Blog do Eliomar

Categorias para Camilo Santana

O que Camilo tem a ver com Lúcio?

Da Coluna Fábio Campos, no O POVO deste domingo (18):

O que parecia ser uma tranquila caminhada de Camilo Santana (PT) rumo à reeleição se transformou em uma trilha espinhosa e com abismos à espreita. Uma chacina seguida da outra e a incomparável onda de assassinatos fizeram o governador sair da rota planejada e entrar numa zona de turbulência que não dá sinais de que terminará tão cedo.

Observadora atenta dos acontecimentos, a oposição esfrega as mãos e passa a comparar Camilo com Lúcio Alcântara, o austero governador cuja gestão era muito bem avaliada, mas, mesmo assim, sofreu uma dura derrota ainda no primeiro turno quando tentava a reeleição, em 2006.

O opositor que na época destroçou Lúcio foi Cid Gomes, cujo grupo político apoiou a gestão lucista e até manteve secretários no Governo. Cid tinha cheiro de novo. Lúcio emanava odores do passado. Era político oriundo da ditadura e, por muito pouco, já não havia perdido a eleição de 2002 para um inacreditável José Aírton Cirilo (PT), que surfou na onda Lula. Vale lembrar aqueles tempos. Lúcio era do PSDB. O Governo era do PSDB. Tasso era do PSDB, mas também era aliado dos Ferreira Gomes.

Num dos piores momentos de sua trajetória, Tasso retirou o apoio ao Governo de seu correligionário Lúcio acusando-o de acobertar atos suspeitos que seriam praticados por um filho do governador. A acusação em tom de denúncia criou as condições para romper com o governador de seu próprio partido e apoiar a candidatura de Cid Gomes em 2006. A julgar pelos acontecimentos que o processo político desenhou quatro anos depois (2010), Tasso deve se arrepender amargamente.

O apoio de Tasso foi importante, mas, entre outros motivos de cunho político, Cid ganhou a eleição contra o bem avaliado Lúcio porque soube comunicar a agenda certa. A saber: um projeto de segurança pública (Ronda do Quarteirão), um projeto para construir hospitais regionais e um bom projeto de educação, que já tinha em casa a partir da gestão como prefeito de Sobral.

É para esse ponto que a oposição arregala os olhos. A insegurança hoje é um problema muito mais grave do que era há 12 anos. Trocando em miúdos, um opositor com boa trajetória, capacidade de comunicação e que apresente aos eleitores um bom projeto de segurança pode conquistar muitos apoios do eleitorado que sofre com a violência. Por enquanto, ninguém se habilitou para a empreitada.

Camilo Santana e Roberto Cláudio assinam ordem de serviço para a nova sede do BPChoque

O governador Camilo Santana e o prefeito Roberto Cláudio assinam na manhã deste sábado, na Praia do Futuro, a ordem de serviço para a nova sede do BPChoque, em parceria com o Grupo M. Dias Branco. A nova unidade será construída em uma área de 10 mil metros quadrados, terreno cedido pela empresa, com 2,4 mil metros quadrados de área construída. A ação integra o Pacto por um Ceará Pacífico e a plataforma Juntos por Fortaleza.

“Compreendemos que para enfrentar as dificuldades da segurança é preciso integrar todos os poderes, as instituições, o poder público e a iniciativa privada. A parceria entre todos esses setores auxilia no combate a violência, com a instalação de equipamentos que integrem as crianças e a juventude”, afirmou Camilo.

“Essa postura do Grupo Dias Branco é uma atitude de solidariedade com Fortaleza e com o Ceará. O governador Camilo Santana apresenta uma boa articulação e trata com eficiência a segurança pública. Essa é uma das áreas de maior potencial turístico e de desenvolvimento econômico, inclusive imobiliário, que será contemplado com um Batalhão do Choque”, disse Roberto Cláudio.

Em junho de 2016, o Governo do Ceará, a Prefeitura de Fortaleza e o grupo Dias Branco Administração e Participações (Dibra) firmaram o Termo de Compromisso para a construção da nova sede do BPChoque, com a presença do então diretor-presidente do grupo Dias Branco, Ivens Dias Branco, falecido no mesmo ano.

(Foto: Arquivo)

Camilo anuncia investimento de R$ 500 milhões em nova etapa do Ceará de Ponta a Ponta

1262 2

O governador Camilo Santana retomou nesta quarta-feira (14) os trabalhos no Palácio da Abolição e definiu os últimos detalhes de mais uma etapa do Programa de Logística e Estradas Ceará de Ponta a Ponta.

