Blog do Eliomar

Categorias para Ceará

Repórter do Blog no “Debates do POVO”

243 3

Repórter do POVO, Plínio, Italo Coriolano e Thiago Paiva nos estúdios da emissora.

Participamos, nesta sexta-feira, do programa Debates do POVO, da Rádio O POVO/CBN, atendendo a um convite do jornalista Plínio Bortolotti, mediador. Ao lado dos jornalistas Ítalo Coriolano e Thiago Paiva, ambos companheiros aqui do O POVO, comentamos o cenário eleitoral e, também, a influência que fatos como a execução de três PMs terão junto ao eleitorado.

A certeza: Segurança pública virou a pauta.

Agradecemos as várias mensagens de incentivo.

Cid e Eunício, na disputa pelo Senado, ficam com as maiores fatias no horário gratuito

255 1

O Tribunal Regional Eleitoral divulgou, agora há pouco, em sua sede, o tempo que os candidatos ao Senado terão na propaganda eleitoral gratuita, que começa a partir do próximo dia 31.

Cid Gomes (Por Um Ceará Cada Vez mais Forte) ficou com a maior fatia: 3 minutos 10 segundos. Já Eunício Oliveira (A Força do Povo) ficou com 2 minutos e 14 segundos.

Confira:

Cid Gomes  (PDT) – 3 minutos e 10 segundos

Eunício Oliveira (MDB) – 2 minutos e 14 segundos

Luis Eduardo Girão (PROS) – 58 segundos

Dra. Mayra – (PSDB) – 58 segundos

Jamieson Simões (PSOL-PCB) – 8 segundos

Anan Karina – (PSOL-PCB) – 8 segundos

João Saraiva – (Rede) – 6 segundos

Geraldo Magela (PSTU) – 4 segundos

Alexandre Barroso (PCO) – 4 segundos

Taxistas de Fortaleza fazem curso de Inglês Instrumental

A Empresa de Transporte Urbano de Fortaleza (Etufor) e a Secretaria Municipal do Turismo (Setfor) iniciarão, a partir das 18 horas desta sexta-feira, um novo Curso de Inglês Instrumental e História dos pontos turísticos da cidade. O curso ocupará espaços na sede da Etufor (Bairro Vila União).

A capacitação, que se estenderá até a próxima quinta-feira (30), é gratuita e exclusivamente voltada para os taxistas que atuam na zona hoteleira, orla marítima e espaços turísticos de Fortaleza.

O objetivo é melhorar a comunicação entre estrangeiros e os taxistas que, assim, poderão informar também dados e curiosidades sobre os pontos turísticos de Fortaleza aos turistas.

Camilo terá 6 minutos e 18 segundos no horário gratuito. Mais tempo que todos os adversários juntos

398 1

O Tribunal Regional Eleitoral divulgou, agora há pouco, o tempo dos candidatos ao Governo do Ceará. Camilo Santana (Por um Ceará Cada Vez Mais Forte) teve o maior espaço no horário gratuito, por ter maior número de partidos coligados. Ficou com 6 minutos 18 segundos.

A propaganda começa na próxima sexta-feira (31).

Confira:

Camilo Santana (PT-PDT) – 6 minutos 18 segundos

General Theophilo (PSDB) – 1 minuto 56 segundos

Aílton Lopes (PSOL-PCB) – 17 segundos

Hélio Gois (PSL) – 10 segundos

Mickaelton Carantino (PCO) – 9 segundos

Gonzaga (PSTU) – 9 segundos.

Execução de três policiais militares – Um crime premeditado

Com o título “Sementes de violência”, eis artigo de Ricardo Moura, pesquisador do laboratório conflitualidade e violência (COVIO), da UECE, e colunista do O POVO. Ele aborda o episódio do assassinato de três PMs em Fortaleza. Confira:

Desde junho de 2016 que a Polícia Militar não contabilizava tantas baixas de uma só vez. Na ocasião, o sargento Francisco Guanabara Filho, 50; o soldado Antônio Lopes Miranda Filho, 33; e o cabo Antônio Joel de Oliveira Pinto, 33, foram mortos em serviço durante confronto com criminosos na localidade de Juatama, em Quixadá, após uma abordagem policial que se transformou em um intenso tiroteio.

