Blog do Eliomar

Categorias para Ceará

PF deflagra Operação Infância Digital V no Ceará

web_foto_x_big_tp

A Polícia Federal deflagrou, nesta manhã de sexta-feira, operação de repressão ao armazenamento e distribuição de pornografia infantil. Na ação, denominada Infância Digna V, foram cumpridos três mandados de busca e apreensão nos bairros Jangurussu e Jardim Cearense. Participaram da operação 14 policiais federais.

As investigações apontavam a posse e o compartilhamento de material de pornografia infantil em redes sociais, e-mail e outros serviços disponíveis na Internet.

Houve flagrante de posse de pornografia infantil com o suspeito residente no bairro Jangurussu que é coordenador de uma escola. Foi realizada busca na escola de onde partiram os acessos, além da residência do coordenador.

Penas

As penas previstas no Estatuto da Criança e Adolescente para o crime de posse ou armazenamento é de 1 a 4 anos e multa, e para o compartilhamento é de 3 a 6 anos e multa.

“Já que o governo estadual não cuida, nós vamos cuidar”, avisa Eunício sobre a seca no Ceará

eunicio-apoia-temer-de-olho-no-senado_578835

O senador tem trânsito livre com o presidente Michel Temer.

“Já que o governo estadual não cuida, nós vamos cuidar”, disse, nesta manhã de sexta-feira, o senador Eunício Oliveira (PMDB), ao anunciar um encontro que está puxando com os prefeitos cearenses de cidades em situação de calamidade por conta da seca prolongada.

O encontro ocorrerá quinta-feira em Brasília e o objetivo de Eunício é colocar os prefeitos para uma conversa franca com o ministro da Integração Nacional, Helder Barbalho. A ordem é cobrar recursos para sistemas de abastecimento d’água.

Eunício deu essa informação durante entrevista que concedeu ao jornalista Luiz Viana, âncora do programa O POVO no Rádio, da Rádio POVO/CBN.

MPCE faz Operação Bola da Vez e investiga desvio de verbas da Sesporte

439 2

Cinco pessoas foram presas na operação “Bola da Vez”, deflagrada pelo Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas (GAECO), do Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE), na manhã desta sexta-feira (04). A operação investiga o desvio de recursos públicos por meio de convênios celebrados entre a Secretaria do Esporte do Estado do Ceará (SESPORTE) e associações esportivas, entre os anos de 2009 e 2013. A ação contou com o apoio da Procuradoria dos Crimes contra a Administração Pública (PROCAP) e Núcleo de Investigação Criminal (NUINC) e das Polícias Militar e Civil.

De acordo com os promotores de justiça do GAECO, o desvio de recursos públicos se dava através da celebração de contratos ou convênios entre a SESPORTE e várias entidades desportivas, cuja finalidade seria a realização de atividades recreativas direcionadas a pessoas idosas e deficientes, de comunidades carentes. Os planos de trabalho dos convênios eram modificados de modo a permitir pagamentos indevidos, sem a contraprestação de serviços ou do material supostamente adquirido. Segundo o GAECO, os desvios podem chegar a 47 milhões de reais.

Foram expedidos pelo juízo da 16ª Vara Criminal da Capital seis mandados de prisão, sendo quatro preventivas (Fernando Antônio Oliveira Marques, Newton Beviláquia Dias Júnior, Raimundo Nonato Chaves Júnior e Francisco Raimundo Lima Filho) e dois mandados de prisões temporárias (Vera Silvia Bezerra da Fontoura e Clidenor Santos de Souza). Cinco deles já foram presos e apenas Fernando Antônio Oliveira Marques continua foragido, mas as buscas continuam.

Foram cumpridas, ainda, buscas e apreensões em diversas associações desportivas e residências dos investigados, nestas últimas, algumas armas de fogo foram encontradas e apreendidas. A investigação abrangeu oitiva de testemunhas, quebra de sigilos telefônico, bancário e fiscal, complementados nesta fase com as buscas e apreensões. Os promotores de Justiça aguardam a consolidação do trabalho e das oitivas para o oferecimento da denúncia.