A iniciativa contará com um investimento de cerca de R$ 500 milhões e se destinará à construção de mais de 500 quilômetros de estradas. A verba é resultado de empréstimo do BID.

A pauta desses investimentos foi fechada durante reunião na qual estavam também o chefe de gabinete, Nelson Martins, o titular do Departamento Estadual de Rodovias (DER), Sérgio Azevedo, e o adjunto da Casa Civil, Quintino Vieira.

Essa nova etapa será lançada já no próximo mês, adianta o governador que priorizou ações também nessa área, ao lado da educação, saúde e segurança pública.

(Foto – Divulgação)

Camilo afirma que Ceará deverá ser um grande centro de conexões aéreas

Em sua página no Facebook, o governador Camilo Santana disse nesta segunda-feira (12) que “a economia cearense está pronta para decolar cada vez mais alto com a chegada do Hub (centro de conexões aéreas) da Air France-KLM e Gol em Fortaleza”.

“Vamos fortalecer o turismo e criar novas rotas para o desenvolvimento econômico do Estado”, destacou.

“Nossa capital será ligada com voos diretos a Paris (França) e Amsterdã (Holanda), recebendo ainda o reforço de voos nacionais. Essa conquista faz parte de um esforço conjunto entre Governo e Prefeitura de Fortaleza para atrair novos negócios e promover ainda mais oportunidades ao povo cearense”, completou.

(Foto: Reprodução Fecebook)

Camilo cobra política nacional da segurança pública em vídeo que circula nas redes sociais

Para o governador Camilo Santana (PT), o Brasil paga hoje um preço muito caro por não ter construído uma política nacional de segurança pública. A observação faz parte de uma série de eventos do governador do Ceará, no ano passado, em que Camilo alerta para o problema da violência, que atualmente atinge as regiões metropolitanas brasileiras.

“Nenhum estado, sozinho, vai conseguir enfrentar esse problema da violência”, disse Camilo, em vídeo que circula desde esta terça-feira (6) em grupos nas redes sociais.

O que dizer num momento de crise?

121 1

Da Coluna Política, no O POVO deste sábado (3), pelo jornalista Érico Firmo:

Nas duas maiores crises da segurança do Ceará nos últimos anos, foi marcante a postura equivocada dos agentes públicos. Na greve da Polícia Militar de 2012, Cid Gomes (PDT) e todo seu staff cometeram erro capital: a omissão.

Não é que não tenham feito nada. Houve muito trabalho de bastidor. Porém, o governante também tem papel público. Nessa arena, as autoridades silenciaram. Queriam aparecer já com a solução. Mas isso demorou e abriu-se vácuo no qual prosperou a boataria. Espalhou-se, inclusive, que Cid estaria no Exterior enquanto o Estado ruia. As informações ao público partiam quase exclusivamente dos grevistas. A postura equivocada do governo agravou o problema.

Já no caso da chacina, que hoje completa uma semana, o erro do silêncio o governo não cometeu. O secretário André Costa veio a público na mesma manhã. O governador Camilo Santana (PT) se posicionou no Facebook e, depois, na manhã seguinte. Mas ambos se saíram mal

André Costa virou meme nas redes sociais ao falar que era isolada uma situação recorrente e ao dizer que o governo não perdeu o controle, diante de um evidente colapso.

Camilo errou, principalmente, na forma. Ao tentar transmitir tranquilidade, mostrou o quão nervoso estava. Para tentar argumentar com jornalista sobre o controle que seu governo tem da situação, ele expôs a dimensão do perigo que atribui às facções: afirmou que, não fosse pelo domínio que a gestão estadual tem da situação, o jornalista nem conseguiria andar na rua. Não é animador?

Mas, qual a forma certa de responder a uma crise? É talvez a mais difícil tarefa de um governante. Sobretudo quando o problema envolve sentimento tão atávico quanto o medo, que motiva as reações mais irracionais. Não há receita pronta ou caminho seguro.

Segurança Pública – Eunício diz que Temer já cumpriu cinco das oito reivindicações de Camilo

 

O presidente do Congresso Nacional, senador Eunício Oliveira (MDB-CE), disse na noite dessa sexta-feira (2) que o presidente Michel Temer já cumpriu cinco das oito reivindicações feitas pelo governador Camilo Santana para uma melhor segurança pública no Ceará.

Segundo ainda Eunício, outras duas reivindicações seguem em andamento. A única que está sem encaminhamento é a questão dos bloqueadores de celulares nos presídios.