A matança de PMs ocorrida em um bar na Vila Manuel Sátiro, na tarde de ontem, foi um caso ainda mais grave. Não houve confronto, muito menos tiroteio. Tratou-se de um crime premeditado e friamente realizado.

Os assassinos dispunham da informação exata de onde estariam as vítimas, que foram barbaramente executadas em seu dia de folga num crime com claros indícios de atentado. A motivação por trás da ousadia necessária para que esse triplo assassinato seja cometido remonta a uma série de fatores.

A listagem que segue não é exaustiva, mas busca compreender as raízes da situação calamitosa que vivemos.

Tudo tem início na inexistência de políticas públicas para jovens e adolescentes. É uma carência crônica que remonta aos anos 1990 e que nunca foi realmente levada a sério pelos governantes. O bônus demográfico de se ter uma população jovem foi desperdiçado.

Sem oportunidades e sem expectativas, a nossa juventude periférica sofre há tempos com o peso da criminalização e do racismo institucional. O tráfico de drogas surge, nesse contexto, como uma oportunidade única de fazer dinheiro e ser reconhecido na comunidade, ainda que sob uma via torta. O abandono escolar é o passo seguinte, bem como a internação em centros educacionais e, posteriormente, a detenção nos superlotados centros provisórios de privação de liberdade.

Durante algum tempo, conseguimos lidar com essa realidade sem que ela nos causasse tantos danos. O tráfico atuava de forma fragmentada, em micro-escala. Os adolescentes matavam e morriam bem longe de nossas vistas. Foi nesse vazio de políticas sociais que as facções floresceram e ganharam musculatura. Não conseguimos enxergar as potencialidades dos nossos jovens, ao contrário dos grupos criminosos que recrutam meninos cada vez mais cedo para suas fileiras.

As primeiras manifestações públicas de poder das facções foram tratadas pelo governo como ações de “pirangueiros”, numa clara tentativa de minimizar o problema. Segundo a versão oficial, os homicídios não caíram bruscamente de um ano para o outro por causa de um acerto entre gangues rivais, mas graças a uma política de segurança que não se via na prática. O discurso governamental ruiu quando o acordo entre facções foi rompido em nível internacional. A panela de pressão finalmente estourou.

O que vimos desde então foi uma escalada inédita nos índices de violência. Corpos decepados se tornaram parte da paisagem das periferias. Batemos o recorde de pessoas mortas e de chacinas registradas em apenas um ano. Tudo isso não ocorre sem consequências.

O acirramento de um modelo de segurança baseado primordialmente na repressão leva a crimes mais graves. Dos disparos contra fachadas de prédios públicos, chegamos aos atentados contra agentes de segurança. O menino em situação de ato infracional deixado ao léu pelo Estado e pela sociedade corre o sério risco de disparar uma arma contra um grupo de policiais indefesos. Colhemos o que plantamos. E ao longo de todo esse tempo, nós só temos plantado uma coisa: sementes de violência.

*Ricardo Moura

Pesquisador do laboratório conflitualidade e violência (COVIO), da UECE, e colunista do O POVO

Fatos que esquentam uma campanha fria

Da Coluna Política, do jornalista Érico Firmo, no O POVO desta sexta-feira:

A execução de três policiais em um bar da periferia de Fortaleza, em plena luz do dia, dá medida do grau de ousadia, afronta ao qual chegou o crime. Foi um ataque direto, brutal, acintoso, intimidador aos profissionais de segurança. Ao Estado. O que ocorreu foi lastimável, uma terrível tragédia humana. Porém, há os desdobramentos políticos.

A coluna de ontem mencionou o quanto Camilo Santana (PT) dava sinais de empurrar a campanha com a barriga. Episódios como o de ontem são daqueles capazes de esquentar uma campanha. Não, não digo a ponto de abalar o favoritismo do governador para a reeleição. Uma coisa que os governantes tiram de bom dos seguidos anos de violência desmedida é que a população parece já anestesiada. Mesmo índices tão absurdos de criminalidade não parecem mais ter impacto político significativo. Porém, é inevitável que o governador fique pressionado.

