Blog do Eliomar

Categorias para Campeonato Brasileiro

Ceará, enfim, “estreia” no Brasileirão e quebra jejum de 16 jogos sem vitória

Em uma noite em que tudo deu certo para o Vozão, o Ceará enfim venceu a primeira no Brasileirão, ao marcar 1 a 0 sobre o Sport, nesta quarta-feira (18), no estádio Presidente Vargas, na partida que marcou o retorno da Série A, após as disputas da Copa do Mundo. O Vozão não vencia há 16 jogos, sendo 12 pelo Brasileirão e quatro pela Copa do Nordeste.

Arthur, aos 9 minutos da segunda etapa, marcou o gol da vitória alvinegra.O Ceará volta a campo na segunda-feira (23), no Beira Rio, contra o Internacional.

(Foto: Reprodução)

Ferroviário bate o São José e abre vantagem para disputar a final da Série D

O Ferroviário bateu o São José por 3 a 1 na noite dessa segunda-feira, 16, na partida de ida pela semifinal da Série D. Com o resultado, o Ferrão leva a vantagem para o jogo da volta na casa do adversário, no domingo, 22, e pode empatar ou perder por um gol de diferença para se classificar para a finalíssima.

O Tubarão da Barra do Ceará abriu o placar aos 25 minutos da 1º etapa após jogada individual de Juninho Quixadá. Mas não teve tempo para comemorar o gol. Dois minutos depois, Kevin deixou tudo igual.

No restante da etapa inicial, Edson Cariús foi quem criou as principais chances do Ferrão. O Ferroviário só não passou à frente no placar porque o goleiro Fábio salvou após cabeceio do artilheiro coral.

Na 2ª etapa, quando a partida parecia se encaminhar para um empate, surgiu o volante Mazinho. O camisa 5 do Tubarão balançou as redes do São José aos 36 minutos do 2º tempo, após aparecer como homem surpresa na área do adversário e completar cruzamento de Valdeci. Na sequência, aos 43 minutos, Gleidson, que havia entrado no lugar de Leanderson, deu números finais ao duelo, marcando o 3º tento do Ferrão no confronto.

(O POVO Online / Foto: Julio Caesar)

Fortaleza volta a perder em casa e recebe as primeiras vaias nesta temporada

124 2

Acabou a zona de conforto do Fortaleza, na liderança da Série B do Campeonato Brasileiro, na tarde deste sábado (14), diante da segunda derrota consecutiva da equipe cearense na competição, dessa vez para o Atlético Goianiense, em pleno Castelão. O único gol da partida ocorreu aos 20 minutos do primeiro tempo, após o volante Pedro Bambu aproveitar bola da direita, dentro da área. O time goiano jogou toda a segunda etapa com um atleta a menos, quando o meio-campista João Paulo foi expulso no final do primeiro tempo. O Leão volta a campo na sexta-feira (20), em Maceió, contra o CSA, quando deixará a liderança, em caso de mais uma derrota.

O anúncio do fim da zona de conforto foi anunciado pela própria torcida tricolor, diante das vaias ao final da partida.

Apesar da vitória, o Atlético Goianiense chutou somente duas vezes contra o gol do Fortaleza. Já o time cearense chegou seis vezes com perigo, mas não fez valer o maior número de ataques, a vantagem numérica em campo, além da maior posse de bola (75%).

O Fortaleza segue líder com 29 pontos, à frente do CSA (28), Vila Nova (26), Avaí (25) e pelo Atlético Goianiense (25).

(Foto: Reprodução)

Série B – Emergentes avançam e pressionam “zona de conforto” do Fortaleza

115 1

O que já chegou a confortáveis sete pontos de vantagem, com relação ao segundo colocado, agora a liderança do Fortaleza na Série B do Campeonato Brasileiro está com um ponto de vantagem à frente do CSA, após a vitória da equipe alagoana, sobre o Sampaio Corrêa, por 1 a 0, na noite dessa sexta-feira (13), em Maceió, pela 15ª rodada.

Tão incômoda quanto a aproximação de CSA e Vila Nova (também venceu na rodada: 2 a 1 sobre o Paysandu, em pleno estádio Curuzu, em Belém), é a ameaça dos “emergentes” Avaí (retornou ao G4), Guarani de Campinas, Ponte Preta, Goiás e Atlético Goianiense, esse último adversário do Fortaleza, na tarde deste sábado (14), no Castelão, pelo complemento da rodada.

