Blog do Eliomar

Categorias para Ceará

Secretaria da Saúde do Estado diz que insulina e fitas é com a Prefeitura de Fortaleza

95 1

Sobre a falta de insulinas e principalmente fitas para medição de glicose, a Secretaria da Saúde do Estado manda par ao Blog o seguinte esclarecimento. Confira:

Caro Eliomar de Lima,

O Centro Integrado de Hipertensão e Diabetes (CIDH), unidade da Secretaria da Saúde do Estado, recebe insulina e fitas para pacientes com diabetes da Secretaria da Saúde do Município de Fortaleza.

O repasse é feito através de pactuação entre Estado e municípios para atendimento básico à saúde da população. É de responsabilidade dos municípios o atendimento básico.

Hoje, 5 de agosto, há insulina disponível para os pacientes no CIDH. O desabastecimento é de fitas. O Centro está aguardando a regularização do repasse pelo município.

Sem mais,

* Secretaria da Saúde do Ceará.

Camilo diz que, na formação da equipe, já havia pensado em Lúcio Gomes

89 1

camiloraidoo

O governador Camilo Santana (PT) afirmou, nesta quarta-feira, durante o programa Debates do POVO, da Rádio O POVO/CBN, que não estranhou a declaração do deputado estadual Ivo Gomes (Pros) dando conta de que, na Casa, não será situação nem oposição.

Para Camilo, uma postura “normal” de um parlamentar, que tem o direito de avaliar as propostas que ali chegam e, de acordo com suas convicções, votar contra, mesmo sendo da base aliada.

Camilo chegou a dizer que, quando parlamentar, agiu em alguns momentos dessa forma. Não citou momento algum.

Ele disse, ainda sobre a saída de Ivo, que trabalha, até hoje, com a tese de que a saída dele da pasta das Cidades foi decisão pessoal. Mas o governador revelou que já havia pensado no nome do irmão de Ivo, no caso o engenheiro Lúcio Gomes, quando estava formando sua equipe.

Centro de Fortaleza – Um debate que não pode excluir o turismo de negócios

Com o título “Os desafios e as potencialidades do Centro”, eis artigo do professor, arquiteto e urbanista José Sales. Ele entra no debate sobre a revitalização do Centro de Fortaleza. Para ele, o Turismo de Negócios, que predomina na área, não pode ficar ao largo. Confira

Em primeiro lugar convém compreender o que é o Centro de Fortaleza, esta cidade com mais de 2,5 milhões de habitantes, núcleo urbano principal de uma Região Metropolitana, com influência sobre um amplo contexto regional de mais de 25 milhões de pessoas, que inclui todo o Ceará, os vizinhos estados do Rio Grande do Norte, Piauí, Maranhão e extensões ao Sul do Pará. Além das extensões aéreas a variados pontos do Brasil e ligações ao Oeste da África, via Cabo Verde, chegando até Angola.

Só é possível entender o que acontece no Centro se entendermos por nós todos nesta metrópole junto com este “mundaréu” de gente busca vir até aqui, ao Centro, em busca de negócios diversos e compras diferenciadas, configurando os estudiosos do Turismo entendem como Turismo de Negócios.

Por outro aspecto, temos que nos referenciar na História e de quando este debate sobre desafios e potencialidades do Centro de Fortaleza começou, nos anos 1960, há mais de 55 anos, quando da elaboração do primeiro plano moderno para nossa cidade dos urbanistas Hélio Modesto e Adina Mera. Debate este sempre resiliente em várias épocas, momentos e gestões de nossa cidade, que se repetiu em 1965, quando foi elaborado precocemente o nosso primeiro plano metropolitano, o PLANDIRF.

Depois durante os primeiros Fóruns Adolfo Hersbter entre 1979 e 1981. Depois no Fórum de 1975, que tratava exclusivamente da questão Centro. E agora, quando a atual gestão municipal divulga que está a realizar um plano ímpar para 2040.