O caso lembra a eleição de 2010, quando ocorreu o caso Bruce. Policial do Ronda do Quarteirão atirou na nuca de adolescente de 14 anos, numa ação desastrada e absurda. Não evitou que Cid Gomes fosse reeleito no primeiro turno, mas foi uma marca na campanha.

A execução a sangue frio registrada ontem ocorre em momento em que, depois de comer o pão que o diabo amassou, os índices de criminalidade começaram devagarinho a melhorar. O secretário André Costa, eficaz arma de Camilo para neutralizar Capitão Wagner (Pros) e reduzir a rejeição perante a tropa, não tinha se manifestado até o fechamento da coluna. Estava estranhamente calado. O próprio governador, tão assíduo nas redes sociais, foi tímido na manifestação. Limitou-se a falar do assunto em entrevista de campanha que já estava marcada na TVC. Em momentos de crise, o silêncio das autoridades não é bom sinal.

Não sei se esse episódio irá introduzir o mínimo de competitividade que a pesquisa não mostrou nessa campanha. É difícil que isso aconteça de forma significativa. A diferença é muito grande e o eleitor não escolhe com base em fatos isolados. Porém, é certo que o episódio de ontem estará no horário eleitoral que começa daqui a uma semana. Será assunto nos debates por vir, esteja presente o governador ou não.

Pode não ser decisivo, pode não mudar os rumos, mas a campanha no Ceará tem seu primeiro grande tema. Infelizmente, num assunto que tem sido tão recorrente.

(Foto – Gustavo Simão/O POVO)

Região do Cariri ganha nesta sexta-feira duas unidades do Decon

O Ministério Público do Ceará inaugura, nesta sexta-feira (24), duas Unidades Descentralizadas do Decon. À frente do ato o procurador-geral de justiça, Plácido Rios, e a titular do órgão, Ann Celly Sampaio.

Às 10 horas, será entregue a unidade do Decon do Crato, que fica na avenida Perimetral Dom Francisco, s/n, Bairro Pinto Madeira; à tarde, será a vez de entregar a unidade do Decon de Juazeiro do Norte, na rua Santa Luzia, 1058, no bairro São Miguel.

As unidades estarão à disposição dos consumidores em geral para receber reclamações e denúncias de abusos praticados por fornecedores de produtos e de serviços, bem como a apuração destes atos, quer seja na esfera administrativa seja na judicial.

(Foto – MPCE)

Secult-CE destinará R$ 915 mil para o Ceará Natal de Luz

Fabiano Piúba, titular da Secult/Ceará.

A Secretaria da Cultura do Estado destinará, a partir de 15 de setembro, R$ 915.152,00 para o XI Edital Ceará Natal de Luz. Grana para grupos natalinos, mostras, corais e certame de presépios.

Essa verba está assim dividida: R$ 285.088,00 para apoio aos projetos selecionados na categoria Grupos de Tradição Natalina, R$ 142.544,00 para Grupos de Projeção (Parafolclóricos), R$ 16.000,00 para Presépios, R$ 16.000,00 para Coral, R$ 266.000,00 para as Mostras Regionais Natalinas, R$ 174.000,00 para a XIII Mostra Estadual Ceará Natal de Luz e R$15.524,00 para despesas com a Comissão de Avaliação e Seleção.

A Secult promete liberar a verba nos prazos.

(Foto – Divulgação)

BNB divulga edital de concurso público no fim deste mês

Da Coluna do Eliomar de Lima, no O POVO desta sexta-feira:

presidente do Banco do Nordeste, Romildo Rolim, anuncia: a Instituição vai mesmo lançar, no fim deste mês, edital de concurso público com 400 vagas para os cargos de Analista Bancário (nível médio) e Especialista Técnico – Analista de Sistemas (nível superior). As inscrições serão abertas em seguida.

Romildo explicou que as vagas foram abertas por conta do afastamentos de funcionários que aderiram ao Plano de Incentivo ao Desligamento (PID) e aposentadorias. Os candidatos selecionados trabalharão em uma das 292 agências espalhadas pelo Nordeste, além do norte de Minas Gerais e norte do Espírito Santo.

