Blog do Eliomar

Categorias para Ceará

Eleições 2016 – Prefeito vai entregar pacote de obras até 2 de julho

paulolvieirr

O prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio (PDT), anunciou, durante entrevista, nesta manhã de terçpa-feiera, ao Programa Paulo Oliveira, da Rádio Verdes Mares AM, que, até o começo de junho, vai inaugurar a UPA do Bom Jardim, a quinta do gênero.

Ele também adiantou uma agenda de inaugurações que ficou acertada quando da reunião que manteve, nessa segunda-feira, no Paço Municipal, com seu secretariado. As inaugurações ocorrerão até o dia 2 de julho, data limite imposta pela legislação eleitoral para entregar obras.

Roberto Cláudio informou que, além de assinar um pacote de ordens de serviços, entregar 72 obras. Na lista, 3.300 casas populares e 1.500 papéis da casa. No pacote ainda, uma Policlínica, sete postos de saúde, três binários (Messejana, Bela Vista e Parangaba), um novo trecho do Projeto Vila do Mar e uma nova etapa da urbanização do bairro Serviluz.

“Também vamos entregar 32 praças, três unidades de acolhimento para dependentes químicos, a requalificação urbana nos bairros Tatumundé, Marrocos, Curió, Tancredo Neves e José Walter, duas bibliotecas públicas, duas quadras poliesportivas, cinco Areninhas e seis grandes intervenções de drenagem nos bairros Curió, Guararapes, Jardim Guanabara, Maraponga e Parque Santa Rosa”, complementou o prefeito.

VAMOS NÓS – Em ano eleitoral, haja fôlego.

Pros do Ceará será presidido por Odorico Monteiro

odoricococ

O Partido de Reconstrução da Ordem Social (Pros) do Ceará vai mudar de comando de novo. Nesta terça-feira, acontece em Brasília reunião da cúpula nacional da legenda para oficializar o nome do deputado federal Odorico Monteiro como seu novo presidente no Estado.

No encontro, o atual presidente da comissão provisória do PROS, advogado Leandro Vasques, entregará o cargo. “Nós assumimos recentemente cargo de diretoria na Escola Nacional de Advocacia e estamos com muitas tarefas na condição de advogado. O tempo está escasso”, justifica Vasques.

O deputado federal Odorico Monteiro, que trocou o PT pelo PROS em março deste ano, afirma estar preparado para assumir essa missão. Ele reconhece que, sob comando de Vasques, o partido ampliou seu raio de presença no Interior.

“Estamos prontos para assumir. O Leandro nos comunicou que estava com problema de tempo e vamos assumir esse desafio. O Pros está organizado em mais de 90 municípios e pronto para disputar prefeituras em várias cidades e conquistar mais vereadores”, disse.

Apoio a RC

Sobre Fortaleza, o Pros, segundo Odorico, apoiará a reeleição do prefeito Roberto Cláudio (PDT), observando, no entanto, que algumas agendas precisam ser acetadas como aquelas que dizem respeito ao setor da saúde. Odorico quer o orçamento participativo na área sendo um instrumento fundamental.

Vasques já havia informado que o Pros seria parceiro de Roberto Cláudio nas próximas eleições. O partido espera fazer pelo menos dois vereadores na Capital.

“Tangido”

Odorico deixou o PT dizendo-se “tangido” e culpando, na época, o então líder do Governo Dilma Rousseff na Câmara, José Nobre Guimarães. Odorico foi filiado ao PT por 36 anos.

No Ceará, o Pros ganhou visibilidade político sob articulação dos Ferreira Gomes. O primeiro presidente foi Danilo Serpa, ex-chefe de gabinete do Governo Cid Gomes. Por divergências no quesito filiações – o que dependia do crivo da direção nacional, os Ferreira Gomes acabaram migrando para o PDT, onde se acomodam no momento.

Com essa defecção, assumiu o advogado Leandro Vasques, orientado por Odorico Monteiro, que ainda era petista, e pelo irmão do parlamentar, Valdetário Monteiro, então presidente da Ordem dos Advogados do Brasil, regional do Ceará.

