Blog do Eliomar

Categorias para Ceará

MEC libera R$ 5,41 milhões para UFC, Urca, Unilab e IFCE

421 4

UFC entre as contempladas.

O Ministério da Educação liberou o total de R$ 5,41 milhões para instituições federais de ensino do Ceará vinculadas à pasta. Os recursos serão aplicados na manutenção, custeio e pagamento de assistência estudantil, entre outros. Desse montante, R$ 1.880.973 à Universidade Federal do Ceará (UFC), R$ 1.194.204 à Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira (Unilab), R$ 377.276 à Universidade Federal do Cariri (UFCA) e outros R$ 1.955.803 destinaram-se ao Instituto Federal do Ceará (IFCE).

No total, segundo a assessoria de comunicação do MEC, foram liberados R$ 132,71 milhões para instituições de todo o país.

A maior parte dos valores, R$ 97,63 milhões, será repassada às universidades federais, incluindo repasses para hospitais universitários. Já a Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica receberá R$ 34,64 milhões. O restante, R$ 440 mil, será repassado ao Instituto Nacional de Educação de Surdos (Ines), ao Instituto Benjamin Constant (IBC) e à Fundação Joaquim Nabuco (Fundaj).

Venezuela: ajuda humanitária?

272 2

Com o título “Venezuela: ajuda humanitária?”, eis artigo de Marcelo Uchoa, advogado e professor de Direito Internacional. Ele aborda esse imbróglio em torno do fechamento das fronteiras venezuelanas e a ajuda internacional mobilizada pela oposição a Maduro. Confira:

Curiosa a indignação contra o presidente venezuelano Nicolás Maduro por haver determinado o fechamento das fronteiras do país, negando-se a receber ajuda humanitária internacional mobilizada pela oposição liderada por Juan Guaidó, com o apoio explícito de Estados Unidos e Colômbia.

Não faz tanto tempo assim, foi em 1991, que Augusto Pinochet, à época ex-presidente do Chile (então chefe do exército chileno), enviou para a Croácia, sob o pretexto de “ajuda humanitária”, 11 toneladas de armas, dentre fuzis, granadas, munições e coletes antitanque. Quem conhece a geopolítica da América Latina sabe bem que era desse modo, em aviões carregados de “ajuda humanitária”, que os Estados Unidos de Ronald Reagan alimentavam os contras da Nicarágua. Na época, o secretário de Estado adjunto norte-americano, Elliott Abrams, foi acusado de mediar o contrabando. Nada de chamar atenção se Abrams não fosse, hoje, a mesma pessoa que coordena, pelo lado do governo de Donald Trump, a suposta “ajuda humanitária” à Venezuela.

Será que os exemplos históricos e a tensão do momento não são suficientes para que se abra uma reflexão no sentido de procurar compreender os porquês de Estados Unidos e Colômbia (que, desde a era Chávez, vêm boicotando a Venezuela) estarem tão interessados em prestar solidariedade? Não seria muito amor ao próximo, de uma hora pra outra, a ponto de aguçar a curiosidade?

O que deveria provocar interrogação mais do que a recusa venezuelana à “ajuda humanitária” são os fatos da Cruz Vermelha haver se negado a participar das operações de auxílio por desconfiança, e da ONU insistir na despolitização das medidas. Por isso, age bem o presidente Nicolás Maduro ao fechar as fronteiras nacionais nestes tempos híbridos em que ameaças e promessas de filantropia andam de mãos dadas, para desespero dos seguidores do sem voto Juan Guaidó, que já contavam, com facas entre os dentes, pelo “suporte solidário”. Precaução e caldo de galinha não fazem mal a ninguém.

*Marcelo Uchôa
Advogado e Professor de Direito Internacional.

Ciro e as gordurinhas… da Previdência

O prefeito RC, Ciro e o presidente da Câmara Municipal, Antonio Henrique.

Na palestra que deu, nessa quinta-feira, no Cuca do Mondubim, em Fortaleza, em clima de quinto aniversário do equipamento, o ex-ministro Ciro Gomes (PDT) chamou a atenção de quem ali estava não só por suas críticas à reforma da Previdência, que veio para cortar gorduras, mas, também, por sua barriguinha aguda.