Ontem, o presidente do BNB tratou com o BNDES, no Rio de Janeiro, de parceria voltada, segundo disse, para tocar uma série de projetos de infraestrutura no Nordeste. Para o Ceará, virão boas surpresas de quem ocupa o cargo por indicação de Eunício Oliveira (MDB), o neoamigão de Camilo Santana (PT).

(Foto – Fábio ima)

Acrísio e Rachel Marques lançam candidaturas na noite dessa quinta-feira

Candidatos a deputado estadual e a deputada federal, respectivamente, Acrísio Sena e Rachel Marques, ambos do PT, lançaram oficialmente suas campanhas, na noite dessa quinta-feira (23), na sede do partido na Avenida da Universidade, no bairro Benfica.

Ambos destacaram a crise econômica e política no País, após Michel Temer ter assumido a Presid~encia da República. Acrísio e Rachel ainda pediram votos para Camilo Santana, candidato à reeleição ao Governo do Ceará, Cid Gomes, candidato ao Senado, e também para o ex-presidente Lula.

“Sabemos como o Brasil mudou para pior após o golpe e temos a chance de restaurar os direitos dos trabalhadores”, disse Acrísio.

“Aqui temos um governo que é referência nacional na educação e responsabilidade fiscal e temos a obrigação de reeleger Camilo”, apontou Rachel.

(Foto: Divulgação)

TRE do Ceará anuncia nesta sexta-feira o tempo do horário gratuito dos partidos e emissoras geradoras

O Tribunal Regional Eleitoral do Ceará vai promover nesta sexta-feira, às 9 horas, na Sala de Sessões, audiência pública para que sejam adotadas providências acerca do Horário Eleitoral Gratuito, que começará no dia 31 de agosto.

A informação é da assessoria de imprensa do TRE, adiantando a pauta:

1. Escolha das emissoras geradoras da propaganda eleitoral gratuita em rede, no rádio e na televisão;

2. Sorteio da ordem de veiculação da propaganda em rede de cada partido ou coligação para o primeiro dia do horário eleitoral gratuito;

3. Distribuição, através do sistema informatizado do TSE, do tempo da propaganda eleitoral gratuita, em rede;

4. Elaboração do plano de mídia para a propaganda eleitoral, através de inserções, pelos partidos políticos e emissoras de televisão e de rádio;

5. Elaboração e aprovação de acordo entre os partidos e coligações e as emissoras de rádio e televisão, dispondo sobre a entrega das gravações contendo a propaganda eleitoral gratuita.

Morte dos policiais – Camilo, General e MP se manifestam

533 1

O governador Camilo Santana se manifestou sobre a morte de três policiais, assassinados nesta quinta-feira (23), no bairro Manuel Sátiro.

“Logo após esse episódio, covarde e cruel, determinei imediatamente ao secretário de Segurança uma força-tarefa, com reforço de efetivo e apoio de helicópteros, para identificar e prender cada um dos criminosos. Posso garantir que cada um desses bandidos será preso o mais rápido possível. Não iremos tolerar jamais esse tipo de ação. Seremos cada vez mais duros com o crime”, disse o governador Camilo Santana

Já o candidato do PSDB ao Governo do Ceará, General Theophilo, criticou o que classificou como “fragilidade” do Governo no combate à violência. “No Ceará, a ordem está comprometida. Quando policiais sofrem atentado dessa magnitude, é porque, realmente, o Estado de Direito está ameaçado pela falta de coragem e fragilidade do governador no combate à violência, comentou o General.

Por meio de nota, o Ministério Público lamentou a morte dos policiais e disse que “a Procuradoria Geral de Justiça adotará todas as providências possíveis para auxiliar as investigações e levar a julgamento os responsáveis por esse bárbaro crime, que possui elevados indícios de atentado contra o Estado de Direito e seus agentes”.