Fortaleza tem cerca de 500 casos de chikungunya

dengue 3

Fortaleza já registra cerca de 500 casos da febre chikungunya, segundo o gerente da Célula de Vigilância Ambiental da Prefeitura, Nélio Morais.

A ordem, diz ele, é reforçar ações contra o o mosquito Aedes aegypti, transmissor também da dengue que, conforme Nélio, está sob controle.

Ele informa que houve uma redução de 60% dos casos, mas avisa: “É preciso que estejamos sempre vigilantes”. Destaca que a Prefeitura reforçou visitas a imóveis.

 

BNB deve fechar acordo sobre passivo trabalhista

Da Coluna Vertical, do O POVO desta terça-feira:

O Banco do Nordeste e o Sindicato dos Bancários do Ceará devem fechar acordo, ainda nesta semana, relacionado a um passivo trabalhista que dura cerca de 25 anos no âmbito judicial: pagamento da equiparação salarial do pessoal do BNB aos funcionários do Banco do Brasil.

Fala-se num passivo da ordem de R$ 1,5 bilhão que, pelo acordo em vias de ganhar o aval do sindicato, cairia para R$ 115 milhões e, assim, poderia ser liquidado.

O BNB nada fala sobre números, mas fontes garantem que, nestes tempos de crise e de ajuste fiscal, acordo do gênero seria a melhor solução para o banco e seus funcionários.

A propósito: Os funcionários do BNB darão sua posição final dia 24, em assembleia geral, a partir das 19 horas, na sede do Sindicato dos Bancários.

Salmito integra campanha para salvar uma mãe com tumor cerebral

195 1

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=fGugK7qEP3U[/youtube]

O presidente da Câmara Municipal de Fortaleza, Salmito Filho (PDT), passou a integrar a partir desta semana à campanha “Sônia Pela Vida”, que busca salvar a cearense Sônia Gadelha, acometida por um tumor no tronco cerebral.

O parlamentar pede orações, palavras de conforto e também colaboração em dinheiro para tratamento em São Paulo. Quem desejar colaborar poderá fazer o depósito de qualquer valor para a agência do Banco do Brasil 4465-2 (Aeroporto Pinto Martins), conta 23401-X, em nome de José Gadêlha Lima Neto (marido de Sônia).

Roberto Cláudio e Artur Bruno em clima de chapa verde

robnn

Na entrega da Praça Dr. Carlos Alberto Studart Gomes, ex-praça das Flores, o prefeito Roberto Cláudio (PDT) e o secretário do Meio Ambiente do Estado, Artur Bruno (PT).

Sob as bênçãos do governador Camilo Santana (PT), ali presente, a parceria entre Estado e Prefeitura de Fortaleza deve entregar o Parque do Cocó, totalmente regulamentado, no início de junho.

Quadra da Gentilândia precisa de manutenção

quasragentl

A Prefeitura de Fortaleza comemora que já reformou e entregou mais de 150  praças. O problema é que a população, vez em quando, não ajuda e acaba provocando estragos. Mas, claro, há também equipamentos nessas praças que têm seu grau de durabilidade e, passando por constante uso, acabam não resistindo.

É o caso, por exemplo, das redes de proteção da quadra da Praça da Gentilândia que, segundo moradores, precisam ser trocadas.

(Foto – Leitor do Blog)

Empresas do Porto do Pecém criam ciclo de debates sobre temas estratégicos

A Associação das Empresas do Complexo Industrial e Portuário do Pecém (AECIPP) lançará, nesta quarta-feira (18), o “Ciclo de Palestras AECIPP”.

O objetivo é reunir, a cada edição, representantes de empresas que debaterão temas relacionados à sua área de atuação, contando com a participação de especialistas de relevante destaque em suas áreas.

O primeiro tema será “Reúso da Água”.

Assembleia Legislativa fará sessão em homenagem à Campanha da Fraternidade 2016

domjoseanto

Por iniciativa do deputado estadual Carlos Matos (PSDB), a Assembleia Legislativa realizará nesta quarta-feira, às 19 horas, no Plenário 13 de maio, sessão solene em homenagem à Campanha da Fraternidade Ecumênica (CFE 2016), que, neste ano trouxe, para a reflexão o tema “Casa Comum, nossa responsabilidade” e o lema bíblico “Quero ver o direito brotar como fonte e correr a justiça qual riacho que não seca”, (Am 5.24).