E ele sabe disso.

(Foto – Divulgação)

Associação Cearense dos Cartórios lança campanha para melhorar relação com a clientela


Jaime Araripe preside a Arpen/Ceará.

A Associação Cearense dos Registradores de Pessoas Naturais (Arpen-CE) lançará, às 9 horas deste sábado, no Colégio Batista Santos Dumont, o projeto Cartórios do Ceará: Novos Tempos, Novas Exigências, Novos Padrões de Atendimento. A iniciativa tem o objetivo de aperfeiçoar a relação entre os cartórios e a sociedade.

“É imprescindível uma mudança nos cenários que, infelizmente, ainda se repetem em alguns locais: são comuns filas, desorganização no serviço, instalações pouco confortáveis, além de que alguns atendentes mostram não ter interesse ou total conhecimento acerca do serviço que prestam na sua integralidade, o que consome o tempo precioso do cliente”, afirma Jaime Araripe, presidente da Arpen do Ceará.

Segundo Araripe, mesmo os cartórios com melhores receitas enfrentam o desafio de se adaptar ao mundo digital. Poucos mantêm sites interativos, onde o cliente possa receber esclarecimentos sobre os serviços, saber quais são os documentos exigidos ou até mesmo fazer a solicitação de certidões, traslados, certidões de matrícula e outros. “A incorporação desses recursos facilitaria a vida do cidadão, e contribuiria também para diminuir o número de pessoas que se deslocam aos serviços notariais e de registros”, sugere.

(Foto – Divulgação)

Chove em todas as regiões do Ceará

Choveu em 110 municípios cearense, segundo boletim da Funceme. A maior chuva foi registrada em Acaraú (Litoral Oeste), com 80 milímetros. Fortaleza amanheceu nublado.

Confira as 10 maiores chuvas

Acaraú (Posto: Lagoa Do Carneiro) : 80.0 mm

Itarema (Posto: Itarema) : 67.0 mm

São Luís Do Curu (Posto: Sao Luis Do Curu) : 63.0 mm

São Gonçalo Do Amarante (Posto: Santo Amaro) : 60.2 mm

Ibaretama (Posto: Ibaretama) : 57.5 mm

Barbalha (Posto: Barbalha) : 55.8 mm

Arneiroz (Posto: Arneiroz) : 52.4 mm

Iguatu (Posto: Iguatu) : 51.0 mm

Quixadá (Posto: Ac. Cedro) : 51.0 mm

Granja (Posto: Granja) : 51.0 mm

Secretaria da Administração Penitenciária ainda aguarda reforço de 100 agentes

Por falar em retirada da Força Nacional, o que ocorrerá dia 3 de março como informou o secretário nacional da Segurança Pública, general Guilherme Theophilo, um detalhe: o secretário da Administração Penitenciária, Mauro Albuquerque, diz  ainda aguardar os 100 agentes penitenciários que pediu a Brasília como reforço em suas ações de controle do sistema prisional cearense.

(Foto – O POVO)

Ex-presidente da Assembleia agora integra equipe de Camilo Santana

185 1

O secretário estadual das Cidades, Zezinho Albuquerque (PDT), não abandona os amigos.

Marcos Cals, ex-presidente da Assembleia Legislativa, ex-tucano e hoje filiado ao Solidariedade, agora é o secretário-executivo de Habitação e Desenvolvimento Urbano dessa pasta.

Antes, estava como superintendente estadual do Incra que, até agora, na Era Bolsonaro, anda meio enterrado.

(Foto – Divulgação)

Projeto quer criar equipamento em Fortaleza para acolher animais abandonados

Da Coluna do Eliomar de Lima no O POVO desta sexta-feira:

A criação de um equipamento responsável por recolher e acolher animais em situação de vulnerabilidade, abandono e maus-tratos, prestando assistência e abrigo provisório foi aprovada pela Câmara Municipal.