Entretanto, nestes desafios atuais a enfrentar não se cita o Turismo de Negócios da área central que transformou toda a situação envoltória da Sé em uma “cidade da confecção” que funciona dia e noite e recebe visitantes dos destinos citados; a questão do Centro Atacadista da Rua Governador Sampaio que continua transtornando o seu entorno e muito menos a imensidão que é o Pátio Ferroviário da RFFSA abandonado e sem uso, da orla marítima central só rapidamente desfrutada por quem circula de passagem pela Leste Oeste e que não há luzes sobre a questão da moradia no Centro, que se esvazia como local de moradia, ano após ano.

E mesmo que o nosso Centro “velho”, maltrapilho e maltratado, seja o “locus” do nascimento de nossa cidade, às margens do rio Marajaik, na época dos holandeses e hoje nomeado de riacho Pajeú e ao mesmo tempo o seu “cuore” com dizem os italianos, que nós, por deferência, deveríamos prezar. O contexto onde se situa a maioria de nossos equipamentos culturais, museus e espaços de referência, e um conjunto magnífico de praças onde o destaque maior está com o Passeio Público; além da situação melhor dotada de infraestrutura da cidade e o melhor posicionamento logístico metropolitano e muito mais quando o nosso sonhado metrô, algum dia, estiver implantado. 

O lugar onde está o nosso incomparável Mercado Central e o maior entreposto de produtos em natura e especiarias da cidade, o São Sebastião. Enfim, um quadro de potencialidades que ninguém enxerga por uma insistência teimosa em não querer enxergar.

José Sales

zesalescosta@ig.com.br 

Professor, arquiteto e urbanista.

Ministro só vai à comissão falar sobre “pedaladas” de Dilma depois que TCU julgar contas

55 2

nardesss
Paulo Bauer, Augusto Nardes e Danilo Forte.

A ida do ministro Augusto Nardes, do Tribunal de Contas da União, à Comissão Mista de Orçamento (CMO) do Congresso Nacional, só  acontecerá após o TCU julgar as contas da presidente Dilma Roussef. Informa o deputado federal Danilo Forte (PMDB), líder da bancada peemedebista no colegiado que trata das matérias orçamentárias, endossada pelo senador Paulo Bauer (PSDB-SC). Essa decisão ocorreu com Nardes depois que os parlamentares se reuniram, na manhã desta quarta-feira.

Augusto Nardes avaliou que a ida dele à CMO antes do julgamento do tribunal para explicar o relatório – de autoria dele – que analisa os atrasos dos repasses do Tesouro Nacional aos bancos públicos para fechar o superávit da União, poderia ser mal interpretada. O expediente utilizado pelo governo ficou conhecido como “pedaladas fiscais”.

Danilo Forte e o Bauer são autores do requerimento já aprovado na CMO que convida o ministro Augusto Nardes para dar explicações ao colegiado. O Governo Dilma diz que se utilizou do mesmo expediente adotado pelos ex-presidentes Fernando Henrique Cardoso e Luiz Inácio Lula da Silva.

(Foto – Divulgação)

Diretor do maior fabricante de genéricos do mundo dá palestra em Fortaleza

112 1

 unnamed (62)

Deputado estadual Carlos Matos (PSDB) é o cicerone de Peterburg.

Nesta quarta-feira, das 14 às 18 horas, acontece, no auditório da Federação das Indústrias do Ceará (Fiec), o seminário Inova Saúde.

O destaque é para o médico israelense Yitzhak Peterburg, diretor da Teva Pharmaceutico, maior fabricante de genéricos do mundo.

(Foto – Divulgação)

Ceará tem agora o parlamentar mais velho do Brasil

115 2

Vicente_Arruda_(PR-CE)

Ao assumir vaga ontem, na Câmara dos Deputados, Vicente Arruda (Pros) acabou ganhando um destaque: será o parlamentar mais velho da Casa. Ele tem 86 anos.

Ele entrou no lugar de Antônio Balhmann (Pros), que ocupa agora o cargo de Assessor para Assuntos Internacionais do Governo Camilo Santana. 

Bom lembrar que Vicente Arruda não é muito de mídia . Um parlamentar discretíssimo e que aparece mais quando de período eleitoral.

* Saiba quem é Vicente Arruda aqui.