Dentre os protagonistas e propagadores da CFE 2016 no Ceará serão homenageados o arcebispo, dom José Antônio Aparecido Tosi Marques, o padre Rafhael Silva Maciel, missionário da Misericórdia nomeado pelo Papa Francisco e reitor do Seminário Propedêutico da Arquidiocese de Fortaleza, o padre Francisco Ivan de Souza, coordenador de Pastoral da Arquidiocese de Fortaleza, a Irmã Rosália Alencar Alves, Secretária Executiva do Regional Nordeste I da CNBB, Maria Mônica Pimentel Pinto, assessora da CNBB para a CFE, e o pastor Glauco Barreira Magalhães Filho, da Igreja Batista Renovada Moriá.

A Campanha da Fraternidade é uma idealização da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil – CNBB, e nesta edição ecumênica contou com o apoio do Conselho Nacional de Igrejas Cristãs do Brasil (CONIC).

(Foto – Paulo MOska)

Camilo e Roberto Cláudio avaliam com equipe cenários administrativos na Era Temer

camilruia

O governador Camilo Santana (PT) reuniu seu secretariado nesta segunda-feira, no Palácio da Abolição, em clima de avaliação do quadrimestre e, claro, projeção de como ficarão projetos que dependem recursos oriundos do governo do presidente em exercício Michel Temer.

rcreuniaa

Quem fez o mesmo foi o prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio (PDT). No Paço Municipal, reuniu seu secretariado para avaliar o cenário das finanças e, principalmente, os impactos para o município em clima de governo do presidente em exercício de Michel Temer (PMDB).

Mas RC quis, principalmente, fechar um calendário de inaugurações, já que, pela legislação, isso só poderá ser feito até junho.

DETALHE – Tanto Camilo como Roberto Cláudio são da oposição e, no Ceará, não têm mais o senador Eunício Oliveira, o peemedebista cearense mais influente hoje em Brasília, na sua lista de amizades.

(Fotos – Divulgação)

Vem aí o PEC Nordeste 2016

katiaabreu620

O PEC Nordeste, que é o seminário da agropecuária nordestina, ocorrerá de 21 a 23 de junho próximo, no Centro de Eventos. A informação é do presidente da Federação da Agricultura do Ceará, Flávio Saboya, adiantando que ações de convivência com a seca constarão na pauta da programação.

Nesta terça-feira, às 7h30min, no auditório da Superintendência do Banco do Brasil, no bairro Aldeota, o evento será lançado oficialmente.

Por falar nisso, Kátia Abreu, ex-ministra da Agricultura, mas que atua no ramo do agronegócio, ainda não foi convidada para o evento.

Talvez, quem sabe, por estar do lado da presidente afastada Dilma Rousseff.

BNB integra fundo de apoio a empresas inovadoras

O Banco do Nordeste é cotista e aportará até R$ 20 milhões no Fundo de Investimento em Participações Criatec 3. A adesão foi feita na semana passada e renova o compromisso da instituição, participante também das duas primeiras edições do Fundo, no apoio às empresas inovadoras com alto conteúdo tecnológico.

O Criatec 3 é um Fundo com patrimônio inicial de R$ 220 milhões destinado a financiar o desenvolvimento por meio de investimentos em micro e pequenas empresas inovadoras que projetem potencial elevado de retorno. Também participam dessa iniciativa outros cotistas, como o BNDES, pioneiro da iniciativa, bancos e agências de fomento estaduais, corporações e investidores privados.

O Fundo Criatec 3 será gerido pela Inseed Investimentos, selecionada por meio de edital do BNDES. “A participação do Banco do Nordeste como investidor é estratégica, pois é um parceiro ativo e conhecedor profundo das oportunidades do Nordeste. Esperamos fazer excelentes investimentos na região, com retorno para investidores, empreendedores e para a sociedade, com a construção de grandes negócios a partir de tecnologias brasileiras”, comenta o diretor da Inseed, Gustavo Junqueira.