“O senador prometeu colocar a matéria em pauta em breve”, disse Camilo Santana.

(Foto: Reprodução)

Mercado das Flores – Camilo e RC fortalecem setor da floricultura na Capital

O prefeito Roberto Cláudio e o governador Camilo Santana assinaram, na noite desta quarta-feira (31), na praça do bairro Joaquim Távora, a ordem de serviço para a construção do Mercado das Flores e Plantas Ornamentais, que deverá fortalecer o setor de floricultura do Ceará e da Capital, ao beneficiar produtores, comerciantes e consumidores.

O Mercado das Flores faz parte do conjunto de ações integradas entre o Governo do Estado e Prefeitura de Fortaleza, por meio do projeto “Juntos por Fortaleza”. O investimento é de R$ 1.699.112,41 por parte do Governo, com contrapartida de R$ 424.778,10 da Prefeitura.

(Foto: Paulo MOska)

Camilo pede que Centro Regional da PF seja instalado no Ceará

O governador Camilo Santana informou na noite desta quarta-feira (31) que pediu ao presidente Michel Temer que o Centro de Referência que a Polícia Federal pretende instalar no Nordeste venha para o Ceará, pois o Estado é utilizado como rota do tráfico de drogas para a Europa.

O governador também revelou que o Ceará deverá construir 14 centros regionalizados de presídios para desativar 132 cadeias públicas em todo o Estado.

Massacre de Cajazeiras – Cinco suspeitos são identificados pela Polícia

O governador Camilo Santana anunciou no início da tarde deste domingo, 28, em coletiva de imprensa na sede da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), que cinco suspeitos foram identificados pela Polícia por envolvimento no caso da chacina no bairro Cajazeiras, em Fortaleza, que deixou 14 pessoas mortas.

Segundo Camilo, dois dos suspeitos não atuaram na ação, mas planejaram o crime. Os nomes são mantidos em sigilo para não atrapalhar as investigações.

O petista convocou nesta manhã a reunião na qual anunciou a criação de uma força-tarefa em resposta à Chacina de Cajazeiras, a maior da história do Ceará, ocorrida na madrugada de sábado, 27.

(O POVO Online)

Em discurso, Lula diz que nunca se iludiu com julgamento do TRF4

Após os desembargadores da 8ª Turma do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4) terem confirmado a condenação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e aumentado a pena fixada na primeira instância para 12 anos e 1 mês de prisão, manifestantes reuniram-se na Praça da República, centro paulistano, para manifestar apoio ao ex-presidente. Lula participou do ato e fez o primeiro discurso após a condenação em segunda instância na Justiça Federal.

O ex-presidente disse que nunca se iludiu em imaginar um resultado diferente do que ocorreu no julgamento de hoje, em Porto Alegre. Lula reafirmou ainda que, com o resultado, voltou a deseja ser candidato à Presidência na próxima eleição.

“Eu nunca tive nenhuma ilusão com o comportamento dos juízes na questão da Lava Jato. Porque houve um pacto entre o Poder Judiciário e a imprensa, que resolveram que era hora de acabar com o PT e com a nossa governança no país. Eles já não admitiam mais a ascensão social das pessoas mais pobres desse país e dos trabalhadores. Eles não suportavam mais a ascensão da escolaridade, que ia da creche à universidade”, disse.

Lula criticou a decisão dos desembargadores que confirmaram a sua condenação, e pediu a apresentação de provas. “A decisão eu até respeito, porque foi deles. Eu não aceito é a mentira pela qual eles tomaram a decisão. Eles sabem que eu não cometi um crime. Eu me disporia a ficar com os três juízes um dia inteiro televisionado ao vivo, e eu quero que eles me mostrem qual é o crime que o Lula cometeu”.

O ex-presidente voltou a dizer que o apartamento do Guarujá, elemento central em sua condenação, nunca foi dele. “Se eles me condenaram, me deem pelo menos o apartamento, aí justifica. Me deem a escritura”, disse em tom descontraído.

Lula disse que não queria mais fazer política em razão de já ter sido eleito presidente por duas vezes. No entanto, ressaltou que o resultado do seu julgamento fez ele voltar a desejar se candidatar.

“Eu até nem queria mais fazer política, eu já tinha sido presidente, mas agora, o que eu estou percebendo é que tudo o que eles estão fazendo é para evitar que eu possa ser candidato. Não é nem ganhar, é ser candidato. Essa provocação é de tal envergadura que me deu uma coceirinha e eu agora quero ser candidato à Presidência da República”, disse.