 

Direção nacional do PPS tenta resolver impasse do partido no Ceará

lideranças-do-pps (1)

Alexandre Pereira feito Cristo no PPS?

Nesta quarta-feira, em Brasília, o presidente nacional do PPS, Roberto Freire, conversará com o presidente estadual da legenda, Alexandre Pereira, e com o deputado federal Moses Rodrigues.

Hora de tentar resolver clima de divisão no partido no Ceará. Moses quer o PPS rompendo com a gestão do prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio, enquanto o dirigente estadual defende a manutenção do apoio.

Alexandre Pereira é também coordenador municipal das Parcerias Público-Privadas. Mas também foi Pereira quem abriu as portas para a adesão do deputado estadual Tomás Holanda, hoje com Moses, outro que teve sinal verde da cúpula estadual para ingressar na  legenda.

Prefeito negocia empréstimo para o Novo Hospital Nossa Senhora da Conceição

214 1

foto roberto cláudio 

O prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio (Pros), negocia empréstimo de US$ 200 milhões com o Banco Interamericano de Desenvolvimento.

Segundo a secretária municipal da Saúde, Socorro Martins, o dinheiro será aplicado na construção de quatro policlínicas e também na obra do novo Hospital Nossa Senhora da Conceição no Conjunto Ceará.

O novo hospital será construído ao lado da atual unidade, que deverá ser desativada. O prédio não oferece condições para restauração.

Um fim às acomodações políticas nas estatais

Com o título ‘Hora de despolitizar as estatais”, eis o Editorial do O POVO desta quarta-feira. Em suas críticas às acomodações políticas de estatais com políticos, inclui o caso da Cearaportos, onde quem comanda é o presidente estadual do Pros. Confira:

O desencadeamento de cada fase da Operação Lava Jato expõe para o público as entranhas de um complexo esquema de corrupção. Em 17 fases até agora, a Polícia Federal cumpriu centenas de mandados judiciais, que incluem prisões preventivas, temporárias, busca e apreensão e condução coercitiva. Até aqui, Ministério Público já concretizou 26 denúncias envolvendo 125 pessoas. Nove dos réus já receberam as primeiras sentenças.

Os casos são estarrecedores. Estima-se que as propinas ultrapassam a casa do bilhão. A Petrobras já admitiu um prejuízo de R$ 6 bilhões, mas não será surpreendente se a cifra desviada ultrapassar esse valor bilionário. A operação já concluiu que o propinoduto não se restringiu à estatal de petróleo. Obras na área de energia (nuclear e hidrelétrica) também abrigaram o esquema. O conjunto de acontecimentos leva o Brasil a crer que há muito mais a ser descoberto.

Diante de fatos tão estarrecedores, impressiona a incapacidade da política de oferecer as respostas mais imediatas para impedir que esse tipo de esquema jamais volte a funcionar no Brasil. Uma dessas respostas diz respeito à forma de preenchimento das altas funções públicas nas empresas estatais. É urgente que se implante um novo modelo, moderno e transparente, de ocupação desses cargos.

Também urge que o País estabeleça regras mais rígidas de funcionamento de suas empresas estatais. Se a Petrobras tivesse mecanismos internos eficazes de transparência e fiscalização, certamente os larápios não teriam agido com tamanha desenvoltura. Registre-se que o grosso da corrupção na Petrobras se deu durante a temporada em que a empresa foi comandada por um militante político membro do Partido dos Trabalhadores.

É fundamental que as medidas profiláticas sejam adotadas também nos estados. Cada unidade da Federação possui suas próprias estatais. Não é incomum que essas empresas sejam geridas também por militantes partidários. 

No Ceará, a Cearaportos, por exemplo, substituiu um técnico que fazia um trabalho correto na estatal por um militante político que comanda o Pros no Estado.

Regino Pinho troca Funasa pela CEF Interior; Leonildo Farias assume a Funasa/CE

reginopinhoo

Saiu, nesta quarta-feira, no Diário Oficial da União, a exoneração de Regino Pinho do cargo de superintendente estadual da Funasa. No mesmo ato, veio a nomeação do médico e ex-prefeito de Ocara, Leonildo Peixoto Farias, que atuava na cidade de Ocara.

