Blog do Eliomar

Categorias para Ceará

Luta contra o mosquito não pode ficar só no marketing

Com o título “O espetáculo valeu, mas a hora é de ação”!, eis o Editorial do O POVO desta terça-feira. Bater na tecla da luta contra o Aedes aegypti é fundamental. Confira:

A guerra que o Brasil trava contra o Aedes aegypti, mosquito responsável pela transmissão da dengue, da febre chikungunya e do vírus zika, exige muito mais do que um dia de midiática mobilização do governo para começar a apresentar resultados positivos concretos. Mesmo que admitamos inegável o peso simbólico de um evento como este organizado no último sábado, 13/2, envolvendo até a figura direta da presidente da República no esforço de mobilizar a população. A ação é importante e precisa ser ressaltada na sua dimensão, mas o desafio posto exige muito mais – das autoridades e da sociedade.

O combate aos efeitos, necessário e urgente, não deve negligenciar o debate em relação às causas que precisa ser feito já agora, sem falta. De novo, o País se vê diante das consequências dramáticas de opções erradas de governos que não têm buscado foco no que deveria ser prioritário. É a histórica falta de investimentos em saneamento básico que nos trouxe às condições atuais, nas quais a sociedade se vê desprotegida diante de doenças que pareciam controladas e que avançam como um retrato das condições sanitárias inaceitáveis da expressiva maioria das cidades.

O problema vai muito além da gestão atual e dos governantes do momento, que, no entanto, pecam pela reprodução de um modelo que sempre optou por uma postura reativa, nunca antecipando situações na perspectiva de fazer as soluções mais possíveis. Faltou decisão política na hora oportuna, muito antes de hoje, portanto, para um combate mais efetivo ao mosquito. A horrenda prática dos homens públicos brasileiros de optarem sempre pelo cálculo político levou, e continua levando, à adoção de paliativos que apenas permitem amenizar a situação, sem esforço de chegar às causas para enfrentá-las.

O quadro emergencial de agora exige da sociedade que faça sua parte, redobrando vigilância em relação aos focos domésticos do mosquito e reduzindo sua existência a níveis que se possa considerar aceitáveis. É dos governantes, porém, que se deve esperar mais, tanto no enfrentamento da crise atual como em relação às respostas que contemplem os aspectos estruturais. O mais importante é que este momento, duro que seja, também seja visto na perspectiva de uma oportunidade para uma definitiva mudança de postura em relação ao que deve ser priorizado como investimento público. Que saibamos não desperdiçá-la.

Ex-ministro Delfim Neto é citado como também culpado pela proliferação do Aedes aegypti

172 1

1602CD0201

Fortaleza, que estava com déficit de 36 leitos de UTI, deve amenizar esse quadro neste começo de ano. O Governo do Estado acertou com o Hospital Fernandes Távora a cessão de 10 leitos novos.

A informação é do coordenador de Regulação da Secretaria da Saúde do Estado, Alex Mont’Alverne.

Sobre as doenças transmitidas pelo Aedes aegypti, Alex Mont’Alverne, que é filiado ao PT, reconheceu que a população pouco colabora, mas acabou apontando um outro culpado: o período da ditadura, época do então ministro Delfim Neto , que esvaziou a Funasa. 

Pão pode ficar mais caro para a Páscoa

pão-repartir1

A saca de trigo de 50 quilos que o setor da panificação cearense comprava, até fim de 2015, a R$ 78,00, custa hoje R$ 106,00. O presidente do Sindicato da Indústria de Panificação e Confeitaria do Estado, Lauro Martins, afirma que está difícil não repassar esse aumento para o consumidor, consequência das oscilações do dólar – o trigo é importado.

Atualmente, o quilo do pão está numa média de R$ 10,55 a R$ 10,90. No fim deste mês, o Sindipan fará reunião para avaliar o cenário, mas o presidente da entidade admite que março pode vir com novo reajuste no preço do pão e seus derivados. “Está muito difícil para nós não repassar o aumento para o consumidor”, reitera Martins.

Haja Páscoa de pães ázimos!

Professores grevistas farão passeata nesta manhã de terça-feira

163 1

52

Em sua página na internet, o Sindiute está divulgando a programação que os professores municipais, em greve, cumprirão até sexta-feira.

Para esta terça-feira, pela manhã, haverá passeata saindo da Praça da Imprensa (Bairro dfionísio Torres).

A categoria cobra reajuste salarial e benefícios oriundos de verbas ressarcidas pelo município em se tratando de Fundef.

