Blog do Eliomar

Categorias para Brasil

IBGE – PIB cresce 3% em 2013 e chega a R$ 5,3 trilhões em

“O Instituto Brasileiro de Geografia de Estatística (IBGE) revisou o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) – soma das riquezas produzidas no país – de 2012 e 2013. Em 2012, o crescimento do PIB foi revisado de 1,8% para 1,9%, enquanto, em 2013, o percentual passou de 2,7% para 3%. A revisão ocorreu em razão da nova metodologia adotada pelo IBGE, que passou a incorporar novos dados do censo agropecuário e dos orçamentos das famílias brasileiras.

Pelos novos dados, o PIB brasileiro chegou a R$ 4,8 trilhões em 2012 e a R$ 5,3 trilhões em 2013. Com isso, o PIB per capita, que é um indicador de qualidade de vida da população, passou a ter os seguintes valores: R$ 24.121, em 2012; e R$ 26.445, em 2013.

Já o valor adicionado bruto cresceu 1,6% em 2012 e 2,9% em 2013. Valor adicionado do PIB inclui bens e serviços consumidos no processo produtivo. As despesas de consumo final, que englobam os gastos das famílias e do governo para suprir necessidades individuais e coletivas, também cresceram 3,2% em 2012 e 3% em 2013.”

(Agência Brasil)

Roberto Pessoa define Ciro como “defunto político”

107 1

roberto pessoa

O presidente de honra do PR do Ceará, Roberto Pessoa, disse, nesta terça-feira, ao ser indagado sobre a troca de farpas entre o ex-ministro Ciro Gomes, o senador Eunício Oliveira  e o deputado estadual Capitão Wagner (PR), que “tanto o Capitão como o Eunício estão errados, porque estão dando sobrevida a um defunto político Ciro Gomes”.

Para Roberto Pessoa, é lamentável que Ciro, depois de ter tido vida pública extensa, termine sua vida pública com o “lobbista” da multinacional CSN.

Ciro viveu troca de farpas com Eunício, que resultaram em troca de processos judiciais e, quanto ao Capitão Wagner, chegou a insinuar que o parlamentar, pré-candidato a prefeito, quer obter “dividendos politiqueiros” com boatos de violência. Já Wagner reagiu indagando qual político cearense procura atacar e caluniar diariamente as lideranças nacionais para sair na imprensa.

O dirigente do PR do Ceará vê como estratégia de marketing o fato de Ciro viver admitindo candidatura a presidente da República em 2018. “Ele quer ser candidato, vai tirar de 7 a 10 por cento dos votos no País, mas teria maioria  no Ceará e poderia ajudar a eleger o candidato da família ao Governo e ao Senado”, expôs Roberto Pessoa.

Roberto Pessoa deu essas declarações antes de embarcar par Brasília, onde manterá contatos em vários ministérios, na qualidade de secretário de Assuntos Federativos da Prefeitura de Maracanaú (Região Metropolitana de Fortaleza).

PMDB promove congresso de olho em 2018

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=7PgxE_vwj94[/youtube]

O deputado estadual Leonardo Araújo embarcou, nesta terça-feira para Brasília, onde participará do congresso nacional do PMDB. Os cenários da política e da economia vão sre avaliados, sob olhares do vice-presidente da República, Michel Temer.

Mas, segundo Leonardo Araújo, haverá também uma certeza: esse congresso apontará para a necessidade do PMDB ter candidato a presidente da República em 2018.

Entre Paris e Messejana, algo a refletir

99 1

Com o título “Solidariedade e indignação”, eis o Editorial do O POVO desta terça-feira. O que tem a ver Paris com Messejana? Confira:

Quem aceita o mal sem protestar, coopera com ele. A frase, cujo autor é Martin Luther King, o norte-americano que lutou contra a opressão racial tendo como armas os ideais de justiça e a não violência, retrata muito bem a situação em que vivemos no Ceará, no Brasil e no mundo.