Ao mesmo tempo, Regino Pinho teve seu nome definido para o cargo de superintendente da Caixa Econômica Federal no Interior, devendo responder por 57 agências. Ele é funcionário de carreira da Caixa há 34 anos

A posse de Regino ocorrerá às 14 horas desta quarta-feira, na sede da CEF-Sena Madureira (Centro).

leonildo

Na sexta-feira, será a posse de Leonildo Peixoto como titular estadual da Funasa.

Prefeitos do Ceará cobram em Brasília o Pacto Federativo

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=ZGDCOVAvfgc[/youtube]

Uma caravana de prefeitos cearenses embarcou, nas últimas horas para Brasília. O grupo atende a uma convocação da Confederação Nacional dos Municípios (CNM) que, nesta quarta-feira, promete realizar uma série de atos para cobrar do governo federal repasses atrasados e aumento da cota do Fundo de Participação dos Municípios (FPM).

Segundo o prefeito de Tianguá, Jean Azevedo, o quadro nas prefeituras é de arrocho. Ele diz que a mobilização da CNM é fazer com que seja cumprido o Pacto Federativo. Na prática, de acordo com Jean, o governo federal transferiu para os municípios muitas obrigações e não compensou no plano financeiro.

Neste mês de julho, de acordo com o prefeito de Tianguá, houve uma queda de 22.52% em relação a igual período de 2014.

Campanha quer arrecadar brinquedos para crianças de 83 projetos e instituições em Fortaleza

209 1

foto sorriso largo

Você sabe quanto vale um brinquedo? Não? O largo sorriso de uma criança!

Essa é a proposta da Campanha Sorriso Largo, lançada nessa terça-feira (4), no Lar da Criança Domingos Sávio, no bairro Vila União, que espera arrecadar brinquedos para crianças de 83 projetos e instituições em Fortaleza. A campanha recebe o apoio do 23º BC, Acert, Cagece, Caica Econômica Federal, Infraero, Laboratório Pasteur, Secovi e Tribunal de Justiça.

Quem quiser participar da campanha com doação de brinquedos, pode procurar os postos de arrecadação no Aeroporto Internacional Pinto Martins, agências da Caixa Econômica Federal (CEF), lojas de atendimento da Cagece, NP Informática, Restaurante Coma Bem, Secovi, Tribunal de Justiça do Ceará e unidades do LabPasteur e Unimagem.

Fortaleza recebe encontro de negócios entre parceiros e amigos de calçados

foto apacace

Cerca de 34 estandes, totalizando 160 marcas, estarão montados no Salão Atlântico Hall do Marina Park Hotel e anexo para apresentação de lançamentos da moda de calçados nacional e local  e confraternização dos que integram o setor calçadista do Ceará. É a 11ª edição do Encontro de Negócios com Amigos e Parceiros de Calçados e Acessórios do Ceará (Apacace), que acontece de 11 a 13 de agosto. “A previsão é também realizar 50 milhões de reais em negócios”, afirmam os coordenadores Carlos Pompeu e Clóvis Maia.

“O principal objetivo é levar entretenimento, lazer, relacionamento, novidades e informações num só lugar e promover o entrelaçamento de produtores e vendedores (fabricantes e lojistas de grande, médio e pequeno porte), que nas grandes feiras não têm tempo para conversar, trocar ideias. É também uma ótima oportunidade para negócios”, destaca Carlos Pompeu.

A feira teve início em 2009 e foi criada por três representantes comerciais da área – Carlos Pompeu, Albano da Fonseca e Rodrigo Jucá. O pensamento inicial de promover um momento para aproximar o lojista, o representante e o fabricante se consolidou propiciando também negócios. Analistas de economia acreditam que durante os anos de sua realização a feira já tenha realizado vendas acima de 150 milhões de reais.

