de colisões entre veículos durante o dia.”

(Agência Brasil)

Fortaleza ganha uma galeria de arte contemporânea

427 1

nuss

Fortaleza ganhará uma galeria de arte contemporânea.

Será inaugurada na próxima sexta-feira (23), às 19 horas, a Sem Título Galeria, com a exposição “Em Desalinho”, reunindo, até dezembro deste ano, trabalhos de 10 artistas brasileiros.

A curadoria é de Júnior Pimenta e Ana Cecília Soares.

Artistas

Célio Celestino, Dalton Paula, Gilvan Bezerra, Henrique Viudez, Ingra Rabelo, Jas-One, José de Arimateia, Luiza Veras, Maurício Coutinho e Yuri Firmeza.

SERVIÇO

*Sem Título Galeria – Rua João Carvalho, 66 – Bairro Aldeota.

Shopping RioMar oferece o “pula-pula gigante”

pula-pula-gigante-atrao-em-shopping-o-povo
O Shopping RioMar oferece ao fortalezenses uma atração difernete: um pula-pula gigante. O equipamento fez sucesso em países como Estados Unidos, Canadá e Austrália e já está à disposição de quem quer virar criança à vontade.
No “Trampolim Park”, as pessoas podem se divertir sem qualquer contato com eletrônicos. O pula-pula, com mais de 180 m2, coberto com camas elásticas, vai operar até o dia 10 de outubro.
SERVIÇO
*Horário – Das 10 horas às 22 horas, na Praça de Eventos 2.
*Ingressos – R$ 20,00 por 15 minutos e R$ 1,00 por cada minuto adicional
*Idade mínima: Crianças a partir de 3 anos acompanhadas por adultos. Sem limite de idade, peso ou altura.
(Foto – O POVO Online)

PT fará mobilizações em solidariedade a Lula

foto lula 2016

“O presidente do PT, Rui Falcão, anunciou hoje (16) em um hotel paulista que o partido tomou três decisões durante reunião de seu diretório nacional, ocorrida ontem, em São Paulo. Uma delas será a de elaborar um calendário de mobilizações em solidariedade ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Segundo ele, os atos ocorrerão ao longo deste mês.

Uma outra decisão é a de encaminhar uma nota padrão, em solidariedade ao ex-presidente Lula, para todos os candidatos do partido. A ideia é recomendar que eles leiam a nota nos programas políticos ou campanhas. “Vamos recomendar a todos nossos candidatos, das capitais e das cidades que tenham segundo turno, que, em transmissão de rádio e TV, leiam uma nota de solidariedade ao Lula e de denúncia do golpe continuado”, afirmou, em entrevista coletiva.

De acordo com o presidente do PT, a leitura da nota não será obrigatória, mas sim uma orientação do partido. “Vamos remeter a nota e dizer que essa é uma orientação do diretório nacional”, disse ele.

Uma terceira decisão tomada foi a de antecipar as eleições da direção do partido. Segundo Falcão, a eleição deve ocorrer no primeiro semestre de 2017. “Vamos renovar a direção no primeiro semestre de 2017. E essa renovação será feita pelo sexto congresso de base. E esse congresso terá seu lançamento já no mês de dezembro. As pautas e os critérios serão decididos no dia 7 de outubro, quando vamos aproveitar também para fazer um balanço do primeiro turno”, afirmou.

Falcão disse que o partido ainda não trabalha com as eleições de 2018, e que não trabalha com outra possibilidade de candidatura para a presidência da República neste momento que não seja Lula. “Não é o caso de abrir nenhuma outra hipótese que não seja o Lula. Na medida em que eu começo a discutir publicamente ou admitir a hipótese de uma candidatura alternativa, estou fragilizando ou facilitando o esquema de sua interdição [Lula]. Mas nem o nome de Lula ainda está colocado. A eleição é só em 2018, a menos que consigamos, com as Diretas Já, mudar todo o esquema e conseguir promover uma reforma eleitoral.”.