Estou na política para melhorar a vida das pessoas, diz Eunício

Ao declarar que está na política para melhorar a vida das pessoas, em entrevista a uma emissora de Fortaleza, nesta quinta-feira (23), o senador Eunício Oliveira, candidato à reeleição pelo MDB, se dispôs a trabalhar para derrubar o veto do presidente Michel Temer, também do MDB, ao piso dos agentes comunitários de saúde e de combate às endemias.

“Esses profissionais são verdadeiros anjos da guarda que trabalham na ponta para oferecer cuidado com a saúde das pessoas mais simples. Da mesma forma que arquivei a Reforma da Previdência, mais uma vez estarei enfrentando a área econômica do governo. Eu sirvo à população cearense, especialmente a que mais precisa”, ressaltou Eunício.

Pela lei que foi aprovada e encaminhada à sanção presidencial, o piso salarial  nacional para os agentes comunitários de saúde e de combate às endemias seria de R$ 1.250 em 2019, R$ 1.400 em 2020 e R$ 1.550 em 2021. A partir de 2022, o piso seria reajustado anualmente em 1º de janeiro, com valor a ser fixado na Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO). A previsão de reajuste, no entanto, foi vetada. Em caso de derrubada do veto, o reajuste passará a valer.

Ainda durante a entrevista, Eunício apontou uma série de conquistas nos campos do abastecimento de água emergencial e estruturante, moradia digna, atendimento à saúde, educação, planejamento e recursos para segurança pública, renegociação das dívidas dos agricultores, transporte público e geração de emprego e renda.

Eunício explicou também que a aliança com o governador Camilo Santana (PT) e com Cid Gomes (PDT) foi firmada em torno de um projeto administrativo que busca fazer um Ceará mais forte.

“Essa parceria foi evoluindo. Ontem mesmo, liberamos R$ 1,6 bilhão para o Metrofor. A minha realização na política é fazer pelo coletivo. Deus já me deu tudo, agora minha missão é trabalhar para melhorar a vida dos meus irmãos cearenses. Por tudo isso, recomendo e voto em Camilo para governador, Cid e Eunício para senadores”, disse.

Nesta noite, Eunício participou da inauguração do comitê de Domingos Neto e Domingos Filho, no bairro Aldeota.

(Fotos: Divulgação)

XXV Festival Nordestino de Teatro de Guaramiranga terá a Mostra Palco Ceará

As 10 Graças de Palhaçaria

O Festival Nordestino de Teatro de Guaramiranga, que comemora 25 anos, reservou para a Mostra Palco Ceará em 2018 algumas das mais renomadas companhias do Estado, com espetáculos que representam o congraçamento das artes da cena. Entre elas, segundo a assessoria de impensa do evento, Carroça de Mamulengo, Coletivo Artístico As Travestidas, Dona Zefinha e Pavilhão da Magnólia. Assim como a Mostra Nordeste, Palco Ceará abrangerá circo, música e teatro em gêneros diversos, reafirmando a vocação do FNT de apresentar e refletir sobre transversalidade entre as diversas linguagens cênicas.

Com toda a programação gratuita, o 25º FNT acontecerá de 1º a 8 de setembro, apresentado pelo Governo do Estado do Ceará/Secretaria da Cultura, numa realização da Associação dos Amigos da Arte de Guaramiranga (AGUA), com apoio institucional da Secretaria da Cultura do Estado do Ceará/Secult, por meio da Lei Estadual de Incentivo à Cultura. Parceria: Prefeitura Municipal do Guaramiranga, através da Secretaria de Cultura e Secretaria de Turismo, e Theatro José de Alencar. Consultoria executiva: Quitanda das Artes. Agradecimentos: Enel.

As companhas e espetáculos da Mostra Palco Ceará:

As 10 Graças da Palhaçaria: “Grand Finale”

O grupo As 10 Graças de Palhaçaria, criado em 2012, se dedica aos campos da pesquisa e da criação em torno das poéticas da rua e do palhaço. “Grand Finale” é uma investigação a partir do tradicional jogo do palhaço Branco e Augusto, dentro de uma roupagem contemporânea.