Nos últimos dias, evidenciou-se no debate público uma polêmica infrutífera acerca da solidariedade dirigida às vítimas de atrocidades e carnificinas. Uns criticam os que foram publicamente solidários com as vítimas do terrorismo em Paris sob o argumento de que antes deveriam se solidarizar com os mortos, por exemplo, da Grande Messejana.

O mal está presente nas duas situações, muito diferentes entre si, e merece o repúdio de todas as sociedades que prezam a vida e as liberdades. Porém, o Brasil e o Ceará têm bastante o que aprender com Paris. A reação indignada e mobilizada dos franceses foi exemplar.

Certamente, os franceses, parisienses e qualquer sociedade que trata a vida como o bem maior da humanidade não toleraria com tanta parcimônia o grau de violência que nos assola. Uma conta simples mostra que o Ceará, em 2014, vivenciou a cada dez dias uma “carnificina” com as mesmas dimensões da de Paris.

A chacina da Grande Messejana sinaliza mais uma vez o quanto a vida e a morte se tornaram banais em nossa sociedade. Produzimos homicidas e homicídios em série. Sem o envolvimento em grande escala da sociedade, das instituições, dos cidadãos, dificilmente as políticas de segurança vão conseguir oferecer as respostas necessárias.

Hoje, sem dúvidas, a violência está entre os principais problemas do Brasil. Um problema que atinge a todos de maneira indiscriminada, porém os mais pobres são as vítimas mais frequentes e os que possuem menos instrumentos de proteção.

Não se trata de um problema que se resolva apenas no âmbito policial. Afinal, há, com certeza, uma forte relação entre violência e a qualidade dos serviços públicos ofertados aos cidadãos. Nesse ponto, a corrupção e a ineficiência no setor público são outros males que atentam contra a vida.

Horário de aula não pode ser alterado por causa de religião de aluno

73 1

“A Universidade não deve alterar horário de aula por causa da religião de aluno, sob pena de ferir o princípio da isonomia. Com esse entendimento, a 5ª Turma Especializada do Tribunal Regional Federal da 2ª Região (RJ e ES), de forma unânime, negou a um estudante da Instituição de Ensino Superior do Estado do Espírito Santo (Unes/Facastelo) seu pedido para que fossem alterados os horários das aulas ministradas às sextas-feiras à noite ou que fossem estipuladas atividades alternativas que dispensassem sua presença nesse período.

O autor da ação é integrante da Igreja Adventista do Sétimo Dia, religião que guarda o sábado por uma questão de fé, e em suas alegações sustenta que o Artigo 5º da Constituição prevê que “ninguém será privado de direitos por motivo de crença religiosa ou de convicção filosófica ou política, salvo se as invocar para eximir-se de obrigação legal a todos imposta e recusar-se a cumprir prestação alternativa, fixada em lei”.

Na sentença de primeira grau, agora confirmada, o juízo considerou que criar diferenciação entre cidadãos de diferentes religiões seria uma afronta ao princípio constitucional da isonomia. “O Centro Universitário não é obrigado a arcar com encargo indevido para se adequar à religião do impetrante, pois se assim o fizesse estaria, na realidade, abrindo precedente para criação de privilégios que fere a isonomia dos alunos”, pontuou o magistrado.

No TRF-2, o desembargador federal Ricardo Perlingeiro, relator do processo, destacou em seu voto que tal situação não demonstra uma ofensa ao direito à livre manifestação religiosa. “É oportuno lembrar que o Estado brasileiro é laico, o que não significa ser ‘laicista’”, frisou. Além disso, na opinião do magistrado, o estudante não demonstrou estar fora de seu alcance encontrar alternativas que possam atendê-lo.