Lula enalteceu suas gestões quando presidente e valorizou o legado que deixou. Segundo ele, sua condenação não irá alterar a consciência política dos brasileiros.

“Eles não podem prender o sonho de liberdade, eles não podem prender as ideias, eles não podem prender a esperança. E o Lula é apenas um homem de carne e osso. Eles podem prender o Lula, mas as ideias já estão colocadas na cabeça da sociedade brasileira, as pessoas já sabem que é gostoso comer bem, já sabem que é gostoso morar bem, as pessoas já sabem que é gostoso viajar de avião, já sabem que é gostoso comprar carro novo”.

O ex-presidente confirmou ainda que irá viajar a Etiópia na próxima sexta-feira para participar de discussões sobre combate à fome, e retornará ao país na segunda-feira.

A concentração teve início antes do voto do desembargador Victor Luiz dos Santos Laus, o último a votar. Do carro de som, onde uma faixa dizia “Eleição sem Lula é Fraude”, lideranças políticas e sindicais protestaram contra a condenação e defenderam o direito do ex-presidente de disputar as próximas eleições, em outubro deste ano. “Hoje foi um dia de farsa em Porto Alegre”, disse o coordenador do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST), Guilherme Boulos. “Passaram o dia falando, sem conseguir apontar nenhuma prova contra esse cidadão”, continuou, apontando para Lula ao seu lado.

DETALHE – O governador do Ceará, Camilo Santana (PT), esteve em São Paulo, nessa quarta-feira (24), no ato em apoio a Lula.

(Agência Brasil / Foto: Divulgação)

Camilo participa da inauguração das Obras Papais no CEU

O governador Camilo Santana participou, na noite deste domingo (21), da inauguração das Obras Papais, no Condomínio Espiritual Uirapuru (CEU), em Fortaleza. As obras receberam o apoio do papa Francisco, mas também do Governo do Ceará, diante do investimento de R$ 1,5 milhão.

A programação contou com animação musical feita pelo padre Antônio Furtado, Terço da Misericórdia e a Santa Missa presidida pelo arcebispo, Dom José Antônio.

As Obras Papais do CEU são formadas pelo Pátio Uirapuru, que é composto por seis salas disponíveis para aluguel, e o Espaço da Paz, que conta com auditório para 200 pessoas, climatizado, com cozinha, dispensa, quatro banheiros, tudo disponível para aluguel.

Toda a renda será revertida para suprir as necessidades financeiras de manutenção do CEU, que trabalha atendendo pessoas em demandas sociais, dedicando-se à recuperação de dependência química; acolhimento a crianças e jovens em situação de risco; adultos e crianças portadoras do vírus HIV; acolhimento a meninas e jovens vítimas de abuso ou exploração sexual e a reinserção de egressos do sistema penitenciário com acompanhamento a presidiários e famílias, além da realização de eventos, atividades educacionais e culturais; aconselhamentos e encontros de espiritualidade.

(Foto – Divulgação)

Camilo recebe homenagem de Valber Benevides

O governador Camilo Santana foi surpreendido nessa sexta-feira (19), durante reunião do Monitoramento de Ações e Projetos Prioritários (Mapp), no Palácio da Abolição, pelo chargista, ilustrador e artista plástico Valber Benevides, com um desenho do encontro do governador com seu secretariado.

Ao agradecer a homanegem, Camilo Santana destacou o perfil do artista que já foi chargista do O POVO. Natural de Itapipoca, Valber foi premiado em Bienais e Salões do Humor pelo Brasil.

(Fotos: Divulgação)

Camilo visita obras do VLT em sua primeira agenda de 2018

Em sua primeira agenda de 2018, o governador Camilo Santana visitou neste domingo (14) as obras do VLT, nas proximidades do viaduto da avenida Borges de Melo. O governador esteve nos trilhos do Lagamar e também no Pio XII.

Camilo chegou este fim de semana ao Ceará, após um início de ano em Nova Iorque, nos Estados Unidos, onde visitou o irmão Tiago.

(Fotos: Divulgação)

O custo político da insegurança

Da Coluna Vertical, no O POVO desta quinta-feira (11), pelo jornalista Demitri Túlio:

Qual será, mesmo, o peso dos índices da violência urbana nas eleições para o governo do Ceará, em 2018? A ladainha de que houve grandes investimentos em pessoal e estrutura não suporta as estatísticas negativas.

No ano passado, por exemplo, mais de 5 mil assassinatos foram registrados no território cearense. Além disso, o fator facções criminosas pesará no discurso de que o governo Camilo Santana sofre com crime organizado, principalmente na periferia.