SERVIÇO

*Empreendedores interessados na oportunidade podem encontrar mais detalhes sobre o Criatec 3 na página www.inseedinvestimentos.com.br/criatec3.

 

MP instaura inquérito civil público para apurar morte de criança atacada por cão pibull

abrigo

“O Ministério Público do Ceará, através da 6ª Promotoria da Infância e Juventude, instaurou inquérito civil público para apurar a morte da criança residente no Acolhimento Institucional I, localizado no centro de Fortaleza, após ataque do cão da raça pitbull. O promotor Luciano Tonet afirma que pretende, com o inquérito, esclarecer os fatos para adoção de todas as providências necessárias sobre o caso.

O promotor tomou conhecimento do fato pela assessoria jurídica da Secretaria Municipal do Trabalho e Desenvolvimento Social (SETRA) e pela imprensa, que noticiou o acontecimento ocorrido na tarde do último sábado (14), quando uma criança, de 12 anos, que residia em um abrigo da Prefeitura no Centro, há apenas cinco dias, foi atacada e morta por um cão da raça pitbull.

Segundo as primeiras informações, a criança estaria jogando bola dentro das instalações do Acolhimento, contudo, tendo a bola caído no terreno ao lado, a criança pulou o muro para buscá-la e em seguida foi atacada e morta pelo animal. No local funcionava um canil, localizado como vizinho de fundos da Instituição e, conforme os socorristas do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) e os policiais militares que atenderam a ocorrência, apesar das várias casas de cachorro, no momento do fato foi verificada a existência de apenas dois animais.

A criança não resistiu aos ferimentos que sofreu nas regiões do pescoço e das pernas. Os instrutores do abrigo foram encaminhados ao 34º Distrito Policial (DP) para prestar esclarecimentos sobre a ocorrência.

O MPCE informa que requisitou da Secretaria Executiva da Regional VI informações sobre o terreno no qual os cachorros estavam, bem como a SETRA informações sobre o ocorrido, uma vez que o acolhimento é de responsabilidade do município de Fortaleza e gerido pela SETRA. Outras providências estão sendo tomadas no âmbito da Promotoria de Justiça.”

(Site do M P-CE)

I Mutirão Pai Presente começa em Fortaleza

paiii

“Começou, nesta manhã de segunda-feira (16/05), no Fórum Clóvis Beviláqua, o I Mutirão do Pai Presente, que prosseguirá até o próximo dia 27. O evento foi aberto pelo desembargador Francisco Lincoln Araújo e Silva, corregedor-geral da Justiça do Ceará, que exaltou a importância da ação. “O projeto garante, não apenas que crianças e jovens tenham os seus direitos assegurados por lei, como herança e pensão, por exemplo. Além da função jurídica, o Pai Presente permite também um ganho social e afetivo”, destacou.

Implantado nacionalmente em 2010, pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ), a iniciativa já realizou mais de 6 mil reconhecimentos de paternidade espontâneos no Ceará. A ideia, no entanto, é conseguir um número ainda mais expressivo. “Esse projeto busca diminuir ao máximo o número de pessoas sem paternidade reconhecida e, dessa forma, garantir o direito fundamental à paternidade”, explicou Roberta Ponte, juíza auxiliar da Corregedoria e coordenadora do projeto no Estado, que conta com o apoio da presidente do Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE), desembargadora Iracema Vale.

Segundo a magistrada, dados fornecidos pela Secretaria de Educação de Fortaleza, na Capital, revelam a existência de cerca de 11 mil crianças sem o nome do pai no registro de nascimento.

É o caso de cinco dos nove filhos da dona de casa Edneusa Pereira. Após receber uma carta de intimação para comparecer ao mutirão para dizer se tinha interesse em buscar a paternidade de uma das filhas, ela foi incentivada por uma amiga a ir ao Fórum levando também a documentação dos outros quatro que não têm o nome do pai na certidão.

Hoje, Edneusa sustenta a si e mais sete crianças e adolescentes com uma renda de R$ 278,00 conseguidos através do programa Bolsa Família. “Ela fica poupando os pais dos meninos, mas ela precisa de ajuda, não tem condições de criar todo mundo sozinha”, reforçou a amiga.