Coletivo Artístico As Travestidas: “Trans-Ohno”

Coletivo Artístico As Travestidas é resultante de uma pesquisa iniciada, em 2002, pelo ator e diretor Silvero Pereira, sobre o universo das travestis e transformistas. “Trans-Ohno” é o desabrochar de uma flor que, em sua poesia, questiona a vida e a morte, o amor e o ódio, o respeito e a violência à diversidade sexual.

Carroça de Mamulengo: “Afilhados do Padrinho” e “Babauzeiro”

A Carroça de Mamulengos é uma trupe itinerante, de formação familiar, que há 40 anos viaja o Brasil apresentando sua arte. Formado a partir da companhia, “Afilhados do Padrinho” é um grupo musical autoral, com canções inspiradas nas músicas populares brasileiras. “Babauzeiro” é a manifestação de uma arte ancestral que retrata com graça e irreverência as mazelas da vida de personagens que, sendo bonecos, são gente!

Cia Prisma de Artes: “Putz, a menina que buscava o sol”

Criado a partir do texto da autora mineira Maria Helena Kühner, este é o mais novo espetáculo da companhia fundada em 1985. A montagem surgiu de uma parceria com a diretora Herê Aquino, pois era desejo do grupo conhecer um pouco mais de sua pesquisa sobre o teatro ritualístico que investiga o cruzamento de linguagens artísticas no teatro.

Coletivo Os Pícaros Incorrigíveis: “Devorando Heróis: A tragédia segundo os Pícaros”

O coletivo Os Pícaros Incorrigíveis é um grupo de teatro de Fortaleza formado em 2011. Pesquisa a linguagem do teatro de rua vista pelo filtro da Picardia e da figura marginal do Pícaro. Um sopro carnavalesco invade as ruas e praças, pois foliões de um Carnaval sem data celebram as histórias de Prometeu e Ajax. Os passantes são convidados a seguir com o bloco e, entre danças e músicas, mergulhar nas histórias destes trágicos heróis.

Coletivo Rei Leal: “O auto do Rei Leal”

“Rei Lear”, o consagrado texto de Shakespeare, já recebeu várias montagens e releituras. A sua atualidade é inegável. O Coletivo Rei Leal apresenta uma adequação à realidade nordestina, contada na linguagem de cordel pelas hábeis mãos do poeta José Mapurunga. Cansado de suas obrigações, o cego Rei Leal decide dividir seu reino com as três filhas. Sua generosidade seria medida pelo afeto demonstrado por cada uma.

Dona Zefinha e Pato Mojado: “Da Silva el hijo de las Américas”

Co-produção musical entre os grupos Pato Mojado (Rosário/Argentina) e Dona Zefinha (Itapipoca/Brasil), este disco compõe a trilha sonora do espetáculo homônimo, que estreou em 2016. Nele, Dona Zefinha aposta numa pegada envolvente e divertida, com arranjos inspirados nas expressões artísticas populares e fusões de ritmos como a cumbia, tango, bolero, arrocha, samba, milonga e carnavalito.

Instituto Teatro Público: “Geração Trianon – Fortaleza”

O texto de Anamaria Nunes é ambientado no Teatro Trianon, célebre casa do Rio de Janeiro entre as décadas de 20 e 30. O enredo mostra dois sócios em apuros após o grande fracasso de um drama e decidem montar uma comédia. Contratam um jornalista desconhecido para escrever a peça e estrear em cinco dias. A direção é de Pedro Domingues, que compõe também o elenco formado por Júnior Martins, Antônio Formiga, Leuise Furtado, Robério Diógenes, Fabíola Lipper, Jane Azeredo, Aldo Marcozzi e Roberta Wermont.

Juká de Teatro: “A Farsa do Panelada”

Criado em 2000 no Sertão dos Inhamuns, o Teatro Juká tem 12 trabalhos montados. “A Farsa do Panelada” foi escrita há quase 20 anos pelo dramaturgo cearense José Mapurunga. Traz uma crítica mordaz ao capitalismo financeiro e às desigualdades por ele geradas; aos privilégios de uma elite concentradora de riqueza e sonegadora de impostos; e ao sistema político brasileiro, profundamente corrupto e assentado em práticas demagogas e egoístas.