O Atlético, inclusive, possuía a melhor campanha entre os emergentes, nos cinco últimos jogos, até o início da rodada. No momento, pertencente ao Goiás, com quatro vitórias e um empate.

Em caso de vitória, o Fortaleza volta a abrir quatro pontos de vantagem, com relação ao CSA, além de nove pontos sobre o Guarani, a primeira equipe na boca do G4. Se perder, os 11 primeiros colocados na competição estarão na faixa dos 20 pontos (21 a 29).

(Foto: Reprodução)

Ex-ídolos do Ferrão não se manifestam sobre acesso à Série C

Eles levaram o nome do Ferroviário Atlético Clube por todo o País. No entanto, na maior conquista coral nos últimos 20 anos, os ídolos do Ferrão não se manifestaram sobre o acesso da equipe cearense à Série C do Campeonato Brasileiro, nessa segunda-feira (9), após disputa de penalidades contra o Campinense.

Jardel, Jorge Veras, Iarley, Mirandinha, Mazinho Loiola, Celso Gavião, Mota e até o ex-atacante Paulo César não se manifestaram pelas redes sociais. Dos oito ex-ídolos, somente Paulo César se encontra fora do Brasil, quando reside em Guayaquil, no Equador, há mais de 30 anos.

Enquanto isso, o governador Camilo Santana e dois torcedores do Ferrão, a deputada federal Luizianne Lins e o ex-reitor Jesualdo Farias parabenizaram a conquista do clube.

Ferrão garante acesso à Série C na decisão por pênaltis

O Ferroviário garantiu acesso à Série C do Campeonato Brasileiro do próximo ano, ao vencer o Campinense, na noite desta segunda-feira (9), em Campina Grande/PB, nas cobranças de pênaltis. No tempo normal, a equipe paraibana venceu por 1 a 0, mas o Ferrão havia vencido a primeira partida, no Castelão, por 3 a 2.

Na disputa dos pênaltis, o Ferroviário foi eficiente, ao converter as cinco cobranças, enquanto o Campinense desperdiçou a quarta penalidade. Edson Cariús, artilheiro da Série D, converteu a última cobrança.

O Ferrão ainda segue na disputa pelo título da competição, ao lado do Treze/PB, Imperatriz/MA e São José/SP.

(Foto: Reprodução)

Leão volta a perder e vê aproximação do Atlético/GO, Ponte Preta e Goiás

Com a segunda pior campanha entre os 11 primeiros colocados, nas últimas cinco rodadas da Série B do Campeonato Brasileiro, o Fortaleza vê a aproximação do Atlético Goianiense (7º), da Ponte Preta (8º) e do Goiás (10º), que possuem as melhores campanhas na fase.

Nesse domingo (8), em Campinas, o Leão foi derrotado pela Ponte Preta, por 2 a 0, com direito à trapalhada entre o zagueiro Roger Carvalho e o goleiro Marcelo Boeck. Aos nove minutos do primeiro tempo, o zagueiro não percebeu Boeck fora do gol e recuou a bola de cabeça. A Ponte ampliou 30 minutos depois, com André Luís, em mais uma falha da zaga.

Apesar da derrota, o Fortaleza segue líder na competição, com 29 pontos, quatro a mais que o vice-líder CSA e sete pontos à frente que o Avaí, a primeira equipe na boca do G4.

O time cearense volta a campo no sábado (14), diante do Atlético/GO, no Castelão.

(Foto: Reprodução)

Série B – CSA volta a vencer, após cinco jogos, e reassume vice-liderança

O CSA reassumiu a vice-liderança da Série B do Campeonato Brasileiro, na noite dessa quinta-feira (5), no estádio Bento Freitas, no interior gaúcho, ao derrotar o Brasil de Pelotas, por 2 a 0, gols de Daniel Costa e Rafinha, ambos no primeiro tempo.

A equipe alagoana agora soma 25 pontos, quatro a menos que o Fortaleza, que joga no domingo (8), em Campinas, contra a Ponte Preta.

Nos outros jogos dessa quinta-feira, pela 14ª rodada: Oeste 0x1 Guarani de Campinas; Vila Nova 1×1 Londrina e Criciúma 1×1 Figueirense. A rodada teve início na quarta-feira (4) com Coritiba 2×0 Paysandu; CRB 1×0 São Bento; Avaí 0x1 Goiás e Atlético/GO 2×0 Boa Esporte.