 

(Com Site do MP-CE)

Governo do Ceará fecha parceria com Portugal no campo da ciência e tecnologia

Representantes do governo de Portugal participarão, nesta sexta-feira, de almoço na Casa da Indústria com membros do Conselho Temático de Inovação e Tecnologia da Federação das Indústrias do Estado do Ceará (FIEC), tendo à frente o empresário Sampaio Filho. O almoço celebrará a parceria entre o Ceará e o governo de Portugal, que vai permitir ao Estado ser incluído em uma plataforma internacional de ciência & tecnologia a ser instalada pelo governo português no arquipélago dos Açores, o Azores International Research Center (AIR Center).

A participação do Brasil foi definida em acordo assinado na última terça-feira, dia 1º, em Brasília, por ocasião da Cimeira Brasil-Portugal, e contará com outros países da União Europeia, África e América do Sul e do Norte. A parceria entre o governo português e o Estado do Ceará será concretizada nesta sexta-feira.

A inclusão do Ceará nesse megaprojeto global de estudos e pesquisas tem como origem uma missão científica e diversos eventos realizados em conjunto, desde 2012, por pesquisadores do Programa de Pós-Graduação em Administração (PPGA) da Universidade Estadual do Ceará (Uece), com pesquisadores do Center for Innovation, Technology and Policy Research (IN+), do Instituto Superior Técnico de Lisboa (IST), que até 2015 era dirigido pelo atual Ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior de Portugal, professor Manuel Heitor. Em 2014, discutiu-se na Uece, com a presença de representantes das esferas públicas e privadas do Estado, o documento “Pensar o Ceará 2030”, elaborado em parceria entre a Uece e o IST, onde se destacava o posicionamento geoestratégico do Ceará para a observação, estudos, pesquisas e negócios para o Atlântico Sul.

Como o Centro a ser instalado pelo governo português, em cooperação internacional, incluirá os países banhados pelo Oceano Atlântico, tendo como escopo a integração Norte-Sul, as conversações dos pesquisadores da Uece voltaram a ser realizadas junto ao agora Ministro de C&T português, que prontamente enviou emissário para um levantamento da capacidade científica do Ceará nas áreas estratégicas que serão tratadas no Centro, além de outras que serão suplementares e complementares para uma visão mais ampla de Ciência e Tecnologia.

Gilvan Rocha “ressuscita” em um novo livro

FORTALEZA, CE, BRASIL, 10-06-2014: Gilvan Rocha, 72, militante socialista, escritor e ex-guerrilheiro. Páginas Azuis - Gilvan Rocha. (Foto: Fábio Lima/O POVO)

O Centro de Atividades e Estudos Políticos (Caepe) lançará, no próximo dia 9, às 19 horas, no Ideal Clube, o último livro escrito por Gilvan Rocha: “A idiotice ao alcance de todos e a necessidade de uma outra esquerda”.

Gilvan Rocha, que morreu aos 72 anos no dai 26 de dezembro de 2014, foi militante contra o regime militar e um dos fundadores do PT. Mas, decepcionado com o partido muito antes mesmo de tantos escândalos, acabou deixando a legenda. Ajudou a fundar o PSOL. Era um pensador do cotidiano político.

Nasceu no Recife (PE), filho de pais conservadores. Estudou no Colégio Leão XII, com acentuado perfil católico e padrões disciplinares rígidos. Mesmo assim, passou a atuar em causas políticas aos 16 anos. Antes dos 20 anos, foi para o Interior de Goiás, onde participou de guerrilha.

Como escritor, escreveu os livros Vermelho Cor de Esperança, Bye, Bye PT, Meio Século de Caminhada Socialista, Comunistas, filhos da pátria e 1964: A Grande Derrota e Outros Textos Pertinentes.

(Foto – Fábio Lima)

Rio Cocó terá estendido seu trecho de navegabilidade

coco

O rio Cocó vai expandir, em breve, sua navegabilidade, anuncia o secretário estadual do Meio Ambiente e Sustentabilidade, Artur Bruno.

Segundo o titular da SEMA, isso virá em consequência de ações de limpeza realizadas pelo Governo e Prefeitura de Fortaleza.

Com a medida, haverá expansão da navegabilidade do rio do trecho que vai da avenida Sebastião de Abreu até a avenida Murilo Borges.

Hoje só se navega da Sebastião de Abreu até a avenida Santana Junior.