Na prática, ganhou aval da Casa o projeto da vereadora Larissa Gaspar (PPL). “Há muitas pessoas que têm vontade de ter um bichinho em casa e, com isso, iremos fomentar a iniciativa da adoção”, explica Larissa Gaspar.

Aproveitando esse mote, bom destacar o trabalho realizado pela Coordenadoria de Proteção e Bem-Estar Animal. Mas, de certa forma, não dá conta do problema de tantos cães e gatos espalhados pela cidade expondo a população a zoonoses. Isso porque o orçamento para essa área continua no osso.

Ou seja, sem condições de ampliar vacinações, exames, castrações, enfim o leque de serviços para os pets, até porque isso também faz parte da cidadania.

(Foto – Ilustrativa)

Uece – Termina nesta sexta-feira prazo para pedir isenção da taxa do vestibular pelo meio eletrônico

A Universidade Estadual do Ceará encerra nesta sexta-feira o prazo para receber requerimentos eletrônicos de solicitação de isenção da taxa de inscrição do seu vestibular destinado ao ingresso nos cursos de graduação regular do segundo período letivo deste ano. O lebrete é da assessoria de imprensa da Instituição.

A partir das 23h59min, o acesso ao site para o preenchimento dos formulários de solicitação de isenção da taxa do Vestibular 2019.2 será bloqueado. Os cursos ofertados para o vestibular 2019.2 e suas respectivas vagas constarão no Edital que regulamentará este Certame.

Os requerimentos preenchidos, juntamente com toda a documentação pertinente a cada categoria de isenção, poderão ser entregues no dia 25 de fevereiro de 2019, no horário corrido das 8 às 19 horas (exclusivamente neste dia) nos guichês de atendimento anexo à sede da CEV/UECE, campus Itaperi, e nas sedes das unidades da Uece do Interior do Estado, em seus respectivos horários de funcionamento.

Das Categorias de Isenção

Poderão ser contemplados com isenção do pagamento da taxa de inscrição para o Vestibular 2019.2, os candidatos interessados em ingressar nos cursos de graduação regular da UECE e que estejam enquadrados em uma das seguintes categorias:

Categoria A: Servidor (professor ou funcionário) da FUNECE e servidor (professor ou funcionário estadual) cedido à FUNECE;

Categoria B: Filho ou dependente legal (por decisão judicial) de servidor (professor ou de funcionário) da FUNECE e filho ou dependente legal (por decisão judicial) de servidor (professor ou funcionário estadual) cedido à FUNECE;

Categoria C: Doador de sangue no Estado do Ceará;

Categoria E: Egresso do Ensino Médio, que tenha cursado com aprovação, todo o Ensino Médio regular, durante três anos letivos (1º, 2º e 3º anos), em escolas públicas (municipal, estadual ou federal) de funcionamento regular no Estado do Ceará;

Categoria F: Aluno que esteja cursando, em fevereiro de 2019, o segundo semestre do 3º ano do Ensino Médio em escola pública (municipal, estadual ou federal) de funcionamento regular no Estado do Ceará e que tenha cursado o 1º semestre do 3º ano em escola pública (municipal, estadual ou federal), bem como o 1º e o 2º anos do Ensino Médio, com aprovação, também em escola pública (municipal, estadual ou federal) de funcionamento regular no Estado do Ceará;

Categoria H: Pessoa Hipossuficiente, cuja renda familiar per capita seja inferior a ½ salário mínimo.

Para as categorias elencadas E e F serão concedidas, no máximo, duas isenções. A primeira concessão de isenção equivale a 100% (cem por cento) do valor da taxa de inscrição e a segunda, a 50% (cinquenta por cento) do valor da referida taxa.Tendo em vista os custos do processo, após a concessão da isenção, a decisão do beneficiário de não a usufruir será considerada e contada como uma concessão já deferida, quando o mesmo a solicitar pela segunda vez.

SERVIÇO

*Mais informações na sede da Comissão Executiva do (CEV), campus Itaperi ou pelos telefones 3101-9710 ou 3101-9711.