“No início eram apenas 5 estandes com 25 marcas e hoje já estamos com 34 estandes  e mais de 160 marcas. Além das fábricas cearenses estamos trazendo marcas de outros Estados brasileiros, o que gera créditos de ICMS de outras unidades da federação”, ressalta Clóvis Maia. Nos dias 11 e 12, haverá jantar e “shows” para os participantes.

Estiagem provoca queda no setor da fruticultura do Ceará

foto euvaldo bringel

Da Coluna Vertical, no O POVO desta quarta-feira (5):

Uma queda de mais de 30% de produção foi registrada, no primeiro semestre deste ano, no setor da fruticultura cearense. O melão, o fruto de maior peso das exportações, sofreu mais, segundo o secretário-adjunto da Pesca, Aquicultura e Agricultura do Estado, Euvaldo Bringel. O dado integra o relatório geral da safra que está sendo finalizado.

Euvaldo reconhece que o resultado é uma consequência direta do período da estiagem. O Governo teve que reduzir a cota de água para os perímetros irrigados. Esse dado, inclusive, ele apresentou nessa terça-feira (4), em Brasília, durante reunião no Ministério da Integração Nacional.

O Estado, no entanto, pensa no futuro e, de acordo com Euvaldo, vai elaborar o seu Plano Diretor da Irrigação. E aguardando que o projeto da transposição do rio São Francisco garanta novas áreas propícias para a fruticultura irrigada.

José Pimentel puxa debate sobre economia criativa

pimentell

A Comissão de Desenvolvimento Regional e Turismo realiza nesta quarta-feira, às 9 horas, audiência pública para discutir a economia criativa no âmbito do desenvolvimento regional e a implantação de políticas públicas para o fortalecimento deste setor. O debate foi proposto pelo líder do governo no Congresso, senador José Pimentel (PT).

Ao justificar o pedido de realização da audiência, Pimentel definiu a economia criativa como o conjunto de atividades baseadas no capital intelectual, cultural e na criatividade, gerando valor econômico. O senador informou que essas atividades representam, hoje, cerca de 5% do Produto Interno Bruto (PIB) do Brasil.

Segundo o senador, o objetivo do debate é avaliar o que já foi feito pelo setor, desde a sua inclusão no Simples Nacional, os resultados alcançados até o momento e os ajustes que ainda precisam ser feitos. A audiência vai discutir também a proteção social desses trabalhadores por meio da Previdência Social. “A maioria desses empreendedores não contribui para o sistema previdenciário, ficando desprotegidos quando adoecem, sofrem acidentes e ao alcançarem a terceira idade”, disse Pimentel.

Na avaliação do parlamentar, “o setor tem grande perspectiva de crescimento na economia brasileira, principalmente neste momento em que o Brasil precisa de ajustes e de uma redefinição quanto ao seu crescimento econômico”. Portanto, destacou o senador, essa é uma agenda muito positiva que o Congresso pode trabalhar bastante. “Queremos debater formas concretas de implementar políticas públicas para que esse setor seja fortalecido, principalmente no âmbito da Lei Geral da Micro Empresa”, explicou.

Foram convidados para o debate os representantes da Secretaria de Economia Criativa do Ministério da Cultura, Guilherme Varella; da Secretaria da Micro e Pequena Empresa, Marcelo Dias Varella; do Sebrae Nacional, Ana Clévia Guerreiro Lima; e a professora da Universidade Estadual do Ceará, Cláudia Sousa Leitão.

(Com Agências)

Região do Cariri debaterá o Estatuto do Desarmamento

85 1

cabosabino

A Comissão Especial da Câmara dos Deputados que debate o PL-3722/12, que trata sobre a revogação ou não do Estatuto do Desarmamento, realizará, na próxima sexta-feira, em Juazeiro do Norte (Região do Cariri), o seu terceiro encontro regional no Ceará. O encontro é puxado pelo deputado federal Cabo Sabino (PR) e ocorrerá a partir das 15 horas, na Câmara Municipal desse município.

Seguindo modelo de outros encontros, o tema Estatuto do Desarmamento será debatido por dois convidados: um que defenderão a permanência do Estatuto e outro a favor do Projeto de Lei de n°3722/12 e contra o atual Estatuto.