Procon Fortaleza multa faculdade por não aceitar pagamento de mensalidade em dinheiro

“O Procon Fortaleza multou a empresa Devry Educacional do Brasil S/A (Faculdade Nordeste – Fanor) em R$ 16.417,78 por não aceitar o pagamento das mensalidades dos cursos em dinheiro e ainda por ausência de exemplar do Código de Defesa do Consumidor (CDC). De acordo com a denúncia, feita em agosto de 2014, a instituição recusava-se a receber pagamento em dinheiro, aceitando somente em cartão. O CDC estabelece como prática abusiva, no artigo 39, recusar a venda de bens ou a prestação de serviços, mediante pronto pagamento, ou seja, dinheiro em espécie.

Na defesa, a Faculdade argumentou que recebia as mensalidades dos alunos em dinheiro, diretamente na tesouraria, mas que uma sequência de assaltos se iniciou, pondo em risco a integridade de funcionários e alunos.

Para o Procon, a Faculdade exigiu vantagem manifestamente excessiva ao transferir a responsabilidade da segurança do local aos discentes, decidindo não aceitar pagamento em dinheiro, ainda alegando que a circulação de moeda corrente colocaria em risco a integridade física dos alunos e funcionários.

A diretora do Procon Fortaleza, Cláudia Santos, esclarece que nenhum fornecedor de produtos ou serviços pode recusar a venda, mediante pagamento em dinheiro. “Qualquer estabelecimento pode até recusar-se receber pagamentos em cartão de crédito ou débito e em cheques, mas negar o recebimento em dinheiro é uma prática abusiva”.

Multa

O valor original da multa foi de R$ 24.626,66. Por ser a primeira vez que a empresa é multada pelo Procon Fortaleza, a penalidade foi reduzida em um terço, ficando estabelecida o valor final da multa em R$ 16.417,78. Em casos de reincidência e dependendo da gravidade da infração e do porte econômico da empresa, a multa pode chegar a R$ 11 milhões.”

(Site do Procon-Fortaleza)

TRE julga improcedente ação de abuso de poder político contra Camilo Santana e Cid Gomes

cats

O Tribunal Regional Eleitoral julgou improcedente, na sessão desta segunda-feira, presidida pelo desembargador Abelardo Benevides Moraes, a Ação de Investigação Judicial Eleitoral nº 2554-43, absolvendo, por unanimidade, o ex-governador Cid Gomes e o atual governador Camilo Santana da acusação de abuso de poder político e conduta vedada a agente público nas eleições de 2014.

A relatora do processo, desembargadora Maria Nailde Pinheiro Nogueira, considerou que o Ministério Público Eleitoral, autor da ação, não teve como provar o abuso de poder político, já que os convênios celebrados com 50 municípios observaram a legislação vigente, sendo todos atrelados ao plano de trabalho elaborado pelo Executivo. Além disso, o repasse dos recursos foi feito antes de 5 de julho de 2014, ou seja, fora do período vedado pela legislação eleitoral, de três meses antes das eleições, o que também não caracterizaria conduta vedada a agente público.

A relatora destacou ainda em seu voto que os convênios foram celebrados pelo Governo do Estado tanto com os municípios administrados por prefeitos apoiadores como de oposição aos candidatos Camilo Santana e Izolda Cela, eleitos governador e vice-governadora do Ceará, também promovidos na ação impetrada pelo Ministério Público Eleitoral. Veja o inteiro teor do Acórdão, com o voto da desembargadora Nailde Pinheiro Nogueira.”

(Com TRE/CE/Foto – Divulgação)

Professores mantém a greve em Fortaleza

156 2

“Os professores do município decidiram, em assembleia realizada na tarde desta segunda, 15, rejeitar a proposta do prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio (PDT) e manter a greve. Cerca de três mil docentes, segundo o Sindicato Único dos Trabalhadores em Educação do Ceará (Sindiute), que representa a categoria, decidiram, por unanimidade, não aprovar a proposta.

Entre as proposições, está o reajuste de 11,36%, oferecido de forma parcelada aos salários: 5,5% a partir do março, com retroativo de janeiro e o restante dos 5,86% a partir de agosto, sem retroativo.

Além disso, o prefeito também propôs o pagamento, também em parcelas, de R$ 49 milhões de anuênios atrasados na gestão anterior com os profissionais do magistério.