Heróis da 2ª Guerra ganham homenagens em Fortaleza

A 10ª Região Militar do Exército comemorou, durante evento em Fortaleza, nessa quinta-feira, os 74 anos da tomada de Monte Castelo, uma das principais vitórias brasileiras na 2ª Guerra Mundial.

Houve homenagens com a presença de cinco veteranos da Força Expedicionária Brasileira (FEB), além de dois italianos que viviam na região na época do combate.

(Foto – Aurélio Alves)

Cerca de mil pessoas acompanham posse da direção do Partido Novo no Ceará

O Partido Novo no ceará deu posse na noite desta quinta-feira (21), no hotel Praia Centro, na Praia de Iracema, à sua cúpula no ceará, com a presença de cerca de mil pessoas.

Geraldo Luciano assume a presidência do partido, tendo como vice Célio Fernando, além de Milla Maia como secretária de Assuntos Administrativos, Rinaldo Cavalcante, como secretário de Assuntos Institucionais e Ivo Silva, na condição de secretário de Finanças. O evento foi prestigiado pelo presidente nacional do Novo, João Amoêdo.

(Foto e vídeo: Paulo MOska)

A Assembleia Legislativa e o jeito Sarto de fazer política

As 18 comissões permanentes que integram a Assembleia Legislativa do Ceará foram instaladas e os dirigentes de cada uma delas eleitos pelos colegiados. Tudo dentro do prazo regimental.

O presidente do Legislativo Estadual, José Sarto (PDT), na prática, buscou o consenso e garantiu a pluralidade com espaços para os partidos de situação e de oposição. Todos os espectros ideológicos estão representados.

Para se ter uma ideia, o PSL, com apenas dois representantes, ficou com a presidência da Comissão de Defesa Social. Já o PSOL, do Renato Roseno, com a Comissão de Direitos Humanos. O PDT, que elegeu 14 deputados e tem a maior bancada, comanda oito comissões, entre elas as duas mais importantes: Constituição e Orçamento.

Conclusão: Sarto é jeitoso.

(Foto – ALCE)

Salmito propõe criação de comissão especial para planejamento das 14 regiões do Ceará

186 2

O deputado estadual Salmito (PDT) apresentou nesta quinta-feira (21), em pronunciamento no plenário da Assembleia Legislativa, a proposta da criação da Comissão Especial de Desenvolvimento das 14 Regiões de Planejamento do Estado do Ceará.

“Quero avançar nesse debate para estimular e chamar a atenção dos colegas deputados, de forma pluripartidária e republicana, para construirmos uma agenda propositiva de ações concretas em cada uma dessas regiões”, apontou o parlamentar, que recebeu apoio dos deputados Guilherme Landim, Osmar Baquit, Romeu Aldigueri e Nezinho, todos do PDT, além de Leonardo Pinheiro (PP) e Carlos Felipe (PCdoB).

Salmito também anunciou a realização de seminário “A Governança Interfederativa e o Plano de Desenvolvimento Urbano Integrado da Região Metropolitana de Fortaleza”, na segunda-feira (25), no auditório do Complexo das Comissões Técnicas, em parceria com a Secretaria das Cidades.

Acrísio Sena anuncia audiência pública sobre segurança hídrica no Estado

300 1

O petista Acrísio Sena, agora presidente da Comissão de Meio Ambiente e Desenvolvimento do Semiárido da Assembleia Legislativa, vai puxar, na próxima terça-feira à tarde, uma audiência pública que terá como tema “Segurança hídrica do Estado”.

Autor do requerimento, o parlamentar diz ser mais do que necessário debater o tema com Cagece, Funceme, Cogerh, Dnocs, Semace, Promotoria de Justiça e Planejamento Urbano e as secretarias estaduais de Recursos Hídricos, Meio Ambiente e Desenvolvimento Agrário.

Na prática, hora de saber a situação atual dos açudes, as perspectivas de inverno e, principalmente, o que tem sido feito de apoio ao agricultor.