Pavilhão da Magnólia: “Maquinista”

A incrível história do “ator” que entrou para o bando de Lampião após enganar toda uma cidade. O espetáculo nasce a partir do texto “Maquinista”, de Astier Basílio, e explora não só a atmosfera temporal da história contada, mas, principalmente, a atmosfera atemporal sugerida pela narrativa dos cantadores. A direção é de Herê Aquino.

SERVIÇO

*Mais Informações: (85) 3321-1405, fnt@agua.art.br. fnt.agua.art.br. Facebook e Instagram: fntguaramiranga. Gratuito.

TRT do Ceará vai leiloar bens do ramo de informática

O Tribunal Regional do Trabalho do Ceará fará leilão de bens de informática do acervo patrimonial dessa regional no próximo dia 31 de agosto, a partir das 10 horas, no site da leiloeira. São, ao todo, dois lotes com equipamentos, entre computadores, copiadoras, CPUs, notebooks, processadores e impressoras jato de tinta e laser. A informação é da assessoria de imprensa do TRT do Estado.

“Os bens serão ofertados e vendidos no estado e nas condições em que se encontram e não serão aceitas reclamações posteriores à arrematação, inclusive com relação a eventuais defeitos ou vícios, e nem desistências, tendo em vista a faculdade conferida ao arrematante de vistorar os lotes”, informa o presidente do TRT/CE, desembargador Plauto Porto, no edital do leilão.

Como participar

Podem participar do leilão pessoas físicas e juridícas. Nos dois casos, o interessado deverá imprimir do site a Declaração de Conhecimento de Aceite de Condição de Participação de Leilão ‘on-line’, assinar e reconhecer firma para enviar juntamente com os documentos solicitados, informando finalmente seus números de telefones e e-mail para aprovação do cadastro prévio. Veja os documentos necessários para participar do evento aqui.

Visita

Os objetos disponíveis para leilão podem ser visitados até esta sexta-feira, das 8 às 14 horas, no galpão localizado na Rua Raul Tavares, 500, bairro Jabuti, na cidade do Eusébio (Região Metropolitana de Fortaleza). A visitação deve ser previamente agendada junto à Comissão de Desfaziamento do TRT/CE, pelo telefonte (85) 3388-9354.

SERVIÇO

*Site: http://www.gracamedeirosleiloes.com.br/
*Confira o edital aqui.

Justiça mantém indisponibilidade dos bens do ex-prefeito de Paracuru

O Tribunal de Justiça do Ceará, por meio da 3ª Câmara de Direito Público, manteve a indisponibilidade dos bens de José Ribamar Barroso Batista, ex-prefeito de Paracuru (Litoral Oeste). A decisão foi proferida durante a sessão do colegiado, realizada na última segunda-feira (20/08). O relator do caso, desembargador Inácio Alencar Cortez Neto, afirmou que a medida tem o objetivo de “garantir o integral ressarcimento de eventual prejuízo ao erário”, informa a assessoria de imprensa do TJCE.

Segundo os autos, o Ministério Púbico do Ceará (MPCE) ajuizou ação civil pública denunciando o ex-gestor e outras 22 pessoas pela prática de improbidade administrativa. O grupo seria responsável por diversas fraudes em licitações em vários municípios do Ceará. Os supostos crimes foram investigados durante a Operação Província, realizada pela Polícia Federal.

Na ocasião, o Juízo da Vara Única de Paracuru atendeu pedido formulado pelo MPCE e decretou a indisponibilidade dos bens dos réus, até o limite de R$ 1.337.460,40, quantia total do prejuízo praticado pelo grupo ao erário.
Requerendo o efeito suspensivo da decisão, a defesa de José Ribamar ingressou com agravo de instrumento (nº 0622589-02.2017.8.06.0000) no TJCE. Alegou a inexistência de atos de improbidade administrativa e a ausência de requisitos para a decretação da medida. Também argumentou que a medida recaiu exclusivamente sobre todos os bens do ex-prefeito, desconsiderando os demais réus.