Rui Falcão voltou a falar hoje que o partido vai atuar como oposição ao atual governo, mas que não irá votar contra projetos de interesse da população, como “a terceirização e a entrega do pré-sal”, citou.”

(Agência Brasil)

Documentário de alunos da Publicidade e Propaganda da UFC será exibido no Serviluz

[embedyt] http://www.youtube.com/watch?v=ImBQqjLc6_Y[/embedyt]

“O que eles falam”, documentário realizado por alunos do Curso de Publicidade e Propaganda da Universidade Federal do Ceará, terá a primeira exibição pública neste sábado, às 19 horas, na Avenida Leite Barbosa, próximo à Praça Thiago Dias, no Serviluz, como parte do projeto Cineclube Ser Ver Luz. A produção, gravada nas comunidades do Poço da Draga e Titanzinho, traz histórias de vida de moradores dessas áreas de Fortaleza ameaçadas pela especulação imobiliária e controversos projetos de requalificação.

O trabalho foi concebido e produzido pelos estudantes Luiz Brito, Leonardo Câmara, David Damasceno, Yago Bruno Dantas, Fernanda Maia e Eric Basílio Pinheiro, como uma das atividades da disciplina Laboratório de Publicidade e Propaganda, no semestre 2015.2.

Na sinopse do documentário, os realizadores afirmam que mais do que falar, a intenção foi ouvir os moradores e sua relação com o local onde habitam. “Queremos entender por que essas vozes não estão em anúncios, matérias e campanhas publicitárias que falam daquele lugar; porque eles e elas não se reconhecem quando veem sua comunidade ser retratada em maquetes eletrônicas de empreendimentos urbanos; por que quando falam de um lugar que funciona quase que como extensão de seus corpos, essas vozes não são ouvidas”.

SERVIÇO

*Veja página do documentário no Facebook: www.facebook.com/oqueelesfalam.

(Site da UFC)

Consultor internacional destaca o Ideb do Ceará

Com o título “O milagre de Sobral”, eis artigo de Naercio Menezes Filho, professor universitário e consultor internacional em Políticas Públicas, que pode ser conferido no jornal Valor Econômico desta sexta-feira. Ele destaca avanços da educação de Sobral (Zona Norte). Confira:

Para nos tornamos uma sociedade melhor será necessário aumentar as expectativas de vida entre as crianças que nascem nas famílias mais pobres. Para isso, a qualidade de educação nas escolas frequentadas por essas crianças terá que ser igual à das escolas frequentadas pelos filhos de pais mais ricos. Será que estamos caminhando nessa direção?

Na semana passada foram divulgados os últimos resultados do Ideb, baseados nos exames nacionais realizados nas escolas brasileiras no ano passado. Sempre vale a pena ressaltar a importância de termos no Brasil um indicador como o Ideb, que é simples, mensura bem a qualidade do ensino e permite uma comparação das notas ao longo do tempo e entre as unidades da federação para nortear as políticas públicas. O que mostram os resultados?

Os dados mostram um aumento contínuo das notas nos anos iniciais do ensino fundamental desde 2001, tanto em Matemática como em Língua Portuguesa. Em 2015, o Ideb nesse ciclo foi de 5,5, equivalente à meta fixada para o ano que vem. Ou seja, estamos caminhando firmemente para atingir o Ideb de 6 em 2021, que é a meta fixada pelo MEC para colocar os nossos alunos na média dos países da OCDE.

Nos anos finais do Ensino Fundamental também houve uma evolução bastante favorável com relação aos anos anteriores. Apesar de ainda estarmos abaixo da meta fixada para 2015, se o aumento ocorrido entre 2013 e 2015 se mantiver no futuro também alcançaremos a meta fixada para 2021. O nosso problema continua no ensino médio, que está estagnado desde 2011.

Porém, é quando analisamos as diferenças de desempenho entre as unidades da federação que os resultados são mais impactantes. A figura abaixo, por exemplo, compara o desempenho médio dos alunos nos anos iniciais no município de Sobral com as redes municipais de São Paulo e Rio de Janeiro e com a rede privada do Estado de São Paulo. Podemos notar que em 2005 Sobral tinha um Ideb torno de 4, bem parecido com o de São Paulo e do Rio de Janeiro e bem abaixo das escolas privadas de São Paulo.