(Foto – ALCE)

MPF aplicará provas da seleção de estágio no próximo domingo

O Ministério Público Federal vai aplicar, no próximo domingo, das 9 às 12 horas, as provas da seleção para seu programa de estágio. O local é o campus do Centro Universitário Farias Brito (FBUni), no bairro Varjota. O objetivo, segundo a assessoria de imprensa do MPF, é formar cadastro reserva para o preenchimento de vagas nas áreas de Administração, Biblioteconomia, Computação, Engenharia Civil e Jornalismo para suas unidade em Fortaleza.

Ao todo, 332 estudantes universitários se inscreveram e estão aptos a fazer o exame que será de múltipla escolha. No total 30 questões para responder, sendo 10 de Língua Portuguesa e 20 de Conhecimento Específico.

Os participantes devem portar o comprovante de inscrição, documento de identidade e caneta de tinta indelével, esferográfica, nas cores azul ou preta, no dia da aplicação do exame.

O resultado final das inscrições deferidas está disponível na área Estagie Conosco no portal do MPF no Ceará.

SERVIÇO

*Centro Universitário Farias Brito (FBUni) – Rua Castro Monte, 1364 – Varjota, Fortaleza.

*Divisão de Gestão de Pessoas – (85) 3266.7393
*Página da seleção no Portal MPF aqui.

Sergio Moro completa transição

Com o título “Sergio Moro completa transição”, eis artigo de Plínio Bortolloti, jornalista do O POVO. Ele faz críticas ao Pacote Anticrime do secretário da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro. Para o articulista, o magistrado, ao endurecer penas, só combate os efeitos. Confira: 

Sérgio Moro, quando assumiu a Justiça do governo Jair Bolsonaro, disse que exerceria apenas uma atividade “técnica” no Ministério: “Não me vejo como um político verdadeiro”, declarou. Claro, foi apenas modéstia, pois ele dispõe de todo o instrumental para transitar na política real. Mas, para efeito deste artigo, relevando o papel exercido por ele quando juiz, e aceitando que esses seus primeiros 50 dias de governo foram de noviciado nas artes dessa ciência, temos de reconhecer que ele debutou em grande estilo na política ao apresentar seu pacote “anticrime” no Congresso Nacional.

Diferente da rígida figura sob a toga em Curitiba, Moro mostrou-se flexível, disposto até mesmo a contrariar as suas próprias convicções, para ver-se aceito na confraria com a qual terá de conviver. Em tempos idos, Moro não diferenciava caixa 2 de corrupção, pelo contrário, considerava o primeiro até pior que o segundo, mais deletério até que o enriquecimento ilícito. “É trapaça”, “crime contra a democracia”, lecionava o juiz.

Do reformado Sérgio Moro: “Houve reclamação por parte de alguns agentes políticos de que o caixa dois é um crime grave, mas não tem a mesma gravidade que corrupção, que crime organizado e crimes violentos. Então, acabamos optando por colocar a criminalização (do caixa 2) à parte, mas que está sendo encaminhada ao mesmo momento”. Traduzindo: a tramitação vai empacar ou a proposta será desfigurada, com a bênção de Moro.

Além do mais, o projeto de Moro em nada influenciará a redução da criminalidade, pois sua base é o endurecimento das penas, o que nunca deteve delinquentes. Ou seja, está-se combatendo os efeitos do crime, não evitando o acontecimento. Portanto, Moro faria melhor se houvesse apresentado propostas para aperfeiçoar a estrutura, os mecanismos de inteligência e investigação, e a forma como a polícia atua, de modo a evitar-se o delito.

Mas Moro não é mais o independente juiz de Curitiba, agora é apenas uma grife subordinada a Jair Bolsonaro, um prisioneiro do “populismo penal”, decantado por seu chefe.

*Plínio Bortolloti,

Jornalista do O POVO.

(Foto – Agência Brasil)

Presidente nacional do Novo: Geraldo Luciano é bom nome para a Prefeitura de Fortaleza

231 1

Se depender do seu presidente nacional, o Partido Novo apostará no executivo Geraldo Luciano como candidato a prefeito de Fortaleza em 2020. Foi o que disse, nesta quinta-feira, durante entrevista ao jornalista Jocélio Leal, no Facebook do O POVO Online, João Amoêdo.