O relator ressaltou ainda que a jurisprudência não respalda a pretensão do estudante e citou precedente nesse sentido. “A relação que existe entre a pessoa e a igreja que profetiza a crença que elegeu não cria qualquer obrigação para terceiros, razão pela qual não há falar que a qualidade de membro da Igreja Adventista do Sétimo Dia, por si só, confira direito líquido e certo do aluno de não participar das aulas, durante o período de guarda religiosa” (STJ, RMS 37.070).”

(Site do TRF-2)

SDA e um problema de saneamento à vista

“A Secretaria de Desenvolvimento Agrário do Ceará abriu licitação para instalar 2,2 mil módulos sanitários de esgotamento – as chamadas fossas sépticas, em diversos municípios do estado. A instalação será feita com recursos do Banco Mundial.

O problema é que o edital não prevê a manutenção das fossas, que periodicamente precisam ser esvaziadas. A falta de manutenção nas fossas recentemente gerou problemas para aldeias indígenas que usam o sistema em São Paulo.

Índios dizem que crianças morreram devido a doenças geradas por contaminações resultantes da falta de manutenção. O Ministério Público Federal, inclusive, processa a União por causa desse problema.”

(Coluna Radar, da Veja Online)

Ciro e Eunício e as orelhas bem vermelhas

220 1

Eunício-e-Ciro

Unidos só na foto do passado.

Com o título “Vergonha”, eis artigo da jornalista e professora Adísia Sá em que ela dá um puxão de orelhas em dois políticos por demais conhecidos e influentes do Ceará: Ciro Gomes e Eunício Oliveira. Ambos trocam acusações,, farpas e processo judicial, no que para a professora é mau exemplo. Confira: 

Jamais pensei e esperei testemunhar o que está agora acontecendo, ou seja, troca de ofensas, grosserias e acusações entre dois dos mais prestigiados e conhecidos nacionalmente políticos de nossa terra: Ciro Gomes e Eunício Oliveira.

Segundo a imprensa, Ciro Gomes anunciou que vai “entrar na Justiça contra Eunício, em função das declarações do peemedebista a um programa de rádio, em que o senador acusou o ex-ministro de desviar dinheiro do Ministério da Integração Nacional, quando esteve no comando da pasta, para as obras da Ferrovia Transnordestina, instituição, hoje, em que Ciro está na presidência.” (O Estado, 10/11/2015)

Ciro, por sua vez, anuncia “que ele (Eunício) vai responder na Justiça as loucuras e as mentiras dele contra a minha pessoa”. Francamente, que vergonha esse espetáculo circense protagonizado por duas das mais conhecidas personalidades cearenses. Homens tidos e anunciados como candidatos naturais a altos postos de nosso Estado e do País.

A política, sabemos bem, não é apenas a arte de bem governar, mas de convivência civilizada, respeitosa, modelo e exemplo. Também me entristece não ouvir uma voz clamando por respeito entre as partes envolvidas em querelas partidárias passageiras. Onde os partidos que se mantêm em silêncio – conivente, digo – dando a entender que isso é a política que merecemos. Em absoluto: não é essa a política que merecemos, nem esse o exemplo que esperamos dos que, dia mais, dia menos, estarão à nossa frente e do Estado.

Como estará a cabeça da nova geração, no aguardo de modelos diferentes dos que aí estão? Cabe à classe política agir consciente de que a arte de bem governar começa no bem agir e no modelar de um novo mundo.

Que se ouça uma voz moderadora, com autoridade moral suficiente para advertir aos que querelam: “ninguém é uma ilha”. Todos ouvem, veem e julgam uns aos outros. Que alguém consiga levar o bom sendo aos dois querelantes, fazendo com que reconheçam e respeitem o povo – que dizem representar.

Adísia Sá

adisiasa@gmail.com

Jornalista.

Eleições 2016 – Heitor Férrer já tem marqueteiro

120 1

marococ

Chama-se Marcos Martinelli o marqueteiro da futura campanha do deputado estadual Heitor Férrer (PSB) para prefeito de Fortaleza.