(Foto – Demitri Túlio)

Capitão Wagner afirma que quer continuar liderando oposição ao grupo dos Ferreira Gomes

307 4

capitao-wagner-840x420

Do Capitão Wagner (PR), candidato derrotado à Prefeitura de Fortaleza, em clima de avaliação da campanha, nessa quinta-feira, na tribuna da Assembleia Legislativa:

“Fazendo uma análise bem fria, disputei com a campanha mais cara do País. Ao contrário da gente que ainda está devendo… Foi extremamente positivo e vitorioso (o resultado da votação), e o mérito não é só meu, mas de um grupo de pessoas que aderiu à nossa candidatura”.

Ele prometeu continuar trabalhando para liderar a oposição contra o grupo dos Ferreira Gomes, criticou a imprensa e pouco falou da sua estratégia de campanha, que optou por críticas duras à gestão municipal.

(Foto – Divulgação)

Roberto Cláudio e o desejo de ser um novo Juraci

318 1

rcccal

O prefeito vai reforçar parcerias com o governador Camilo Santana (PT).

Da Coluna Vertical, do O POVO desta sexta-feira:

Nada de festejar reeleição. O prefeito Roberto Cláudio (PDT), anuncia que, até o fim deste ano, vai entregar mais cinco areninhas (as próximas são do Conjunto Ceará e Parque Dois Irmãos), viaduto e a rotatória da avenida Raul Barbosa com Murilo Borges, além do túnel da Padre Antonio Tomás com Via Expressa.

A ordem é manter a imagem de tocador de obras, o que lhe rendeu bom saldo durante a campanha – com de 62% de aprovação de gestão, segundo o Datafolha.

Na área da saúde, adianta que entregará posto no Mondubim e um novo Caps/AD e duas creches. “Já estou trabalhando e quero manter esse ritmo de obras”, diz o prefeito para esta Vertical. Ele não publiciza, mas amigos próximos garantem: um dos seus sonhos é ser lembrado como o velho Juraci Magalhães.

(Foto – Divulgação)

Documento revela ameaça de morte a desembargador

desem

O ex-presidente do Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE), desembargador Gerardo Brígido, foi ameaçado de morte pelo também desembargador Carlos Rodrigues Feitosa. A narrativa sobre mais um capítulo da Operação Expresso 150, que investiga um esquema de venda de liminares nos plantões do Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE), está em um documento da Polícia Federal (PF).

O conteúdo é parte de uma “informação circunstanciada e sigilosa”, assinada pelo delegado federal Cid Sabóia Soares. Nela, o policial alerta o delegado regional da PF no Ceará, Wellington Santiago – o segundo na hierarquia da instituição e que coordenou a execução da Operação Expresso 150 – que o desembargador investigado afirmou que contrataria alguém para matar Gerardo Brígido.

“Informo a Vossa Excelência que durante a execução do mandado de busca e apreensão na residência do desembargador Carlos Rodrigues Feitosa foi percebido, por esta autoridade policial, que o mesmo por várias vezes resmungou em baixo tom que ‘era uma pena ter que gastar R$ 3.000,00’. A expressão passou despercebida a priori, uma vez que não fazia sentido naquele momento”, escreveu Sabóia.

A declaração de Feitosa, de acordo com o delegado Cid Sabóia, se deu em 15/6/2015. Ocasião em que foi deflagrada a primeira fase da Expresso 150 e o desembargador foi conduzido coercitivamente de seu apartamento para prestar depoimento.

“Quando o mesmo se dirigiu ao elevador no momento em que se iniciou sua condução coercitiva para a Justiça Federal, o magistrado mencionou na frente dos policiais federais que contrataria um matador por aquele valor e que teria como alvo o ex-presidente do TJCE, Gerardo Brígido”, narra o policial no documento.

De início, o delegado Cid Sabóia ignorou a manifestação do magistrado, mas resolveu que deveria colocar no papel o que teria ouvido do desembargador. Tanto que o fato só foi comunicado oficialmente ao delegado Wellington Santiago em 19/6/2015, quatro dias após a condução de Carlos Feitosa.

“No momento não foi dada a importância a tais comentários, pois seriam estapafúrdios fazê-los na frente de policiais federais, soando, a princípio, como uma forma de desabafo ou mesmo nervosismo diante de sua condução e busca em sua residência. Contudo, por razões de precaução, entendo por bem fazer a presente informação circunstanciada para as providências que Vossa Excelência entender”, finaliza o delegado Cid Sabóia.

O POVO tentou ouvir os delegados Wellington Santiago e Cid Sabóia. Nenhum deles quis se manifestar sobre o assunto que consta nos autos do processo do Superior Tribunal de Justiça (STJ).