Ao julgar o caso, a 3ª Câmara de Direito Publico negou, por unanimidade, o pedido. O desembargador Inacio Cortez explicou que a individualização da responsabilidade de cada réu deverá ser discutida por ocasião da liquidação da sentença, conforme precedentes do Superior Tribunal de Justiça, estando assim a medida de acordo “com a doutrina e a jurisprudência nacional”.

(Foto – TJCE)

Cid Gomes pede votos em Sobral para os irmãos Ciro e Lia

O ex-governador Cid Gomes (PDT), candidato ao Senado, participou nesta quinta-feira (23) de um adesivaço em Sobral, na Região Norte do Estado, a 222 quilômetros de Fortaleza, quando conversou com motoristas para pedir votos para o irmão Ciro Gomes, candidato à Presidência da República pelo PDT.

Em sua cidade natal, Cid destacou que Ciro é o candidato mais preparado ao Palácio do Planalto, diante da experiência administrativa, formação acadêmica e sem processos por corrupção ou improbidade.

Cid também pediu votos para a médica e irmã Lia Gomes, candidata a deputada estadual. “Eu tenho certeza que a Lia será uma extraordinária deputada estadual. Ela vai brigar pelos direitos do povo. Vai representar nossa gente e vai trabalhar, lutar e ser instrumento para conquistar direitos pra nossa gente”, afirmou.

A médica Lia Gomes, que vai disputar sua primeira eleição, afirmou que tem várias bandeiras. “Mas a principal delas é defender os direitos das mulheres. E lutar para que haja menos violência entre homens e mulheres”, comentou.

O ex-governador e candidato ao Senado ainda fez elogios e pediu votos para o deputado federal Leônidas Cristino, candidato à reeleição. “Ele faz do exercício do mandato uma luta pela população”.

(Foto: Divulgação)

Quando as democracias fracassam

Com o título “Quando as democracias fracassam”, eis artigo de Pedro Henrique Antero, cientista político, que pode ser conferido no O POVO desta quinta-feira. Ele aborda o reajuste salarial para magistrados e querelas do STF. Confira:

Tremenda vergonha. É o que se pode dizer da decisão dos membros do Supremo Tribunal Federal, ao aumentar os seus próprios salários. A insensibilidade não teve limites, com exceção de quatro ministros que dignificaram aquela Corte.

Um dos primeiros sinais do fracasso das democracias é o enfraquecimento das instituições políticas. Os três poderes, em caso de funcionamento correto, garantem a estabilidade da convivência das diversidades. Entretanto, o desacerto de apenas um dos poderes é suficiente para desestabilizar o País. Imaginem, então, se os três poderes da República estiverem envolvidos em falcatruas, ou forem geridos por incompetentes, ou, ainda, por cidadãos interessados tão somente no poder e nos seus próprios benefícios. Esse quadro é, infelizmente, o do Brasil.

O STF deve ser o poder de maior credibilidade junto à população. A nação se sente mais segura quanto ao seu funcionamento, quando os seus membros são pessoas ilibadas e de notório saber, prontas a dirimir questões de difícil solução. No Brasil, porém, a Suprema Corte não dá sinais de que isso esteja acontecendo. As arengas e as mútuas acusações entre certos ministros deixam o País de boca aberta.

A tróica, como é chamada uma das turmas do STF, luta contra o trabalho hercúleo do Ministério Público de Curitiba e do juiz federal Sergio Moro, que tem conseguido desfechar golpes duros contra os megacorruptos da nação.

O fracasso da nossa democracia é devido ao comportamento moral do atual presidente e dos seus dois antecessores, da maioria dos deputados e senadores e, agora, da incerteza dos brasileiros em relação à Suprema Corte. A ausência de princípios éticos que norteiem a ação de membros dos poderes maiores da República tem influenciado, negativamente, os níveis inferiores da administração pública.

Acredito que a democracia brasileira já fracassou, mas não irá acabar. O Brasil dependerá em parte do futuro presidente, mesmo admitindo a adversidade do Congresso e de parte do STF. O candidato que conseguir empolgar a maioria do povo, em razão de sua repulsa concreta a toda a bandalheira existente, será, provavelmente, o eleito presidente da República.

*Pedro Henrique Chaves Antero

phantero@gmail.com

Professor de Ciências Políticas.