Os professores também reivindicam melhorias estruturais nas escolas, além de segurança para áreas de risco. “Muitas escolas estão sem carteiras, sem livros e sem fardamento”, informa Gardênia Baima, diretora do Sindiúte. Segundo ela, a proposta do prefeito vai de encontro com a lei do piso dos professores proposto pelo Ministério da Educação, de reajuste de 11,36%. Com a proposta da Prefetura, o valor do reajuste não entraria integralmente no 13º salário e nem nas férias.

Os professores devem realizar nesta terça, 16, a partir das 9 horas, um ato  na Praça da Imprensa, caminhando até a Secretaria Municipal de Educação (SME), no Dionísio Torres. E às 16 horas, devem se reunir na Praça do Ferreira, no Centro, para caminhada até o Paço Municipal. De acordo com a diretora do Sindiute, os professores esperam que o prefeito ouça os professores e faça uma nova proposta.”

(O POVO Online)

MPF/CE ingressa com liminar para impedir uso de verba do Fundeb em outras áreas de Itapajé

“O Ministério Público Federal no Ceará (MPF/CE) entrou com liminar para impedir o uso de recursos do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento do Ensino Fundamental e da Valorização do Magistério (Fundeb) em outras áreas diferentes da educação no município de Itapajé, localizado a 142 km de Fortaleza. A prefeitura do município pretendia utilizar a verba em cessões de crédito, desvinculando-a indevidamente da educação.

No ano passado, a prefeitura conseguiu o ressarcimento, no valor de mais de R$ 23 milhões, de verbas do antigo Fundef (hoje Fundeb) junto à Justiça Federal. Ocorre que o atual prefeito do município, Ciro Braga, enviou projeto de lei para a Câmara dos Vereadores que busca autorizar o Poder Executivo local de utilizar os recursos adquiridos sem cessões de direitos, podendo alocá-los em receitas desvinculadas ao seu uso original.

No pedido de liminar, o procurador da República Ricardo Magalhães de Mendonça afirma que, “além da completa desvirtuação da aplicação vinculada das verbas do Fundeb, há o sério e fundado risco de dilapidação dos recursos da Educação na medida em que a negociação pode implicar na perda de receita pública”.

O MPF requisita que os recursos oriundos do precatório recebido pelo município não possam ser utilizados para despesas que não estão vinculadas ao Fundo, sob pena de multa ao gestor responsável; e que a instituição bancária que provisionará os recursos não realize transferências de verbas para qualquer outra conta que não esteja relacionada aos recursos do Fundeb.”

(Site do MPF-CE)

Fortaleza é sede da VI Conferência Municipal das Cidades

Tudo pronto para a VI Conferência Municipal das Cidades. A realização é da Secretaria das Cidades, por meio do Conselho das Cidades (ConCidades). Nesta terça-feira, no auditório da Secretaria de Planejamento (Centro Administrativo do Cambeba), ocorrerá a última etapa de seminários desse evento.

Foram convidados os representantes de 38 cidades pertencentes à Grande Fortaleza (19 municípios), Sertão de Canindé (6 municípios) e do Maciço de Baturité (13 municípios). Além disso, os municípios que não participaram da primeira etapa dos seminários em suas respectivas regiões, podem participar do encontro em Fortaleza.

As Conferências Municipais são etapas fundamentais para a preparação de representantes para a Conferência Estadual e daí para a 6a Conferência Nacional das Cidades, já convocada pelo Ministério das Cidades. O tema desta edição é “Função Social da Cidade e da Propriedade, com o lema “Cidades Inclusivas e Socialmente Justas”. O objetivo da realização dos seminários de sensibilização é, principalmente, orientar todos os municípios cearenses para que realizem suas Conferências Municipais das Cidades.

Lula e a guilhotina

239 2

Com o título “Lula e a guilhotina”,eis artigo do advogado e professor Marcelo Uchoa, em defesa do ex=-presidente Luís Inácio Lula da Silva, que deve depor, nesta quarta-feira, em São Paulo, como investigado no caso de triplex em Guarujá bancado por empreiteira. Confira:

Por fim chega a semana em que a massa ignara, anestesiada pelo coro alienante da grande mídia, poderá assistir ao constrangedor episódio de prestação de depoimento do ex Presidente Lula à Justiça paulista. Um expediente que se dará em audiência de caráter nitidamente intimidatório, produto de um processo judicial vexatório patrocinado por um membro do Ministério Público, dublê de bom samaritano, há muito conhecido da própria Justiça, pelos arroubos de insensatez e o excessivo cometimento de arbitrariedades.