*Confira a íntegra da matéria feita pelos repórteres Cláudio Ribeiro e Demitri Túlio no O POVO aqui.

Alunos da UFC decidem entrar em greve

Em assembleia geral realizada nesta quinta-feira, na Concha Acústica da Universidade Federal do Ceará, os estudantes dessa Instituição decidiram entrar em greve.

A decisão foi tomada após várias falações de lideranças do Diretório Estadual dos Estudantes (DCE) e tem por objetivo pressionar o Governo Temer contra a votação da PEC 55 – (era 241 aprovada em dois turnos pela Câmara dos Deputados), que limita os gastos públicos.

Os estudante avaliaram que a PEC 55, aprovada, trará sérios prejuízos não só para o ensino superior como para avanços sociais conquistados pelo País. Eles prometem iniciar ocupações a partir desta sexta-feira.

No próximo dia 10, os alunos deverão convocar nova assembleia geral para avaliar o movimento.

Professores

Já os professores, em plebiscito realizado nesta semana, decidiram não paralisar as atividades. A categoria, segundo alguns docentes, rejeitou a greve principalmente depois de decisão do STF que autorizou corte do ponto para servidores públicos grevistas.

TCM fiscaliza transição em Mulungu, Trairi e Uruburetama

O Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) deu continuidade nesta quinta-feira (3) às fiscalizações especiais de acompanhamento de transições governamentais. Até  esta sexta-feira (4), equipes de fiscalização estarão nos municípios de Mulungu, Trairí e Uruburetama.

O trabalho de inspeção está sendo realizado em parceria com o Ministério Público Estadual (MPCE), incluindo a Procuradoria de Justiça dos Crimes contra a Administração Pública (Procap). A operação vai visitar unidades de cada prefeitura, como escolas, postos de saúde e secretarias.

A escolha dos municípios foi baseada em diversos critérios, como: prefeito não reeleito ou não elegeu o sucessor; aumento de gastos com contrato temporário em ano eleitoral; informações procedentes da sociedade, por meio da Ouvidoria; atraso no pagamento da folha de pessoal; elevação da dívida previdenciária; descumprimento aos limites de gasto com pessoal.

Após realizadas as fiscalizações, os relatórios serão entregues ao MPCE para disponibilizar ao órgão informações necessárias à abertura de processos de improbidade administrativa, se necessário. No TCM, as irregularidades que foram identificadas podem ocasionar multas, desaprovação de contas ou determinações de devolução de recursos aos cofres públicos.

(Site do TCM)

Peça com atriz Renata Sorrah ocupará espaços na Caixa Cultural

renataa

A atriz Renata Sorrah está no elenco da peça “Esta Criança”, que estará em cartaz em duas temporadas na Caixa Cultural Fortaleza: de 3 a 5 e de 10 a 13 deste mês. O espetáculo teatral é “Esta Criança”, uma montagem da Companhia Brasileira de Teatro, em parceria com Renata Sorrah.

No elenco também os atores Giovana Soar, Ranieri Gonzales e Edson Rocha. O texto é do diretor e dramaturgo francês Joël Pommerat. A peça é composta por 10 cenas curtas e tem como tema único, ao mesmo tempo fragmentado em diferentes aspectos de abordagem, a relação entre pais e filhos.

SERVIÇO

* CAIXA Cultural Fortaleza – Avenida Pessoa Anta, 287, Praia de Iracema.

*Horário: sextas, às 20h | sábados, às 18h e 20h30 | domingos, às 19h

*Classificação indicativa: 16 anos

*Ingressos: R$ 10,00 (inteira) e R$ 5,00 (meia)
Vendas a partir do dia 3/11, para sessões de 4 a 6/11, e a partir do dia 10, para sessões de 11 a 13/11. Sempre das 10h às 20h, na bilheteria da CAIXA Cultural
Serviço de manobrista gratuito no local

Site oficial: www.companhiabrasileira.art.br/esta-crianca
Informações gerais | Bilheteria CAIXA Cultural Fortaleza: (85) 3453-2770.

MPF/CE pede prisão de empresários cearenses condenados por crime contra sistema financeiro

O Ministério Público Federal no Ceará (MPF/CE) pediu à Justiça Federal que seja iniciada a execução das penas de empresários cearenses condenados por crime contra o sistema financeiro nacional. Entre os réus estão Francisco Deusmar de Queirós, Ielton Barreto de Oliveira, Geraldo de Lima Gadelha Filho e Jerônimo Alves Bezerra.