Desde então, a nota de Sobral vem aumentando ano a ano, ultrapassando a rede privada de São Paulo em 2011 e atingindo a nota impressionante de 8,8 em 2015! O desempenho nas redes municipais de São Paulo e do Rio de Janeiro também está aumentando de forma consistente ao longo do tempo, mas ainda está longe do sucesso de Sobral.

O desempenho de Sobral é mais surpreendente ainda se notarmos que o Ideb máximo possível é 10 (somente atingido por 1% dos alunos que fazem a prova) e que a média dos alunos de 15 anos de idade da OCDE está um pouco acima de 6. Ou seja, os alunos das séries iniciais de Sobral estão praticamente “gabaritando” as provas de matemática, em linha com os melhores alunos dos países desenvolvidos. Vale notar ainda que esse desempenho não está concentrado nas escolas ou alunos mais ricos, mas, ao contrário, se espalha por toda a rede.

Além disso, o desempenho dos alunos de Sobral nos anos finais do ensino fundamental também está aumentando, tendo atingido um Ideb de 6,7 em 2015, o terceiro maior do Brasil, somente atrás dos municípios de Nova Ponte (MG) e Brejo Santo (CE). Por fim, é importante enfatizar que essa melhora na qualidade da educação está ocorrendo no interior do Ceará como um todo e não apenas em Sobral.

A rede pública do Ceará foi a que apresentou maior aumento do Ideb entre 2005 e 2015, tanto nos anos iniciais como nos anos finais do ensino fundamental. Também merecem destaque o desempenho dos alunos das redes estaduais de ensino médio no Amazonas e Pernambuco, que alcançaram avanços muito importantes nos últimos 10 anos.

Esses exemplos mostram que é possível melhorar muito a qualidade da educação no Brasil se melhorarmos a gestão nas redes públicas de ensino. O milagre em Sobral foi atingido sem mágica: foco na alfabetização dos alunos, diminuição do número de escolas para racionalizar os custos, monitorar o desempenho de cada aluno através de avaliações constantes, cobrar dos professores e diretores o melhor desempenho dos seus alunos, bônus para os profissionais que alcançam as metas e continuidade das políticas ao longo do tempo. Além disso, no Ceará as transferências do Estado para os municípios também dependem das notas dos alunos em cada município.

Em suma, Os alunos pobres de Sobral estão começando a vida com as mesmas oportunidades que seus conterrâneos que nasceram nas famílias mais abastadas. Se o ensino médio não atrapalhar e com a ajuda das cotas nas universidades públicas (que anulam os efeitos do cursinho pré-vestibular para os mais ricos), isso é igualdade de oportunidades “na veia”, proporcionada por uma educação de qualidade e políticas de ação afirmativa.

Temos que replicar essas experiências nas demais cidades brasileiras. Só assim conseguiremos aumentar a produtividade e reduzir a desigualdade e a criminalidade de forma permanente no Brasil.

*Naercio Menezes Filho

Professor titular – Cátedra IFB e coordenador do Centro de Políticas Públicas do Insper, professor associado da FEA-USP e membro da Academia Brasileira de Ciências, além de consultor da Fundação Itaú Social e colunista do Valor Econômico. Escreve mensalmente às sextas-feiras (email:naercioamf@insper.edu.br)

Um festival para desconectar do mundo

humma

Homa e Mukto estão entre conferencistas.

Desconectar-se do mundo e buscar um entrelaço consigo e com o próximo durante 21 dias. Você conseguiria?

Na quinta edição do Osheanic International Festival, que acontecerá entre a próxima segunda-feira (19) e o dia 9 de outubro, na Prainha, em Aquiraz, um convite a esse desafio, com direito a meditação e autoconhecimento, está feito.