Martinelli foi o responsável pela campanha de Ivo Sartori (PMDB), hoje governador do Rio Grande do Sul.

Ele estará em Fortaleza na sexta-feira para as primeiras reuniões com a cúpula estadual do PSB e, claro, com Heitor Férrer.

(Foto – Facebook)

OAB Nacional vai ao STF contra lei do direito de resposta a notícias

O Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil foi ao Supremo Tribunal Federal contra a previsão de um “colegiado prévio” para analisar o cabimento de recursos contra a concessão do direito de resposta a notícias. Em ação direta de inconstitucionalidade, a entidade afirma que a previsão da nova lei do direito de resposta “mitiga e desiguala o direito da parte recorrente”.

A lei foi sancionada pela presidente Dilma Rousseff na quinta-feira (12/11), depois de aprovada pelo Congresso. O texto diz que uma pessoa ofendida por uma reportagem tem até 60 dias para exigir seu direito de resposta ao veículo de comunicação.

O questionamento da OAB é sobre o artigo 10 da nova lei. O texto legal autoriza os veículos a recorrer das concessões do direito de resposta, mas não garante o efeito suspensivo desse recurso. Isso quer dizer que o Judiciário deve conceder a suspensão da publicações em cada caso concreto — o que, na opinião de especialistas, pode gerar injustiças ou erros.”

(Com Agências)

Greve dos médicos peritos entra no 74º dia

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=DO-NhnAEx7Q[/youtube]

A greve dos médicos peritos do INSS entra, nesta terça-feira, no seu 74º dia. Segundo vice-presidente da associação nacional da categoria, o cearense Samuel Abranques, a novidade é que o governo federal cortou o ponto e ainda não pagou o salário de outubro da categoria, mesmo com 30% de oferta do serviço, como manda a legislação.

Samuel Abranques, que seguiu para Brasília, diz que o movimento prossegue enquanto não houver sinalização do diálogo por parte do Ministério do Planejamento. Entre os pleitos dos médicos peritos do INSS estão a redução da jornada de 40 para 30 horas semanais e o reajuste de 21% parcelado em dois anos. O governo ofereceu 27,55 parcelado em quatro anos.

A consequência dessa greve dos médicos peritos é o acúmulo de mais de 1 milhão e 100 mil processos de aposentadoria e outros benefícios.

Papa Francisco teria interesse em visitar o Ceará

771 7

PapaFrancisco

Da Coluna Vertical, do O POVO desta terça-feira:

Em sua visita ao Brasil em 2017, na qual consta ida ao Santuário de Aparecida (SP), o Papa Francisco teria interesse em vir ao Ceará conhecer um dos conventos jesuítas mais antigos do Brasil – o de Baturité.

Vazou de fontes da alta cúpula da Igreja que aqui estiveram no centenário da Arquidiocese, no fim de semana.

O Mosteiro dos Jesuítas, como é conhecido, tem 93 anos e é a antiga casa apostólica dos Jesuítas. Todo construído em pedra tosca, encravado no alto da Serra, funciona hoje como um retiro espiritual.

DETALHE – O Ceará recebeu em 1980 a visita do falecido João Paulo II.

Projeto quer lei proibindo venda de celular com bloqueio para uso de chips de outras operadoras

arnon

A venda de telefones celulares com bloqueio para uso de chips de outras operadoras pode ser proibida na legislação. O senador José Medeiros (PPS-MT) quer incluir a proibição na lei que trata dos serviços de telecomunicações (Lei 9.472/1997). A proposta do senador consta de substitutivo que será examinado terça-feira (17) pela Comissão de Ciência, Tecnologia, Inovação, Comunicação e Informática (CCT).

O senador também quer explicitar na legislação regras já adotadas pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) sobre prazo mínimo de permanência do usuário em plano associado a benefícios oferecidos pela operadora e sobre multa em caso de rescisão de contrato.