Entre os anos de 2001 e 2006, por meio das empresas Renda Corretora de Mercadorias S/C Ltda e da Pax Corretora de Valores e Câmbio Ltda, empresas do Grupo Pague Menos, os réus atuaram no mercado de valores imobiliários sem registro junto à Comissão de Valores Imobiliários.

Francisco Deusmar dirige, ao lado do sócio Ielton, os negócios na Renda e também é acionista principal e sócio-administrador da Pax. Geraldo e Jerônimo, embora não figurem nos contratos sociais entre os sócios das empresas, atuavam, de acordo com o MPF, em nome delas, o que na nomenclatura jurídica é definido como longa manus (do latim, mão longa).

Os quatro réus foram condenados à prisão, em 2012, em ação movida pelo MPF e que tramita na 11ª Vara da Justiça Federal no Ceará. Em julho de 2013, o Tribunal Regional Federal da 5ª Região (TRF-5), com sede em Recife, acatou parcialmente recurso da defesa, reduzindo as penas, depois de inocentá-los de crime previsto na Lei nº 6.385, de 7 de dezembro de 1976, mas mantendo a condenação de primeira instância por crime contra o sistema financeiro, previsto na Lei nº 7.492/86.

Ielton, Geraldo e Jerônimo foram condenados a cinco anos de reclusão e a pagamento de multa. A maior pena foi estabelecida para Francisco Deusmar, condenado a nove anos e dois meses de prisão e a pagamento de multa correspondente a 2.500 salários mínimos, em valores vigentes à época dos fatos relacionados ao processo.

Entre os argumentos apresentados pelo procurador da República Márcio Andrade Torres, autor da petição de execução penal provisória, para que os réus comecem a cumprir as penas está a decisão recente do Supremo Tribunal Federal (STF), que afirmou a possibilidade da execução imediata da pena depois da decisão condenatória confirmada em segunda instância, como é o caso dos empresários cearenses, condenados pela Justiça Federal no Ceará e pelo Tribunal Regional Federal.

(MPF/CE)

A PEC que condena o país ao atraso e à dependência internacional

222 2

Com o título “Um tiro no escuro”, eis artigo do ex-reitor da Universidade Federal do Ceará, Jesualdo Farias, que pode ser conferido no O POVO desta quinta-feira. Ele questiona o ajuste fiscal do Governo Temer: “A aprovação da PEC sem preservar áreas estratégicas como a saúde, educação, ciência, tecnologia e inovação, é a condenação do país ao atraso e à dependência internacional”, diz Farias. Confira:

É certo que o Brasil precisa de um regime fiscal para combater a inflação e retomar o crescimento econômico. Medidas nesta direção foram encaminhadas à Câmara dos Deputados pela Presidente Dilma. Sob o o comando do ex-presidente, aliado de Temer, e agora preso em Curitiba, Eduardo Cunha, estas medidas foram negligenciadas, uma vez que a prioridade passou a ser o golpe parlamentar que depôs a Presidente Eleita. Com isso, agravou-se a crise política e o país acumulou prejuízos que aumentaram assustadoramente após o “assalto ao poder” pela turma do Cunha. O quadro é grave!

O PIB brasileiro caiu 0,91% em agosto, a maior queda em 15 meses, acumulando uma redução anual de 5,48%. O desemprego atinge 17,8 milhões de brasileiros. Neste cenário, já foi aprovada na Câmara dos Deputados uma saída mágica. Trata-se da inconstitucional PEC 241, que estabelece um teto de gastos públicos para os próximos 20 anos. Embora o governo tenha divulgado que a educação e a saúde não seriam prejudicadas, não é isto que afirmam os especialistas.

Estudos do Ipea estimam uma perda de R$ 743 bilhões no sistema de saúde, durante a vigência do teto.

Técnicos da Câmara dos Deputados concluíram que a educação perderá R$ 480 bilhões. Já os programas de subsídios financeiros e desonerações tributárias, também conhecidos como Bolsa Empresário, foram preservados e, de acordo com dados divulgados pela jornalista Raquel Landim da Folha de São Paulo, devem custar R$ 224 bilhões no próximo ano, ou seja, 3,4% do PIB. A realidade é que esta crise vem causando aumento do desemprego, destruindo o SUS e interrompendo importantes programas na área de educação.