A ação conta com a ajuda voluntária de 80 alunos dos cursos de Direito e Psicologia da Faculdade Devry Fanor. São eles os responsáveis pelo atendimento às mães fazendo a checagem da documentação necessária (identidade da mãe ou responsável e certidão de nascimento do filho menor de idade), dos dados do suposto pai (nome completo e endereço) e agendamentos das audiências.

Para a coordenadora do curso de Direito da instituição, Márcia Sucupira, os aprendizados dos estudantes que atuam no projeto vão além das matérias do Direito. “O aluno vai ter contato com uma diversidade riquíssima de matérias do Direito, especialmente, ligadas à família. Mas, mais importante que isso, é a formação humana”, pontua a professora.

O projeto Pai Presente será levado também para fora das estruturas do Poder Judiciário, com a realização do mutirão dentro de escolas públicas de Fortaleza. A primeira atividade acontece no próximo sábado, dia 21. Até setembro, pelo menos seis escolas com os maiores índices de crianças sem o nome do pai no registro receberão o projeto.”

(Site do TJ/CE)

Ex-secretária da Cultura do Governo de Lúcio Alcântara descarta integrar equipe de Temer

298 2

imagem

A ex-secretária da Cultura do Ceará, Cláudia Leitão (Governo Lúcio Alcântara), informou, nesta segunda-feira, em sua página no Facebook que foi sondada para ocupar a futura Secretaria da Cultura, organismo que substituirá o ministério. Confira:

“Acabo de ser sondada para assumir a Secretaria Nacional da Cultura dentro do MEC, no Governo Temer. Respondi com um sonoro “não”! Espero que nenhuma mulher aceite esse convite e dessa forma não contribua para a transfiguração do MinC num apêndice do MEC. Continuemos a nossa luta. Mobilizemos o país! Não à extinção do Ministério da Cultura! Viva a cultura como eixo estratégico para o desenvolvimento brasileiro!”

 A pasta também tem sido alvo de busca por um nome feminino para a equipe de Temer, até agora só composta por homens. Cláudia era uma das principais assessoras da ex-ministra da Cultura, Ana Holanda.

Neste fim de semana, a apresentadora de TV Marília Gabriela também teria recusado convite para a pasta. O convite foi levado pela senadora Marta Suplicy (PMDB-SP), mas Marília decidiu não assumir.

Procon Fortaleza ingressa com ação na Justiça Federal contra aumento da conta de luz

NEGOCIOS

Nesta segunda-feira, o Procon Fortaleza ingressou com ação civil pública na Justiça Federal contra a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) e também em desfavor da Companhia Energética do Ceará (Coelce). O órgão avalia que o reajuste de 13,64% aplicado aos consumidores de baixa tensão desde o dia 22 de abril pela concessionária é abusivo. O Procon pede ainda que a Justiça determine o ressarcimento nas contas que sofreram o reajuste e já foram pagas.

As informações encaminhadas pela Coelce, após notificação do Procon no dia 20 de abril, não foram acompanhadas de elementos que justifiquem a elevação da tarifa. Segundo a diretora do Procon Fortaleza, Cláudia Santos, o reajuste supera em 4,3% a inflação dos últimos doze meses, fixada em 9,34% pela Fundação Getúlio Vargas (FGV).

“O consumidor é a parte mais frágil e vulnerável na relação de consumo. É por isso que estamos recorrendo ao Poder Judiciário para garantir os direitos conquistados pelo Código de Defesa do Consumidor (CDC)”, defendeu.

Na ação civil pública, o Procon também citou a Aneel, por entender que a agência reguladora é a responsável por autorizar e determinar os índices praticados pelas concessionárias de energia elétrica.

Cláudia Santos também criticou a atuação da Agência. “A Aneel sequer teve a cautela de realizar debate com os consumidores ou apresentar argumentos que pudessem justificar tão elevados índices, limitando-se a dizer que se tratava de revisão tarifária”.