A semana em que o Brasil poderá ver um ataque indigesto ao maior brasileiro de todos os tempos, que apesar das inúmeras adversidades que a vida lhe impôs saiu-se vencedor pela integridade de sua luta e coerência de caráter. O Lula da Silva, que de retirante nordestino a operário do ABC paulista, tornou-se o maior e mais importante sindicalista do mundo. Que de destacado sindicalista à importante liderança política, gestou um dos mais sólidos e idealistas partidos políticos de esquerda do planeta. Que de dirigente partidário à presidente da República, resgatou 30 milhões de conterrâneos da linha de miséria absoluta, consagrando-se como referência única de estadista, admirado em mais de uma centena de países, paparicado como “o cara” pelos mais influentes Chefes de Estado da atualidade, com mérito “honoris causa” reconhecido por dezenas das mais tradicionais academias universitárias mundiais.

O mesmo Lula que, há pouco mais de seis anos, deixava o Palácio do Planalto consagrado nos braços do povo, por haver agregado ao Brasil um ritmo de desenvolvimento econômico inusitado, distribuindo, sobretudo às populações mais vulneráveis do país, um pouco de dignidade humana. O presidente do Bolsa Família, do Pré-Sal e das novas refinarias, do resgate da indústria naval, das novas universidades e institutos federais tecnológicos, do Prouni, do Fies, dos concursos públicos, do Minha Casa Minha Vida, do Luz para Todos, do Farmácia Popular, das UPAS, da transposição do Rio São Francisco, da Transnordestina, da Ferrovia Norte Sul, do primeiro brasileiro no espaço, do Brasil credor do FMI, líder do G21, do BRICS, do país da Copa do Mundo, das Olimpíadas. O presidente que resgatou a esperança de dias melhores, que levantou a autoestima da nação, dando aos brasileiros a satisfação de sentir-se mais importante no mundo, pela primeira vez, por razões não esportivas.

A tentativa de incriminação de Lula, forçada a todo custo pelos “triplex de 80 m2”, pelos “barquinhos de alumínio”, pelas “chácaras de fim de semana”, etc, é contra Lula e contra tudo isso que ele agregou ao país. Contra ele, pelo preconceito, o engasgue de ter que admitir que não foi um branco rico letrado, mas, sim, um Silva operário pobre, retirante nordestino, que revigorou o país. E contra tudo o que agregou, única e exclusivamente porque o Brasil estava encontrando o seu caminho de prosperidade, estava prestes a consolidar, no presente, o futuro historicamente prometido, mas jamais materializado.

Se erros podem ser atribuídos ao ex Presidente Lula, um deles, sem dúvida alguma, foi acreditar que seria possível governar contemporizando interesses da classe trabalhadora e da elite aristocrática. Infelizmente, a história recente do país provou que a luta de classes não permite meio termo. Jamais seria suficiente para os yuppies do mercado financeiro (em outros períodos da história, senhores de engenho, mineiros do ouro, barões do café) lucrar solidamente com a especulação bancária, seria preciso deixar o povo no seu devido lugar de pobreza, na periferia do Estado. Cidadania, jamais!

Outro equívoco foi subdimensionar o risco que princípios como “liberdade de imprensa” e “liberdade de expressão” poderiam causar ao processo democrático. Liberdade alguma pode se confundir com autoritarismo, porque direito algum a liberdade pode ser interpretado de maneira absoluta. Quando os veículos de comunicação de um país se concentram em monopólios privados, com interesses comerciais e financeiros como os de qualquer instituição bancária, não há como garantir-se que a informação seja distribuída de maneira isenta. Apenas um controle social e a quebra do monopólio poderiam evitar as distorções que permitiram e continuam permitindo, p. ex, que uma Globo, uma Veja, uma Folha digam o que bem querem, sem qualquer responsabilidade com a verdade.

Um terceiro erro foi negligenciar o robustecimento do Judiciário e do Ministério Público, tolerando, pari passo, o enfraquecimento do Executivo e do Legislativo, face os argumentos de corrupção administrativa e de falência moral parlamentar. Entregar para a atividade judiciária e ministerial o controle da atividade política significa delegar a pessoas sem legitimidade (via voto), não raramente, sem qualquer afinidade com o jogo democrático, a responsabilidade pela condução das incógnitas sociais que apenas o debate amplo e aberto pode resolver. A alegação do critério da meritocracia para justificar a intervenção desmedida de juízes e membros do ministério público nos processos políticos chega a ser perniciosa, pois há prejuízos imensuráveis para democracia quando se deixa de interpretar o mundo pelo idealismo, para interpreta-lo segundo a letra fria dos vade mecum.