No substitutivo, o relator aproveitou partes de dois projetos que tratam do tema e tramitam em conjunto: PLC 123/2011, do deputado Arnon Bezerra (PTB-CE), e PLS 559/2011, do ex-senador Gim (PTB-DF).

(Com Agências)

MP faz acordo e multa em R$ 1 bilhão a mineradora Samarco

olhooo

“O Ministério Público (MP) de Minas Gerais informou hoje (16) que fechou um acordo com a Mineradora Samarco para pagamento de caução socioambiental de R$ 1 bilhão por conta do rompimento de duas barragens de rejeitos de mineração em Mariana (MG).

No dia 5, as barragens da Samarco, empresa controlada pela Vale e pela BHP Billiton, se romperam, formando uma onda de lama que destruiu o distrito de Bento Rodrigues e chegou a outras regiões de Minas Gerais e do Espírito Santo. A lama alcançou o Rio Doce, impedindo a captação de água e prejudicando o ecossistema da região. Até agora, sete corpos foram identificados, quatro aguardam identificação e 12 pessoas permanecem desaparecidas. Mais de 600 ficaram desabrigadas.

Segundo o MP, o dinheiro deve ser usado para garantir custeio de medidas preventivas emergenciais, mitigatórias, reparadoras ou compensatórias mínimas.

Em nota, o promotor Carlos Eduardo Ferreira Pinto informou que os valores necessários para as ações poderão ser maiores. “Porém, o termo estabelece uma garantia jurídica concreta, que não existia até então, de que os valores iniciais emergenciais estão resguardados.” De acordo com o MP, quem vai gerir e aplicar os recursos em ações é a própria Samarco. Mas o termo estabelece que os gastos deverão ser auditados por empresa independente escolhida pela promotoria.

A Agência Brasil entrou em contato com a Samarco por telefone e e-mail e aguarda retorno.”

(Agência Brasil)

Petroleiros do Ceará suspendem a greve

petroror

Os petroleiros do Ceará aprovaram, nesta segunda-feira, a suspensão da greve após 16 dias. Mas vão continuar em estado de greve. O Acordo Coletivo de Trabalho proposto pela Petrobrás ainda será analisado pelo setor jurídico do sindicato. A diretoria do Sindipetro continuará acompanhando o desenvolvimento das mobilizações em termos nacionais, podendo, a qualquer momento, deliberar uma nova adesão ao movimento grevista que ainda resta nacionalmente.

A Petrobras aceitou formar Grupo de Trabalho entre diretores e representantes sindicais para discutir alternativas para o seu Plano de Negócios. Esse grupo de trabalho técnico e paritário, formado por representantes da empresa e da federação dos petroleiros, terá 60 dias para elaborar um relatório que será encaminhado à direção da companhia e ao governo federal.

O trabalho será baseado em estudos feitos pelo Grupo de Economia da Energia da UFRJ e pelo Grupo Interministerial, que analisaram os principais impactos já causados pela retração do setor petróleo. Esses estudos apontam que, para cada R$ 1 bilhão que a Petrobrás deixa de investir no país, o efeito negativo sobre o PIB é de R$ 2,5 bilhões.

(Foto – Divulgação)

Terror em Paris – Artista plástico cearense acompanha homenagens às vítimas

pariss2

O artista plástico cerense Maurício Cals encontra-se, neste momento, na Place de la Republique, em Paris, acompanhando homenagens às vítimas do atentado terrorista promovido pelo Estado Islâmico e que matou pelo menos 129 mortos e centenas feridos.

mauroo2

O clima, segundo Maurício, é de muita emoção e dor. O governo francês voltou a prometer rigor no caso. Não vai dar trégua ao terrorismo. Imprensa de quase todo o mundo está em Paris.

maurii

paririr

Relator recomenda cassação de Eduardo Cunha

Eduardo-Cunha-4

“Relator do caso de Eduardo Cunha (PMDB-RJ) no Conselho de Ética, o deputado Fausto Pinato (PRB-SP) apresentou hoje (16) parecer recomendando a continuidade das investigações das denúncias contra o presidente da Câmara. Segundo Pinato, todos os requisitos formais foram atendidos. O relator informou que o próximo passo ocorrerá na terça-feira (24), quando o Conselho de Ética analisará o relatório. Fausto Pinato defendeu a antecipação da análise e afirmou que a as denúncias são contundentes.