A vida estressante do delegado de polícia plantonista

609 6

Com o título “O Plantão policial”, eis artigo de Irapuan Diniz de Aguiar, advogado e especialista na área da Segurança Pública. Ele aborda o ritmo estressante de trabalho dos delegados da Polícia Civil, categoria que luta para ser reconhecida como de carreiras jurídicas. Confira:

Quem se dispuser a acompanhar por um mês um plantão policial em Fortaleza constatará, sem maiores esforços, que nenhuma autoridade pública, seja do Executivo, Legislativo ou Judiciário, tem um ritmo de trabalho tão intenso como o do delegado de polícia plantonista.

Em um caso de flagrante, por exemplo, em plena madrugada, no domingo, na noite de Natal, na passagem de ano, na sexta-feira da paixão ou no carnaval, não pode a autoridade policial ordenar que as partes retornem no dia seguinte, na próxima semana ou dentro de três meses. Que outra autoridade do Estado se defronta com situação igual, submetida plantões de doze horas seguidas de serviço em rodízios diurnos e noturnos? Diga-se mais que no interior do Estado há plantões de 24h e, de até 72h (de sexta a domingo) cumpridos por apenas um delegado.

Seria uma experiência enriquecedora para o Estado se outras autoridades públicas – de todos os Poderes – e, até mesmo, integrantes das demais carreiras jurídicas, para melhor aquilatar o trabalho da Polícia Judiciária, participassem em escala de rodízio, de um plantão policial, noite e dia, feriados ou não, presidindo a autos de prisão em flagrante, nas condições e circunstâncias as mais adversas.

Esta avaliação seria valiosa diante do fato de que, na sistemática jurídica vigente, a autoridade policial, uma vez praticada a infração penal, ter que iniciar o trabalho com o Direito in natura, pois, não raramente, elabora atos formais por meio do Inquérito Policial respectivo.

Este procedimento, talvez por representar mais de 80% do conteúdo probatório do processo criminal (uma vez que o restante compõe-se de contraditório e julgamento), parece estar sendo alvo, por vias diretas e indiretas, de intromissões externas por parte de integrantes de outras carreiras jurídicas, inclusive por segmentos do Ministério Público, os quais, sem “sujar suas mãos”, querem mandar no que não sabem executar, até por lhes faltar formação profissional específica, numa afronta a Constituição e em prejuízo da sociedade.

Do mesmo modo que se impõe a defesa do Inquérito Policial, precisa ele ser aperfeiçoado e bem elaborado pelas autoridades a quem a lei conferiu este encargo. Para tanto, há que os delegados de polícia melhor se capacitarem para este mister, evitando o cometimento de falhas, as quais têm servido de argumento a tantos quantos apontam o IPL como instrumento de menor valor e cheio de vulnerabilidades. Registre-se, no entanto que, neste aspecto, há uma sensível melhora na elaboração de tais procedimentos os quais apresentam relatórios bem fundamentados facilitando, sobremaneira, à formulação das denúncias do MP.

Uma verdade, ante o fato, merece menção e reconhecimento: o delegado de polícia pode saber de tudo na sua área de atuação, mas, se não conhecer o processo da investigação, será uma autoridade incompleta, quando não seja quase inútil ao exercício da Polícia Judiciária. Há, portanto, que haver uma tomada de consciência da relevância do papel que lhe cabe na presidência do IPL e, de outra parte, uma decisão de governo de oferecer à Instituição Policial Civil os meios materiais e humanos indispensáveis à realização de um trabalho à altura das aspirações da comunidade.

O que se observa é que, sempre que ocorre uma reunião de advogados criminalistas e promotores de Justiça, surgem críticas cáusticas a erros e omissões cometidos na feitura dessa importante peça investigatória. Mas, cabe questionar: será que as eventuais falhas podem simplesmente serem debitadas à conta dos delegados de polícia? É bom dizer que a grande quantidade desses procedimentos é iniciada por auto de prisão em flagrante justamente nos plantões quando ditas autoridades têm sobre os ombros uma carga maior do que suportariam suas forças.

Ignorância, preguiça e preconceito jamais servirão de base para qualquer avanço social.

*Irapuan Diniz Aguiar,

Advogado.