(Foto: Reprodução)

Fortaleza está com 39% acima do rendimento para acesso à Série A, diz UFMG

O Fortaleza possui 25 jogos para somar 39 pontos e garantir presença na Série A do Brasileirão do próximo ano. É o que aponta o levantamento do Departamento de Matemática da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), que assegura o acesso de qualquer equipe à elite do futebol brasileiro com 68 pontos.

Com 29 pontos conquistados em 13 rodadas, sete à frente do segundo colocado, o Fortaleza é a única equipe que atingiu o rendimento parcial necessário para seguir em busca do acesso. Melhor, o Leão está com 39% acima do rendimento. Já os demais clubes sequer atingiram a soma de 23 pontos. Os mais próximos são Avaí, CSA e Vila Nova, todos com 22 pontos, 4,3% abaixo do rendimento.

A equipe comandada pelo treinador Rogério Ceni volta a campo no domingo (8), a partir das 18 horas, em Campinas, contra a Ponte Preta, que possui a melhor campanha das últimas cinco rodadas, ao lado do Goiás.

(Foto: Arquivo)

Artilheiro e invicto – Ferrão vence Campinense e está a um empate da Série C

O Ferroviário está a um empate da Série C do Campeonato Brasileiro do próximo ano, após vencer o Campínense (PB), na noite desse domingo (1º), no Castelão, por 3 a 2. O Ferrão poderá confirmar o acesso no próximo domingo (8), em Campina Grande.

O artilheiro Edson Cariús abriu o placar para o Ferroviário, em cobrança de pênalti. Ele agora é o artilheiro das quatro séries do Campeonato Brasileiro, com nove gols, ao lado de Roger Guedes (Atlético Mineiro, Série A). Juninho Quixadá e Janeudo marcaram os outros gols corais, enquanto Denilson e Danilo Bala descontaram para o time paraibano.

O Ferroviário é também o único clube invicto nas quatro séries, diante da derrota do Caxias para o Treze, por 1 a 0, nesse domingo, em partida válida pelas quartas de final da Série D.

(Foto: Reprodução)

Série D – Ferroviário começa luta pelo acesso contra o Campinense no Castelão

Duas partidas separam o Ferroviário da principal meta para a temporada 2018: acesso à Série C. A primeira acontece hoje, às 20 horas, no Castelão e o Tubarão quer construir uma vantagem para os 90 minutos decisivos da próxima segunda-feira, 9, em Campina Grande, na Paraíba. A única maneira de conseguir isso é vencendo o Campinense.

O problema é que em casa o time coral costuma ter dificuldades para vencer – ganhou apenas do Cordino e pelo placar mínimo. Talvez por isso o foco do último treino comandado por Marcelo VIlar antes da partida foi no ataque do time, exigindo pontaria, velocidade e uma boa troca de passes.

Existe uma baixa no setor para o jogo de hoje, no entanto Luís Soares tomou o terceiro cartão amarelo e está fora da partida. Vitinho, Dudu e Juninho Quixadá brigam pela vaga dele.

A defesa do Ferroviário pode ser considerada sólida, já que o time segue invicto na competição. Não há nenhum desfalque no setor, mas Vilar optou por não relacionar Léo, que vinha sendo o titular da equipe até não poder atuar no jogo passado devido suspensão pelo terceiro amarelo. Gleibson iniciará a partida pela segunda vez consecutiva.

O provável Ferroviário para o jogo tem Gleibson, Lucas Mendes, André Lima, Luís Fernando e Sávio; Leanderson, Mazinho, Janeudo e Esquerdinha; Juninho Quixadá e Edson Cariús.

O Campinense veio para Fortaleza com dois desfalques. O lateral direito Alex Murici está suspenso e o atacante Eduardo foi vetado pelo departamento médico com dores na coxa esquerda. Douglas Santos e Denílson são os prováveis substitutos, respectivamente.

(O POVO)

O Leão voltou! – Fortaleza vence Paysandu e abre maior vantagem na liderança da Série B

Após vencer o Sampaio Corrêa sem convencer, em seguida escapar de perder a invencibilidade em cobrança de pênalti desperdiçada pelo Vila Nova, depois perder a invencibilidade para o São Bento, tomar fôlego na vitória sobre o sofrível Brasil de Pelotas e dar vexame na derrota para o Oeste em pleno Castelão, o Fortaleza voltou a mostrar porque é líder da Série B do Campeonato Brasileiro, na noite desse sábado (30), no estádio Mangueirão, em Belém (PA), ao derrotar o Paysandu, por 1 a 0, com gol de Bruno Melo, aos 38 minutos do primeiro tempo.