“Cheguei à conclusão que o processo contra Eduardo Cunha deve ter seguimento, pois ele preenche todos os requisitos de admissibilidade. A denúncia é apta por justa causa: tipicidade, indícios suficientes, como a denúncia do procurador-geral da República, o depoimento de Júlio Camargo e a transcrição da fala do presidente da Câmara à CPI da Petrobras”, acrescentou Pinato.

De acordo com o regimento da Casa, o relatório prévio deveria ser entregue por Pinato até quinta-feira (19). Como se declarou convicto, Pinato decidiu antecipar a apresentação.

Conforme o relator, “se o caso passar no exame de admissibilidade na votação do Conselho, poderemos fazer um conjunto probatório, de modo a apurarmos melhor. Daí, entraremos no mérito, fase em que Eduardo Cunha terá todo o direito de defesa e poderá trazer qualquer tipo de prova, dentro do contraditório”.

O deputado Eduardo Cunha é alvo de representação do Rede Sustentabilidade e do PSOL. Segundo a denúncia ao Conselho de Ética, ele teria mentido em depoimento à CPI da Petrobras, quando negou ter contas bancárias no exterior.

Documentos do Ministério da Justiça da Suíça foram enviados ao procurador Rodrigo Janot indicando contas em nome do presidente da Câmara naquele país.”

(Agência Brasil)

Deputado cidista diz que Ciro está certo quando crítica Eunício

78 2

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=IrEPYsv_Y20[/youtube]

O deputado federal Leônidas Cristino (Pros) voltou a defender o afastamento do presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB/RJ). Para ele, há indícios fortes de que ele mentiu ao dizer que não era dono de contas em bancos da Suiça, o que foi comprovado o contrário.

Sobre a briga e troca de farpas e processos entre líder político, Ciro Gomes, e o líder do PMDB no Senado, Eunício Oliveira, o deputado Leônidas Cristino disse que, em suas críticas, Ciro mais do que certo.

Em entrevista a este Blog, Ciro levantou suspeitas sobre empresas de Eunício com o escândalo da Petrobras, enquanto Eunício chegou a compará-lo a “batedor de carteiras”.

“O Ciro é um homem correto, trabalhador, dedicado e reconhecido em todo o Brasil. Não adianta o senador tentar macular a vida de um homem sério como o Ciro”, reforçou o parlamentar.

Evaristo Nogueira diz que ainda dá para o Vovô escapar do rebaixamento

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=TXXbpxtATpg[/youtube]

Campeonato Brasileiro, Série B.

O time do Ceará vai ter que entrar em campo só pensando em vencer o América Mineiro e o Macaé, se quiser escapar do rebaixamento para a Série C.

Mas para o comentarista e narrador esportivo Evaristo Nogueira, o conhecido “Vavá Maraviklha”, a coisa pode ser diferente: o alvinegro pode empatar com o clube mineiro em Belo Horizonte e trazer a decisão para Fortaleza.

A China e o pragmatismo de suas últimas gerações

Com o título “A Indecifrável China”, eis artigo do empresário e escritor João Soares Neto. Neste artigo, ele avalia: “Ouso dizer que não só os ensinamentos de Confúcio, Lao-Tse e Mao, agora misturados com o pragmatismo das últimas gestões governamentais, somados ao aprendido em Harvard, Yale, Oxford, Cambridge e em outras universidades e centros de treinamentos em negócios, tornam, pelo menos, para mim, ainda difícil entender a indecifrável e portentosa China.” Confira

“O trabalho de um escritor não é confirmar o que as pessoas pensam, é desafiá-las”. Malcolm Gladwell, jornalista e escritor contemporâneo.