É importante que se saiba, neste momento, que são pessoas que, muito provavelmente, nunca fizeram movimento autêntico de classe, jamais leram poemas de Bertold Brecht em praça pública, não participaram de manifestações sob mira policial, sequer discursaram alguma vez inflamadamente diante de públicos hostis; são burocratas concursados, alienados politicamente e abduzidos pela midiatização dos grandes grupos de comunicação, que estão, sob pretexto de “salvar” o Brasil (salvar para quem?), brincando de fazer política, e escoltando à guilhotina o ex Presidente Lula. Que trabalhadores, pobres e explorados, em geral, deste país abram os olhos, pois não é possível que não haja uma confrontação radical e impetuosa contra essa tentativa descarada da elite reacionária nacional de enlamear a biografia mais extraordinária já construída por um brasileiro em toda história do Brasil, para, em ato contínuo, enterrar em cova rasa tudo o que de bom foi conquistado neste país, nos últimos quase 15 anos.

* Marcelo Uchoa,

Advogado, Professor Doutor em Direito/UNIFOR.

Bibliotecas da UFC implantarão identificação biométrica

entrada_635_212

Para modernizar e dotar de maior segurança o atendimento à comunidade acadêmica, a Biblioteca Universitária está implantando a tecnologia de identificação biométrica para a realização de empréstimos de material bibliográfico. A coleta das impressões digitais já está em andamento nas bibliotecas de Fortaleza e nos campi do Interior do Estado, com exceção do Campus de Sobral, cuja data de coleta será definida em breve.

Para efetuar o cadastramento de sua digital, o aluno, servidor técnico-administrativo ou docente deve apresentar documento de identificação com foto, no setor de empréstimo. As senhas continuarão a ser utilizadas para a renovação pela Internet e para os casos de impossibilidade de coleta da digital pelos leitores biométricos, seja por danos ou desgaste na impressão digital.

SERVIÇO

*Biblioteca Universitária – (85) 3366 9507 e 3366 9508.

Projeto Favela Speaks English terá aula inaugural

O titular da Coordenadoria Especial de Políticas Públicas de Juventude do Estado, David Barros, e o presidente da Central Única das Favelas (Cufa), Preto Zezé, estarão presentes na aula inaugural, nesta segunda-feira, às 19 horas, de um curso de inglês profissionalizante, primeira ação do projeto Favela Speaks English, da Minds Idiomas.

Em meados do ano passado, Vicente Queiroz, da Minds Idiomas, procurou Preto Zezé para discutir uma parceria em que a escola daria bolsas de estudo para seu programa profissionalizante e a Cufa selecionaria as pessoas beneficiadas. Nascia o Favela Speaks English.

Treze jovens de 18 a 25 anos com os mais variados talentos artísticos, do rap ao grafiti, ganharam bolsas para o Hospitality, um curso com seis meses de duração, que visa qualificar e assim aumentar a empregabilidade dos alunos. As aulas acontecerão na unidade Edson Queiroz da Minds.

Esta não será uma ação isolada, segundo Vicente, e o Favela Speaks English terá continuidade, depois que o projeto-piloto passar por avaliações ao final do curso.

Profissionais de nivel superior do HGF paralisam atividades

Profissionais de nível superior da saúde decidiram paralisar as atividades no Hospital HGF em Fortaleza. O protesto é contra a precarização do trabalho e falta de diálogo com o governador Camilo Santana (PT).

Nesta terça-feira, às 9 horas, a categoria fará um ato público em frente ao Hospital HGF e por plano de cargos e carreiras e concurso. A decisão foi tomada, em assembleia, após tentativas de negociação com o Governo do Estado. As paralisações se iniciaram no dia 23 de julho de 2015 e seguem hoje sem uma solução.

O movimento reivindica ainda o aumento do salário base (ref. 101) em 172%; a manutenção de todas as gratificações; a garantia de que nenhum servidor tenha perda salarial; a realização de concurso público para servidores estatutários, diminuindo o repasse de verbas públicas para terceirização de servidores e, consecutivamente, a diminuição da precarização do trabalhador da saúde no Estado.

Um pastor em busca do voto das ovelhas

POLITICA

O PRB vai mesmo ter candidato a prefeito de Fortaleza.

O deputado federal Ronaldo Martins, que preside a legenda no Estado, será o nome e, dentro desse objetivo, ocupa espaço no programa político da televisão.