Com o resultado, o Fortaleza abriu sete pontos de vantagem na liderança da Série B, a maior desde o início da competição, beneficiado pelas derrotas de Avaí e Figueirense, além do empate entre CSA e Coritiba. O Fortaleza volta a campo no domingo (8), em Campinas, diante da Ponte Preta, que nesse sábado surpreendeu o Figueirense, em pleno estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis, por 2 a 0.

(Foto: Reprodução)

Oeste volta a assombrar a torcida tricolor e mostra que o Fortaleza também “sangra” em casa

Pior que perder a invencibilidade no Castelão para uma equipe que até então não havia vencido nenhuma partida fora de casa, a derrota do Fortaleza para o Oeste – que se encontrava na zona de rebaixamento -, na noite desse sábado (23), por 2 a 1, mostrou que o líder da Série B é tão vulnerável quanto qualquer outra equipe na competição. A derrota também resgatou o “fantasma” da decepção da torcida tricolor com a equipe, que em 2012 deixou de subir à Série B na derrota de 3 a 1 para o mesmo Oeste.

A equipe paulista abriu o placar com Leandro Amaro, logo aos 10 minutos do primeiro tempo. O Fortaleza empatou com um golaço de Felipe, aos 18 minutos da segunda etapa, em um chute de longa distância. Mas o Oeste voltou a marcar, a três minutos para o final da partida, com Pedro Gabriel.

Apesar da derrota, o Fortaleza ainda lidera a competição, com 26 pontos, seguido por Avaí (22 pontos), Figueirense e CSA, ambos com 21 pontos, e Vila Nova e Coritiba, ambos com 19 pontos.

O Fortaleza volta a campo no sábado (30), diante do Paysandu, em Belém.

Ferrão classificado

Enquanto o Fortaleza decepcionava a sua torcida, o Ferroviário buscou a classificação às quartas de final da Série D, na tarde desse sábado, no Piauí, na vitória por 4 a 2 sobre o Altos. O Ferrão chegou a abrir 2 a 0, mas o time da casa buscou o empate. A vitória coral ocorreu nos minutos finais de partida. O destaque do jogo foi Edson Cariús, autor de três gols.

(Fotos: Reprodução)

Fortaleza com chance de ampliar vantagem na liderança

Com o melhor desempenho em jogos em casa, com seis vitórias em seis jogos, o Fortaleza enfrenta na noite deste sábado (23), a partir das 19 horas, no Castelão, o Oeste, que possui o pior desempenho em partidas fora de casa com apenas três empates em seis jogos, com cinco gols marcados e 12 gols sofridos.

Tamanha disparidade entre os dois times, coloca o Fortaleza como o melhor favorito nos sites de aposta online, com 65,5% de chances de vitória, 24,1% de empate e apenas 10,3% de derrota.

Em caso de mais uma vitória, o Fortaleza chegará a 29 pontos e encerrará a 12ª rodada com vantagem maior em relação ao segundo colocado, ocupado pelo Avaí, com 22 pontos. Na terça-feira, o time catarinense empatou com o Guarani de Campinas, em casa, em 3 a 3.

Neste momento, o Figueirense vai empatando sem gols com o Coritiba, na capital paranaense. Se vencer, o Figueirense passará a ocupar a vice-liderança, então com 23 pontos.

(Foto: Arquivo)

Série B – Fortaleza amplia vantagem na liderança com o complemento da 11ª rodada

Após o encerramento da 11ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro, na noite desse sábado (16), com o empate sem gols entre Paysandu e CSA, o Fortaleza encerrou a rodada com a vantagem de cinco pontos em relação ao segundo colocado, agora o Avaí. O Leão soma 26 pontos, enquanto o time catarinense chegou a 21 pontos. Na rodada anterior, a vantagem do líder sobre o vice-líder, então o CSA, era de quatro pontos.

Apesar da folga na liderança, o Fortaleza é a segunda equipe, entre as cinco primeiras colocadas, a enfrentar um maior número de adversários da parte debaixo da tabela (11º ao 20º colocado). O Leão jogou contra quatro equipes da parte de cima da tabela e sete times da parte debaixo.

A maior dificuldade foi a do Avaí, que já enfrentou seis equipes da parte superior e cinco times da parte inferior. O terceiro e quarto colocados, o Figueirense e o CSA, ambos com 20 pontos, jogaram contra cinco equipes da parte de cima e seis times da parte debaixo.