Apesar do enorme esforço empreendido na última década, ainda existem 600 mil crianças fora da educação infantil. São mais de 1,7 milhões de adolescentes fora do ensino médio e cerca de 3,2 milhões de jovens que precisam ingressar no ensino superior até 2024. Os senadores não podem “fechar os olhos” para esta realidade. A aprovação da PEC sem preservar áreas estratégicas como a saúde, educação, ciência, tecnologia e inovação, é a condenação do país ao atraso e à dependência internacional.

É a mutilação de sonhos de uma geração.

*Jesualdo Farias

jesualdo.farias@gmail.com
Professor titular da UFC

Papai Noel chegará ao North Shopping Jóquei em clima de circo

papai-noel-amigo

O Papai Noel vai chegar ao North Shopping Jóquei no próximo sábado, ás 16 horas. Tudo em clima de uma decoração em clima de circo, informa a assessoria de imprensa desse polo de compras.

A novidade é que o bom velhinho desembarcará ali ao som do Coral do Natal de Luz de Fortaleza, em sua primeira apresentação neste ano. O público também confere apresentações circenses e musical com o Tio Alexandre e a Banda Só Alegria, na Praça de Alimentação (Piso L3). Toda a programação é gratuita.

SERVIÇO

O bom velhinho receberá a meninada até o dia 24 de dezembro, no Piso L1, de segunda a sábado, das 15 às 21 horas. Aos domingos e feriados, das 14 às 20 horas. No dia 24 de dezembro, das 10 às 16 horas.

Consultor diz que saída para usina de biodiesel de Quixadá é ser encampada pelo setor privado

brunoiuguettti

Da Coluna O POVO Economia, da jornalista Neila Fontenele no O POVO desta quinta-feira:

O consultor da área de petróleo e gás, Bruno Iughetti, acredita que hoje será um dia importante para o caso da Usina de Biodiesel de Quixadá. Se o processo de desativação for realmente iniciado, isso pode ser um prenúncio da resposta dada pela Petrobras aos pedidos feitos pelo governo do Estado.

O fechamento da usina é considerado um grande erro. Na avaliação do consultor, o projeto pode ser repassado para a iniciativa privada mas, com a desativação do empreendimento, os desgastes serão inevitáveis.

Em entrevista ao O POVO Economia, da rádio O POVO/CBN, ele comentou que existem grupos locais que poderiam assumir a usina, citando o caso do Grupo Teles.

Escola de Saúde Pública debate Previdência Social

dialgoogg

Projeto Roda de Diálogos.

A Escola de Saúde Pública do Ceará receberá, nesta sexta-feira (4), uma equipe de profissionais do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). São três técnicos que vão abordar o tema “Aposentadoria: aspectos psicossociais, previdenciários e convivência social e comunitária”.

A ação, que ocorrerá de forma gratuita a partir das 13 horas no Auditório Ciro Gomes, faz parte do Curso Técnico de Agente Comunitário em Saúde (CTACS), que o órgão tem promovido através das Rodas de Diálogos, atividades interdisciplinares que envolvam os alunos e a comunidade interessada em participar dos encontros.

De acordo com a coordenação do curso, esse será um momento para abordagem de diferentes aspectos relacionados à aposentadoria.

(Foto – Divulgação)

 

Servidores do IFCE, em estado de greve, anunciam Dia Nacional de Luta contra Governo Temer

foto ifce 150807 greve

Os servidores do IFCE estão em estado de greve. A categoria realizará, na próxima quinta-feira (10), um dia de mobilização nos campi de todo o Ceará. Segundo o Sindicato dos Servidores (SINDSIFCE), a mobilização reforça a luta contra a PEC 241 (agora PEC 55, no Senado) e o conjunto “dos ataques do Governo Federal à educação, aos serviços públicos, aos investimentos sociais e à população”.

Na quinta-feira, os servidores de cada campus realizarão suas próprias atividades de mobilização, que podem ter diversas naturezas, como debates, palestras, atos públicos, elaboração de cartazes, visitas a emissoras de rádio, visitas ao campus de setor em setor, entre outras, de acordo com as características e a realidade de cada unidade.

Além do dia de mobilização, também será anunciada em breve uma manifestação específica para o Campus Fortaleza, reforçando a mobilização contra as medidas do Governo Temer, reunindo várias entidades.