O Osheanic Internacional Festival é um evento que vai trazer nomes renomados da música, meditação, relaxamento e terapia, com programação começando às 7 horas.

“É um festival de autoconhecimento, meditação e elevação. É uma forma profunda de ter contato com a meditação e ir para fora das dimensões mais superficiais”, conta o paulista Avinash, um dos organizadores do evento. São esperadas mais de cem pessoas nos 21 dias de programação, muitas delas de outros países, como Itália, Portugal e Rússia.

Nesta edição, o tema principal é a conexão corpo e mente. As palestras de Homa e Mukto, amigos com percepção de vida completamente distintas, devem trazer os temas relacionamento, terapia, meditação e sexualidade à tona.

SERVIÇO

*Programação e inscrições: http://bit.ly/2cRYsE6

*Mais Informações: (85) 3113 1821 ou 9 9901 0003.

Espetáculo com jeito de saudade de Amy Winehouse

brunagoia

Nesta sexta e sábado, é hora dos fãs da cantora britânica Amy Winehouse matarem a saudade de muitos dos seus sucessos. No Teatro RioMar, em cartaz o show Tributo “BACK TO AMY”, às 21 horas.

O espetáculo é com a talentosa cantora Bruna Góes, de Santa Catarina e que foi destaque no The Voice 2013.

SERVIÇO

*Teatro RioMar (Rua Lauro Nogueira, 1500 loja 3001 – L3 – Papicu)

*Duração: 90min

*Classificação indicativa: 12 anos

*Ingressos: Plateia Alta: R$ 80,00 (Inteira) e R$ 40,00 (Meia)
Plateia Baixa B: R$ 100,00 (Inteira) e R$ 50,00 (Meia)
Plateia Alta A: R$ 100,00 (Inteira) e R$ 50,00 (Meia)

*Bilheteria Teatro RioMar – (85) 3244-2688.

Bolsa Família – Cadastrados do programa ganharão CPF

bolsa família boato

“Nos próximos dias o governo vai editar um decreto para tentar conter parte da farra do bolsa família. Segundo o ministro Osmar Terra, o decreto vai viabilizar o cruzamento de dados daqueles que querem se inscrever no programa com informações de órgãos como a receita e ministério do Trabalho, evitando que pessoas que possuem patrimônio ou que não se enquadrem nas regras do bolsa-família recebam o benefício.

Além disso, após a edição do decreto a Caixa Econômica Federal iniciará uma parceria com o ministério do Desenvolvimento no campo de cadastro de pessoas físicas.

Todos aqueles que forem se inscrever no bolsa-família e que ainda não possuem CPF, receberão um. Ou seja, quando um pai ou uma mãe disser que possui, por exemplo, cinco filhos sem documentos, cada um deles receberá um CPF.

A medida, além de facilitar a retirada de documentos para a população, evitará uma das fraudes ao programa, que é a contabilização da mesma criança em várias famílias para ampliar o tamanho do benefício oferecido.”

(Veja Online)

Setor de serviços cresceu 0,7% entre junho e julho

“O volume do setor de serviços cresceu 0,7% em julho deste ano, na comparação com o mês anterior, depois de recuar 0,2% em junho. Segundo a Pesquisa Mensal de Serviços, do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a receita nominal cresceu 1,2% entre junho e julho deste ano.

Nos outros tipos de comparação, o volume registrou quedas: em relação a julho de 2015 (-4,5%), no acumulado ao ano (-4,8%) e no acumulado de 12 meses (-4,9%). A receita teve altas de 0,3% na comparação com julho do ano passado, 0,2% no acumulado do ano e 0,1% no acumulado de 12 meses.

A alta de 0,7% entre junho e julho deste ano foi motivada por crescimentos nos segmentos de serviços prestados às famílias (3,2%), outros serviços (1,9%), atividades turísticas (0,7%) e serviços profissionais, administrativos e complementares (0,3%).

Os serviços de informação e comunicação mantiveram-se estáveis, enquanto os transportes, serviços auxiliares de transporte e correio tiveram queda de 0,3%.”

(Agência Brasil)