Ele destacou qualidades de Geraldo como um “excelente administrador”, mas observou: “Ele (Geraldo) é quem sabe.”

João Amoêdo está na Capital cearense para participará, às 19 horas, no Hotel Praia Centro – de propriedade do Grupo J. Macedo, onde Geraldo é um dos vice-presidentes, do ato de instalação da nova direção do Novo no Estado.

Geraldo Luciano entrará no lugar de Ivo Silva, tendo na vice o consultor de empresas Célio Fernando. A meta da nova cúpula do Novo é expandir as ideias e o partido para todo o Estado.

Sobre eleições 2020, o executivo evita o assunto e diz apenas que sua tarefa é difundir o Novo que, no entanto, ter[a candidato a prefeito em várias cidades cearense e, principalmente, em Fortaleza.

(Foto – Reprodução)

Torneio Coliseu Jiu-Jitsu reunirá em Fortaleza os melhores pesos leve do Nordeste

Reunindo grandes nomes da categoria peso leve do jiu-jitsu no Nordeste, a primeira edição do Coliseu Jiu-Jitsu vai ocorrer no dia 16 de março, às 18 horas, no Sesc Fortaleza.

Ao todo, oito atletas participarão do torneio, disputado em formato grand prix, em busca do cinturão e da premiação de R$ 3000. Os lutadores confirmados são: Yan Pica-Pau, Davi Carlos, Talison Soares, Jonas Bruno, Marcelo Marques, Marlus Salgado, Danton Silva e Webster Pinheiro, todos com destaque nacional e internacional no esporte.

 

Segundo Paulo Formiga, um dos organizadores da competição, o evento deve atrair entre 1000 e 1500 pessoas. “Queremos que o evento tenha uma boa visibilidade tanto para o público, como para os atletas. Que todos queiram fazer parte dessa arena, seja lutando ou na torcida”, ressalta.

Os ingressos estão sendo vendidos na Academia Hiatus Fitness, na Parquelândia, e no CT Samuel Falcão, na Messejana. As entradas custam R$ 50 (inteira) e R$ 25 (meia). Até o final de fevereiro, no entanto, há uma promoção em que todos podem pagar meia entrada.

SERVIÇO

*Sesc Fortaleza – Rua Clarindo de Queiroz, 1740 – Centro

*Ingressos – R$ 50 (inteira) e R$ 25 (meia)

Pontos de venda

Academia Hiatus Fitness – Rua Professor Raimundo Vítor, 106 – Parquelândia

CT Samuel Falcão – Rua Antônio Gadelha, 516 – Messejana

(Colaborou – Vinícius França/Foto – Arquivo)

Bloco Tamo Junto é uma das atrações no último fim de semana do Pré-Carnaval

Eliziane e Evandro Colares puxarão a animação.

O Bloco Tamo Junto vai agitar neste sábado, a partir das 16 horas, homenageando o Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura. Idealizado pela Advance Comunicação, entra no ultimo fim de semana do Pré-Carnaval pelo quarto ano consecutivo.

No bloco, chamada geral para clientes, parceiros, advancers e amigos de longas datas. Por que a homenagem ao Dragão do Mar? Porque esse equipamento cultural do Estado completará 20 anos em abril próximo.

“Começamos o bloco como uma grande brincadeira para reunir as pessoas que amamos e que fazem parte do cotidiano da Advance, que acabou se tornando um movimento de valorização da nossa área e do carnaval de rua, já que sempre fazemos uma parte do circuito a pé, seguindo um trio elétrico. Temos muito orgulho de ter o Dragão do Mar como nosso vizinho, tanto que tornamos nosso rooftop em um grande mirante, com uma vista privilegiada do equipamento”, ressalta Evandro Colares, sócio fundador da Advance.

DETALHE – A folia é reservada a convidados e acontecerá na própria Advance, sob o comando da banda Bregaria.

(Foto – Divulgação)