Com 18 pontos conquistados, o Coritiba é o primeiro time na boca do G4. Mas com menor dificuldade técnica de seus adversários. O clube paranaense jogou apenas com três equipes da parte superior da tabela e com oito equipes da parte inferior.

A 12ª rodada tem início na terça-feira (19), com Ponte Preta x CSA e Avaí x Guarani. Na quinta-feira (21) jogam Brasil de Pelotas x Criciúma e Goiás x Juventude. A rodada será encerrada no sábado (23), com seis jogos: Coritiba x Figueirense, Boa Esporte x Vila Nova, Fortaleza x Oeste, Sampaio Corrêa x Atlético Goianiense, São Bento x Londrina e CRB x Paysandu.

(Foto: Arquivo)

Série B – Fortaleza volta a vencer e abre vantagem na liderança

Após dois jogos sem vencer, o Fortaleza voltou a comemorar uma vitória na Série B do Campeonato Brasileiro, na noite desta sexta-feira (15), no Castelão, ao marcar 2 a 0 sobre o Brasil de Pelotas.

Com 100% de aproveitamento em casa, em seis jogos disputados, o Fortaleza precisou somente do primeiro tempo para abrir cinco pontos de vantagem sobre o segundo colocado na tabela de classificação, ocupado neste momento pelo Avaí, que vai vencendo o Boa Esporte, no interior mineiro, por 2 a 0 (intervalo de partida). Dodô, aos 33 minutos abriu o placar, em um forte chute no ângulo, e Jussani, aos 41 minutos, ampliou para o Fortaleza.

O líder da Série B volta a campo no sábado (23), no Castelão, contra o Oeste.

(Foto: Reprodução)

Ceará perde com gol nos acréscimos e mantém agonia no Brasileirão

192 1

O Ceará desperdiçou uma grande chance de reagir no Brasileirão, na noite dessa quarta-feira (13), em pleno estádio Independência, em Belo Horizonte, quando saiu na frente do Atlético Mineiro, aos 33 minutos do segundo tempo, com gol de Naldo. Pior, além de levar o gol de empate, três minutos depois, com Roger Guedes, o Vozão permitiu a virada do Galo, nos acréscimos, por meio de Luan.

Com o resultado, o Atlético assumiu a vice-liderança do Brasileirão, enquanto o Ceará segue a agonia de ainda não ter vencido na competição, após 12 rodadas.

A Série A do Campeonato Brasileiro somente voltará com suas rodadas, após o término da Copa do Mundo, quando o Ceará receberá o Sport, no Castelão, dia 18 de julho.

(Foto: Reprodução)

Vozão segura Palmeiras, após sair em desvantagem no placar por 2 a 0

O Ceará mostrou na tarde deste domingo (10), no Castelão, que está pronto para uma reação na Série A do Campeonato Brasileiro. Após sair na desvantagem do placar, por 2 a 0, o Vozão foi para cima do então vice-líder do Brasileirão e buscou o empate em 2 a 2. O resultado não tirou o Ceará da lanterna da temporada, mas deixou o Palmeiras fora do G4.

Thiago dos Santos abriu o placar para o Verdão, aos 6 minutos de partida. Dudu ampliou para o Palmeiras, aos 23 minutos. Felipe Azevedo, 26 minutos do primeiro tempo, descontou. Elton, aos 43 minutos da segunda etapa, empatou.

O Ceará volta a campo na quarta-feira (13), em Belo Horizonte, diante do Atlético Mineiro.

(Foto: Reprodução)

Vozão entra em estatística perigosa na Série A

Com a pior campanha na Série A, nas últimas sete temporadas, o Ceará entrou em uma perigosa estatística na competição, com pouco mais de 25% do cumprimento das 38 rodadas. Nos últimos três anos, todas as equipes que chegaram à décima rodada na última colocação, encerraram a temporada na mesma posição na tabela de classificação.

A regra foi quebrada pelo Flamengo, em 2014, quando o Mengão escapou do rebaixamento nas rodadas posteriores. O rubro-negro carioca, no entanto, estava com os mesmos sete pontos dos demais times do Z4 e um ponto para o Bahia, o primeiro fora da zona.

Há 12 jogos sem vencer, sendo dois pela Copa do Nordeste, o Vozão enfrenta o Palmeiras, neste domingo (10), a partir das 16 horas, no Castelão, determinado a mudar sua história na competição. Já o Palmeiras, em caso de vitória, assumirá a vice-liderança do Brasileirão.