A sorte do petista, ou talvez menos azar, é que os candidatos de oposição não conseguem formular projetos coletivos, críveis, de segurança social. E são personagens fracos ou desgastados.

Por falar em insegurança pública, até agora, a SSPDS não atualizou os números de seu site público. O mês de dezembro e o fechamento de 2017 permanecem uma incógnita e sujeito a especulações. Transparência pública, bom lembrar, é um direito.

Sindicato dos Policiais Federais do RN sugere que governo potiguar siga o exemplo do Ceará

76 1

Em greve há duas semanas, policiais civis, militares e bombeiros do Rio Grande do Norte decidiram na noite dessa quarta-feira (3) continuar com a paralisação, apesar da determinação da Justiça pela suspensão do movimento.

Em apoio aos grevistas, o Sindicato dos Policiais Federais do Rio Grande do Norte (SINPEF/RN) emitiu nota em que sugere que o governador Robinson Faria (PSD) siga o exemplo de Camilo Santana (PT), que investiu “11 milhões de reais em equipamentos de segurança”.

“Sabemos que as viaturas estão, em grande parte, quebradas e sem a devida manutenção. Sabemos que faltam coletes à prova de bala e que o armamento é inadequado. Robinson, o ingrato, bem que poderia olhar o exemplo de Estado vizinho”, destacou a nota.

Camilo cumpre agenda particular nos EUA

O governador Camilo Santana chegou a Nova Iorque, nesta quarta-feira (3), onde cumpre compromissos particulares. Camilo viajou nessa terça-feira (2) para visitar o irmão Tiago, que está morando um período nos Estados Unidos, enquanto a esposa conclui mestrado.

Camilo Santana inicia 2018 com descanso, em ano de eleições, quando deverá concorrer à reeleição.

A vice-governadora Izolda Cela assumiu o Governo do Ceará desde ontem.

(Foto: Arquivo)

No último dia de 2017, Governo do Ceará entrega adutora para garantir abastecimento em Caridade

Os mais de 5 mil moradores do distrito de Campos Belos, em Caridade, ganharam um presente de fim de ano neste domingo (31), último dia de 2017. O governador Camilo Santana inaugurou a adutora que garantirá o abastecimento d’água da comunidade. Com 19,6 quilômetros, o equipamento teve investimento de R$ 2,5 milhões do Governo do Ceará e captará água do Açude General Sampaio.

“Eu sei da luta de vocês para receber essa adutora. Hoje conseguimos realizar esse desejo de toda população de Campos Belos. É muito simbólico a gente encerrar o ano trabalhando e entregando um equipamento que vai garantir água para nossos irmãos cearenses. É uma alegria muito grande terminar 2017 dessa forma. Que a gente possa ter um ano de 2018 com muita paz, amor e muita chuva em todo o Ceará”, disse Camilo Santana.

A prefeita de Caridade, Amanda Lopes, agradeceu o empenho do Governo do Ceará por entregar o equipamento ainda em 2017. “Agradeço ao governador por conseguir trazer esse presente mesmo no Réveillon. Lutamos muito para que o distrito de Campos Belos tivesse água e hoje estamos conseguindo realizar esse sonho. Água é vida. Hoje é um dia de agradecer, já que a população de Campos Belos não precisa mais deixar a localidade por causa de falta d’água”, destacou Amanda Lopes.

A adutora tem tubulações de 150mm e 200mm em DeFoFo (conexões hidráulicas em PVC modificado) que conduzirá 13,88 litros por segundo, suficiente para abastecer toda a comunidade. A obra teve ainda a construção de uma Estação Elevatória e instalação de duas motobombas de 25CV cada. A intervenção contou com o apoio da Prefeitura de Caridade.

Campos Belos era atendido por uma Adutora Montagem Rápida (AMR), que captava água do Açude Desterro. Em decorrência da falta de chuvas na região, o abastecimento teve de ser interrompido. A adutora definitiva é uma medida do Governo do Ceará para solucionar o problema. A Superintendência de Obras Hidráulicas (Sohidra) é a responsável pela obra.

O evento contou com as presenças do deputado federal Odorico Monteiro, dos deputados estaduais Walter Cavalcante, Lucilvio Girão e Audic Mota, dos secretários Nelson Martins (Casa Civil), Dedé Teixeira (Desenvolvimento Agrário) e Ramon Rodrigues (adjunto da SRH), além de prefeitos, vereadores e lideranças políticas da região.

(Governo do Ceará)