Estive, por duas vezes, na Ásia. Visitei alguns países, entre os quais a China. Entre uma viagem e outra mediou tempo. Por oportuno, lembro que o professor William Gary Vause, fluente em mandarim e vice Dean da Stetson University, casado com a minha irmã Célia, foi então convocado pelo governo dos EEUU para fazer parte do que se convencionou chamar de “diplomacia pingue-pongue”. Célia e Vause passaram dois longos períodos na China como precursores do processo de intercâmbio entre estudantes e professores dos dois países.

Estudantes chineses foram cursar mestrado na América. Alguns optaram por não voltar. Muitos voltaram e, certamente, ajudaram a formar essa geração diferente de hoje.

Digo diferente, a partir dos postulados da Revolução Cultural de Mao-Tse-Tung que, hoje, parece fazer parte da história ainda não decifrada pelo pouco tempo de distanciamento crítico. Mao está eternizado em grande painel com imensa foto na Praça da Paz Celestial. O resto mudou.

O pragmatismo da China parece ser embasado, em parte, pelos conhecimentos adquiridos por diligentes empreendedores e jovens acadêmicos que se espalharam mundo afora em busca de aprender o diferente, o não sabido. Some-se a isso a carga das heranças, dos costumes e das tradições milenares.

Desse entrechoque de cultura com o que viram e aprenderam, eclodiram informações, sistemas comerciais, processos industriais e tecnológicos avançados, ao mesmo tempo em que o país retomava o poder suave sobre Hong Kong. Assim, a China possui hoje três dos maiores centros financeiros do mundo: Pequim, Shangai e Hong Kong.

Agora, houve o primeiro encontro entre os governantes chineses e os de Taiwan, a dissidência de 1949 que formou outro Estado, menor, mas sempre crescente. Ademais, o governo chinês, aboliu de vez a “política do filho único”, relaxada há tempo. Cada família poderá ter dois filhos e obter direito à educação básica, assistência médica e benefícios, um arremedo de bem-estar social.

Sabe-se que muitos chineses amealharam fortunas nos últimos 50 anos. Alguns integram as famosas listas anuais que indicam, para a vaidade de alguns e tristeza de outros, a relação dos bilionários do mundo. Um só exemplo: esta semana, o chinês Liu Yiquian, que já foi taxista e ficou rico investindo em bolsas de valores, comprou o quadro “Nu Chouché”, de Modigliani, por 647 milhões de reais e se dá ao luxo de fundar museus.

O que não se sabia é que jovens famílias chinesas de bom nível financeiro resolveram que seus novos filhos nasçam em países onde fizeram cursos, mantêm negócios ou que os atraem pela diversidade cultural. Assim é, por exemplo, que os Estados Unidos viraram porto de entrada de milhares de chinesas grávidas – lembre-se que elas são magras e podem disfarçar bem.

Na condição de turistas se quedam até o nascimento de seus filhos, em bons hospitais, e os registram como cidadãos americanos. As leis ianques permitem que essas crianças, aos 21 anos, possam optar pela cidadania americana e obter o “green card” para familiares. Esse mesmo fenômeno ocorre em outros países.

Por estas linhas arrevesadas é que ouso dizer que não só os ensinamentos de Confúcio, Lao-Tse e Mao, agora misturados com o pragmatismo das últimas gestões governamentais, somados ao aprendido em Harvard, Yale, Oxford, Cambridge e em outras universidades e centros de treinamentos em negócios, tornam, pelo menos, para mim, ainda difícil entender a indecifrável e portentosa China.

* João Soares Neto,

Empresário e escritor.