A ordem é firmar imagem de opositor à gestão do prefeito Roberto Cláudio (PDT). Sob bênçãos da Igreja Universal do Reino de Deus, onde também é pastor. 

OAB/CE lançará o “Ano Clóvis Beviláqua”

clvoiv

A Ordem dos Advogados do Brasil, regional do Ceará, vai lançar, em sua sede, às 9 horas desta terça-feira, o Ano Clóvis Beviláqua.

Trata-se de uma programação que marcará o centenário de aprovação do primeiro Código Civil Brasileiro, escrito em 1916, e cujo projeto foi de autoria desse jurista cearense.

Durante o ato, haverá palestra do professor-doutor José Luís Lira.

SERVIÇO

*Sede da OAB/CE – Rua Lívio Barreto, 668 – Dionísio Torres. A recém-inaugurada, na avenida Washington Soares, ainda passa por acabamentos.

Secretaria Executiva Regional III ganhará Sine Municipal

A Secretaria de Trabalho, Desenvolvimento Social e Combate à Fome (Setra) entregará, às 9 horas desta terça-feira, a unidade do SINE Municipal da Regional III totalmente reformada. O ato contará com a presença do prefeito Roberto Cláudio (PDT) e do titular da Setra, Cláudio Ricardo.

Atualmente, Fortaleza conta com três unidades do SINE Municipal localizadas nas sedes das Regionais I, III e V. Nos equipamentos, a população pode realizar serviços como intermediação de mão de obra, habilitação para o seguro desemprego, inscrição/encaminhamento para cursos de qualificação, entre outros.

SERVIÇO

* O atendimento acontece de segunda a sexta-feira, das 8 às 17 horas. O usuário pode agendar o atendimento nos SINEs Municipais através do site da Setra (fortaleza.ce.gov.br/setra), no link Agendamento SINEs Municipais. Para realizar o agendamento é preciso disponibilizar os seguintes dados: nome, data de nascimento, CPF, PIS, telefone, endereço e e-mail. Em seguida, você escolherá o posto de atendimento, a data e horário disponíveis.

* Para o atendimento, os usuários devem estar munidos de Carteira de Trabalho, Identidade, CPF, número do PIS, comprovante de endereço, de escolaridade, além de comprovante de cursos realizados.

Setor atadista promove ciclo de debate sobre recuperação de crédito

A Associação Cearense de Atacadistas e Distribuidores (ACAD) promoverá, nesta terça-feira, às 17h30min, em seu auditório, a primeira edição do Ciclo de Palestras – ACAD & Valor. O projeto é resultado da parceria com a Valor, empresa especializada em Crédito & Cobrança, e abordará, neste primeiro momento, o tema “Gestão de crédito como diferencial nas vendas”.

A palestra será ministrada pelo consultor Roges Oliveira, sócio-diretor da MCO – Consultoria e Gestão Empresarial, que traz em sua bagagem a experiência na elaboração de novas soluções em recuperação de crédito de empresas.

Heitor reforça presença na periferia de Fortaleza

127 1

foto heitor 160110 antonio bezerra feira

Heitor está amiudando presença na periferia.

O PSB fará encontro estadual no dia 10 de março, no Clube da Caixa . Hora de empossar novas direções da Fundação João Mangabeira e do PSB-Mulher e, claro, fortalecer o nome do deputado estadual Heitor Férrer para prefeito.

Heitor, inclusive, tem amiudado visitas, nos fins de semana, a pontos da periferia da Capital. Para o PSB, essa é a área onde a gestão do prefeito Roberto Cláudio (PDT) falha e não se mostra presente de forma efetiva.

(Foto – Divulgação)

TJ do Ceará mobiliza magistrados e servidores em mutirão de audiências de custodia

O Fórum Clóvis Beviláqua iniciou, nesta segunda-feira, um mutirão na Vara Única Privativa de Audiências de Custódia de Fortaleza. A força-tarefa seguirá com atividades até o dia 4 de março. A ordem é realizar 70 audiências diárias.

Com a iniciativa, a presidente do Tribunal de Justiça, desembargadora Iracema Vale acredita que o Judiciário conseguirá reduzir a demanda de autuados que aguardam por audiências na Capital.

O  mutirão conta com o apoio do Ministério Público, Defensoria Pública, Secretaria da Justiça e Cidadania (Sejus), Associação Cearense dos Magistrados (ACM), Ordem dos Advogados do Brasil – Seção Ceará, Polícia Civil e Central Integrada de Apoio à Área Criminal (CIACC).