O evento também será aberto ao público interessado em contribuir na discussão desse projeto, informa Cabo Sabino.

Agentes de Proteção à Infância e à Juventude somam hoje 260 nas rodoviárias e no aeroporto

“O Departamento de Agentes de Proteção à Infância e à Juventude de Fortaleza (DAPJIJ) conta, atualmente, com 260 profissionais atuantes nas rodoviárias e no aeroporto de Fortaleza. Os agentes são designados por portarias e têm o objetivo de fazer cumprir as determinações judiciais emitidas pelos magistrados nos assuntos referentes à proteção integral da criança e do adolescente.

Nas três rodoviárias (Engenheiro João Tomé, Antônio Bezerra e Messejana), os trabalhos são realizados entre 6h45min e 23 horas. Já no Aeroporto Internacional Pinto Martins, os agentes ficam de plantão das 6h45min às 2 horas. Em ambos os casos, as atividades não têm interrupção de dias e horários.

Além de fiscalizações rotineiras nos ônibus que chegam e saem das rodoviárias, os agentes também são responsáveis pela emissão de autorização de viagens domésticas (nacionais) no local e no aeroporto. Segundo o DAPJIJ, há uma demanda média de 100 autorizações por mês, por cada núcleo de atendimento.”

(Site o TJ/CE)

Morre aspirante a guarda municipal que passou mal durante treinamento

113 1

Morreu, na madrugada desta terça-feira, 4, o aspirante Nícolas Castro, de 21 anos, que passou mal durante treinamento da Inspetoria de Operações Especiais da Guarda Municipal de Fortaleza (GMF). O aluno desmaiou no dia 26 de julho enquanto se deslocava para almoçar. Na ocasião, ele foi encaminhado à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Eusébio — município onde ocorria o treinamento — e, de lá, foi encaminhado ao Hospital Geral de Fortaleza (HGF), onde veio a óbito.

Em comunicado, o HGF informou apenas que o paciente sofreu falência múltipla dos órgãos e que mais informações só poderiam ser divulgadas após autorização da família. A Guarda Municipal de Fortaleza também se pronunciou. Em nota de pesar publicada em conjunto com a Secretaria Municipal de Segurança Cidadã (Sesec), a GMF lamentou o falecimento do recruta e se solidarizou com a família de Nícolas.

Repetindo o que havia sido feito quando o servidor foi internado, a Sesec informou que acompanhou toda a situação do paciente, por meio de profissionais do Núcleo Biospsicossocial.

Confira a íntegra da nota do HGF:

A Assessoria de Imprensa do Hospital Geral de Fortaleza informa que o paciente Nícolas Castro Campos faleceu na madrugada desta terça-feira (04/08) após falência de múltiplos órgãos.

Informamos ainda que maiores informações sobre o caso somente após autorização prévia da família do paciente.

Confira a íntegra da nota de pesar da Secretaria Municipal de Segurança Cidadã  e Guarda Municipal de Fortaleza:


É com pesar que a Secretaria Municipal de Segurança Cidadã (Sesec) e a Guarda Municipal de Fortaleza informam o falecimento do Guarda Nícolas Castro Campos, de 21 anos, nesta terça-feira (04/08).

Nícolas Castro Campos fora recém-empossado para o cargo de Guarda Municipal e sentiu-se mal na tarde do último dia 26 de julho, quando se dirigia para o almoço. Ele participava de treinamento para ingressar na Inspetoria de Operações Especiais da Guarda Municipal de Fortaleza, acompanhado de outros 50 guardas, dentre eles, 10 mulheres.

Desde o ocorrido, a Sesec acompanhou, por meio de profissionais do Núcleo Biospsicossocial, o estado de saúde do servidor que foi atendido inicialmente na Unidade de Pronto Atendimento do município do Eusébio e depois encaminhado para o Hospital Geral de Fortaleza (HGF).

A causa da morte ainda não foi divulgada pelo Hospital.

A Secretaria Municipal de Segurança Cidadã e a Guarda Municipal de Fortaleza se solidarizam com familiares e amigos pela perda do servidor.

( O POVO Online)